Tarantino acerta (de novo!) com ERA UMA VEZ EM HOLLYWOOD

Uma carta de amor ao Cinema que leva o espectador numa viagem por gêneros da 7ª arte, e que Quentin Tarantino também usa para promover uma justiça histórica ficcional, flertando abertamente com aquelas já vistas nos ótimos Bastardos Inglórios e Django Livre.

Comentamos o excepcional “Era Uma Vez em Hollywood”, 9º filme do aclamado e popular diretor Quentin Tarantino, os temas da obra e o panorama histórico que contextualiza o enredo desse filme, que é absolutamente imperdível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Envie seu comentário!
Escreva seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.