19/05/2009

Mais sobre "The Incident" e a 5ª temporada

Quando se trata de Lost, há toda sorte de opiniões. Das mais simples às mais elaboradas, todo mundo tem algo a dizer, quer seja para criticar ou para elogiar. Com isso em mente e com o final da 5ª temporada ainda quente nas nossas memórias, reproduzo na íntegra o ótimo comentário feito pelo amigo Rafael Savastano na comunidade de Lost do Orkut. O texto é longo, mas é imperdível para quem gosta de ler outra abordagem e ter uma outra visão sobre determinados pontos explorados ao longo da temporada e claro, do último episódio.

*-*-*

Por Rafael Savastano

É inevitável que o comentário sobre esse Season Finale se transforme num comentário sobre a temporada em si, mas vou tentar separar as análises para não me atropelar.

Antes de mais nada, a quinta temporada em si não foi tão boa quanto seu início prometia. Tanto é que eu nem tive muita vontade de comentar os episódios depois de "Life and Death of Jeremy Bentham," "Dead is Dead" à parte. Agora que a temporada já terminou e pode ser analisada como um todo, fica claro que os produtores não souberam como conduzir a história dos Losties na década de 70. Estabeleceram uma premissa ótima (a de Sawyer e cia. terem encontrado um lar entre os membros da Iniciativa Dharma), mas depois do retorno dos O6 parece que tudo descambou. Muitas bolas boas foram levantadas mas ninguém cortou. Em momento algum me senti envolvido pelo plot ridículo do Little Linus, Sayid tirou férias da série (o Naveen Andrews sempre esnoba tanto Lost que eu começo a querer que ele não volte para a sexta temporada, pelo menos não se for pra ficar atuando por telefone desse jeito), Jack ficou completamente ridículo, Kate foi totalmente apática (pra alguém que voltou pra procurar a Claire, ela fez algo nesse sentido o impressionante número de ZERO vezes desde que chegou). Sawyer e Juliet eram a única coisa que despertava meu interesse, mas só eles e o alívio cômico de Hurley e Miles não foram suficientes pra vencer o tédio que dominou o núcleo Dharmaville. As coisas começaram a melhorar com a volta do Faraday, mas já tava tão perto do fim que eu me forcei a esperar antes de voltar a comentar, pra não acabar mordendo minha língua.

Leia mais...

    Por outro lado, a história que REALMENTE empolgava, a ressurreição de Locke e a virada de mesa dele sobre Ben, foi administrada a conta-gotas. Acho que não custava nada ter balanceado as coisas, botado um pouco mais de enrolation no núcleo Ben-Locke e enxugado mais o núcleo Dharma. Não é como se eles não soubessem dar ritmo a uma temporada, a quarta foi excelente do início ao fim, claramente planejada. Essa quinta, nem tanto. Mas claro que ainda está anos-luz à frente da sofrível terceira temporada, que isso fique bem claro.

    Agora. Lost tem uma característica muito engraçada, que eu sempre comento: os finales às vezes são tão diametralmente opostos, em termos de qualidade, ao resto da temporada que eu me sinto tentado a dar um shift neles e considerá-los parte da temporada seguinte. Não o da primeira, claro, que foi absolutamente linear e condizente com o resto, e nem o da quarta (segunda melhor temporada na minha opinião, lá em cima com a primeira), que foi o desfecho de um arco narrativo magistralmente conduzido. Mas os finales da segunda e da terceira temporadas são muito chocantemente diferentes do resto. O da segunda temporada foi uma decepção enorme para mim. Conseugiu praticamente destruir o que tinha potencial para ser a melhor temporada de todas. E por isso eu costumo fingir que ele é na verdade o season premiere da terceira temporada, que é aquele lixo que todos conhecemos. PORÉM, entretanto contudo, o season finale da terceira temporada é o MELHOR. FINALE. DA. HISTÓRIA. Não falo só de Lost, mas de todas as séries que eu assisto, e provavelmente de todas as que eu nunca assisti também. A terceira temporada foi pegando fôlego da metade em diante, mas nada que justificasse um episódio tão bom. Por essa razão, eu considero o finale da 3a como o season premiere da 4a temporada.

    Pois bem. Ainda não sei como será a sexta (e última) temporada de Lost, mas já estou totalmente inclinado a considerar o 5x16/17 como parte dela. E não apenas porque é um episódio que, a exemplo do finale da 3a temporada, modifica COMPLETAMENTE o assunto da série - e de um modo positivo, acrescento! - como também porque a cena inicial dele é melhor do que qualquer cena incial de temporada até hoje. A cena entre Jacob e - posso explanar? Ninguém ainda pescou? - seu irmão Esaú sentados na praia, observando a chegada do Black Rock... aquele diálogo sobre Esaú odiar Jacob e precisar desesperadamente matá-lo, a noção implícita de que ele não pode fazê-lo diretamente (reforçada pela menção ao loophole, literalmente uma brecha na lei, nas cenas finais), todas as peças se encaixando. "Deus ama você como amou Jacó." COMO ninguém cantou essa bola naquela época distante de 2007? Como os produtores conseguiram fazer esse "a-há!" mesmo com a série sendo constantemente analisada e esmiuçada por milhões de cérebros ao redor do mundo?

    Eu digo como. Um truque sujo. Eles convenientemente nunca insinuaram, nem de muito leve, que havia outra entidade na ilha além de Jacob. A guerra milenar entre eles dois foi referenciada de forma que TODOS pensassem ser uma guerra entre Widmore e Linus, que agora percebemos serem apenas capangas disputando o middle management. É um truque que eu sempre soube que iria rolar - na verdade, TORCIA para rolar, porque essa é a única forma de fazer uma revelação chocante em um mistério que todo mundo já revirou e re-revirou, definir uma peça do quebra-cabeças que, retirada do lugar, inviabiliza totalmente o encaixe das outras, e só entregá-la na última cena. Damon, Carlton, desculpem por eu ter duvidado de vocês. Vocês sabem o que fazem, no fim das contas!

    De fato, "The Incident" é o primeiro episódio em muito - MUITO - tempo, em que eu senti que as revelações não foram inventadas na última reunião de roteiristas. A quarta temporada havia recuperado minha fé em Lost como obra de entretenimento, mas foi esse episódio que recuperou também minha fé na série como um mistério coeso. Tudo isso havia ido por água abaixo no fim da segunda temporada. Agora, eu estou até teorizando - alguém me interne! E sim, eu tenho plena consciência que os mesmos elementos que me fizeram pirar nesse season finale vão fazer muita gente abandonar a série, com o mesmo ódio que eu senti no fim da segunda temporada. Mas todo mundo sabia que a revelação final do que está em jogo alienaria muita gente, porque cada um tem a sua história própria na cabeça. Eu, por exemplo, reviro os olhos à idéia de uma força magnética que parte avião (de alumínio) no meio sem engolir todas as outras coisas de metal num raio de kilometros antes... mas com todo bom nerd de quadrinhos (coisa que Damon Lindelof também é, e esse finale é a prova disso), eu tenho por lei que releitura de mitologia do velho testamento, muito como molho Shoyu, deixa TUDO mais gostoso =P Então me perdoem os que ainda tinham esperança de uma explicação lógica e científica. Chorarei uma única lágrima de solidarieadade a vocês, mas vou continuar achando Lost ainda mais foda por ter seguido o caminho que seguiu.

    1180 palavras digitadas já, e eu ainda não saí da primeira cena! Mas tudo bem, porque essa cena é praticamente todo um episódio - talvez toda uma série - contida em si, a análise do resto não vai ser tão esforçada, prometo.

    Existem três histórias sendo contadas em "The Incident." A primeira, a mais importante e chocante, é sobre Esaú e Jacó. A história de Esaú fica subentendida, cabe ao telespectador revisitar cada aparição, cada fantasma, cada manipulação dos últimos 5 anos e descobrir o que era picuinha Ben/Charles e o que era parte do esquema mirabolante de Esaú para escapar de sua prisão de cinzas (tô chutando aqui, ok, pode não ser isso mas eu tenho muita fé que era ele preso na cabana, ele que pediu socorro ao Locke, ele que encarnou o Walt fantasma e levou o careca a sacrificar seu corpo para tomar seu lugar). Mas aí temos Jacob, fazendo sua lista. Jacob escolhendo, a dedo, quem seriam seus salvadores, sua apólice de seguros. As pessoas que iriam ao passado reverter toda a zica e impedir que seu irmão desse cabo de sua vida. Há quanto tempo eles jogam essa partida de xadrez com os mortais? Se tem algo que eu acredito que será o tema central da sexta temporada, é esse embate eterno, quais são suas regras, como Esaú as burlou, e como Jacob escapou de rodar. E, principalmente, o que ele vai fazer sobre o assunto.

    Aliás, no fim das contas Christian não era mesmo Jacob. Christian, como todos os outros cadáveres da ilha, era Esaú fazendo seu mindfuck cuidadosamente calculado, em todos os others, losties E telespectadores. Isso é o quão bom foi a reviravolta guardada por Darlton para esse finale - horas depois, tendo dormido e acordado sobre o assunto, ainda ficam surgindo estalos na minha cabeça conforme o quadro geral vai sendo montado.

    A segunda história, o desfecho do plano de Esaú, é assustadora simplesmente porque, pela primeira vez na vida, eu tive MUITA PENA de Benjamin Linus. Ele pode ser o maior e melhor manipulador filho da puta desse mundo, mas ali, sob a sombra da estátua, ele está sendo um joguete patético de duas entidades muito, muito superiores a ele. Ele é uma ferramenta. E o ódio dele, ao final, é mais do que justificado. Claro, ele poderia ter parado 5 minutos para avaliar a loucura de tudo aquilo, mas ele já estava quebrado. A "ressurreição" de Locke, a Alex, as feridas cruelmente reabertas... Benjamin Linus é apenas humano. E, como um bom humano, ele seguiu o destino traçado para ele, mesmo sem saber as intenções de quem o traçou. Ben é a verdadeira vítima de Lost.

    Já a terceira história, de como a função do retorno dos O6 era, na verdade, para salvar a vida de Jacob, foi a que menos me convneceu. Não que eu não ache maravilhosa a forma como ele foi tocando cada um (mais o Sawyer), em diferentes partes da vida, para que tudo convergisse naquele momento crucial. O que eu não engoli mesmo foi como Jack Shepherd, cirurgião juramentado, com uma tendência irreversível de querer proteger e consertar tudo e todos, resolve explodir um dispositivo termonuclear de um impulso porque... tá com dor de corno?! Agora, subitamente, a falta que ele sente da Kate justifica um possível genocídio porque um físico maluco disse que TALVEZ isso apague o que eles viveram juntos (ou senão, pelo menos morre todo mundo e acaba a cornitude)? É como "Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças," com tiros e explosões nucleares. E sem a sensibilidade - ou o sentido - do filme, claro. Pra piorar, eis que logo a Juliet resolve reforçar essa idéia porque teve uma crise de baixa auto-estima ao ver Sawyer e Kate brincando de dupla dinâmica. Jules, pelamor! Meus pais também são separados e eu nunca quis matar / apagar a existência de ninguém porque a relação não deu certo, vai? Menos, bem menos!

    Mas enfim. Reconheço que o quadrângulo amoroso pode ter sido também alimentado pelas manipulações de Jacob para garantir que todos estivessem na merda e sem nada a perder quando chegasse a hora de transformar o plano maluco em realidade. E o quão esquisito é o fato de a única voz da razão em tudo isso ser... Sawyer?!

