19/03/2009

Comentários do ep. 5x09 “Namaste”

Se a introdução dos deslocamentos temporais no início da temporada apenas apontava para a possibilidade de que a trama da série poderia ser vista como um grande looping temporal, “Namaste” veio para consolidar essa ideia com cores ainda mais fortes. A noção agora é de que a história não começou exatamente no acidente aéreo visto no episódio piloto da série lá atrás, mas sim que aquele era ‘apenas’ um evento entrelaçado num complexo emaranhado onde início, meio e fim, parecem ser convenções inexatas para o grande arco que a série explora. E que melhor frase para ajudar a corroborar essa ideia, que não a que Sawyer ao Jack: “Aqui está você. De volta onde isso começou.”

Leia mais...

    Com um início de episódio arrasador e impactante sobretudo em termos visuais, acabamos descobrindo como o voo Ajira 316 foi parar na ilha anexa onde fica a estação Hydra (lembra quando destaquei a estrada construída pelos Outros como ponto de aterrisagem do avião?), além de vermos como Ben, literalmente sofrendo um golpe de Sun, foi parar na enfermaria improvisada que vimos ao final do episódio 5x07 “The Life and Death of Jeremy Bentham”.

    Contudo, foi mesmo no reencontro de Sawyer e Jin com Jack, Kate e Hurley que a coisa realmente esquentou. Obrigado a pensar numa forma plausível de infiltrar os antigos companheiros na Iniciativa Dharma, Sawyer se vale de uma recente chegada de um grupo de novos recrutas para alistar os amigos sem levantar maiores suspeitas. Curioso porém, é que ao ver Sayid sendo capturado, Sawyer se vê numa pequena encruzilhada, afinal, como aliviar a barra do iraquiano se para os demais Dharma boys, ele era apenas um hostil?

    Apesar dos sobressaltos, aparentemente, as peças da história se encaixaram com perfeição, mas a verdade é que e nesse panorama uma grande questão se apresentou no diálogo travado entre Jack e Sawyer: afinal, qual será a evolução do choque entre os que chegam com uma suposta missão a cumprir, frente aqueles que após terem ficado para trás, aprenderam, ao longo de três anos, a viver com relativo conforto em plena era da Iniciativa Dharma, mesmo com a futura e iminente (?) purgação lançando sua sombra sobre todos, como bem lembrou Hurley?

    “Namaste” pode até não ter sido o episódio mais emocionante e empolgante da temporada, mas decididamente lançou bases importantes para o desenrolar da metade final da temporada, como por exemplo a evidente interação que se desenvolverá entre os losties infiltrados e o jovem Ben que vimos conversando com Sayid ao final do episódio. Será que já dá para imaginar que foi a partir desses encontros que a personalidade do outrora inofensivo garoto se transformou na porção fria e calculista do adulto que surge depois para acabar com a Dharma? Tá aí uma boa questão a ser explorada e quem sabe, respondida a partir do próximo episódio.

    Outras observações:

    - Ficou evidente nos reencontros entre Sawyer e Kate e Jack e Juliet, que os roteiristas da série não vão abrir mão de explorar o quadrilátero amoroso que envolve aqueles personagens.

    - Sobre romances aliás, foi curioso ver que Juliet se sentiu insegura com a chegada de Kate, que pode ou não atrapalhar seu aparentemente estável relacionamento com Sawyer. Como já disse tantas vezes por aqui, não sou fã desse aspecto da trama, mas não nego sua relativa importância, afinal, apesar de todos os elementos sci fi da trama, Lost ainda é uma série sobre pessoas.

    - E como mencionei a Kate, foi só eu, ou vocês também se impressionaram com a inexpressividade da personagem durante o episódio? Todas as reações dela pareciam desconectadas como se nada daquilo a assustasse. Voltou 30 anos pro passado e nem se chocou. Reencontrou Sawyer e se manteve fria todo o tempo. Qual será, afinal, o grande tormento de Kate?

    - Na cena em que Lapidus tenta tranquilizar os demais passageiros do voo Ajira 316, ficou claro para mim que Caesar, ao interpelar o piloto, sabia muito bem quem ele era e que aquele lugar não lhe era estranho. Com isso em mente, a dúvida persiste: quem é Caesar afinal, e para quem ele trabalha?

    - Sei que isso pode ser pura besteira, mas por que será que Jack não falou abertamente sobre a morte de Locke ao Sawyer, quando este lhe perguntou sobre o careca?

    - Sempre divertido ver as reações espontâneas de Hurley: "Dude, seu inglês está ótimo" falando ao Jin e "e se perguntarem quem é o presidente atualmente?" falando com Sawyer que acabara de explicar seu plano.

    - Curioso que em 1977, a estação Cisne ainda não estivesse operando. Mais curioso ainda, foi ver Radzinsky, o homem responsável pelo desenho do mapa naquela mesma estação, construindo o modelo do que seria o interior da Cisne onde segundo a trama, ele se mata anos depois.

    - Como falei da ideia de looping temporal, não posso deixar de citar a revelação de que o bebê de Amy é Ethan como argumento de que os losties já estiveram no passado antes. Ou seja, aquela história de que “o que aconteceu, aconteceu”, inclui Sawyer e cia ajudando Amy a dar à luz ao homem que mais tarde aterrorizaria o acampamento dos sobreviventes, quase matando Charlie e sequestrando Claire a mando de Ben.

    - Christian Shephard cada vez mais assume o papel de guia da trama. Deixando de lado o mistério sobre o que ele é, se está vivo na ilha de alguma forma ou não e etc., o fato é que ele parece um guia, apontando os caminhos que devem ser seguidos pelos personagens, para que determinada ação ocorra. Resta saber, até onde esse jogo vai.

    - E a Sun, hein? O que explicaria o fato de que ela foi a única dos Oceanic 6 embarcados no voo Ajira 316 a não ter ido parar 30 anos no passado da ilha? Bom, seja lá qual for a explicação, só torço para que os roteiristas não usem isso ‘apenas’ para alongar o reencontro dela com Jin
    .


Outros detalhes, como a rápida aparição de Pierre Chang, as duas músicas que foram ouvidas no episódio (uma delas da Geronimo Jackson, a fictícia banda tão mencionada na série) e outros detalhes não menos curiosos vistos em “Namaste”, você encontrará no post de Easter Eggs que surgirá no blog na noite dessa 5ª feira ou no mais tardar na manhã de 6ª. Vai perder?

94 comentários:

ale disse...

Acredito que Kate está inexpressiva desde o episódio que Aaron desaparece e consequentemente ela decide voltar a ilha. Quando ela aparece no aeroporto e Jack a vê chegando, ela olha como se mal o conhecesse. E dentro do avião também, quando Jack a questiona por estarem todos juntos de novo e ela responde que estão no mesmo avião o que não quer dizer que estejam juntos. Não sei se está em choque por causa de Aaron, mas o seu semblante é de alguém que está cansada e que esta fazendo algo contra vontade.

