Dudecast 37ª Edição + Cobertura da 6ª temporada de Lost

As férias de Lost foram longas, mas com a graça de Jacob, estão perto do fim. Com isso em mente, nada melhor que retomar os podcasts do blog, certo? Assim, nessa 37ª edição do dudecast fizemos um breve exercício de memória e relembramos como começamos a acompanhar a série; comentamos sobre o prazer e sobretudo sobre a importância de rever a ótima 1ª temporada da série, e claro, sobre algumas das nossas expectativas às vésperas doa estreia do último ano de Lost.

Para baixar clique AQUI

(Clique direto ou com o botão direito do mouse escolha as opções ‘Salvar como’ ou ‘Salvar Link como’)

Como será a cobertura da 6ª temporada no Dude

Aproveitando o post, vale antecipar e reforçar desde já como será nossa cobertura ao longo dessa última temporada:

Comentários de episódios – publicados sempre nas madrugadas de terça para quarta.
Easter eggs, curiosidades e repercussão – publicados na tarde/noite de quarta.
Dudecasts específicos de episódios – publicados às quintas.
Spoilers, matérias e demais assuntos – qualquer dia da semana.

Preparados?

38 COMENTÁRIOS

  1. ah matei a saudade do Dudecast!!
    Bom o ep que me fez começar a me interessar por Lost e ver que era uma série diferente, Foi o ep piloto mesmo e tb o ep walkabout acho q isso é unanime né!!
    E rever Lost pela 2 vez como eu tô fazendo é como se fosse ver pela primeira vez, pq sempre tem um detalhe novo que passou dispercebido, e que agora faz sentido.
    Nossa só de pensar que quando a série começou em 2004 em nem dei tanta atenção, me dá arrepio hehe só fui começar a acompanhar Lost quando começou a passar na globo heheh olha q eu já tinha AXN, eu via as chamadas e talz, e nem ligava.
    ah!! eu visito o dudenews viu!! pq tb gosto de outras séries True Blood , Fringe , V =]
    Bom é isso!
    Como o Bruno disse Que venha LA X!

    =***

  2. Olá Davi… Olá Juliana!
    Já estão sentindo aquele clima no ar?
    Só que agora tem uma coisa a mais. Acho que é o sentimento de saber que agora é "O começo do fim".

    Mas estávamos com saudade dos podcasts! Vou baixar para logo em seguida matar saudade.

    O que desejo é boa sorte com os trabalhos que já algum tempo começaram a fervilhar.

    Não esquentem a cabeça com os pentelhos de plantão (sei que é difícil aturá-los)… Vamos só curtir!

    Abraços!

  3. Eu comecei a acompanhar a série pela globo. Eu gostei muito do episodio piloto, mais o que me fisgo mesmo foi o walkabout !

    Falando em teoria, eu acredito que os esqueletos da caverna sejam Jack e Kate no futuro vivendo no passado. Sei que é uma teoria meio loca mais, ta valendo né !
    To triste por ser a ultima temporada.

    Hiago

  4. Ótimo podcast, adorei.
    E Juliana, eu pensei a mesma coisa que você disse dos personagens UM MINUTO antes de você falar, eu ouvindo chega me arrepiei, foi tenebroso.
    E mudaram meeesmo.
    To assistindo todos os episódios, mas não tenho certeza se vou conseguir ver todos, ainda to na segunda rs.

    E relembrando ainda mais: tinha esquecido como Michael era CHATO QUE SACO VIU? ASUHAUSHAUSHAUSHAUSHUAHSUASH
    Mas é realmente de extrema importância rever os episódios.

    CAARA, eu ouvi falar de Lost quando começou na globo, mas esqueci. Ai uns amigos tavam falando de Lost e eu decidi alugar, em Janeiro de 2007 (Naquele hiato horrível do meio da terceira temporada. Assisti a primeira temporada em dois dias, a segunda em três. Me apaixonei pela série nos cinco segundos iniciais. O olho de Jack, a mata e eu 'FUDEU, SOU FÃ' ASUSHASUH.

    Uma coisa: de vez em quando eu até me pergunto, QUAL é o lado branco e o negro? Fico pensando, O Man In Black soa de vez em quando pra mim como o verdadeiro 'lado bom' e o Jacob o 'lado ruim'. Tudo me intriga nos dois.

    Nem me fala em depressão pós-lost.