    No fim das contas, muito do que eu estou conjecturando aqui é somente isso, uma conjectura. Os produtores e roteiristas quiseram deliberadamente nos deixar por um ano sem a MENOR idéia do que vai acontecer. Mas eles deram pistas. A melhor, pra mim, é a dada nos créditos iniciais, em que a autoria do roteiro é dada separadamente para a primeira e segunda partes, sendo a parte 1 escrita por "Damon Lindelof e Carlton Cuse" e a parte 2 por "Carlton Cuse e Damon Lindelof." Piada sem sentido, ou uma indicação de que as coisas agora estão no reverso, e que tudo será efetivamente desfeito? Fico com a segunda opção, até porque Darlton já tinham avisado que a sexta temporada "destruiria tudo que a quinta construiu." Mas ainda tem 16 episódios pela frente, e caso o plano de Jacob tenha dado certo e seu assassinato tenha sido apagado, o que restaria para contar? Um ou dois episódios de recapitulações, flashbacks e explicações minuciosas pros telespectadores mais "lentos" dariam conta do recado.

    Eu tenho um palpite - um chute, mesmo - de que Desmond, que esteve tão sumido nessa temporada, será uma peça chave da sexta temporada. Talvez ele seja a única pessoa que se lembra do que aconteceu nessa linha de tempo, e vá ser ele o responsável por caçar os Losties e contá-los dessa vida alternativa que eles levaram. Agora, por que ele faria isso, eu não sei. Confesso que estou no escuro quanto ao gancho motivador da última temporada. Talvez Jacob queira virar o jogo e se livrar de Esaú para sempre? Ou talvez ainda falte alguma coisa para que o destino daquela ilha, como ele divisou, seja cumprido. Não sei mesmo. Estou tão no escuro quanto cada um de vocês. E sempre tem a possibilidade de nos sacanearem, a bomba ter explodido e não alterado nada, todo mundo que morreu ter morrido mesmo, e agora Esaú ter uma agenda maligna a cumprir sem a sombra do irmão mais novo. Eu pessoalmente acho essa opção muito pós-apocalíptica, mas se for assim, beleza também. Estou disposto a aceitar o que os produtores quiserem me oferecer. Confio neles, outra vez. Quem fez o que eles fizeram nesse episódio, certamente tem bala na agulha para finalizar a saga.

    Mas continuo secretamente torcendo para que a primeira cena da sexta temporada seja o olho de Juliet, pelada no meio do mato. Ei, aconteceu com o Desmond da última vez que deu um clarão na Cisne. É apenas justo =P

    FIM! Arre. Quase uma tese de mestrado. Pelo menos vou ter 1 ano inteiro pra recarregar as baterias =P

138 comentários:

Eduarrrdo disse...

Olha, não tive paciência (e tempo) para ler tudo. Mas em uma coisa ele está certo. A 3ª temporada foi um horror. A pior temporada. Só do meio em diante que eu comecei a gostar, mas o começo = reprovada. =P
Agora, primeira quarta sem Lost, primeira das muitas que virão...
Triste, e é ainda mais pensar que ano que vem é o último ano e que o coração aguente tantos choques e emoções, pois o que vai vir vai ser...
=P

L O S T

Wagner Artur disse...

(caso ele venha aqui ler as opiniões sobre o comentário dele)

Excelente comentário, parabéns pelo esforço! :)

Jéssica disse...

Eu li esse post ontem no orkut! Concordo com todas as palavras e assino embaixo! Ótima análise!!!!! Confesso que fiquei chatiadissima com a morte do Locke. Pra mim era o melhor personagem da série! :(

Paulo Dickinsom disse...

Esperar 9 meses por lost? Não sei vcs mas estou indo agora pegar um aviao na esperança que ele caia na ilha, que eu possa girar a roda na orquidea e ir parar em algum lugar do futuro para saber logo o fim dessa historia.
Ju e davi, por favor, não nos deixem sem noticias ou dudecasts esse tempo todo.
Grande abraço a todos e namastê.

Marlos Borges disse...

Ótimo texto, tb acho muito estranho que os season finales sempre são tão diferentes dos "episódios normais". Ainda acho que por mais q a série esteja chegando ao fim, ainda é "cedo" pra teorizar o que vimos nesse season finale. Talvez eu esteja errado...

Leandro Ricardo disse...

Muito bom o texto! Já havia lido essa parte na bíblia, mas confesso não ter me ligado esse fato a série.

[viagem on] O que seria a ilha então? O paraíso de onde Adão e Eva foram expulsos??? =D uhauauaha Teve gente pensando que tinha Aliens na parada) [/viagem off]

Só lembrando que na bíblia Esaú e Jacó se reconciliam.

Newton Sanches disse...

Muito bom o texto.
Como um telespectador um pouco mais "lento" =D pude esclarecer algumas coisas que não tinha dado conta.
Valeu!

Marília Teive disse...

Gostei muito da análise e realmente incomoda pensar: cara, eles deram todas as pistas durante a série (até a galera reclamar q o olho q aparece na cabana não corresponde ao olho do Mark Pellegrino - claro!!! É o olho do Esaú e não do Jacob). Ver a Clarie dopadona (morta?), Christian sem poder tocar em ninguém. Como ninguém viu q jacob também teria seu inimigo?????
P.S.: Davi mandei 2 e-mails pra vcs, dêem uma olhada. pls!!!!
Abraços,
Marília Teive

di. disse...

Li todo o texto e achei muito pertinente as observações dele.

Eu, particularmente, gosto dos comentários e ainda lembro do maravilhoso dudecast que ele participou.

Acho que essa teoria do Esaú e Jacó faz muito sentido.
Li vários comentários de várias pessoas dizendo que o fake locke era o monstro da fumaça e não entendi em que se baseia essa teoria.

E lost, mesmo tendo algumas temporadas irregulares,parece especialista em fazer Season Finales ótimas.

Rafael Carvalhêdo disse...

Pelo visto Rafael Savastano realmente pois a mente em exercício máximo para tentar juntar as peças. Ufa! Que texto bom.

Tenho teorias muito parecidas com a dele, principalmente em relação ao encaixe de algumas peças. De tudo o que ele disse, a única coisa que não havia me tocado era a relação da frase "Deus ama você assim como amo Jacó", que já sinalizava toda a mitologia da série, constantemente desenvolvida com grandiosa sutileza. Também acredito que Christian, Walt e outros mortos não passavam de Esaú perambulando e abrindo sua "passagem". Pelo visto a ilha não deveria ser movida e nem Locke deveria ter buscado os O6, tudo foi um plano executado por Esaú. A verdadeira brecha se abriu quando Esaú mandou Richard falar ao Locke do passado que este deveria buscar os O6 e morrer. Provavelmente Esaú e Jacob jogaram esse memso jogo de xadrez diversas vezes, até o primeiro encontrar uma brecha.

Rafael afirma que Ben é a grande vítima, talvez seja. Eu já acho que Locke é a maior vítima, sua vida foi mais patética e miserável do que ele já imaginava ser, seu sonho de ser especial nunca se realizou, e, no fim, Locke foi o responsável por Richard e cia o acharem especial, quando na verdade nunca chegou a ser. Locke foi a brecha usado por Esaú. Pobre homem, que me fez chorar dois dias após ter assistido ao episódio. Só Lost fez isso comigo!

Discordo de Rafael quando este argumenta sobre a suposta revivolta forçada que levou estes a quererem explodir a ilha inteira. Isso foi mais bem construído do que se pensa durante toda a temporada. Jack teve mais motivos pra querer mudar o passado do que se pensa. Adimiro-me os fãs de Lost, tão ávidos e detalhistas, ignorarem a estória pregressa dos personagens.

Lost, agora, a meu ver, se trata de "seres superiores" se utilizando de seres humanos fracos e sensíveis para ganharem o seu jogo de xadrez. Esses fracos e sofrido humanos são peças, peões, usados e manipulados, pois, nas suas fraquezas e complexos, são capazes de explodir bombas e matar uns aos outros como se estivessem num verdadeiro tabuleiro de xadrez.

Márcio disse...

Esaú e Jacó ficam de bem no final da história, pelo menos é oq ue está na Bíblia.. Esaú perde sua primogenitura, seus privilegios, mas depois Esaú se humilha .. bem que poderia mostrar Isaque, pai dos dois

realmente a história é sobre redenção, mostrar que as pessoas mudam apesar de sua natureza

Lost é um doutorado pra qualquer antropologista

Milton disse...

Depois que li a idéia de Juliet acordando pelada na selva apaguei toda a teoria e bom senso e ficarei torcendo apenas por isso!
Como ele disse: "É apenas justo!"

Rosa disse...

Nossa, Rafael, parabéns. Belo texto!

Confesso que a priori me incomodou a introdução desse personagem vilão tão tardiamente na série, mas olhando isso pela sua teoria, é até bem interessante.

Iuri André Stona disse...

Ah, sem essa de que a dor de corno não cola pra que Jack tenha motivos pra explodir a bomba. O Davi e agora Rafael Savastano no seu excelente texto reclamam disso. Cola sim, qual é o problema? Jack nunca, never ever, em hipótese alguma acreditou que alguém fosse morrer. Na cabeça dele ele está simplesmente desligando tudo o que aconteceu, mudando a queda do 815. Na cabeça dele não tem nada de gerar uma catástrofe por causa de um broken heart, mas uma simples bebedeira pra esquecer. E esse é o ponto de vista de Jack, Juliet e todos os que concordaram com a explosão do núcleo da Jughead. Simples assim. E quem nunca sofreu por amor e quis esquecer a dor que fale agora ou cale-se para sempre.

Aline Broch disse...

Toda a análise foi muito bem feita. Mas gostaria de saber como "Esaú" poderia estar no corpor de Christian e Locke ao mesmo tempo?!

E outra, revendo o capítulo, ele não só tomou o corpo de Locke, como também de suas memórias, a exemplo das conversas que teve com Ben, relembrando como o conheceu...

João Carlos disse...

Parabens pelos comentarios! Muito coerentes. Tenho algumas dúvidas, como a Claire, o que fazia com Esaú?? Será que era ele quem queria ter aaron sob seu controle?? Cristian tambem foi usado como vetor do voo 815??
Não creio em explosão, mas em clarão. Todos voltam a 07. Talvez Alpert tenha penssado que morreraão pelo clarão da liberação eletromagnetica e vai se assustar ao ve-los.Illana já sabia que jacob iria precisar de um novo corpo, isso parece obvio. Me pergunto qual será a reação do Ben ao saber que foi enganado e como vão se comportar Jack e Sawyer, como Jacó e Esaú??

Wilson Gardim Filho disse...

Gostei muito do que li na materia, mas o que me deixa intrigado é o fato de o texto estar mencionando o "irmão/Esaú/outro" como o mesmo "ser" chamado Cristian, só lembrando da cena em que o "Fake Locke", juntamente com o Ben e a Sun, o Cristian, está dentro enquanto o Fake Locke está fora, como pode isso sendo a mesma "causa" das aparições/manipulações?

James disse...

C'mon, que o Antagonista é Claire, Christian etc isso já deu pra subentender bem, etc etc. Mas que o avião vai pousar ou ainda, Jacob vai voltar pro tempo que não levou a facada aí não dá.
Vida alternativa ou todos mortos (de novo?), i don't think so.
Se deu pra "pescar" junto com Jacob e, sem ficar em cima do muro por medo de errar, é que eles vão voltar pro tempo atual. O Jack levou uma caixa na cabeça e desmaiou, até podem fazer um Memento nele. Mas isso seria clichê demais.
Não estou no escuro, pra mim está claro que eles voltaram para o tempo atual e acabou-se temporariamente as viagens pelo tempo. Mas talvez só os escolhidos por Jacob tenham voltaod.