Tarcisio disse...

quando vc fala que os losties "estiveram no passado antes", pra mim é "estiveram no passado depois" hehe

rafinha agostinho disse...

no passado, charles widmore 'jovem' encontra locke e logo depois já velho, conversa e se lembra (já conhecia) de john no acampamento com alpert. será q acontecerá/acontece/aconteceria o mesmo com o ben 'menino' no futuro?

maya disse...

a kate ainda não superou a perda do aaron. oi, se vc é mãe e tem um filho e o perde (nem que ela o tenha feito por espontânea vontade) é muito muito difícil, e compreensível a reação dela. eu fiquei feliz que a atriz soube manter o tom. porque ela estaria eufórica de estar de volta na ilha? acho que ela voltou por um motivo, mas antes disso tem um período de luto.

eu adorei o episódio. adorei. adorei o sawyer colocando o jack no seu lugar. como assim o cara aparece do nada depois de 3 anos, e já que tomar controle da situação? eu achei que o sawyer falou e muito bem,

gostei da interação young ben - sayid, dos momentos engraçados do hurley.

do momento assustador com o christian.

o próximo episódio promete

reca disse...

gente sera que eu fui a unica que achou a cena de sun+piloto e christian mttttttt similar a akele encontro de locke c 'jacob' (na verdade era o propiro christin mas apareceu uma sobra de otra alguem). sei la, akelas coisas caindo, kebrando poderiam ser alguem do pasado\futuro assim como os barulhos da florestas eram quase certamente eles mesmo viajando no tempo falando, e parecia cochichos.

L F Baraun disse...

e mais uma vez eu não resito ao texto de davi garcia e leio o post antes de assistir ao episódio... hehe

Aisse disse...

Alguém reparou na cena com o Christian Shepard quando a camera foca na Sun tem uma mulher loira/ruiva no fundo da tela? Será Claire?

Felipe Procópio de Moura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Evandro disse...

Davi, só uma pequena observação.. vc disse q a Sun foi a unica oceanic 6 que nao voltou no tempo. Bom, o Locke tbm não voltou no tempo, tudo bem que ele não é um oceanic 6, mas enfim era um passageiro do oceanic 815 q nem a Sun. Só acho que seria legal se mostrasse num proximo episodio o Locke acordando na ilha assim como mostrou o Jack fazendo referencia a primeira temporada, afinal antes o Locke acorda e se surpreende por poder andar e agora ele se surpreenderia por estar vivo! E destaque pro Faraday q nao apareceu em "Namaste", onde ele foi parar?? infiltrado na orquidea?

Fernando disse...

Acho que a Sun não voltou ao passado pois foi a única a quem Locke não procurou.
Como ele seria um proxy no retorno dos losties à ilha, conectou aqueles que foi atrás para o período em que estavam os que ficaram para trás.

rhb disse...

"Bem vindo de volta!"

É o melhor termo para se usar nesse episódio. A trama volta a ter o suspense da primeira temporada, explorando as descobertas da segunda e mantendo as novidades da 3ª e 4ª temporadas.

Sun, Lapidus e Ben nos trazem os elementos de uma 'jornada'. Que estava muito presente na 1ª temporada. Com um grande diferencial. Agora sabemos muito mais do que está acontecendo e descobriremos que falta ainda muito por entender.

Jack, Kate e Hugo estão no campo das descobertas. Assim como na segunda temporada é hora de investigar as estações, saber o que se passa e finalmente entender, se não em sua totalidade, mas o seu grande significado. A Iniciativa Dharma!

As novidades ficam por conta de LaFleur ou Sawyer, que aos poucos nos revela detalhes ainda ocultos nessa trama. Por exemplo, o que aconteceu com o cientista? Tal qual na 3ª e 4ª temporada, onde víamos pessoas desaparecidas, reaparecidas e novidades surgindo dessa situação.

Agora, com "Namaste", sabemos que Lost está usando toda a sua força, tudo o que tem de melhor em cada temporada e mostrando que essa reta final vai ser de trincar os dentes. Sem perder o humor claro.


Que venha "He's Our You"!!!


Nama-what para todos!

Davi Garcia disse...

Maya, quando falei da inexpressividade da Kate, não disse isso porque esperava uma reação eufórica dela ao retornar à ilha, mas sim porque esperava alguma reação. Ao longo de todo o episódio ela se mostrou indiferente. Meu ponto foi só esse e não julgo mais, porque os dois próximos episódios devem deixar mais claro o porque dela estar agindo assim.

Reca e Aisse, não dá para dizer com 100% de certeza, mas de fato a sombra daquele alguém que apareceu na cena da Sun com o Christian parecia mesmo ser da Claire, o que faria todo sentido já que foi com ele que a vimos pela última vez.

Evandro, concordo com você. Adoraria ver qual foi a reação do Locke ao voltar à ilha e perceber que estava vivo de novo. Quem sabe o próximo episódio não nos dê esse presente? Já tô na torcida.

Fernando, muito boa essa sua ideia sobre o porque da Sun não ter voltado ao passado. Tomara que a explicação recaia sobre isso mesmo.

Abraços a todos!

Felipe disse...

Ninguém comenta sobre a rápida aparição do monstro e logo em seguida a aparição do Christian?
Tem coisa ai!

Cristiano disse...

confesso que ainda não havia """comprado""" de todo essa idéia da volta a 1977, mas eu fiquei abismado com Namaste.

o episódio acabou e eu estou literalmente DESESPERADO para chegar 4ª que vem.

LOST, que série incrível!!!

edsonmarquezani disse...

Lost tá virando aquela história do cachorro correndo atrás do rabo, sabe? Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?

Essa história do Ethan por exemplo, assim como a relação Locke e Alpert é uma coisa bastante controversa porque envolve paradoxos, o que eu acho um pouco chato de brincar porque deixa muitos furos.
E pra mim, está muito claro que os roteiristas estão bolando a história do final pro começo, não o contrário.

(Davi, você que sempre acompanhou tudo que envolve essa série, acha que toda essa questão do que a gente já viu e que foi causado pelos próprios losties, no passado, já estava na cabeça dos roteiristas desde o começo?)


Esse episódio não foi lá grande coisa, mas é interessante ver o Jack frustrado por ser um mero "workman", e o Sawyer posando de chefe e líder deles agora. Bem legal essa inversão de papéis.

E aquele barco que persegue o pessoal no começo da temporada. Será que era a Sun e o Lapidus?

Carla disse...

Caramba... que espetáculo!
Eu concordo. O segredo por trás de Kate tem a ver com o Aaron e o que a fez aceitar ir para ilha. Bem como a sua indiferença a tudo que está acontecendo.
Ela sabe mais que o Jack, é fato.

Eu nunca esqueço que eles disseram que a função da ilha é "corrigir a trajetória". É por isso que uns voltaram ao passado e outros não. É certo que a Sun não voltou pq ela não tinha nada a ver com o passado, diferente do resto que teve que voltar para encontrar a Dharma e, talvez, causar a purgação (ou evitá-la??). Há algo de errado no curso da história natural da ilha e dos personagens, e a ilha está tratando de corrigir. Tem algo que me aflige: será que um dos losties que está no passado é pai (ou mãe) de um dos losties que caíram no vôo 815 da oceanic?? Olha que eu acho que sim! Ainda teremos uma bela surpresa.

Esperar uma semana será mais uma tortura...

rhb disse...

Olá Davi, fiz uma edição da misteriosa cena desse episódio onde aparece uma mulher atrás da Sun. Postei o vídeo no Youtube. Confere aí no link:

http://www.youtube.com/watch?v=QXv1Ozu7VZo

Lala D. disse...

Eu realmente não tinha visto a mulher atrás da Sun na primeira vez que assisti ao episódio. Quando fiquei sabendo e fui dar uma olhada na cena, reparei que instantes antes a porta abre sozinha, de maneira nada sutil, o que torna essa aparição absurdamente CREEPY.

JC disse...

Muito boa a ideia do Fernando. Acho que é mesmo esta a explicação.

Thiago Crato disse...

Achei o episódio muito bom. Concordo com o Davi, quando fala que não foi um dos mais emocionantes. Mas revelou muitas coisas e deixou algumas pontas soltas, o que é bom.

Cara, gostei da conversa de Jack e Sawyer. Jack estava precisando ouvir indotudo aquilo. Sawyer assume o controle das situações e mostrando a Jack como se resovem as coisas: pensando! Muito bom!

