19/03/2009

Por enquanto, Lost é coisa do passado

Estranhou o título desse post? Pois então continue a leitura e descubra o que os produtores disseram ao colunista Gary Levin do jornal USA Today sobre os saltos temporais da série...

Por enquanto pelo menos, Lost vai dar uma pausa em suas viagens no tempo no ano de 1977 – e se você ainda não viu o episódio “Namaste”, pare de ler agora mesmo.

Leia mais...

    A reunião do episódio, arma a estrutura do que a série será na próxima fase da narrativa”, disse Carlton Cuse. Kate, Jack e Hurley se juntaram a Sawyer e Jin, disfarçados como funcionários Dharma; Sayid, confundido com um hostil da ilha, acabou preso. “Nós meio que encerramos os saltos temporais por enquanto”, disse Cuse.

    Nos sete episódios restantes (incluindo o final em dose dupla que vai ao ar no dia 13 de maio e promete dar uma nova virada na trama), ele diz que a série pergunta,”o que eles farão agora, e quais são as consequências disso?”

    A partir da próxima semana, a série retorna ao seu formato original. Cada episódio será construído em torno de um personagem específico com direito inclusive a flashbacks.

    O primeiro da lista é Sayid, num papel um tanto quanto reverso. “Ele foi o primeiro que capturou Ben, e agora ele está atrás das grades como prisioneiro da Dharma com o jovem Ben lhe oferecendo um sanduíche”, disse Damon Lindelof. Além do iraquiano, futuros episódios vão preencher as histórias de Daniel Faraday e Miles Straum.

    “A série volta a se tornar mais centrada nos personagens”, afirmou Lindelof. “Para as pessoas que estavam confusas ou coçando a cabeça por causa das viagens no tempo, isso agora volta ao normal.”

    Um dos grandes focos estará no triângulo Kate, Sawyer e Juliet. Juliet está vivendo com Sawyer, agora conhecido como LaFleur, chefe de segurança da Dharma nos anos 70. “Juliet tem ciência de que o retorno de Kate vai causar problemas”, disse Cuse. Ainda assim, Jack, que lutou por ela com Sawyer e ficou noivo dela fora da ilha, ainda corre por fora.

    A recalibração de Lost vai trazer uma certa moderação para a temporada mais confusa até agora, um alívio para os executivos da ABC.

    “Nós tínhamos essa ideia de construir uma narrativa com viagem no tempo há muito tempo”, revelou Cuse. “Mas, estávamso temerosos de que uma vez que começássemos a implementá-la, nos tornaríamos uma série mais sci fi e perderíamos audiência.” (E perderam mesmo: Lost caiu 18% na audiência essa temporada, e ontem, ao encarar American Idol de frente, registrou sua pior audiência de todas: 9.08 milhões). “Nós meio que já esperávamos que algumas pessoas iriam se desligar da série.”

    Mas, Lindelof, sabendo que parte do público ficaria frustrado, compara Lost com um curso de graduação: “A faculdade vai ficando mais difícil à medida em que você vai passando, e agora vocês estão fazendo a cadeira 'Lost Avançado'.” Para aqueles que seguem a série por causa das ricas complicações de personagens, “tudo o que realmente importa é que Sawyer gosta de Juliet, Juliet gosta dele e agora Kate está de volta. Mas o que os fãs mais hardcore realmente querem é mitologia.”

    Os produtores prometem mais respostas para os próximos episódios: Como Sayid foi preso para retornar à ilha? Como Hurley descobriu sobre o voo Ajira que o levou de volta? E como Sun, Ben e Frank Lapidus vai se reunir com os outros personagens?

7 comentários:

Quéroul disse...

sô muito advanced!
tô amando a temporada... amando lost mais que sempre.
tô fanática, ihu!

julioeduardo disse...

Pela primeira vez eu não gostei de algo sobre rumos em Lost. Por incrível que pareça estou muito mais interessado com o que vai acontecer do que com o que já aconteceu(por exemplo, como o Sayid foi preso, como Hurley foi parar no avião, etc). São coisas que precisam ser mostradas, claro mas acho que faltou o "timing" correto. A trama atual já está amarrada o suficiente para torcer o nariz com flashbacks. Acho que o episódio Namaste, por exemplo, deveria ter sido guardado para mais adiante.

Bom mas a dupla parece saber o que faz, então o jeito é aguardar.

Em relação à audiência, as séries estão cada vez mais perdendo espaço para reality shows chatos. Infelizmente esse não é um problema só brasileiro. Isso além do pessoal que deixa pra baixar na internet, mesmo morando nos EUA.

Fagner disse...

FINALMENTE

1 - Lost é uma série de perguntas, não de respostas (no meu ponto de vista)

2 - Foi realmente chato mudarem a narrativa... Achei que isso foi o que mais distanciou antigos fãs. Espero que as coisas voltem a tomar seus eixos.

Carol disse...

Uhu! Sou uma fã hardcore!

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

ê legal, adoro quando os eps são centrado só em 1 personagem, e vai começar com o meu um dos meus favoritos Sayid, e realmente eu fiquei bem confusa com esse lance de viajem no tempo, tipo eu curti e talz, mas tem umas coisa q to sem enteder até agora, mas tudo bem Lost é Lost né.

V!Ni / MiCoRR!zA disse...

"Os produtores prometem mais respostas para os próximos episódios: Como Sayid foi preso para retornar à ilha? Como Hurley descobriu sobre o voo Ajira que o levou de volta?"

Enfim, como alguns já tinham dito, vão ficar fazendo flashbacks pra preencher todas aquelas lacunas que criaram desnecessáriamente no episódio 5x06 - 316

Assa foi a unica coisa q eu não gostei nessa temporada de lost... do resto é só alegria!! ;D

ૐ ..:: Renatão ::.. ૐ disse...

Não podemos dizer realmente com muita certeza que a queda na audiência de Lost seja por causa de como a trama se desenrolou durante essa temporada. Eu trabalho na Sony Entertainment Brasil e pesquisas apontam a queda de audiência devido ao aumento da audiência do publico na internet e tb pelo fato de que nos EUA é possivel (assim como aqui um dia já será) gravar programas em real time com qualidade HD. Portanto...