18/02/2010

Ep. 6x04 “The Substitute” – Easter eggs, curiosidades e repercussão

Demorou um pouco mais que o normal, mas tá aí o post com todos(?) os detalhes de "The Substitute". Divirtam-se!



Logo de cara, foi no mínimo curioso ver Locke conseguindo rir de sua situação na realidade paralela quando cai no gramado de sua casa, e logo em seguida vê-lo mentindo para Helen sobre sua viagem. Interessante também foi ouví-la falando em destino, um tema tão recorrente na série, quando conversam sobre o significado do encontro dele com Jack no aeroporto.

Nota: Com esse papo de casamento, é razoável pensar que vejamos um reencontro de Locke e Boone na paralela, afinal, como descobrimos na 1ª temporada, a mãe dele era dona de uma empresa organizadora de cerimoniais, certo?

Leia mais...

    Depois de seu rápido ‘passeio’ pela selva e da inspeção na vila, o monstro de fumaça (aka (F)Locke) conversa com um assustado Alpert, a quem explica porque estava na forma de John Locke, um candidato de Jacob. Sobre isso aliás, curioso ver como Alpert, um personagem importante na estrutura dos Outros, confiava totalmente em Jacob que no entanto parece ter omitido dele a informação relativa aos candidatos a substitutos e o fato de que Locke era um deles.

    Há uma relação amistosa e saudável entre Locke e seu pai Anthony Cooper nessa realidade paralela? Descobriremos que existe uma nova origem para sua paralisia, talvez? São essas as perguntas que surgem a partir da sugestão de Helen sobre um casamento mais simples reunindo a família e do fato de que Locke guardava uma foto com seu pai em sua mesa de trabalho.

    Ah sim, ao voltarmos a ver Randy Nations, fica clara a noção de que certas coisas nunca mudam, afinal, mesmo na paralela o cara continua sendo um babaca, conforme o próprio Hurley aponta mais tarde em outra cena.

    O ‘garoto’, claro, pode ser uma representação jovem de Jacob (que aliás muita gente acha que é o Aaron de alguma forma, no que eu não acredito, diga-se). Agora, lembra quando levantei a possibilidade no post do episódio anterior de que talvez exista uma 3ª entidade na ilha? Então, e se essa entidade funcionar como árbitro da disputa ideológica em curso? É uma possibilidade a se considerar mais uma vez, não?

    Ainda no terreno da especulação, o fato de (F)Locke tê-lo visto ensanguentado num primeiro momento, muito provavelmente é uma lembrança do assassinato que ele perpetrou. Agora, uma explicação para que Alpert não o tenha visto antes, mas Sawyer sim, é que talvez apenas os candidatos de Jacob consigam. Ainda daquela cena, destaque também para a frase dita pelo garoto, “Você conhece as regras e sabe que não pode matá-lo”, que deve ser alusiva à lembrança de que o monstro não poderia matar Sawyer e a “Não me diga o que eu não posso fazer”, bordão clássico de Locke que aponta o óbvio: ao assumir a forma de determinada pessoa, o monstro acaba também assumindo algumas características de sua personalidade. Se isso significará alguma coisa lá na frente, só o tempo dirá.

    A lamentação de Ilana denota só sua frustração em ter perdido amigos, mas sobretudo sua tristesa por não ter conseguido impedir a morte de Jacob. Já o fato dela ter recolhido as cinzas, pode ter algum significado (simples defesa, talvez?) lá na frente. Já a mentira de Ben (ou deveríamos dizer, meia verdade?) levou a uma nova revelação: se Jacob tem candidatos, o monstro quer recrutar os seus.

    A música ouvida por Sawyer na casa quando (F)Locke chega, é “Search and Destroy” dos The Stooges com Iggy Pop, que segundo dica do leitor identificado como ‘Grito do Rock’, abre o álbum Raw Power de 1973, disco preferido do falecido Kurt Cobain (Nirvana), também ele já ‘homenageado’ em Lost no final da 3ª temporada, quando ouvimos sua ‘Scentless Apprentice’ pontuando momentos de um depressivo Jack nos flash forwards.

    Sobre a cena em si, vale destacar que mesmo na bebedeira, Sawyer continuava sarcástico (“não ligo se você é o fantasma do natal passado”) e com um julgamento bem equilibrado que o permitiu reconhecer que aquele à sua frente não era Locke, um homem que para ele vivia com medo e era bem diferente. Aquela leitura aliás, parece ter alimentado no monstro a certeza de que havia encontrado o candidato perfeito para seu plano de libertação (mais sobre isso daqui a pouco).

    O encontro que começa mal, mas se torna amistoso entre Locke e Hurley na paralela, além de reforçar a ideia de que aquelas pessoas continuariam se encontrando naquela outra vida, também reflete ligações de camaradagem vistas tantas vezes na ilha, o que certamente não pode ser mera coincidência. Daquela cena, um pequeno easter egg sob a forma de um pequeno urso polar na caixa de Locke.

    Algumas pessoas levantaram a dúvida se Desmond apareceria num dos quadros que enfeitam a sala de entrevistas onde vimos Locke. Minha opinião? Realmente parece com o ‘brotha’, mas isso deve ser apenas uma acidental e feliz coincidência, afinal, é difícil imaginar que o papel de Desmond nessa realidade paralela se resuma a de ser garoto propaganda de mensagens de emprego, não?

    Já a atriz que faz a 1ª entrevistadora de Locke apareceu na série antes, mais precisamente em “Tricia Tanaka is Dead”, episódio da 3ª temporada. Naquela ocasião, ela fazia uma vidente contratada por David Heyes, pai de Hurley. Nessa paralela, ela pode ser a mesma pessoa desempenhando outro papel, certo? Pois é, não vejo nenhum mistério nisso como tem gente tentando apontar.

    A aparição de Rose Nadler na realidade paralela traz a revelação de que o distanciamento da ilha impactaria seu futuro de forma significativa, afinal, um câncer terminal ainda a ameaçava. Isso no entanto, não mudou nela uma característica tão vista na ilha: sua capacidade de acreditar que as coisas boas poderiam acontecer e de ser quase uma espécie de mentora que chama à razão, como sua cena de aconselhamento a Locke a aceitar sua condição e aproveitar a vida apontou.

    Sawyer menciona “Ratos e Homens”, livro de John Steinbeck que fora explicitamente discutido em “Every men for Himself”, episódio da 3ª temporada, e em seguida coloca as cartas na mesa deixando claro que não se deixaria levar facilmente para uma eventual armadilha de (F)Locke. Pequena confissão? Naquele momento torci para que Sawyer atirasse só para ver qual seria a reação do monstro, visto que ele acabara de ser lembrado pelo ‘garoto’ que não poderia matá-lo.

    É nessa cena que também vemos o monstro revelando que já fora homem um dia, e que sua condição de prisioneiro o motivava a dar respostas (ou a manipulá-las a seu favor, claro). “Estou preso há tanto tempo, que não lembro mais o que é ser livre.

    Ele está preso nesta forma”, diz Ilana a Ben que questionava se o monstro não poderia simplesmente assumir as feições de outra pessoa. Tal afirmação é curiosa a partir do momento em que achávamos ter visto o monstro sob várias outras formas distintas. Daí duas possibilidades: ou o monstro apenas controlava os mortos de alguma maneira não assumindo sua forma necessariamente, ou Jacob também tinha essa capacidade de agir como o monstro de fumaça de acordo com a necessidade, ideia que parece improvável no momento, mas que ao mesmo tempo não é descartável, pelo menos por enquanto.

    Na sequência daquela cena, outro momento marcante do episódio: o enterro de John Locke no lugar onde para ele milagres acontecem, e o discurso aparentemente sincero de Ben Linus, “John Locke era um homem de fé, um crente, um homem de fé. Ele era um homem muito melhor do que jamais serei e sinto muito por tê-lo matado.”

    Na abertura da cena que mostra Locke ligando para o consultório de Jack, uma pequena curiosidade (dica da leitora Terezinha): aos 27:20 +/- o despertador parece ter o mesmo som do contador da escotilha. Notaram? Vale conferir.

    Na sequência dessa cena, outro momento marcante e emocionante (graças sobretudo à sempre eficiente trilha de Michael Giacchinno) do episódio: Locke, colocando-se numa posição inferior, confessa a Helen (a ótima Katey Sagal) que não acredita em milagres só para ouví-la defendendo sua crença neles e que independente de qualquer coisa o que ela sempre quis na vida foi tê-lo com ela.

    Outro ponto de destaque aqui vem do fato de Locke se referir ao Walkabout não como uma jornada espiritual (o que ele diz na 1ª temporada), mas sim como um desafio do homem contra a natureza, o que de novo exprime naquele momento seu total distanciamento da fé, um retrato diametralmente oposto àquele que vimos do personagem vivo na ilha.

    Ao chegar com Sawyer à isolada e escondida caverna de Jacob (será que o local era mesmo dele?), (F)Locke pega a pedra branca e a lança bem longe. A partir dali ele menciona uma piada interna que claramente faz referência ao jogo de gamão explicado por Locke no início da série e às pedras encontradas na caverna. Porém, mais do que isso, essa menção parece indicar que (F)Locke questiona o equilíbrio de forças da ilha simbolizado pela balança e até mesmo o fato de Jacob ser encarado como o lado ‘claro’ dessa disputa secular. Tal discussão aliás, já havia sido apontada no início do episódio durante sua conversa com Alpert e seria novamente retomada com o próprio Sawyer ao explicar a já tão discutida lista de candidatos de Jacob.