Quando a Sun, a teoria do Fernando é boa. Pode ser isso mesmo.

Acho que Kate está meio perdida, ela não via tantos motivos pra voltar, como o Jack. Talvez ela ainda não entenda a importância em estar de volta à ilha. Até porque, aparentemente, ela foi coagida.

Vai ser muito interessante os Losties conviverem com Ben. O cara que destroi e Iniatida Dharma e que os fez passar por tanto sofrimento.

Os próximos episódios prometem...

Tobias disse...

Sun não voltou ao passado pois estava gravida ao sair da ilha, isso de alguma forma a impediu de viajar no tempo.

Marcelo disse...

Eu tenho uma explicação pra Sun não ter voltado ao passado junto com os outros Oceanic Six: Ben não voltou ao passado porque ele viveu naquele passado (vimos ele ainda garoto conversando com Sayid), então podemos supor que Sun também pode ter vivido na ilha naquela época.
Pra mim é uma clara dica de que o bebê do Pierre Chang é a Sun. É uma boa teoria, não?

Abraço Davi, Parabéns pela ótima cobertura!
Marcelo Fernandes

disse...

O episódio foi meio morno, talvez por ter lido tantos spoilers e já estar à espera de tudo lol...
Um facto curioso (prova que os produtores estão atentos a todos os pormenores):
Sun foi a única que não foi ao funeral do pai do Jack, por essa mesma razão ela n reconhece Christian.

edsonmarquezani disse...

Na boa, aquilo é um borrão, e muito do fraco. Poderia até ser um elefante cor-de-rosa equilibrista.

Acho que estamos querendo ver coisas até onde não há.

Fagner disse...

BOA SUN!!!!!!!!

Isso ae mesmo, não se pode mais acreditar no Ben, em hipótese alguma...

Fagner disse...

- Sobre a mulher, realmente tem uma moça lá, que inclusive parece estar olhando para frente, e vira a cabeça para olhar para o lado

- Sobre Christian Sheppard, PQP, que aparição macabra, hein? Se observarem a forma como a porta se abre, dá-se a entender que não foi ele quem puxou a maçaneta

- Sobre Hurley, "Nama whats?", "Who is the president in 1977?"

- Agora, o melhor mesmo do episódio, foi Sawyer colocando Jack no seu devido lugar, hein?!
"See, you don't think jack. And as I record, a lot of a people were Dead"
(...)
"Foi assim que salvei o seu traseiro hoje, e assim salvarei o do Saiyd amanhã"


--------------------------------

Ah...... Como foi bom ver alguém colocando o Jack em seu devido lugar.

- Sobre a Evangeline Lilly, apesar de ser linda a ponto de doer os olhos, a considero pior como atriz a cada episódio que se passa...

-----------------------------

Sinto saudade da narrativa baseada em um personagem de cada vez...

----------------------------

PS: Seria Ben Linus uma reencarnação de Harry Potter com aqueles óculos?

Alan disse...

Eminente é um cardeal, Garcia. A purgação é IMINENTE.

julioeduardo disse...

Como Faraday faria, uma pausa pra acertar os parafusos, "huum ok, ok". Vamos lá.

- Como já está sendo questionado por aí, por que do grupo do avião apenas Jack, Kate, Hurley e Sayid foram pegos pelo clarão e voltaram no tempo? Tentei separar os dois grupos(como por exemplo, os que podem ter ligação passada com a ilha ou não) mas não consegui reunir grupos coerentes.

- Já adiantando, escolheram "bem o Ben" jovem, hehehhe. Aquela mesma expressão "macabra", não sei como o Sayid não o reconheceu logo. Já é conhecido que Sayid tá pirado com Ben mas o motivo ainda é um mistério. Pensei que o Ben poderia ser o responsável pela morte de Nadia mas quando ele saiu da ilha o fato já havia acontecido. A questão é que Sayid com certeza tentará matá-lo...e não irá conseguir.(O que aconteceu, aconteceu), agora quais serão as consequencias disso...

- Por falar em Ben, ninguém(Sawyer, Juliet, etc) havia notado ele por lá ainda?

- Sawyer conseguiu contornar bem a inclusão de Jack, Kate e Hurley mas pra variar Jack tinha que ter soltado algo errado. "James LaFleur" vai ficar sob desconfiança.

- Eu acho incrível como esse pessoal se "acostuma" rápido com um fato tão inusitado em voltar 30 anos no tempo. Até o Jack teimoso achei conformado.

- E lá vem o Christian Sheppard de novo. Provavelmente mais uma vez a serviço de Jacob. Gostaria de saber a situação atual dele pois um fantasminha que carrega bebês e segura em uma lanterna fica meio estranho. Parece que ele vai dar uma missão à Sun e provavelmente à Locke mas como trazer o pessoal de volta para o futuro?

- Onde foi parar Faraday? Será que ele andou mexendo na Orquídea como aparentemente foi mostrado no 5x01?

- Ainda acredito que o "salvador" da galera será Desmond e isso começará a ser respondido em "The Variable".

- Ficar mais de 1 dia sem Lost é tortura demais.

Davi Garcia disse...

Alan, obrigado pela correção. Sempre tento revisar os textos antes de publicar, mas dessa vez o erro passou batido.

Felipe disse...

É, parece q só eu fiquei encucado com o fato do monstro aparecer logo antes do Christian.
Comenta sobre isso no post do easter eggs davi! :P

dirTy_DoZen disse...

Eu axo q o Christian Sheppard naum ta vivo pq a porta abriu sozinha.
Axo q ele num pode mover objetos físicos...

ૐ ..:: Renatão ::.. ૐ disse...

pra mim só tem uma coisa furada nesse episódio. Onde acharam um macacão que coubessem no Hurley perfeitamente naquela época? rs

Luiz disse...

Concordo com o Marcelo sobre a Sun, pois vale lembrar que a Charlotte(criança)estava na ilha mais ou menos na mesma época(passado)e falava coreano. Acredito que há uma forte conexão aí, envolvendo talvez a saída de alguns membros da Dharma. Sobre a liderança do Swayer, acredito que ainda é cedo para falar, pois ele pegou as coisas relativamente tranquilas...vamos ver como ele se portará quando as coisas ficarem quentes/feias de verdade...

Christian é simplesmente maravilhoso!

Parabéns Davi e todos os envolvidos nessa maravilhosa jornada!

rhb disse...

dirTy_DoZen

E se ele realmente não estivesse sozinho lá?

Luiza disse...

Davi, ótimo texto,o ep; de fato não é emocionante,eletrizante,mas foi muiiiito bom.
Cadê o Faraday? Para mim,ele ajudou na orquídea,descobriu alguns fatos importantes e voltou para construir a estação Farol.
Amei o Sawyer dando um chega pra lá no Jack.
Acho que o Sayd vai tentar matar o Ben e vai tdrminar morrendo,porque não vai ter como livrar sua cara depois disso e acho foram os losties,os responsáveis ,mesmo que indiretamente pelo ep. da purgação.Concordo yb. com quem acha que o Des,vai voltar e salvar os que estão no passado.Chega logo quarta.

viviane disse...

Confesso que fiquei um pouco decepcionada com esse episódio por causa do que aconteceu com Sun, Lapidus, etc.

Como assim eles não estão em 1977???
Quando eu achava que tinha entendido as viagens temporais da série, isso acontece!

Para ter o mínimo de coerência a ilha EM SI deveria ter voltado no tempo, e não alguns personagens, certo?
Essa coisa 'relativizada' pode complicar tudo e causar furos! Acho que relacionar as viagens no tempo a quem o Locke deixou ou não de procurar é brincar demais com paradoxos e isso nunca dá certo..