Neysângela disse...

Adorei o texto. Longo, é, verdade, mas valeu ler cada linha. Parabéns, Rafael.

Gostaria de fazer um comentário em defesa de Kate (não que eu seja grande fã da personagem). Também estranhei o fato de ela nem ter procurado por Claire, mas dou um desconto. Ela voltou para a ilha imaginando chegar lá em 2007, encontrar os losties que ficaram para trás e então procurar a mãe de Aaron. Mas "desembarcou" em 1977 e acabou como mecânica em Dharmaville. Acho que essas mudanças devem ser consideradas atenuantes na falta de atitude de Kate.

Jeydess disse...

Meu amigo que texto! Isso TEM que ser enviado aos produtores. Traduzido. Discutido! A principal sacada a meu ver é a do Desmond. "Como não pensei nisso antes"!! É tão superior que é digno de Lost. Tudo volta ao normal, na viagem. Todos descem em LA e por algum motivo (o gancho segundo o Rafael) Desmond terá que convencer todos a voltarem pra ilha pra "reforçar" o time do Bem (Ben, Jacob, Richard...) pra enfrentar Esaú, que nada mais quer, do que exatamente o contrário de Jacob, despovoar e "inutilizar" a ilha e seus poderes. Vai saber, mesmo esclarecedor a esse ponto continua misterioso.

Parabéns ao Davi por escolher e expor esse texto!

Neysângela disse...

Adorei o texto. Longo, é, verdade, mas valeu ler cada linha. Parabéns, Rafael.

Gostaria de fazer um comentário em defesa de Kate (não que eu seja grande fã da personagem). Também estranhei o fato de ela nem ter procurado por Claire, mas dou um desconto. Ela voltou para a ilha imaginando chegar lá em 2007, encontrar os losties que ficaram para trás e então procurar a mãe de Aaron. Mas "desembarcou" em 1977 e acabou como mecânica em Dharmaville. Acho que essas mudanças devem ser consideradas atenuantes na falta de atitude de Kate.

... disse...

eu também tinha sacado essa do rival do jacob se chamar esaú. Vamos torcer para estarmos certos!

Gambito disse...

Acho interessante lembrarem que o FAKE Locker, vulgo Esau, não sabia que o monstro de fumaça disse ao Ben que ele deveria seguir todos os seus passos...

Será que a terceira entidade da ilha deseja libertar-se? Será que o "Incidente" ocorrido em 1977 acabou afetando o Monstro de Fumaça, que antes só fazia proteger e agora toma suas próprias decisões, toma partido na Grande Guerra?

Se realmente isso ocorreu... então o que a sexta temporada ja promete bastante, vai aumentar ainda mais.

Alan Ongaro disse...

Discordo 100% desse texto...

Essa temporada para mim foi melhor que a quarta.

Acompanho várias séries de alto nível, como: Sopranos, Six Feet Under, Dexter, True Blood, Deadwood, 24 horas, Deadwood e Nip/Tuck.

E posso afirmar que Lost é superior a todas elas... enfim, o cara me pareceu extremamente frustrado a troco de nada...

Andre OS disse...

Excelente texto. Que venha a 6a. e derradeira temporada. Também estou pronto para o que der vier!

Adorei a parte final da Juliet acordando no meio do mato... huahahahaha... estou cascando aqui! Corcondo com o autor, nada seria mais justo!

o Beethoven disse...

Cara... acho q ninguem vai ler meu comentario mas la vai...

Temos q pensar o seguinte sobre lost... existe os interesses de grupo e os individuais. Acho q a variaçao de vontade de Juliet esta associada a sua irmã e o destino q ela teria caso a escotilha nao sofre o tal "incidente". Penso nesta possibilidade pq quando Milles pergunta se esta atitude do jack seria justamente o incidente... o resto da Juliet é do tipo "é... caiu a ficha deles..." Os losties se uniram pra ajudar o Jack justamente pra q nada daquilo q eles viveram fosse perdido.. e abraçaram a causa.

a desculpa da Kate concordo.. foi bizarra. mas da Juliet penso realmente q esteja relacionada a irmã.

Daniel Faria disse...

Excelente, como sempre.

Cristiano disse...

há tempos nada me faz querer comentar por aqui, mas ficar calado diante tamanha devoção (e nada cega!) a Lost não consegui.

parabéns, Rafael!

clap clap clap ;]

ps: valeu Davi, por trazer esse comentário pra cá, já que não tenho mais Orkut e nunca mais passei por lá...

Aff disse...

Respondendo à Aline Broch:
Se o Esaú é o monstro de fumaça, ou comanda ele, na verdade ele não "toma" o corpo de Locke e Cristian, e sim faz cópias deles. O monstro pode se movimentar com facilidade de um lado a outro da ilha e na verdade nunca vimos Locke e Cristian juntos após a queda do Ajira 216.
Quanto à questão de Esaú saber como os dois se conheceram, pode ser que ele tenha de alguma forma absorvido as memórias do Locke defunto. Ou mesmo que o monstro absorveu as memórias do Ben com aqueles flashes quando se encontraram perto do templo, no epi "Dead is Dead"


Aline Broch disse...
Toda a análise foi muito bem feita. Mas gostaria de saber como "Esaú" poderia estar no corpor de Christian e Locke ao mesmo tempo?!

E outra, revendo o capítulo, ele não só tomou o corpo de Locke, como também de suas memórias, a exemplo das conversas que teve com Ben, relembrando como o conheceu...

19 Maio, 2009 13:26

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

Nossa quase desiti de ler no mei, mas como sou brasileira e não desisto nunca li até o fim!! heheh, bom a única coisa q eu discordo é q essa quinta temporada não tenha sido tão boa, ainda mais depois do desfecho e o ganhco q deixou no final, mas enfim cada um tem sua opnião certo =]

Luiz disse...

G-E-N-I-A-L
Mesmo não concordando com todas as opiniões, parabéns pelo texto claro e coerente com suas idéias. E muito bem humorado!!!
sds
Luiz Henrique - Brasília/DF

Cristiano Almeida disse...

Embora eu não concorde com tudo que está escrito (pra mim a temporada foi ótima), concordo em diversos pontos e dou parabéns ao autor do texto. Cada um tem sua opinião sobre a série e a explicação foi muito boa. Dei boas risadas pensando na dor de corno desse pessoal e na Juliet pelada no mato.
XD

Everton disse...

Excelente Texto!!! Só discordo de uma coisa: que esse antagonista de Jacob (Esaú?) tenha usado o fantasma de Walt para manipular o Locke. Se ele representa o deus dos mortos, não poderia usar um vivo. Com Christian realmente morto tudo bem, mas e a Claire? Bem, após ela abandonar o bebê, talvez tenha sido ela que apagou aquele círculo de cinzas atraída pelo pai e depois morta pelo monstro de fumaça.

Rock Lee disse...

EU gostei. e Ponto.

Everton disse...

Só complementado(ou discordando) o comentário do Rafael Savastano, sobre Sayid, penso que ele é o que tinha mais razão em sua atitude, mais do que o próprio Sawyer, pois ele acreditando que o passado dele em cair na ilha e depois ficar famosos por ser um dos 6 sobreviventes do voô 815 e consequentemente perdendo sua mulher, fosse mudado com a explosão da escotilha.
Então o voo da Oceanic chegaria normalmente em Los Angeles e o iraquiano encontraria sua amada e ficaria feliz com ela no anonimato.

Jackson Good disse...

Nossa, que texto ESPETACULAR. Parabéns. À explicação sobre ter ficado boring o núcleo Dharmaville, eu acrescento: o núcleo fora da ilha, nos primeiros 5 episódios, tava ainda mais chato. Por isso que a 5a temporada, embora muito boa, seja inferior à 4a.

Só discordo sobre o finale da 2a temporada, eu adorei. Até gostaria de saber as razões de porque o Rafael não gostou. O finale da 3a foi realmente do Dr Carvalho, mas coloco esse da 5a no mesmo nível. Porém, ambos não são "O melhor season finale de todas as séries EVER". Desculpem, mas nada bate o da 2a temporada de Supernatural.

Candice Telli disse...

Um dos comentários mais bem articulados dos últimos tempos (Davi e Juliana, vcs deveriam convidar o cara para um Dudecast). Mesmo discordando de alguns aspectos - o Jack definitivamente é a Geni da vez -, creio que o comentário dá conta de muitas coisas importantes para nos prepararmos para a sexta temporada. (tomara q o retorno de Desmond se confirme)

krlitus_ss disse...

concordo com tudo mas ainda tenho fé que a bomba não deu em nada e o Jacob irá renascer no corpo do verdadeiro Lock.

Edinho disse...

Se a Juliet aparecesse pelada, a temporada poderia ficar por aí mesmo, que pra mim já estaria bom. =P

Leo disse...

a teoria dele é a mesma que eu sigo... e realmente vendo os episodios mais antigos, tudo tem ligação com os eventos dessa temporada... mais precisamente com a historia de jacob e "esaú"... e ja q vou ficar 9 meses sem lost... comecei a comprar as temporadas anteriores... ja ta chegando a primeira pelo correio heheheh

Thiago Porto disse...

Bravo, Obrigado Dude pelo post e Obrigado amigo pelas palavras, agora venho complementar a sua citação "...uma indicação de que as coisas agora estão no reverso...", Sim e cheguei a ficar pasmo agora, porquê se repararmos na cena que tem inicio aos 00:59 Segundos do "The Incident" a cena esta no reverso. Sou montador de Filmes a alguns ano para reparar nos efeitos dessa ferramenta justamente chamada "Reverse" no programa de edição que uso e é utilizado em LOST(O fogo desce ao invés de subir). Pra mim ficou claro seu ponto de vista que agora divido com você. O que acham?

Gilbertto disse...

dude, pra deixar registrado mais uma de minhas viagens...
mas será q o fato do voô ser ajira 316, de João 3:16, não tem nenhuma analogia de jacob a Cristo?
já devem ter comentado isso, mas só o q eu pensei e tal =P

Malucom disse...

Impressionante a percepção que cada um tem das temporadas de lost.

Eu discordo do meu xará que escreveu esse texto quando diz que a primeira metade da terceira temporada foi um lixo! Alias, nunca entendi qual o problema que as pessoas tiveram com a terceira temporada que, tirando o episódio expose, foi muuuuuuuuito superior que esse quinta, por exemplo.

Capitolina disse...

Hey dudes!!!
Parece que ja ta rolando um ARG novo de LOST!!! Deem uma olhada em: http://blog.lostpedia.com/2009/05/twitter-arg-update-2-real-or-not.html e vejam o post.
vejam tambem: lostarg.wordpress.com e acompanhem oq a galera ja anda decifrando.

Beijocas a todos,
Brena. Salvador - BA

David Moraes disse...

Primeiro: Esse homem tem uma boca suja, viu? Vamos pensar na qualidade das palavras antes de falar besteira.
Segundo: Apesar de achar a análise interessante, discordo completamente do que foi dito à respeito da 3a temporada, que foi a minha temporada predileta. E não apenas por causa do excelente desfecho! Foi lá que aprendemos muitos fatos importantíssimos para o desenrolar da trama. Sim, tivemos Nikki e Paulo...mas ainda assim Exposé foi um episódio chocante.

