16/02/2009

Revista inglesa faz matéria sobre a 5ª temporada

Via Lost Spoilers, surgiram scans da edição de março da revista inglesa SFX na qual atores de Lost falam sobre a 5ª temporada e revelam detalhes (com pequenos spoilers) sobre seus personagens e curiosidades sobre suas vidas. Além disso, a matéria traz depoimentos de Jack Bender, co-produtor e diretor do série, que falou o seguinte sobre a velha discussão se os criadores da série sabiam desde o início como a história terminaria: "Carlton e Damon sabem como será o final e eu também sei. Agora, é sobre como chegamos lá. É como estar no alto de uma montanha. A casa confortável com chocolate quente está lá embaixo, e você tem que descer, mas há barreiras. Damon e Carlton sabem como a descida começa e termina e onde as barreiras estão, mas se eles vão pela esquerda ou pela direita criativamente é algo que estamos descobrindo ao longo do caminho."

Leia mais...

    Matthew Fox (Jack)

    O que vai acontecer na 5ª temporada?

    Jack finalmente confrontou a realidade de que Locke estava certo o tempo todo, que ele fugiu de seu destino, que ele nunca deveria ter partido e que sua única opção para salvação é voltar e terminar o que ele precisa; portanto, a primeira metade da temporada é sobre reunir os Oceanic 6 e voltar à ilha.

    Você fica louco por ser o único que sabe como Lost vai terminar?

    Eu não sei exatamente como Lost vai acabar. Os rumores [sobre isso] surgiram, mas foram exagerados. Eu de fato tenho uma ótima relação com Damon Lindelof e tenho alguma noção de como vai terminar, mas como chegaremos lá é um completo mistério para mim.

    O que você pensou quando Damon te contou das ideias para o final?
    Eu amei! Sou um grande fã da série.

    Oportunidades de trabalho diferentes surgiram para você por causa de Lost?

    Absolutamente, a série fez muito por mim. Fiz filmes como Ponto de Vista e Speed Racer. Tive outras oportunidades durante o período em que fiz Party of Five, mas não quis pegá-las. Aquela era uma série leve escrita para uma audiência feminina e o papel que eu fazia era bem leve. Jack Shepherd me levou ao papel de protagonista que dá acesso a todo tipo de filme, o que é divertido.

    O que você gosta de assistir?

    Coisas bem complicadas; um dos meus filmes favoritos é The Proposition com Ray Winstone e Emily Watson. Ele é bem pesado. Eu gosto de coisas mais obscuras, difíceis e estou tendo oportunidade de fazer essas coisas.

    Você assistiria Lost se não estivesse na série?

    Sim, eu gosto muito de coisas com influências sci fi. Eu não assisto Lost porque estou na série, mas minha esposa adora e assiste tudo. Ela lê os roteiros antes de mim. Vejo a série como uma das melhores da tv.

    Quão nervoso você fica sobre a reação dos fãs quando a série finalmente terminar? Você se importa se as pessoas ficarem desapontadas no final?

    Não. Nunca dá para agradar a todos o tempo todo. Não há como, não importa como a história termine, ela não vai se encaixar da forma com que os fãs a escreveram em suas cabeças. Eu sempre pensei que não se deveria nem ao menos tentar agradar demais. Passamos por períodos em que o público ficou desapontado e teve uma reação negativa. Mas acredito que Damon sempre soube para onde a série iria e como tudo iria se conectar, e vocês estão vendo isso na 5ª temporada. As pessoas vão dizer, "Isso é incrível, eu não acredito que isso está voltando à essa história, incrível."


    Evangeline Lilly (Kate)

    Com quem Kate deveria terminar? Sawyer ou Jack?

    Quando se trata de amor, não existe isso de "deveria". Vejo os dois como parte da jornada dela.

    Você já ficou chateada por conta das escolhas de Kate?

    Já joguei roteiros pela sala, espalhei-os... Porque muito da Kate sou eu. Portanto, quando Kate viu Juliet e Jack se beijando e então foi diretamente para a cabana do Sawyer e transou com ele, fiquei muito chateada. Pensei, "Ela nunca deveria fazer isso! Isso é muito rasteiro e é uma porcaria!" Tentei barganhar para que isso parecesse menos horrível, mas acabei deixando para lá porque ela não é quem eu sou.

    O que acontece com a Kate na 5ª temporada?