Me dá uma luz, Davi!!!!!!

Davi Garcia disse...

Que maldade com o Hurley, hein Renato? :p

Viviane, no que tange ao entendimento do porquê a ilha separou aqueles dois grupos, estou tão no escuro quanto você. As ideias que o Fernando levantou pode até abrir espaço para paradoxos, mas à princípio me parece plausível dentro da lógica de como o retorno ocorreu. O lance é aguardar os próximos episódios para ver onde e como esse pedaço da história será explicada.

Abraço a todos!

Tarcisio disse...

se kate e sawyer ajudaram a construir aquela "pista" na ilha menor, quais dos Outros que ja sabiam do futuro?

só o Ben? se é que pode-se supor que alguém soubesse do futuro

Quéroul disse...

Lost tá acabando comigo. Tem uns quatro episódios que eu só choro. É muito bonito, é muito redondo e, quando fica mais evidente o 'retorno à primeira temporada', eu choro MESMO.

sobre a Sun, eu cheguei a pensar que o fato de ela ter uma filha a impediria de retornar no tempo, mas o pq eu não sei.
e tb tive a sensação de Caverna do dragão, quando o Christian aparece pra eles... mas hoje eu já não vejo mal nenhum se começarem com a história do 'estão todos mortos'.

mas não tô entendendo pq o pessoal acha que o Sayid não 'reconheceu' o Ben. pra mim, pareceu óbvio que ele sabe sim quem é aquele moleque esquisito, hein.

chorei muito com Sayid hj; ele só se fode.
e Sawyer, putz grila. Josh Holloway carregando a quinta temporada na ponta da unha do pé. Maravilhoso!

Rose disse...

Lindo Sun!
Adoro a nova versão Sun mentirosa e manipuladora! Esse é o melhor jeito de se lidar com o Mr. Linus... :P

E qual é o problema com as pessoas que adoraram as palavrinhas maldosas do Sawyer pro Jack? Ah, mas é mto fácil pro Sawyer agora dizer que o Jack foi um mal líder e que apenas "reagia" as situações no "passado" qdo ele mandava. Mas o Jack foi forçado pela situação a tomar esse papel, que ele pessoalmente não queria, e tb teve que lidar com muito muitas coisas bizarras como um monstro de fumaça atacando as pessoas, e nativos agressivos que sequestravam pessoas e crianças, aparentemente sem razão alguma exceto fazer mal a eles... Enfim, Jack fez MUITO melhor do que o Sawyer conseguiria fazer se as coisas fossem invertidas e ele fosse o médico que as pessoas quisessem pra ser o líder qdo o 815 caiu.

Pq as pessoas nunca gostam dos moçinhos, né? Poxa vida... Sempre são os personagens mais legais! Mas minha vingança é que essa vida pacata que Sawyer e Juliet tão vivendo tem um prazo de validade curto pq pelo jeito do final episódio daqui pra season finale vai ser só correria e acontecimentos!

E o Faraday? Mesmo que ele estivesse trabalhando na estação Orchid não entendi os motivos pro Sawyer dizer "He´s not here anymore." O que ele quis dizer? Faraday não está mais na ilha? Como assim? Louco... :P

Christian me deixou de cabelo em pé na sua cena... CREEPYYYYY!

Resumindo: adorei o episodio!
:D

Érica disse...

Algumas coisas estranhas:

1- Se a Sun e o Ben estão em 2007 porque a Vila dos outros ainda tem placas indicativas da Dharma? Pelo que sei, depois de matar todos da Dharma os outros retiraram as placas, num é? Ou elas ainda estavam lá?

2- As janelas de 2007, quando a Sun e o Ben voltaram estão diferentes das janelas que vimos pela ultima vez na Vila.

3- Na casa onde estava o Cristian haviam quadros de recrutas da Iniciativa. Será que os outros manteriam esses quadros na parede?

4- Cristian mostra uma foto de 1977 para Sun, para mostrar o Jin, mas o Jin foi recrutado 3 anos antes num é? Lá pra 1974?

Sei não, algo está errado aí...

ૐ ..:: Renatão ::.. ૐ disse...

ninguem me tira da cabeça que aquela expressão no final do Sayid era que sim, ele realmente reconheceu quem era o Ben...até pelo jeito de falar...

Guilherme disse...

Onde diabos estão Rose e Bernard??

Quéroul disse...

Erica, a foto que o Christian mostra é do recrutamento do Hurley, Kate e Jack, em 1977.
Ele não mostrou o Jin pra ela.

RAFAEL disse...

Achei um bom episódio,que servira de base para entendermos eventos futuros(ou passados?) da ilha.

Acho que Sawyer,Juliet e os outros tiveram contato com o ''Ben adolescente" nesses três anos.Penso que Sawyer até cogitou mata-lo,mas fora impedido por Faraday,devido as regras do tempo,assim como ele disse a Hurley,quando este perguntou se era possivel evitar a purgação.
Afinal,o que aconteceu,aconteceu...

Fagner disse...

Fato é que, antes do Christian aparecer, duas coisas aconteceram:

- O Monstro de fumaça apareceu

- Pudemos ouvir os sussurros

--------------------------------

Não tem como negar que, pelo menos o monstro de fumaça, tem relação com o Christian Sheppard... quem sabe os sussurros não tenham, mas o monstro certamente tem.

Se lembrarmos o epi 10 da temp passada, C. Sheppard aparece para Jack no hospital quando o alarme de incêndio é pré-ativado por conta da fumaça.

----------------------------------

Além disso, se associarmos os sussuros as aparições que acontecem, sempre as mesmas são um pouco sombrias. Sei lá, pra mim, tem coisa aê...

E não acho que sejam os outros tentando se comunicar com eles mesmos no presente, como sugeriu nosso QUERIDÍSSIMO David em Dudecasts passados...

Aliás, parabéns ao David e a Juliana pela EXCELENTE cobertura da temporada

E parabéns por estarem escondendo os spoilers :D

Abraços!

Alagoas disse...

Bem.... minhas humildes impressões:

- Cada vez mais acho que Jacob e Christian Sheppard são a mesma pessoa. Só um chute, claro...

- Gostei muito da teoria de Ben e Sun (Marcelo, acima) não terem voltado ao passado porque já estavam lá. Ben poderia estar duas vezes no mesmo lugar (adulto e criança)? Creio que não. Então Sun tb poderia estar na mesma situação. No mais, pq ela queria tanto voltar para a ilha mesmo sabendo (na época) que Jim estava morto? Tanto queria que foi até encontrar com Widmore. Pra que essa obsessão? Será que só pra pegar o Ben mesmo? Ou será que odeia o Ben desde criancinha?

- Achei interessante a observação da Érika sobre a Vila. Na minha cabeça é claríssimo que TODOS no avião TAMBÉM entraram em um lapso temporal, mas não foram lançados no mesmo ponto (77) que os outros (Jack & cia.). Por que? Porque, notem, quando ocorre o clarão eles viajavam de noite e após o clarão é dia! O co-piloto até se assusta. Então, pra mim, eles tb foram para o passado. Para quando? Aí já é querer saber demais... rsrsrsrs

- Hurley é o máximo... hehehe.

- O sumiço de Faraday realmente foi muito estranho. Penso que ele não está mais na ilha. Acho que saiu. Anos depois ele estava em seu laboratório. E se tem alguém que sabe como entrar e sair da ilha é sua mãe, não?

- Tb achei estranho o monstro e logo depois Christian.

