27/05/2010

Só para avisar...

... que a repercussão e o podcast do final de Lost atrasaram, mas vão sair. Tenham só mais um pouquinho de paciência porque eu acho que vocês vão gostar do resultado ;)

74 comentários:

Davi Orempüller disse...

Estamos no aguardo ;)

-=|©ä¡ö disse...

Vao logo! To ansioso!! AHHHHHH!!!

Hiro disse...

Estou indignado para não dizer P...

Como pode pessoas criticarem dizendo que se tirassem os 15 ultimos minutos Lost seria perfeito, MEU DEUS se existir perfeição foram estes 15 últimos minutos, onde o pai de Jack diz que não morremos sozinhos, que eles estão ali reunidos pois foi melhor parte da vidas deles foi na Ilha onde puderam evoluir com seus tropeços e vitorias, e que todos eles escolheram daquele forma aquele local apra seguirem em frente MEUS DEUS, onde estão a humanidade destes criticos..

Definição Lost do meu ponto de vista:

AMOR
EVOLUÇÃO
PERDÃO
REDENÇÃO

reflitam.....

Elaininha disse...

To esperando!!!!!!!!! Abro todo dia para ver se já tem os comentários. Bom trabalho para vocês!!

MauroBailey disse...

Espero ansioso. E, Davi, se possível, espero que vocês gravem tb o audio do encontro aí no Rio e transformem em podcast pra ouvirmos.

Gabriel Souza disse...

Tô aguardando este próximo podcast ansiosamente...

João Carlos disse...

to esperando o post de easter egg

JM disse...

aguardando.
olho esse site umas 100 vezes por dia. kkkkkkkkk
e serio mesmo

Paulo disse...

Não Vejo ha hora de ouvir esse Dudecast.
ei pessoal esse dudecast poderia seguir o exemplo do the end e vir com 100 minutos

melhem12 disse...

Parabéns pelo super trabalho!

Alinne disse...

Davi e Juliana, estou muito intrigada com David Shepard - como pode alguém existir no "purgatório" sem antes ter vivido, sem ter uma alma?
Além disso, percebam que os roteiristas procuraram enfatizar essa questão no episódio final, quando Locke diz para Jack "mas você não tem filho". Passa a impressão de que eles próprios tinham pensado numa resposta.

Se vocês pudessem, em algum momento, expressar a opinião/teoria de vocês sobre isso, ficaria muito grata =)

diego disse...

Com certeza será bom!!!

cesarbardo disse...

Aê Davi e Juliana!

Tô ansioso pra ver os comentários finais(?!) de vocês sobre a série.

Enquanto isso, inspirado pelos VideoCasts do Dude, também postei minhas opiniões sobre Lost no Youtube! Se tiverem um tempinho passem lá! =D
http://www.youtube.com/watch?v=igkq0IOtYbM

Marcelo disse...

Não assisti a Sexta Temporada. Apenas o LA X.
Mas cometi o erro fatal de ver, justamente, os ultimos 15 minutos de LOST.
Achei que tinha entendido tudo e corri para a seção de comentário da LOST Brasil. Então percebi que
Não tinha entendido metade, e a outra metade não tinha prestado atenção.

Meu DEEEEUS! Alguem tem a pilula do esquecimento para eu me esquecer que descobri num post mal escrito o final da Sexta Temporada de LOST?
Na boa, eu adorei a resolução memso sem ter assistido. Mas é frustrante para mim.
Eu estava segurando a ansiedade para ver o BOX apenas quando lançarem o BOX, mas em 23 de Maio eu estava possuido por uma obcessão: THE END!
Geeeente!!! Como eu queria apagar esse dia da minha vida.
Desculpe o desabafo.
Abraços!

Marcelo HaeS - A Marca é Forte!

Zé Mané disse...

Davi e Juliana, gostaria que o podcast trouxesse também refletida a opinião da grande fatia de fãs descontentes não só com o final de Lost, mas com os rumos tomados pela série.
É inegável que Lost chega ao final com seus fãs divididos.

Zé Mané disse...

PS:
Para fazer o contraponto e dar voz àqueles que não gostaram do final de Lost (nem com os rumos tomados pela série), segue um link de uma crítica bastante elegante, mas contundente com relação a Lost:

http://aventurahumana.wordpress.com/2010/05/26/o-fim-de-lost/

E segue, também, uma crítica com mais humor, mas não menos contundente:
http://www.collegehumor.com/video:1936291

Gabriel disse...

Po, Davi. To abrindo o blog de uma em uma hora e nada, que tá havendo?! rsrsrs

FC.GC disse...

ansiosoooooooooooooooo

ThiagoSF disse...