Diogo disse...

Concordo que o último episódio foi o melhor e me deu mais vontade de continuar assistindo LOST, mas discordo de quase todo o resto, como das criticas ao tempo dado à Dharmaville, eu acho que vimos MUITO POUCO do que aconteceu nos 3 anos de Juliet e Sawyer na Dharma, e menos ainda do aconteceu quando Kate, Jack e Hurley se juntaram a eles...

eu disse...

Pessoal, também havia notado que as labaredas do fogo que estava dentro da estatua estavam indo no sentido contrario do que realmente ocorre, elas estavam indo da ponta para a base,no sentido reverso, bem sacado, e outra coisa, e se os losties forem tipo os 12 filhos de Jacob(Jacó), o ruim seria elencar todos Jack,Kate,Locke,Hurley,Sayd,Jin,Sun,Sawyer,Ben?,Desmond...

Sabrina disse...

Márcio, o Isaque [pai de Jacob e Esau] deve ser o monstro de fumaça, rss.

João Carlos, seu comentário de a Illana saber que o Jacob ia precisar de um novo corpo, me deu uma nova idéia de teoria: e se o Jacob pegar o corpo do Locke?? Ia dar maior confusão em nós, nunca íamos saber quem é Jacob e quem é Esau. Confusão essa que Darlton ia adorar!!

E já que toquei nesse assunto: como é que tem 2 corpos do Locke?! Um na caixa e um debaixo da estátua?

Gostei do texto, mas ainda acho que Jack não conseguiu mudar o futuro.

E que tal fazermos uma enquete pra dar um nome pro falso Locke? Cada um anda chamando de um jeito e eu até gosto da teoria dele ser Esaú, mas podemos estar errados.
Eu vi alguém comentando no blog da Lostpedia e gostei de FLOCKE [fake locke]. Hehe.

Sabrina disse...

Uma outra sugestão é que nesse período de espera, a cada semana assistimos 1 ou mais episódios novamente e depois debatemos aqui.

O que acham Davi e pessoal dos comentários?

Mauricio S. disse...

caraca, muito bom o comentário...
muito boa a idéia de tudo se apagar e o Desmond ter de recolher os cacos de volta... Afinal, justificaria a idéia de que para ele as coisas são diferentes.
incrível.
desculpem os puristas e bonzinhos, mas Lost é FODA.

Edu disse...

Poxa... isso é q é análise boa, viu!!
Bom mesmo! Incrivel como o episodio é tão, bom, tão bom, q só depois de uns dias de reflexão, suregem "estalos" de entendimento.. aconteceu muito comigo.. muitos desses estalos eu compartilho...

so nao concordo com a preferencia de temporadas.. pra mim é quase o contrario... 1>2>5>3>4

Carla disse...

Eu confesso que eu devo ser muito burra, mesmo, pois eu não tinha me dado conta nem de 1/5 das coisas que o Rafael escreveu aí...
Aliás, eu nem me dei conta da história de Esaú e Jacó. Todo mundo pensou nisso quando viu o capítulo?! Só eu que não pesquei nada?! Eu achei que eles eram deus e o diabo...
Aliás, outra coisa que não entendi (até agora) é pq vcs todos dizem que o cara da cabana era o "malvado" e não o Jacob. Eu perdi alguma coisa?! Em que momento vcs perceberam isso que até agora eu ainda não descobri?!
Enfim, tá feia a coisa pro meu lado. Nem revendo a série inteira eu acho que consigo me dar conta de tudo que vcs falaram.
Eu acho que eu sou uma das pessoas "lentas" que precisará de muita explicação na última temporada para entender alguma coisa. E, olha, que no mundo existe gente ainda mais burra do que eu. Mas estes eu acho que não vêem LOST, né?! :P

Aguardo mais luz neste blog para clarear as minhas trevas...
Thanks.

Marbella Pecora disse...

Oi!
Tb concordo com vc quanto à terceira parte da estória...e é a única parte que me desapontou pq muito forçada essa parte do amor...não colou!!!!! Uma pena! Foi a única parte que me peguei irritada com a trama...tava indo tão bem! Mas de resto acompanhei a temporada com gosto... só posso torcer que os roteiristas não nos desapontem com idéias forçadas desse tipo na ultima temporada...! Bom, é isto!
Ate mais!

Ricardo Lemos disse...

Acredito que a sexta temporada será um retorno a primeira...

Quem nao se lembra do locke sombrio da primeira temporada?

E se a "virada" da chave na cisne pra impedir um novo incidente não causou uma lapso no espaço-tempo que permitiu que Locke reassumisse seu corpo temporariamente?

Eu acredito que aquele Locke da primeira temporada (locke morreu, por isso nao era mais aleijado) já era Esaú e a sexta teremos o retorno a isso e como a linha temporal deverá ser consertada...

Ps.: Tenho uma teoria que Esaú criou a Dharma justamente pra criar o incidente e forçar o loophole...

Caroline disse...

Viu Daviii! Vi muita gente dizendo q a Kate Jack e Juliet não tinham sido ridículos, tinham sido fofos! Também sou da opinião de que foi um ponto fraquíssimo. Vejo muita gente dizendo que Juliet já passou do ponto... porra e a Kate? Devia ter morrido no lugar do Boone então! A personagem não passa de uma bisca (perdão) que quando enjoa do jack corre pro James e vice-versa. E quando tá fora da ilha fica com o Jack, mas criando o Aaron porque precisava dele para não sentir saudades do Sawyer, e então quando volta à Ilha; Hurley menciona a união de James e Juliet que termina com Kate fazendo caras e bocas!


Faça meu favor!

Kadú disse...

Fantástico!

Finalmente alguém me convenceu que o quadrilátero amoroso e suas motivações não foram os pontos fortes da temporada.

Valeu muito a pena gastar uns bons minutos lendo o material.

Que venha a sexta temporada!

Kadú disse...

Quanto à discussão sobre qual temporada foi a melhor até agora sinceramente não sei opinar. Não consigo avaliar a série desta forma. As peças estão se encaixando tão bem, até o momento, que julgar as temporadas separadamente seria injusto.

JÔ Domingos disse...

QUE TEXTO BOM O DO RAFAEL. MUITO PERSPICAZ. MAS SUGIRO Q ASSISTA NOVAMENTE AS DUAS PRIMEIRAS TEMPORADAS E VERÁS Q O FINALE DA 2ª É EXATAMENTE A CONTINUAÇÃO DO Q FORA PROPOSTO NO FINALE DA PRIMEIRA. Ñ HÁ RUPTURA DO FINALE DE UMA P OUTRA.

PC disse...

Seria a case do violão de Charlie o "Proxis" de Jacob assim como o sapato de Christian foi para Locke?

Bruno disse...

Excelente análise! Concordo com 90% de tudo o que foi dito, menos que a 5ª temporada estava desanimada, achei que ela foi bastante interessante principalmente a decada de 70 na DharmaVile! no mais parabens pelo tempo e paciencia ao cara que escreveu esse release!

Manuel disse...

bom texto, a ideia de essau poder controlar os mortos passou me logo pela cabeça pelo senao que christian nao estar no caixao. bem, mas ja agora alguem sabe porque faraday terá dito a jack que não devia estar na ilha? é porque é o mesmo jack que acaba por seguir as instrucoes de jack, e sem ele nao deveriam ter colocado a bomba

Hellen disse...

Parabens Rafael!! Analise primorosa!!

Mariana Azevedo disse...

Achei muito bom mesmo o comentário do Rafael... não concordo com ele quando disse que a 5ª temporada não foi tão boa, porque eu adorei ela...
e gostei da parte Dharma. A morte de Locke foi o pior dessa temporada, assino em baixo.

Enfim, eh bom ver a diversidade de opiniões =]

Kleber disse...

De fato, o Rafael pôde condensar todos os pensamentos da maioria dos telespectadores de Lost de uma forma eficiente e extensa, mas não cansativa.
Eu não acho que mais do que 1% deste público esteja realmente interessado no quadrângulo amoroso conduzido até agora de forma capenga, e a análise sobre Ben foi acertadíssima.
Parabéns, realmente digno de um post inteiro só para ele no Dude, We Are Lost!

Leandro disse...

Tem um cara que escreveu isso num blog:

Domingo, 22 de Abril de 2007
Bad Twin
Jacob é o bad twin de Locke?

Na trave: Locke, por enquanto é o bad twin de Jacob.

Daniel disse...

Walt disse a Locke que tem sonhado com ele na Ilha vestindo um terno, cercado por pessoas que querem machucá-lo. uma coisa e certa fake locke nao esta de terno...

Slovich disse...

Sei que é bem improvável, mas já imaginaram se aquela conversa do início do season finale não fosse no passado e sim no futuro. Se o navio não fosse o blac krock mas um outro navio chegando logo apos tudo o que já se passou na ilha depois de jack e companhia. Tenho certeza que seria o maior choque pra todos. Improvável, mas não impossível. xD

Marco Aurélio disse...

Comentário absurdamente ridículo do início ao fim. "E por isso eu costumo fingir que ele é na verdade o season premiere da terceira temporada, que é aquele lixo que todos conhecemos."

Quem você pensa que é pra falar "todos nós conhecemos"? A terceira temporada foi tão magistral como todas as outras 4. Lixo? Lixo é alguem que apesar de criticar tanto uma série continua temporada após temporada assistindo-a. Hipócrita!

Cleber disse...

Parabéns!

Foi o comentário sobre o final da 5º Temporada de Lost mais corajoso que eu li.

Tbm torço que a 1º cena da 6º temporada seja da Juliet nua para assim termos um pouco de coerência nessa coisa toda.

Couto disse...

Não li todo o comentário, mas ele tem razão sobre muitas coisas. Principalmente o fato de que os roteiristas começaram a se perder a partir do final da 2a temporada. Foi ali que optaram por fazer uma série de ação em vez do suspense inteligente do início. Só não acho que a 4a temporada tenha sido tão boa assim, pelo menos não no nível das duas primeiras. Agora, o confronto Jacob / Esaú, na minha opinião, pode colocar tudo a perder de vez, ao tirar o eixo narrativo dos personagens que estavam no 815.

Rodrigo disse...

Legal o texto do Rafael, no sentido de abrir novas visões. Mas falar que que Lost tenha sido lixo alguma vez, é demais. Hahahaha eu até dou risada desse tipo de comentário. Enfim.. Sei que foi um comentário emocionado, mas, desde já, posso lhe garantir que está longe de ser um lixo, meu amigo. Muito longe hahaha Vlw

Amenar Neto disse...

Muito Bom! Palmas!

Só que eu ainda não consigo entender como os fãs em geral odeiam a terceira temporada. Para mim, foi A MELHOR DE TODAS até agora. De longe. E como ele mesmo disse, tem o melhor finale de todos também. Mas ao contrário do que o autor do texto disse, gostei de todos os finales até agora.

Essa quinta temporada foi mestre em apagar grandes personagens, mas lembro de ter gostado bastante até o 12 capítulo. Daí veio a celebração do 100 da série, depois o 101 que foi muito bom. Como são 17 no total, digo então que, para mim, tivemos uma pequena porcentagem de história que não me agradou.

Pois bem, ainda temo sobre o destino da série. Mas acho que o 1 cap. da sexta temp. vai me dizer se devo fazê-lo ou não. Mas os roteristas ainda tem credibilidade de sobra. Veremos e esperaremos.