    O amistoso encontro de Ben e Locke na realidade paralela, traz uma curiosa faceta de Linus, que aparecendo como um professor de história européia almofadinha, passa a ideia de alguem bem diferente daquele que conhecemos na ilha. Aliás, tal qual a aparição de Ethan no episódio anterior, o intuito dessa breve cena certamente deve ter sido o de plantar a dúvida: esse Ben professor conhece a ilha? Se sim, ele deseja voltar? A conferir.

    Manipulação. Palavra tão presente em diversos momentos da trama, ganha novamente força com a revelação da extensa lista de candidatos a supostos substitutos de Jacob. (F)Locke diz a Sawyer que nem ele nem nenhum de seus colegas sobreviventes do acidente fizeram escolhas genuínas na vida, mas que foram manipulados a seguirem um determinado caminho que acabou por levá-los à Ilha. É um argumento plausível e que inclusive corroboraria a ideia de que Jacob pode não ser a entidade de luz que pensamos? Sem dúvida, mas isso ainda não significa que seja verdade, afinal, como o próprio (F)Locke deixa bem claro no final do episódio, tudo o que ele quer é sair da ilha, e portanto, manipular a informação seria um recurso natural para ele.

    Sobre os nomes e os números (veja aqui uma relação completa de todos que aparecem ), inegável que descobrir uma ligação direta deles com os losties é uma bela surpresa que explica em parte o mistério que os envolvem na trama. Dito isso, é claro que deve haver uma explicação mais direta e objetiva em torno deles, além de um simples “Jacob tinha uma atração por números”. Se ela será dada não sei, mas por enquanto, o que vale discutir aqui, é o fato de que dos losties destacados nos números malditos, apenas o nome de Locke fora riscado por motivos óbvios: ele está morto na ilha. A partir daí, à princípio dá para concluir que à medida em que candidatos morrem, seus nomes acabam riscados, mas será que a explicação se resume a isso? E mais, se a explicação de (F)Locke a Sawyer dizendo que Jacob se valeu de momentos de fragilidade nas vidas dos losties para começar a recrutá-los como possíveis candidatos é verdadeira, por que o nome de Kate não aparece ali? Um indício de que ela talvez não tenha sido escolhida como candidata? É provável, e isso não deve ter nada a ver com o fato da lista ser exclusiva aos homens. Sendo assim, se eu acreditasse na teoria de que Jacob é Aaron, diria que ele escolheu Kate para outra missão não menos importante: ser a mulher que cuidaria dele ainda criança. Faz sentido? Talvez.

    Nota: O Kwon da lista deve mesmo ser Jin. Um argumento a favor disso? Como sabemos, Ilana conhece Jacob e pode ter conhecimento exato de quem estava na lista de candidatos. Um indício? Sua conversa com Sun afirmando que Jin deveria estar no Templo, local que supostamente protegeria os candidatos de Jacob.

    E finalmente, chegamos às três escolhas apresentadas por (F)Locke a Sawyer: 1) Não fazer nada e pagar para ver se seu nome seria riscado (o que parece indicar morte, como apontei antes). 2) Assumir o posto e proteger a ilha, que nas palavras de (F)Locke não precisa ser protegida de nada, ou 3) Ir embora e nunca mais olhar para trás. Desse cenário, o que mais chama a atenção no momento, é que o monstro diz precisar de Sawyer para poder sair. Assim, com a concordância do ex-golpista, a nova dúvida que surge é: (F)Locke precisa de um novo ‘hospedeiro’, ou há algum detalhe fundamental nessa jogada que nós (ou apenas eu, talvez) ainda não pescamos?

    Repercutindo o episódio

    “...as motivações do Homem de Preto foram esclarecidas de vez, bem como os motivos que o levaram a matar Jacob e a assumir a forma de Locke. Como se não bastasse, os realizadores retomaram as referências ao "Preto x Branco" que dominavam a série desde o início e começaram a sugerir uma possível explicação para os números... Um excelente episódio que, além das várias respostas, funcionou muito bem do ponto de vista dramático.”

    Pablo Villaça – Cinema em Cena

    “Definitivamente explicadas estão todas as desesperadas ações do velho que passou a acreditar graças à chance dada pelo acidente: sim, ele jamais queria voltar para sua realidade patética e assim descansará eternamente naquele lugar, ainda tendo “o pior funeral da história”, cuja única pessoa apta a falar de suas qualidades fora seu próprio assassino.”

    Bruno Carvalho – Ligado em Série

    “Inside joke!! Quão maravilhosa foi a cena em que o homem de preto pega a pedra branca (que simboliza o bem, e até agora, Jacob) e joga ela fora, fazendo com que a pedra preta (o mal, ou seja, o homem de preto) pese mais. Seria essa uma jogada dos produtores para que comecemos a ver as coisas com outros olhos, sem tentar escolher e indicar um bem e um mal?”

    Caio Mello – Apaixonados por Séries

    “Em The Incident, vimos Jacob fazendo entrevistas bastante discretas com diversas pessoas e aqui descobrimos para qual emprego: o de protetor da ilha. Ainda não sabemos o que exatamente isso significa, mas quem quer que seja o “escolhido”, será o soldado mais importante da guerra que está por vir e certamente se desdobrará de uma maneira maravilhosa nos episódios finais.”

    Mateus Borges – Série Maníacos

    “Num dos momentos mais esperados por todos nós, Fake Locke leva James a uma caverna absolutamente misteriosa, com as pedras branca e negra, representando o equilíbrio, logo na entrada... Jacob, ao aparecer em momentos cruciais da vida de cada lostie, os recrutou e manipulou, de modo a garantir que fossem para a ilha, como candidatos a substituí-lo na tarefa de proteger a ilha. Quer dizer, pelo menos foi isso que o Fake Locke disse. Vocês acreditam ou não?”

    Juliana Teixeira – Teorias Lost

    “ No início da série, (o produtor) Damon Lindelof costumava dizer que quando chegasse a hora de reveler as grandes respostas, o público ficaria invariavelmente desapontado porque elas não correponderiam ao que esperavam ou porque elas eram exatamente aquilo que esperevam (e assim não seriam surpreendentes). Nada do que vimos relacionado a Jacob parece depor contra o compromisso dos produtores com o público, mas até agora, quanto mais eu descubro sobre a mitologia, mais eu quero ver a trama se focando nas pessoas, no lado cômico, na ação e nas muitas outras partes de Lost que não tem a ver com responder perguntas...”

    Allan Sepinwall – What’s Allan Watching

    “ Os infames números da loteria de Hurley, que apareceram na série várias vezes, na verdade correspondem a nomes da lista de candidatos de Jacob. Esses candidatos são os próximos na linha sucessória para ‘proteger a ilha’... o que, sejamos honestos, à essa altura tem que ser o mundo, certo?”

    Kristin dos Santos – Watch with Kristin

    “Eu espero que a série pare de introduzir grandes novas perguntas e se foque mais no lado emcional e psicológico dos personagens. Não quero ver apenas problemas sendo resolvidos e respostas sendo dadas nessa última temporada, quero sobretudo me divertir. Eu aceito essas reviravoltas malucas, mas idealmente elas tem que ser instrumentos para os personagens.”

    Maureen Rayan – The Watcher (Chicago Tribune)

    “Terry O’Quinn é o cara. Parabéns para quem fez de “The Substitute”, o primeiro e verdadeiro grande episódio da temporada carregado de mitologia que capturou e galvanizou a narrativa da ilha e provou que o artifício da realidade paralela é capaz de produzir momentos poderosos e tocantes, mesmo que ainda não tenhamos qualquer ideia do que aquilo tudo significa.”

    Jeff Jensen - EW

    “... apesar de muita gente reclamar do episódio anterior, não vejo muita diferença na forma de entregar a resposta no final. Claro que a revelação sobre os candidatos à sucessão de Jacob, além de um dos usos dos números, é muito mais recompensadora do que visualizar Claire vagando como louca pela Ilha. Óbvio também que não teria a menor graça se muita coisa já fosse revelada anteriormente. Mas meu receio é que a série caia nessa armadilha de prestar contas no final.”

    Eric Fuzzi – Comentários em Série

    “Na semana passada comentei que faltou equilíbrio no ritmo dos três primeiros episódios desta sexta temporada de Lost. A premiere foi rápida demais, com muita coisa ocorrendo em pouco tempo, já o oposto aconteceu no terceiro episódio que foi arrastado e perdeu um tempo valioso num flash-sideways desinteressante. Felizmente, tal equilíbrio foi encontrado em The Substitute, episódio centrado ao mesmo tempo em Locke e no inimigo de Jacob.”

    Hélcio Moreira Jr. – TV em Série

    “Ainda que eu esteja gostando desta temporada, é bem verdade que sempre espero muito mais de uma série como Lost. Sabemos da capacidade dos roteiristas de se reinventar (como já foi discutido em resenhas anteriores) mas, até agora, para uma série que vem tratando essa temporada final como o evento da televisão, as tramas não me parecem exatamente coesas... De qualquer maneira, Lost vai moldando o seu final. Só espero que a série não caminhe para um fim triste e lamentável, depois de seis temporadas de mistérios, teorias e perguntas sem respostas.”

    Vinícius Silva – Sob a Minha Lente

    “'The Substitute' é um episódio repleto de questões, sejam esclarecedoras ou não, e elas sempre podem apontar respostas. É altamente simbólico, e símbolos levam a reflexões, que também podem terminar em esclarecimentos. Seu total entendimento - e considere-se 'entendimento' dentro dos padrões de Lost - depende da revisão de cada cena, de sua colocação em relação a fatos passados, da revisita a momentos de outrora relacionados aos atuais, e de muita análise acerca de seus próprios fatos e dos mistérios nele tangenciados, como os números e as intenções do líder espiritual da ilha.”