Opa, entrei justamento buscando isso. Estaremos no aguardo, Davi.

Abraço

João disse...

então, vc´s tem alguma data para a saida do podcast??

obrigado

DioSoft disse...

Davi e Jú, tudo bem? Sem pressa. quanto mais tempo melhor... Há possibilidade de um videocast com as opiniões da Juliana sobre o final de lost? O ideal seria filmar enquanto vocês assistem o episódio, o que acham?

Chicó disse...

Eu também estou com a mesma dúvida da Alinne aí de cima sobre a "não-existência do David". Vocês podem nos esclarecer?

Outra dúvida que ainda me pertuba é: Foi explicado quem atirou no barco dos losties na quinta temporada ou isso ficou de fora?

Abraços!!!!!!!!!!!!!!

Ivan disse...

Pacientemente mas, cheio de curiosidade.

Prof. Marcio Bezerra disse...

é "nóiz" davi.......... rsrsrssrsrsrs

aguardando com uma baita ansiedade!!

força dudes!!

I see you another life brothas...

DioSoft disse...

Chicco e Aline, o "side-sideway" é uma realidade "inventada" por cada lostie, de acordo com suas experiências de vida, era o verdadeiro purgatório, tudo foi criado de acordo com os desejos e sentimentos de cada um, Locke era feliz e muito próxido de seu pai, Hurley era sortudo e querido por todos, Sawyer era "certinho" e boa praça,entendeu? Então Jack imaginou para sí uma família (mesmo separado) ele tinha um filho e lutava para conquistá-lo e não queria consertar o mundo, como sua vida real. Assista novamente os episódios da final season e você entenderá melhor os "encontros casuais" de todos os Losties em várias fases da vida e em momentos especiais.

Dança Shekinah disse...

Depois q a série acabou qualquer coisa q vier é lucro davi rsrsrs
a gente espera!!! bjão

Jamille Ramos
Salvador-ba

kanter disse...

Obrigado, Zé Mané!
Já estava me sentindo muito mal em não ter gostado dos rumos tomados pela série em sua 6ª temporada, sobretudo seu final, visto que um apreciável segmento de pessoas que acompanharam (assim como eu) Lost desde seu 1º episódio em 2004 manifestavam e manifestam total e incondicional apoio às soluções dadas pelos autores da obra. O link que vc disponibilizou sintetiza de maneira muito clara e objetiva toda a minha (nossa?)insatisfação. Valeu!
http://aventurahumana.wordpress.com/2010/05/26/o-fim-de-lost/

JOHN disse...

Aos que ainda incrivelmente acham que todos morreram na queda do avião, Michael Emerson ( Ben) esclarece que a tudo na ilha foi real e os losties não morreram naquela ocasião.

http://www.realtvaddict.com/2010/05/27/%E2%80%98lost%E2%80%99-finale-finally-explained%E2%80%94by-michael-emerson/

SuperHiperUltraMega disse...

David e Juliana!!!

Por favooor, peço q qndo fizerem esse POst, tão esperado, afinal..é o ultimo de detalhes e repercurssão de um episódio de Lost...eu peço que apertem bastante a tecla "ELES NÃO MORRERAM NA QUEDA DO AVIÃO", pq muita gente, fãs e jornalistas, escreveram coisas dizedoq não gostaram pq eles morreram na queda do Oceanic.

Sinceramente, desde a primeira vez q eu vi, ficou claro pelo q o Christian disse, q cada um morre em um momento na ilha e fora dela.

Mas as pessoas gostam de criticar, e de não entender as coisas...sei lá.

Acho q seria importante esclarecer para essas pessoas o que realmente se passou nakele final de Lost, onde o AGORA não existe, e eles se encontraram nakele momento, q não tem TEMPO CERTO, apenas foi akele momento, quando todos estavam reunidos daquela "vida" pós-vida.

=D

Lost é incrivel.
Eles mexeram com tudo q eu acredito e guiominha vida.
FéxCiência, Destino, livre arbítrio, e no final...espiritualidade, mas sems e fixar numa só religião.

Foi..DIVINO!!

Lost e achou em seu brilhante final.

Abraços!
=D

E ansioso pelo post!

Pedro Mariano disse...

Estamos no aguardo!
Esse post de repercussão com certeza vai fechar com chave de ouro!
Fico triste em pensar que ano que vem não vou ter que entrar no Dude pra ler o post da repercussão depois de um episódio inédito...

Fagner disse...

Oba, que bom...

Estava achando que a análise (muito bem escrita) do Rafael Savastano iria ficar como repercussão, easter eggs, e tals...

