31/01/2010

Divulgação: 8º Encontro de Lost em Salvador

Atenção galera de Salvador, dia 07 de fevereiro vai rolar o já tradicional encontro de fãs de Lost da cidade. Mais informações no cartaz de divulgação e no "promo" do evento que a galera preparou!


LOST: Novo sneak peek do episódio 6x01 “LA X” (Parte 1)

A ABC divulgou em seu site mais um sneak peek com cenas inéditas do episódio 6x01 “LA X” (Parte 1), cujo resumo completo você pode ler clicando no link, se tiver muita curiosidade. Só para reforçar, o vídeo e o resumo contém spoilers da nova temporada! Logo mais, legenda!

Resumão do episódio 6x01 “LA X” (Parte 1)

Na noite deste sábado, rolou o “Sunset on the Beach”, evento organizado pela ABC na praia de Waikiki em Oahu, Havaí, que serviu de pré-estreia para a aguardadíssima 6ª temporada de Lost, que oficialmente só estreia na terça, 2.

Teve tapete vermelho. Elenco, produtores e roteiristas chegando em limousines e uma multidão enlouquecida de cerca de 15 mil fãs empolgadíssimos. Acompanhei o 'red carpet' ao vivo através de um link que divulguei no twitter por volta de 01 e pouca da madrugada, mas quando a transmissão se encerrou, achei que era o fim de festa. Ledo engano, quando já eram quase 3 da madrugada no horário de Brasília, descubro via The ODI que uma caridosíssima alma fazia streaming ao vivo do evento.

Historinhas à parte, fato é que consegui (à duras penas, é verdade) acompanhar antecipadamente a parte 1 de “LA X”, e assim, quebrando um pouco a tradição do blog, excepcionalmente dessa vez disponibilizo um resumão dos principais acontecimentos do episódio para quem viu os minutos iniciais legendados e não se aguenta de curiosidade para saber o que vem depois. Não preciso nem dizer que há SEVEROS SPOILERS na sequência, certo?

Nota: A imagem acima foi regitrada por Ryan Ozawa

TEM CERTEZA?

    LA X Parte 1

    Leu tudo e quer tentar assistir o episódio em baixíssima qualidade de som e imagem?



Onde estão os comentários? Calma. Eles virão, mas só na madrugada de terça para quarta-feira depois que eu finalmente assistir as duas partes de “LA X” na íntegra e com a qualidade que a série efetivamente merece. Dito isso, por enquanto vou me abster de (tentar) interpretar os eventos vistos, mas me despeço neste post com um conselho: preparem-se emocionalmente. Esse episódio vai te fazer chorar!

30/01/2010

Sorteio - Pôster especial do AXN com os mistérios de Lost



Que tal ter a chance de ganhar uma cópia oficial do belo pôster acima feito pelo AXN? É fácil, basta seguir o perfil @dudenews no Twitter, e dar um RT exato da mensagem que traz para esse post. Ao fazê-lo, seu perfil aparecerá com uma numeração na listagem do site Uiop Me. É com esse número que você concorrerá ao sorteio* que será realizado pontualmente às 23h dessa terça-feira, 02 de fevereiro, dia da estreia da 6ª temporada de Lost. nos EUA. Vai perder essa chance?

*Válido apenas para residentes no Brasil.


Leia mais...

    Pôster em exposição

    Agora, se você não quiser esperar o resultado do sorteio e mora ou estará em São Paulo entre os dias 02 e 10 de fevereiro, a dica é conferir a exposição do pôster em tamanho gigante que o AXN promoverá na Galeria Romero Brito que fica na Rua Oscar Freire, 562. A entrada é gratuita e o espaço funciona de 2ª a 6ª das 10h às 20h e no sábado de 10h às 18h.

    Em tempo, meu grande agradecimento ao leitor gente finíssima Bernardo Ramalho, que pegou a foto do pôster do AXN e deu um tratamento bacana que resultou na imagem melhorada que você confere neste post.

DVD e Blu Ray da 6ª temporada de Lost em agosto?

A 6ª temporada de Lost ainda nem começou, mas já se fala de seu lançamento em DVD e Blu Ray. Em nota divulgada ontem pelo Tv Shows On DVD, surgiu a informação (ainda não confirmada pela Disney, obviamente), de que o último ano da série chega às lojas americanas no dia 24 de agosto.

Leia mais...

    Dentre os extras desse lançamento estariam: Um segmento produzido pelos produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse explorando um pouco mais algumas das histórias da série; Os já tradicionais erros de gravação e cenas deletadas; Bastidores das gravações com entrevistas de atores e equipe; Especial sobre a produção da 6ª temporada com entrevistas que exploram os objetivos e expectativas por parte dos produtores, roteiristas, elenco e equipe; Comentários em áudio em alguns episódios; Lost University (exclusivo para Blu Ray) e muito mais.

    Além desses detalhes, a matéria assinada por David Lambert aponta que o mesmo dia marcará também o lançamento do box completo da série tanto em DVD (37 discos) quanto em Blu Ray (36 discos). Os preços especulados? US$230 para o primeiro e US$280 para o segundo.

    Os preços são sem dúvida bem salgados, mas há um detalhe que faz toda a diferença para quem, assim como eu, já pensa em adquirir esse box: além de trazer todos os extras inclusos nas edições individuais das temporadas, ele deve ter ainda um disco bônus com pelo menos mais de 2 horas de extras inéditos! Ou seja, razão mais do que suficiente para redobrar desde já aquele esforço mensal de juntar a grana.

    Ainda não há qualquer informação sobre a data de lançamento no Brasil, ou mesmo se a Disney também trará esse box para cá, mas como você já sabe, estaremos sempre de olho e tão logo surja uma informação repercutiremos por aqui.

29/01/2010

SPOILER – Confira agora a cena de abertura da 6ª temporada de Lost (Legendada)

*** Atualização de 30/01: Adicionado vídeo em melhor qualidade e com legenda ***

Via Lost Spoilers, finalmente surge o 1º Sneak Peek de "LA X", episódio de estreia da 6ª temporada. Se você ainda quiser manter a surpresa, recomendo que NÃO dê play no vídeo abaixo.

CLIQUE PARA ASSISTIR O VÍDEO

    Continuando exatamente do ponto em que parou no fim da 5ª temporada, a cena de abertura revisita a confusão na área de construção da Cisne quando Juliet dá pedradas na bomba e a tela fica em branco. Depois disso... Bem, depois disso o que se vê é a cena do interior do Oceanic 815 que vimos no Piloto da série sendo repetida com sutis, mas importantes diferenças. A principal delas? Confira no vídeo*.


    E aí? Surpresos?

10 episódios para rever antes da estreia da 6ª temporada

Sim, o tempo é curtíssimo, afinal, faltam só 4 dias para a estreia da 6ª e última temporada de Lost. Com isso em mente e considerando que nem todo mundo conseguiu encarar uma maratona para rever tudo o que aconteceu antes da tela ficar branca no final da 5ª temporada, que tal tentar pelo menos rever 10 episódios, que para a revista EW, são essenciais para entrar com tudo nesse início de nova temporada?

Leia mais...

    1. Piloto (1x01/02)

    Comece do início, claro, mas preste atenção na história do jogo de gamão que Locke conta e que funciona como um aperitivo para as revelações que viriam mais tarde envolvendo Jacob e o homem de preto.

    2. Walkabout (1x04)

    O clássico episódio que revelou Locke numa cadeira de rodas antes de chegar à Ilha. Temas profundos, incrível narrativa e uma atuação soberba de Terry O’Quinn.

    3. Orientation (2x03)

    Foi a descoberta de uma grande mitologia através da introdução da Iniciativa Dharma. A rixa razão x fé envolvendo Jack e Locke explode se tornando o conflito definitivo de Lost.

    4. A Tale of Two Cities (3x01)

    O segredo mais obscuro de Jack fora da Ilha e sua patológica fixação em querer consertar as coisas são amplamente exploradas num episódio que revela como os Outros vivem e introduz a enigmática heroína Juliet à saga.

    5. The Man Behind the Curtain (3x20)

    O trágico vilão Benjamin Linus finalmente tem sua história passada revelada num episódio carregado de mitologia e que mostra Ben e Locke visitando a cabana de Jacob.

    6. Through the Looking Glass (3x22/23)

    O recurso narrativo do flash forward é introduzido de forma memorável num final de temporada épico que expande o foco da saga para além da Ilha.

    7. The Constant (4x05)

    A maior aventura romântica de Lost focada em Desmond e Penelope. Um prelúdio para a viagem no tempo da 5ª temporada.

    8. Jughead (5x03)

    Sem dúvida o melhor dos episódios envolvendo viagem no tempo da 5ª temporada. Essencial para estabelecer o significado de Charles Widmore e Eloise Hawking na mitologia da Ilha.

