27/01/2010

Colunista especula sobre possíveis respostas para grandes mistérios de Lost

Num belo ensaio em que destaca a importância das relações paternas na história de Lost e sobretudo do peso que os conflitos nascidos desses relacionamentos tiveram ao longo das cinco temporadas anteriores, o colunista da EW, Jeff Jensen, resolveu se antecipar às resoluções que o último ano da série dará, lançando seus palpites para explicar dentre outras coisas: o que é a ilha, o monstro, os números, o significado da ligação entre os losties, das aparições na ilha, quem são Jacob e o homem de preto e como termina a história de Locke.

Não há spoilers obviamente porque se trata de especulações, mas a leitura é deliciosa e realmente ajuda a abrir a mente para as eventuais respostas que podem vir. Agora, será que você ficará satisfeito se elas forem parecidas com essas?

LEIA MAIS...

    O QUE É A ILHA?

    É uma manifestação literal de uma forma antiga e comum a todas as pessoas de se enxergar o mundo – um local cheio de magia e espíritos, anjos e daemons. A Ilha existe para qualquer um que acredite no conceito de jornada mítica – uma odisséia heróica, um walkabout ritualístico, uma busca por redenção espiritual. A Ilha costumava ser muito maior, e em algum momento pode até mesmo ter ocupado o mundo inteiro. Mas, o ceticismo, o cinismo e a descrença fizeram com que ela se encolhesse frente nossa percepção, tornando-se nada mais que um efêmero pequeno pedaço de terra.

    O QUE É O MONSTRO?

    O monstro existe para testar e julgar a humanidade. Não existe para ser conhecido, daí sua forma nebulosa. Ele foi feito para ser intuitivamente entendido e então combatido. Baseado nas dicas que a série já nos deu, o monstro muito provavelmente é o homem de preto. Portanto, falo mais dele daqui a pouco.

    O QUE SÃO OS NÚMEROS?

    Os números são uma metáfora para o nosso desejo por significado no meio do caos. Eles não tem nenhum poder sobrenatural intrínseco. O que sempre foi mais interessante sobre os Números é sua interpretação. De fato, o único significado que eles possuem é o significado que os personagens – ou mesmo os espectadores – projetam neles. Hurley acreditava que os números eram uma maldição. Portanto eles se tornaram uma maldição.

    TODOS DO OCEANIC 815 ESTÃO LIGADOS?

    Para mim, a noção de que haveriam interconexões predestinadas não era realmente legítima antes do final da 5ª temporada, quando vimos Jacob visitando vários daqueles personagens em seus passados fora da ilha. Antes disso, eu via essa questão mais como um tema a ser discutido do que a ser respondido. Sim, vimos as histórias de alguns personagens se cruzando sob formas diretas ou indiretas, mas era coinscidência ou algo sincronizado? Conspiração ou acaso? Minha resposta é... sim? Se tivesse que teorizar, diria o seguinte: lembra no Matrix quando os heróis viam o mesmo gato preto passando por eles duas vezes em questão de segundos? Foi explicado que aquele experiência de déjà vu literal era uma falha na realidade simulada da matrix que ocorria quando o que era simulado tinha que ser reiniciado ou atualizado. Minha teoria é que as coinscidências e acasos em Lost são algo bem similar – elas são provas de que a realidade está sofrendo interferência. Elas são dicas deixadas para trás pelos conspiradores divinos que tem conduzido as vidas daquelas pessoas numa determinada direção. É claro, que o ‘problema’ desse mistério é que ele não é realmente um mistério para os personagens; essas interconexões são coisas que em grande parte só o público pode reconhecer. É o que acontece na vida real, certo? Nossas vidas poderiam facilmente ser preenchidas com acasos que nós simplesmente não percebemos ou vemos. Assim como os Números, essa é uma questão feita para nossa discussão e debate, mas não algo que a série tenha que responder. A única pergunta que Lost precisa responder é por que Jacob tocou as pessoas que tocou.

    QUAL O SIGNIFICADO DOS FANTASMAS COMO O DO IRMÃO DO MR. EKO, O PAI DO JACK, O CAVALO DA KATE E O GATO DE SAYID?

    Uma palavra: monstro. Historicamente falando, o modus operandi do monstro é se manifestar como representações extraídas das mentes daqueles que vieram para a Ilha para fazer com que essas pessoas reflitam sobre quem ou o que são. Contudo, com os losties, o monstro pode ter gerado as mencionadas entidades para levá-los a cumprir seu grande plano – com exceção de Christian Shephard. Continuo intrigado pelo mistério envolvendo o caixão vazio e o sumiço de seu corpo. Sou aberto à ideia de que o monstro ou outra coisa da Ilha roubou o corpo para manipular Jack a atingir um determinado fim. Mas por enquanto, isso é só a minha teoria.