Carlos disse...

post legal!

mas não me conformo q ainda insiste com essa historia de q Jacob de algum jeito "armou" pra q Jack e Cia alterassem o passado e o salvassem da morte!

BOBAGEM!@

gente, não vamos confundir o tempo na TV com o a linha de tempo na serie, por favor.

nos estamos vendo as tramas como se fossem paralelas, mas elas NAO são! Jacob foi esfaqueado em 2007, numa linha temporal em q Jack, Sawyer, Sayid, etc. já estavam presentes em 77.

Richard já se lembra deles. A bomba já explodiu ou não. E isso tudo aconteceu 30 anos atrás!

ou seja, seja la quais forem as conseqüências desse evento, essa linha temporal q vemos em 2007 já é resultado disso.

não importa se vc acredita se WHH ou não! mesmo q o passado possa ser alterado, ele ja foi!

a questão é na verdade se existiu algum dia um 2007 diferente desse q vemos? pq esse é EXATAMENTE a q foi produzido pela presença deles em 77.

não ha como fugir disso

portanto o q vimos nas primeiras temporadas pode até se desfazer, mas não esse 2007 q acabamos de assistir.

uma ultima coisa... todo mundo parece já ter certeza q Jacob e fulano de preto são realmente duas entidades diferentes. eu particularmente acho que não!

primeiro, pq não gosto dessa bisonhice de bem contra o mal e tal. era so q faltava.. deus x diabo, vida x morte e por ai vai...

bem e mal são conceitos relativos e cada um de nos tem um tanto deles em seu ser. pq não pensar em Jacob da mesma forma?

segundo, pq deve haver um motivo realmente muito importante pra "esconder" o nome de um personagem. Esse nome deve significar em si uma revelacao. bom... Esaú seria uma revelação. mas alguém acha q eles vão realmente meter a mao nesse vespeiro de transpor personagens bíblicos reais pra tela e entrar no velho testamento literalmente??

não acredito

fora isso.. q outro nome seria revelador em si? JACOB

já falei demais

abraços!

Love_... disse...

Amei a conclusão...muito do que eu já pensava e tinha preguiça de escrever hahah..e o "dor de corno?" foi o melhor !!!!!

Rafael Pagani Savastano disse...

Oi gente. Obrigado por todos os comentários, fico feliz que o texto esteja agradando a maioria das pessoas =)

Só pra responder ao Marco Aurélio, que ali em cima perguntou 'quem eu penso que sou': eu penso que sou um telespectador da série que, como a grande maioria, assistiu a terceira temporada e portanto a conhece. Se você gostou da terceira temporada (como muita gente aqui gostou, pelo que eu vi), fico sinceramente feliz. Agora, o que não dá é pra ser xiita e reagir a qualquer crítica a Lost como se tivessem xingado sua mãe. Primeiro, porque vc claramente não leu o texto se acha que eu estou 'criticando tanto' a série. E segundo porque, bem, desculpe te dar a má notícia, mas: Lost não é sua mãe ;)

E Carlos, eu fui o maior advogado dessa história de "whatever happened happened" na Lost Brasil, eu de fato usei todos os argumentos que vc usou aqui, mas a partir do momento que a trama se prestou a criar o benefício da dúvida, bem - se existe alguma chance de a explosão ter mudado o passado, então as cenas estão sim acontecendo em paralelo, ou não haveria série, concorda? Supondo que a bomba alterou a história, após a explosão delas nenhuma das últimas 5 temporadas aconteceu (não da forma como vimos), mas como nós assistimos 5 temporadas inteiras de um tempo que agora não existe, é seguro assumir que o desfecho dos acontecimentos em 2007 ainda está ligado ao tempo sem explosão.

Claro que a bomba pode não ter mudado nada, mas eu pessoalmente acho que mudou, e digo isso porque percebi que foi um erro dos produtores criarem essa história de que tudo sempre aconteceu da forma como é mostrado, porque isso destrói o suspense da série. Se nada do que for feito no passado traz qualquer consequência, então para que nos forçaram a ver meia temporada disso? Essa é minha maior reclamação sobre o núcleo Dharmaville (antes do retorno do Faraday e dele retirar o que disse sobre destino): parecia que eu estava vendo uma história inócua.

É isso aí. Como eu disse no texto, todas as minhas conjecturas podem dar em água, mas pelo menos são alimento para as mesas redondas sobre Lost pelos próximos 9 meses ;)

Marília Teive disse...

Já q está a torcida pela cena da Juliet correndo pelada (rs...) quero colocar uma situação q pode vir em decorrência disso... Se ocorrer com ela o q ocorreu com Des e ela sair por aí pelada então ela tb vai se tornar especial e as regras da ilha não vão se aplicar a ela. Não foi por causa dessa imensa carga eletromagnética q Des se tornou especial????

ze das couves disse...

Se Ben, Locke e demais losties foram "joguetes de duas entidades muito superiores a eles", não devemos nos esquecer que Esaú e Jacó TAMBÉM tem uma entidade muito superior acima deles...

Será que Deus aparece na sexta temporada? rsrsrs

luiz_chg disse...

Caro Rafael Savastano, acho que pegou pesado com o colega... "Lost não é sua mãe", isso realmente pode tê-lo ofendido. Assim como vc teve o seu direito de resposta, acredito que eu tenha o meu direito de crítica a esse assunto, sendo um leitor acíduo. Sobre o post, achei muito bom o ponto de vista, principalmente a parte em que Juliet acorda pelada... heheheh...porém tenho que enfatisar que as suas críticas a respeito de lost em demasia pode causar um certo desconforto, talvez o lugar apropriado para isso fosse aqui nos comentários. Digo isso, pois esse site é uma referencia para os telespectadores de lost no Brasil, então o seu comentário pode ser de grande influência, assim como as teorias são... por isso acredito que suas críticas não foram construtivas para alguns. Mundando de assunto... gostaria de comentar alguns fatos que encontrei escritos na bíblia (que eu não lia a mto tempo!). 1.Raquel mãe de Jacob e Esau era estéril (assim como a ilha!); 2. Esau era um caçador (Locke?!) e Jacob vivia em tendas (Losties?!); 3.Jacob significa enganador (???); 4. Esau e Jacob fazem as pazes; e 5. Nenhum dos dois são pessoas más.

Grande abraço a todos lostimaníacos... "See you in another life, brotha!"

Carla disse...

Fala sério, né?!... o comentário do Rafael foi ótimo, e ponto final.
Quero mais.

Eu não quero ver a Juliet pelada. Se for para aparecer gente pelada, que seja o Sayid \o/

Edinho disse...

A propósito, o que o Rafael quis dizer com Naveen Andrews tirar férias da série? Isso é literal?

Não entendi.

Quéroul disse...

"eu tive MUITA PENA de Benjamin Linus. Ele pode ser o maior e melhor manipulador filho da puta desse mundo, mas ali, sob a sombra da estátua, ele está sendo um joguete patético de duas entidades muito, muito superiores a ele."

primeira vez que eu pensei q, sob a sombra da estátua, 'aquele que irá nos proteger' poderia ser o próprio Ben...

enfim.

Janaina disse...

Oi pessoal,

Sobre o dark locke, Esaú, Locke sinistro, bocaj e por aí vai...
Penso que ele está mais para Seth, devido as descrições deste deus egípcio e o pouco que nos foi revelado. quem sabe?

Abs

Marco Aurélio disse...

“Só que eu ainda não consigo entender como os fãs em geral odeiam a terceira temporada. Para mim, foi A MELHOR DE TODAS até agora. De longe. E como ele mesmo disse, tem o melhor finale de todos também. Mas ao contrário do que o autor do texto disse, gostei de todos os finales até agora.”
-Os fãs de LOST não odeiam nenhuma temporada, eles amam cada uma como se fosse a própria mãe. Amor incondicional e sem limites, pq o que LOST proporciona aos fãs, nenhuma mãe conseguiria proporcionar.

E isso já responde Rafael Pagani Savastano sobre a questão “sua mãe”.

bardo disse...

Gostaria de comentar sobre o Loop hole...
Aparentemente tudo está acontecendo e acontecendo de novo...num loop...
isso me fez lembrar MATRIX...na explicação do ARQUITETO para NEO...
ele deu atraves do livre arbitrio, duas opcoes para Neo e este escolheu tentar salvar TRINITY ao inves de salvar a humanidade toda...isso gerou um BURACO NO LOOP, pois nas outras vezes, ele optou por tentar salvar a humanidade e o loop deu outra volta...

parabens pelo trabalho, comecei a frequentar o site depois desse season finale

abracos

Victor, O bardo

Carlos disse...

Rafael,

não se trata de defender q WHH.

vamos então esquecer disso, ok? Vamos assumir q o passado PODE SIM ser mudado.

pois bem...


"é seguro assumir que o desfecho dos acontecimentos em 2007 ainda está ligado ao tempo sem explosão."

seguro?? baseado em q velho? serio....


Richard lembra de tê-los visto todos morrer (remete ao incidente e coisa toda da bomba); eles estão na foto da parede (prova q eles realmente estavam la). Ben se lembra de ter sido levado pra ser "curado" (sayid atirou nele), a cabine tem pinturas de Vincent (rose e bernard tb estavam la).. e por ai vai


de novo! não me interessa se isso sempre aconteceu assim ou não... isso não é importante.

meu ponto aqui é mostrar q nessa linha de tempo q vimos, ao menos, eles estiveram em 77, concorda?


blz.. sobre as linhas correrem paralelas. sem problema... a questão é: quantas linhas vc imagina q existam??

sei q é possível imaginar infinitas linhas temporais, onde cada pequena escolha poderia provocar uma alteração futura e uma linha temporal correspondente. assim poderíamos ter uma linha temporal onde, por exemplo, os losties foram sim parar em 77 mas Juliet não mudou de idéia. Daí Sawyer desceu a porrada em Jack até matá-lo e impediu q a Kombi chegasse na cisne.. outra onde Faraday teve uma reação alérgica ao sossega-leão do submarino e morreu sem convencer Jack a explodir a bomba, outra onde a arma de Eloise falhou e....

infelizmente, levando a serio esse raciocínio tudo é possível. uma vez q as possibilidades seriam infinitas.

a sexta temporada poderia começar em um templo budista. visto q nessa realidade eles todos se conheceram no aeroporto de Sydney e ao invés de pegar o avião pra Los Angeles, resolveram ir pro Tibete descobrir o sentido da vida. entende?


pra não entrarmos no campo do absurdo. acho deveríamos considerar apenas duas possibilidades. q sejam: um 77 sem a presença dos losties e outro com (e onde as coisas aconteceram da forma q nos foi mostrado na serie).

blz... pra q as duas linhas temporais corram paralelas como vc disse é preciso então q uma delas ao menos seja SEM a presença deles em 77, concorda?

Do contrario não serão duas linhas diferentes, mas exatamente a mesma. Q de fato eh o q vimos!


Abs!@

Luiz Felipe disse...