    9. The Life and Death of Jeremy Bentham (5x07)

    Locke deixa a Ilha para convencer os losties que sairam a retornar ao lugar. É também o episódio que mostra Locke sendo assassinado por Bem na cena mais chocante da série.

    10. The Incident (5x16/17)

    Começa com a monumental conversa na praia entre Jacob e o homem de preto – a história do gamão contada por Locke é trazida à tona. Termina num clima apocalíptico que prepara o terreno para a 6ª temporada e possivelmente para um novo Lost.

    ***

    E aí, tá esperando o que para dar play nesses episódios? Corra!

28/01/2010

Easter Egg - Voe Oceanic no dia 22/09/2010



Já temos nosso 1º easter egg de 2010 e graças a alguém que parece ser muito fã de Lost no Kayak (site que dentre outras coisas, lista opções de voos ao redor do mundo).

Quem faz uma busca por lá colocando o aeroporto de Sydney (SYD) como origem de um voo só de ida e sem escalas para o de Los Angeles (LAX) no dia 22 de setembro de 2010, encontra o resultado que você vê ali em cima. Que tal a tentação de fazer reserva num voo Oceanic que sai exatamente 6 anos depois daquele que levou Jack, Locke e cia à Ilha?

Essa excelente dica de easter egg foi dada pelo crítico Pablo Villaça do Cinema em Cena. Valeu man!

Produtores sobre a 6ª temporada: "Faremos exatamente o que fizemos até aqui."

Com apenas 16 episódios para amarrar todas(?) as pontas soltas da trama, os produtores de Lost, Damon Lindelof e Carlton Cuse, foram diretos sobre o plano que tem para a temporada final numa nova entrevista que a EW traz na edição que chega amanhã nas bancas americanas. “Faremos exatamente o que fizemos até aqui: contar a história na forma que queremos. Escrevemos a série para nós mesmos”, disse Cuse que complementou, “seria um erro terrível mudar a metodologia que sustentou a série até aqui.”

Leia mais...

    Lindelof vai além e exagerando diz, “encontre a pessoa que mais odeia Nikki e Paulo. Garanto para você que Carlton e eu ainda estamos cometendo auto flagelo por causa daquela ideia. O fato de que cobramos 10 vezes mais de nós mesmos do que qualquer outra pessoa, nos passa a sensação de que a série está em boas mãos.” A única coisa que tem incomodado Lindelof nesses últimos dias? “Eu só queria que a temporada já tivesse estreado. O público pode odiar ou não, mas pelo menos já teriam visto, e quando o fizerem, será um grande alívio.”

    Ainda que mantenham o silêncio quando perguntados se haverá explicação para o que é a ilha, a dupla dá algumas boas dicas com relação às perguntas que serão respondidas ao longo da temporada. “John Locke está realmente morto? Quem são Jacob e o Homem de Preto? E Kate, vai escolher Jack ou Sawyer?” Sobre o doutor, aliás, eles comentam que a desesperada busca de rendeção do personagem será um dos temas centrais da temporada. “A noção de predeterminismo é algo que exploraremos muito ativamente nessa temporada”, diz Cuse para acrescentar as perguntas, “A redenção é possível? Se sim, será que é para todos ou só para alguns? O que a redenção significa?”

    Faltam 5 dias meus amigos!

27/01/2010

Colunista especula sobre possíveis respostas para grandes mistérios de Lost

Num belo ensaio em que destaca a importância das relações paternas na história de Lost e sobretudo do peso que os conflitos nascidos desses relacionamentos tiveram ao longo das cinco temporadas anteriores, o colunista da EW, Jeff Jensen, resolveu se antecipar às resoluções que o último ano da série dará, lançando seus palpites para explicar dentre outras coisas: o que é a ilha, o monstro, os números, o significado da ligação entre os losties, das aparições na ilha, quem são Jacob e o homem de preto e como termina a história de Locke.

Não há spoilers obviamente porque se trata de especulações, mas a leitura é deliciosa e realmente ajuda a abrir a mente para as eventuais respostas que podem vir. Agora, será que você ficará satisfeito se elas forem parecidas com essas?

LEIA MAIS...

    O QUE É A ILHA?

    É uma manifestação literal de uma forma antiga e comum a todas as pessoas de se enxergar o mundo – um local cheio de magia e espíritos, anjos e daemons. A Ilha existe para qualquer um que acredite no conceito de jornada mítica – uma odisséia heróica, um walkabout ritualístico, uma busca por redenção espiritual. A Ilha costumava ser muito maior, e em algum momento pode até mesmo ter ocupado o mundo inteiro. Mas, o ceticismo, o cinismo e a descrença fizeram com que ela se encolhesse frente nossa percepção, tornando-se nada mais que um efêmero pequeno pedaço de terra.

    O QUE É O MONSTRO?

    O monstro existe para testar e julgar a humanidade. Não existe para ser conhecido, daí sua forma nebulosa. Ele foi feito para ser intuitivamente entendido e então combatido. Baseado nas dicas que a série já nos deu, o monstro muito provavelmente é o homem de preto. Portanto, falo mais dele daqui a pouco.

    O QUE SÃO OS NÚMEROS?

    Os números são uma metáfora para o nosso desejo por significado no meio do caos. Eles não tem nenhum poder sobrenatural intrínseco. O que sempre foi mais interessante sobre os Números é sua interpretação. De fato, o único significado que eles possuem é o significado que os personagens – ou mesmo os espectadores – projetam neles. Hurley acreditava que os números eram uma maldição. Portanto eles se tornaram uma maldição.

    TODOS DO OCEANIC 815 ESTÃO LIGADOS?

    Para mim, a noção de que haveriam interconexões predestinadas não era realmente legítima antes do final da 5ª temporada, quando vimos Jacob visitando vários daqueles personagens em seus passados fora da ilha. Antes disso, eu via essa questão mais como um tema a ser discutido do que a ser respondido. Sim, vimos as histórias de alguns personagens se cruzando sob formas diretas ou indiretas, mas era coinscidência ou algo sincronizado? Conspiração ou acaso? Minha resposta é... sim? Se tivesse que teorizar, diria o seguinte: lembra no Matrix quando os heróis viam o mesmo gato preto passando por eles duas vezes em questão de segundos? Foi explicado que aquele experiência de déjà vu literal era uma falha na realidade simulada da matrix que ocorria quando o que era simulado tinha que ser reiniciado ou atualizado. Minha teoria é que as coinscidências e acasos em Lost são algo bem similar – elas são provas de que a realidade está sofrendo interferência. Elas são dicas deixadas para trás pelos conspiradores divinos que tem conduzido as vidas daquelas pessoas numa determinada direção. É claro, que o ‘problema’ desse mistério é que ele não é realmente um mistério para os personagens; essas interconexões são coisas que em grande parte só o público pode reconhecer. É o que acontece na vida real, certo? Nossas vidas poderiam facilmente ser preenchidas com acasos que nós simplesmente não percebemos ou vemos. Assim como os Números, essa é uma questão feita para nossa discussão e debate, mas não algo que a série tenha que responder. A única pergunta que Lost precisa responder é por que Jacob tocou as pessoas que tocou.

    QUAL O SIGNIFICADO DOS FANTASMAS COMO O DO IRMÃO DO MR. EKO, O PAI DO JACK, O CAVALO DA KATE E O GATO DE SAYID?

    Uma palavra: monstro. Historicamente falando, o modus operandi do monstro é se manifestar como representações extraídas das mentes daqueles que vieram para a Ilha para fazer com que essas pessoas reflitam sobre quem ou o que são. Contudo, com os losties, o monstro pode ter gerado as mencionadas entidades para levá-los a cumprir seu grande plano – com exceção de Christian Shephard. Continuo intrigado pelo mistério envolvendo o caixão vazio e o sumiço de seu corpo. Sou aberto à ideia de que o monstro ou outra coisa da Ilha roubou o corpo para manipular Jack a atingir um determinado fim. Mas por enquanto, isso é só a minha teoria.

    Temos que nos lembrar que antes de sua morte, Christian Shepard tinha iniciado uma jornada de heróica. O que envolvia a dele? Enfrentar o alcolismo; exorcisar demônios pessoais; atingir a redenção nos olhos de seu filho, família, o mundo e Deus. Já falei em minhas colunas que a narrativa de redenção em Lost reflete o processo de recuperação de um viciado. Também já falei que um dos modelos de recuperação, o dos Alcólatras Anônimos é fundamentalmente de natureza espiritual. Lembre-se que Christian Shepard tinha aderido a um grupo do AA antes de morrer. Lembre também que Jack interrompeu a tentantiva dele de se redimir e ficar sóbrio ao tirá-lo de seu carro e convencê-lo que seu problema era irreparável e irremediável. Pois é, deixa eu dizer o seguinte: Isso não deveria ter acontecido.

