04/03/2010

Ep. 6x06 “Sundown” – Easter Eggs, curiosidades e repercussão

"Sundown". O pôr do sol de Sayid. Foi assim esse sexto episódio, que carregado de ação e de promessas sendo feitas e reveladas, evidenciou um homem constantemente atormentado pela sombra de alguém que ele não queria ser, mas que ao mesmo tempo lhe parecia uma punição merecida, o que o fez inclusive afirmar que sua chance de se redimir já fora perdida. Será?



Do reencontro de Sayid com Nadia na realidade paralela onde ela é casada com Omer, irmão mais velho do iraquiano, é curioso lembrar que as palavras escritas por ela na fotografia deixada com Sayid pouco depois dele a ter ajudado a fugir da prisão no Iraque soam agora quase como uma premonição de certa forma. “Você vai me encontrar em outra vida, se não nessa”, o que não deixa de ser uma verdade revelada neste episódio, certo?

Agora, o que Sayid faz nessa realidade paralela, no final das contas? Imaginar que ele ainda colabore com a CIA parece razoável a partir do momento em que aquela história de que vivia viajando pelo mundo traduzindo contratos para empresas petrolíferas fica ilógica demais, não?

Leia mais...

    “Achei que seria melhor se você estivesse morto.” (Dogen) “Sou um homem bom.” (Sayid)

    Da boa cena da luta entre Dogen e Sayid, o ponto mais interessante veio mesmo do momento em que Dogen desiste de matar o iraquiano quando lembra que não estava ali para isso ao ver a bola de baseball, uma lembrança do filho que deixara para trás fora da Ilha para cumprir um acordo feito com Jacob, conforme vimos mais tarde.

    De Sayid, àquela altura víamos um homem desesperado para provar àquele que o acusara de estar infectado pelo mal, de que ele ainda tinha algo bom nele.

    Claire, (F)Locke e as cinzas na entrada do Templo. Daquela cena, no mínimo curioso ver a loira questionando por que ela deveria ir ao Templo em vez de Jin ou Sawyer e logo em seguida cobrando sobre a promessa que ele tinha lhe feito. Interessante também notar que naquele momento, a impressão que tínhamos a respeito do propósito de Claire em passar por ali seria o de romper o círculo de proteção dado pelas cinzas, proteção essa que mais tarde descobrimos ter outra origem ali no Templo.

    “Eu sei o tipo de homem que você é”, disse Omer, agora um adulto, mas que ainda covarde, não conseguia resolver seus problemas sozinho como vimos num flashback do episódio “He’s Our You”, o décimo da temporada passada. Desesperado na tentativa de fazer o irmão ajudá-lo em seu problema com agiotas, o cara chega a apelar reconhecendo a afeição de Sayid por Nadia para tentar convencê-lo. Frio, Sayid no entanto rechaça o pedido dizendo,“Não sou mais aquele homem”, que foi mais uma tentativa do iraquiano em fugir do passado que constantemente o assombrava.

    “Fui banido. Aparentemente sou mau.” Na conversa com Miles, a confirmação do que já suspeitávamos: Sayid de fato estava morto antes de misteriosamente voltar à vida. Dessa cena, curioso notar que ocorra justamente no momento em que Claire entra no pátio do Templo, o que poderia até ser interpretado como uma dica de que o mesmo que aconteceu com Sayid poderia ter acontecido com ela durante sua estadia naquele local, um pedaço da história da loira durante esses três anos que ainda está no ar.

    A ida de Nadia e Sayid ao San Sebastian onde Omer estava depois de se ‘acidentar’, resulta numa rápida aparição de Jack. Sabe aquele papo de que mesmo em outra situação os losties estariam fadados a se cruzarem? Pois é.

    De novo usado como arma, Sayid se surpreende ao ver que não conseguiria matar (F)Locke e ao perceber que fora manipulado por Dogen, que só queria que ele morresse nas mãos do monstro, assim como já tentara fazer através de Jack antes.

    Ainda daquela cena, vale destacar o padrão de (F)Locke no argumento em que usava com os losties. Se no episódio “The Substitute”, o vimos dizendo a Sawyer, “e se eu te respondesse a pergunta mais importante do mundo?”, agora o vimos dizendo a Sayid, “E se você pudesse ter qualquer coisa no mundo?”. Usando a sedução de dar algo que seria impossível como arma, (F)Locke sempre oferece algo de forma bem objetiva (o que certamente também fez com Claire como ficou indicado antes), uma característica que acrescenta mais um elemento interessante em toda essa discussão envolvendo Jacob e o monstro/(F)Locke.

    O aviso de Sayid no Templo. “Quem quiser ir embora está livre. Quem ficar, morre.” Mais objetivo, impossível, não? Pois é, mas por que (F)Locke dá a chance de alguns se juntarem a ele indicando que Jacob os prendia naquele lugar? Qual é sua real intenção ao usar Sayid para dar a mensagem? Dizer que aqueles que não se juntassem a ele, estariam contra ele? Como vimos mais tarde, sim.

    No reencontro de Kate e Claire, a loira cantava a música “Catch a Falling Star”, sua preferida para Aaron e que a própria Kate já apareceu cantando para o garoto antes em um episódio da 4ª temporada quando vai se encontrar com a ex-amante e parceira de Sawyer. Sobre a revelação da sardenta a Claire de que ela de fato tinha levado o garoto para fora da Ilha onde o criou, vale observar que a reação de Claire com aquele olhar voutematarsuafilhadapii talvez pudesse ser evitada se Kate tivesse dado uma informação absolutamente simples, mas relevante: Aaron estava com a avó fora da Ilha. O que me deixa curioso no momento é ver como Claire reagirá com (F)Locke, que ao que tudo indica, sempre garantiu à loira que Aaron estava no Templo.

    A reaparição dos outrora mercenários de Widmore liderados por Martin Keamy, que nessa realidade paralela continuava atuando na clandestinidade, dura pouco, afinal, ao se revelarem como sendo os responsáveis pela hospitalização do irmão de Sayid, eles despertaram no iraquinao a postura do homem que já dizia não mais ser e que mata a sangue frio.

    Ainda daquela sequência, interessante imaginar o que aconteceu com Jin entre ser detido no aeroporto e aparecer amarrado num depósito do restaurante de Keamy. Pode nem ter nada a ver, mas suponho que descobriremos que aquele dinheiro seria referente a algum pagamento do Sr. Paik, e que insatisfeitos por terem perdido o dinheiro, os agiotas em questão pegaram Jin e o mantiveram ali até encontrarem uma forma de estorquí-lo

    A história de Dogen, em muitos aspectos parece implicar uma visita a uma antiga teoria de muitos fãs de que a Ilha seria um purgatório. Contudo, como produtores/roteiristas da série já repetiram mil vezes que a Ilha não se trata disso, podemos pelo menos enxergar nela a função de um um purgatório para homens que cometeram erros terríveis em suas vidas e tiveram que pagar um preço ficando presos àquele local. Visitado por Jacob, claro, Dogen deixou sua vida para trás no Japão sob a promessa de que seu filho seria salvo mesmo que isso significasse jamais poder voltar a vê-lo. Disso e da proposta que Sayid recebeu, extrai-se uma conclusão momentânea no mínimo curiosa: enquanto as ofertas de (F)Locke/monstro parecem sempre ter um tom de recompensa, as de Jacob parecem sempre punitivas de alguma forma, o que, claro, ainda não significa dizer quem é o mocinho ou o vilão dessa história, se é que há um ou outro, afinal, como já comentei diversas vezes e vocês estão cansados de saber, maniqueísmo não combina com Lost.