"Tudo o que acontecer antes disso, é apenas progresso" Jacob.... de longe a frase mais reveladora da temporada

lucas disse...

só alguns comentários concordo com algumas coisas do que ele disse e discordo de outras. Pra mim também sempre ficou claro nessa temporada que o futuro poderia sim de alguma forma ser alterado, como disse poderia( como talvez), pois a história de whatever hapenned, happened, a qual eu concordo nunca foi concretizada nessa temporada, o faraday dizia, mas nunca foi provado, afinal ele mesmo falou com desmond no passado. Acredito mesmo que se alguma coisa tenha mudado dead is dead, ou seja nem locke, nem charlie, nem os outros que morreram voltam, mesmo que se o avião por um acaso nunca tivesse caído na ilha ele cairia em outro lugar, ou de alguma forma aqueles losties bateriam a bota.
OUtra coisa que me incomoda é essa de chamarem o antagonista de jacob por esaú. As pessoas estão ligando como o esaú e o jacó bíblico. Qualquer pessoa que le a bíblia, mais especificamente genesis, sabe que esaú não era mau, aliás quem enganou esaú foi jacó e não o contrário. AS pessoas estão ligando as coisas de uma maneira de que daqui a pouco dirão que Rachel e jacob, são os pais de ben como na bíblia e portanto juliet seria tia do ben.
sem mais.

lucas disse...

Ah ainda to curioso quanto a algumas coisas. Tanto christian como alpert apareceram fora da ilha, e charlie disse a hurley que jack seria visitadio quando eleviu o pai. Seriam os mortos vistos por hurley como o christian, ou charlie apenas advertiu hurley para que jack tomasse cuidado?

lordbeleza disse...

Realmente um bom texto. Mas seria um erro identificar os personagens com Jacó e Esau bíblicos. Jacob é Jacó, RA, Sobeq, Shiva? O novo personagem, que aparece creditado como Samuel(?) é Apep, Vishnu? Ou seriam eles os arquétipos que deram origem a tais mitos?

Jaco e Esau, RA e Apep, Dia e Noite, Yin e Yang, Shiva e Vishnu, Ciência e Fé - e a lista de opostos seria enorme.

Cabe esperar e ver quais outros mitos os produtores vão querer acrescentar e como eles pretendem fechar a série. Seriam os opostos irreconciliáveis em um eterno ciclo em que um se sobrepõe ao outro? Haverá um Hiero Gamos?

Galdir Reges disse...

Sobre o magnetismo derrubar o avião sem engolir tudo que é magnetico em volta: o avião sofreu um empuxo magnetico fraco que foi suficiente para o desestabilizar. Saindo de controle ele partir em dois não coisa de outro mundo. Nada absurdo.
Além disso, ainda acredito que as explicacoes cientificas vao nos surpreender, pois as eplicacoes que tenho em mente para lost são independentes de misticismo e novos fatos que lost possa apresentar.

Rafael Pagani Savastano disse...

Carlos,

Eu entendi seu argumento. Como eu disse, tecnicamente ele é plausível. O que pega é que isso arruinaria a coesão narrativa da série (e, apesar de alguns filhos autoproclamados, Lost é ainda uma obra de entretenimento). Poderíamos dizer que, por exemplo, do momento em que o vôo 316 atravessa o clarão em diante, estivéssemos acompanhando o 2007 consequência do season finale. Seria perfeitamente possível, mas não traria nenhuma vantagem narrativa. Iria confundir todo mundo (mais do que já está confuso) e adiantar a resposta de uma questão que eles trabalharam tão direitinho pra servir de gancho entre temporadas. Mais uma vez, não é que não possa ser assim, mas seria fragmentado demais e provavelmente dificil do público assimilar.

lordbeleza,

Por que "um erro"? Os elementos do velho testamento estão em Lost há muito tempo, tanto quanto os elementos egípcios. E sinceramente, se os produtores queriam, como quiseram, que dois personagens tão bem guardados para o clímax fossem uma surpresa, era óbvio que eles não iam esfregar as pistas na cara de todo mundo. A mitologia egípcia tem a ver com o velho testamento (Jacó morre no Egito, inclusive), mas não é uma associação imediata. Deuses egípcios, por outro lado, são. Os Darlton são mais espertos do que isso, eles sabem criar desvios de atenção ;)
Além disso, eu nunca falei que os dois são *os mesmos* Esaú e Jacó citados na bíblia, no torah e no corão. Assim como John Locke não é *o* filósofo, mas seu nome é uma referência arquetípica. E quanto ao nome Samuel, esse foi o nome do casting, que é sempre um nome falso. O casting para Jacob, por exemplo, estava descrito como "Jason" ;)

e Marco Aurélio,

Eu acho que você precisa sair mais =P

Alagoas disse...

Excelente texto. Apesar de longo, certas coisas são impossíveis de serem claramente explicadas em poucas linhas.
Mas fico apenas (?) com quatro comentários sobre tudo o que foi dito:

- A primeira é sobre Esaú e Jacó(b). Será que a disputa entre eles é realmente o topo da pirâmide? Ou será que ainda há uma força acima dos dois? Algo como 2 diretores brigando por poder, mas que são ainda subordinados a um presidente? Seu pai? Jesus? Será que o pai deles é o Lostzilla? Será que são filhos do mitológico Taweret? Curioso. A se ver...

- Sobre a incorporação de Esaú. Sempre achei que o Jacob da cabana parecia com Locke. Uma vez que ele parece ter assumido um corpo igual ao seu (já que incorporar exatamente não parece o termo, uma vez q o corpo de Locke está ainda no caixão), e com tantas indas e vindas no tempo, será que não era mesmo?

- Sobre Desmond. Será que ele é mais "The Constant" do que parece? Será que ele realmente é o cara que mais entende de tudo isso? me parece que sim. Isso me lembra aquela brincadeira de esconde esconde, quando todos estão pegos e no fim, o último chega e "salva o mundo". Será?

- E por fim, o mais importante: A cena da Juliet pelada na selva me parece a melhor solução para a continuidade da história. :p Será que não dá pra arrumar uma ponta para a Kate tb? Isso sim seria o final perfeito! Todos eles ficam nus e montam na ilha uma colônia de nudismo, e vivem felizes para sempre!!! hehehehehe. E dá-lhe Taweret, e dá-lhe fertilidade!!! Como dizia o mandamento: perdei-vos
e reproduzi-vos!!! Não era isso?

T disse...

"Mas continuo secretamente torcendo para que a primeira cena da sexta temporada seja o olho de Juliet, pelada no meio do mato. Ei, aconteceu com o Desmond da última vez que deu um clarão na Cisne. É apenas justo =P" (x2)

Saulo Lima Lemos disse...

Duuuuuude
vc não gostou do Season Finale da 2a? Foi oq eu mais gostei (claro que teve todo um contexto... FB de um super personagem, bons tempos qndo eu pensava que os outros eram um bando de selvagens, Waaaalt, peguei os DVDs emprestados e nem sabia oq era spoilers, aqle super gancho da ultima cena qndo eu ainda pensava que tudo sairia bem se eles fossem salvos...)
Aliás
até hoje não foi explicado e eu DUVIDO muito que eles se lembrem de explicar jah que a série tah indo por um caminho tão diferente:
COMO PENNY SABIA O QUE PROCURAR. Nem seu pai que passou uns 40 anos na ilha achou a ilha de volta... pq Penny saberia ???

Carolina disse...

Ótimas teorias, mt bom o texto!
Tb havia pensado que o carinha da primeira cena era a mesma pessoa ("em forma" de Locke) que induziu o Ben a matar o Jacob. Mas não havia feito essa analogia com a história de Esaú e Jacó.
Ambas as cenas - a 1ª e a última - têm frases idênticas: na 1ª cena o "Esaú" diz, em entrelinhas, ao ver a Black Rock, que o Jacob sempre traz confusões para a ilha, que as pessoas lutam e depois se acabam, dando a entender que estes eventos já vêm de longa data. "Esaú" diz tb que iria matar o Jacob, no que este responde: "qdo vc achar uma brecha, estarei aqui".
Na última cena temos o Jacob dizendo a mesmíssima coisa para o "Locke": "vc achou a sua brecha".
As surpresas nunca acabam!

Leandro disse...

Detalhes: Jacob pediu para Kate não roubar e ela roubou. Um parente pediu para James não escrever a carta e ele escreveu. Jacob abençou o amor de Sun e ela se preparou para fugir. Jack confrontou seu pai, mas se tornou igual a ele. Locke morreu atrás do seu pai, foi ressuscitado por Jacob para depois ainda continuar procurando por algum sentido na vida, mundo a fora. Jacob salvou Sayd para que ele se tornasse um assassino.

Todos usaram o livre arbítrio em um sentido contrário ao que seria o bem individual. Parece que acabar na ilha e sofrer era a purgação que todos teriam que passar.

Ah, creio que Jacob é o "vilão" da história.

Fernanda Didini disse...

se cristian e jabob/locke eram o esaú... a clarie fizeram o que com ela? morreu? virou fumaça?

Fernanda Didini disse...

pegando referencias do wikipidia:

Esaú e Jacó é uma história do livro de Gênesis, parte integrante da Bíblia. Trata da relação entre os filhos gêmeos de Isaque e Rebeca. Segundo a tradição, o filho primogênito tinha direitos exclusivos. Dentre os gêmeos, o que nascera primeiro fora Esaú. A mãe tinha preferência pelo mais novo, Jacó, chegando a planejar junto com ele, para enganar o pai que estava velho e já não enxergava bem. Rebeca ajudou Jacó a passar-se por Esaú, para roubar o direito deste.


o mais importante: Rebeca ajudou Jacó a passar-se por Esaú, para roubar o direito deste.


pode ter alguma coisa importante nessa troca de jaco e easu... do bem e do mal. e so mostra ainda como eh sim essa historia a referencia mor de lost

Romulus disse...

Muito show, vaaarias opinoes similares, divergentes, mas td mundo opinando, muito joia a integracao, afinal e dela que viveremos durante esse hiato de Lost que teremos. Mas cada um com a sua... dizer que o fim da 2ª temp. foi ruim? rsss fala serio...

2ª Temp. Michael tinha acabado de assasinar Ana Lucia e Libby a sangue frio, e ninguem nem chutava isso! Locke perdeu a fe, Desmond usou a chave e a escotilha foi pros ares!Vimos o pe de Taweret a estatua! Michael realmente saiu da ilha, vendeu os amigos e nos ficamos meses pra saber o destino de Kate, Jack e Sawyer!!! Foi muito boa sim!

E a pobre 3ª Temp? Tao castigada pela greve dos roteiristas? Ja esqueceram disso??? Sem falar obvio das revelacoes que ela trouxe!
Ben com cancer!

Vimos a queda do aviao de um angulo maravilhoso!

Conhecemos a existencia da Dharmaville!

Juliet apresentada!

Mikail apresentado!

Alex apresentada!

Karl apresentado!E mesmo nao sendo um personagem relevante,so pela cena em que ele sofre a lavagem cerebral e podemos ouvir as mensangens sobre os flashforwads ao contrario e ler "Deus ama vc assim como ama Jaco" Ja valeu o terem criado, rsssss!

Novas estacoes Dharma!

Morte do Mr.Eko!

A operacao de Ben e fuga de Kate e Sawyer como gancho!

encurtando...

Sawyer matando o pai de Locke!!!

a chegada de Naomi a ilha!

Ben atirando em Locke e deixando-o pra morrer,

Sawyer matando a sangue frio Tom!

Vimos a Torre aonde Rosseau gravou a msg!

A emocionante morte de Charlie, e a intrigante msg escrita em sua mao "not penny's boat" que nos deixou intrigadissimos!

E pra finalizar um fim de temporada que ninguem imaginava... a intrudução dos flashfowards, com "WE HAVE TO GO BACK!!!"