    André Gomes e Natália Camilo – Previously on Lost

    ““The Substitute” é de fato um episódio sobre libertação, e em diversos aspectos. Fora da ilha, é a cirurgia salvadora, a nova chance na vida, o amor se sobrepondo a um grande mal; nela, é o desejo de regressar literalmente ao lugar em que acredita se pertencer, e a necessidade de conhecer a verdade para que ela te deixe livre. Bíblico, não?”

    Carlos Alexandre Monteiro – Lost in Lost



Acabou? Claro que não. Dudecast 41 vem aí!

128 comentários:

Marcelo disse...

Acredito que o Flocke nao seja tão bom assim como estão pensando e o garoto loiro com certeza é Jacob.

lulu disse...

Eu fiquei tão emocionada com o enterro de Locke. Foi tão triste :(
Realmente Michael Giacchinno faz um ótimo trabalho com a trilha de lost.

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

Eu não acredito que o menino loiro seja Aaron, e que Aaron seja Jacob. No primeiro momento acho pode ser Jacob jovem ou como vc disse Davi pode ser uam terceira entidade da ilha.

lulu disse...

O cara que está no quadro tá me lembrando Gerard Butler hahaha..
Vocês repararam na blusa que a noiva de Locke está usando quando chega a bagagem perdida em casa? "Peace & Karma".

Blondie disse...

AAAAAEEEEEEEEEEEEEEEEEE!

Júlia G H disse...

Pelo que entendo o monstro podia anteriormente assumir várias formas das pessoas mortas, mas depois de "incorporar" Locke ele ficou preso, somente depois da morte de Locke ele não pode mais mudar o "figurino". A partir desse momento não podemos assumir que as aparições suspeitas sejam o monstro.

glauber gorski disse...

Excelente post! E sim, também torci pelo tiro de Sawyer.

Rafael disse...

Talvez Kate não tivesse sido visada mesmo para estar na ilha da primeira vez. Digo isso porque o nome Mars (Edward Mars?) estava na lista de Jacob, então ela tinha sido nada menos do que um instrumento para ele chegar na ilha.

Seria interessante vermos que nem todos os personagens são tão importantes como desde sempre tentamos encontrar as respostas conectando-se a eles. Principalmente Kate, que é uma das protagonistas da série.

Quanto a visita de Jacob à Kate poderia ser para ela embarcar no Ajira-316.

Filipe disse...

E o Hurley paralelo é sortudo mesmo: quando o Locke quis arranhar o carro dele, a rampa emperrou!

CaroL disse...

Queria ter tempo e paciência pra fazer um paralelo do que cada um dos riscados na lista fizeram de "errado" na ilha. não é possível que nome riscado signifique só nome de morto.

Saulo disse...

Tava loco esperando esse post. Muito bom, como sempre.
Eu acho que, como foi dito no post, o garoto é uma terceira entidade na ilha, mas quando ele fala "Você não pode mata-lo" para o Flocke acho que ele se referia a Jacob e não ao Saywer.

manu laragnoit disse...

Mas Kate também recebeu a visita de Jacob quando era pequena.
Aaron tem tido bastante importância durante toda a série. Acho que ele possa ser sim Jacob.
Por isso a visita de Jacob a Kate.

Fani disse...

Será que quando o menino loiro disse: "Você conhece as regras, você não pode matá-lo", ele não estava se referindo ao Jacob? Ao fato de o (F)Locke ter sido o mentor da morte dele e de que na verdade ele não pode morrer?

Outra questão é que acho que o fato de (F)Locke não poder mais trocar de forma também está relacionado à morte de Jacob. Uma vez que ele assumiu uma forma e matou Jacob ele não pode mais trocar.

Só palpites.

Irena Grassi disse...

Pessoal, vcs repararam que naquela lista de pessoas riscadas pelo Jacob, tem o sobrenome "Straume"? O Miles tem o sobrenome Straume, mas ele não morreu...Outra coisa a se pensar é que os pais deles tinham outro sobrenome, "Chang". O q será q este Straume significa?

ૐ ..:: Renatão ::.. ૐ disse...

acredito na teoria de que Jacob é Aaron, o que corrobora com a ideia de Jacob não tê-la colocado na lista de "candidatos" justamente para proteger aquela que um dia o criou com amor e não expô-la aos riscos que tal cargo traria...Mas as duvidas quanto a escolha "aleatória" dos bad numbers e associá-las aos losties continuam. Não consigo ver qualquer relação para eles qdo penso no episodio "the incident" onde eles gravam os bad numbers na escotilha. De onde entao viria aquela lista na ocasião? Jacob teria manipulado alguem da Dharma? Não vejo qquer ligação... Parabens pelos easter eggs, realmente essa do Urso polar passou batido por mim :)

camilla disse...

ainda acho q a Kate seja mt importante e q essa historia dela nao ter o nome na caverna significa algo importante para a série, pq ela ia ser a protagonista no começo da seria, pois o jack morreria, entao nao acho q colocariam ela como uma personagem tao secundaria, ja q varios personagens "menos importantes" tem o nome la!!!!!! quero mt saber essa historia!!!

mas tirando essa parte da caverna, nao gostei tanto do episodio preferi o da semana passada!!! achei esse mt parado tb e com poucos persnagens!!!!

Michel. disse...

55, BURKE - Juliet
147, LEWIS - Charlotte (ou o Pai ou a Mãe)
313, LITTLETON - Eu acredito que seja a Claire, já que está riscado.
321, FERNANDEZ - Nikki
335, HENDERSON - Rose, com o nome de solteira.

Acho que a lista não é exclusiva aos homens.

Caio Augusto disse...

Para o comentario de que o menino seria o Jacob e que o sangue seria referencia ao fato de esta morto, pode se pensar tambem na expresão "Sangue nas mãos" que refere ao assassino e não a vitima, isso é uma possibilidade. Quanto a possobilidade de Ben conhecer a ilha eu acredito muito que sim, afinal se as coisas foram mudadas foi apartir do momento que detonaram a bomba ou seja, tudo que aconteceu antes, aconteceu. Será que o motivo da Sun não ter voltano no passado como os outros deve-se ao fato dela não ser uma candidata? E que quando Jacob disse "Eles estão chegando" seria a respeitos dos candidatos? Que chegue logo o proximo episodio.

Ramon Bittencourt disse...

aí DUDE! parabens pelo megapost! foi bem informativo e gostoso de ler.
aguardando o Dudecast!!!
e claro, o próximo episódio de Lost.
abraços.

Fagner disse...

As respostas estão sendo dadas...

O que ando sentindo falta em LOST são os finais "inacreditáveis" nos episódios... Mas estou achando muito foda a temporada, de uma forma geral...

E esse episódio foi realmente revelador... Acho que outro como esse, só quando vier o do Ben...

Até lá, acho que vão enrolar um pouco com Jack e Saiyd

Fabricio Dolci disse...

Ahhh, acho que se fosse do Jacob que o garoto estivesse falando, o [F]Locke já teria sido punido pelo próprio garoto ali mesmo... provavelmente ele estava se referindo ao Sawyer e o garoto sabia que o [F]Locke tinha a intenção de matá-lo!!!

Blondie disse...

Também não acho que ser riscado signifique estar morto! Até porque, tal como vi no lostpédia em inglês, a Juliet morreu DEPOIS do Jacob. Então restam duas hipóteses:

A) ou ela foi riscada antes por outro motivo

B) foi o monstrinho que a riscou

As duas são prováveis, mas prefiro acreditar na primeira já que o nome de Miles também está riscado e ele não está morto!

vgsouza disse...

Uma coisa eu acho certa nesta temporada final: os flash sideways não é uma mera realidade alternativa q será ignorada. Prvavelmente estamos assistindo os "finais" de todos os personagens através deles. Duvido que chegue uma hora e uma ou outra realidade prevaleça. Na minha opinião, o que está sendo feito na ilha vai levá-los ao q está sendo feito no flash sideways, com alguém (Richard? Aaron? Desmond?) ocupando o posto do Jacob. O fato do Desmond aparecer no avião não o tira da lista de novo ocupante do posto, visto q o Jacob aparecia fora da ilha.

Duda Junqueira disse...

Algo me muito intrigava em Lost foi finalmente respondido. A dinâmica envolvendo o que as "entidades", Jacob e seu rival, podem fazer ou não.
Tudo parece girar em torno do livre arbítrio e eles (as entidades) nada podem fazer para impedir que as coisas sigam o rumo normal. Vemos isso quando Bem mata Jacob e ele nada faz para impedir, quando o Nemesis diz a James Ford que Jacob induziu as escolhas de sua vida para os atrair para ilha, e fica bem claro também quando o garoto na selva diz ao Nemesis sobre as regras que existem em matar alguém na ilha.
O livre arbítrio deve ser o tema central desta 6o temporada na minha opinião.

Luiz Junqueira / SP

Nana Ribeiro disse...

pq será que o Miles foi riscado da lista?!

acho que tá tdo mundo perdido. inclusive Suas Excelências, os Produtores.

Deco disse...

Assistam esse video. Impressionante. Agora acredito que Jack e Locke se tornarao os proximos Jacob e MIB. Vejam e deem suas opinioes: http://www.youtube.com/watch?v=vqruY6tlay4&feature=player_embedded

Marcus disse...

Davi Garcia, estranhei que na lista de comentários sobre a repercussão do episódio 4 não conste o de Claudia Croitor, do site Legendado, como das outras vezes. Será porque ela é a única voz realmente crítica sobre esta temporada de Lost?