    Temos que nos lembrar que antes de sua morte, Christian Shepard tinha iniciado uma jornada de heróica. O que envolvia a dele? Enfrentar o alcolismo; exorcisar demônios pessoais; atingir a redenção nos olhos de seu filho, família, o mundo e Deus. Já falei em minhas colunas que a narrativa de redenção em Lost reflete o processo de recuperação de um viciado. Também já falei que um dos modelos de recuperação, o dos Alcólatras Anônimos é fundamentalmente de natureza espiritual. Lembre-se que Christian Shepard tinha aderido a um grupo do AA antes de morrer. Lembre também que Jack interrompeu a tentantiva dele de se redimir e ficar sóbrio ao tirá-lo de seu carro e convencê-lo que seu problema era irreparável e irremediável. Pois é, deixa eu dizer o seguinte: Isso não deveria ter acontecido.

    Jack simplemente ferrou algo poderoso ao atrapalhar a jornada de redenção de seu pai. Mas a boa notícia é que essa jornada não pode ser interrompida ou destruída. Ao iniciar aquela jornada de redenção, Christian Shepard fez uma troca com uma força viva, e essa força vai mover tudo, incluindo a realidade para honrar essa troca. Estou falando de um elemento religioso sério e bem antigo. Aliás, isso é mais antigo que as religiões. Isso é o que o autor C.S. Lewis (citado em Lost através de Charlotte) chamou de “a maior mágica antes do fim dos tempos.” Chame do que quiser, mas eu chamo isso de Jacob, e Jacob é o tipo de cara que honra sua promessa.

    Assim, quando Christian Shepard fez o pedido para que Jacob salvasse sua vida dele próprio e de sua doença, Jacob disse, “Feito.” Gosto de pensar que quando Christian chegou à Ilha, ele completou sua jornada de redenção através de algum tipo de caminho que a série escolheu não revelar. Mas, o estágio final dessa história agora se sincroniza com a grande saga que Lost escolheu nos contar e mostrar. Para completar sua odisséia de redenção, Christian precisa se reconciliar com seu filho, Jack, ou pelo menos tentar fazê-lo. O problema no entanto, é que para que isso ocorra, Jack tinha que querer isso para si também, e isso significa embarcar em sua própria busca por redenção. Penso que Christian tem trabalhado nos bastidores com Jacob ou representando-o para fazer isso acontecer. O processo finalmente, começou oficialmente quando Jacl Shepard ficou em cima daquela mureta de uma ponte e olhando para o céu disse, “Me perdoe.”

    E com isso, Jacob começou a unir os que estavam separados e a amarrar os arcos de redenção dos dois Shepards, o que culminará num último movimento: reconciliação. Isso vai acontecer, e ai de quem ou do que se colocar no caminho.

    QUEM SÃO JACOB E O HOMEM DE PRETO E QUAL É A NATUREZA DO CONFLITO DELES? E O QUE É A ‘BRECHA’?

    Jacob e o homem de preto são daemons que preenchem as funções da Ilha. Jacob é aquele que cuida da Ilha. Eles representam visões diferentes da humanidade que se tornaram mais voláteis, competitivas e hostis à medida em que os séculos progrediam e o homem se aproximava mais de uma visão mais centrada e filosoficamente mais materialista. Jacob é a representação de uma posição de esperança eterna e de progresso espiritual. O Homem de Preto, que também é o monstro de fumaça, assumiu uma posição de pessimismo, cinismo e desespero. Em algum ponto do caminho, o homem de preto/monstro concluiu que não suportava mais a Ilha. Ele está cansado de fazer seu papel nos crescentes dramas de redenção alimentados por Jacob, e por isso ele tem conspirado para subverter e destruir Jacob e acabar com a Ilha de uma vez por todas. Jacob, contudo, sabe disso tudo, e por isso, ele também tem conspirado para subverter e minar os planos do homem de preto. (Note que não falei que Jacob também quer destruir o homem de preto. Penso que Jacob queira manter o homem de preto na Ilha obrigando-o a continuar desempenhando seu papel.)

    Eu não relacionaria valores de bom e mau a Jacob e ao homem de preto., Contudo, eu diria que talvez ambos tenham patinado em suas respectivas conspirações porque violaram uma regra que é maior que os dois: a santidade do livre arbítrio da humanidade. O homem de preto tem usado as pessoas, notadamente Locke e Ben, para executar seu plano. Da mesma forma, Jacob tem usado os losties para subverter o homem de preto. É isso que nos leva à “brecha”. Quando o homem de preto falou em querer encontrar uma brecha, o que ele quis dizer era encontrar uma forma de tornar Jacob numa figura vulnerável para que ele pudesse matá-lo. Para explicar exatamente o que quero dizer, cito outra grande história: Sandman de Nell Gaiman, a saga de Morfeus, o senhor dos sonhos. Nos estágios finais daquela épica fantasia, foi revelado que boa parte da história envolvia uma conspiração planejada pela irmã (Desejo) do herói para levá-lo a cometer um grande erro que iniciaria um processo cósmico que culminaria em sua morte. Acho que o homem de preto armou/forçou Jacob a cometer um erro similar, que nesse caso, era a violação ao sagrado respeito do livre arbítrio do homem. Ao tentar impedir o homem de preto, Jacob teve que se envolver em problemas humanos num nível que não era permitido. (Me parece que o lance de tocar alguns personagens é um indicativo disso.) A consequência para sua transgressão é a mesma que Adão e Eva encararam quando decidiram que seus próprios desejos eram mais importantes que as regras divinas: mortalidade. E foi assim que uma entidade eterna e até então invencível se tornou vulnerável e passível de morte.