    Jack simplemente ferrou algo poderoso ao atrapalhar a jornada de redenção de seu pai. Mas a boa notícia é que essa jornada não pode ser interrompida ou destruída. Ao iniciar aquela jornada de redenção, Christian Shepard fez uma troca com uma força viva, e essa força vai mover tudo, incluindo a realidade para honrar essa troca. Estou falando de um elemento religioso sério e bem antigo. Aliás, isso é mais antigo que as religiões. Isso é o que o autor C.S. Lewis (citado em Lost através de Charlotte) chamou de “a maior mágica antes do fim dos tempos.” Chame do que quiser, mas eu chamo isso de Jacob, e Jacob é o tipo de cara que honra sua promessa.

    Assim, quando Christian Shepard fez o pedido para que Jacob salvasse sua vida dele próprio e de sua doença, Jacob disse, “Feito.” Gosto de pensar que quando Christian chegou à Ilha, ele completou sua jornada de redenção através de algum tipo de caminho que a série escolheu não revelar. Mas, o estágio final dessa história agora se sincroniza com a grande saga que Lost escolheu nos contar e mostrar. Para completar sua odisséia de redenção, Christian precisa se reconciliar com seu filho, Jack, ou pelo menos tentar fazê-lo. O problema no entanto, é que para que isso ocorra, Jack tinha que querer isso para si também, e isso significa embarcar em sua própria busca por redenção. Penso que Christian tem trabalhado nos bastidores com Jacob ou representando-o para fazer isso acontecer. O processo finalmente, começou oficialmente quando Jacl Shepard ficou em cima daquela mureta de uma ponte e olhando para o céu disse, “Me perdoe.”

    E com isso, Jacob começou a unir os que estavam separados e a amarrar os arcos de redenção dos dois Shepards, o que culminará num último movimento: reconciliação. Isso vai acontecer, e ai de quem ou do que se colocar no caminho.

    QUEM SÃO JACOB E O HOMEM DE PRETO E QUAL É A NATUREZA DO CONFLITO DELES? E O QUE É A ‘BRECHA’?

    Jacob e o homem de preto são daemons que preenchem as funções da Ilha. Jacob é aquele que cuida da Ilha. Eles representam visões diferentes da humanidade que se tornaram mais voláteis, competitivas e hostis à medida em que os séculos progrediam e o homem se aproximava mais de uma visão mais centrada e filosoficamente mais materialista. Jacob é a representação de uma posição de esperança eterna e de progresso espiritual. O Homem de Preto, que também é o monstro de fumaça, assumiu uma posição de pessimismo, cinismo e desespero. Em algum ponto do caminho, o homem de preto/monstro concluiu que não suportava mais a Ilha. Ele está cansado de fazer seu papel nos crescentes dramas de redenção alimentados por Jacob, e por isso ele tem conspirado para subverter e destruir Jacob e acabar com a Ilha de uma vez por todas. Jacob, contudo, sabe disso tudo, e por isso, ele também tem conspirado para subverter e minar os planos do homem de preto. (Note que não falei que Jacob também quer destruir o homem de preto. Penso que Jacob queira manter o homem de preto na Ilha obrigando-o a continuar desempenhando seu papel.)

    Eu não relacionaria valores de bom e mau a Jacob e ao homem de preto., Contudo, eu diria que talvez ambos tenham patinado em suas respectivas conspirações porque violaram uma regra que é maior que os dois: a santidade do livre arbítrio da humanidade. O homem de preto tem usado as pessoas, notadamente Locke e Ben, para executar seu plano. Da mesma forma, Jacob tem usado os losties para subverter o homem de preto. É isso que nos leva à “brecha”. Quando o homem de preto falou em querer encontrar uma brecha, o que ele quis dizer era encontrar uma forma de tornar Jacob numa figura vulnerável para que ele pudesse matá-lo. Para explicar exatamente o que quero dizer, cito outra grande história: Sandman de Nell Gaiman, a saga de Morfeus, o senhor dos sonhos. Nos estágios finais daquela épica fantasia, foi revelado que boa parte da história envolvia uma conspiração planejada pela irmã (Desejo) do herói para levá-lo a cometer um grande erro que iniciaria um processo cósmico que culminaria em sua morte. Acho que o homem de preto armou/forçou Jacob a cometer um erro similar, que nesse caso, era a violação ao sagrado respeito do livre arbítrio do homem. Ao tentar impedir o homem de preto, Jacob teve que se envolver em problemas humanos num nível que não era permitido. (Me parece que o lance de tocar alguns personagens é um indicativo disso.) A consequência para sua transgressão é a mesma que Adão e Eva encararam quando decidiram que seus próprios desejos eram mais importantes que as regras divinas: mortalidade. E foi assim que uma entidade eterna e até então invencível se tornou vulnerável e passível de morte.

    Dito isso acho que Jacob sabia exatamente o que estava fazendo. Ele quebrou as regras e sabia que teria que pagar um preço ao fazê-lo. Sua violação – e sacrifício – não será em vão desde que os losties respondam ao desafio da última batalha à vista. Seja lá o que isso for.

    QUEM SÃO OS OUTROS? E POR QUE RICHARD ALPERT NÃO ENVELHECE?

    Os Outros são uma tribo de pessoas que servem ao desejo de Jacob. Já sobre Richard Alpert, nunca tive uma teoria a respeito dele, e ainda não tenho. Portanto me atenho ao palpite popular: ele chegou à Ilha via Black Rock e recebeu o prêmio de Jacob que era ter uma vida longa.

    COMO A HISTÓRIA DE JOHN LOCKE TERMINA?

    A resolução é a seguinte: No final, Locke será ressucitado e terá vida eterna assumindo o papel que Jacob tinha na Ilha. Como eu já disse antes: prevejo que a última cena de Lost será uma reedição da conversa de Jacob com o homem de preto na praia. A diferença é que dessa vez veremos Locke ocupando o lugar de Jacob. Seu adversário também terá uma nova identidade: Benjamin Linus. E tudo terminará assim:

    Falso Ben: Você sabe o quanto quero te matar agora?

    E então Locke vai olhar para ele com um olhar de reconhecimento e os dois vão rir.


Não sei você, mas se Lost acabar com uma cena minimamente parecida com a que foi descrita acima, estarei mais do que satisfeito.

26/01/2010

As grandes perguntas de Lost. Qual é a sua?

Quem me acompanha no twitter, deve ter visto meu comentário destacando como ainda fico impressionado com o número de pessoas que enxergam mistério em tudo que aparece em Lost. Inegavalmente, eles existem aos montes, mas também é fato que alguns simplesmente já foram indiretamente respondidos ou não podem ser considerados mistérios propriamente ditos por conta da relevância de suas respostas para o arco geral da mitologia, assunto aliás, que abordamos no Dudecast 38. Dito isso, ao ler o Pop Watch (blog da EW), me deparei com duas dicas de Jeff Jensen, colunista da revista e especialista em Lost, justamente sobre duas matérias (uma da Sci Fi Wire e outra do DocArzt) que listam as grandes perguntas ainda em aberto na série. Como vocês vão notar, há um monte de pergunta irrelevante (para não dizer medíocre) principalmente na 1ª lista, mas outras tantas - que se repetem nas duas - e efetivamente merecem bastante atenção.

Obs.: Se você acompanha os spoilers de bastidores das gravações da temporada que está prestes a começar, provavelmente já sabe as respostas para algumas dessas perguntas.

100 perguntas que Lost tem que responder para não nos decepcionar (lista da Sci Fi Wire assinada por Kathie Huddleston)