Rodrigo Cerqueira disse...

A questão de (F)Locke não poder mais assumir pode ter mesmo ligação com a morte de Jacob. Talvez, apenas um dos dois possa ficar "livre", algo como "desencarnado". Então, quando Jacob morre e o corpo que ele ocupava é queimado, agora é ele quem está livre, enquanto o (F)Locke está preso ao corpo de Locke.

Adorei ver a ilha pela perspectiva do monstro de fumaça.

Jana Oratz disse...

Okey, temos algumas respostas...
mas eu me sinto mais perdida do que nunca...

Din disse...

Bom, três observações:

1 - Acredito que na realidade paralela, Locke pode ter sofrido outro tipo de acidente, pois pelo que lembro quando ele caiu do prédio e Jacob o tocou, parecia que tinha morrido.
2 - Acredito tbm que o Jin seja o canditato, pois o (F)Locke esteve com a Sun e nada fez.
3 - Bom, no caso do garoto na selva, só os canditatos do Jacob poder ve-lo, se for assim, Jin que seria um canditato poderia ver o Jacob no primeiro episódio da temporada!!!

Acho que tô viajando d+++.

Thiago Neres disse...

Acho que a cena onde o menino (suposta terceira entidade, na minha opinião) aparece, faz uma referência muito grande a outra cena.

Quem lembra ainda de como a filha de Rousseau e Ben acabou morta?

E o Ben falando que "as regras foram quebradas e mudadas?"

Acho que falta observar e teorizar mais sobre isso daí, porque para mim foi uma clara referência a olhar para trás e relembrar de Widmore.

marco disse...

ola ,meu nome e marco e assistido o episodio ,pensei numa coisa , porque o nome do desmond nao esta na caverna ,bem ele nao é um candidato ,mais ate agora o personagem esta coberto de misterios ,que ja a algum tempo ,não se fala mais na serie ,.
pergunta .onde sera que desmond se encaixara nessa ilha com jacob morto ,o flocke ,os candidatos e o misterioso menino????? oque sera do broyha??

Lionel Leal disse...

Duas observações:
1. Não acho que Locke Falso PRECISE de Sawyer para sair. Acho que ele quer apenas reunir todos os candidatos a Jacob e retirá-los da Ilha ou matá-los, evitando assim que seu adversário ressurja.
2. Você falou que aqueles que morrem têm seu nome riscado -- mas, de fato, não deve ser apenas isso, já que os sobrenomes de Claire e Miles estão riscados também. Talvez sejam riscados aqueles que foram "descartados" como possíveis substitutos de Jacob, seja por estarem mortos, seja por qualquer outro motivo que ainda desconhecemos.
No mais, grande post. Gosto muito dessas postagens de Easter Eggs que você faz.

Ganso disse...

Ah Puta que Pariu, quase morri de ansiedade aguardando esse post.

Vício é vício.

Abraços

Ganso

davidpontocom disse...

Meu palpite é q o nome Kwon seja também o de Jin. Isso faria sentido pq qd o avião Ajira caiu ela se separou inexplicavelmente dos demais losties. Somente Kate, Jack, Sayd, Hurley + James e Jin (que já estavam na Ilha) ficaram na mesmo espaço/tempo.

Outro palpite meu é que no final da série teremos mais 2 "preto" x "branco". Saywer (Preto) no lugar do FLocke... e Jack no lugar de Jacob (Branco).

Oq acham?

David Oliveira

Ivan disse...

Sim, temos respostas, mas eu achei a maioria ruim, quer dizer então que tudo não passa de uma guerra entre duas entidades?

Depois de todos os mistérios a gente vai descobrir que era só uma seleção pra escolher quem vai ficar fazendo tricô no pé da estatua?

Ainda espero algo que me surpreenda pra esse final.

André disse...

Olá Davi, Juliana e Fernanda.
Primeiramente, obrigado mesmo pela citação do Previously on Lost entre os blogs e sites na área de repercussão do episódio. Até amanhã, nossa análise estará completa, e virá de forma a somar com o excelente trabalho que desempenham desde tanto tempo.
Quanto aos mistérios, um deles em especial me chamou a atenção: o fato do MIB estar preso na forma de Locke. Me ocorreu que, talvez, parte dos seus poderes dependam da presença viva de Jacob na ilha, como que se algumas das propriedades e possibilidades do local resultassem de sua comunhão com o líder espiritual.
Só uma idéia.
Grande abraço!

Evandro Nunes disse...

Parece que Miles está na lista com o sobrenome Straume. Ele está vivo e foi riscado.

Pamela disse...

Otimo post, estava esperando por ele.. hehehe

Também acho que Kate deveria estar na lista, pois Jacob se encontrou com ela no passado....

Bom.. Mas LOST é LOST! =]

Malucom disse...

2 teorias:

Tem gente especulando que a kate estaria destinada a ser uma ford ou shepard, e isso a incluiria entre os condidatos

O Homem de Preto teria sido um dos candidatos de jacob no passado. Só que ele se revoltou por ter sido "arrastado pra ilha" e por isso ele ta desesperado pra cair fora dela.

Até que fazem sentido não?

Edu disse...

Ben virou professor porque após a explosão da bomba a ilha afundou então na realidade alternativa seu pai nunca foi contratado pela Dharma e nunca o levou para ilha quando criança.

Acredito que na realidade paralela a ilha foi destruída como mostra no episódio 1 da temporada onde é possível ver o pé da estátua no fundo do mar.

Nana Ribeiro disse...

A lista de nomes na Lospédia é ótima, já relaciona o nome à pessoa (se a conhecemos um dia, se foi citada), e se está viva ou não http://lostpedia.wikia.com/wiki/Candidates

O resultado é que os nomes riscados, aparentemente, não são só de mortos mesmo, os Nadler (Rose e Bernard) tbm estavam riscados, assim como Littleton, Straume. Pq então eles foram descartados?

E David, aparentemente não é mesmo uma lista masculina, estavam lá tbm Rousseau, Burke e Fernandez (Nikki).

Tem outras curiosidades tbm como o nome Brennan, q é do cara da equipe da Rousseau e tbm da família do Tom, melhor amigo de infância da Kate.

Tudo isso é muito lega, mas confesso estar cansada de perseguir pequenos detalhes a essa altura da história.

Beijos

Eugenia disse...

Hum! Estava louca para este post chegar! E como está bom! Mal posso esperar o próximo episódio.

TF disse...

No fim da temporada 5, nos é mostrado a conversa de jacob e o homem de preto, o cara de preto diz que na opinião dele NENHUMA PESSOA DEVIA HABITAR A ILHA, já jacob diz que APESAR DOS ERROS DAS PESSOAS ELAS MERECEM A CHANCE DE MELHORAREM E ESTAREM NA ILHA.

Por isso acho que o homem de preto MENTIU PARA O SAWYER, assim como RICHARD ALPERT QUERIA LHE FALAR, o homem de preto na verdade quer matar todos os possíveis candidatos a líder da ilha!!!

Outra coisa, para mim a caverna não é de Jacob, e sim do MIB. Todos aqueles que ele conseguiu tirar do caminho certo ou provocou a morte são riscados por ele, e não por Jacob.

O objetivo dele agora é eliminar todos os nomes que faltam, indusindo Sawyer a pensar que estariam saindo da ilha, mas na verdade quer matá-los!!!!

O que acham?

Bruno disse...

Littleton também foi riscado. Claire e Aaron estão vivos o.O

Nana Ribeiro disse...

Jacob x MIB não me parece uma questão de Bem x Mal e sim uma questão de Livre arbítrio x Destino ou Fé x Empirismo.

Jacob não é bom ou mau ele é como Deus, todo poderoso tanto zelando por seus filhos, quanto julgando-os. o MIB seria uma espécie de libertador.

muito estranho?

TF disse...

palpites e questões, podem ser contraditórios mas lá vão...

Aaron e jacob podem ser a mesma pessoa, porém a criança que aparece tem olho castanho, ou seja, não é nenhum deles.

Se todos os outros nomes podiam ser candidatos, por que só sobraram aqueles que correspondiam aos números daquela ordem já conhecida?

Os números representavam azar e tragédias nas primeiras temporadas! Se Jacob é do bem, quem escrevia os números e os relacionava com as pessoas era o MIB!

Alguém ou o coordenador do site me ajude, poste e comente sobre a primeira CONVERSA que vimos na 5ª temporada entre JACOB E O HOME DE PRETO!!! Acho que podemos tirar várias respostas de lá, depois de ver o episódio "The Substitute"...

TF disse...

EstavA numa postagem do site de 2009: O ator Titus Welliver (MIB) disse que acredita que exista um poder ainda maior ao qual os dois respondam.

Está aí: É A CRIANÇA QUE APARECEU, ainda não sei quem ela é, mas parace que coordena os dois, e ao dizer "você não pode mata-lo", se referia ao MIB ter quebrado as regras!

Outra coisa: Se é uma disputa não existe o bem e o mal, o brando e preto representam apenas idéias opostas, cada um tem uma visão diferente!!!!!!!!

Talvez nenhum DOS DOIS queira ajudar os LOSTIES, o mib quer sair da ilha e jacob achar um substituto, NÃO ESTÃO NEM AÍ PARA OS SENTIMENNTOS DOS PERSONAGENS, ESTÃO APENAS MANIPULANDO-OS!!!

Lucius disse...

