03/05/2010

Descrição de ‘Lost The Final Journey’ o último especial da série

A rede ABC, que exibe Lost nos EUA, divulgou hoje o release do especial sobre os seis anos da série que precederá o episódio duplo ‘The End’, o aguardado Series Finale da produção que vai ao ar lá fora no dia 23 de maio e no dia 25 no Brasil.

Leia mais...

    Com cerca de 85/90 minutos, o programa que vai ao ar na tv americana a partir das 19h (20 no horário de Brasília), promete fazer uma grande retrospectiva dos últimos seis anos mostrando como tudo começou em 2004, o processo que levou à produção de uma série desse escopo no Havaí além de mostrar como Lost se tornou um fenômeno não só nos EUA, mas em todo o mundo. Fora isso e o tradicional resumão da temporada atual, esse último especial da série trará ainda entrevistas com atores que ainda estão na série ou já fizeram parte dela nas quais refletem sobre a experiência de terem feito parte de Lost e sobre suas percepções com relação ao fim. Outras promessas interessantes desse especial são os segmentos que vão falar da relação dinâmica dos personagens, dos temas e da narrativa inovadora que Lost apresentou.

    Ao que tudo indica, um belo material, não?

19 comentários:

Jair disse...

Só não entendo pq a ABC não transmitiu esse especial na semana passada, isso só me deixa achando que "Ab Aeterno" tem mais respostas do que imaginamos..

Henrique disse...

Nossa vai ser bacana ver atores comentando sobre a série, os que sairam até os atuais. Espero que esse material esteja no Box da 6° temporada...Pq como é o fim, nada melhor que estar presente num Box...!

Felipe disse...

Pelo que já li por ai, a ABC vai dedicar todo o dia 23 de maio a Lost, com especiais, episódios antigos e entrevistas com os atores...

Espero que o AXN faça isso no dia 25 também, mas duvido muito...

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

Legal, dia 23 de maio, vou ficar o dia inteiro no computador não vou sair por nada de casa heheh, vou combinar com pai de ele dormir no meu quarto, pq eu quero assistir esse especial, e claro assistir o final de Lost ao vivo =]

thiago disse...

É tão triste ver essas notícias do fim!!!!!!!!Buá!!!!!

Fábio Lins disse...

muito bom!!!Com certeza irão aparecer links pra download desse especial

Felipe Zuanetti Portugal disse...

Poxa! Isso é muito bom de se saber!

Vou ter que cancelar o show da minha banda com certeza por causa disto!

Fato!


Ansiedade e nostalgia tomam conta neste momento! =/

JOHN disse...

Davi, cada vez percebo mais semelhanças entre LOST e o filme Donnie Darko.

São tantas que é até difícil apontá-las.

Alguém neste espaço já deve ter feito isso.

Agora com essa sideways reality ficou mais evidente ainda.Repare bem nas coincidências das estórias.

Em Donnie Darko, há a divisão em dois universos, o primário e o universo tangente , que é uma espécie de realidade alternativa subitamente criada por um raro incidente na quarta dimensão do tempo e que terá existência passageira, ao fim da qual se destruirá formando um buraco negro que levará junto o mundo que conhecemos.

O surgimento desse universo tangente é sinalizado pelo repentino e inexplicável aparecimento de um artefato, que tem que ser de metal, e no caso é a turbina de um avião , que se solta e atravessa um buraco de minhoca e cai do futuro pro passado, iniciando a jornada de Donnie Darko (Receptor Vivo) no mundo tangente para devolver o artefato para o mundo primário, em um ponto anterior á divisão das realidades, para evitar a destruição do mundo tangente e também do mundo primário.

Temos neste contexto whormholes; viagens no tempo; existência de duas realidades que se conectam; artefato( turbina do avião em Donnie Darko e talvez o avião em Lost); Receptor Vivo , que tem por missão restabelecer a ordem no universo e preservar o mundo primário ;os Mortos Manipulados, que são pessoas que já morreram e se manifestam indicando o que fazer; números ( Donnie escreveu no braço o tempo que faltava pra o mundo tangente acabar);água e metal como elementos para viagens no tempo( a ilha é rodeada de água).

O Receptor Vivo é geralmente abençoado com poderes quadridimensionais,como telecinesia,controle da mente, e tem visões e alucinações enquanto está no universo tangente.

Os Mortos Manipulados em geral fazem uma ''armadilha de segurança'' para garantir que o Receptor Vivo devolva o artefato para o mundo primário. Quando penso nisso lembro de toda a cadeia de eventos que envolveram a saída e a volta de Locke para a ilha.

Estas são apenas algumas similitudes , examinando com calma há muitas mais.

JOHN disse...

Mais uma lembrança acerca de Donnie Darko:
no final, o Receptor Vivo, aquele que apaga o universo tangente e ''salva o mundo'',morre.

Será que em Lost será assim também?

Davi Garcia disse...

John, inegavelmente há boas semelhanças entre Lost e Donnie Darko no que tange à esse pedaço das realidades, assim como há outras inspirações nas demais sub-tramas, o que claro, explica porque Lost fala a tanta gente fazendo essa deliciosa mistura de referências.