- Pra fechar, uma curiosidade (pra vc, Davi): Alguém muito importante vai morrer no fim da temporada, segundo parece Faraday, Ben ou Sawyer. Isso é uma certeza ou apenas uma especulação bem fundamentada? Pq, pelo andar da carruagem, parece que o Saiyd tá bem enrascado. Será?

Sensacional Namastê. Namastê pra vcs tb. E que venha o próximo!

Davi Garcia disse...

Alagoas, o lance de que alguem vai morrer, é fundamentado em informações de colunistas de tv como a Kristin do E! e o Ausiello da EW. Agora, se o Sayid corre algum risco eu não faço a menor ideia, ainda que Namaste deixe no ar que o iraquiano está em maus lençóis. Aguardemos para ver o que acontecerá.

Abraço!

Sabrina disse...

Em LaFleur, houve um certo debate quanto à tradução de "main land", segundo alguns seria a ilha principal e segundo outros seria continente.

Acho que ficou bem claro em Namaste que "main land" é de fato a ilha principal, visto que Ben também usa esta expressão.

Portanto, aquela discussão se nos anos 70 já havia problemas com nascimentos na ilha, dá pra imaginar que não. No caso da Amy, ela estava na ilha menor e a enfermaria de lá não teria estrutura suficiente para um parto.

Pode-se reparar inclusive que nenhum dos outros Dharma achou estranho o bebê ter nascido, o que seria normal caso já houvesse o tal problema dos nascimentos.

Tarcisio disse...

amy nao tava na ilha menor. todos estavam na ilha principal

brenniin disse...

mano, sou muito fã da série, e os piores episodios de LOST pra mim sempre são bons apenas por ser LOST. mas, esse foi BEM fraquinho, me arrisco a dizer que um dos piores de todas as temporadas. eh muito bom ver o passado da ilha, porem, nao teve nada de realmente excitante. como disse, sou muito fã, mas, tenho me decepcionado com esses ultimos episodios, espero que os proximos tenham uma injeção de adrenalina, novidades REALMENTE surpreendentes. pq se continuar assim, nao sei oq será da proxima temporada...

Rosilângela disse...

Exatamente Alagoas...
A cada episódio fica mais claro que que realmente deve morrer é o Sayd. Não tem a tal história de que a Kate tenta salvar o jovem Ben?! Sayd como um "hostil" encaixa nessa trama perfeitamente.
Está cada vez mais claro pra mim que quem deve morrer é ele, pela tentativa de "exterminar" o futuro BEN.... Afffffff aja neurônio...

Rosi disse...

Exatamente Alagoas...
A cada episódio fica mais claro que que realmente deve morrer é o Sayd. Não tem a tal história de que a Kate tenta salvar o jovem Ben?! Sayd como um "hostil" encaixa nessa trama perfeitamente.
Está cada vez mais claro pra mim que quem deve morrer é ele, pela tentativa de "exterminar" o futuro BEN.... Afffffff aja neurônio...

MaximusPM disse...

Acho q Caesar nao tem nada a ver com nada... A curiosidade dele eh a mesma de qualquer um q caisse numa ilha no meio do nada e visse umas construçoes... Tentar chamar ajuda de alguma forma ou coisas do tipo...

Rodrigo disse...

Nem todos os episódios podem ser cheios de descobertas surpreendentes e total adrenalina. Existem alguns que servem para responder algumas perguntas e criar novos ganchos de coisas que futuramente serão importantes.

Mas comentando sobre acontecimentos do episódio em si:

- O fato da Kate estar tão inexpressiva deve estar ligado com algo que aconteceu que repentinamente convenceu ela a decidir voltar para a ilha. Provavelmente algo relacionado com o Aaron, será?

- A cena do Saywer com o Jack foi ótima. Com certeza lavou a alma de muitas pessoas que já estavam de saco cheio do Jack, da liderança fracassada dele e da chatice.

- Muito boa tb a cena da Sun com o Christian. Se aquilo se movendo atrás dela era realmente a Claire,
concluimos que o 316 pousou na ilha depois de 2004.

- Em 1977 Ben já aquele olhar macabro, apesar de ainda ser ingênuo. Também penso que ele pode ter se tornado esse homem frio e calculista graças aos encontros dele com os losties. Interessante ver também que o Ben "do presente" mandou construir aquelo espaço para pousar um avião. Certamente não foi a toa.

- O que aconteceu com o Faraday?

Scaico disse...

Aquele bebê não pode ser "O" Ethan, afinal em alguns anos o Ben vai fazer a purgação e eu suponho que o Ethan vai estar por ali, né?

Mais uma falha da produção, como a idade da Charlotte?

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

Esse ep não foi tão bom como eu esperava, mas teve situações bem interessantes, p começar a pista onde o Lapidos posou o avião, na hora eu falei essa pista foi contruída pelo sawyer e kate e outros ha. depois a Sun dando um golpé bem dado na cabeça do Ben eu vibrei com essa cena =] depois a cena bem sinistra com o Cristian é claro, admito q fiquei com muito medo, tive até a pausar huahuauha e como já disseram aki eu tb acho q Cristian e Jacob é a mesma pessoa, e eu não vi nehuam mulher atrás da Sun como falaram, eu até vi o video no youtube e não vi nada , amanhã eu vou ver o ep de novo e vou tentar prestar mais atenção na cena.
Depois o Sawyer falando com o Jack, achei muito bom essa parte.
Mas eu nãoa cho q Jack tenha sido culpado pelas morte de alguns losties, acho q ele apesar de tudo e apesar de ter feito alguma coisas sem epnsar e por isso alguma coisas sairam errado, fez o q podia p ajudar todos.
e no fim aprece Ben com aquela carinha de inocente, tenhop certeza q na hora q ele falou q se chamava Ben o Sayid se ligou q era ele.
Bom mais uam vez ansiosa p chegar quarta q vem, e uma coisa eu já sei o próximo ep vai ser do Sayid, espero q nada de ruim aconteça com ele =]

Felipe disse...

Tenho notado uma falta de interesse do ator Matthew Fox pelo personagem, alguém mais nota?
Claramente ele está cansado, e não é de agora, e não acho que seja do personagem.
O jeito de ele interpretar está me lembrando o jeito do David Duchovny nas últimas temporadas de Arquivo-X(alguém lembra?)
Uma falta de interesse, e um "cansaço"
Posso estar errado também, mas duvido.

Carol disse...

Adoro a personagem Kate, mas acho Evangeline Lilly uma atriz ruim. Não me surpreendeu a inexpressividade dela.

Jack, tem mania de achar que é responsável por tudo, por isso seria perturbador para ele contar ao Sawyer mais detalhes sobre a morte de Locke. Mas, pode acontecer ainda, nada impede.

Zulluh disse...

Bem, não sei se é piração minha ou se é querer achar agulha no palheiro mas, alguém mais reparou que no recrutamento, Jack foi chamado antes de Juliet chegar com as atualizações na lista? Me pareceu estranho demais!!!

Rodrigo disse...

Zulluh, eu também reparei nisso! Eu até pensei "ué, já que o Jack foi chamado, porque a Kate não foi?" considerando que só depois que a Juliet atualizou a lista com o nome dela.

Scaico, a questão do Ethan, acredito que ele vai apoiar o Ben na purgação, ou seja, vai mudar de lado, agora o motivo eu não sei, provavelmente ficaremos sabendo disso mais pra frente.

Já quanto a Charlotte, foi um erro admitido pela produção já.

Herikinha disse...