    Sobre a chocante vingança de Sayid, que a princípio pareceu até exagerada depois que ele ouviu a história de Dogen, uma explicação razoável para entendermos aquilo é considerar que (F)Locke o pedira que matasse tanto o japonês* quanto seu intérprete, Lennon. Fora isso, é óbvio que depois de ter sua vida ameaçada pelo líder do Templo duas vezes, o iraquiano não quis correr novos riscos.

    *Não me pergunte por que Dogen era a única coisa que mantinha o monstro fora do Templo conforme dito por Lennon pouco antes de morrer, porque não faço ideia. Alguém se habilita a especular?

    O assustador ataque do monstro rendeu mais uma boa cena de ação nesse movimentado episódio e serviu para aliviar a folha de pagamento de extras na série. Ok, essa foi forçada, mas não podia perder a ‘piada’. Dito isso e falando sério, vi algumas pessoas reclamando (mais uma vez) dos efeitos especiais daquela sequência que para mim pareceram bem satisfatórias, e para vocês?

    Quem diria que passaríamos a ver Ben tentando genuinamente ajudar alguém, hein? Interessante essa pequena(?) mudança de rumos do personagem, que testemunhou Sayid se entregando (até com certo conforto eu diria) à escuridão do pôr do sol e ao seu maior fantasma: o do assassino frio que tanto queria negar e esconder no passado. Aliás, alguém aí se assustou com o sorriso ameaçador do iraquiano que fez Ben sair correndo rapidinho?

    Ao som de Catch a Falling Star, a aterrorizante cena final do episódio mostra o resultado da visita do monstro ao Templo e, claro, evidencia mais uma divisão estabelecida na Ilha: de um lado (F)Locke e seus seguidores, do outro os fiéis a Jacob. Onde isso vai dar? Que o nascer do sol nos responda nos próximos episódios.

    Repercutindo o episódio

    “Com um ritmo bem mais acelerado do que o episódio anterior, Lost agora parece ter entrado em ritmo de final de temporada, embora tenhamos chegado apenas ao fim do primeiro terço - e isso é bom e apropriado, mesmo que às vezes dê a impressão de que certos incidentes ocorreram de forma conveniente demais, como a chegada de Kate (ela não ia procurar Claire?), Ben, Sun e os demais em um momento-chave. Por outro lado, é preferível que as coisas aconteçam subitamente do que demorem mais do que o indicado - e Lost é famosa por arrastar mistérios até que eles se tornem mais importantes do que deveriam, gerando um anti-clímax que pode ser frustrante quando são finalmente esclarecidos (mesmo que a explicação seja coerente).”

    Pablo Villaça – Cinema em Cena

    ***

    “... o primeiro grande impacto do episódio veio logo de cara quando o iraquiano cumpriu à risca o seu dever esfaqueando o “mal encarnado” de UnLocke, desencadeando o maior evento e provável game changer da temporada. A promessa do reencontro com sua amada Nadia fez com que Sayid colocasse de lado toda a razão que sempre carregou para levar a mensagem de morte e desespero ao templo, aceitando seu sombrio destino logo após a execução de seu novo objetivo. E afinal, quem é realmente bom e mau nesta história?”

    Bruno Carvalho – Ligado em Série

    ***

    “O homem de preto levantou uma suspeita maravilhosa quando disse que Sayid ainda poderia ter Nadia. Serie ele, o responsável pela nova realidade do voo 815, possibilitando que os personagens, tenham um novo recomeço, dessa vez fora da ilha? Se sim, esses flashsideways seriam flashforwards de algo que acontecerá quando o homem de preto, enfim, vencer? É uma teoria interessante, mas muito improvável de ser apresentada tão facilmente no sexto episódio. Os produtores não iriam entregar o maior mistério da temporada (como eles mesmo afirmaram) de bandeja.”

    Caio Mello – Apaixonados por Séries

    ***

    “Ver Sayid servindo de mensageiro, deixando a maldade entrar e matando Dogen e Lennon, evocou um sentimento de euforia que não se via há muito tempo na série quando relacionado a ação. Cada segundo que se passava era um segundo a menos até o pôr do sol e o medo crescia, era intenso e maravilhoso observar aquelas pessoas quebrando sobre pressão. No fim, a primeira parte da temporada acaba, abandonando o seu local principal e voltando as raízes, as florestas e praias, contando melhores histórias e colocando ainda mais peças no genial quebra cabeça que Lost tão bem armou no decorrer de mais de cem episódios.”

    Mateus Borges - Série Maníacos

    ***

    “À medida em que as duas últimas semanas nos trouxeram versões diferentes de Locke e Jack em que ambos conseguiram quebrar seus ciclos emocionais – um Locke em paz com sua situação e uma boa vida, um Jack que se conectou com o filho de uma forma que Christian jamais conseguiu com ele -, descobrimos que Sayid em qualquer situação, em qualquer lugar, em qualquer idade, sempre será aquele chamado quando o assunto envolve violência. Ele não quer isso, mas não consegue fugir. Aquele outro Locke tem uma vida, Jack tem um filho e esse outro Sayid tem... uma chance de meter balas em Keamy? E de ver sua amada Nadia constituindo família com seu próprio irmão Omer – o mesmo que precisou que Sayid ainda criança matasse uma galinha para ele, e que agora como adulto precisou dele para resolver o problema envolvendo Keamy? Onde está a justiça nisso?”

    Allan Sepinwall – What’s Allan Watching

    ***

    “ Sayid poderia culpar o lamentável estado de seu espírito. Ele podia dizer que ele era fruto de manipulação maquiavélica. Poderia dizer que é conspiração divina. Porém, mais do que isso, Sayid culpa a si mesmo. “Sundown” nos lembrou da espiritualidade de Sayid e de que apesar de sempre ter dito que era um ‘homem bom’, ele nunca conseguiu ficar em paz com seu passado como torturador da Guarda Republicana de Saddam Hussein e mais tarde da CIA. Ele está mais do que afundado nessa lama e sente que merece aquilo.”

    Jeff Jensen – EW

    ***

    “Não foi surpresa ver Sayid abrindo caminho para o Evil Jacob até o templo... Aliás foi sensacional o ataque no local, com todo mundo correndo feito louco, destruição e tals. Curti mesmo. E com isso a série dá mais uma guinada para outra coisa inesperada, porque é meio óbvio que a parte no templo acabou. Sou só eu que não consegue imaginar NADA do que esses malucos (os produtores) estão planejando? Não, né?”