Abraços Dude... Parabéns pelo sempre bom trabalho

dsnascimento disse...

Sempre acompanho os podcasts apesar de postar pouco e uma coisa que seria muito bacana após o próximo podcast, é fazer mais 1, fazendo uma recaptulação de toda a série. O que acham?
Poderia até ser dividido em dois ou mais programas pra não ficar absurdamente longo.
Acho que seria bacana pra não matar todo mundo da abstinencia de lost e dos pod casts de uma vez só.
Parabéns pelo bom trabalho.

Oi rsrs disse...

Não esquece de comentar o chute (empurrãozinho)que Jack deu em Flocke na masmorra, igualzinho ao que Flocke deu em Jacob pra fogueira =D.. pirei nessa parte XD

Abçs,
Daniel aqui, leitor fiel do blog. Fiquei muito feliz em saber que o blog não vai terminar com o fim de lost. Agradeço a vocês pelos anos dedicados a nos oferecer esse trabalho tão belo e preciso =D

_#Felipinho#_ disse...

espero que meu e-mail seja lido no Dudecast.ansiosissimo para ler os easter eggs e ouvir uma ultima analise sobre o peisodio de Lost.
Triste mesmo depois de tantos anos dizer adeus um dia é necessário.

Lost Forever !♥

Eduardo Veras disse...

aguardando saudosamente, já, sei que vai ficar perfeito!

Fico contente pelo final, por que sinceramente eu não conseguia imaginar outra maneira de explicar ou de entender a realidade paralela

O final não era bem como eu queria, mas que emocionou e surpreendeu, isso sim.

Sanguinete disse...

Por Favor, rapaziada.

Leiam e divulguem aqui no Blogo este artigo:
http://aventurahumana.wordpress.com/2010/05/26/o-fim-de-lost/

Assim como divulgaram o artigo: http://dudewearelost.blogspot.com/2010/05/analise-de-end-por-rafael-savastano.html

Seria muito legal da parte de vocês, pois mostraria uma imparcialidade que tem que existir na hora de se discutir LOST.

Sinceramente, se vocês não divulgarem este artigo, perderão um fã.

andre disse...

Nao sei qual a interpretação de voces (davi e juliana) mas gostaria que, se possivel, comentassem a minha (e de muita gente...chamados em vários foruns de 'burros')
JACK - Voce é real?
CHRISTIAN - Espero que sim. Sim, sou real. Você é real. Tudo o que já aconteceu com você foi real. Todas aquelas pessoas que estão na igreja são reais também.

Acho que esse diálogo deixa tudo muito claro.
O Christian se diz 'real', assim como diz que Jack e tudo o que ele viveu foi 'real". Não temos dúvidas que o Christian morreu. Desta forma, ao ponto de vista de quem está vivo (ou pensa estar, heheh), o aquele Christian NÃO é real.... mas do ponto de vista dele, sim, ele é "real" e tudo que ele viveu, vive e viverá sempre será real.
Ele mesmo diz que 'não existe' o "agora" e "aqui"... são relativos, assim como o "REAL" também é relativo. (do ponto de vista dele, como 'morto').
Diante desses fatos, é assim que interpreto o final desta grande série:
Todos morreram na queda do oceanic e a ilha era SIM uma forma de purgatório, apesar dos produtores negarem essa 'teoria' até o fim. (ohhh, então eles mentiram?!?!)
A teoria do 'purgatório' foi uma das primeiras que surgiram sobre a história dos losties e, por mais elaborada que fosse a série, seu final seria previsível caso ela fosse comprovada. Então, devido à ótima audiência que a série apresentava, os produtores 'descartaram' a teoria do purgatório, enchendo a série de mistérios e a tornando mais enigmática e atraente a cada episódio.
Lógico que desde o começo eles já sabiam como encerrariam a série, mas como a audiência continuava boa, foram prolongando a série, acrescentando novos mistérios e desenvolvendo cada vez mais a história dos personagens. Claro que a intenção nunca foi desvendar os mistérios, e os produtores sabiam que após algumas temporadas teriam que encerrar a série, desvendando então o GRANDE (e despistado) mistério.
Depois que assisti The End, ficou claro que todos aqueles mistérios criados ao longo da série não precisavam ser revelados (como a dharma, a ilha, as viagens no tempo, etc...), afinal, tudo aquilo fez parte da 'realidade' dos dead-losties, sendo um conjunto de situações extremas e 'surreais' para que eles pudessem vivenciar e alcançar seus objetivos: o PROGESSO.
Pra mim é isso... ja debati com convictos de que não é essa a ideia... argumentamos muito...porem não fui convencido.. nem convenci.
O que voces acham? .. o 'real' é subjetivo.. assim como o 'vivo' também... e agora??