    Dito isso acho que Jacob sabia exatamente o que estava fazendo. Ele quebrou as regras e sabia que teria que pagar um preço ao fazê-lo. Sua violação – e sacrifício – não será em vão desde que os losties respondam ao desafio da última batalha à vista. Seja lá o que isso for.

    QUEM SÃO OS OUTROS? E POR QUE RICHARD ALPERT NÃO ENVELHECE?

    Os Outros são uma tribo de pessoas que servem ao desejo de Jacob. Já sobre Richard Alpert, nunca tive uma teoria a respeito dele, e ainda não tenho. Portanto me atenho ao palpite popular: ele chegou à Ilha via Black Rock e recebeu o prêmio de Jacob que era ter uma vida longa.

    COMO A HISTÓRIA DE JOHN LOCKE TERMINA?

    A resolução é a seguinte: No final, Locke será ressucitado e terá vida eterna assumindo o papel que Jacob tinha na Ilha. Como eu já disse antes: prevejo que a última cena de Lost será uma reedição da conversa de Jacob com o homem de preto na praia. A diferença é que dessa vez veremos Locke ocupando o lugar de Jacob. Seu adversário também terá uma nova identidade: Benjamin Linus. E tudo terminará assim:

    Falso Ben: Você sabe o quanto quero te matar agora?

    E então Locke vai olhar para ele com um olhar de reconhecimento e os dois vão rir.


Não sei você, mas se Lost acabar com uma cena minimamente parecida com a que foi descrita acima, estarei mais do que satisfeito.

53 comentários:

Felipe disse...

Gostei, mas o post do cara ignorou totalmente as referências egipcias da série...
E aquele templo? e aquela "casa" do monstro?

Ele tem uma imaginação fértil, e eu gostei da teoria dele, mas não acho que vá ser assim.

L disse...

As teorias que o cara apresenta são boas e fazem sentido, o problema é q elas são muito místicas e espirituais, o q é diferente do q é a apresentado na série. A série tem os dois pontos espiritualidade (Locke, Mr. Eko) e a racionalidade ( Jack). Tem q existir explicações nas duas áreas por que Lost sempre foi assim.

o disse...

"Agora, será que você ficará satisfeito se elas forem parecidas com essas?"

Ficaria 98,5% satisfeito. O único senão é em relação aos números que acho que deveria ter um significado maior.

iigor disse...

achei esse fim que ele disse muito mas MUITO BRUTO...seria lindo se acontecesse isso com locke e ben e a série terminasse assim .. mas dificilmente isso irá acontecer né?
se acontecer eh pq esse cara ja sabia de mta coisa e foi dando brexas de leve iauhiuaha

Kadú disse...

A descrição do que seria a cena final da série me causou arrepios!!! Belo artigo. Valeu David por dividir com a gente.

- disse...

Me desculpe a sinceridade, mas se for assim mesmo Lost terá sido uma bela bosta.

noguera disse...

ola acho que a teoria de locke ser um novo jaccob é uma possibilidade já levada em consideração por muita gente que acompanha a serie ; já a possibilidade de um novo men is black é plausivel de mais mesmo
equipe dude voceis são ótimos sempre coerentes

Davi Garcia disse...

Amigos, só pra reforçar que todas essas especulações são de autoria do Jeff Jensen como apontei no início do texto. Só reproduzi porque, concordando ou não com elas, são válidas para alimentar a discussão.

Abraços!

Leandro Ricardo disse...

Olá Davi... Mais um ótimo artigo traduzido!
E mais uma entre tantas teorias fantásticas sobre o fim de Lost que eu leio.
Espero que os produtores mandem tão bem quanto os fãs na hora de contar o final da série.
Na verdade espero que seja algo surpreendente! =D

alexandre disse...

Bom do LOCKE se tornar como o jacob,eu já pensei.Interessante a idéia de tbm ter um novo personagem representando o MiB.
Pow o final do cara,assumo q até que eu não ficaria decepcionado se fosse assim mas de resto eu acho tudo viagem,muita coisa espiritual e mitologica.Se fosse para falar de mitologia tinha q ser egípcia,talvez um pouco hindu eu acho.
Mas realmente assumo q essa leitura foi muito válida,para pensarmos em nossa teoria...Será q ela estaria assim tão diferente da dele??

abraços!

Gilberto disse...

lol

Se a cena final fosse essa, seria demais!

Gostei das teorias dele, mas também acho que falta um pouco da explicação racional e também dos elementos egípcios que estão inseridos na série...

Daniel disse...

Achei muito boa a ideia do final, seria pra fechar com chave de ouro mesmo e eu acredito que da parte do Locke o final deve ser por ai, algo que gere uma redenção pra ele e que o faça seguir na ilha desempenhando esse papel do Jacob, afinal de todos ali ele sempre foi o único que acreditou na ilha e no seu poder desde o inicio da série.