    Kate é uma mulher completamente diferente, o oposto da mulher que era. Ela dá uma virada no rumo e começa a crescer. Ter a criança sob seus cuidados, apenas confirmou quem ela queria ser. Não a Kate que foge, mas a Kate que é mãe.

    Como é atuar com um garoto de dois anos?

    Maravilhoso e exaustivo. Eles querem só brincar. Então a recompensa dele se fizesse certo era brincar de avião comigo até que os dois caíssem juntos.

    Você estava cansada de usar aquelas roupas surradas?

    Quando os Oceanic 6 saem da ilha, eu não apareço mais com aquelas roupas cheias de suor e sujeira! [Risos] Eu fiquei usando terninhos, saias... Me senti linda e mulherzinha, mas o destino vai mudar o curso da vida dela no meio da temporada. Portanto quando eu coloquei as roupas surradas de novo, eu pensei, "Ah sim, isso é bom." Eu gosto de ser feminina, mas não consigo parar de escalar árvores!

    Como você lida com a fama?

    Eu a evito a todo custo (risos). Parei de ir à praia. Caso eu veja mais uma foto minha de biquini, vou me matar (risos). Eu não quero esse hype. Amo atuar e é sempre bom ter uma renda. Mas, eu realmente não quero nada do resto que vem de Hollywood.

    O que impediu você de se tornar uma diva?

    Quem pode dizer que eu não sou uma? (risos) Você não tem como saber! Não, minha família tem. Eu venho de uma cidade pequena no Canadá.

    O que você sente falta do Canadá?

    O clima. Nos trópicos é quente, úmido e seu cabelo e maquiagem nunca ficam bom. Você nunca irá usar botas ou jaquetas e eu sinto falta do ar gelado no meu rosto em oposição à sensação de calor e letargia.


    Josh Holloway (Sawyer)

    Você já chegou a desejar que a ilha poderia explodir?

    Sim. Eu acho que ela explodiu e voltou!

    O que está acontecendo com a cabeça de Sawyer nessa temporada?

    Muita confusão. E a forma que ele encontrou para sobreviver é interessante, ele assumiu um papel diferente daquele que você se acostumou a vê-lo no passado...

    Ele está mais heróico?

    Pode ser visto dessa forma, mas eu penso que seja mais um esforço de sobrevivência e de fazer o que é preciso. A forma como isso está ocorrendo na narrativa pode ser interpretado como heróico ou uma diversão. Tudo depede de como você quer interpretá-la.

    Você está ansioso para que o final chegue?

    Ah meu Deus, sim! Mal posso esperar para saber, assim como os fãs, o que está acontecendo afinal. Eu ainda não tenho ideia. A única coisa que eu arrisquei pensar antes e acabei acertando foi a ilha se movendo, o que foi muito bom, mas apenas isso.

    Qual é a primeira coisa que você fará quando a série acabar?

    Acho que vou raspar a cabeça e fazer um belo moicano, um bem alto. Sempre quis fazer um moicano.

    O que os fãs dizem quando você está na Inglaterra?

    Eu chego bem disfarçado quando vou. Ninguém me reconhece, e se o fazem ficam sussurrando. São as mais velhas, bêbadas e as americanas que se aproximam de mim.

    O que eles dizem?

    "Oh meu Deus!" E então me seguram, me sacodem. Nunca são as gatinhas de 21 anos que falam comigo. São as mais velhas que beberam muitos Mai Tais. Eu não me importo. Adoro mulheres que bebem.

    Como é isso?

    Aquela que bebe um ou dois cocktails. Não julgo, julgar não é a minha, falo apenas o que eu vejo. Mas as pessoas tem sido realmente gentis e os fãs na Inglaterra são ótimos.

    Você já teve algum momento estranho, embaraçoso com fãs?

    Alguns já aconteceram... Teve uma vez que eu tava esvaziando meu trailer, você sabe, trocar água e outras coisas do banheiro, e seis pessoas vieram e me encurralaram enquanto eu estava lá com luvas e todo sujo e disse, "Não posso autografar nada agora." Fiquei bem envergonhado.

    Tenho certeza que eles nem se importaram.

    Bem, eu disse, "Vou até vocês em um minuto assim que eu terminar as funções de ser humano. Foi embaraçoso com luvas cirúrgicas, como seria no Alasca ou em qualquer outro lugar no meio do nada. Eu fiquei falando, "Você só pode estar me sacaneando."