Mas falando de Donnie Darko especificamente, não deixa de ser curioso notar que tem um monte de gente que até hoje não entendeu o final do filme e que por isso diz que a produção é uma porcaria, algo que em maior ou menor grau inevitavelmente vai acontecer com Lost também, penso.

Abraço!

JOHN disse...

Davi, isso é fácil de explicar.

Apenas assistir ao filme provavelmente não seja o suficiente para realmente entendê-lo. E ver uma vez só também não basta.

Tive que ler o curto e fictício livro ''The philosophy of time travel'', livro citado pelo filme, além de assistir á versão do diretor, com extras e comentários.

A quem interessar possa, o link do brevíssimo livro( na verdade duas ou três páginas) e um site que explica vários detalhes do filme
( ambos em inglês).

http://giama.files.wordpress.com/2008/02/the-philosophy-of-time-travel.pdf

http://dir.salon.com/story/ent/movies/feature/2004/07/23/darko/index.html

SuperHiperUltraMega disse...

john, MUITO bacana essa comparação.
Já li antes, mas como naum vi DOnnie ainda, num tinha essa visão q tive com sua explicação.

Seria o corpo do Christian a ligação entre essas duas realidades?
O artefato?

JOHN disse...

SuperHiperUltraMega,sob a ótica do filme Donnie Darko, o artefato sempre tem que ser algo de metal, que irrompe subitamente no universo, através de um buraco de minhoca, ''dobrando'' a quarta dimensão do tempo.

É o sinal de que um universo tangente foi criado.

No filme foi a turbina de um avião que tinha entrado no wormhole, e essa turbina de um avião no futuro caiu do céu no passado, aparentemente do nada, pois o avião não era daquele tempo.

Em Lost possivelmente seria o avião o artefato.

Tem que ser um objeto metálico que esteja em alta velocidade e encontre o buraco de minhoca, só assim viajaria no tempo.

Talvez quando Desmond não digitou os números foi liberada uma imensa energia eletromagnética que gerou um wormhole por onde o avião dos losties passou e viajou no tempo, caindo na ilha, significando que a ilha seria um universo tangente, no palavreado de Donnie Darko.

Sixth disse...

Pelo jeito dia 23 é só Lost na ABC, e a gente acompanhando tudo por streaming... :D

j_jr22 disse...

alguem viu o novo jogo de realidade alternativa de lost da axn?
alguem sabe como participar, se é gratis ou o q é necessário p se inscrever??

naru! disse...

Alguem me diga, por favor se hoje tem episódio inédito?

Davi Garcia disse...

Sim, tem ;)

Paula disse...

(quem não viu Donnie Darko e quer ver, é melhor não ler o comentario)
John, eu ja tinha sacado essa historia do Donnie Darko com Lost e as mesmas coisas q você escreveu. Não so isso, mas também ja pensei q o Desmond seria o "Donnie" da série, por isso ele seria tão especial.
Além do mais, se compararmos os "mortos manipuladores" que manipulam os vivos para que fechem esse universo tangente que é estavel, em Lost acontece exatamente a mesma coisa: aparições de Isabella, Michael, etc.
A sensação do "déjà vu" em Donnie Darko, pelos personagens no final do filme: a guria tendo a sensação de ter conhecidoo Donnie sendo q eles nunca se cruzaram, o Frank tocando no olho, etc... Ah sim, tem uma cena do Donnie olhando no espelho e "vendo" o futuro. Espelhos são que não faltam em Lost.
Em relação aos numeros, isso representava, em Donnie Darko, o "fim do mundo", ou seja, o momento que marcaria o fechamento desse universo paralelo. Em Lost temos os numeros tb. Bom, espero que alguem me corrija se eu estiver erra, mas na realidade da ilha, se passaram 3 anos fora dela, mas o tempo da ilha foram 4, não? (Não me lembro onde vi isso ou se foi na série, enfim). Se isso for mesmo, os numeros representariam o fim do mundo em Lost (4 anos, 8 meses...). Bom, seria forçado isso, mas como a ilha tem a sua propria "linha do tempo" e com todas as viagens pelo tempo, não seria impossivel pensar q eles viajaram um pouquinho mais do q pensamos.
Pra mim o despecho de Lost sera parecido como do Donnie Darko. A realidade instavel tera q ser fechada senao a primeira realidade deixara de existir. E isso acontecera com a liberaçao de uma forte energia e que terminara por afundar a ilha e quem fara isso sera o Desmond! Assim todos os personagens voltaram ao momento onde teve essa abertura de universo (antes da queda do avião) e a vida deles é oq estamos vendo na nova realidade. Enfim, oq faria q a narrativa dessa temporada se pareça com quarta temporada com os flashs fowards, onde viamos o futuro desde o principio sem saber como os losties sairam da ilha. E também sem saber se era verdade ou um delirio para nos mostrar oq aconteceria coms os losties se saissem da ilha. Enfim... logo, logo veremos oq acontece!!!

Felipe Bazzarella disse...

Talvez eu tenha procurado pouco, mas não consigo encontrar links com os episódios especiais e nem aquelas músicas como a que toca no 2x01 com Desmond e a do 3x01 com Juliet. Se puder dar um help, seria ótimo. Grande abraço e parabéns pelo ótimo trabalho aqui no blog.