    Ricardo Rente – Território Nerd

    ***

    “Se você está esperando um caminhão de revelações bem explicadinhas em algum desses episódios restantes, você pode se lamentar lá frente. “Sundown provou que Lost pode ser absolutamente prazerosa sem precisar revelar nada, e experimentar essa energia me fez perceber do que mais vou sentir falta quando a série acabar – a diversão.”

    Jon Lachonis (DocArzt) – UGO

    ***

    “Eu não podia ligar menos para a realidade paralela, cada vez mais sem sentido para a trama, para a evolução da temporada, para o grande final. Sayid será sempre um homem violento não importa a realidade, mas no fundo Sayid é um homem bom e as circunstâncias é que o fazem usar a violência, meio como um Jack Bauer das arábias. E ele nunca vai conseguir se perdoar pelos seus atos, e isso leva aonde?”

    Claudia Croitor – Legendado

90 comentários:

Leandro Campos disse...

poxa, Sayid sempre tem enfrentar seu lado negro... ele eh um bom homem, as circunstancias q naum ajudam mto.
a kATE qse morreu tadinha... e o sorrisinho do Sayid eh pavoroso.

Ótima cobertura do Dude!

MEDO!!!!!

ggg disse...

o restaurante em que o Keamy e o Omar estavam na realidade paralela é o mesmo que a Naomi e o Miles estavam no flashback da realidade original.

lucas disse...

Essa infecção ou doença para mim está parecendo com a proposta do Smokemonster de dar aquilo que as pessoas mais desejam, ou seja seria manipular a vida das pessoas.Afinal o que Sayid fez, não foi por que ele ficou mal, mas foi uma escolha dele na esperança de ter Nádia de volta. Ficou claro que Claire não está dominada ou tomada por nada. Ela tem ainda suas próprias escolhas, ela questiona Flocke e ainda o cobra a promessa de ter Aaron outra vez. Ela é uma mãe desesperada por ter seu filho novamente. E não parece estar condenada por ter se unido ao smokemonster. Ela literalmente se transformou em Rousseau.
Talvez possa ocorrer algo físico também, por isso todos aqueles testes, mas no fim das contas tudo se resume na escolha de que time eles estão.

Hamilton Nogueira disse...

Parece mesmo que Jacob não só se aproveita dos momentos de fraqueza dos peões dessa história mas também os causa. Talvez por um bem maior... mas será que os fins justificam os meios?

E a reação da Claire, que já deixou claro que mataria Kate se ela tivesse levado o filho dela da ilha, foi muito enigmática!

Outro fato importante: aparentemente a Kate caiu de pára-quedas no grupo do (F)Locke. Buscou abrigo no buraco da Claire e sem escolha se juntou ao lado supostamente "escuro".


Muito boa a sexta temporada até aqui, embora as vezes eu tenha a impressão de que não vai dar tempo de fechar a história que fica cada vez mais complexa!

Valeu DUDE!

FELIPE disse...

DEPOIS DO EPISÓDIO LAX, ACHEI ESSE O MELHOR.

NÃO DIREI SENSACIONAL, ESPETACULAR. MAS MELHOROU DAQUELA ONDE DE EPISÓDIOS, NA MINHA OPINIÃO, FRACOS , CHEIO DE MISTÉRIOS 'SESSÃO DA TARDE'.


'DAR UMA FACADA NO PEITO DELE' É MTO CHILÊ DE FILME BARATO. ACHEI MAU!!!!

juggernaught disse...

Ao ler o último comentário do post me parece no mínimo curioso que ninguém tenha levantado a hipótese de, na verdade, estarmos vendo o final da temporada o tempo todo bem debaixo de nossos narizes e não nos dando conta. A meu ver, existe uma grande possibilidade de nos capítulos finais os acontecimentos dirigirem a situação para um "reset temporal". A explosão da bomba tinha essa finalidade, mas não deu certo. Algo maior precisa ocorrer... O que exatamente não faço idéia. Mas acontecendo, a vida de todos ali tomaria rumos diferentes dos que tomou ao longo da série. Que rumos? Bem... os rumos que temos visto toda semana na suposta realidade paralela. Isso explicaria porque Ben é um simples professor, por exemplo.

lulu disse...

Fiquei com medo do olhar de Sayid após matar Dogen e o carinha lá.
Não sei vocês, mas me pareceu que FLocke não gostou muito da kate aparecer com Claire e Sayid.

Não me recordo bem, mas qual foi o episódio que Claire desapareceu? Ela sumiu, mas não morreu certo? Pq Dogen fala que ela é uma moça muito confusa ai fiquei nessa dúvida. Se é apenas confusa, pode ser que ela não apoie mais FLocke, até porque ele mentiu que o Aaron estava no templo.

Fernandino Neto disse...

Estava aqui pensando... estamos na sexta e última temporada de LOST, seis episódios já foram exibididos e poucas coisas esclarecidas. Além disso, essa outra realidade está tomando praticamente o foco da história, quando os fatos na ilha, pelo menos para nós que somos fãs da série, são na verdade os mais importantes. Isso me leva a crer que a história de Lost é algo muito simples, não existe muita coisa para ser esclarecida. Creio que se os produtores quisessem deixar para responder todos os mistérios no último episódio, conseguiriam facilmente. Por isso eles acabam enrolando tanto. Uma coisa que me preocupa é a decepção que isso pode nos causar no final. Quem imaginaria que os rumos de nossa série seriam estes quando começamos a assistir as primeiras temporadas? É como se os produtores tivessem se perdido no meio do caminho, na verdade como se tivessem uma ideia no início, que foi sendo modificada ao longo destes anos e da repercussão que Lost foi tomando. Posso até estar equivocado, mas acredito que os caras não tinham um final para a série quando começaram a rodar o piloto.

Caio Marcos Rabbi disse...

Os efeitos de Lost, e de TODO seriado, são fracos, isso é fato!

Eu faria melhor? Nao! podia ser melhor? SIm! Isso atrapalha na historia e me faz gostar menos? claro, q nao.


Episodio phodastico...sinceramente acho q no fim vamos ter mais perguntas q respostas...

mas me preocupo mesmo com o fim dos personagens e nao com as respostas!

q venha Dr. Linus!

Alexandre disse...

Falto por o detalhe q mostra o dublê do Sayid...rs. Acho q só eu reparei...

Mentira, sei q a finalidade desse post é outro e não "erros".

Caio Marcos Rabbi disse...

Ah...e alguem viu/ouviu os gritos humanos enquanto o FLocke passava por cima de Kate?

será q ele carrega algumas pessoas para joga-las por ai?!

=D

Alexandre disse...

As propostas do Flocke tem mais a cara de uma chantagem, uma barganha, uma negociação pura e simples, e como já sabemos, ele não garante o que oferece (Aaron é a prova). Enganador, corrompedor.

Jacob, ao que parece, oferece uma oportunidade de recuperação, de expiação, de auto-conhecimento mesmo, oferece uma busca, uma espécie de tratamento, que exige, sempre, ao que parece, sacrifícios.

Acho isso uma diferença bastante substancial na fala dos dois, e isso aponta caminhos bem mais definíveis no momento.
Afinal, quem é que diz que a salvação se consegue com sacrifício? E quem é que se rebelou contra um poder superior, que se rebelou com o fato de "servir" aos homens?
Acho que tem a ver.