Juliano M disse...

Davi, Ju e demais dudes

Analisando dramaturgicamente creio que o então flashsideway é completamente descartável para contar a estória dos personagens, não agrega absolutamente nada além de um final feliz que compense a incapacidade dos criadores em fechar as tramas e mistérios de uma série que se baseou justamente em mistérios.

O pós morte é um recurso que pode ser adotado em qualquer estória e esta longe de ser novidade.

Esta temporada foi uma decepção pra mim na medida que metade do tempo foi gasto com os flashsideways que como disse, nao agregou nada (não é uma critica do meu gosto, mas um ponto objetivo). Na linha original, o da ilha, tivemos uma avalanche de reviravoltas desnecessárias (cansativas a esta altura do campeonato, e muitas vezes incoerentes), além de minutos preciosos em cenários e personagens que foram um puro desperdicio de tempo (como o Templo) e tivemos ainda Ab Aeternum e Across the Sea que poderiam muito bem ter sido contados em flashbacks e/ou contados através de um dialogo, respeitando a linha de direção adotada por todos os outros episódios (não lineares).

Minha opinião é com certeza minoria por aqui, e oposta a dos proprietarios do blog, por isso agradeço ainda mais a eles por viabilizarem e permitirem este canal de debate.

Ansioso por escutar a rica e embasada manifestação dos dudes no podcast.

Abraço

douglasmartinss disse...

Davi E Juliana!

Com certeza esperaremos e anciosos pelo último post de easter eggs e pelo podcast do final!

Não vejo a hora!

Só retificando oq não paro de constatar: VCS 2 SÃO FERA! Parabéns pela milionésima vez!

E seguiremos juntos no Dude!

Junior disse...

O Bacana dessa sexta temporada foi a divisão criada, alguns gostando outros não e deu para ver isso muito bem em alguns blog's, aqui no Dude os donos estavam curtindo então a galera que curtiu se reuniu aqui, já no blog daquela chata da Croitor se reuniu a galera que não curtiu, tá bom, ela foi massacrada por boa parte do povo que não aceitou as criticas dela (eu fui um dos que postei comentário a ridicularizando), mas ela tem o direito de escrever o que pensa, como nós também temos esse direito. O que acho incoerente é neguinho vir aqui e "mandar" os donos desse blog criticarem uma obra que eles defenderam e acredito que tenham gostado do final. Se você não curtiu, se você acha que perdeu 6 anos da sua vida, se você acha que foi ludibriado vai lá no legendado e desse a lenha porque aqui não é o lugar correto para isso.

Davi e Juliana, escrevi isso para que quando vocês estiverem fazendo o dudecast não percam seu tempo explicando coisas para esse povo, falem de lost, queremos ouvir, eu em especial quero apenas ouvir, não tenho mais dúvidas sobre a série e as poucas que sobraram se tornaram algo tão pequeno depois desse final que simplesmente..... sumiram....

Abraços

Evandro disse...

Oi Ppl! Só uma dica, não existe céu/inferno/purgatório na série! Na igreja, que na verdade não era uma igreja, apenas um lugar de encontro, tinham vitrais com os símbolos das maiores religiões: a cruz, a estrela de davi, o yin/yang, a roda da lei, o Ohm e a Lua/Estrela. Ou seja, não se trata de um acontecimento relacionado com 1 religião em si. E com a definição correta de purgatório é mais fácil ainda ver que não tem nada a ver com o que aconteceu...

zygfried disse...

É muito fácil agora todo mundo falar que a série era sobre pessoas e pronto. Eu também sempre achei muito legal as conexões entre os personagens, tipo o pai do Jack era pai da Claire, que conmheceu o Sawyer, que estava buscando o verdadeiro Sawyer, que na verdade era o Pai do Locke e por aí vai.
Mas os produtores disseram (muitas vezes) que a ilha era um personagem da história (não tenho certeza se eles disseram que era o principal), mas agora eles dizem que ela era apenas um cenário. Acho que eles tinham toda a história dos personagens montada (tipo, alguns vão morrer na ilha outros saem, fácil), mas a história com a qual eles ganharam audiência eles não tinham a mínima noção. Um exemplo, os personagens de Desmond e Ben seria apenas participações pequenas, porra, Desmond é um dos principais personagens desse final e era apenas participação?
Uma questão bem pouco relevante mas que não foi respondida e que mostra o quão os produtores não ligaram para o que fizeram é saber sobre os números. Para mim a explicação que eram números dos candidatos me basta, mas então porque a Dahrma começou a transmiti-los e marcá-los nas tampas de suas escotilhas? Eu sei que é um mistério bem pequeno, mas por si só já faria a ligação entre duas das partes mais importantes da história, a Ilha e a Darhma.