Acho que o garoto que apareceu está relacionado a algum evento do passado em que houve uma morte. E isso deve ter causado muitos problemas na ilha. Por isso foi criada a regra, que até o Ben e o Wildmore não ousaram quebrar: um matar o outro.
Quanto ao Sawyer, quando ele estava sendo tratado na Estação que o Desmond trabalhava, num episódio ele, com febre, falou como se fosse o padrastro da Kate. Depois essa viu o cavalo preto (que ela tinha visto fora da ilha) e o Sawyer também viu o animal. Já era um sinal que ele tinha certos poderes também.

Leandro Ricardo disse...

Cara... Fiquei confuso agora.

Sobre os flash-sideways não tenho do que reclamar. Estão fluindo muito bem. E creio que irá se encaixar em toda a trama na hora certa.

O que tá pegando é que a cada mistério respondido, aparecem duas ou mais perguntas.
Só nesse episódio por exemplo foram:

- Porque a kate não apareceu nos nomes da caverna?
- Quem é o moleque-loiro-da-floresta?
- Porque o (F)Locke está preso no corpo e na situação em que se encontra (pois diz estar preso na ilha(?) ha muito tempo)?

Outra coisa são algumas tramas esquecidas. Espero que seja algo momentâneo e que a qualquer momento apareçam na série. Como por exemplo:

- Porque os 'guarda-costas' de Jacob tentaram recrutar o Miles no episódio passado?
- Por causa desse universo paralelo, as outras tramas envolvendo Wildmore, Eloise Hawking, Penny e cia. serão descartadas?
- E porque o Desmond (isso vem acontecendo desde a temporada passada) perdeu seu papel de destaque na série? Parece que os roteiristas se cansaram dele.

Bem... Vamos esperar pelo próximos episódios e ter fé que todas essas perguntas sejam respondidas.

Vou me contentando por enquanto com os ótimos posts e podcasts aqui do Dude!

Abraço a todos!

Ana Maria disse...

Eu concordo que:

1. A fumacinha ficou presa na forma do Locke depois da morte do Jacob, pois, apesar de não ter matado o cara com as próprias mãos, foi o mandante do crime e está de castigo.
Pois antes ele sempre assumia várias formas. Acredito que ele assumiu a forma do padre irmão do, do, do ... como era o nome do traficante mesmo?... pra atraí-lo pra morte, só pra citar um exemplo. E outro exemplo bem recente é qdo Ben vê a filha, que pede que ele faça tudo que Locke mandar. Na verdade, esse Locke já era o FLocke. E a fumacinha tava armando tudo pra manipular Ben, pra que esse executasse seu plano.

2. Já estamos assistindo ao final dos personagens na realidade paralela. Afinal, não vamos esquecer o que a Juliete tentou dizer a James na hora de sua morte: FUNCIONOU!


UMA DICA: O livro favorito de James é realmente uma obra-prima da literatura norte-americana. Um dos melhores e mais sensíveis livros que já li. Recomendo a leitura de Ratos e Homens (Of mice and men).

Tatiana disse...

Como o Aaron seria o Jacob, se o Aaron nasceu muito depois? Não entendi, alguém me explica?

beijos e obrigada

Marco Antonio disse...

Eu entendi o recado "you know the rules, you can't kill him" do menino loiro mais como uma ameaça ao (F)Locke do que como um lembrete ou aviso.

Ou seja, acho que ele se referia à morte do Jacob (causada, direta ou indiretamente pelo monstro de fumaça) do que a uma possível tentativa de matar o Sawyer.

Mesmo por que o (F)Locke estava ali para tentar recrutar o Sawyer para jogar de acordo com seus interesses, de forma que tentar matá-lo não faria o menor sentido.

A propósito, sou fã do blog e não vejo a hora de ouvir o Dudecast deste episódio. :)

V_ Leal disse...

Falar que o menino é Jacob é fácil, arrumar explicação plausível pra isso é difícil. Só pq. o menino tem olhos azuis e é loiro é o Jacob? Não é à toa q. tem gnt q. inventa aque Jacob é Aaron do futuro, apenas pela aparência física. Não faz o menor sentido ser Jacob, q. apareceu normalmente pro Hurley, agora ele ia se mostrar adolescente, adulto e velho?!!

Pra mim ele é uma terceira entidade que assim como Flocke está "travestido".

Flocke disse q. quando era de carne e osso feito o Sawyer, perdeu alguém q. amava, caso não seja like "sua Juliet", pode ter sido um filho q. ele perdeu. E a terceira entidade usa da imagem desse filho para o atazanar. Como a série sempre focou esssas questões pais e filhos, não acho q. seja tão absurdo pensar assim.

Fora q. quando Flocke estava travestido de Christian, fez questão de ninar Aaron.

E na primeira vez o garoto aparece com o braço sujo de sangue, sangue de quem ou apenas uma representação de assassinato?!

E acho q. Richard não o viu pois ele some rapidamente, já na segunda ele aparece e "fica". O que não era muito diferente quando o mostro da fumaça fazia suas aparições.

Lais Arantes disse...

Aquela foto que o pessoal do cargueiro tem do Ben, parece com o Ben do flash-sideway.

Daniel Romeu disse...

Eu acredito que essa realidade paralela que nos está sendo mostrada é na verdade como seria a vida dos Losties se Jacob nunca os tivessem "manipulado nos momentos de fraqueza para que eles acabassem na ilha"... Faz sentido não?

Daniel Romeu

Doro disse...

Eu tinha percebido o som do despertador do Locke na realidade paralela, realmente um show a parte.

thesocupado disse...

Eu entrei no link para ver a relação dos numeros e vi que tem o nome do Miles lá mas está riscado. Mas pq se ele está vivo?

Carlos Eduardo disse...

Depois que a Juliet explodiu a bomba a estátua que o Jacob morava quebrou e a ilha afundou. De alguma forma, a ilha vai subir do fundo do mar e por isso o navio (Black Rock) vai parar no meio do mato. Lembra que o Ben disse que criavam golfinhos e tubarões na "cela" do Jack na terceira temporada? E aquela porta que quando o Jack abriu pra fugir inundou tudo?
Quando o Ben saiu da ilha a primeira vez ele cuspiu água... acho que é por aí minha gente.

Márcia Regina disse...

Oi David !!!
Parabéns pelo excelente trabalho que você faz aqui, adoro ler tudo que você escreve !!!
Mas me permita modestamente discordar de você quando você diz que com certeza Jin é o kwon a que o n° se refere, na minha opinião é a Sun e não o Jin o possível substituto. Se o Jin fosse um dos canditatos a substituto pq o Ben precisou levar a Sun de volta para a Ilha ? Afinal o Jin já estava na Ilha, embora em 1977, mas não havia saído da Ilha, portanto a Sun não teria utilidade na sua volta. Se Ela "tinha" que voltar deve ser ela a candidata, você não acha?

stifler disse...

Segundo a LOSTpédia um dos nomes que constam na lista é Runtherford (Shannon) e não Carlyle (Boone), mas se essa lista é oficial né ?! e nem tem o número 31 que seria o que corresponderia a Shannon, segundo a Lostpédia, na lista oficial não tem o número 31 e sim 30, que está vago

??????????

Carla disse...

Davi, ainda bem que vc escreveu "... Jacob também tinha essa capacidade de agir como o monstro de fumaça de acordo com a necessidade,"
pq nada me tira da cabeça o fato de que o jacob já assumiu a forma do monstro de fumaça SIM!

Pq as pessoas estão obcecadas com o fato da caverna ser do Jacob ou do MIB?! Ninguém aqui pensa na possibilidade de que ela seja dos 2?! Para mim está mais do que claro que eles são duas metades de um jogo que, de certa forma, se complementam.

Saulo disse...
Eu acho que, como foi dito no post, o garoto é uma terceira entidade na ilha, mas quando ele fala "Você não pode mata-lo" para o Flocke acho que ele se referia a Jacob e não ao Saywer.

concordo plenamente!

Renatão disse...
Mas as duvidas quanto a escolha "aleatória" dos bad numbers e associá-las aos losties continuam. Não consigo ver qualquer relação para eles qdo penso no episodio "the incident" onde eles gravam os bad numbers na escotilha. De onde entao viria aquela lista na ocasião?

eu acho que os números ficaram gravados em vários pontos da ilha pq Jacob os aguardava há muito tempo; o pessoal da Dharma descobriu que, de alguma forma, aqueles números tinham um significado importantíssimo para os fenômenos da ilha e passou a usá-los em seus experimentos. Eu tenho certeza que isso ainda vai ser explicado.

Caio Augusto disse...
E que quando Jacob disse "Eles estão chegando" seria a respeitos dos candidatos?

Para mim, é certo que ele se referia ao pessoal que estava viajando no tempo (Jack, Kate, Sawyer, Hurley, Sayid). Só que ninguém parece ligar (ou comentar) o fato de que Jacob fez questão de dar esta informação para o Flocke antes de morrer, e não o fez de uma forma rancorosa ou vingativa, e sim como se fosse importante que o Flocke estivesse preparado para isso; agora eu pergunto: se eles são inimigos, pq ele estaria entregando o ouro para o inimigo?

Ótimo post do Dude, como sempre!!

Carlos Eduardo disse...

Ahhh, Richard Alpert estava algemado no Black Rock... por isso o Flocke falou das correntes pra ele.

Ueslei Reis disse...

Mais alguém reparou algo como uma sombra em uma das cenas da conversa entre o hurley e o Lock?

A cena se passa em aproximadamente 15:49

Pode ser apenas impressão minha, mas se mais alguém puder dá uma conferida seria bom.

http://img651.imageshack.us/img651/2140/hugo.jpg

Abraços

Carla disse...