Penso que, sobre o Ethan não ter morrido na purgação, deve-se ao fato de que ele possa ter sido o primeiro bebê sequestrado pelos outros, até então hostis. Vale lembrar, que só se salvaram os que usavam máscara (ele poderia estar usando uma, pois na purgação ele já tinha por volta dos 12 anos). E, acredito eu, que quem se encontrava na Cisne tbém não deve ter morrido (Radzinsky), por isso que ele usava aquele macacão amarelo, depois usado pelo Kelvin, e posterior a ele, Desmond. Pensavam que ainda poderiam sofrer algum tipo de contaminação que exterminou os Dharmas da ilha. Sobre o fato de alguém aparecer atrás de Sun na casa, SIM, aparece alguém com os traços físicos de Claire, como se estivesse com a cabeça olhando para baixo, e seu braço direito levantado, com sua mão passando pela testa... foi isso que eu pude reparar nos minutos 32,33 alguma coisa, rsrs!!!
E, sobre o formato desses últimos episódios, não gostei muito não...prefiro qdo tem FB e FF!!!! Ainda bem que os próximos serão assim!!!!
Namastê!!

R2D2 disse...

Acho que Ben e Sun poderiam ter voltado para 77 assim como os outros. Lembram do dia que o Sawyer voltou no tempo e viu a Kate ajudando a Claire no parto? Naquele momento ele não estava lá com duas versões de si mesmo?

Estou me referindo ao episódio 5.04 - The Little Prince.

--

Acredito que o nome da Kate não estava na lista dos novos recrutas por opção da Juliet mesmo. Acho que ela queria ter um contato daquele tipo com a "rival".

Kirk Douglas disse...

Repetindo BSG, "tudo isso já aconteceu antes e vai acontecer de novo". Ficou claro a importância de cada personagem repetindo o acontecido no primeiro vôo. Não sei se mais alguém se ligou nisso ou se é viagem minha, mas na minha opinião o casal coreano está representando Rose e Bernard: Ela está com a aliança dele, ele ficou "pra trás"... E pelo menos é bom saber que o Lapidus não morreu na frenagem. Ah, só eu achei o little Ben assustador?

zomb1tch disse...

o little ben é tão parecido com o big Ben *-*
e eu me arrepiei com o "cala a boca" que o Sawyer deu no Jack. HAHAHAHA!
Não quero que o Sayid morra >|
Acho que não vai ter grandes explicações do porque a Sun, o Lapidus, o Ben e o Locke não cairem no passado.. acho que vai ser tipo : uns caem aqui, outros lá, acontece..

Rubens disse...

Não vou soltar spoilers, mas quem os lê já sabe EXATAMENTE quem será a pessoa que irá morrer (ao meu ver, sem a menor importancia) ainda nesta temporada.

Mas o que eu quero comentar mesmo é isso aqui que o Davi Garcia escreveu:

| Sei que isso pode ser pura besteira,
| mas por que será que Jack não falou
| abertamente sobre a morte de Locke ao
| Sawyer, quando este lhe perguntou
| sobre o careca?

Davi, me admira logo você fazer essa pergunta... :-) DESDE QUANDO, em todas as 5 temporadas, os personagens de Lost contam alguma coisa para os outros? Uma das coisas que mais irrita em Lost -- porque é exagerado -- é que absolutamente NINGUÉM conversa com ninguém, ninguem explica nada para ninguem... Muitas situacoes complicadas e até perigosas seriam evitadas se as pessoas meramente conversassem e trocassem informações em Lost, mas isso nunca acontece.

Como eu disse, os roteiristas exageram nessa caracteristica do seriado, ao ponto de irritar quem assiste...

James M. Barrie disse...

"Já quanto a Charlotte, foi um erro admitido pela produção já."

Rodrigo, onde você viu isso? E eu com esperança de que fossem dar uma explicação plausível pra isso.
Um erro desse é meio grave demais pra passar batido assim.

No mais, gostei bastante do episódio, que em conjunção com o LaFleur fez um trabalho de ligação bem efetivo. Excelentes diálogos, a história está se movendo adiante de maneira bem criativa, e acredito que as pontas soltas tão sendo bem calculadas, e até agora a grande maioria me parece que vai ser respondida.
A única coisa que me incomoda de verdade é o aparente esquecimento de Rose, Bernard e Vincent.

Até agora, as coisas parecem estar confirmando uma teoria analítica do Jeff Jensen, da Entertainment Weekly, da qual eu gosto muito: de que as últimas três temporadas são o espelho das três primeiras, e que Lost, quando terminar, terá voltado ao início.
(Não por acaso, o último episódio da terceira temporada se chama Through The Looking Glass, título em inglês para Alice Através do Espelho).
Dessa forma, a 3a temporada = 4a temporada.
Foi o que vimos: grupos separados dos sobreviventes; ênfase nos Outros e nos mistérios de Jacob; dicas de viagens no tempo (flashfowards, dois episódios do Desmond de estilo parecido); etc..

A 2a temporada = 5a temporada.
Grande ênfase nos mistérios da Dharma (o que vem se confirmando até agora); separação temporária dos grupos de sobreviventes (na 2a, Michael, Jin e Sawyer começam a temporada separados do resto, assim como os Oceanic 6 na temporada atual); Sawyer diz que é o "new sheriff in town" no episódio The Long Con, e agora ele se tornou uma espécie de xerife na Dharma; Locke tem sua fé abalada profundamente; etc.
(e acho que um outro paralelo pode ser traçado: na segunda temporada, vimos Desmond apenas nos episódios iniciais, e depois novamente no final da temporada. Acho que algo similar pode ocorrer agora: vimos o brotha no início da temporada, e acho que ele vai fazer alguma aparição inesperada no final da temporada).

E, finalmente, a 6a temporada = primeira temporada.
Como isso vai ser não sei; talvez o acontecimento final dessa quinta temporada catapulte os losties de novo no tempo, e eles retornem para 2004 e revivam os dias deles na Ilha.

Ah, outro detalhe. Acredito que esse retorno de Lost às raízes pode ser uma indicação de que voltaremos a ter os tradicionais flashbacks, e episódios centrados em um personagem. O que viria bastante a calhar agora, para explicar detalhes sobre como Sayid, Kate e Hurley mudaram de idéia e foram para o vôo 316, assim como para dar mais detalhes sobre a vida do pessoal na Dharma dos anos 70, principalmente Miles e Faraday.

Um último detalhe: há SIM alguém atrás da Sun naquela cena, e parece bastante a Claire. E, como falaram, a porta se abre bizarra e misteriosamente alguns segundos antes da aparição. Bem suspeito - e assustador!

Abraço a todos.

É Notícia disse...

O post de Easter Eggs é só pra quem entende inglês? Sim, parece que sim, vcs colocam um Promo Legendado mas não legendam os Easter Eggs. Uma pena isto, da entender que vcs querem formar um grupinho restrito dos bambambans que são os sabichoões que sacam tudo, e o resto dos leitores que se virem.

Renato disse...

O quadro onde aparece a turma da Dharma de 1977 (com Jack, Kate e Hurley) sempre esteve na parede da casinha da vila Dharma? Neste caso, podemos supor que Ben, Ethan e os Others já conheciam esses três (ao menos por foto) na época da queda do 815?

Ou será que a participação dos losties no passado da Dharma alterou o futuro (ao contrário do q o Faraday afirma)?

Ainda estou em dúvida quanto a essa parada de que pode ou não alterar o passado e consequentemente o futuro... Se o que o Faraday diz é verdade, então os Others já conheciam (ainda q por uma foto na parede) os losties antes deles caírem em 2004.

Davi Garcia disse...

Rubens, citei minha estranheza com o fato do Jack não ter dito nada para o Sawyer sobre o que acontecera com Locke, porque nessa temporada especificamente, os personagens estavam conversando sobre outros acontecimentos bizarros/estranhos. O ponto foi só esse. Jamais esperaria que os personagens sempre falassem uns com os outros sobre tudo o que acontece, primeiro porque a série ficaria didática demais e segundo que não haveria mistérios, que pra mim são a grande graça de Lost.