As demais explicações são plausiveis mas como tem muita mitologia envolvida não sei, o final foi a coisa mais coerente de todas as teorias do cara. Boa matéria.

Felipe Antonio disse...

Caraca, esse final que ele criou ficou muito interessante. Aliás, creio que é fácil de pensar num final desse tipo para a série, a cena da conversa do Jacob e seu colega tem muita cara de fim.

jacquechicle disse...

Gato do Saiyd???????

david. disse...

Muito boas teorias de Jeff Jensen.
Mas penso um pouco diferente. Escreverei MUITO agora, espero que leiam e levem em consideração. Estou expondo todos meus pensamentos aqui rs

O que seriam Jacob e MIB?
Nos livros da série A Torre Negra (que serviu de inspiração para a série, e inclusive já apareceu na série) existem dois personagens mitológicos importantes para a série de livros. Gan e o Rei Rubro. Gan é o homem que vive no topo da Torre Negra e comanda todo o universo, e o destino. Já o Rei Rubro é seu antagonista que quer destruir a Torre (que representa o pilar de sustentação do universo nos livros) e consecutivamente Gan pois o Rei Rubro comanda o livre arbítrio, a escolha e não suporta ter seu destino selado por Gan. Entenderam o raciocínio? Jacob seria alguém como Gan e o MIB seria o Rei Rubro. Destino e Livre Arbítrio. Jacob não evita de acontecer muitas coisas pois ele segue o destino e tudo no fim é cumprido (Ele não impediu Nadia de morrer, pois tinha que acontecer, Nem de Locke cair do prédio pois assim teria que ser e "tudo vai ficar bem", ainda não fez nada quando Ben iria matá-lo) O Homem de Preto quer matar Jacob e destruir a ilha para acabar com o Destino, e poder agir a sua maneira. Na essência eles são isso para mim. E para mim ambos são 'Filhos de Tawaret' e tem suas tarefas (Daí entra o MIB/Monstro e o julgamento).

Qual seria o significado das visitas de Jacob?
Garantir que o destino se cumpra.

Mas, o destino é a única coisa a ser levada em consideração?
Creio que não, para mim destino e livre-arbítrio estão intimamente ligados. Um existe para o outro existir. Ainda acredito que MIB vai morrer com a morte de Jacob. Dando abertura para a teoria da última cena de Jeff. Com a morte dos dois. Eles não podem deixar de existir. Eles sustentam a humanidade. Então eles 'tomariam' o corpo de Locke e Ben, ou até de Jack (visto que Jack é o verdadeiro antagonista de Locke, toda aquela história de CiênciaXFé) Seria fantástico se essa fosse a cena final *-*

Para mim o que seria a ilha?
Seria a morada de Jacob e MIB. O lugar seria um lugar onde o mundo espiritual se conecta com o mundo terreno. Onde o natural e o espiritual são ambos incertos. Por isso a ilha tem tantas anomalias naturais (eletromagnetismo, variedade temporal) e a DHARMA foi para a ilha para pesquisar essas propriedades. A partir do momento que ela decidiu tirar proveito material disso (suposição minha) foi preciso destruir a Iniciativa. Talvez a ilha cumpra um papel parecido com o da Torre Negra. Sim, seria muita coisa parecida com A Torre Negra, mas eles levam Stephen King muito em consideração. Não sei se lembram de um e-mail que eu mandei e foi até lido no Dudecast, falando de Dança da Morte (The Stand) e a bomba do livro, em que eu falo 'será que a ilha será explodida'? Bom, tivemos a bomba, e é 50% certo que a ilha explodiu rs

E a brecha?
MIB foi castigado pelo ser que comanda os dois (Pra mim é Tawaret, mas se for outro a lógica é a mesma) e ficou preso à ilha. E ficar preso lhe dá mais raiva ainda.

É isso, mega comentário. Espero que leiam (:

Márcia disse...

Adorei. Concordo total com o cara na cena do final, eu tinha pensado no mesmo só que com o mala do Jack (como Jacob - que crê no progresso) e o mala do Locke (como homem de preto - que entre os homens, seus amigos e a Ilha, sempre escolheu ter FÉ na Ilha, mesmo que isso matasse alguém). Sempre odiei o Locke, kkkkkkk. Em vez do Ben, voto no Jack e no Locke. Não sei porque, mas acho que o mala do Jack vai estar na cena final.

Alexandre disse...

É interessante, como tudo o que envolve o universo LOST, no entanto, achei as noções um tanto vagas e místicas em exagero, deixando de lado uma série de elementos.

E outra coisa, quando diz que Jacob tocou a todos e etc, que manipula, como dizer que todo o resto é coincidência?? Isso não fez sentido. Pra mim nunca fez sentido pensar em coincidências de personagesn em Lost. Acho, aliás, que esse é um ponto central do desfecho, isso e os problemas com os país tem tudo a ver com o desfecho (mas ainda tem magnetismo, Widmore, etc).
Há claramente uma batalha, e Widmore, Ben, Alpert, Locke, os losties, os Outros,Illana e sua turma, Sra. Hawking e etc, assumem lados, mesmo que enganados por que os pode enganar. Se Ben e Widmore assumiram lados opostos, foi porque tinham noções diferentes sobre a Ilha, e é bom lembrar que em certo momento se descobre que quem orientou Ben boa parte do tempo foi o anti-Jacob, e agora, tanto Locke quanto Sra.Hawking. quanto Widmore ajudaram os losties a voltar. Acho que o caminho é esse....