Adriana disse...

Achei ótimo o aumento da ação neste último episódio, e estou ávida para saber mais sobre o templo e o significado da realidade paralela. Aparentemente o Dogen mantém uma vida de empresário, com um filho de 12 anos que faz o teste com o filho do Jack, a mesma vida que ele diz que levava antes de ir pra ilha. Será que isso tem a ver com as promessas do Jacob para quem voltasse (fosse) para a ilha? Estou amando esta 6a temporada!

Quéroul disse...

eu ainda tenho fé que Lost 'volta'. porque tá péssimo.
Terry O'Quinn prossegue sendo um monstro sagrado da atuação, ele fica um gigante nessa nova faceta malvadeza. mas só.
tava quase gostando desse episódio, mas já broxei com aquela luta besta do Sayid e o japonês. não aguento esse lance de templo e cabelos desgrenhados de Claire.
os episódios mostram coisas que nos tocam o coração, principalmente quando remontam à primeira temporada; essas realidades paralelas são bem bacanas, mas meu deus! em conjunto tá duro de aguentar.
e eu nem entendi ainda porque a Kate sai do templo e se junta lá com o Locke. pelo menos a cara dele é boa, porque o resto...

ainda na esperança.

Felipe disse...

Já se passou 1/3 da temporada.

Só pra constatar :(

Ricardo Martins disse...

"Sundown" foi perfeito! Una os últimos três episódios, a cruzada que Flocke construiu até chegar no templo finalmente se concretizou.

Estou começando a me assustar em que acreditar pois:

1_Jacob trouxe todos para a ilha, ele de certa forma causou a morte de Nadia, quem vai saber se ele também não causou a do filho de Dogen?! Manipulação?!

2_Será que Flocke é o correto mesmo? Acho que não. Pois vejo que ele está conseguindo recrutar Claire e Sayid, ambos que estão infectados, sem dúvida, Claire não tem quase consciência de nada (está pior que a Rousseau) e Sayid matando o Dogen e Lennon,e depois dando aquele sorrizinho maléfico prova que não é ele ali.

3_Do outro lado, estão ficando Jack, Ilana e Cia. Representando o grupo de Jacob que quis mostrar a Jack o que fez, através do farol. E assim Hurley e ele ficaram distantes do templo! Este grupo é formado com alguns dos candidatos! Agora tenho quase certeza que é verdade: Flocke quer todos mortos mesmo!

4_Coitada da Kate que está caminhando junto a aquele grupo, será que seu nome em breve será riscado?
Corre logo para salvá-la Jack/Sawyer!

Sobre os efeitos achei brilhante, não vejo a hora de vê-los em DVD na última altura.

Lost Está cada vez mais empolgante e emocionante.

E que comece a guerra prevista por Charles Widmore! ABraço :D

Letícia disse...

Euri com o "Jack Bauer das arábias".
Mas minha opinião sobre os flash sideways não é mais tãao radical, porque fiquei realmente chocada com o destino de Sayid na paralela, com a Nadia e tudo. Como já disse em outro post, estou pagando pra ver no que a história vai dar... tenho certeza de que os produtores não sabiam ao certo como terminaria a série quando começaram a escrever os episódios, porque, se você for pensar, na segunda temporada a Dharma parecia ser o mistério dos mistérios.
No entanto, a série ser escrita "no rumo" ou não não vai me fazer parar de assistir Lost... #prontofalei

Wagner Martino disse...

Eu acho que o Jin teve o dinheiro confiscado pelo pessoal do aeroporto e foi liberado. O relógio que ele trazia a mando do Sr. Paik e o dinheiro deveriam ser entregues ao Keamy (na foto inclusive ele está com um relógio bem bacana) e como a grana ficou no aeroporto, o mercenário deve ter dado uma surra nele pensando que ele estava escondendo a grana. hehehhee

Luciano SC disse...

Muita genta está dizendo que os flashsideways possam ser na verdade o final de Lost; se isto se confirmar eu acho que (pelo menos para mim) seria um dos finais mais chatos de série que eu já vi.
Então quer dizer que quando chegasse o final, a última cena que veríamos seria alguém ou alguma coisa dando um reset e pronto, fim. Seria um anti-climax total, sem graça e sem sentido para um final de série. Qual é a graça de ver um final antes de acabar, seria uma piada de muito mal gosto.
Mas eu acredito(espero) que a melhor série de todos os tempos não acabe assim, apesar de não descartar essa possibilidade.
A teoria de que as duas realidades se encontrarão de alguma maneira é muito mais interessante, criando muitas possibilidades e espectativas de como isso poderá ocorrer; muito mais coerente com o que os roteiristas e produtores da série fizeram até aqui.

Excelente cobertura de temporada Dude, a melhor!

Otavio disse...

Tem muita gente falando que os flash-sideways não levam a nada, estão só enchendo linguiça. Mas eu confio plenamente em "Darlton" e creio que tudo esta se encaminhando para um objetivo! Não sei qual, mas esta caminhando!

Cynara Peixoto disse...

Ninguém notou a cara de desprezo do (F)Locke para a Kate? Acredito que ela não se juntou ao grupo, mas sentiu-se obrigada a momentaneamente estar com ele. Ela é muito independente e questionadora para simplesmente aceitar a liderança de (F)Locke, o que promete ser um desafio para ele.

Glauce disse...

Gente, quando o irmão do Sayid conversou com ele sobre o empréstimo e pediu sua ajuda, ele disse (se não me engano) que passou 12 anos "lavando as mãos" das coisas terríveis que tinha feito. Aparentemente, o filho do Jack regula a mesma idade (12-14 anos). Achei bem interessante ...

ThiagoSF disse...

Dois caminhos estão sendo colocados a disposição dos losties: Seguir Jacob, através de suas aparições a Hugo ou seguir o (F)Locke confiando nas suas promessas.

Acredito que no final teremos a impressão de que 'teria sido melhor seguir X'. Acredito também que não será unânime. Nunca foi. Os losties tomarão caminhos diferentes e isso é o que será interessante.

Quanto à promessa do (F)Locke a Claire, de certa forma ele cumpriu, pois foi no templo que Kate disse de fato onde o filho da loira está. Até então ela não tinha certeza sobre o paradeiro dele, cero?

Já a promessa que fez a Sayid, essa eu pago pra ver.

Uma questão que tem sido bastante pertinente pra mim é até que ponto a atitude dos losties influencia na realidade paralela, ou o contrário. Podemos ver que Sayid voltou ao 'velho homem' na reaidade paralela e também na ilha. Kate tenta ajudar Claire nas duas realidades. Enfim...

Só não queria um episódio de Lost todo dia, porque quero curtir ao máximo a última temporada e também não daria tempo de absorver tudo...rsrs.

Abraço a todos

Davi, os prints estão ótimos deste tamanho.

Valeu.

nintendodpg disse...