Hank disse...

Sim senhor!

Rodolfo disse...

"Se você não curtiu, se você acha que perdeu 6 anos da sua vida, se você acha que foi ludibriado vai lá no legendado e desce a lenha porque aqui não é o lugar correto para isso." [2]

Perfeito, concordo plenamente com essa "polarização", pessoas tem crenças diversas e tiveram expectativas diferentes sobre o final de Lost. Se vc quer meter o pau no seriado pq não entendeu o final, vai lá pro Legendado que é o purgatório pra quem ainda não acordou... E outra, pra quem está bravinho com o final pq esperava respostas: desde quando Lost dá respostas sobre os maiores mistérios?? Se vc se diz fã, tem certeza que assistiu todas as temporadas de Lost?
Todos tem o direito de se expressar da forma que quiserem. O que não tem cabimento é exigir dos editores do blog que mudem de opinião só pq é diferente da opinião de outras pessoas. Cada uma...

JOHN disse...

Quando Juliette vê o Sawyer tentando pegar o chocolate na máquina, ela diz pra ele :"unplug it, then plug it back in...that will work."

Exatamente o que Desmond e Jack fizeram na caverna com a rolha gigante.

cristiano disse...

andre disse...
odos morreram na queda do oceanic e a ilha era SIM uma forma de purgatório, apesar dos produtores negarem essa 'teoria' até o fim.

frase de Christian para jack:" A parte mais importante da sua VIDA(VIDA!!!!),foi o tempo que passou com essas pessoas."

agora talvez você me pode me explicar como pode A PARTE MAIS IMPORTANTE DA VIDA deles acontecer quando eles estão mortos.
e tambem a razão de mostrar o jack morrendo se ele ja estava morto.
ou como eles sairam da ilha e kate foi julgada ,jack testemunhou, locke morreu,saydi matou gente, sun teve uma filha e hurley foi preso.

só isso que quero que me responda :)

LOST4EVER E NOS FLASHSIDEWAYS RS

R. disse...

esperando pra poder entender o final:D

BLOGGER DO MARCIUS disse...

Fiquei curioso com uma coisa: usando o "SE", SE o Monstro de fumaça tivesse conseguido afundar a ilha e sair dela, o que teria acontecido? Jack e cia. morreriam na ilha, certo, Ben fugiria com (F)Locke, mas o que aconteceria com o mundo?

Alessa disse...

John concordo com vc, Lost tem muito mais mensagens e respostas implicitas nas falas, nos olhares e na recorrência de situações do que se pode imaginar.

Lost mexeu muito comigo, e graças a ela conheci esse blog com coordenadores e leitores inteligentes, sensatos, emotivos e maravilhosos em todos os aspectos.

Alessa disse...

Davi e Ju

Aguardo muito o podcast, não vejo a hora de ouvir mais uma vez meus queridos amigos falando da minha serie preferida, que agora se tornou eterna. Imagino como está corrido para vcs devido ao evento (que não poderei ir...). Mas não nos deixem sofrer muito com mais esta abstinencia.

Getúlio disse...

''Plas Barbas do profeta'' Sai logooooooooo issooooo!!!

eu olho esse site umas 10 veses por dia kkkkkkkkkkkkk é sério mesmo!

abração! Aguardo anciosamente!

Getúlio disse...

Davi, me tira uma dúvida!!!

Como pode o Jack ter um filho, no purgatório, se na vida real ele não teve nenhum???

Como Pode o David (filho de Jack) existir na realidade paralela se ele nem nasceu ainda?


Ou podemos subentender que Jack deixou um filho antes de voltar para a ilha ??? Acho que não né !

tééla disse...

take your time! ;)

Junior disse...

zygfried,

A ilha era sim um personagem, o personagem que mudou a vida de todos que por ali passaram, o personagem que conduziu todos para o final que vimos.

Sobre os números, como o Davi disse em um dudecast, pode ser que o próprio Jacob influenciou a utilização deles.

Chicó disse...

DioSoft: Obrigado pelas explicações....concordo com você. Mas e a Juliet também "inventou" o David? Por que ela faria isso, uma vez que quem precisava resolver a questão pai-filho era o Jack devido aos seus problemas de relacionamento com o seu pai Christian? Entendo a "invenção" do David para o Jack mas para a Juliet eu não entendo...

Mudando de assunto, me diga se foi explicado quem atirou no barco dos losties lá na quinta temporada ou esta explicação ficou de fora?

Mais uma vez: OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!!

Grande abraço!

Caroline disse...