  5. Acredito que o grande mérito de Lost foi pegar atores medíocres com grandes limitações interpretativas, mas fazer roteiros ótimos, contar uma história a ponto dessas limitações não importunarem. Depois que Michael Emerson entrou tudo pra mim ficou realmente interessante, aí não parei de ver mais.

  6. Um dos grandes mistérios que eu gostaria de que fosse revelado é os esqueletos na caverna os quais a série jamais tocou depois daquela cena. Lembro que quando vi comentei aqui em casa: "Ah, essa ilha tem tanta coisa que só falta serem o Jack e a Kate". Lembro que me perguntaram "como" e eu respondi: "Viagem no tempo". Cinco temporadas depois isso pode se tornar realidade.

  7. Davi e Juliana,

    agradeço muito por compartilharem conosco o conhecimento e as experiências de vida que tiveram a partir do contato com Lost. A abertura da Ju contando a sua sensação ao lembrar do seu passado em 22/09/2004 nos fez ter um erdadeiro 'loophole' contando hoje a nossa sensação em flashback para tentar entendê-la no futuro.

    Estou fazendo uma listagem de mistérios que enviarei em post a seguir, acompanhado com uma breve teorização do mesmo…

    Abraços

  8. Os mistérios a serem desvendados na série em ordem de importância na minha opinião:

    1: O que é a Ilha afinal?

    – A Ilha possui propriedades físicas que a torna um mundo à parte do nosso mundo dito real ou nas palavras de Locke 'é um lugar aonde milagres acontecem'.

    2: O que é o bem e o mal na história?

    – A polarização das "forças" foi sendo desenvolvida na trama com os embates entre a razão e a fé, o claro com o escuro, a ciência e a religião, o destino do livre arbítrio, a vida da morte, etc. Jacob e seu Oposto representam o que afinal?

    3: Qual será o destino dos personagens?

    – como disse Charlie: 'O que fazemos aqui?' Todos os personagens principais tem um arco de trajetória pessoal dentro e fora da Ilha, e que envolve diretamente o destino da sobrevivência da própria Ilha, isso envolve os Sobreviventes, os outros, os do Cargueiro e os da Ajira.

    Segue com os mistérios transversais…

  9. Mistérios transversais:

    Alguns dos que mais intrigam no desenvolvimento da trama em minha opinião são:

    #Imortalidade: Pelo menos Jacob e Richard Alpert são imunes a ação do tempo por pelo menos 3 séculos dentro e fora da Ilha e mantém a mesma aparência de adultos de 40 anos, como isso foi possível?

    #Forças ocultas: A anomalia gravimétrica, os saltos temporais, a cura de males, a vida após a morte de Locke e o monstro da fumaça.

    #Mitologia: A construção histórica da Ilha remonta a sociedades antigas tais como os egípcios passando por mercadores de escravos do séc XIX até a Iniciativa Dharma, quais são as suas conexões no contexto presente?

    #Morte: "Este lugar é a morte" nas palavras de Charlotte, que viria morrer logo depois faz das pessoas mortas, entidades, que podem até emprestar seus corpos para outros e que aparecem dentro e fora da Ilha e que participam do destino dela ativamente. Qual é o papel da morte na Ilha?

    O Que acham? Acrescentariam algo a mais?

    Abraços,
    Mister Ale

  10. "Acredito que o grande mérito de Lost foi pegar atores medíocres com grandes limitações interpretativas"

    Ok, tenho que responder…
    Dizer que Terry'O Quinn é um ator mediocre chega a ser crime…
    Se você começa a se importar com aqueles personagens, é sinal de que o ator está fazendo um bom trabalho e te convencendo a gostar dele.

  11. O Terry, a Elizabeth e o Emerson são os atores que estão além do mediano, são bem bons. Os demais fazem o mínimo e ok, acredito que é o caso raro em que o roteiro supera o tom mediano de alguns atores.

    Falando sobre Locke, fiquei pensando que John é a reencarnação do Man in Black (MIB), visto o teste de Richard à la escolher o mirim Dalai Lama, os desenhos do John criança que retratam uma Ilha e a fumaça atacando como se fossem memórias de uma outra vida, quando ele era o MIB.
    Sobre a fumaça fico com aquilo que os companheiros da Rousseau falaram "sistema de segurança". Ela "scanearia" a memória dessa vida e de outras, por isso, quando ela arrasta Locke, ela não o mata, pois reconhece que ele é a reencarnação do MIB, agora em outro corpo.
    Logo, Locke não ressucitou ele reencarnou. E o nome do MIB é exatamente John, não é dito na praia para criar o clima mistério, mas logo quando ele encontra Jacob na estátua, esse o chama exatamente por John, pensamos – afinal ele é John Locke, mas antes de reencarnar na figura do que conhecemos, ele já era John. Por isso que ele fala "vc não sabe o que passei pra chegar aqui." Nessa reencarnação ele só penou, teve um pai bandido que o jogou da janela, ficou paraplégico etc.