Caraca Sayid, Sempre acreditei em vc, enfim LOST eh isto(ADORO), já to ate vendo(Ouvindo) a juliana falando no podcast Este comentario do nosso querido(ou foi) Sayid

Carla disse...

juggernaught disse...
Ao ler o último comentário do post me parece no mínimo curioso que ninguém tenha levantado a hipótese de, na verdade, estarmos vendo o final da temporada o tempo todo bem debaixo de nossos narizes e não nos dando conta.


juggernaught, desde o início da 6ª temporada tem gente dizendo exatamente isso que vc escreveu.

Luciano SC disse...

Eu concordo com o que disse o Alexandre. O (F)Locke parece muito fazer o papel de diabo, prometendo mundos e fundos para quem ficar ao seu lado, com o discurso de que sempre cumpre o que promete, nunca oculta informações e o principal, se auto-intitula o lado bom(certo) da balança, relegando a Jacob o papel de manipulador, sacana e inescrupuloso. Será mesmo?
Qual será o preço à se pagar por tudo isso, será que vale a pena fazer de tudo para conseguir aquilo que se quer custe o que custar, pode-se confiar em alguém assim, será que o verdadeiro caminho para a salvação(redenção) não passa por algum tipo de sacrifício?
São só algumas questões que merecem ser refletidas e colocadas na balança, para que talvez assim consigamos entender o que de fato esses dois lados realmente querem, pretendem ou buscam.

Carla disse...

Como assim "eu não entendo pq a kate se uniu ao grupo do Flocke"?
A Kate não se uniu ao grupo de ninguém! A Kate foi para ilha para resgatar a Claire e levá-la para ficar com o Aaron! Elas está naquele grupo pq a Claire está lá, e ela não está entendendo o que está acontecendo com a Claire...
Não há mistério nenhum nisso.

Luís Fernando disse...

Realmente alguns efeitos de lost deixam a desejar, porém nesse episodio, como em toda a temporada até agora, ficou legal. Ruim msm eu soh lembro da explosão do cargueiro e do "julgamento" do bem pelo monstro...

Francisco disse...

Ficou provado que o flash sideway é a realidade caso o Jacob não tivesse intervido ( manipulado ) a vida dos losties...pois a Nádia tinha morrido antes de eles estarem no voo..e se agora ela está viva, é pq o Jacob não pediu informação pro Sayid na rua e ela não foi atropelada..

Roque disse...

Oi Davi e Juliana,
Eu notei que no final do episódio, o grupo do FLock está em sintonia (excessão da Kate, que parece estar tentando entender onde se meteu...). Eles parecem os cavaleiros do apocalipse! Bom, brincadeiras à parte, todos estão vestidos com roupas escuras - FLock, Sayid e Claire - achei que talvez fosse de propósito, pois parecia muita coincidência. Seria eles as peças negras do jogo...? Bom, só um pensamento meu...
Abraço!

Isac Sena disse...

Sera se o plano de Jacob pro Sayd era esse de deixar abrir as portas do templo para o MIB, ele contava com essa chacina do templo, o que acham?

ze das couves disse...

"a reação de Claire com aquele olhar voutematarsuafilhadapii talvez pudesse ser evitada se Kate tivesse dado uma informação absolutamente simples, mas relevante: Aaron estava com a avó fora da Ilha"

CERTÍSSIMO, DAVI!!!

Esse talvez seja o maior dos furos de Lost: as pessoas simplesmente não conversam sobre os mistérios e não esclarecem seus problemas e dúvidas, como seria absolutamente normal no "mundo real".

Fora uma ou outra sacada do Hugo ou aquela pergunta do Locke ao Ben sobre o mostro de fumaça (antes dele mesmo se tornar o próprio...), praticamente não há discussão acerca das coisas. Os personagens aceitam todos os maiores absurdos como se fossem as coisas mais normais do mundo... o Ben já está no meio deles há anos e ninguém nunca teve sequer a curiosidade de perguntar sobre a ilha ou sobre a disputa dele com Widmore, etc... Fala sério!

Bom, se tudo se esclarecesse logo de cara não ia ter graça, né? Mas pelo menos eles poderiam tentar teorizar e conversar sobre a ilha, os "outros", as viagens no tempo, o "bem contra o mal" e tal.

Raphael disse...

"mas me preocupo mesmo com o fim dos personagens e nao com as respostas!"

Melhor comentário até aqui. /o/

Desde Lighthouse estou gostando mais da realidade paralela do que da ilha.

Poderia continuar a temporada só com a realidade paralela (tá nem tanto). ;)

marko damiani disse...

“O homem de preto levantou uma suspeita maravilhosa quando disse que Sayid ainda poderia ter Nadia. Serie ele, o responsável pela nova realidade do voo 815, possibilitando que os personagens, tenham um novo recomeço, dessa vez fora da ilha? Se sim, esses flashsideways seriam flashforwards de algo que acontecerá quando o homem de preto, enfim, vencer?"

Já bati esse martelo há muito tempo. Abraços DUDES!

MaH disse...

Sayid e Claire estao me dando medo, fato!
Porem, nao pude deixar de rir num breve momento desse episodio... quando o Dogen fala so Sayid " Saia. Saia e va pra bem longe. E nunca mais volte".. eh exatamente a fala do simba pro scar no filme do rei leao.. ta, tosco eu sei, mas era o filme da minha infancia e naod eu pra nao reconhecer.. ainda mais com a chacina do final no maior estilo scar e as hienas. Sem querer comparar a grandiosidade de LOST com um filme infantil, claro.. porem, chegamos a 6 episodios e logo Jin e Sun vao se reencontrar *-*

Ariel Bravo disse...

Vale lembrar que essa atitude de Sayid pode retomar a discussão gerada pelos assassinatos de Ana-Lucía e Libby cometidos por Michael.

Luciano SC disse...

Então é "Dead is not Dead"! Porque Sayid pode voltar dos mortos e Locke não, ou será que ainda pode? Porque Jacob morre com algumas simples facadas enquanto seu antagonista é perfurado por uma espada e nem ao menos sangra?
Afinal de contas, quais são as regras que valem nesse jogo? Digo isso porque parece que elas mudam o tempo todo, deixando a gente cada vez mais confusos!

Ronnie disse...

“Fui banido. Aparentemente sou mal.”

canelada no português, o correto seria mau, contrário de bom, mal é contrário de bem.

César Sá disse...

Francisco disse...

Ficou provado que o flash sideway é a realidade caso o Jacob não tivesse intervido ( manipulado ) a vida dos losties...pois a Nádia tinha morrido antes de eles estarem no voo..e se agora ela está viva, é pq o Jacob não pediu informação pro Sayid na rua e ela não foi atropelada..



Nádia morreu depois do acidente, depois que os 6 conseguiram sair da ilha. Foi justamente a morte dela o argumento usado por Ben para manipular Sayid e fazê-lo "matar todos os que ameaçam seus amigos", pois Ben o convenceu de que foi um assassinato e não um acidente.

Quanto a isso de dizerem que Jacob matou a Nadia não faz o mínimo sentido. Os dois seriam atropelados (e se Ben falou a verdade, propositalmente). Jacob SALVOU o Sayid pedindo informações a ele. Ele DEIXOU a Nadia morrer e protegeu o seu escolhido, coisa bem característica dessas "entidades superiores", mas matar, não. É um erro de interpretação dizer isso.