Márcia disse...

E concordo também com o Felipe, tem muito cara de fim aquela cena e ela passa a impressão de ter acontecido muitoas vezes antes... Do Jacob CONTINUAR a trazer gente pra ilha apesar de tudo o que o homem de preto diz ter visto de ruim provocado pela ambição humana ali.

DioSoft disse...

Boa teoria, mas o que acontece se Jacob e não antiJacob for a personificação do lado negro? Quem trouxe o Black Rock? Jacob! Quem derrubou o avião e selecionou a lista de passageiros? Jacob... Quem prende o anti-Jacob e pode, também, te-lô obrigado a matar os tripulantes do Black Rock, os membros da Dharma e criado as condições para a explosão da bomba e outras mortas que ela provavelmete ocasinou? J.A.C.O.B...

julioeduardo disse...

Enquadrando nesse suposto final, cairia melbor se fosse Jack e Locke, não acham?

HecTT or disse...

Sobre a hipótese de final, apenas uma ressalva: gostaria de ver esta cena sim, mas no final do 1o episódio, para ficarmos com uma boa boca aberta, como só LOST sabe fazer.

A cena hipotética é muito coerente com a frase de Jacob nesta mesma cena e que eu acho a chave de LOST até onde conhecemos: "tudo que vier antes disso, é apenas progresso."

Roda gigante da história, bem e mal, razão e intuição, e de vez em quando um progresso...

Aaaah, eu como eu gosto dessa série!!

Amenar Neto disse...

Seria FODA se a série terminasse da maneira descrita por último. Acho que seria exatamente o tipo de cena que os fãs esperam que feche a série.

O único problema é que, após a mesma, eu teria um ataque cardíaco.

Robert disse...

Acho a idéia da cena do Locke e Ben muito interessante. No entanto, como o julioeduardo sugeriu, também fico pensando na possibilidade de ser o Jack no lugar do Ben.
Só que ainda acho que a última imagem da série é o Jack fechando os olhos, em contraposição a primeira que são eles abrindo.

Rafa Keeper disse...

Ô Davi? Essa gato do Sayid apareceu em qual episódio?

V_ Leal disse...

Eles vão rir e a gnt vai chorar né rsrs

A fumaça não é o MIB, seria ridículo. E o papo que o Christian não tocou em Locke pq. ele seria tb a "fumaça" tampouco convence. Muitos esquecem que ele pegou Aaron no colo.

E até que a sexta temporada me prove o contrário Locke é a reencarnação do MIB, o que causaria outro mistério, quem matou o MIB para ele reencarnar tempos depois no Locke, Alpert?. Se Jacob "encarnar" em algum "candidato" alô além aí vai ser o auge do ridículo também. Nesse caso o "eles estão chegando" poderia ser Os caças fantasmas ou ainda, o pessoal do Supernatural. Fox Mulder talvez?

Lais Arantes disse...

No final vai ser tudo mais simples do que a gente acha.Eu acho que ele não mora a sombra da estátua a toa.

Alexandre disse...

Pessoal,
No site da ABC tem um bom "Lost Starter Kit" que sintetiza bem o contexto da série, além dos highlights de todas as temporadas, para refrescar a memória.

Tomando o Starter Kit como referência, fiz uma tradução livre de pontos importantes, que acredito serem bem sugestivos dos caminhos da temporada final:

"Três coisas que devemos sobre LOST, para a temporada final:

a) [STRANGERS] São estranhos num primeiro momento (no voo 815), e passam a depender e confiar uns nos outros para sobreviver.

b) [REASON]Há uma razão para eles terem sobrevivido. E apesar de serem estranhos, suas vidas estão conectadas de alguma forma

c) [MYSTERIOUS] A ilha é misteriosa, dando aos sobreviventes uma chance de começar suas vidas de novo.

Glossário de Lost (destaque no vídeo)
- Segundas Chances (destaque o plano de Jack para estourar a bomba, mas acredito que tenha um sentido maior)
- Changes; trata-se da questão de eliminar o sofrimento causado na Ilha, mas também, todos as relações e laços construídos nesse tempo. " (conferir no site de Lost na ABC)

Ou seja, com relação às relações entre Torre Negra e a relação entre Jacob e Men In Black, não acho que se trata de destino OU livre arbitrio, mas sim como as pessoas utilizam de seu livre-arbítrio (ou, como aprendem ou não aprendem, de que maneira escolhem seus caminhos): junto com Jeff Jansen, acho que Jacob um esperançoso no caráter humano, e MiB um moralista rígido e desconfiado, que tenta sempre colocar as pessoas na "corda bamba" para testá-las que está certo, que o caráter humano é mesquinho ,egoísta, ambicioso por excelência. Acredito que isso fique claro no discurso inicial de "The incident"

Quanto a Livre-arbítrio e Destino não serem opostos, fica meio difícil de pensar, a não ser num contexto bem específico, em que Jacob e MiB constrõem situações (destino, portanto) em que oferecem uma chance de rendenção às pessoas, e que, NESSE MOMENTO, na Ilha, concedem o livre-arbítrio , uma segunda chance, e assim, com esperança ou desconfiança, observam o caráter humano.Essa é a batalha que mobiliza essas duas forças: o homem vale a pena? Ele aprende e aproveita suas chances ?

