Novo vídeo promocional do ep. 5×10 “He’s Our You”

Nenhuma cena realmente nova nesse vídeo, mas a edição está diferente em relação ao primeiro promo.

Leia a transcrição

    Sayid: Todos vocês vão morrer, sabem disso, né?

    Todos tem suas razões para terem retornado à ilha.

    Kate: Eu não sei porque todos os outros voltaram à ilha. Só sei porque eu voltei.

    Juliet: Mantenha-se afastada.

    Mas o tempo, muda tudo. Especialmente as pessoas que conhecemos.

    Sawyer: Me desculpe, mas você está por conta própria.É sobrevivente contra sobrevivente… E cada um por si.Sayid: Agora eu sei exatamente porque estou aqui.

8 COMENTÁRIOS

  1. No podcast oficial, “Darlton” disse que o nome deste próximo episódio, “He’s Our You”, pode se referir a um outro torturador como Sayid…
    Comentou-se que poderia ser Kelvin o torturador de Sayid.
    Eu concordo.
    É possível que seja sobre ele a frase-título dita a Sayid no próximo episódio: “He is our you”.
    Vale lembrar que quem quer que diga esta frase, deve ser alguém que 1) conheça o Sayid e suas habilidades, ou seja não é ninguém que conheceu ele na Dharma de 1977, 2) por outro lado, o autor desta frase (”Ele é NOSSO você”), deve ser alguém que esteja, pelo menos aparentemente, do lado da Dharma, ao contrário não usaria o pronome “nosso”.

    Abraços!

  2. O que aconteceu, aconteceu!

    Ou seja, o que o episódio trouxe de mais importante para mim é que Ben já conhecia todos, e se ele está vivo até hoje, é porque passou por tudo.

    Isso explica o excesso de confiança dele, e pq nunca morre, afinal os Oceanic Six tinham que passar por tudo até chegar na Adolescencia dele.

  3. Da forma como a história vem sendo apresentada a impressão que tenho é que o personagem Sayid vai morrer em breve. Isso não me agrada, mas…
    Aliás quero comentar que achei a atuação do Naveen Andrews, particularmente, neste episódio excepcional!! A expressão dele ao rever seus amigos, naquelas condições, é ótima. Primeiro, Sawyer e Jin trabalhando na Dharma, depois dar de cara com a estação chama, que ele viu explodir, a conversa com Sawyer na frente de Radzinsky, ser confundido com um hostil e depois seu grande inimigo aparecer adolescente dando-lhe um sanduíche, foi demais.

  4. ale… também fiquei admirado com a atuação dele, excelente!

    Agora quanto ao post referindo-se ao Kelvin, é impossível, o Kelvin foi para a ilha perto da purgação, acho que em 1991…

  5. Victor, realmente não me dei conta desta cronologia quando escrevi.
    Sabemos que o Kelvin estava na guerra do golfo aproximadamente entre 1988 e 1991.
    Mas ele poderia estar na Dharma antes de ter ido à guerra e ter mentido para Desmond.
    Pode ser improvável mas não é impossível.
    Sabemos que o exército americano esteve na ilha ainda em 1954.
    Talvez eles tenham mais conexões com os “hostis” ou com a Dharma do que imaginamos..
    E é muito estranho que Kelvin tenha encontrado na guerra o pai de Kate (lostpedia: “Depois de Kelvin deixar Sayid ir, ele olha para uma foto de uma moça que parece ser Kate.”), ter feito Sayid traduzir em árabe sendo que ele mesmo falava o idioma e transformado-o em um torturador, e após tudo isso ter “resgatado” Desmond na ilha.
    Ele disse também que havia passado 10 anos como espião (de quem? para quem? de 1978 a 1988?)
    Parece-me que há muito tempo ele estava cumprindo uma missão, e não era uma missão militar.
    Desculpas pelo texto longo, e abraços!

DEIXE UMA RESPOSTA

Envie seu comentário!
Escreva seu nome aqui