"Daniel Romeu disse...
Eu acredito que essa realidade paralela que nos está sendo mostrada é na verdade como seria a vida dos Losties se Jacob nunca os tivessem "manipulado nos momentos de fraqueza para que eles acabassem na ilha"... Faz sentido não?"


BINGO! Eu penso exatamente isso. A questão não é a bomba ter explodido ou não. A questão é o que eles fariam/seriam se o Jacob não tivesse interferido nos seus destinos. E agora? O Locke da realidade paralela não é o homem de fé da ilha?! O homem da fé só existiu pq o Jacob o levou a isso? Ou o Locke vai ser este homem mesmo sem a interferência de Jacob? Qual é o verdadeiro destino de Locke?!

Niko disse...

simplesmente incrível, não sei como eles conseguirão desenvolver tantas histórias, (na ilha e na realidade paralela em apenas mais 14 episódios)

E obrigado ao DUDE WE ARE LOST, pelos resumões e comentários, ajuda e muito a entender a série.

Eduardo disse...

Uma observação, além do despertador do Locke ter o mesmo som do alarme da escotilha, a hora em que estava marcada nele era 8:15

Nadetsa disse...

Gente.....depois de ler mais um pouco e assistir de novo e relembrar as temporadas passadas, me passou uma coisa pela cabeça...pode ser totalmente viajante mas vale a pena compartilhar....

Bom, partindo do principio que as entidades branco e preto sao semelhantes (pela balança com as pedras) entao é de se esperar que o Jacob, assim como o (F)Locke possa assumir outra forma. Ai pensei num fato muito recorrente na 1 e 2 temporada que depois do hatch ter explodido nao foi tao frequente.....aquelas chuvas torrenciais??? pq antes os lostis viviam no meio de tempestades e agora parece que elas nao são tao intensas?? O (F)Locke -preto - assume 2 forma como fumaça negra, será que Jacob - branco- nao poderia assumir uma forma, como por exemplo chuva?? Mais além...acredito que Jacob assuma a forma de "natureza"...ele tem o poder de controlar as coisas (environment)que acontecem na ilha..

Outra coisa pra pensar sobre isso..quando o Ben e Locke vao para se encontrar pela primeira vez com Jacob na cabana, ninguem ve nda....mas ve a cadeira se mexendo (vento) e em outra situaçao, apaga a vela (vento) e faz a casa tremer....

Outro fato, o MIB diz que "ele os trouxe aqui"....o Desmond e a francesa doida chegaram na ilha por uma tempestade assim como provavelmente o navio de escravos, o avião depois de uma turbulencia desgraçada....outra coisa é o barquinho do Michael....foi tao dificil navegar com o Jim e Saywer (mas depois que pegou aquele outro barco dos Outros somente com Walt foi super fácil?)....se é tao dificil assim, pq o submarino ia e vinha facilmente, o cargueiro tb nao foi arrastado para la pelas mesmas razoes??? Para mim o Jacob tem o poder de dizer quem entra e sai da ilha...e so deixa aqueles que estao na lista dele...por isso o (F)Locke nao pode sair sozinho....precisa da ajuda de um candidato... além disso, o "serviço" do (F) é eliminar aqueles que nao estao em lista alguma, que vieram como extras..outra razao pra ele ta puto..ele que faz o trabalho sujo...

Outro fato....cade o corpo que o MIB assumiu quando conversa com o Jacob na 5 temporada?? Pode ser que eles alterem entre as formas, ora somente "humana" e hora "monstro" e muito brevemente podem assum ambas....

Outra coisa é parar pra pensar quando explodiram o hatch....partindo dessa ideia de que Jacob comanda a natureza e pode assumir brevemente uma forma, a liberaçao de energia pode tb estar ligada com a liberaçao do corpo de Jacob....depois da explosão o corpo dele pode ter sido liberado e ele se "mudou" para o pé grande....

So pra colocar mais lenha na fogueira sobre esse assunto, os lost devem ser peos de ambos....alguns do Jacob e outros o (F)Locke....se Jacob possui mesmo poderes da natureza poderia "curar" as pessoas, enquanto isso o (F) nao....ai vem a explicaçao pq alguns adoecem (Jack, Ben, o Sawyer tem que usar oculos, tem infecçao e enxaqueca...e a loirinha la irmao do Boo tem asma...)

Sao tudo teorias, mas quem sabe nao acerto alguma??

Estou louca pra ver o desenrolar de tudo isso!!

Marcos disse...

Hahahahaha.

Eu vi "Ueslei Reis".
Parece o "mostro da ilha" dando uma banda, hahahahha.

Intrigante, não?

Rafaela disse...

Processando..wait

rs

Rafaela disse...

Processando...Wait

rs

P.S.: gostei da teoria acima O.O

Adriano disse...

Galera, sobre os números é muito importante lembrar que eles existem há muito mais tempo que os 6 losties da lista e inclusive quando outros da lista ainda estavam vivos, por exemplo, Goodspeed. Abraço!

Gustavo e Andrea disse...

Galera, sinto discordar da maioria por aqui.
A mim parece, infelizmente, que os produtores se perderam (desculpem o trocadilho infame). Do jeito que a trama está se desenrolando, a ideia que surge é que tudo se resume a um confronto Jacob X MIB. Ou seja, desde o início, Jacob queria recrutar a galera que, afinal, teria embarcado no Oceanic 815.
Nesse contexto, toda aquela lenga-lenga de Iniciativa Dharma perdeu o sentido (três ou quatro temporadas jogadas no lixo). Vale dizer: se for só isso, os procutores poderiam ter pulado da primeira para sexta temporada, já que tudo o mais acaba sendo irrelevante.
Outras coisas tbm me parecem muito sem sentido. Por favor ajudem-me a entender: aquele povo que está no Templo se veste como ex-marujos (teriam vindo do Black Rock?), concordam? Pois bem, a primeira aparição de Richard para o pequeno Ben tbm o mostrava com aquele tipo de vestimenta (ele liderava um grupo chamado Hostis, não é?). Se for assim, dá para deduzir que os Hostis e o pessoal do Templo seriam o mesmo grupo, certo? Ora, se foram os Hostis que tomaram o lugar da Iniciativa Dharma após o "expurgo", então, em tese, não deveria haver ninguém no Templo (ou esses seriam um terceiro (?) grupo de "Outros" na ilha? - dissidentes do Hostis mas igualmente ex-integrantes do Black Rock?).
Digo isso, pq a aparição daquela galera do templo ficou muito sem razão, na minha humilde opinião.
Outra coisa: no contexto que as coisas se apresentam, qual seria a relevância, afinal, de Charles Widmore?
Mais uma: já não lembro a temporada, mas recordo de ter visto a Claire, após seu desparecimento, linda e formosa na cabana do Jacob, ao lado do Christian. Que história é essa de "infectada" agora? Aparece assim, do nada, como uma Russeau oxigenada?
Olha, espero estar redondamente enganado, mas acho que o pessoal quis inventar demais.
Para mim, enquanto os mistérios giravam em torno de "o que seria a Inicitiva Dharma" a história estava muito mais interessante. Essa coisa de Jacob X MIB simplificou demais. Está até parecendo uma solução encomendada às pressas para terminar a série. Seria melhor, então, que voltássemos àquele episódio do Hurley em que tudo não passa de um sonho, um produto da imaginação dele.
Abraços a todos e até o próximo episódio!

Poko, poko@feijuada.com disse...

Excelente, parabéns ^^

Arthurine disse...

Caraca, já viram esse vídeo ???
http://www.oesquema.com.br/trabalhosujo/2010/02/17/lost-youre-not-in-the-list.htm

Bruno disse...

@Carlos Eduardo

Cara, a estátua do Jacob já tava quebrada nos anos 70. Tanto que quando o pessoal ta pulando no tempo, eles veêm a estátua, e quando param e 1974, a estátua não ta mais lá.

Ueslei Reis disse...

Muito, Marcos.
Talvez nessa realidade o "mostro" já esteja em "casa". XD

Carlos [Puto] disse...

Porque os nomes
Claire Littleton (313)
Miles Straume (171)
Estão Riscados... ?!?
Se eles estão vivos ainda?!

Amenar Neto disse...

A opinião de Maureen Rayan – The Watcher (Chicago Tribune) é precisamente o que penso. Acho que nada é capaz de diminuir essa série. É como a balança de Locke: De um lado, mitologia, do outro, personagens. Temos muito dos dois, e ainda que um lado pese mais que outro, o resultado da equação continua bastante positivo.

robfarah disse...

Dois detalhes:
- aparece uma daquelas aranhas que induzem uma morte aparente no pescoço do corpo do Locke antes deles o levarem da praia da estátua. Será que significa algo?
- não deveria ser possível que o Ben estivesse vivo, porque quando a bomba explodiu ele estava na ilha, mais precisamente no templo, sendo tratado do tiro que levou do Sayid. Essa vão precisar explicar.

Andre disse...

O nomes riscados nao se resumem apenas a pessoas mortas
o nome do Milles(Straume) ta na lista riscado e ele nao esta morto!!!

adilson disse...

encontro de Locke com aluno negro - lembrança de Walt

frase do Ben sobre disco pulando - viagem no tempo do Faraday

Ben era adolescente na ilha antes da bomba explodir - estava se recuperando no templo.

(será que assim resumido vai??)

adilson disse...

Completando meu post anterior:

1. Ben estava no templo quando a bomba explodiu para a realidade paralela. Então, como professor, conhece a ilha e pode ter saído de lá depois da explosão. Ou talvez continue manipulando todos para o retorno, como fez antes.