Desculpem a extensão.
Abraço

Rodrigo Ferreira disse...

Ao contrário de alguns, acredito que o papel do MiB na cena final sugerida pelo Jensen seja mais apropriado para o Ben, tendo em vista que desde que perdeu a liderança dos Outros para Locke ele deixou-se dominar por um ódio muito semelhante ao do MiB original por Jacob.

Além disto, assim como o MiB, Ben foi o grande manipulador de Lost (apesar de, em última instância, revelar-se apenas uma das marionetes do MiB), portanto sua "promoção" ao "cargo" acima dele seria o caminho mais lógico dentro do que nos foi apresentado dos personagens centrais até então.

Já Locke, desde que chegou à Ilha, seguiu mais a linha de Jacob, respeitando tanto o destino como o livre arbítrio. Sempre procurando oferecer a seus companheiros de jornada uma chance de redenção (como no caso do Charlie, na 1ª temporada, que recebeu sua ajuda para largar o vício por heroína), mas sem jamais impôr sua vontade, e sim tornar mais claros os caminhos que a pessoa podia seguir pra chegar a uma resolução de seu problema. Na maior parte do tempo parecia enxergar que livre arbítrio e destino não eram mutuamente excludentes.

Também agradou-me demais a idéia sugerida pelo Robert, sobre os olhos do Jack fechando-se na cena final. Posso até imaginar o motivo para esta cena: alívio pelo fim de sua jornada (a dele e a da própria série), e por ter encontrado, enfim, sua redenção, seja ela qual for. Seria uma cena excelente pra fechar o ciclo aberto lá no primeiro episódio. Afinal, nesta altura, a grande estrutura narrativa que guiou os roteiristas de Lost revelou-se uma série de ciclos que cruzam-se e emparelham-se em diversos pontos. Nada menos apropriado do que terminar Lost com um ponto final bem definido, uma metáfora que, acredito eu, serviria como confirmação de que as intenções de Damon Lindelof e Carlton Cuse são realmente a de fechar a história ali mesmo.

Se o final da série aproximar-se dessas idéias, eu ficarei satisfeito.

Marília Teive disse...

Gostei das idéias básicas do Jeff em especial no que se refere à ilha. A cena final também seria bacana mas com Jack no lugar de Ben teria mais lógica Lostiana. No mais ficaria satisfeita sim. Imagina, vários closes nos olhos de Jack e Locke (finalmente fazendo o grande trabalho que tinham que fazer na ilha - já diversas vezes falado por muitos personagens)até terminar com Jack fechando os olhos. Lost. (vou chorar bicas...)

Roger disse...

eu tambem gostei das teorias do cara, tirando isso de deuses e daemons

eu acho q isso pode ser trocado por uma duvida se tudo isso foi um fenomeno paranormal, uma viajem espriritual mesmo e alucinações causadas pelo trauma do acidente

com essas questões em aberto, vai levar muitos anos com gente discutindo o q era realmente tudo aquilo, do jeito q eles precisam pra manter o lost na mídia e manter um lucrinho basico em cima do seriado

ai eu ate concordo com um final em aberto

moliver disse...

Olha, se for assim, eu vou ver essa série toda semana, e vou fazer igual com a saga de star wars... vai ser uma coisa que não vai sair da cabeça! Muitos podem odiar e até reclamar... mas será um final pra lá de completo! Jack e seu pai se abraçando... jack morre. Michael pedindo perdão a Walt, hurley com Libby (realidade alternativa), Sawyer com Julieth (realidade alternativa), Desmond organizando tudo pra Charlie ficar vivo, com a Claire! e Locke e Ben na praia conversando... Show!!!!!!

Malucom disse...

Minha dúvida é sobre o papel do Alpert até aqui! Se ele é aliado de jacob e sabia que ele morava no pé da estátua, como é possível que o Ben tenha sido manipulado pelo Homem de Preto todo esse tempo com a Richard ao seu lado???


Alguém tem uma teoria sobre isso???? Sem spoilers hein! rsrs

rfmalucom.blogspot.com

ghribacki disse...

Acrescento minha teoria de que ao trazer o Black Rock para a Ilha, Jacob tenha criado um tsunami que ocasionalmente acabou derrumando sua estátua-casa. :D
Isso é bem plausível, considerando que vimos o Black Rock em frente a estátua quando Jacob discutia com se nemesis.

Melise.s disse...

Acredito que a verdadeira dualidade está entre razão e fé (jack e locke) então acho que é bem capaz que locke e jack sejam jacob e o homem de preto.
Achei o texto muito bom, mas não acho que lost acabará assim...