VEJA A LISTA

    1. Quem é Jacob?
    2. Ele é bom ou mau?
    3. Quantos anos ele tem?
    4. Qual é o mistério do cara que encontrou a brecha (o homem de preto, agora falso Locke)?
    5. Por que ele precisava de uma brecha, e qual foi a que ele encontrou?
    6. Por que aquele cara odeia Jacob?
    7. Jacob está realmente morto?
    8. Locke está morto?
    9. Juliet morreu?
    10. A Jughead realmente explodiu quando a tela ficou branca?
    11. Por que os outros sobreviventes seguiram o excêntrico plano de Jack?
    12. Sério, quem diz sim a exploder uma ilha para dar um reboot no tempo?
    13. Se ocorreu um reboot no tempo, o voo Oceanic 815 não cai?
    14. E quanto a Juliet e Sawyer? Vão se reencontrar se o reboot ocorreu?
    15. Kate e Jack vão finalmente se acertar e encontrar o verdadeiro amor?
    16. Que tipo de dano a explosão de uma bomba de hidrogênio criaria?
    17. O que afinal, tudo isso tem a ver com os sobreviventes?
    18. Qual é o mistério por trás da estátua’do pé de quatro dedos?
    19. Se ela realmente era uma estátua da deusa egípcia Taweret, por que foi construída?
    20. O que a destruiu?
    21. Por que Jacob vivia no seu interior?
    22. O que aconteceu com a amiga de Ben, Annie?
    23. Por que Pierre Chang usa nomes falsos?
    24. O que é o monstro de fumaça?
    25. Por que ele ‘tolera’ algumas pessoas e outras não?
    26. Qual é o mistério das cinzas em volta da cabana de Jacob?
    27. Quem partiu aquele círculo, e o que isso significa?
    28. Como aquela cabana mudava de localização?
    29. Por que Jacob parou de viver ali?
    30. Por que os Oceanic Six tinham que voltar?
    31. Por que Miles decidiu ficar na ilha?
    32. E qual é o mistério por trás daquela porta de isolamento [da estação Cisne]?
    33. O que aconteceu com a Claire?
    34. Por que o medium Richard Malkin insistiu para que Claire criasse Aaron?
    35. Qual é o mistério por trás do implante feito em Claire?
    36. Quem é Richard Alpert na verdade, e por que ele não envelhece?
    37. Como ou por que a Ilha cura pessoas?
    38. E o que provoca aquele problema na gravidez?
    39. E Christian, qual o mistério por trás dele?
    40. Por que ele simplesmente não fica morto e deixa Jack em paz?
    41. Quem são Adão e Eva, o casal de esqueletos encontrados nas cavernas?
    42. O que aquelas pedras preta e branca em seus corpos significa?
    43. Por que a Dharma e os Outros permitiram que a mensagem gravada por Rousseau continuasse sendo transmitida?
    44. Os números de hurley são realmente amaldiçoados?
    45. Por que Walt é especial?
    46. Por que Walt avisou Locke para não abrir a escotilha?
    47. O que aconteceu com Walt na sala 23?
    48. Por que Walt apareceu para outros sobrevivente todo molhado?
    49. Por que mataram Charlie? Nós gostávamos dele!
    50. Charlie vai reaparecer?
    51. Qual o mistério em torno de Libby?
    52. Por que ela era paciente no Santa Rosa?
    53. Por que ela foi parar na Austrália e acabou à bordo do voo 815?
    54. Por que Libby tinha que morrer antes do Hurley tirar uma casquinha?
    55. De onde veio a roda de burro [congelada]?
    56. Como ela funciona?
    57. Como Desmond perdeu as roupas depois que a escotilha foi implodida?
    58. Como Locke e Eko escaparam?
    59. Como Penelope sabia que deveria procurer por uma anomalia magnética?
    60. Como Ben realmente se tornou líder dos Outros?
    61. Quem está na lista de Jacob e o que isso significa?
    62. Por que Jacob provocou Ben ao não se comunicar com ele enquanto ele era o líder?
    63. Qual é o mistério do Templo?
    64. Por que ben diz que o Templo é um lugar exclusivo para os Outros?
    65. O monstro tem conexão com o Templo?
    66. O navio que Jacob e homem de preto viram era o Black Rock?
    67. Como o navio foi parar no meio da floresta?
    68. O que aconteceu com sua tripulação?
    69. Por que o diário de bordo do navio é importante para Charles Widmore?
    70. Quais são os planos de Widmore para a ilha?
    71. Quem construiu a estação Lamp Post? (aquela fora da ilha)
    72. Como Eloise se tornou a guardiã da estação?
    73. Widmore sabia da existência dela?
    74. Qual é o mistério por trás de Charles Widmore?
    75. Ele é ou nào um péssimo pai?
    76. O que aconteceu com as pessoas que os Outros sequestraram?
    77. Qual o mistério por trás do sussurros?
    78. Quem está sussurrando?
    79. Por que Jacob tocou cada um daqueles sobrevivente no passado?
    80. Por que aqueles sobreviventes foram escolhidos?
    81. Por que Jacob não tentou se proteger quando Ben o esfaqueou?
    82. Qual a conexão de Ilana com Jacob?
    83. Que favor ele pediu a ela?
    84. Por que ele mandou que incendiassem a cabana?
    85. Quanto ela realmente sabe sobre a ilha?
    86. Para o que Frank é candidato?
    87. Por que os lançamentos de cargas [sobre a ilha] continuaram depois da Purgação?
    88. Como eles encontravam a ilha para fazer aquelas ‘entregas’?
    89. Quem Henry Gale realmente era, e como ele teve seu pescoço quebrado?
    90. Quem o enterrou?
    91. Por que Desmond ainda tem assuntos a tartar com a ilha?
    92. A quem pretence o olho de vidro e por que ele estava na estação Arrow?
    93. Qual é o problema na relação entre Eloise Hawking e Charles Widmore?
    94. Como começou a disputa entre Ben e Widmore?
    95. Quais são as regras?
    96. Como a morte de Alex mudou as regras?
    97. Sun e Jin terão uma chance de viver felizes para sempre?
    98. Algum daqueles sobrevivente terá essa chance?
    99. E o monstro?
    100. Ficaremos satisfeitos com o final de Lost?


Perguntas em aberto divididas por grau de importância (lista do DocArzt feita por Marc Oromaner)

VEJA A LISTA

    TEM QUE SER RESPONDIDAS

    1. O que é a Ilha, afinal?
    2. O que o monstro de fumaça?
    3. O que são os números, qual a ligação de Hurley com eles e era ele lendo-os na gravação captada pelo Ajira 316 assim que chegou à Ilha?
    4. Por que todos do Oceanic 815 estão ligados de alguma forma?
    5. Como pessoas mortas, pessoas/animais imaginários e fantasmas aparecem na Ilha?
    6. E os esqueletos na caverna são...
    7. Como funciona essa coisa do Walt e do Miles terem poderes?
    8. Quem é Jacob e cara de preto e por que se odeiam?
    9. Por que todos os losties tem problema, especificamente com seus pais?
    10. Quem exatamente são os Outros e o que fazem ali?
    11. Qual será o encerramento da história de Locke?
    12. De onde Richard Alpert veio e por que ele não envelhece?

    DEVERIAM SER RESPONDIDAS

    1. O que exatamente é a estátua de quatro dedos, quando/por que ela foi construída, e o que aconteceu com o resto dela?
    2. Por que os bebês concebidos na Ilha não nasceram mais ali depois de Ethan?
    3. Há alguma explicação para o fato de vermos tantos episódios começando com o abrir de olhos de alguém?
    4. Como o Black Rock foi parar no meio da floresta?
    5. O que é a cabana de Jacob? O que aquele círculo de cinzas em torno dela? Foi Horace quem realmente a construiu?
    6. Quem era a figura barbada que Locke viu na cabana de Jacob pela primeira vez?
    7. Claire está morta ou não?
    8. Qual é o grande mistério em torno de Aaron?
    9. O que são os sussurros?
    10. Com Kate vai terminar?
    11. Quem é o verdadeiro Henry Gale?
    12. O que é o Templo e quem está lá dentro e por quê?
    13. O que significa aquela tapeçaria de Jacob?
    14. O que exatamente são as regras que Ben e Widmore tem que seguir?
    15. Quem estava atirando em Sawyer, Juliet, Charlotte, Locke e etc quando estavam na canoa?
    16. Como podem existir dois Lockes?
    17. O que explodir a bomba provoca?
    18. O que aconteceu com os losties que estavam próximos à área do Incidente?

    SERIA BOM SE FOSSEM RESPONDIDAS, MAS AO MESMO TEMPO PODERIAM SER DEIXADAS EM ABERTO PARA INTERPRETAÇÕES

    1. Como a Ilha consegue se mover no tempo e no espaço?
    2. Como Desmond conseguiu viajar no tempo?
    3. Como Mikhail Bakunin insistia em voltar à vida?
    4. Qual era o objetivo da estação Looking Glass e por que havia um músico lá programando o código?
    5. Por que tantos personagens foram batizados com nomes de filósofos famosos, cientistas e escritores? E como Daniel Faraday ganhou seu nome?
    6. O que são as pedras preta e branca encontradas com os esqueletos?
    7. Por que haviam hieróglifos na estação Cisne quando o sistema falhou?
    8. Por que haviam ursos polares na Ilha?
    9. Quem continuou enviando suprimentos depois que a Dharma foi purgada?
    10. Por que a Dharma precisa de sua própria comida genérica e qual é o mistério da Geronimo Jackson?
    11. O que deixou todos os hieróglifos e aqueles antigos e estranhos mecanismos na Ilha?
    12. Por que os Outros falam em latim?
    13. Como é que a Ilha tem propriedades de cura?
    14. Por que Jacob visitou Jack, Kate, Sawyer, Locke, Sayid, Hurley, Jin e Sun, e por que os tocou?
    15. Por que Pierre Chang tinha tantos nomes e por que três deles eram ligados a velas (candle), Marvin Candle, Mark Wickmund, Edgar Haliwax?
    16. Por que Ilana estava toda enfaixada e por que Jacob precisava dela? Qual a conexão dos dois?
    17. O que era a doença?
    18. O que exatamente digitar os números no computador faz? O que aquela chave de segurança faz? E o que fez o céu ficar roxo e deixou Desmond sem roupa?
    19. O que Libby estava fazendo na Austrália? Ou melhor: o que ela estava fazendo na série?!
    20. O que o inimigo de Jacob comeu quando ele respondeu, “Não obrigado, acabei de comer”?
    21. Qual era o relacionamento de Olivia Goodspeed com Horace e o que aconteceu com ela?
    22. Olivia Goodspeed falava sério quando mencionou um vulcão ou só falou aquilo como distração?
    23. E a Annie, o que aconteceu com ela?
    24. Como e por que a Dharma foi parar na Ilha?
    25. O que aconteceu com a Dharma fora da ilha (Ann Arbor) depois da purgação e como a Sra. Hawking assumiu o controle daquela estação exterior?


