09/04/2009

Destaques do VideoPodcast e do Podcast oficial de 9 de abril

No VideoPodcat dessa semana que você confere visitando o site oficial da série, encontramos a 1ª parte de uma entrevista com Evangeline Lilly comentando os eventos que levaram Kate de volta à ilha. Logo depois, destaco o que de mais interessante foi dito por Damon Lindelof e Carlton Cuse no podcast oficial disponibilizado hoje falando sobre o ep. 5x12 "Dead is Dead", além de dar uma pequena dica sobre o que podemos esperar do 5x13, "Some Like It Hoth".

Veja os destaques

    Resumão do VideoPodcast

    Para Lilly, o que o episódio “Whatever Happened, Happened” mostrou, foi que Kate finalmente percebeu que a mentira na qual estava vivendo era muito errada e que ela precisava buscar a mãe de Aaron para fazer o que é certo. Para a atriz, Kate estava se escondendo por trás de desculpas para ficar com Aaron, e abrir mão dele foi a coisa mais difícil que ela fez na vida, até mesmo mais difícil do que ter matado o próprio pai. Lilly complementa ainda que Cassidy foi peça chave para convencer Kate que ela precisava buscar a verdade e que a ex-amante de Sawyer funcionou como alguém que te aponta um espalho para mostrar o que ou quem você se tornou. Para encerrar, a atriz diz que tem sido muito bom mostrar um lado mais verdadeiro de Kate nessa temporada, mas que ela duvida que a personagem fique assim para sempre.

    Destaques do Podcast oficial

    - "Vamos ver a primeiro corte do final da temporada em breve", revelou Carlton Cuse. complementando que eles já viram algumas das cenas gravadas , mas não todas. Lindelof disse que eles terão muito o que conversar com Jack Bender que dirigiu o episódio e ambos comentam sobre como é divertido o trabalho da edição de um episódio que encerra uma temporada.

    - Carlton Cuse brinca dizendo que Sun e Lapidus deviam estar se pegando na casa de Ben antes de Linus e Locke chegaram à vila, mas Lindelof obviamente fala que nada disso ocorreu.

    - Lindelof comenta sobre o fato de que Ben começou o episódio contando a Locke que sabia que ele voltaria a viver, mas que para Sun ele disse não imaginar que isso pudesse acontecer. Para quem Ben está contando a verdade? Ele nunca viu uma ressureição assim? Carlton Cuse disse que acredita que Ben realmente estava sendo sincero quando se surpreendeu com o ‘retorno’ de Locke e quando disse que nunca tinha visto isso acontecer antes.

    - Sobre o fato de Locke estar vivo, a dupla de produtores discutiu o tema dizendo que é complicado entender e brincou dizendo que conhecendo os caras que fazem a série como eles conhecem, é certo que eles nunca descobrirão como/porque Locke voltou a viver :p

    - Sobre Illana, os produtores destacaram que a pergunta que ela fez a Lapidus, “O que há na sombra da estátua?”, nos ajuda a enxergar a personagem de uma forma diferente, o que para mim significa que ela realmente tem uma missão muito específica na ilha.

    - Lindelof questiona: Desmond está bem, mesmo tendo aparentemente sido atingido por um tiro disparado por Ben? Carlton Cuse diz que está um pouco preocupado com o estado do ‘brotha’ fora da ilha, e isso a meu ver significa uma coisa amigos: Desmond terá que voltar à ilha para ser curado o que corroboraria as palavras da Sra. Hawking de que a história dele com aquele lugar não estava encerrada. Simples assim.

    Uma pequena dica sobre o ep. 5x13 “Some Like It Hoath

    “Vocês devem saber qual é a referência que queremos fazer com esse título”, comentam os produtores, complementando que, “para onde vamos depois desse episódio (em termos de história), precisamos de um episódio que seja mais leve e divertido antes”. Não sei você, mas particularmente sempre curto muito esse tipo de episódio, e pensando que provavelmente veremos várias cenas envolvendo Hurley e Miles (sobre quem o episódio será focado), não tenho dúvidas de que será outro grande episódio.