Anderson Lima disse...

Só eu não curti esse final? auheuahuhae

Bom... de qualquer forma acho que vai ser algo bem mais complicado do que isso ae... hehe

A pergunta a respeito de como o Ben foi manipulado pelo "MIB" todo esse tempo com o Richard ao seu lado realmente é uma boa. Mas, quem disse que ele foi? Quem levava as ordens para Ben era Richar. Logo, ele não foi manipulado pelo falso Jacob... minha opinião, claro.

Esse negócio de destino e livre arbítrio... de que todos cairam ali de propósito... Na terceira temporada, se não estou enganado foi na terceira mesmo, os produtores declararam que o avião havia caído na ilha simplesmente porque Desmond havia deixado de apertar o botão... bem, foi isso que eles declararam, vamos ver se vão manter mesmo...

Agora essa história do monstro realmente me intriga, mas tenho por mim que ele não é nem o Jacob e nem o outro lá sem nome não. Acho que o monstro tem uma origem mais mística mesmo, relacionada à estátua e tudo mais...

Está chegando... =D

Carla disse...

Oi Davi, Oi Juliana, eu estou voltando depois de alguns meses de ausência. Ainda não vi o último podcast, mas vou baixar logo.
O megócio é o seguinte: eu estou revendo todas as temporadas antes de começar a última. E estou MUITO nervosa. Rever as temporadas me causa quase tanta ansiedade ccomo esperar uma nova.
Há alguns anos, quando disseram que LOST terminaria em 2010, eu fui uma das pessoas do orkut que xingaram os produtores dizendo: pra que esperar tanto?!
Bem, agora que estamos em 2010, eu confesso que tenho medo do término da série. Inevitavelmente, LOST agora faz parte da minha vida. Nunca existiu nada como LOST.
Beijos para vcs e espero acompanhar todos os momentos deste término aqui, com vcs, e com a Lost Brasil, que também já faz parte da minha vida. ;o)
Carla.

Josimar disse...

Por alguns comentarios dá pra ver que tem muitas pessoas querendo que a historia termine de um jeito bem previsível, o que encaixa perfeitamente com a tendência dos fãs mais desesperados pelo conforto de teorias mais bem aceitas e finais previsíveis.

Mas será mesmo que a série vai caminhar para um "final feliz" ( para as crenças do publico) óbvio e apaziguador ?

Eu acho é que no fundo as pessoas estão cansadas de tantas teorias e de se esforçarem em entender uma coisa que foi feita para não ser entendida de forma definitiva.

As entrevistas dos Darltons dizendo que muitas coisas ficarão sem respostas, já é uma demonstração disso.

Malucom disse...

Mas o Ben matou o locke pensando ser uma ordem do jacob, mas na verdade era o homem de preto que precisava da tal brecha para se tornar o "novo locke", voltar e assim botar pilha no líder dos outros pra ele matar o jacob.

Como o Alpert não soube disso????? Ele não tava sempre em contato com o jacob??????????

Paola Cury disse...

nao sei se alguém já comentou, já que eu nao consegui ler todos os comentários (bem que eu queria, mas eu to no trabalho :P) Eu acho tudo muito plausível, só não consigo concordar com a teoria do Christian Shepard.. pra mim ele foi induzido, SIM, pelo homem de preto. Mesmo porque me parece que ele precisa assumir identidades de pessoas mortas pra induzir as pessoas. Quando ele precisou do jack ele usou o Christian. Depois que o Locke morreu (já que foi Christian Shepard que o ajudou a sair da ilha - girando aquela roda na caverna - que eu acredito que era o homem de preto, que tinha a casa cercada por cinzas pra que ficasse preso (a entidade) lá )). Concordemos que usar o corpo de Locke o levaria muito mais longe em seus planos do que qualquer outra pessoa, incluindo o pai do jack.. até o ben, que é muito esperto e eu nao acho que aceitaria um sacrifício como Locke aceitou..

vixe falei hein.. hahahaha! beijos, obrigada Dude! ótimas matérias, sempre!

alexandre disse...

Sinceramente fico pensando como é a vida do Davi Garcia nessas horas , tendo q ler tudo sobre o Lost, pra passar pra gente, como exemplo o fim da 3 temporada q vazou.

E sobre esse final, seria bom se fosse assim , mas nao seria o Lost, pq isso so me impressionou na hora q li e depois nem lembrei mais desse fim. E os finais do Lost ficam muito tempo na minha cabeça.

Ah e parabens pelo blog

Leandro disse...

não curto mto o Locke, mas esse final seria mto lokko. Ele merece uma redenção dessa :)

Letícia disse...

Caramba, se o final for mesmo esse vai ser de arrepiar! Só acho que, como algumas pessoas já disseram, os papéis de Jacob e Man In Black (isso me soa tão Johnny Cash...) deveriam ser de, respectivamente, Locke e Jack, por causa da definição dada pelo próprio Locke: Man of Science(Jack) e Man of Faith(Locke), e por causa da relação muito bem apontada nos outros comentários, entre Jacob e o destino e MIB e o livre-arbítrio... Porém, para alguém que gosta tanto de dizer "Não me diga o que eu não posso fazer!" como o Locke, é meio estranho ele ser a personificação do destino, não é? Mais alguém ficou ainda mais confuso, além de mim? Rs

Romário disse...