2. Desmond pode estar no voo com lembranças dos flashes que vimos antes e saber que há uma outra história envolvendo a ilha. "A ilha não terminou com você ainda, Desmond"; "Desmond não segue as regras" - indicativos de que o sumiço dele no voo tem um significado maior e pode ser o link com os que não estavam no voo e têm o ponto em comum com as duas realidade: Hawkings, Widmore, Penny e o próprio Ben.

3. Se tudo segue uma analogia ao que vimos até então, o encontro do Locke com o aluno negro pode ser referência a Walt, bem como o disco pulando à explicação de Faraday sobre os saltos no tempo.

Dany Graziani disse...

Uma dúvida: O (F)Locke deixou bem claro que Jacob manipulou os Losties para eles irem para a ilha. OK, mas como se deu essa manipulação? Apenas por meio daquele único encontro que ele teve com cada um?!
Claro que, no caso do Hurley, a manipulação ficou bem clara...mas e com Kate e Jack, por exemplo? Como aquele único encontro os fez irem parar no Oceanic 815 e cairem na ilha?

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leandro Ricardo disse...

Comentário de Gustavo e Andrea:
"Do jeito que a trama está se desenrolando, a ideia que surge é que tudo se resume a um confronto Jacob X MIB. Ou seja, desde o início, Jacob queria recrutar a galera que, afinal, teria embarcado no Oceanic 815.
Nesse contexto, toda aquela lenga-lenga de Iniciativa Dharma perdeu o sentido (três ou quatro temporadas jogadas no lixo). Vale dizer: se for só isso, os produtores poderiam ter pulado da primeira para sexta temporada, já que tudo o mais acaba sendo irrelevante.
Outra coisa: no contexto que as coisas se apresentam, qual seria a relevância, afinal, de Charles Widmore?"


Então... Isso é exatamente o que está me incomodando.
Nem é tanto o fato de novas perguntas estarem surgindo (apesar de ser a última temporada e o tempo para explicar tudo estar terminando), e sim pelas tramas bacanas que 'possivelmente podem' ser simplesmente abandonadas.

Outra coisa são personagens como Wildmore e Ben serem somente piões e não terem conhecimento de nada dos mistérios da ilha (o que não deixa de ser uma contrdição... Lembra daquela conversa de um não poder matar o outro e de regras que foram quebradas? Idêntico ao fatos que aconteceram nos últimos episóodios).

Enfim... Perguntas e mais perguntas!
Vou lá escutar o podcast que eu ganho mais" =D

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Fernando disse...

Minha teoria:
Aqueles nomes não foram escritos por Jacob, são um "controle" do (F)Locke.
A verdadeira lista de candidatos, tem poucos nomes, e é aquela que estava no case de Violão, o (F)Locke não tem como saber quem são os candidatos e aqueles nomes na parede são possíveis candidatos.
(F)Locke não quer sair da ilha, ele quer o domínio total, ele quer a ausencia de Jacob ou de um possível substituto para ele, e a única maneira de conseguir isso é eliminando todos os candidatos.

Essa é a minha teoria. Um grande abraço a todos.

Fabricio Dolci disse...

Vejo as pessoas falando da "explosão da bomba"...

Sinceramente, na minha opinião, se a bomba realmente explodisse, a galera teria derretido junto com a explosão, o que não aconteceu...!!!

lucas disse...

A lista indicada não tá completa pois não consta rutherford , nem o ...wson( que é provavelmente dawson)por exemplo. O fato do nome da kate não ter aparecido pode ser simplesmente que estava em outro lugar. Vocês repararam que o número 108 não aparecia, quem sabe esse não seria o número da kate, ok sabemos que ele não é um bad number mas essa soma também é especial na série...

lucas disse...

também acho que o 42 possa se referir aos dois kwon ao mesmo tempo, quem sabe jacob n~çao viu a possibilidade de uma liderança partilhada, só espero que o fato da tradução daquela tatuagem do jack não signifique que ele seja o líder...
Também discordo davi de sua teoria de ser o Jin, afinal se illana conhecesse os candidatos não pensaria que lapidus fosse um futuro candidato...
Gostaria que fosse hurley ou os kwon

G.S.D.J. disse...

Pessoal.
Vocês lembram quando Ben levou Locke para a cabana, para conhecer Jacob?
Se já era tarde quando o pessoal que carregava o caixão do locke na quinta temporada chegou, pois viu a proteção de cinzas con falhas, e até queimaram a cabana,se não era o jacob, e era o Flocke, quem era então que desde a primeira temporada usou o corpo do pai do jack, matou o piloto do avião?
Quem era o monstro de fumaça se o pedra preta estava preso?
To ficando maluco!!!

Letícia disse...

Acredito que o FLocke estava mentindo para o Sawyer, apesar de não estar claro porquê (na minha opinião, o moleque da floresta se referia ao Sawyer quando disse "Você não pode matá-lo")... Penso que a caverna é do MIB (como disse tb o Luis Fernando), que fez uma lista dos candidatos do Jacob, e risca uma a um conforme eles morrem ou são tirados da jogada. Isso pode explicar porque, por ex., Miles está riscado: o MIB deduziu que ele não era realmente um candidato, ou que ele não caberia na nobre função de "ficar fazendo tricô no pé da estatua", como disse alguém aí em cima... O que me intriga é, partindo do pressuposto que a lista é do FLocke, porque ele não riscou Sayid ainda? Isso quer dizer que ele não morreu? E o que raios é a infeccção? (isso me irrita desde a segunda temporada!)
A balança, para mim, é uma referência a um mito egípcio que diz que, quando você morre, uma entidade X coloca numa balança pedras brancas para o que você fez de bom (referência ao kharma?) e pedras negras para o que você fez de ruim (dharma?). Atirando longe a pedra branca, acho que o FLocke quis dizer, literalmente, "F**a-se o Jacob!". P.S.: E eu ainda acho que o moleque da floresta é o Jacob.

Mari Silva disse...

Tô com Gustavo e Andrea. Grande coisa os nomes nas cavernas... Sinceramente, se eu sou o Ford e quase me mato descendo um fiord ou falésia, sei lá o que era isso, numa escadinha vagabunda, pra chegar no meio de uma caverninha sem vergonha e ler uns nomezinhos numa pedra que, na boa, nao provam nada, absolutamente nada, e nem são nenhuma novidade, por que faz mais de quatro anos que a gente já sabia da tal lista do jacob e se os losties não perceberam isso até agora são muito cegos, na boa, se eu sou o Ford, Tinha atirado o Locke lá de cima.

Tô sentindo cheiro de aranha alienígena no ar. E alguém pode me explicar onde é que o Richard arruma lápis de olho no meio da floresta? O cara apanha, sofre, viaja no tempo e tá lá, com o olho pintado igual a um vampiro emo.

renancst disse...

kkkk o numero do Hurley é 8, sera que tem alguma coisa á ver com Bola 8?! haha

Eugenia disse...

haha, mt engraçado o comentário da Mari Silva. Vampiro emo! Mari, eu tb sempre achei q o Richard era o cara do delineador, mas li q várias pessoas (descendente de árabes, p.ex.) nascem com o olho assim. Como o ator q faz ele tem sobrenome espanhol (Carbonell), é possível q seja isso.

Ivan disse...

Pensei que o Sawyer falava que o verdadeiro Locke era assustador e não que tinha medo. E pra mim o garoto na floresta falava que o MiB não podia matar Jacob e não Sawyer.

A resenha do Vinicius Silva foi com qual mais me identifiquei.

Anderson Cerqueira disse...

Se era Jacob quem riscava a lista, por que ele mesmo não assinalou o nome de Locke que já havia morrido faz tempos? E quem riscou o nome de Juliet? Será que todas essas mortes já "estavam dentro do plano", pois tanto (F)Locke quanto Jacob estavam na estátua quando ela se foi. Isso então justifica o fato do nome de Milles já estar riscado? E seria uma terceira pessoa quem riscaria? DÚVIDA.

Doro disse...

Eu acho que não foi a bomba que afundou a ilha, pois na realidade alternativa nós vemos o Ben como professor e quando a bomba explodiu ele estava sobre a guarda dos outros na ilha, então ou a ilha afundou depois ou os outros tiveram tempo de tirar todos da ilha sabendo da intenção do Jack de algum meio que não foi utilizando o Submarino que era utilizado pela Dharma.

Carol disse...

Uma coisa que sempre me intrigou é o motivo que obriga os dois lados (dark and light) a cumprirem regras como: um não poder matar o outro diretamente. Isso apareceu na conversa entre Jacob e seu inimigo, apareceu naquela outra entre Ben e Widmore no dia que Ben foi avisar que mataria Penny e também ficou claro quando Juliet foi julgada e quase condenada à morte por ter pedido a Jack que deixasse Ben morrer na mesa de operação.

A idéia de que o menininho (tão parecido com Jacob e até sugerindo que seja ele mesmo, com os braços ensanguentados indicando sua morte talvez)possa ser mesmo uma entidade maior que mantém o equilibrio das forças, faz algum sentido. Mas mesmo que não seja essa aparição em forma de criança exatamente, ainda é possível que exista uma autoridade.

disse...

Os nomes riscados indicam que as pessoas deixaram de ser candidatos. Não significa que elas tenham que morrer para isso. Não sabemos ainda o que qualifica uma pessoa como candidata. :P

Carol disse...

Acho curioso que o monstro sempre tenha sido referido como um sistema de segurança da ilha e que agora ele mesmo esteja dizendo que a ilha não precisa ser protegida e que tudo não passa de palhaçada do Jacob.