    As perguntas dos fãs:

    Se vocês fossem Sawyer, quem escolheriam? Kate ou Juliet?

    Lindelof, brinca dizendo que não escolheria nenhuma e que ficaria em boates cercado por outras mulheres :p

    Por que alguns itens desaparecem enquanto outros não somem quando as viagens temporais aconteciam?

    Lindelof explica que as coisas que estavam com as pessoas envolvidas nas viagens, isto é, as coisas nas quais as pessoas tocavam/usavam iam com elas.

    Entendo que ‘o que aconteceu, aconteceu’, mas é exagerado dizer que ao se recusar a salvar o jovem Ben, Jack foi responsável por provocar tudo aquilo que ele provavelmente gostaria de evitar?

    Carlton Cuse diz que temos que considerar que sempre houve um curso de eventos, e que talvez sempre houve essa ordem de que Jack se recusaria a fazer a cirurgia, da mesma forma que Kate sempre estava destinada a levar o garoto para os Outros. A questão do que é destino ou do que é livre arbítrio, é algo com quem os personagens estão lutando agora. Nessa linha, Cuse lembra também do fato de que Desmond evitou a morte de Charlie algumas vezes, mas que nunca conseguiu evitar o destino final, algo que ganhará mais foco daqui para frente.

    O plano de vocês para o final da série seria mais na linha heart warming hearbreaking? Se pudessem ser um personagem em Lost, qual seriam?

    Lindelof diz que o final da série vai ser de parar o coração, e que seria Locke, brincando que o fato de ser careca já ajudaria.

    Para encerrar, ‘Darlton’ disse que podcast novo agora só daqui a duas semanas já que passarão a próxima trabalhando na edição do final da temporada, mas que ao voltarem, comentarão sobre o episódio 5x13 e darão dicas sobre o que veremos no 100º episódio de Lost, o “The Variable”.

10 comentários:

Marília Teive disse...

Pior que eu tb pensei q Sun e Lapidus estavam no bem-bom... Claro nada a ver mas que a cena ficou estranha com o Lapidus saindo do banheiro (?) com a camisa meio aberta, ficou...

RAFAEL disse...

Por acaso esse nome "Hoth" é alguma referência ao planeta gelado de Star Wars?

Davi Garcia disse...

Ao que tudo indica sim, Rafael. O Lindelof já disse várias vezes que adora Star Wars. O Sawyer por exemplo, foi levemente inspirado no Han Solo ;)

Abraço!

dudulespaul disse...

Parece que Desmond está realmente ferido..se isso é verdade , então há um erro de continuidade, pois em camera lenta , na cena do tiro não se ve nenhum sinal de sangue

Luiz Otávio disse...

A cada novo Podcast (e Dudecast, é claro!) da série eu fico mais ansioso pro final da temporada!

E o titulo desse 100º episodio promete! Será que "The Variable" vai ser tão bom quanto "The Constant" ?

Tarcisio disse...

Se o Ben pede que a Sun peça desculpa pro Desmond caso ela saia da ilha de novo, entao indica que o Desmond tá bem

ele vai voltar por outro motivo

Tarcisio disse...

widmore falou que tinha saido da ilha enganado por Ben. não foi? E que quando saiu "caiu" na tunisia, no mesmo lugar do locke. entao ele mentiu pro lock, pq ele foi levado pelo submarino, parecendo um criminoso e aceitando tal situacao.


E é estranho o submarino sair e ficar fora 6 meses da ilha ali na decada de 70. E temos que engolir que quando sai da ilha encontra o mundo la fora tb na decada de 70

Chicó disse...

Taí uma boa pergunta levantada acima pelo Tarcisio que eu gostaria de saber: O mundo exterior também está na decada de 70?

Chicó disse...

@Marília Teive: hehehe....também tive esta impressão que você teve sobre o Lapidus e a Sun....claro nada a ver, mas ficou engraçado.... :)

Jorge Wagner disse...

No podcast teve também aquela teoria de um fã de que o Karl seria filho da Kate com o Roger (iniciais de Kate Austen e Roger Linus). Interessante, já que o Ben vivia tentando afastar a Alex do Karl (minha "filha" se casando com meu meio-irmão?).