Leia mais sobre o tema na matéria "As 9 perguntas que "Lost" tem que responder e as respostas mais criativas" assinada por Mariana Lucena na Galileu.

E aí, ficou faltando alguma grande pergunta nessas listas?

24/01/2010

Dudecast 38ª Edição

Na 38ª edição do Dudecast, Juliana e eu discutimos nossas expectativas para a última temporada de Lost que se aproxima, além de darmos nossas opiniões sobre a recente e polêmica declaração dos produtores de que a série é essencialmente sobre pessoas. Você concorda? Baixe, ouça e seja muito bem vindo(a) à discussão dizendo também o que você mais espera da temporada que encerra essa deliciosa jornada de 6 anos.

Para baixar clique AQUI

(Clique direto ou com o botão direito do mouse escolha as opções 'Salvar como' ou 'Salvar Link como')

Como será a cobertura da 6ª temporada no Dude

    Comentários de episódios - publicados sempre nas madrugadas de terça para quarta.
    Easter eggs, curiosidades e repercussão - publicados na tarde/noite de quarta.
    Dudecasts específicos de episódios - publicados às quintas.
    Spoilers, matérias e demais assuntos - qualquer dia da semana.

22/01/2010

Grandes Spoilers do episódio de estreia da 6ª temporada de Lost

Recorrendo à uma de suas fontes que já assistiu “LA X”, episódio duplo que abre a última temporada de Lost, o blogueiro Andy/DarkUFO disponibilizou em seu fórum uma série de perguntas cujas respostas se resumiam a simples sim ou não, e que, claro, revelam grandes spoilers do que veremos. Traduzi tudo na íntegra logo abaixo e você clica por sua conta e risco se não conseguir resistir à tentação.

Perguntas cuja resposta foi SIM

    - Jack e Sawyer brigam ou discutem de novo em cenas subsequentes ao do final da 5ª temporada, isto é, do clarão?
    - Veremos o monstro na estreia?
    - Veremos Jacob na estreia?
    - Veremos o verdadeiro Locke vivo de novo?
    - Kate e Sawyer interagem/conversam?
    - Veremos a aparição de alguém ou algo que chocará até os viciados em spoilers?
    - Desmond será visto na estreia?
    - Veremos uma virada surpreendente no episódio?
    -O monstro de fumaça mata ou julga alguém?
    - Descobriremos coisas novas sobre Jacob e o homem de preto e sobre o relacionamento dos dois?
    - Richard Alpert vai aparecer na estreia?
    - Jack e Kate tem alguma cena significativa na ilha?
    - A história de Juliet será concluída na estreia?
    - O falso Locke será visto como inspostor pelas pessoas do lado de fora da estátua?
    - Hurley fala com mais mortos?
    - Veremos Juliet viva na estreia?
    - Bram (o colaborador de Ilana) morre na estreia?
    - Veremos alguem da parte traseira do avião, como a aeromoça Cindy, as crianças Emma e Zack na ilha?
    - Descobriremos algumas coisa nova sobre o monstro de fumaça?
    - Já que as pessoas do lado de fora da estátua sabem que aquele não é o Locke, haverá alguma discussão quando ele sair?
    - Depois que o voo 815 pousar na realidade alternativa, Sawyer estará envolvido na fuga de Kate?
    - Descobriremos por que Jacob deu o Ankh ao Hurley?
    - Ben mostra algum remorso por ter matado Jacob?
    - Charlie tem algum papel importante no episódio?
    - Os losties presos em 1977 serão mortos, sequestrados e/ou julgados por alguém ou alguma coisa em 1977?
    - Jacob está realmente morto?
    - A primeira cena do episódio acontece num período de tempo diferente de 1977 e 2007?
    - Será revelado que o monstro e o homem de preto são a mesma coisa?
    - O falso Locke/monstro mata Bram na estreia?
    - Como fã, dá para ficar mais confuso do que nunca ao fim do episódio?
    - Há alguma conversa ou dica sobre Jacob voltar à vida em alguma outra forma?
    - Sawyer se despede de Juliet com um beijo?
    - O (episódio) é fantástico?
    - A cena de abertura (pré-créditos) ocorre a bordo do voo 815?
    - Sun tem um papel importante durante a estreia?


Perguntas cuja resposta foi NÃO

    - Na realidade alternativa/paralela, algum desses personagens (Jack, Kate, Sawyer, Sayid, Hurley, Jin, ou Sun) tem a sensação ou chega a lembrar que deveriam se conhecer?
    - Algum personagem de dentro do voo 815 vê a estátua?
    - Veremos Miles na realidade alternativa nessa estreia?
    - Descobriremos a quem Jacob se referia quando disse, “Eles estão chegando” no final da 5ª temporada?
    - O núcleo da bomba foi detonado?
    - Ben Linus é passageiro do voo?
    - Veremos Daniel Faraday na estreia?
    - Ana Lucia aparece na estreia?
    - Há algum gancho chocante no final do episódio?
    - Charlie e Claire tem algum contato na realidade alternativa?
    - Já que Desmond aparecerá dentro do voo 815, ele vai agir como se não devesse estar ali?
    - Mr. Eko aparece na estreia?
    - Veremos alguma coisa sobre os DeGroots e a conexão deles com a trama nessa estreia?
    - O caixão de Christian desaparece quando o avião está no ar?
    - Vamos descobrir algo que explique o que levou à situação de termos dois Lockes?
    - Veremos Jack como líder, assim como ocorreu no episódio Piloto da série?
    - Veremos o ator (Titus Welliver) que originalmente fez o homem de preto?
    - Veremos a ‘caixa mágica’?
    - Jack e Kate se beijam na estreia?
    - Descobriremos a que ‘casa’ o homem de preto se refere em sua fala?
    - Na 1ª temporada, Kate e Jack salvaram Charlie juntos… Kate estará envolvida na cena em que Jack salva Charlie na realidade alternative?
    - As ações dos losties na realidade alternativa influem nas coisas/ações que acontecem na ilha?
    - Veremos onde a parte superior da estátua está?
    - Imediatamente após o incidente na Cisne veremos o pessoal da Dharma como Horace, Radzinsnky, Phil e Chang?
    - Shannon aparece na estreia?
    - Ouviremos o verdadeiro nome do homem de preto, ou as pessoas que possivelmente o conhecem (Ilana, Alpert) vão fazer alguma referência a ele?
    - Saberemos para o que Frank é candidato?
    - A bordo do voo 815, Desmond reconhece os losties na realidade alternativa?
    - Sawyer terá que fazer algo que diminua a dor de Juliet, isto é, ele tem que matá-la?
    - A temporada começa com alguma música tocando assim como ocorreu em outras temporadas?
    - Ao final do episódio os losties de 1977 estarão de volta a 2007?
    - Na ilha, Richard fala fala com alguém sobre o Incidente?
    - Veremos Juliet na realidade alternativa?
    - Fica claro no fim da estreia o que exatamente a realidade alternativa é?
    - Walt é mencionado no episódio?
    - Veremos a cena do tiroteio das canoas no mar do ponto de vista de quem estava perseguindo?
    - A primeira coisa que veremos é um olho se abrindo como aconteceu nas 3 primeiras temporadas?
    - Você disse que o monstro e o homem de preto são a mesma coisa, mas descobriremos se Alpert é o homem de preto?
    - Vamos saber como a anomalida eletromagnética/incidente é solucionada ou paralisada se a bomba não explodiu?
    - Vamos descobrir alguma coisa nova sobre quem Jacob é?
    - É sugerido (ou revelado) que o homem de preto ou Jacob são ligados aos piratas do Black Rock?
    - Sawyer, Kate, Jack ou Hurley aparentam ter morrido na estreia?
    - Descobriremos o significado do fato de Jacob ter tocado os losties em “The Incident”?
    - Sawyer vai beijar Kate?
    - Desmond se lembra de alguem dentro do voo 815?
    - Veremos quem levou o tiro na outra canoa? (cena da 5ª temporada durante os saltos temporais)
    - Veremos Vincent na ilha?
    - Veremos o falso Locke fazendo alguma coisa no presente da trama (2007), tal como matar ou ferir alguém sob a forma do monstro de fumaça?
    - Juliet aparenta ser alguma outra entidade na cena que antecede sua morte?
    - Kate escapa do agente federal depois de seduzí-lo?
    - Veremos o falso Locke se trasnformando no monstro de fumça?
    - Kate beija alguém na estreia?
    - Veremos a estação Cisne?
    - Hurley usa o Ankh para falar com Jacob?
    - Veremos algum dos personagen mostrando algum conhecimento sobre o passado/futuro/realidade alternativa que não deveriam saber?