To entrando aqui de 10 em 10 minutos! hahaha (muita coisa pra fazer)

Leandro (Patola) disse...

Beleza David, estamos ansiosos esperando..rs.

@leandrocsouza

phelps disse...

Ai gente, como tem um bando de hipócrita que parece que não assistiu a série. O final foi poético, bonito, SIM. Foi aceitável , NAO!!

Assim como essa sexta temporada foi um grande desperdício, tanto a parte narrativa (poxa, flashback e flashfoward beleza, mas essa de lugar para se encontrar foi muito sem noção, muito ridículo). Quer dizer que vc detona uma bomba H e cria um mundo alucinógeno em que todos são felizes?? estranho.

Tudo bem, eu entendi a RP, entendi que lá não tem o ''agora'' como Christian diz pro Jack, entendi que eles estão lá, mas tem muita gente viva e muita gente morta, beleza, não preciso de resposta pra isso, mas peloamor, que incoerência a história do Sayid. E Dogen, que cara mais filler gente. Aparece na RP pra que?? Aparece na ilha pra que?? pra morrer sumariamente?? que sem noção.. pra que serve aquele templo maldito? pra se proteger do FLocke? por que as crianças foram pra la? digo mais, até a terceira temporada o negócio tava bom, mas depois foi desandando, pessoas que tiveram ideias boas, como da dharma e do monstro de fumaça foram saindo da serie, e deixando o processo criativo pra duas pessoas, na minha opiniao fracas sozinhos.

Gente, se o monstro nao poderia sair da ilha, porque o pai do Jack apareceu em um flashforward FORA da ilha?????

por que quando o Locke vai sair da ilha o pai do Jack aparece e fala, no SEU FILHO??? Com ctza o monstro da fumaçaa não diria isso, aliás, pro FLocke, não teria sentido trazer os candidatos de volta.

Juro, que quando sentaremm e verem essa série de novo, Vão ver tantas, mas tantas incoerencias, que vcs vao se desanimar.

Gosto de Lost? AMO!! , mas como fã tenho meu direito de não gostar do rumo que a série tomou. Na parte de ser sobre pessoas, achei Locke magnífico, Sawyer brilhante, Jack deixou a desejar, sua história é de muitos altos e baixos, porém final sem comentários, MUITO BOM !! a história de Ben foi bem desenhada, gostei bastante, da Kate não curti muito, parecia que adotou a Claire, mas tudo bem.

Pra mim os produtores pensaram assim: Vamos fazer uma história sob a ótica dos PERSONAGENS, ou seja, pro JAck, quando ele desce a caverna e vai religar a ilha, NAO IMPORTA os hieroglifos, ou os canais construidos, ou mesmo a rolha cheia de inscricoes, o que importava, era colocar aquela maldita rolha naquele lugar, SÓ !!

Quando vão salvar o Ben, não importa quem esta ali dentro do templo, não importa quem construiu, importa salvar o menino.

Se formos pensar no porque aquilo está lá estamos pensando errado. Os produtores achamm que devemos pensar que aquilo está lá, porque simplesmente aquilo tem uma funçao pra historia se desenrolar.

Por exemplo a roda congelada, não importa a fisica envolvida, importa que ela levava pra fora da ilha. É facil ver o porque os ossos dos ursos polares foram encontrados no deserto. Eram eles que giravam a roda congelada e por aí vão as teorias.

Mas mesmo eu tendo essa ótica que os produtores querem que eu tenha, tem algumas coisas meio sem noçao, como a cabana do Jcob, entendo que o Hurley comecou a ver aquilo porque ele é ''especial'', mas sei la, ficou um negocio meio sem nocao, mas beleza, no geral, se era com essa ótica de que aquilo que é misterio só serve pros fins psicologicos dos personagens, eu aceito, mas acho que o mais completo seria explicar o porque daquilo estar la, e acredito que isso se dará na exploracao que a Disney fará com a série

rogger disse...

(parte 1)
Aos que ainda pensam que os losties morreram na queda do avião aqui vai meu cansado e "saco cheio" desabafo.

Gente, pelo amor de deus, assistam de novo (e desta vez com os olhos abertos).

Em vários pontos nos episódios de todas as temporadas os criadores deixaram claro, de forma direta, dando pistas aos fãs de que eles NÃO ESTAVAM mortos na ilha. Como negar as evidências apresentadas?
Quanto ao diálogo do jack com seu pai na igreja deixa muito claro que a ilha foi uma realidade vivida e que a tal "realidade paralela" era uma realidade pós-morte. Meus comentários entre parênteses:

[JACK]: Voce é real?(disse o jack absolutamente confuso e desnorteado a ponto de achar que a aparição de seu pai fosse na verdade sua imaginação ou sonho, afinal, o pai do jack estava morto. E como o jack não era uma pessoa de crença espiritual, não entendeu a situação de estar diante de seu pai. jack não achava possível vida após a morte.)