JOHN disse...

Todos vocês estão convencidos de que o Flocke é o Man In Black?

Ou seja, Flocke= Smokie=Man In Black?

Tenho minhas dúvidas..certo mesmo é que Flocke é o Smokie...

Quanto ao Dogen não ter matado o Sayid, acho que não foi por ter lembrado de seu filho, mas sim porque não poderia matar diretamente ele...lembrem que tentou matá-lo através de Jack e da pílula, e também o mandando ao Flocke...

Cornetando disse...

Direto do CornetandoLost:

- Todo mundo que vai dar uma voltinha na floresta encontra a Kate meio perdida. Ontem eu saí do trabalho e ela tava ali, atrás de um arbusto.

- É o fim do templo, ainda bem. Trama chata e bizarra: um samurai, um hippie e aquele povo de turbante no meio de uma ilha tropical. Eu, hein.

- Cá entre nós, tem coisa mais chata que fila de banco, novela mexicana, discurso de político e flashsideway do Sayid?

- Meu top-5 de "Sundown": 5) O cínico Keamy, 4) Massacre no templo, 3) Kate+Claire, 2) Sayid mata Dogen, 1) Facada inútil no Locke. Concorda?

Mais em: http://www.twitter.com/cornetandolost

Welcome All Candidates!

idelvandro edu disse...

Não sei se alguém percebeu mas quando Dogen fala para sayid matar (F)lock/moster, ele diz: "não deixe ele falar, se não, não irá adiantar", mas quando sayid ver o (F)lock/moster logo é cumprimentado pelo mostro, deixando ele falar então seria essa a razão de não ter conseguido matar o monstro???

Abraços aos maniacos por LOST!!!!

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cica disse...

Mais uma vez a Claudia Croitor e seus comentários cretinos...

Lucas S. disse...

Me senti super burro agora hahaha eu JURAVA que a tal 'morreu nos meus braços' foi a Shannon, até comentei com um amigo que assistia comigo: Deve ser assim que os produtores vão re-colocar a Shannon na série.

Mas acho que ele fala da Nadia mesmo. Eu achei o epísodio bom, e tambem gostei dos efeitos, comparados com alguns de outras séries foram muito bons até. Estou com medo da Claire dar o Bote na Kate hahha

Parabens pelo blog Davi, sempre vim acompanhando.

Marcio Neves disse...

Incrível a quantidade de gente que já viu o Jacob, mesmo entre os "Outros", enquanto o Ben, que supostamente era o líder deles, nunca o viu, até o fatídico momento do final da temporada passada. Vai entender :)

Marcio Neves disse...

Mais um comentário: é incrível a quantidade de "Outros" que sabem sobre o antagonista do Jacob, enquanto o Ben, mais uma vez o suposto líder, parece ignorar sua existência. Até mesmo a Illana parece saber sobre a verdadeira natureza do "fumacê".
Será que irão explicar isso antes do fim da série?

Caroline disse...

Claire deveria matar Kate.

Foi um episódio TREMENDAMENTE bom!

Um dos melhores, na minha opinião!

mãeeutounaglobo disse...

provavelmente sayid não pôde ferir/matar flocke por que esse não está na sua forma humana original (que está presa há muito tempo, como ele disse para sawyer), isso também explicaria porque ben conseguiu... jacob estava na sua quando foi esfaqueado.

mãeeutounaglobo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nêssa disse...

Não sei porque estou em depressão!!!!! Será que é porque não engulo esse monstro de fumaça nem a pau....desde o inicio......acho que estraga tudo não dá prá engolir....Parece filminho de noite dos mortos vivos, ou um projeto mal sucedido da Umbrellacorporetion.....(ResidEvil)

Giovana disse...

Quando Dogen falou que o que está no corpo do locke, alguém pensou que o pai do jack poderia ter sido 'possuído" pela mesma coisa? afinal, ele estava morto e era alguém que o jack conhecia.

Alexandre disse...

Concordo com o Marcio Neves. Há ainda muitas coisas inexplicadas (ou, incoerentes) envolvendo toda a relação Alpert - Ben - Outros - Widmore - Sra. Hawking, e de todos eles com Jacob e MiB e acho que isso deveria, em muito, ser esclarecido.

Há uma relação confusão entre quem tem quais informações entre os Outros, quem manda, quem sabe do que, etc.

Ainda, há de saber quais são as "regras", citadas por Widmore para Ben, e pelo menino loiro para FLocke, que permitem a alguns matar ou não, permitem para alguns ver ou não, etc.

Carla disse...

idelvandro edu disse...
Não sei se alguém percebeu mas quando Dogen fala para sayid matar (F)lock/moster, ele diz: "não deixe ele falar, se não, não irá adiantar"

Será que ele não disse isso sabendo que, se o Flock falasse, ele convenceria Sayid a ficar do seu lado (como, de fato, aconteceu)?

Chega logo, terça-feira...

EmerStempin disse...

Bom, Dogen está morto, mas está vivo na realidade paralela! Alguma lei se aplica? Será qeu todos reviverão e tal. Bem como o charlie...

Raphael disse...

Essa da faca eu não entendi.

A faca não mata Fake Locke, podemos fazer suposições:

*Dogen queria Sayid morto, mas Fake Locke não poderia matá-lo, assim como não pôde matar Sawyer.

*Dogen acreditou que se Fake Locke falasse, Sayid entraria para o smoking club, mas entraria de qualquer jeito, pois a faca não funciona.

*E se aquela faca realmente funcionasse, por que em 1500 anos ninguem usou ???

E essa relação Outros x Widmore x Ben nem vou comentar, vou esperar explicações, e se elas vierem.

E caraca, a Cindy e os outros se convenceram tão rápido de ir pro lado do Fake Locke, serviram tanto Jacob para agora virar a casaca. Torcerei para a morte de TODOS os OUTROS, covardes, infiéis, e já que Dogen já morreu mesmo.

Coitada da Kate, foi obrigada a ir junto com eles, tomara que consiga escapar, ela é boa nisso. heheheheheheh

Illana é a nova delegada, ela quem comanda tudo, sabe mais da ilha do que o Ben que morou lá 35 anos. AFF

Um erro bobo, se é que é um erro, mas como o Richard é lento hein ??

Illana enterrou o Locke, teve discurso, e chegou na frente do Richard. :)

Jack irá formar o novo grupo dos outros e será o novo Jacob. ;)

Guilherme disse...

Pergunta rápida: alguém viu em algum episódio o Lennon ser chamado pelo nome? Ou ele ter se apresentado a alguém? Até hoje só soube do nome dele através do Dude e do Lost in LOst, acho....

fblins disse...

Sensacional episódio,o melhor da ultima temporada na minha opinião.Muita ação,suspense,revelações,mortes,encontros e muito mais.Detalhe:Muita luta novamente,dentro e fora da ilha.Já estava com saudades

e quanto a Dogen,Realmente é uma pergunta especulativa,pois pelo que vimos não basta apenas estar cercado pelas cinzas,tem que ser especial ou ter alguma relação com Jacob,como vimos em L.A.X no caso de Bram

João disse...