Surpresos e/ou empolgados? Bom, seja lá qual for sua reação inicial a esses spoilers, vale lembrar que todos são fruto da interpretação do que a pessoa viu o episódio. Dito isso, tenham em mente que algumas das coisas confirmadas ou não podem ser diferentes quando assistirmos.

AXN relembra momentos importantes de Lost em poster especial da 6ª temporada


Depois de confirmar a exibição da 6ª temporada com um intervalo pequeno de 1 semana em relação à exibição original, parece que o AXN acordou e resolveu promover a 6ª e última temporada da série como ela merece. Um exemplo disso é esse belo poster (clique para ampliar) incluído na edição 275 da Superinteressante (a de fevereiro) destacando momentos e cenas importantes das 5 temporadas anteriores. Faltou alguma coisa ali?

A 1ª imagem inédita da 6ª temporada de Lost

Sim, demorou, mas apareceu. Segundo o The ODI, ontem foi exibido um promo novo no EUA e no meio das cenas já conhecidas por nós, eis que surgiu uma inédita da última temporada. Se quiser ver, basta clicar.

Veja a imagem

    Que tal a Claire no melhor estilo Danielle Rousseau, hein? O que afinal aconteceu com a mãe de Aaron?


21/01/2010

Revelados títulos dos episódios 6x10 e 6x12

*** Post atualizado em 23/01***

Particularmente não considero que título de episódio seja spoiler, mas como há sempre alguém que discorde, o assunto deste post está devidamente ocultado abaixo já que também contém pequenas informações sobre os episódios em questão.

Leia mais...

    Bom, via DarkUFO, foram revelados hoje o título do décimo e do décimo segundo episódios da nova e última temporada que se aproxima. O 6x10 tem o curioso título de "TBD", sigla que em inglês geralmente significa To Be Determined (em português, a ser determinado). Se a escolha tem duplo sentido não dá para saber por enquanto, "The Package", (O Pacote)* e vale lembrar que esse episódio será centrado no casal Sun e Jin, que na realidade alternativa/paralela deve se encontrar com Mikhail Bakunin e com o outrora(?) mercenário, Keamy.

    Já o episódio 6x12 atende por "Everybody Loves Hugo", título que obviamente aponta que reflete e ao mesmo tempo contrapõe aquele da 2ª temporada, o "Everybody Hates Hugo", assim como ocorre com o episódio 6x02 "What Kate Does", que remete ao "What Kate Did", também da 2ª temporada. Coincidências? Pode ser, mas já tem fã levantando uma hipótese assustadora para quem é fã do dude. E se esse episódio 12 marcar a despedida do personagem mais gente boa da série, hein?

    * Texto atualizado com o título correto do episódio 10. Como o próprio Andy/DarkUFO reconheceu em seu site, o anterior (TBD) era realmente apenas uma referência a título que ainda seria determinado, o que acabou finalmente ocorrendo.

Sob a sombra da morte

Dado o histórico de mortes de personagens ao longo da série, não chega a ser novidade imaginar que novas ocorrerão antes do fim, afinal, estamos entrando na última temporada. Dito isso, há um detalhe sobre o tema repercutido hoje pelo Lost Spoilers, que pode provocar arrepios nos fãs mais descuidados. Se quiser saber mais do que se trata, leia o próximo parágrafo, que como você já deve suspeitar, contém spoilers.

Leia mais...

    De acordo com um dos contatos de Andy/DarkUFO que já viu cortes dos 9 primeiros episódios da temporada, muitas, mas muitas mortes ocorrem ao longo desse período. Sem entrar em detalhes e/ou revelar nomes, a fonte chega até a brincar dizendo que com exceção de Vincent, (da nunca mais vista) Annie e do monstro, será uma surpresa se outros chegarem vivos ao final da história. Sobre o monstro de fumaça aliás, essa mesma fonte diz que ele é responsável direto por muitas mortes, inclusive de personagens que vem do mar, numa (para mim) clara referência à tripulação do Black Rock que provavelmente veremos nessa temporada. O informante não pára por aí, e complementa esse aperitivo com mais dois detalhes: segundo ele, Sayid é um grande filho da **** na/da temporada (o que não dá para saber se é bom ou ruim, claro) e o episódio 9, "Ab Aeterno" (centrado em Alpert), é incrível e muito emocionante.

    Pronto. Agora se vira aí para segurar a ansiedade :p

Mais um novo video promo da 6ª temporada de Lost



As tão esperadas cenas inéditas da 6ª temporada só devem aparecer mesmo ao longo da próxima semana, mas enquanto elas não surgem, continuamos curtindo os da ABC, que até se saiu bem na missão de criar expectativa nesse mais recente vídeo disponibilizado e legendado pela Lostpedia.

Senhores e senhoras, apertem os cintos! Tá chegando a hora.

8 posters de Lost que você vai querer ter em casa

Dica de Alexandre van Beeck (valeu cara!) me levou até o site do designer Ty Mattson, um talentoso profissional que por acaso também é fã de Lost. Motivado pela proximidade da estreia da 6ª temporada, Mattson resolveu brincar um pouco e fez não 1, mas 8 posters bem bacanas inspirados pelo universo da série. Esse da kombi que você vê aqui ao lado nem é o melhor deles (status que dou ao quarto da sequência), mas é sem qualquer dúvida um bom exemplo do excelente trabalho que o cara fez. Para conferir os outros 7 posters, basta acessar o site de Mattson para ficar com vontade de ter todos enfeitando a parede do quarto.

20/01/2010

Michael Emerson afirma em entrevista: “Ainda não vejo um final à frente”

E como não podia deixar de ser agora que nos aproximamos da estreia da última temporada, a cada dia pipocam na internet mais e mais entrevistas com produtores e elenco falando sobre ela. A que vocês conferem abaixo na íntegra, foi feita pela jornalista Natalie Abrams do Tv Guide, para o site Seattle Pi com o sempre ótimo Michael Emerson. Tem de tudo um pouco nessa entrevista, desde coisas que vão empolgar muitos, quanto outras que podem colaborar para gerar expectativas negativas naqueles que temem o que o final da série reserva.

Como você se sente agora que o final da série está próximo?

Michael Emerson: Sinto muita curiosidade, porque considerando o que já gravei até aqui, ainda não vejo um final à frente. A narrativa continua se expandindo em vez de se contrair. Ficou mais fragmentada em vez de ficar mais unificada. As pontas ainda não estão se unindo, continuam soltas. Vai ser incrível ver como tudo termina. Alguns dos grandes mistérios da série estão sendo respondidos. Em cada episódio, algo grande é resolvido, mas ainda deixa um mistério.

Leia mais...

    Você gostaria de ver a redenção de Ben no final de Lost?

    Não sei. Já tive mais esse desejo do que tenho agora. Algumas vezes penso que os personagens talvez fiquem melhores se ficarem sozinhos. Não sei porque pensei que a redenção pudesse ser satisfatória. Talvez, o que seja satisfatório é que algumas coisas nunca mudem. Penso que veremos todo tipo de final para cada um dos personagens na série, mas talvez o Ben apenas saia de cena para fazer aquilo que fez a vida toda.

    Ninguém sabe qual é o objetivo final de Ben. Ele quer controlar a ilha, talvez o mundo? Tudo o que ele faz é pessoal?

    Me parece que ele quer a ilha, a possa e o controle dela, mas o que isso significa exatamente? Ainda não sabemos para o que a ilha pode ser usada. Ela é uma ferramenta? Um mecanismo? O que esse mecanismo faz? Deve fazer algo bem grande para que as pessoas briguem por ela de forma tão apaixonada. Se isso for respondido, será uma das maiores respostas.

    Você acha que Ben se sente mal por ter matado Jacob, ou isso é apenas mais um passo na direção certa para atingir seu objetivo?
    Eu acho que o Ben tem algum tipo de remorso. Ele é rápido em colocá-lo de lado. É quase como se Ben entendesse que essas mortes não contam como as outras pessoas contam. Há um certo jogo em cima disso rolando, mas não sei se isso será esclarecido.

    Na temporada passada vimos que Sayid contribuiu para que Ben se tornasse o homem mau que é hoje quando atirou no jovem Ben. Você acha que ele ainda seria mau se Sayid não tivesse atirado nele?