[CHRISTIAN]: Espero que sim. (brinca o pai do jack em bom humor)

[CHRISTIAN]: Sim, sou real. Você é real. (Aqui nesse ponto é pra quem acredita em vida após a morte, pois é disso que se trata. Mesmo que alguém aqui não acredite, deve ter em mente que era disso que essa parte final se tratava. Sim o pai do jack é real! A realidade é relativa! Depende apenas de nossa percepção. A realidade paralela, chamada por alguns de purgatório (vinculando a uma religião), é na verdade um plano de existência, um nível de realidade entre a vida e a morte. Seria um outro plano de existência onde as almas vão após a morte do corpo. Uma espécie de estação das almas onde aguardam o bonde para levá-las ao seu destino, "seguir em frente" ao chamado "paraíso". Esse plano de existência é tão real quanto o plano físico de existência, são duas realidades em níveis diferentes. Quem conhece sobre espiritismo ou budismo sabe que são realidades diferentes. Mas não deixam de ser REALIDADE.

continua parte 2

lucas disse...

Davi a kristin dos santos fez um "guia para idiotas" para aqueles que como ela diz, assistiram toda a série de uma vez ou simplesmente acompanharam o final, que explica a séire toda. É legal para os que ainda ficam dizendo que nada foi respondido e que acham ainda que todos morreram no acidente. Caso consigam republicar seria legal, não tenho paciência para traduzir, mas caso alguém consiga, talvez as pessoas lendo esse resumo consigam entender a série e que a maioria dos mistérios, foram sim explicados. E que algumas coisas, sim ficaram no ar para teorizar, afinal quem quer tudo mastigadinho, que assista heroes ou flashforward(ambas canceladas).

rogger disse...

(continuando... parte 2)
Essa conversa na igreja é muito interessante, pois o pai do jack teve a função de acordar jack para essa nova realidade, fazê-lo entender e aceitar que sua vida física havia acabado e que uma nova vida estava a caminho. É por isso que a ilha jamais pode ser o "purgatório", porque o "purgatório" é na verdade a realidade paralela (flash sideways).

Os criadores ainda deram uma resposta a estas pessoas que estavam fazendo barulho alegando que todos estavam mortos na ilha no episódio 9 centrado em richard. Quando jacob pega o richard e o afoga no mar. ele diz: "você acha que está morto?" depois de afogá-lo algumas vezes na água para mostrar ao richard que ele estava de fato bem vivo. Esse fato não era só uma resposta definitiva para o richard mas para todas essas pessoas que acreditavam ou acreditam que todos estavam mortos na ilha.

os criadores deviam estar de saco cheio dessas pessoas e pensaram "mas que droga! vou ter que mostrar de uma vez por todas que eles NÃO estão mortos! e fizeram essa cena do jacob e richard de uma forma até bruta para acabar de vez com os incômodos de uma minoria que não havia entendido ainda o que era a ilha.

Quem alega ainda que estavam todos mortos estão negando a quarta temporada onde alguns losties conseguiram escapar da ilha na qual ficaram conhecidos como "oceanic six", os "únicos" SOBREVIVENTES da queda do famoso vôo 815!

Sem falar das visitas de alguns personagens à ilha, como a chegada do widmore, da paraquedista, e do grupo de cientistas do widmore, todos eles estiveram na ilha. Como isso seria possível se a ilha fosse um purgatório???

Considerando a ilha como purgatório, expliquem como que pessoas vivas fisicamente iriam conseguir -sem morrer- entrar no purgatório? E ainda interagir com todos os losties supostamente "mortos" na ilha como se todos tivessem o dom de ver gente morta. Não tem o menor cabimento.

É por essas e outras que quem ainda afirma que os losties morreram no acidente e a ilha seria uma espécie de purgatório, deveriam assistir tudo de novo, pois estão mais "perdidos" que os próprios "losties"....

marcio disse...

Enquanto novos posts não saem, vejamos a seleção "brasilost" pra descontrair...

http://colunas.globoesporte.com/bolanascostas/2010/05/28/selecao-brasilost/

kanter disse...

Phelps, concordo em gênero, número e grau com o que vc escreveu. Valorizo e muito a série Lost, porém não posso deixar de ter uma visão crítica das incoerências e inconsistências. O que mais temo num momento destes é o surgimento da figura do neo-cristão.

Wagner disse...