Minha grande dúvida sobre esse episódio é: por que Ben pôde matar Jacob com uma facada, e Sayid não pôde matar o "outro"? Teria Ben usado alguma faca especial?

Nilo Jorge disse...

Só para enfatizar... CANSEI DE NOVIDADES... quero resposta para "ANTIGUIDADES"... rsrs.

Nilo Jorge disse...

Lost continua uma série que prende muito a nossa atenção e é excepcional na função de entreter! Mas não posso deixar de revelar minha IMENSA DECEPCÇÃO EM CONSTATAR DE MANEIRA CLARA QUE OS CARAS SÃO MESTRES EM CRIAR MAIS, E MAIS E MAIS MISTÉRIOS....E PÉSSIMOS EM RESPONDE-LOS...Não me lembro quem escreveu na repercusão do último episódio mas achei fantástico: " E daí sobre quem é a mãe de Davi nos flashsideways??? E daí sobre se Dogen cruzou com Jack nos flashes sideways??? Que tal saber porque a Equação de Valenzeti (Bad Numbers) é tão importante... Porque Walt é especial...Porque e Como Ben Linus Trouxe o Pai de Locke (que acabou sendo morto por Swayer)...Porques e porques...que se perdem no tempo e no espaço com novos mistérios que acabam de certa forma tirando o brilho dessa brilhante série que acaba chegando ao fim tentando buscar oxigênio em novos personagens que não despertam interesse algum nos verdadeiros fãs que querem resposta para quesões básicas lançadas na primeira temporada...

Caio disse...

Minha teoria é que conforme os personagens morrem na ilha, as versões vivas na realidade paralela passam a se lembrar de tudo o que ocorreu na ilha, ao estilo flashforward. No final vai morrer todo mundo e todo mundo vai se lembrar disso na realidade paralela, e aí que a coisa vai pegar fogo!!!
É uma teoria, mas nada mal ein?!

augusto disse...

A oferta de Jacob para Dogen, de ficar na ilha em troca da sobrevivência do filho, mas sem nunca poder voltar a vê-lo, me lembrou muito a relação de Ben com a Juliet. Ben também prometeu a ela que a irmã seria curada do câncer (e foi mesmo, aparentemente), mas em troca Juliet teria q ficar na ilha e nunca mais ver a irmã. E Juliet tb foi "selecionada" fora da ilha. Será q nos 2 casos, foi obra de Jacob? Se sim, 2 questões:
1) Jacob é bem cruel pra ser considerado o "bonzinho", não? Não q isso torne o Esaú/Locke o bonzinho (acho q não temos bem ou mal tão definidos).
2) Se o Ben fez essa oferta para Juliet, é pq sabia q Jacob ia curar sua irmã. Como ele sabia, se nunca falou com o Jacob? Será q foi através do Richard?

vin disse...

se eu souber o que é a ilha e porque eles estão ali eu já fico satisfeito.

Heitor Oliveira disse...

Sundown n significa por do sol!!! Sunset seria por do sol, sundown eh mais uma expressao pessimista tipo como alguma coisa de ruim estaria pra acontecer!! A temporada esta fkando boa ! Mais os produtores podiam estar usando o tempo melhor!!! Mais tenho ctza q o episodio sobre o Ben vai ser mto bom!!! Cade o widmore?! E o Desmond?! Faraday!! ?? Esse episodio do sayid tomou mto tempoo! Q poderia ser usado para flar sobre coisas mais interresantes como penny e desmond!! Charlie! Christian! Mais informacoes sobre a iniciativa dharma nao sei!! Mais tem mta coisa q eu quero saber!

Heitor Oliveira disse...

Sundown n significa por do sol!!! Sunset seria por do sol, sundown eh mais uma expressao pessimista tipo como alguma coisa de ruim estaria pra acontecer!! A temporada esta fkando boa ! Mais os produtores podiam estar usando o tempo melhor!!! Mais tenho ctza q o episodio sobre o Ben vai ser mto bom!!! Cade o widmore?! E o Desmond?! Faraday!! ?? Esse episodio do sayid tomou mto tempoo! Q poderia ser usado para flar sobre coisas mais interresantes como penny e desmond!! Charlie! Christian! Mais informacoes sobre a iniciativa dharma nao sei!! Mais tem mta coisa q eu quero saber!

G.S.D.J. disse...

Urgente!!!!
Dúvida!!!

Seguinte losties!
NO início da temporada, tem aquele povo todo no pé da estátua, esperando ben Flocke sairem. Depois que o Locke sai da uma porrada no Alpert, e sai com ele. Aonde aquele povo foi? ficou lá mesmo?

Me Ajudem.

Pois tem aquele povo lá, e agora o povo que saiu do templo.

Obrigado.

Marília Teive disse...

“Sundown provou que Lost pode ser absolutamente prazerosa sem precisar revelar nada, e experimentar essa energia me fez perceber do que mais vou sentir falta quando a série acabar – a diversão.”
Concordo!!!!!

lucas disse...

Não me lembro se comentei, mas mais uma vez temos o miles jogando um jogo conhecido em todo mundo: Paciência, que combina bem com ele na cena

daniel_alfieri disse...

Alguém, aqui já fez a comparação da dualidade existente em lost (Jacob x Sombra) com o que ocorreu na série Fantástica Babylon 5 (Vorlons x Shadows)?

my 2 cents

Hugo disse...

Faltou o Miles jogando paciência, e o Sayd esfaqueando o Flocke me lembrou muito o filme "O Rapto do Menino Dourado" em que o Eddie Murphy recebe uma faca e vai esfaquear o Diabo.

Dedé disse...

Muito bom o episódio, e ao ler o easter egg vi o comentário do Caio Mello, que parece ser bem convincente numa "possível" dedução do que seriam os flash paralelos, que o UnLocke venceu e que o que está ocorrendo seriam relativos as promessas que ele fez. Será? É bem doido. Eu ainda estou lembrando da fala da nossa saudosa Juliet que diz "deu certo". Quero ver é o flash paralelo com o Sawyer, esse deve ter histórias bem interessantes, isso se os diretores não viajarem na maionese e fizerem ele um poeta romantico! eheheh

Valeu
Dedé
http://ispicialista.blogspot.com

G.S.D.J. disse...

A Sun ainda está grávida ou ela perdeu o "nene"?

estou meio sequelado.

Porque se ainda estiver grávida o jacob pode encarnar no pequeno jinsun.

abraço!

Marcio Neves disse...

Rapaz, se a Sun ainda estivesse grávida depois de TRÊS anos, seria um fenômeno médico sem precedentes :D

AninhaBlank disse...

nossa voces tao viajando!! nao se passaram 3 anos no flahs forward, eles desmbarcaram em LA X ela nao esta gravida(pois ficaria na ilha)a nnao ser q nessa realidade o amante engravidou-a se e q existiu um amante. e o jin e estereo!!
gostei do episodio em geral, tava enojada do saiyd, mas aquele olhar q ele da pro Ben me fez repensar meu desejo de velo fora da serie.
sera q o jin esta com o Sawyer? ele viu a Claire?

