04/05/2009

Produtores e elenco repercutem evento de "The Variable"

Com spoiler para quem NÃO viu o 14º episódio da 5ª temporada

Em matéria assinada por William Keck na TV Guide Magazine, os produtores de Lost, Damon Lindelof e Carlton Cuse, bem como parte do elenco da série comentaram sobre o chocante evento do final do episódio, que segundo eles dá início ao último capítulo da série!

Leia mais...

    E quando todo mundo pensava que a próxima cova seria de Juliet...

    O expert em viagens no tempo, Daniel Faraday, tornou-se o mais recente lostie a partir dessa para uma melhor, deixando os penetras da Dharma nos anos 70 para que se virem sozinhos quando eles mais precisavam dele.

    Os produtores excutivos Carlton Cuse e Damon Lindelof elogiam Jeremy Davies por ter dado vida a um papel incrivelmente bizarro e por ter recebido a notícia de sua saída melhor do que as vítimas anteriores da ilha.

    "Para nós, Faraday foi realmente a pedra fundamental da 5ª temporada - ele realmente brilhou", disse Lindelof. "Não posso imaginar o que a temporada seria sem Jeremy Davies. Quando você pensa em todas as coisas loucas que tinham que sair da boca daquele cara, fazer um personagem tão interessante, emocional e poético quanto ele era é realmente extraordinário."

    Lindelof e Cuse dizem que ficaram impressionados pela forma com a qual Davies graciosamente encarou a morte de seu personagem. Embora tenha ficado desapontado por perder o salário, o ator viu sua saída como essencial para a narrativa. "Quando Carlton e eu ligamos para Jeremy para explicar o que iria acontecer com Faraday, ficamos surpresos, porque jamais tivemos uma entrevista de saída tão incrivel com alguém da série", disse Lindelof.

    "Foi terrivelmente doloroso matar esse personagem tão querido", acrescenta Cuse, "mas nós sentiamos que era isso que tinha que ser feito. A morte dele é meio que um evento culminante da temporada. Ela realmente encerra um capítulo e dá início ao último da série. Quando explicamos isso ao Jeremy, mesmo pessoalmente triste por ver seu envolvimento em tempo integral com a série acabar, ele colocou a história acima de tudo."

    Então por que agora era o momento certo para matar o personagem?

    "Quando matamos um personagem queremos que o público diga, 'Como vocês ousam?!' e não 'Já não era sem tempo', explica Lindelof, que estava particularmente impressionado com as cenas finais de Davies. "Ele nunca esteve melhor do que esteve em "The Variable".

    Michael Emerson, que faz o Ben, fala de Davies como um cara sensível que mergulhou fundo em seu personagem. Ele realmente o viveu." (E morreu por ele!)

    No set, Terry O'Quinn (John Locke) vai sentir falta de Davies e da música que sempre o acompanhou. "A maioria dos atores anda com fones de ouvido, mas Jeremy era capaz de andar com um pequeno aparelho som", recorda O'Quinn. "Ele sempre queria dar música para todos, independente de alguém querer ou não. Todo mundo ficava comentando, 'O que que esse cara tem?' "

    O' Quinn lembra da vez que Davies levou o som para a água durante uma cena de ação. "Estávamos remando numa canoa. Eu, Ken Leung (Miles), Josh (Sawyer), Jeremy and Elizabeth (Juliet) e fomos parar quase uns 800 metros mar adentro. A primeira coisa que pensei foi, 'tomara que o aparelho de som do Davies tenha caído no mar, e caiu mesmo, mas ele o substituiu rapidamente."

    *-*-*

    Aproveitando a bola levantada pelo jornalista da TV Guide, você acha que Faraday foi morto cedo demais ou você já estava cansado do personagem?

21 comentários:

Adilson disse...

Davies fez uma excelente interpretação! A questão agora, é se teremos ou não uma explicação de como ele saiu sa ilha.

Adriano Basto disse...

Gostaria de ver mais do personagem na série, mas confio nos produtores e acho que eles sabem o q fazem. Vou sentir saudade, mas sempre a chance de vermos outras cenas dele, ainda que em flashback de outros personagens...
Parabéns pelo blog...

O Seu Livre Arbítrio disse...