    Uma das coisas com a qual estamos lidando é se a causalidade é uma via única dinâmica. Será que algumas coisas levam a outras? Será que o curso de eventos ou personagens pode ser mudado ao se voltar lá atrás e mexer com eles? Isso levanta a questão do que estamos observando quando as pessoas se movimentam no tempo e espaço em Lost. Aquilo é viagem no tempo ou estamos lidando com um artifício narrativo que ainda não entendemos?

    Você sabia que foi daquela forma que Ben se tornou mau? De que talvez ele tenha parte do monstro de fumaça nele?
    Não, ainda não sei o que muitas daquelas coisas significam. Eu fiquei surpreso. Achei que foi uma coisa ousada quando mostraram o jovem Ben sendo baleado por Sayid. Acho que aquilo ajudou a moderar nossa visão sobre ele ou justificar alguns de seus comportamentos.

    Ainda há muito a se descobrir sobre os Outros. Isso será explorado?
    Algumas coisas sim. Eles não são um grande mistério agora. Sabemos quem os Outros são. Eles chegaram ali por diferentes razões em diferentes períodos de tempo e se encaixaram numa estrutura de homens poderosos e ambiciosos que querem comandar a ilha. Não sei se os Outros estão ligados ao porque deles estarem lá ou ao que são aqueles poderes.

    Alguma chance voltarmos a ver Annie de novo?

    Tive uma conversa com Terry O’Quinn outro dia. Eu falei que alguns pontos da trama vão simplesmente ficar sem resposta, como aquele boneco que Ben carrega com ele mesmo já adulto. Não voltamos a tocar nisso por dois anos e receio que quem Annie era, será uma coisa que ficará no ar.

    Todo mundo tem mantido sigilo sobre a última temporada de Lost, mas os produtores executivos Damon Lindelof e Carlton Cuse revelaram que Michael e Libby estariam retornando.

    Pode ser que isso não seja assim um prêmio tão grande ou mesmo um spoiler como você pode imaginar. Não sei em que circunstâncias ou quanto desses personagens vocês verão.

    Michael estava trabalhando como seu informante no navio até ele explodir.

    Sim, ele foi um belo informante. Suponho que a dúvida se ele morreu no cargueiro será respondida na 6ª temporada.

    Você acha que os fãs ficarão satisfeitos com a última temporada de Lost?

    Alguns sim, outros não, tenho certeza. Isso é complicado, e não importa o que o final seja, haverá discussão sobre ele. Não acho que eles vão simplesmente colocar um tela preta no final. Tenho grandes esperanças de que vá ser uma dessas coisas que você diz, ‘uau, meu Deus, que incrível!’ ou ‘Ah, então era isso o tempo todo e eu nunca soube o que via até agora.’ Espero que o final seja algo que nos jogue de volta para a 1ª temporada e nos faça assistir a série inteira de novo com novos olhos.

19/01/2010

Artes inspiradas em Lost



O blog lostundergroundartshow.blogspot.com e o site damoncarltonandapolarbear.com postaram algumas artes inspiradas na série, como quadros, desenhos, esculturas e etc. Todas estão a venda e valem a pena serem conferidas. Links e mais exemplos abaixo.

Leia mais...





Fonte: lostundergroundartshow.blogspot.com e damoncarltonandapolarbear.com

Em nova entrevista, produtores voltam a falar sobre as expectativas para a 6ª e última temporada de Lost

Prometendo disponibilizar ao longo dos próximos dias a transcrição completa de uma longa entrevista que fez com os produtores de Lost, Damon Lindelof e Carlton Cuse, sobre a série em geral e sobre última temporada, a jornalista Maureen Ryan do Chicago Tribune, publicou hoje a parte 1 em seu blog. Os principais destaques desse papo imperdível vocês conferem agora. Não há spoilers no texto.

Sobre a expectativa em relação à reação do público com o final da série

Lindelof: “Penso que sempre existiu um foco desproporcional em finais de séries... Fica parecendo que só o final é que importa.”

Cuse: “Nós discutimos muito sobre quanto não queremos que a última temporada seja didática. É muito perigoso limitar tudo a uma lista de repostas a serem dadas, porque queremos ter certeza que estamos contando histórias envolventes. A mitologia é importante, mas para nós, a história é sobre personagens. Portanto, nosso foco tem sido direcionado à maneira como iremos concluir as histórias deles... Há alguns elementos de mistério ligados à série que são inexplicáveis, e qualquer tentativa de tentar explicá-los seria um desserviço à série e ao seu legado. Dito isso, estamos tentando encontrar o equilíbrio certo entre respostas que serão dadas e as coisas que devem ser deixadas como mistério.”

Leia mais...

    Sobre as eventuais perguntas sem respostas objetivas.

    Lindelof: “Não temos resposta para a pergunta, ‘o que os números significam’. Podemos dizer quais são as aplicações práticas dos números na série, mas como responder objetivamente uma pergunta dessas? É como querer que Deus explique por que fez as girafas terem pescoço longo, ter a resposta de que é para que elas comam das árvores e entào questionar porque outros animais que não precisam de pescoço longo o tem. É entrar numa discussão onde cada resposta dada só torna tudo mais frustrante... Nós sempre quisemos fazer de Lost uma série que levantasse questionamentos, do tipo, ‘o que eles quiseram dizer com isso?’ A série não segue o formato tradicional de séries policiais onde no fim alguém basicamente diz: ‘ah, então foi ele que fez isso por conta disso e daquilo, e isso é o que vai acontecer com ele’, ou de uma série de tribunal que não traga ambiguidades. Essa coisa do ‘o que eles quiseram dizer com isso?’ permanecerá viva muito tempo depois do fim da série e isso é uma certeza.”

    Cuse: “Temos consciência de que algumas respostas levantarão outras perguntas. Por exemplo, poderão dizer ‘Ok, Jacob obviamente é alguém que foi de grande significado para a mitologia da série, mas quem ocupava esse posto antes de Jacob? Quem criou essa pessoa?’ e por aí vai. Acredito que o público precisa respeitar o fato de que há apenas um limitado conjunto de respostas que podemos dar. E não digo isso porque queiramos fugir da nossa responsabilidade de dar respostas. Vamos responder as perguntas, que para nós, precisam ser respondidas e para as quais achamos ter respostas boas e satisfatórias.

    Sobre o legado que a série vai deixar

    Cuse: “Vamos sair de vista depois do fim da série para evitar a iminente armadilha de ter que dar a interpretação do final. Para nós, um dos elementos mais atraentes de Lost é sua ambiguidade intencional. O fato é que a série é aberta a interpretações e discussões e sentimos que estaríamos prestando um desserviço aos fãs se dissessemos, ‘Não, você tem que olhar para isso dessa forma.’ Isso não contribuiria em nada para a série e para a habilidade das pessoas em interpretá-la como quiserem. O que quero dizer, é que isso é o que gosto de fazer quando leio um bom livro, ou seja, basicamente ser capaz de debater qual é o real significado da história.”

    Sobre a continuidade de Lost depois do último episódio

    Lindelof: “O que estamos prometendo, é que não vamos deixar ganchos no ar para que possamos retomar a história daqui uns dois anos em outro projeto para televisão ou cinema. Nós devemos esse senso de encerramento a nós mesmos, à história e ao público.”

    Cuse: “Vamos dar o final mais complete que pudermos dar à história.”

    Sobre o significado do final em relação à toda a série

    Cuse: “Penso que as pessoas esperam que o último momento, a última imagem da série seja impactante. Muitos parecem querer ver o momento onde de repente se descobre que tudo acontece dentro de um globo de neve, ou aquele em que alguém acorda de um sonho. Seja lá o que for, esse tipo de coisa fica parecendo uma virada que nega ou diminui tudo o que veio antes.”

    Lindelof: “É como se para algumas pessoas que investiram seis anos de suas vidas e mais de 120 horas em Lost, o prêmio final só viesse numa cena de 30 segundos, quando elas finalmente poderiam dizer, ‘isso vai mudar toda a forma como me sinto com relação à série.’”

    Cuse: “Pois é, nós esperamos que não seja assim.”

    Sobre a certeza de que o final trará diferentes reações

    Cuse: “Veremos opiniões diversas e de novo, entendemos que os fãs mais radicais ligados à mitologia podem reagir diferentemente daquelas pessoas que só querem saber se a Kate termina com Jack ou Sawyer. Para nós, a sensação é de que as histórias que serão mais satisfatórias são as dos personagens. Discutindo as várias pontas da mitologia, temos plena consciência de que para aquelas pessoas que são realmente ligadas à esse aspecto, vai ser bem difícil dar respostas completamente suficientes.”

    Lindelof: “Para nós, a série tem sido muito mais sobre a jornada do que sobre o final, e é isso que desejamos para o legado de Lost... O interessante no nosso caso, é que diferente de outras séries como Sopranos por exemplo, onde a grande pergunta perto do final era se Tony iria viver ou morrer, ninguém faz ideia de como será o final. Se fizessemos um concurso agora e pedíssemos para que 100 pessoas resumissem em um parágrafo como pensam que o último episódio de Lost será, teríamos 100 respostas totalmente distintas entre si.”