Yago Auad disse...

tá faltando a austen na parede :x

Pawel disse...

O Lucio Ribeiro do Popload levantou uma bola interessante (http://colunistas.ig.com.br/lucioribeiro/2010/02/17/kasabian-e-o-futebol-vampire-weekend-e-o-carnaval-rodrigo-santoro-e-o-futuro-de-lost-sebastian-bach-e-voce-o-liam-e-as-premiacoes/). Aquele largo close da aranha no rosto do FLocke foi bem suspeito. E se ele foi picado e aconteceu um efeito adverso ao que aconteceu com Paulo e Nikki?

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raphael disse...

" V_ Leal disse...
Falar que o menino é Jacob é fácil, arrumar explicação plausível pra isso é difícil. Só pq. o menino tem olhos azuis e é loiro é o Jacob? Não é à toa q. tem gnt q. inventa aque Jacob é Aaron do futuro, apenas pela aparência física. Não faz o menor sentido ser Jacob."

Por Favor, me diga algo que FAZ SENTIDO em LOST, porque eu realmente não sei, e não estou criticando. :)

Tudo bem que Aaron = Jacob seria algo totalmente presivivel e preguiçoso, mas se for por falta de "sentido" sem problemas. Pois poucas coisas em LOST tem.

Aliás, se o MIB for Aaron da RP e Jacob for o da Real como disse um rapaz num outro POST, será fantástico.

Raphael disse...

" Rodrigo disse...
E mais uma coisa: o Jacob só tocou mesmo no Jack, digo, na pele mesmo. Os outros foram tocados somente na roupa. Parece que ele tocou na pele da Kate tbm, mas ela não seria candidata..."


WRONG !!!!

Ele toca a mão do pequeno Sawyer quando entrega a caneta ao mesmo.

Ele tocou todo mundo. ;)

E a Kate apenas não é candidata, mas pode muito bem ter outra função mega importante.

Pois ela tá muito inútil nessa trama (Jacob vs Amiguinho, é LOST se resumiu a isso), se não tiver essa tal função, creio que não irá durar muito.

De qualquer maneira, ela foi tocada por Jacob, algo de importante ela tem de ter, mesmo não sendo candidata.


Ps: Como sou burro, no meio da 5° temporada eu jurava que a 6° e ultima iria ficar na disputa final entre Ben x Widmore x Volta da Dharma.


Ai como sou burro. ;p

Praticamente Widmore é um peão, Ben é um lixo ignorado pelo todo poderoso Jacob, e a Dharma, ah a Dharma era apenas um grupinho de nerds que acharam uma ilha mágica com super poderes. Ai como sou burro.

Raphael disse...

Caramba eu fiz o comentário de número 108. :o

Que medo*


hehehehehehe

Brincadeira.

Ah, não esquente em lançar os Easter Eggs e comentário tão depressa Davi, não me metendo em sua vida, mas vocês possuem seus trabalhos seculares e na minha humilde opinião pode deixar para atualizar o blog depois, pois quem é realmente fiel ao blog irá esperar.

Abraço

e Parabéns pela cobertura. E a evolução dos Easter Eggs, que apenas daquelas imagens curiosas de 2007, passaram mais para comentários mais especializados, parabens mesmo. ;)

ademirrafaelmg disse...

bom acho q nesse caso Lapidus entra como candidato para substituir o locke como jah q este está morto

Rael Silva disse...

sinceramente, pra mim, a foto na caixa do despedido Locke ta mais pro Vincent do que pra urso polar.

Mr. X disse...

Com Relação ao Ben (professor)...

Mas temos q ver uma coisa, se Ethan q era da Ilha em 1977 eta vivo no "Flash-sideway" pq saiu no Submarino a mesma coisa tem q valer para o Ben.

So q, Ben é mais velho q Ethan, e ja devia ter 10/12 anos em 1977, então esse Ben do "flash-sideway" conheceu a ilha, viveu nela durante a sua infancia e é o mesmo q foi "curado" no Templo dos Outros.

Vamos considerar isso, ate pq seria um erro da produção isso valer para um personagem e nao valer para outro.

Werner disse...

Não acredito que o garoto loiro seja Aaron, porque todos voltaram para a época atual, e Aaron ainda tem 3 anos (ou aproximado), há não ser que seja uma aparição de um aaron crescido, de volta à ilha...

Werner disse...

Uma detalhe, quando Jack conversa com Analucia no aeroporto, em 2004, ele mostra no seu bilhete que seu assento é o 23B - mesmo numero dele na lista de Jacob! Cool! Mas...Analucia lhe diz que o dela é o 42...(Kwon na lista), talvez a ideia de uma lista a partir dos numeros ainda não tivesse sido desenhada pelos criadores, e sim que os Numeros estavam presente na vida dos losties.

Mariana disse...

Vale lembrar que o encontro de Jacob com Hurley e com Sayid foi depois que eles sairam da ilha, não me lembro, mas acho que o encontro com Jack também foi depois. Será que quer dizer alguma coisa?

Lucius disse...

Falam muito da explosão da bomba e de ela ter afundado a ilha. Acho que o efeito foi o mesmo que aconteceu quando o Desmond explodiu a escotilha.

Rick Franco disse...

Davi,
Sobre o (F)Locke não conseguir assumir outras formas, a Ilana diz "not anymore, he's trapped in this form" (não pode mais, ele está aprisionado nesta forma), o que significa que até certo momento ele podia.
Portanto ele poderia, sim, estar assumindo as formas de outras pessoas na ilha.
O que acha?
Rick Franco

Bruno disse...

@Mariana

Claro que o encontro do Jacob com o Jack não foi DEPOIS da Ilha, tanto que acontece aquele negócio de ele contar até cinco o.O

Depois da Ilha, o Jacob só encontrou o Hurley e o Sayid. :D

Play LOST eventos disse...

Se os nomes riscados correspondem aos "candidatos" mortos,por que o "Straume" está riscado enquanto ele continua vivo?

Abraço!

Raquel disse...

acredito que flocke estah manipulando o Sawyer e q akela caverninha nao era do Jacob i sim do Man in Black.

vivian mota disse...

Alguém se lembra que na ocasião da operação do Ben pelo Jack alguém disse que Jack não poderia operar o Ben pois não estava na lista de Jacob?
Seguindo esta lógica, não seria o SHEPHERD da lista na caverna o pai de Jack, Christian?

Fer.nan.do! disse...

Olá, Davi, gostei bastante de seu texto e sua teorias, q por sinal são bastante parecidas com as q venho formulando em minha mente e q acabei de postar quase agora no blog "teoriaslost".

Vou reescrever minhas teorias aqui tbm.

Só uma coisa não sou o maior conhecedor de Lost, nem mesmo vi todos os episódios, e quase não entro em sites q falam sobre lost.

Minhas teorias:

1 - Jacob é o bem, MIB é o mau.

2 - Jacob e o MIB sempre tiveram os mesmos poderes, virar a fumaça negra [existia uma teoria d duas fumaças, a boa e a ruim], viajar no tempo, mudar sua forma e etc.

3 - Jacob pretendia usar a imagem do Sayid quando ele morresse, assim como o MIB fez com o Locke.

4 - O garotinho é a forma não física de Jacob [Aaron nem voltou p a ilha pô], provavelmente assim ele deve ter menos poderes, mas ainda sim é poderoso.

5 - James/Sawyer somente pode ver o garotinho pq ele é um dos recrutados.

6 - Jack e Lock são os personagens centrais da trama toda [segundo li em recente entrevista q Lindelof e Cuse deram], são a fé e a razão, são os rivais, portanto, acredito, q quem tomará o lugar de Jacob como vigilante da ilha, é o Jack, q agora se tornará um "homem de fé". Tbm p ter uma inversão de papeis com o Fake Lock/MIB.

7 - Mesmo o MIB usando a imagem do Lock, ele deve ter absorvido caracteristicas psicologicas do Lock, ou seja, ele não é tão Fake assim.

8 - Os "flash sideways" vão acabar com um grande apagão mental de toda a população mundial e dai então começará "Flashforward". [esse foi palhadaça, mas seria bacana fazer uma citaçãozinha né?]

Bom, é só, espero não ter escrito tanta besteira!

Reflitam!

Letícia disse...

@Raphael

"A Dharma era apenas um grupinho de nerds que acharam uma ilha mágica com super poderes"

Realmente, quando penso que eu achava que o "grande" mistério da primeira, segunda temporada era ESSE, me sinto uma anta!

Maaas e agora, Sres. Produtores, pra resolver esse negócio? Temos menos de uma temporada para descobrir (ou não) o final de Lost... dá até medo de arriscar uma teoria e correr o risco de ser uma anta de novo! Rs

Rodrigo disse...

Acho q o MIB não pode matar Jacob pq senão, ele estará morto tbm.

E Jacob não morreu pq "encarnou" no Sayid.

E disse...

Sobre a ausência de kate na lista de candidatos, alguem considerou a possibilidade de na realidade paralela ela ter se casado com sawyer, e assumido seu sobrenome? Bobagem, né?

Cabelo (Luciano Silveira) disse...

Momento #fail do episódio, porque enterrar somente Locke tendo vários companheiros de Ilana mortos também....

Letícia disse...

caramba, bem pensado, Luciano! Nem tinha percebido isso... fail total

Marco Antonio Barón disse...

Pessoal, me ocorreu algo agora que ainda não vi ninguém falar. Já leram o Salmos 23 da Bíblia? "O Senhor é o meu pastor e nada me faltará..." PASTOR = Sheppard = 23. Que tal procurarmos outras ref bíblicas dos demais?