É Notícia, não entendi a origem da sua reclamação. O post de easter eggs é feito totalmente em português e é o post que me dá mais trabalho de fazer, diga-se de passagem. Acho que você trocou as bolas nessa, hein?!

Renato, eu me fiz essa mesma pergunta sobre o lance dos quadros estarem naquela instalação da Vila. Acho que só esse ponto já é capaz de gerar um grande debate sobre o que se pode ou não alterar no passado. Faraday está certo no que diz, ou há uma variável (título do ep. 5x14) nessa equação do tempo? Tô tão curioso quanto você para saber como essa questão se resolverá.

Renato disse...

Lembrei-me agora do "De volta para o futuro", quando o McFly leva uma foto da familia dele para o passado. Enquanto ele vai atrapalhando a sua mãe conhecer o seu pai, sua imagem na foto vai sumindo...

Será que o quadro sempre esteve ali (teoria do Faraday) ou será que somente apareceu agora?

B.L ZAGO disse...

Cada vez mais me convenço que essa história de o que aconteceu,aconteceu não é completamente verdade na trama. Se a história não pode ser mudada e a vemos se fechando num arco não acho motivo pra se fazer uma série apenas pra contar uma iteração e atráves de uma narrativa focada num pedaço. Deu pra entender isso ?
Se vemos algum tipo Loop, o que ao me ver se torna inevitável, essa questão fica ainda mais evidente. Porque essa iteração é mostrada no show e não outra qualquer ? ela tem que ter algo especial que seja um motivo para ser mostrada.

Sobre O pai zumbi de Jack eu não sei vocês, mas a cada nova aparição dele eu tenho mais o sentimento de que esse personagem ( seja quem for ) é o verdadeiro inimigo que tanto Widmore e Ben irão enfrentar na tal guerra. Lembrem-se que Jacob na sua primeira aparição pede socorro ao Locke. O Pai de Jack se diz interlocutor, mas quem pode dizer que isso e verdade. Só o vejo manipular os personagens, e ninguém pode saber seus interesses.
Apostaria que o grande objetivo da série seja romper com esse ciclo destruindo a criatura que os impede de modificar o tempo ( a fumaça, que é o sistema de segurança temporal ) e será muito dificil para o Jack enfrentar a imagem de seu pai.

Sabrina disse...

O lance do quadro que o Christian mostra é realmente estranho.

Para o estado das cabanas só uma explicação: o Ajira 316 foi lançado MUITO para o futuro, visto que a última vez que a vila foi usada foi quando o pessoal do cargueiro a atacou [dez/2004]. Claro, neste evento houveram explosões, mas as casas que restaram estavam até que em boas condições. De fato, a casa onde estavam Locke, Ben, Sawyer, Hugo, etc nem foi atingida, pois foi quando Ben invocou o monstro e o pessoal do cargueiro fugiu.
Pela vegetação ao redor da casa eu diria que se passaram muito mais que 3 anos.

Quanto ao quadro na parede, duas explicações apenas:
1) furo total: com certeza após a purgação, os hostis deram uma limpa no local, não deixariam as fotos, placas e coisas pessoais. Eles apenas queriam usar as instalações.

2) Christian é chegado do Jacob [se não o próprio] e Jacob pode tudo. Rs.

Sabrina disse...

BL Zago

Também acho que "o que aconteceu aconteceu" não é totalmente verdade!

Viagens ao passado só tem graça quando vc puder mudar o futuro, rs. Quem pode garantir que na linha "original" do tempo é que fizeram cagada e agora tem que ser corrigido né?

Apesar que eu não acredito em "linha original", pra mim o que existe é uma coisa fechada: passado, presente e futuro todos linkados entre si. Mas que com certeza podem ser alterados [bem ao estilo "efeito borboleta" e "de volta para o futuro"].

Fabio Pan disse...

Alguem disse q estranhava a Kate ser chamada depois do Jack, e não estar com o nome na lista.
Mas isso foi explicado. A lista só tinha 2 ausencias, 2 pessoas que não embarcaram no submarino, por isso os nomes foram trocados pelo Jack e pelo Hurley. A Juliet teve que vir com um outro plano pra entrar com a Kate, por isso ela apareceu depois pra fazer o registro da Kate.

Sabrina disse...

Fabio Pan

Acho que a Juliet fez de sacanagem mesmo, só pra assutar a Kate, haushausa.

Manuella disse...

Será q Jack vai ser colega d trabalho de "Roger, The Workman", aquele esqueleto q apareceu uma vez?

Val disse...

Adorei o "Lafleur" colocando o Dr. Jack no seu devido lugar!
E como já era de se imaginar, vimos o young Ben com um dos Losties já!
Por onde andará Faraday?

Acho que o fato da Sun ser a única a não estar em 1977, é somente pra deixar todos ansiosos pelo reecontro dela com o Jin mesmo e nada mais que isso!

Pellicano disse...

Sobre Ethan, há pontos a se observar, ambos extremamente interessantes e reveladores, mas que não vi ninguém comentar ainda.

- Se ele está na DHARMA e depois junta-se aos Outros, pode ser que tenha se aliado a Ben ou, mais ainda, aliado-se aos Outros de verdade ainda quando criança. Richard encontrou Ben menino na sela...pode ter feito o mesmo com Ethan, mas isso ainda vamos descobrir.

- Porém, sua mãe (Amy) SERIA sequestrada pelos Outros no episódio que Sawyer a salva e cresceria com eles, oras.

De duas uma: ou os Losties interferiram no passado ou eles na verdade salvaram Ethan junto com sua mãe.

Adoro essa última opção porque aí prova mais ainda o que penso de que os Losties sempre fizeram parte do passado, futuro, presente. Enfim, eles não estão interferindo porque a história é para ser assim (o 'roteiro' da Ilha).

Tanto que o código na estação looking glass eram notas musicais...qual a chance de haver apenas 1 (!) músico no avião e que saberia o que fazer? (Charlie).

Talvez ele mesmo tenha programado isso no passado (já que Charlie com certeza vai voltar a aparecer).

LOST é demais!

Renato disse...

Talvez o Charlie seja o mesmo Charlie, filho do Desmond com Penny. Será????

Se tudo for realmente um ciclo de eventos que ocorrem em loop, a idéia do Faraday de que "what happened, happened" faz todo sentido. Os losties sempre estiveram no passado da ilha.

Pellicano disse...

Pensei muito nisso também e acho que há a possibilidade de serem os mesmos Charlies.

Se bem que Desmond se apegou muito ao músico e faria sentido também dar o nome como homenagem. Até porque não enxergo como e porque Desmond voltaria para a ilha com seu bebê.

Aliás, será que Ben conseguiu matar Charlotte? Aí Wildmore ficaria puto e mandava Desmond atrás dele...na ilha!

hehehe

Pellicano disse...

Não é Charlotte, claro, é PENNY que quis dizer. :)

lulu disse...

se em 2004 a otherville estava mais ou menos arrumada e sem indicios da DHARMA, o que aconteceu para que em 2007/2008 ficasse do jeito que vimos em Namaste?
Talvez Sun não caiu na ilha no passado pq a ilha tem uma missão p/ ela, Christian/Jacob fala que ela tem um longo caminho pela frente... talvez seja isso

Pellicano disse...

O Ajira indo da noite pro dia PODE indicar que eles viajaram bastante para o futuro.