    Sobre arrependimentos ao longo do caminho

    Cuse: “Não faríamos nada diferente. Todo mundo tem arrependimentos, mas ao mesmo tempo você pode se focar neles como um caminho que leva a lugar nenhum ou não. A jornada da série foi a jornada que a série tinha que ter. Tivemos que ter todos os acertos erros para que pudessemos chegar onde chegamos... Sim, a arquitetura mitológica da série foi construída ao longo da 1ª temporada e entre aquela e a 2ª, mas a jornada daqueles personagens foi algo que evoliu literalmente episódio a episódio. Enxergamos o processo de fazer a série de forma orgânica. Vemos o que acontece e como os personagens reagem uns com os outros, quais relacionamentos estão funcionando e quais não estão. Somos supervisores dessa jornada, mas também temos esse maravilhoso processo de descobrir quem somos, o que é, penso eu, a essência do processo criativo. É quando você atinge aquela transcedência onde a série diz para você o que quer ser e isso é algo que não dá para prever. Portanto, para nós isso é que é divertido.”

    Sobre mudanças baseadas nas reações do público

    Lindelof: “Não há nada na série em que discordemos da reação dos fãs, ou onde tenhamos ficado incrivelmente supresos com a reação. Quando os fãs viram as primeiras participações de Nikki e Paulo, já escrevíamos o último episódio deles, “Exposé”. Se àquela altura os fãs tivessem dito que gostavam dos personagens, talvez pudessemos ter parado e refletido, mas a verdade é que naquela altura nós já havíamos reconhecido que arriscamos uma novidade e ela não tinha dado certo.”

    Cuse: “[Há riscos em não poder esperar a reação dos fãs], e com relação a essa última temporada, quando ela estrear, já estaremos escrevendo o episódio 15 [de um total de 18], portanto não teremos como alterar nada.

    Sobre o que a última temporada traz de novo

    Cuse: “Temos muita fé no que estamos fazendo nessa temporada. Temos como regra fundamental como contadores dessa história, ser ousado, o que nem sempre pode dar certo. Dito isso, nos comprometemos com uma narrativa nessa temporada que é ao mesmo tempo ousada e diferente de tudo o que fizemos antes. E se der certo, será bem empolgante para nós, mesmo que não agrade a todos os gostos."

Bastidores das gravações do ep. 6x11

A exibição da temporada ainda nem começou (falta pouco!), mas o ritmo de gravações continua intenso. Nesse post, temos alguns bons detalhes dos bastidores das gravações do 11º episódio. Bateu a curiosidade? Então continue a leitura que, claro, contém spoilers!

Leia mais...

    Como você já deve saber, o episódio 6x11, “Happilly Ever After”, será centrado em Desmond, o que obviamente significa bastante tempo de tela para o personagem. Contudo, há outras boas surpresas reservadas para esse episódio. Tem personagem reaparecendo para alegria de alguns fãs mais exigentes e curiosas interações. Todas as informações foram disponibilizadas pelo Lost Spoilers e pelo Hawaii Blog.

    - A quarta-feira dia 13 de janeiro foi marcada por uma gravação envolvendo um evento apresentado por Eloise Hawking que visava arrecadar fundos para um museu. Quem acompanhou a movimentação, disse que no local, que tinha vários carros com placas da Califórnia, Desmond meio que entra de penetra à procura de Penny, mas é impedido por Eloise, que no fim das contas, pode até mesmo aparecer como esposa de Charles Widmore nessa cena, já que há relatos de que a misteriosa personagem estaria sendo tratada como Sra. Widmore no evento. Hum...

    - Já o dia 14, marcou a gravação de uma cena de hospital envolvendo Desmond, Charlie e Jack, o que pode sugerir que ela seja continuidade daquela cena em que Desmond e Charlie acabam indo parar dentro da água depois de um acidente de carro, cujo vídeo de bastidor você viu por aqui alguns dias atrás.

    - Duas gravações ocorreram na sexta-feira, dia 15 de janeiro. Uma delas reunia Sayid, Desmond, Ilana, Lapidus e Sun, o que pode indicar (ou não) que voltaremos a ver o brotha na ilha. A outra cena se passava num evento beneficente para o Santa Rosa Mental Health Institute e quem participou dela foram Pierre Chang!, Hurley e Libby. Sim, parece que os produtores vão finalmente agradar os fãs que tanto querem saber o mistério que a envolve.

    - No sábado, 16, quem andou gravando cenas juntos foram os atores Henry Ian Cusick (Desmond) e Alan Dale (Charles Widmore). Segundo um fã sortudo que esteve no local, a cena se passa no escritório de Widmore, que continha um curioso quadro novo fazendo referência a dois lados distintos (preto e branco) como essa foto revela.

    - Já ontem, 18 de janeiro, três gravações tomaram forma. Uma envolvendo Locke em cena de estúdio. Outra envolvia Libby em cena com alguns médicos num hospital, e por último, uma grande cena de aeroporto envolvendo Desmond, Minkowski, Hurley e Claire.

    Dúvidas de que teremos muitas surpresas pela frente?

Elenco fala sobre a 6ª temporada + Vídeos recap e dos mistérios da série

Abaixo, você confere a tradução de uma matéria publicada pelo blog de entretenimento da CNN focada nas reações dos atores de Lost sobre o que já sabem da temporada e sobre o que podemos/devemos esperar para a conclusão da história.

Leia mais...

    Quando soube que iria entrevistar alguns dos atores de Lost - Emile de Ravin, Josh Holloway, Evangine Lilly, Jorge Garcia, Michael Emerson, Daniel Dae Kim e Terry O'Quinn – eu botei na cabeça que tentaria obter muitas respostas.

    Essas foram perguntas que eu tinha e as que meus colegas me deram: “O que aconteceu com as crianças?”; “Walt vai reaparecer nessa temporada?”; “Claire está possuída?”; “Por que Libby estava na clínica psiquiátrica com Hurley?”; “Vocês acham que os fãs ficarão satisfeitos com o final da série?” e “Vocês vão se mudar do Havaí agora que a série está acabando?” Aí vão as respostas:

    Michael Emerson (Ben): “Honestamente não sabemos o que acontece num episódio até receber o roteiro, e isso só acontece na véspera das gravações. Não veremos o último roteiro antes de abril, e como ator, eu estou feliz por ficar no escuro. É importante que existam mistérios. O panorama da série inteira é um conjunto de mistérios e quando eles são resolvidos, não há muito mais a se dizer.”

    Terry O’Quinn (Locke): “No episódio duplo de estreia será revelado quem Locke realmente é. Embora isso já pareça claro, ainda há uma grande revelação ali a ser feita.”

    Jorge Garcia (Hurley): “Sempre haverá mais a se responder. Penso que algumas coisas serão deixadas como mistério, mas ao mesmo tempo acho que os maiores ganharão alguma resposta. Dito isso, não há como satisfazer todos.”

    Daniel Dae Kim (Jin): “Duvido muito que cada ponta solta será amarrada porque francamente, a vida é assim. A gente procura resposta para grandes questões, mas algumas coisas ficam obscuras. Apesar disso, acredito que os roteiristas são muito cuidadosos e conscientes sobre a necessidade de responder as grandes perguntas e tenho certeza que farão isso. Charlie reaparecerá antes da temporada acabar. Muitas pessoas que pararam de ver a série depois da 1ª ou da 2ª temporada vão querer voltar a ver a série para descobrir o que aconteceu com determinados personagens.”

    Emile de Ravin (Claire): “Tenho certeza que respostas serão dadas e que as pessoas ficarão satisfeitas em descobrir certas coisas. Posso dizer que retorno de um jeito bem singular e que Claire tem uma boa participação pela frente.”

    Josh Holloway (Sawyer): “Quando a série acabar pretendo trocar a cueca.” (risos)

    Evangeline Lilly (Kate): “Estou fazendo uma coisa totalmente nova nessa temporada, mas não vou dizer o que é, embora possa antecipar que é bem epolgante. Vocês verão uma nova versão da Kate. Não sei se as pessoas entenderão assim, mas na minha cabeça é uma nova Kate.”


E agora os vídeos...

Honestamente, você lembra de todos os detalhes e mistérios mais importantes das 5 temporadas anteriores? Se você for normal como eu(?), provavelmente sua resposta é não, assim, vale à pena recorrer a dois vídeos que recapitulam os momentos mais marcantes da série até aqui, e outro que reune a lista de mistérios ainda sem respostas.

Lost em 8 minutos e 15 segundos (legendado por Matheus Munhoz)




Veja mais...
    Untagled Recap - As 5 temporadas em 5 minutos



    Os mistérios ainda não resolvidos (vídeo por João Pedro Prado)

18/01/2010