G.S.D.J. disse...

Verdade!!!
Ela teve o filho...
cara preciso assistir tudo de novo...é muita série junta que nem me lembro mais....

eita fumacera....

Marcio Neves disse...

@AninhaBlank,

Mas o/a @G.S.D.J. não tinha especificado se era na realidade alternativa ou não. Eu assumi que estava se referindo à realidade "normal"

João Marcus disse...

.Porque e Como Ben Linus Trouxe o Pai de Locke (que acabou sendo morto por Swayer)

Hã... Ele conhecia a vida do Locke, sabia sobre o pai do Locke, então raptou-o e o levou à ilha. Simples assim.

Mauricio S. disse...

David... e algum blog conseguiu ver melhor o que tinha dentro do monstro de fumaça, qdo passa por cima da Kate no buraco?
Parecia uma figura humana, mas nao consegui ver direito...

Mardela* disse...

A sun já teve o néne é uma menina...se ela ainda tivesse gravida durante todo este tempo era um fenomeno...hihi
Tive pensando e se cada pessoa na ilha(ainda viva)valesse pontos por exemplo shepard 23, e aquele em que a soma das pessoas do lado dele Jacob ou MIB obtivesse mais pontos ganha... viajei um pouco?! mas quem sabe heheheh :)

Glayne . disse...

Todos manipulam em causa própria. Se eu tentasse matar o monstro e não conseguisse, tivesse a experiência/inteligência que o Sayid tem, uma vez que não posso destruir, me junto e tento algo melhor depois. Só isso. Não sei se quer dizer que ele está de um lado ou de outro. De um lado um japa q quer matá-lo de outro um cara que não morre. Sábia escolha de salvar a própria pele.

Enio San disse...

Ninguém sacou que Lennon e Dogen vão voltar?

Morreram na fonte de ressurreição, não?

Dogem de propósito. Lennon, talvez.

Ben chegou quase morto; bebeu da água e...PIMBA!

Sayd, idem.

Dogen esperou seu algoz dentro d'agua. Lennon foi morto ali, idem.

certo como voltam.

Raphael disse...

Enio San, os produtores tinha dito que Dogen seria importantissimo para essa reta final. E morreu assim, também estranhei.

Mas Cesar também era importante né?

;)

Enio San disse...

Ok, Raphael: fosse eu produtor da séria, negaria também. Concorda?

Supresa é coisa boa e a gente gosta" =)

lennon e dogen voltam!

John e yoko ( eita! ) are foreve...

ABS!

david disse...

sobre o porque de dogen ser o que mantinha o monstro do lado de fora, acho que é porque ele era o único candidate lá (jake e hurley tinham saído)

Eugenia disse...

Bacana o post. Só discordo da frase "Enquanto as ofertas de (F)Locke/monstro parecem sempre ter um tom de recompensa, as de Jacob parecem sempre punitivas de alguma forma". Pq a Juliet teve uma oferta recompensatória. Ela ñ tinha feito nada de errado nos EUA. Foi para a ilha e dpois Jacob curou sua irmã e lhe deu um filho.

mdimendes disse...

Ixi, essa 6ª temp tah mesmo fundindo os neurônios do pessoal hein? Não queria ser a mãe do Carlton e damon no fim da temporada em maio! rsrs.

Não acho que estejamos vendo o fim da série nos FSs... pelo seguinte:

1-Esse recurso foi usado no último episódio da 3ª temp quando o flashforward (FF) foi apresentado. Foi um BOOM enorme o feito, e os criadores não iriam somente terminar utilizando uma técnica velha.

2- Se for como disseram alguns acima... que o (F)Locke vai conceder suas Bem-Aventuranças após reunir os candidatos e sumir da ilha, fazendo com que o FS se torne o futuro dos losties, então o FS é um "FSFR" (Flash Sideway Forward Rewinded!) rsrsrs, digo, o evento pressuposto paralelo que será desencadeado no futuro mas com reboot da realidade dos nossos amigos. Acho isso muita viagem (assim como achei minha explicação viagem! rsrs)

Eu creio que o fim ainda não foi visto, eles guardaram pro final. Acho até que aquele velho boato de que a cena final é uma cena gravada do Jack com o Walt é uma melhor alternativa do que essa história do FS ser o fim real. Os caras são muito criativos, sempre surpreendem na trama, só vejo um único clichê que eles parecem estar seguindo:

Em toda luta de BEM vs. MAL (mesmo que não se possa definir ao certo quem é o bem) ou melhor, vou definir como GANHADOR vs. PERDEDOR (fica melhor visto que não sabemos quem é o bonzinho, mas sabemos que UM vai ter que vencer) o PERDEDOR sempre prospera no início, levando o público ao desespero pelo fato de torcerem pelo GANHADOR (geralmente o bonzinho), porém no último minuto algo acontece e o GANHADOR cumpre seu papel e se redime, tomando seu lugar merecido.
Quantos filmes já não vimso assim? Suponho que (F)Locke e sua aparente prosperidade agora (destruir o templo, amarelar o Richard, reunir os candidatos) vá durar ainda um tempo, sendo que Jacob vai fazer o movimento mortal no fim da temporada (estratégia muito usada no xadrez) e assim ganhando essa batalha. E assim ele se torna o bem, pois na verdade "o que define o que é certo ou errado é quem vence". (eu ouvi isso em um seriado mas não lembro agora onde, acho que foi Samurai X)

Paulo Olmedo disse...

Minha teoria é que os Flashsideways são, na verdade, Flashforwards. Ou seja, está todo mundo pensando que a bomba de hidrogênio modificou as coisas sendo que o que vai modificar é algo que ainda não aconteceu. Ou seja, não estamos vendo uma realidade paralela, e sim o futuro dos personagens (com a ilha submersa e tudo mais).

disse...

Caroline disse...
"Claire deveria matar Kate."


hahaha! Concordo plenamente!!

Raphael disse...
"Um erro bobo, se é que é um erro, mas como o Richard é lento hein ??"


Eu pensei nisso também... se ele não parou em algum lugar antes vai ser um ultra fail :P

Eugenia disse...
"Bacana o post. Só discordo da frase "Enquanto as ofertas de (F)Locke/monstro parecem sempre ter um tom de recompensa, as de Jacob parecem sempre punitivas de alguma forma". Pq a Juliet teve uma oferta recompensatória. Ela ñ tinha feito nada de errado nos EUA. Foi para a ilha e dpois Jacob curou sua irmã e lhe deu um filho."


Mas ela não pôde mais ver sua irmã, assim como o Dogen não pôde ver o filho.

lucas disse...

"Bacana o post. Só discordo da frase "Enquanto as ofertas de (F)Locke/monstro parecem sempre ter um tom de recompensa, as de Jacob parecem sempre punitivas de alguma forma"
Discordo dessa frase totalmente.Na verdade as promessas de Jacob requerem um sacrifício, uma escolha e as de Flocke são chantagens que ele faz, diga-se a promessa de aaron a claire, de Nádia a Sayid e a ameaça de morte aos templistas, para conseguir algo que ele quer.