ALGUEM PODE ME ExPLICAR??
Qual era o plano do Flocke? ele nao sabia da existencia do Desmond no inicio, oque ele iria fazer???? como no final ele sabia onde ficava a luz????Pode me responder davi???

Yavannilde disse...

Antes de mais nada, parabens ao Davi e a Ju pelo excelente trabalho. Pouca gente se da conta do tempo envolvido na manutencao do blog, podcasts etc, etc e tal que a dupla faz nas horas vagas.
É muito gostoso entrar no blog, ler os posts e depois os comentarios da turma. Tantas cabecas e tantas sentencas.
Faz nos pensar e reaproveitar a serie. Adorei a serie, curti o final, mas isso nao significa concordar com tudo. De qualquer maneira adorei ver como
essa serie foi colocada no microscópio e dissecada. Muito divertido e mostra com que dificuldades um roteirista trabalha para fazer algo que preste.
Lost cumpre esse papel com louvor, mesmo deixando duvidas no ar como aquele excelente artigo http://aventurahumana.wordpress.com/2010/05/26/o-fim-de-lost/
O fato de existir quem defenda ou seja contra nao deveria ser motivo de hostilidade entre ninguem e sim um prazer
na arte da discussao inteligente. Me entristece o fato de ouvir a Juliana e seus decibeis subindo audivelmente
quando ela comenta magoada de pessoas nada delicadas no criticar de suas posicoes. Pena, Ju, que fossem necessarios
os varios desabafos seus nos podcasts. Da vontade de dar uns murros nessas pessoas. Para quem como eu, nao fui
submetida a eles, sinto imensa vergonha alheia. Pra concluir adoraria ver elencada uma lista de duvidas cujas respostas
nós temos sim. Varios coleags responderam muita coisa e mesmo no artigo acima citado há coisas que tem tem resposta.
Eu como varios outros, estamos esperando um longo e gostoso podcast. Tomem o tempo que for necessario, afinal ele é muito especial.
COm muito carinho, YAya

Alessa disse...

Nossa rogger, adorei teu post não podia ir de encontro com o que penso.
Muitas respostas estão explicadas atraves de outras situações. E cabe a nós juntarmos o quebra cabeça, enxergar alem do que a situação aparente mostra e conseguir atraves da interpretação as respostas.
Tenho plena certeza que os roteiristas sabiam muito bem aonde queria chegar e a resposta de muitos mistérios que criaram, mas por que entregar tudo pronto? A graça está justamente em desvendar isso! Assim eles se "divertem" com as inumeras interpretações, alguns pensam conforme eles pensaram, outros até os superam e alguns não entendem nada!!!!!

Leonardo disse...

Deixo aqui meu muitíssimo obrigado a você, Davi!

Parabéns!

j_jr22 disse...

aham, senta lá Claudia!
hehehheheehhe
mto sem noção
a mulher nao teve a mínima capacidade de conteúdo intelectual para entender a complexidade do grandioso momento final de Lost.
reconheça vossa ignorância


pessoal do Dude
como sempre nota 1000
parabéns
flws

Nicole disse...

Oi pessoal....adorei o post...também gostei muito do final...

Só fiquei com uma dúvida de um Easter Egg...quando o Jack está nas últimas, andando no bambuzal, aparece um sapato branco, o que é???? Fiquei curiosíssima....

É isso!
Valeu!

Beijos!

José Westmir disse...

acho q isso ta me cheirando a streaming do evento do dia 29...

vô aguardar com esperança...

André Gomes disse...

Achei muito bacana a carta de despedida que o Jorge "Hurley" Garcia fez, acessem no link:
http://blogna.tv/2010/05/22/lost-jorge-garcia-escreve-carta-de-despedida/

Rodrigo disse...

Tudo muito bom, tudo muito bonito, mas o que me fez ser fã da série e de muitos foram os mistérios nunca antes vistos na TV... mas esse final digno de novela das 8 só me fez perceber que os criadores da série se perderam com tamanhos enigmas que não conseguiriam explicar tudo, deixando várias pontas perdidas pra finalizar com um capítulo final muito mais "sentimentaloide" do que outra coisa... se agradou alguns, paciência... a mim não agradou em nada

Andersøn disse...

Fazendo eco a outros participantes deste blog, solicito que o "Dude" publique o texto sobre o "Fim de Lost", mesmo para não ficar a idéia de que apenas elogios são linkados "oficialmente" no blog:
http://aventurahumana.wordpress.com/2010/05/26/o-fim-de-lost/

rafaeljustino1984 disse...

Bom enquanto esperamos ...qual serie assistir ja q num tem mais Lost... da umas dicar ai !!!