Mas acho difícil, pois já vimos que há um atraso entre a entrada e chegada na ilha (no helicóptero de frank e no míssil teleguiado de Faraday) e ele não parece ser tão grande assim.

Poderia ser realmente um futuro alternativo - na verdade alterado pelas ações dos losties no passado. Lembram de como Doc explica a Marty (em De volta p/ o Futuro 2) que foi criada uma estrada alternativa no tempo?

Teria o 'futuro' como vimos até a 4ª temporada dado errado dentro dos planos da Ilha e quando John gira a roda, a Ilha da uma resetada (não muito longa, é verdade) para ver se as coisas vão melhor dessa vez?

Os Losties terem ido parar bem na época áurea da Dharma, claro, não pode ser por acaso.

Acho que alguma dessas coisas tem fundamento porque a vila destruída até poderia ser explicada (o monstro passou por lá depois que todos foram embora). Mas os retratos na parede e acessórios da Dharma que vemos sugere demais que não houve a Purgação...nesse futuro alternativo, claro.

:)

Andre disse...

Bom tenho uma teoria para tentar responder porque de Sun e Ben nao terem ido parar no ano de 1977.
Simplesmente porque Sun é aquele bebe que Marvin Candle aparece cuidando no começo desta temporada, acho que ele é o pai de Sun, e por esse motivo ela nao pode ser jogada em 1977, Sun ja existia na ilha naquela epoca.O mesmo acontece com Ben. Algo parecido aconteceu com o corpo de Charlote, pois quando a ilha parou de girar no tempo e eles se fixaram em 1977, a pequena Charlote ja estava na ilha e logo seu corpo adulto nao poderia continuar ali. O que acharam sera que viajei demais…?heheheheeh

Pellicano disse...

Hmmm, bela teoria André. Realmente tem sentido, especialmente pelo fato de Ben também estar 'preso' no futuro com Sun.

Só acho com muita convicção que o filho do Dr. Candle é na verdade Miles. Vimos que ele sofre mais com os clarões e Faraday sugeriu que ele tivesse estado na ilha antes. E até onde seu o Dr. Candle tem um filho, não uma filha.

Eu pensava que Sun não voltou pro passado porque Locke prometeu a Jin não fazer isso. E a ilha manda/ouve tudo, né. Mas é um chute alto esse.

Já Ben e Locke no futuro...bem, Locke voltou à vida porque a Ilha tem seu próprio tempo/espaço. Morreu fora da ilha, mas na ilha ele ainda existe (como o pai de Jack.

Mas ambos (na minha opinião, claro) ficaram no futuro porque saíram pela porta dos fundos e não como os outros 6.

Mas Sun ainda é um mistério....

B.L ZAGO disse...

A teoria do André faz muito sentido, mas eu acho que não é bem por aí porque vimos que em determinado momento dos saltos existiam 2 versões deles na Ilha, vide Locke sabendo que estaria na Escoltilha naquela noite e o Sawyer vendo Kate e Claire. Apesar de não "vermos" nenhum deles encarando sua imagem podemos fazer essa suposição. Porque segundo a Teoria do André ou isso não seria possivel, ou o Locke da escotilha teria que sumir enquanto o outro estava na Ilha, e acho pouco provável. Mas vale a pena especular :-)

feiga disse...

Uma dúvida. Descobrimos que Ethan não pertence aos Outros, é filho de funcionários da Dharma. No entanto,ele sobrevive à purgação. O que será que aconteceu?

Sabrina disse...

Feiga,

Eu não tenho certeza mas acho que foi no próprio episódio que mostra a purgação, que o Ben menciona que nem todos os Dharma morreram.
Pelo que entendi daquela vez, o Ben [ou os hostis] escolheram algumas pessoas para continuar vivos, provavelmente pessoas que não estavam felizes com a Dharma Initiative.

Por exemplo, o Radzinski também deve fazer parte desse grupo, visto que ele sobreviviu à purgação. Eu duvido que os hostis iriam dominar a ilha e deixar a Cisne da lado com seus ocupantes.

E já que tocamos neste assunto, por que cargas d'água a Dharma continuava mandando suprimentos em 2004, sendo que em 1989 aconteceu a purgação???
Impossível a Dharma não saber o que aconteceu, mesmo que tivessem perdido contato com os membros, não mandariam alguém para verificar o que aconteceu??

E aos que disserem: a ilha mudou de lugar/tempo e os de fora não encontraram. Bom, havia a estação Farol pra que? E mesmo que não houvesse, como mandariam os mantimentos sem saber a coordenada correta???

PEDRO CANUTO disse...

James "sawyer" "LaFleur" Ford é o cara !!!

Jack como bom neurocirurgião deve ter ido fazer uma tomografia no laboratório da Dharma para conferir os danos cerebrais que ocorreram em sua cabeça depois daquela série de tiradas fodásticas que levou do sawyer.

Cristhian Sheppard: Pra mim ele tem sim acesso ao controle do monstro de fumaça e ao perceber a chegada de Sun e Lapidus provavelmente desligou o "sistema de segurança" para recebê-los.

Sun/ben/locke/2007: A ilha tem uma missão pra todos que lá chegam. Até os camisas vermelhas tem uma missão a desempenhar na ilha. Sendo assim, pra mim, eles não voltaram ao passado porque eles nunca estiveram lá. O papel que eles tem que desempenhar está traçado para ser cumprido agora em 2007.

Paradoxo futuro do pretérito perfeito ou seria imperfeito: What hapened, hapened.. esse será o episódio em que provavelmente teremos uma ideia mais clara se realmente os losties estão interferindo no passado, ou eles simplesmente estiveram lá. E, com certeza o episódio 15, eu acho, que na sinopse apresenta faraday revelando tudo o que sabe sobre a ilha, COM CERTEZA ABSOLUTA vai nos dizer a verdade sobre todo esse paradoxo. Para mim, não tenho dúvidas, eles estiveram lá no passado junto com a dharma, nada está sendo alterado, eles apenas (no passado deles mesmos) não sabiam que estariam no que nos conhecemos como passado, mas que para a física, o tempo é relativo.

Por fim, vi alguns comentários falando que "Namaste" foi mais ou menos. NAMASTE foi duca!! foi megaboga irado!! Os roteiristas conseguiram fazer de um episodio relativamente "pra cumprir tabela", ou seja, apenas para preparar o terreno dos proximos episódios, num dos melhores episódios até aqui desta 5 temp.

Sucesso para o Davi e para a Juliana. Parabéns !!

nathali disse...

Uma coisa, algueém reparou que na foto que Christian mostra pra Sun, que aparece logo antes do momento em que eles estão tirando a foto de fato, aparece um homem careca, de rosto conhecido, ao lado direito do Radzinsky (esquerdo pra quem olha a foto). Ele está inclusive sem o macacão da Dharma. Ele aparece na foto, mas na cena em que eles tiram a foto ele não está. Quem é esse homem???

Acho que o fato da sun estar em outro tempo tem algo a ver com o fato de ela estar com a aliança do jin. Talvez seja sua constante.
Mas de fato, faz muito sentido a teoria de ela ela ser filha do Pierre Chang!!!

Talles Brito disse...

episódio cheio de suspense e trilha sonora pesada no fundo, gosto deste episódios! a temporada tá perfeita.

Guilherme Kroll disse...

O Chritians é praticamente um Mestre dos Magos.

Siminski disse...

Episódio foi ótimo! Ethan ser o bebe foi uma grande sacada, no entanto como ele pode vim a ser discipulo de Bem , se este matou seus pais? Tambem acho que o bebe de Pieere é Sun , este é o motivo pelo qual ela e Bem não podem estar em 1977 , pois não podem interagir com eles criança!
O que voce acha Davi?