Muito bom o artigo! A proposta de cena final também, seria muito interessante. Pra mim a coisa deve ir num rumo misto entre essas idéias do Jensen e as do monstro do Vozzek, que sempre escreve no Darkufo.

Elisão testes disse...

"Não sei você, mas se Lost acabar com uma cena minimamente parecida com a que foi descrita acima, estarei mais do que satisfeito."

Eu também =]

cspsc disse...

Ola,
Agora estava-me a lembrar...na Bíblia ah uma parte em que Deus deixa o diabo tentar um homem de fé...e deixa que o diabo o trate muito mal e o castigue e lhe tire tudo o que possuí.Para ver se esse homem que era Jó renegava a Deus! ou seja, jacob também deixa que o MiB jogue com as pessoas e lhes cause coisas mas...porque o MiB quer provar a jacob que as pessoas destroem tudo e que não são dignas de esforço...mas jacob, tal como Deus acredita na boa fé das pessoas e deixa que sejam tentadas porque sabe que elas no final vão corresponder às suas expectativas... Não sei se tem lógica...

Robert disse...

Outras duas coisas que me levam a supor que a última cena seria o olho do Jack se fechando:
O fato deles dizerem que a desesperada busca de rendeção do personagem será um dos temas centrais da temporada.
E o lance do Mathew Fox saber o final da série. Acho que eles comentaram com ele que a última cena seria essa e aí o pessoal sai falando que ele sabe com tudo termina. O que me leva a outro comentário.
Por mais previsível que seja, Josimar, essa ser a última cena não implica que possamos ser surpreendidos pelo como se chega até ela. E em se tratando de Lost, onde somos surpreendidos constantemente e de uma maneira muito inteligente, eu acredito que não iremos nos decepcionar.
Por mais lacunas que eles deixem para o espectador preencher, ou desfechos tristes para algumas linhas narrativas, uma coisa é fato: A história é sobre as personagens, como os produtores sempre afirmaram. Portanto acho difícil que a série termine com Jack morrendo na praia (péssimo trocadilho, aliás) em sua busca por redenção. Seria um bela de uma sacanagem nos fazer acompanhar a jornada do doutor desde a primeira cena de uma série de seis temporadas, pra no final ele não chegar a lugar algum.
E iria mais longe, dizendo que o mesmo pode se dizer do Locke. Se ele fosse o novo Jacob eu me sentiria satisfeito enquanto telespectador. Apesar de preferir pensar que os caras são ninjas e virão com algo mais surpreendente ainda.
De uma maneira ou de outra, eles disseram que após o último episódio da quinta e o primeiro da sexta nós teríamos uma quantidade significativa de elementos para elaborar teorias mais concretas sobre o final. Foi algo assim, não? Pois então esperemos o que nos reserva LAX.
Vou sentir falta dessas discussões de teorias sobre o que está por vir quando a série terminar.

Tarcisio disse...

nao entendi pq se referiu ao ben como "falso ben" nessa possivel ultima cena

Leandro disse...

cspsc, pra mim tem sim mta lógica... jah li o livro de Jó, e penso ter um poko a ver!

alexys disse...

"Lost" o título diz tudo. As personagens encontram-se "perdidas" na espiral do determinismo cíclico. Daniel Faraday é a chave para quebrar o ciclo, e o seu livro já viajou vários ciclos e tem vindo a ser acrescentado em cada um dos ciclos. O final da série será todos no aeroporto em Sydney a entrar para o avião !!!

Daniel Faria disse...

Gostei bastante. Se fosse isso, estaria satisfeito.

ÉrriJota disse...

gostaria de ouvir comentarios sobre: a explosão da bomba ou a Viagem no tempo

o que vcs acham que ocorreu, será que os losties estão em um tempo passado, ja que vemos um templo parecido uma piramide e ainda pessoas com ar de tempos passados como o oriental com a ampulheta.

e o sawyer ta com o flock ou o lock verdadeiro por conta das viagens no tempo???

ou será que com aquele clarão resoveram os problemas com o tempo???

creio que eles não estão na epoca atual, ja que temos varios elementos de aparencia antiga, mas como na ilha tudo é capaz de acontecer...

aguardando opiniões sobre esse assunto (viagem no tempo e/ou a explosão, na verdade sobre o que aconteceu após o clarão, uma coisa que não se tem idéia a partir do video promo). mas aparentemente eles todos estão no mesmo tempo agora...

Alex disse...

Está bem bacana a autoria toda, porém, acho difícil essa última temporada explorar todos esses assuntos filosóficos para que fiquem ao mínimo, "entendível" para as pessoas que acompanham a série. Não acredito que seja dessa maneira, mas é bem coerente.

Watch Lost Online disse...

Sorry i don't know this language but being a Lost fan i am commenting here. Lost is my favorite show and these days i am busy in watching lost season 6.