Entao, citei apenas alguns fatos da "pessima" 3ª temp, que eu me lembrei, entao por favor ne sejamos mais maleaveis! Dizer que foi ruim e exagero!!! Nao foi tao boa quanto as outras, mas grandes acontecimentos ocorreram nela sem sombra de duvida! O problema e que vamos resolvendo o quebra cabeça mas esquecemos que tudo é apenas UMA GRANDE historia, que apenas nos e dividida por conviencia de formado, afinal Lost e uma serie, assim como vemos filmes e nao gostamos de determinadas partes do inicio ou do meio,no final ele esquenta ou toma outro rumo que nos agrada mais, mas e o mesmo filme! Assim tb devemos tratar Lost e nao esquecer ne pessoal que opiniao cada um tem a sua! rsss o que lemos nos jornais com colunistas famosos sao apenas opinioes sobre alguns fatos, lembrem-se opinoes, o mesmo se deu com a opiniao do Rafael, otimo pra uns pra outros nao!E ae sim Carla, ponto final! rssss... pro Samuel Lima Lemos, reveja as temporadas novamente vc vera que os portugueses contratados pela Penny captaram o sinal da ilha qd Desmond virou a chave! So que O pessoal do Widmore chegou 1º, por isso ela estava ali na area, pq ela ja sabia aonde procurar!
5ª temp fi excelente! Louco quem diz o contrario, minha opiniao... rsssss
abç a todos

Jin disse...

Concordo com muito pouco.
Na verdade achei o texto um tanto idiota. Nao falou nada mais do que foi explicitamente mostrado no ultimo episódio.E foram apresentadas apenas opiniões pessoais, vide comentário idiota sobre a Juliet no mato.Não foi uma analise de LOST e sim um comentário pessoal.
A quinta temporada foi uma das melhores, mostra que os produtores possuem a história completa desde a primeira temporada. E isso nos deixa mais tranquilos com relaçao ao futuro da série.

Grambela disse...

Tive paciencia, tempo e nervos pra ler tudo, confesso que nos paragrafos finais cheguei até a me arrepiar..
ja tinha pensando em Esaú e Jacó, até deu uma olhada na net pra ver como era a historia deles...
e realmente bate, com o que a gente acha que é.
Concordo com os shifts que ele deu, com o patético quadrangulo amoroso, enfim....
concordo com tudo...
Eu e 3 amigos só assistimos os episodios de lost juntos, para bolarmos nossas teorias, e lgo em seguida sempre lemos o blog pra ver se batem.. admito que depoisde muiiito debater o finale esse "post" do Rafael foi o que mais Bateu!
está de parabens...
e que venha 2010...

Carlos disse...

Ju e Davi,

Eu tava revendo o episodio aqui e achei a faca na cabana do Jacob, ou do "Esau", muito parecida com a faca que o Locke normalmente carrega, e não o vi com a faca em momento algum esse episódio.

Será que não foi ele que deixou aquela faca lá com o desenho da estátua? Pressupondo que não seja o Locke de verdade, já que ele tá "morto", não seria o Esaú avisando à Ilana onde encontra-lo?

O que vocês acham?

di. disse...

"E a pobre 3ª Temp? Tao castigada pela greve dos roteiristas? Ja esqueceram disso??? "

só pra esclarecer, a greve dos roteiristas foi na 4ª temporada, e não na 3ª.

e a terceira temporada tem um dos piores episódios da série (o pior, pra mim): o do jack soltando pipa.

Romulus disse...

É verdade Di, confundi com o break que teve na 3ª temp mesmo,vlw pela correção! Bem, como eu disse, momentos bons tiveram, e ruins tb, mas so ficar pixando e esquecer dos bons e que nao e legal. Sem falar que cada um tem o livre arbitrio de julga=la... rssssss abç a todos.

Lobotômico disse...

Hum... acho que teremos que rever todos os episódios de todas as temporadas novamente para sabermos quem, quando e por quem os personagens foram manipulados!!!

Vamos lá... Lost, primeira temporada, primeiro episódio...

FM disse...

Simples> Jacob vai reencarnar no Locke morto e teremos dois Lockes na próxima temporada!

Fernanda disse...

Partindo do principio de que a teoria de Jacob e Esaú se concretize...

Ambos eram filho de Isaac...

Lembram de Isaac na série? O curandeiro onde Bernard leva Rose na Austrália.

O curandeiro diz a Rose que ele não pode cura-la, mas que existe um lugar especial onde ela pode ser curada...

Em outro episódio, Hurley jogando war com Swayer, diz que a chave do jogo está na Australia...

Será que aí tem coisa? rsrsrs

Romulus disse...

tae seria uma viagem, embora ache pouco provavel que isso ocorra... rssss

jacquechicle disse...

mais tem um problema...
na Bíbla,os irmãos "Esaú" e "Jacó" se Reconciliam,e um nao mata o outro,logo não pode ser eles.....
entao,se forem eles mesmos ,seria uma grande babaquice dos escritores(Mais uma )....

griin disse...

sensacional esse post!!!
nunca tinha reparado, mas é claramento o que eu penso agora: o season finale de uma temporada eh na verdade o season premiere da temporada seguinte! e realmente, o final da terceira temporada foi espetacular!! mudou o rumo da serie, mudou a forma de apresentar, com flashforward e tudo mais.

parabens pelo excelente texto!

Leandro Freire disse...

Ótimo texto! Parabéns!

Mas discordo da parte da Kate. Não acho que ela simplesmente deixou d tentar achar a Claire. Ela embarcou no avião para isso, mas não imaginava q ia desaparecer em pleno voo e ir parar em 1977, tendo q se juntar à DHARMA. Seria o mesmo q algm eskecer uma criança na escola, voltar pra buscar e no meio do caminho descobrir q voltou 30 anos no tempo. O q ela poderia fazer?
Se não foi possível encontrar a Claire ali, resolveu ajudar algm d outra forma: salvando o jovem Ben, ela keria continuar sendo útil. O plano d Jack era a única coisa em q ela poderia se agarrar numa tentativa d cumprir sua promessa: salvar Claire. Mesmo q a idéia ainda fosse duvidosa, era a única coisa em mãos. Depois q Jack usou o argumento sobre Claire, ela viu q akele poderia ser um jeito d ajudá-la e não tinha mais nada a perder.

ELOI GOMES disse...

SENSACIONAL!

CONCORDO COM CADA PALAVRA ESCRITA.

QUANDO DEFENDI ESTA TESE DA LUTA DE ESAÚ x JACÓ, MEUS AMIGOS DIZIAM QUE EU ESTAVA LOUCO!

E ELES NEM SÃO TÃO IGNORANTES ASSIM, HEIN?.. ACHO QUE SÃO ATEUS MESMO!!!

PARABÉS.

Luna disse...

Os comentários do Rafael são sempre incríveis e me dá várias idéias também...
Ele é ótimo!!!
Ri muito do final [da Juliet aparecer pelada no mato =b]

Mas eu estraguei essa season finale por ter apertado um "Leia mais" por aí... =/ Aí, dei de cara com o Jacob.. =/
Agora, só na espera pra ver se tudo isso é isso mesmo...

bjo bjo

Gabriel disse...

mas e claro que a Kate nao foi atras da Claire..afinal, ela estava em 1977 ia procurar o que??? Claire nen era nascida...

Leonardo Souza disse...

Ótimo texto, concordo com tudo, plenamente.

E principalmente com o final da 3 temporada, o melhor de todos.

Alexandre disse...

Para mim a linha principal da Série esta ficando clara..
Os Irmaos Jacob(Bem) e Esau (Mau) vivem naquela ilha desde sempre. Sao entidades, que tem certos poderes, que temos que aceitar, como nao envelhecer, viajar no tempo, etc (Nao esquecam é uma obra de ficcao nao um Documentario Cientifico)
Esau odeia Jacob e quer mata-lo mas nao pode fazer isso diretamente.. Esau pode assumir a forma de pessoas mortas, como o Pai de Jack ou o Lock, Esau estava preso na cabana cercado de Cinzas se passou pelo pai de Jack e Atraiu a Claire que acabou liberando-o.
Esau (falso Jonh já no Futuro) leva jonh Lock a se matar para poder assumir sua forma, Veja que ele mesmo manda o Richard dar Instrucoes para o Lock verdadeiro equanto retira a bala..Vejam tambem que quando o Verdadeiro Lock esta girando a Roda do Tempo ele aparece como Pai de Jack para ajuda-lo nao fisicamente mas dando instucoes..

Na sequencia do Julgamento do Ben Linus no Templo (o falso Jonh) nao esta junto com Ben Linus quando aparece o monstro de fumaça.. que conveniente, manda o Ben obedecer o falso Jonh.

Jacob sabe dos planos de seu irmao mau, ele recruta os Losteis que logo veremos vao ajuda-lo. Todos os Losties tinham problemas (Dad Issues,etc) que foram de certa forma resolvidos. Se Jacob morrer, provavelmente falara atraves de Hurley,
Abracos..

Leandro Freire disse...

Concordo com o Alenxadre = D

Mas pq o corpo d Christian sumiu? Esaú pode até assumir a forma d pessoas mortas, mas o corpo d Locke ainda existe enquanto o do pai d Jack até agora não apareceu.

MANO disse...

Esau é invenção tua... Jacob deve ser uma especie de guardiao que não deixa o outro sair da ilha, quando Ben quebra o circulo de cinzas Libera aquele mostro de fumaça. Alguém viu espiritos nos anos 70? Não. O fumaça quer sair da ilha, e na 6ª temporada os losties todos vao lutar para que ele se mantenha la preso.

Alexandre disse...

O corpo do pai do Jack, deve estar no fundo do oceano, o da Filhade Ben esta enterrado no ilha, o do Lock esta praia. Nao importa onde esta o corpo, estando morto, o inimigo de Jacob pode usa-lo...

neto disse...

Depois de ler todo este texto, cheguei numa conclusão obvia: Paulo (rodrigo santoro) é Jacob

Denis disse...

Texto essencial para quem assistiu o episódio The Incident.

Vitor disse...

Ola galera,eu sei que aki não é o lugar certo para fazer ess apergunta nem sei se vc poderão me tirar essa duvida mais é sobre o charlie,se bem me lembro no 5 episodio da 1°temporada,ele disse para jack que não sabia nadar,e o cara se dispoe para ir para aquela missão suicida dizendo que foi campeão d enatação ou algo assim,fica ai minha duvida se é mais uma falha de lost ou tem alguma explicação.

ana paula disse...

Engraçado como pude concordar com algumas coisas e discordar totalmente de outras nesse texto. Concordo que foi a temporada que mais me desmotivou, pelo menos na maioria dos episódios e principalmente a parte chatééérrima da Dharmaville.
Por outro lado, discordo totalmente da parte do Jack. Ninguém se dá conta que a ilha foi evacuada antes? Que o Dan convenceu o pai do Miles a mandar todos (mulheres e crianças principalmente) pra fora da ilha no sub? Que o que o Jack estava por fazer, não ia matar essas milhares de pessoas mas ia salvar centenas que estavam no avião e que morreram. Além dos losties que foram morrendo no decorrer das temporadas. Apagar TUDO de ruim que aconteceu foi o principal objetivo do Jack. A Kate foi apenas um empurrão nisso tudo. Ele tinha motivos pessoais pra fazer o que fez, claro, quem não teria? E foi isso que ele respondeu qdo o Sawyer perguntou o que ELE (JACK) queria com a explosão da bomba. E ELE (JACK) queria parar de sofrer mas ELE (JACK herói) sempre pensou no bem comum, em salvar vidas, em apagar sofrimentos, em colocar as coisas no rumo certo. Pra Faraday, foi um acidente eles terem vindo parar ali na ilha e existia um modo de reverter esse acidente pra nunca ter acontecido. Porquê Jack não ia confiar na única pessoa na ilha com conhecimentos científicos e físicos? Se o incidente poderia ser evitado e junto a isso, apagar o sofrimento pessoal dele, porquê não?!

