Produtor fala sobre o mistério dos números

Este post contém spoiler se você ainda não viu o ep. 4×06 The Other Woman

Em uma bateria de perguntas enviadas por e-mail, o colunista da Entertainment Weekly, Jeff Jensen dentre outras coisas traz uma revelação/confirmação sobre o mistério dos números dada pelo produtor executivo Damon Lindelof, mas antes…

Afinal, a Harper era uma manifestação do Monstro de Fumaça?

Jensen: Muita gente está fazendo a mesma pergunta, por isso, será que a profissão dela era uma pista? Harper era uma psicoterapeuta e como já vimos, o monstro tem o poder de examinar mentes. Há muito tempo defendo a idéia de que o monstro é capaz de tomar formas humanas, e mais, que ele/ela/isso tem outros objetivos que não incluem matar alguns losties. O monstro de fumaça poderia manipular nossos heróis do mesmo jeito que Ben, outro residente da ilha faz. O que sugere uma possibilidade: Seria o próprio Ben Linus, uma manifestação do monstro? Ou colocando de outro jeito: Seria o monstro uma manifestação de Ben?

Mas e o números, vamos descobrir qual é o significado por trás deles?

Jensen: Dois anos atrás, Lost apresentou um jogo de realidade alternativa chamado “The Lost Experience” que deu uma resposta para esse mistério. Os números (4, 8 , 15, 16, 23, 42) são valores em uma fórmula matemática chamada a Equação de Valenzetti, que foi designada para estimar a data na qual o mundo como o conhecemos chegaria ao fim. A Iniciativa Dharma estava tentando controlar os poderes da Ilha para modificar a equação na tentativa de prolongar a vida do planeta. Além disso, na série vimos que os números desempenham um papel quase que sobrenatural na vida de Hurley. Contudo, o “Lost Experience” não mencionava isso. Pessoalmente, eu já me contento em aceitar a idéia temática dos números – uma inexplicável mas dramaticamente potente minifestação do destino, fatalismo e estranhos fenômenos que desafiam o entendimento fácil. Mas eu entendo porque outros fãs querem explicações mais concretas. Então: A série vai nos dar uma resolução mais específica sobre os números? Para responder essa questão passei a bola para Damon Lindelof, que disse o seguinte:
“Teremos mais detalhes sobre os números sim. Mas explicar porque e como eles são mágicos é como querer tentar explicar porque algumas crianças gênios nascem de pessoas ‘normais’. A equação de Valenzetti USA esses números, mas acreditem em mim, eles estão por aí há muito tempo desde o início dos anos 60. Mas para os fãs que esperam uma dissertação avançada sobre o significado mítico dos números, eu lembro [de Guerra nas Estrelas] e do que Qui-Gon Jinn disse à Shmi Skywalker (mãe de Anakin) sobre os midichlorians e deixo a pergunta: Está feliz agora?”

Por Davi Garcia

15 COMENTÁRIOS

  1. Tem certeza que foi postada a resposta do Damon em relação a Harper? ou ele não respondeu mesmo? pq ai na noticia nao conta…

    E que bom saber que os números vão ser explicados na série também.

    Falow!

  2. Oi caras (dudes)…

    sobre harper ser o monstro, as pessoas disseram isso por causa dos sussurros. mas os sussuros se referem e sempre se referiram aos outros: eles são ouvidos quando os outros capturam jack, kate sawyer e hurley no final da 2a. temporada.

    o sussurro do monstro é outro efeito sonoro, que NÃO ouvimos na cena em que harper aparece. harper é uma outra. É provavel que esse seja um recurso criado pelos nativos, visto que richard alpert emite tais sussurros antes d encontrar ben ainda criança!

    mas quero mesmo é falar sobre libby:

    hoje cedo estava pensando sobre ela, e cheguei à seguinte conclusão:

    Libby já esteve na ilha ANTES da queda do vôo 815. Aliás, ainda acho que ela possa ter sido uma psiquiatra dos outros.

    E já sei por que ela estava no hospício do hurley: ela estava sob os efeitos de entrar e sair da ilha, a doença de viagem da consci6encia pelo tempo. Ela deve ter sido considerada maluca e colocada no hospício.

    Por que ela não morreu? hora… hurley estava na ilha e no hospício. É provavel que hurley tenha se tornado a constante de libby!!!

    Abraços

    Darth Slaughter

  3. A explicação dos números dada no lost experience foi satisfatória pra mim, mas acho que eles deveriam repeti-la na série.

    Afinal nem todos que a assistem sabem da existência desse jogo e que nele foi apresentada tal explicação, tão importante pra história de lost.

  4. Caca01, o Damon não disse nada sobre a Harper, quem o fez foi o próprio Jeff Jensen comforme indiquei no post 😉

    Anônimos das 13:10 e das 14:01, no meu entendimento o contexto do que Lindelof disse fica no plano de que a resolução sobre os números será dada indicando que eles são elementos ligados a um fenômeno cuja origem é difícil de explicar o que nos relaciona ao caso do midichlorians de Guerra nas Estrelas. A explicação do filme ia +/- por esse caminho, já que ninguém sabia como surgiram e se desenvolveram mas aceitavam que eles de fato existiam como parte da Força. Pensando assim, acredito que o Lindelof antecipa que darão uma resposta para o que são os números dessa mesma forma, o que pode (ou não) agradar os fãs. Eu particularmente, estou satisfeito com o que já sabemos sobre esse mistério em torno deles, mas concordo com o Malucom quando ele diz que a série deveria repetir o que foi dito no LE.

    Anônimo de 13:49, obrigado pela correção. Grande vacilo meu realmente. Já corrigi no texto.

    E galera, sem querer ser chato mas por favor coloquem seus nomes quando comentarem. Não custa nada e não dói 🙂

    Abraços!

    Davi Garcia

  5. Só uma perguntinha fora do tópico, será que eles ainda vão explicar sobre os esqueletos encontrados na primeira temporada?! E sobre a pedra que o Jack encontrou com eles e guardou?

  6. Se nao me engano vi os produtores dizendo que isso seria respondido nas proximas 2 temporadas mas posso estar enganado. Dude, vocês confirmam isso?

  7. IVANILDO
    a harper não é o montro, mas ela foi enviada de algum ponto do futuro proximo pelo monstro, que pode ser realmente o jacob, ou o ben, ou o locke… sei lá…

  8. temos que corrigir o portugues sim, por q motivo vamos deixar uma pessoa escrever errado? nao eh vergonha escrever errado, mas sim nao querer ser corrigido, nao querer aprender. mas claro q existe tolerancia com abreviaçoes de internet. pelo menos eu penso assim.

  9. DeverasPedalavel, concordo com você. Explicar demais faz perder um pouco da graça. Claro que deixar tudo no ar é ruim, mas querer tudo explicadinho, nos mínimos detalhes também é. Como diz o Davi, a explicação da equação tá ok (embora isso devesse ser explicitado na série). Querer explicações técnicas profundas foge da trama (afinal, é tudo ficção 🙂
    Outro exemplo de explicação que nunca deveria ter sido dada foi a do Highlander II, de que a eternidade era porque eles eram extraterrestres. Tirou toda a graça da coisa e o filme foi podre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Envie seu comentário!
Escreva seu nome aqui