    Mas temos 2 Lockes, NÃO, só temos um! Acredito q. o corpo achado por Ilana sofreu algo parecido com o corpo do médico do navio. Lembram-se que ele estava vivo no navio, mas já estava morto na Ilha? Lembram-se de quando eles ainda saltavam no tempo e um boat começou a atirar no boat do Locke, Sawyer e cia? Deve ser o da Illana.
    Tem mais, lembram do coelho do vídeo Dharma? Ao viajar no tempo aparece dois coelhos com o mesmo número habitando agora o mesmo espaço e tempo. John sempre teve a sensação de ser predestinado a algo e talvez seja exatamente pq. ele tinha essa memória até então não acessível de ser o MIB. Mas a fumaça de algum jeito deve ter reavivado sua memória da vida passada. Se pensarmos no sonho de Claire com os olhos do Locke, podemos associar com o fato dele ter essa vida nova e limpa em que nasceu como Locke, ao mesmo tempo, ter dentro dele a reencarnação do MIB.
    Acho que a pegadinha era pensar que Locke da estátua é manifestação da fumaça, mas pra mim, ela é apenas uma fumaça segurança que scaneia e não o MIB. O John Locke sempre foi o cara da praia que conversa com Jacob, agora vivendo reencarnado em outro corpo, e como disse, os dois Lockes no mesmo espaço e tempo na Ilha se explicaria pelo fator viagem no tempo, coelhos dharma, doutor do navio cargueiro.

  12. Como os Dudes estão revendo os episódios, quem tiver o fim de semana livre vai a dica:

    "Em janeiro o AXN vai facilitar a vida de quem é fã de LOST. De 09 de janeiro a 07 de fevereiro, nos finais de semana, a partir das 9h, o canal vai exibir todos os episódios da série até a quinta temporada, começando pela primeira. Essa é uma chance única para quem quer relembrar os mistérios que cercam a ilha mais enigmática do planeta. Para quem nunca assistiu, terá a oportunidade de acompanhar desde o início e entender o porquê LOST tornou-se a série de televisão mais comentada de todos os tempos. A maratona prepara os fãs para o último ano da série, que estreia dia 09 de fevereiro, às 21h, no AXN. Confira as datas e horários da maratona LOST:

    1ª Temporada: 09 de janeiro, sábado, das 09h às 20h30; e 10 de janeiro, domingo, das 09h00 às 21h30.

    2º Temporada: 16 de janeiro, sábado, das 09h às 20h30; e 17 de janeiro, domingo, das 09h às 20h30.

    3º Temporada: 23 de janeiro, sábado, das 09h às 19h30; e dia 24 de janeiro, domingo, das 09h às 20h30.

    4ª Temporada: 30 de janeiro, sábado, das 09h às 15h30; e dia 31 de janeiro, das 09h às 15h30.

    5ª Temporada: 06 de fevereiro, das 09h às 16h30; e dia 07 de fevereiro, domingo, das 09h às 17h30."

    Fonte: AXN

  13. Uhuuuuu Dudecast! Sensacional!

    A Juliana falando do "momento vergonha alheia" foi a facada do Ben no Jacob… hahahahahahaha eu ri. Eu achei que o "momento vergonha alheia" da temporada pra mim foi um baita fora dos continuistas no episodio do Faraday, The Variable, na cena em que ele vê o acidente na TV… a cena antiga, da 4ª temporada, ele tá com o cabelo curto e na da 5ª temporada, quando o Widmore chega logo em seguida, o Faraday tá de cabelo grande… hahahahaha eu ri pra caramba.

    Eu gosto muito das participações do Sterling Beaumon, que faz o Ben jovem, ele é um ator muito bom. E acho que a interpretação dele na 5ª temporada foi tão bacana quanto a participação dele em The Man Behind The Curtain na 3ª temporada.

    E vamos para o final… T-T

    Chega logo, dia 2 de fevereiro!

DEIXE UMA RESPOSTA

Envie seu comentário!
Escreva seu nome aqui