Jeremy Davies foi excelente, suas cenas foram ótimas realmente. Acho uma pena que o personagem Faraday tenha morrido, mas na série ninguém está à salvo e, por isso, LOST não cai no clichê. Só espero que mostrem mais alguma(s) cena(s) do Faraday fora da ilha, antes dele ter voltado com o submarino.

No mais, parabéns pelo blog, o melhor sobre LOST.

lucas disse...

É essa morte foi bem escondida, então foi definitiva ehehehe agora só falta o miles , ben e julirt para ficar os originais, hehehehe

Señor Martini disse...

como assim "a próxima cova seria de Juliet" ?? Isso é algum spoiler que eu não entendi?

Juliana Ramanzini disse...

Señor Martini, não é spoiler. Como diz a frase do Davi, "E quando todo mundo pensava...". Uns achavam que a Juliet morreria e não Faraday.

Coal disse...

mais mortes virao... com certeza... mas a serie está praticamente já na ultima temporada... estamos chegando no ultimo capitulo da 5ª.

que loucura.. nao sei como vou suportar tanto tempo ate a sexta e ultima temporada...

no mais... Faraday foi e é muito importante para a série... personagem nota 10!

Te vejo em outra vida Broderrrrrrrrr

Felipe de Gouvêa disse...

Agora fiquei encucado: se há umas semanas foi anunciado que a morte seria de um personagem com características físicas opostas às de Charlie, o que Faraday tinha de tããão diferente assim do roqueiro? Gravata? Bigode? Gosto musical? Ou há uma outra morte por aí? O-o..

SRN

Felipe Procópio de Moura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AP disse...

Por mim, que o enterrem numa cova ao lado do Paulo. :)

Oliver Fuchs disse...

Irá ser uma perda terrível, porque ao contrário de Charlie, personagem que era querido por todos e também tinha um jeito bem esquisito, Faraday tinha mais importância na mitologia da série. Que droga =(

Ellen Gibb disse...

Eu acho q o Faraday morreu pq devem acabar as viagens no tempo, e ele era o cara q estava ali para explicar isso. Nao sei pq, mas acho q nesse fim de temporada os Losties vao voltar pra 2007...

Carla disse...

Eu não gostei da morte do Faraday. Foi muito precoce. Além disso, dos personagens novos, foi o único que eu gostei.
A morte dele só não foi pior pq eu ainda estou chocada com a morte do Charlie e da Ana Lucia com as quais eu não me conformo até hoje.

Juliana e Davi, vcs estão de mal com os leitores?! Pq não teve dudecast? Poxa... eu fiquei esperando :o(

Davi Garcia disse...

Hahaha não estamos de mal, não Carla :p Fica de olho pq já já pinta o dudecast por aqui ;)

Fagner disse...

Pra mim, Cuse e Lindelof têm dificuldade em manter os personagens novos na série... Na boa, Faraday, Charlotte, Ceasar, Ana Lucia, Libby, Ero, Illana com certeza vai pro saco... Dos personagens recém introduzidos que sobreviveram, acho que só temos Ben, Juliet e Miles...

No entanto, achei uma cena HIGH chocante a do Miles morrendo....

Felipe de Gouvêa disse...

Fagner disse:
No entanto, achei uma cena HIGH chocante a do Miles morrendo....
Miles?!? Não seria Faraday?

SRN

Mari disse...

A atuação de Jeremy Davies foi no nível de Michael Emerson e Terry O Quinn!!

Parabéns pra ele!

Rafa Bruno disse...

O Ben foi recém introduzido?!
Acho que não estamos assistindo a mesma série...

Seria impossível contar toda história sem os personagens que fizeram e fazem parte da história.

E os Outros então, deveriam morrer também?!

[ ]'s

André Gota disse...

Faraday era meu personagem favorito na série. Agora só me resta o Desmond. Mas não fiquei indignado nem nada. Achei uma despedida bonita.
Além do mais eu até parecia o Miles na hora que isso aconteceu.Eu disse: É triste, mas era o que ia acontecer. Não podia ser evitado... Nada podia ser mudado no passado, nem isso.

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

Bom a morte de faraday foi trsite porém coerente com a estória.
Como eu não estou lendo mais spoiler, só fiquei sabendo agora q a Juliet estava cotada para morrer, gostaria q ela tb tivesse morrido(q horror) pq eu acho a Juliet bem sem sal, não consigo ver nada nesse personagem =]

Kleber disse...

Claro que foi cedíssimo!