Se o Jack SÓ pensasse em si mesmo e em sua 'dor de corno' como muito maldosamente vc citou no texto, ele nem teria voltado pra ilha pra começo de conversa. Ou então, não teria jogado a bomba ali no final do episódio pq estava na cara que a Kate se derretia por ele, cuidando dos ferimentos e não saindo do lado dele.

Acho que mtos dos atos dos losties foram guiados de alguma maneira, as alternativas foram colocadas na frente de cada um deles e eles tinham a chance de escolher como agir. As visitas do Jacob podem ter sido pra ele analisar o potencial de cada um e através do toque,ele via o que cada um deles era capaz e com isso, foi criando o caminho deles até a ilha. No encontro com o Jack, ele disse que 'só precisava de um empurrãozinho', ou seja, que o doc só precisava de um pouco de esforço pra acreditar em si mesmo (sendo que logo antes, Christian disse pro filho que era Jack quem não acreditava em si mesmo). Voltando a ilha, Jack diz que nada na vida dele foi tão certo! Aí o 'empurrão' que ele precisava: acreditar em si mesmo, que estava fazendo a coisa certa! A história com a Kate veio como bônus!

Assim como pros outros encontros do Jacob, foi pra sentir o potencial deles. NA S6, isso tudo vai ser mto bem usado, afinal: "eles estão chegando!" e precisam de todas as suas habilidades pra vencer o 'evil' ou seja lá o que for!

Então, acho muito simplista analisar o ato do Jack como motivado pela fraqueza dele ao amar uma pessoa. Jack é o personagem mais complexo de todos e o que acontece com ele, não foi formado apenas da sua relação com a Kate, mas com todos os outros personagens! Ele SEMPRE, repito SEMPRE, pensou nos outros primeiro, mesmo que tivesse que sofrer na pele pra conseguir salvar vidas. É extremamente simplista dizer que Jack fez o que fez por não conseguir lidar com a dor do amor! Isso foi só um dos motivos! E não sou só eu que digo isso mas muita review que tenho lido faz essa reflexão! E não falo daqui do Brasil, mas americanas especializadas nas séries.

João Marcus disse...

O Leandro Freire explicou o motivo pelo qual a Kate não procurou a Claire. Pô, é algo tão óbvio que eu me achei ridículo por não ter pensado nisso!

Eu acho meio besta dizer que o Jack aceitou explodir uma bomba nuclear por "dor de corno". Acho que falta contextualizar as situações, falha muito comum em alguns comentários da série. Veja só: Faraday chegou com umas idéias totalmente malucas, falando de explodir a ilha. De repente, as idéias dele não são mais malucas, pois o que ele diz começa a fazer sentido. Fica claro que ele não é um zé mané qualquer. E aí, o que você faz? O cara já esteve certo antes!

Fabio Spinola disse...

joco tem um filho com nome de Benjamin hahauiaihahia


http://www.youtube.com/watch?v=P90D5RnGQVo

Talles Brito disse...

É um truque que eu sempre soube que iria rolar...

Fica claro que os produtores não souberam como conduzir a história dos Losties na década de 70...

Damon, Carlton, desculpem por eu ter duvidado de vocês. Vocês sabem o que fazem, no fim das contas!...

Perdoem os que ainda tinham esperança de uma explicação lógica e científica. Chorarei uma única lágrima de solidarieadade a vocês...

TÁAAAAAAAAAAAAÁAAAAAAAAAA!!

Sai daê Robert!

Um comentário mesmo:

"O que eu não engoli mesmo foi como Jack Shepherd, cirurgião juramentado, com uma tendência irreversível de querer proteger e consertar tudo e todos, resolve explodir um dispositivo termonuclear de um impulso porque... tá com dor de corno?!"

Não entendo esse povo, na 4º temporada todo mundo viu Jack misturando clonazepam com cachaça, todo fudido, drogado, sem fazer a barba e escutando In Utero o último álbum do Kurt Cobain antes dele se matar, com músicas extremamente fossas... e dizer que o cara não têm justificativa pra querer se livrar de tudo isso????

Parece que o povo que assiste Lost lembra de coisa demais e esquece às vezes de coisas de menos.

Manuela disse...

Nossa, demorei um tempão para ler o texto e os seus 126 comentários, mas valeu a pena!

Rafael, parabéns por SUA analise excelente dessa série maravilhosa, obrigada por a compartilhar com os fãs de Lost!

Não consigo imaginar o que vou sentir quando assistir o season finale da 6ª temporada, só tenho a certeza de que vou sentir saudade da MELHOR série de todos os tempos!

João Marcus disse...

E eu concordo com o Romulus. Eu não achei a terceira temporada tão ruim, e gostei da segunda temporada. Acho que isso foi porque eu não fiquei esperando respostas. Eu já sabia muito bem que haveria, em teoria, 6 temporadas. Então, eu acreditava que eles iriam retomar muita coisa nas temporadas posteriores, como fizeram. Resumindo: apostei na idéia de eles fecharem em 6 temporadas. Só espero que realmente o façam. Se for pra continuar depois, que seja uma nova história.

Felipouskos disse...

Muito interessante, realmente essa teoria sobre Jacob e Esaú, muito embora eu ainda tenha dúvidas sobre o possível nome e origem do antagonista de Jacob, confesso q fiquei impressionado com o texto. Mto bom!

Mas agora tenho perguntas sobre isso... heheh (novidade no que se refere a Lost! sempre há perguntas...ehe)

Esaú ressuscita ou materializa os mortos?

Vejamos... vimos dois Lockes num mesmo capítulo;
- um que estava na caixa carregada por Ilana (o verdadeiro Locke)
- e um que estava acompanhando Ben até Jacob.

Logicamente, este segundo nos remete à idéia de que ele foi materializado. Ou seja, é o Locke(memória,sei lá mais o q...) + Esaú(fumaça preta?)

Essa idéia se confirma(??) quando vimos o corpo morto do Locke. Oras, se vemos o corpo morto, o Fake Locke que vimos só pode ser uma materialização do mesmo...

maaaassss... (rsrs)

Se existe essa tal materialização, como podemos explicar Christian Shephard?

Se lembram q Jack na 1ª temporada encontrou o caixão do pai vazio?

Como é que um corpo pode sumir assim? Não acredito que alguém possa ter o roubado.

Vcs lembram do último capitulo de Mr. Eko? Ele conversando com o seu irmão Yemi com as roupas sujas e rasgadas, possivelmente ressuscitado.

Detalhe que na cena anterior, Eko procura pelo corpo do irmão dentro do avião nigeriano e não encontra nada. O corpo de Yemi sempre permaneceu dentro do avião. Como ele não poderia estar lá?

Ou seja, isso nos remete à idéia de que esses dois personagens foram ressuscitados. E não materializados.

Até assistir o finale da 5ªT, eu acreditava nessa questão de ressurreição, mas depois do que vi com o Locke...rssrsr

Tânia disse...

Nunca li tanta asneira sobre o LOst.... se não é para dizer algo relevante, melhor nao dizer nada...
credo.....

Kinley disse...

PARABENS PELA DISSERTAÇÃO FENOMENAL!!!!

Felipe Procópio de Moura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ézio Rubis disse...

Já falaram aqui. O que eu acredito em relação a queda do avião e a força eletromagnética e é somente uma teoria.
Lembram de Matrix e o PEM (Pulso Eletro-Magnético. Uma rajada desse tipo de pulso possbilita realmente que todos os equipamentos parem de funcionar num certo raio de distância. Não foi a força que quebrou o avião e sim a perda de atitude com despressurização causada pela turbulência.
Mas isso é somente uma teoria. Não sou cientista.

billieper disse...

Discordo COMPLETAMENTE do Ricardinho, ai!

Pra começar, a 2º temporada só não é melhor pq ela empata c/ a 1º. E na minha opinião a 4º temporada é a mais

fraca, tanto que o início da 5º foi uma corrida alucinante p/ trazer os principais personagens de volta a

Ilha,isso devido a "cagada" que fizeram na 4º, tirando-os da Ilha (onde realmente a Série se fortalece).
E taxar qualquer q seja a temporada de Lost como "lixo", é demais, hein Ricardinho!!! Os caras escrevem

muuuuuuuuito bem, amigão!!!

Apesar de não ter gostado de seu texto nem um pouco, algumas de nossas teorias conhecidem. As minhas são as

seguintes:

- O inimigo de JACOB é o Monstro, por isso ele conseguiu usar a forma de John Locke, Christian Shephard, Yemi

(irmão do Mr.Eko)...

- O inimigo de JACOB é irmão dele.

- O navio chegando à Ilha (último episódio da 5º Temporada), é o "Black Rock", e nele chega à ilha Richard

Alpert. Inclusive no episódio "Follow the Leader" (5º Temporada) ele monta uma miniatura do Black Rock dentro de

uma garrafa.

- O problema c/ a gravidez na Ilha se deu depois que a Estátua de Quatro Dedos (Taweret,deusa da fertilidade)

foi destruída.


Bom, essas são minhas teorias a respeito da 6º e última Temporada, espero que eu acerte alguma delas.

Rodrigo Mendes disse...

Olá. Assisti ontem ao sensacional final da 5 temporada, e o bom de ver um pouco depois, é que os comentários e easter eggs já estão mais do que prontos. Agora, uma coisa que não vi ninguém comentar, e que talvez tenha sido uma falha da produção, é que, sendo o "Locke Falso" a mesma pessoa do início do episódio, porque ele perguntou para o Richard no momento da chegada ao pé da estátua, porque pararam, e Richard responde que pararam porque chegaram onde Jacob está. Ora, o "Locke Falso" não sabia que Jacob vivia ali???

Davi Garcia disse...

Rodrigo, o fake Locke provavelmente sabia sim que era ali que Jacob vivia, mas a de se considerar que àquela altura ele não podia dar bandeira de que não era o Locke verdadeiro, já que tinha que contar com a ajuda de Alpert para entrar no local. Não acho que tenha existido alguma incongruência nisso.

Abraço!

ADALTO disse...

A quinta temporada foi maravilhosa considerando o curto espaço entre seis temporadas que foi estipulado pela abc aos produtores. Quanto o que irá acontecer, só mesmo assistindo a sexta e última temporada. Na minha opinião, tudo irá se resumir em um assunto científico e não religioso. Esta última temporada irá explicar como Deus solucionará de modo científico toda essa bagunça causada por duas entidades rebeldes (Jacob e Esau), reorganizando o padrão espaço e tempo. "A mão de Deus" neste caso será nada mais nada menos do que Desmond, o único personagem que se trasportava no tempo devido sua exposição ao poder magnético da ilha.

Marcelo Haes disse...

Haeshaeshaeshaes. . . Eu li todo o comentário hoje - um ano depois de ter visto o episodio - e, acreditem, achei a mente de uma das mais influentes. Que visãi privilegiada deste cara.
Mas nada se compara ao grande final do texto dele:

"
Mas continuo secretamente torcendo para que a primeira cena da sexta temporada seja o olho de Juliet, pelada no meio do mato. Ei, aconteceu com o Desmond da última vez que deu um clarão na Cisne. É apenas justo =P"

Haeshaeshaeshaes. . . Rachei de rir.