    Jorge Garcia (Hurley)

    Conte para nós uma coisa que está acontecendo com Hurley na 5ª temporada.

    Mudo de roupa várias vezes por uma razão. E nem todas são escolhas muito agradáveis.

    O que você quer que aconteça no final?

    Definitivamente há diferentes pessoas que pensam que a ilha é deles e isso tem que ser resolvido de alguma forma. Seria divertido ver uma batalha acontecendo, como a dos Ewoks lutando por Endor talvez.

    Então veríamos alguns Stormtroopers?

    É, algo bem louco assim!

    O que você quer que Hurley faça que ele ainda não fez?

    Ele ainda não fez nada que envolvesse armas e todos os outros fizeram. A única arma que ele disparou foi por acidente, lançando o sinalizador no céu, portanto vê-lo com alguma arma na mão tendo que desobedecer a lei seria legal. Ele resistindo às armas esse tempo todo e então tendo que pegar em uma seria interessante.

    O que você gostaria de fazer no Havaí antes de ir embora?

    Ainda não aprendi a surfar. Tenho que pelo menos fazer umas aulas antes de partir. Eu tenho que fazer isso!

    Como a vida mudou desde que Lost começou?

    Estranhos se aproximam e perguntam se podem me abraçar. São muitas mães e avós geralmente.

    Nenhuma loira bonitona?

    Não, acho que faço mais sucesso com crianças e pais. As pessoas me dizem, "Minha mãe ama você!" ou então, "Você é o favorito dos meus filhos." Acho que sou do tipo 'abraçável'!

    Você já esteve na Inglaterra?

    Sim. Já fui quatro vezes e os fãs tendem a ser mais empolgados. Os fãs americanos ficam mais na deles, mas na Europa eles não tem medo de gritar e estravazar.

    Você está dizendo que os ingleses não são legais?

    (Risos). Não, não, eu amo a Inglaterra.


    Henry Ian Cusick (Desmond)

    Então com relação à Penny, podemos presumir que coisas ruins irão acontecer?
    Pode parecer que com a ameaça feita por Ben à filha de Widmore, coisas ruins podem acontecer.

    Você tem alguma teoria sobre o final da série?

    Não. As pessoas me perguntam o tempo todo e eu digo, "não tenho nenhuma teoria." Ficarei tão surpreso quanto todo mundo. Vai ser um final difícil de se fazer. Não tenho idéia de como irão fazê-lo, mas ele será desafiador.

    Do que você sentirá falta quando Lost acabar?

    Sentirei falta de não morar no Havaí, do dinheiro que ganho, de não ter que trabalhar muito. Tem sido um pazer fazer esse personagem.

    Você aprendeu a surfar?

    Sim, aprendi. Não sou particularmente bom, mas aprendi. Quando cheguei eu ia surfar todo dia, agora isso ficou um pouco de lado. Você se cansa depois de um tempo.

    Tem alguma coisa de casa da qual você sinta falta?

    Família. E eu estava assistindo Hallam Foe (filme de 2007) e senti falta dos xingamentos [típicos do Reino Unido]. "Aw fuck off", esse humor agressivo você não encontra aqui.

    O que você fará depois de Lost?

    Não tenho planos. Vou ver o que surge, seja filmes ou televisão, eu sempre irei para onde o trabalho está. Se me oferecerem algo perto de casa eu iria considerar, há muito trabalho bom vindo da Inglaterra. Life on Mars era brilhante. Só um idiota recusaria algo do tipo.


    Michael Emerson (Ben)

    O que está acontecendo nessa temporada?

    Ben tem uma nova e aparentemente contraditória missão que ninguém quer ajudá-lo a cumprir. Mas ele vai prevalecer, como sempre faz. E nessa temporada estamos espalhados pelo mapa em senso temporada e geográfico.

    As pontas soltas da história estão se juntando à medida em que Lost caminha para o final?

    Penso que sim. Eles estão começando a nos direcionar rumo ao fim. A série se expandiu e agora começa a se comprimir na direção de uma conclusão.

    O que você gostaria de ver no último episódio?

    Espero que a conclusão ultrapasse minha imaginação e expectativas. Será muito raro. Damon Lindelof não vai nos desapontar. Ele já tem um plano, ou pelo menos eu penso que tenha. Tomara que esteja escrito e guardado em algum cofre porque temo pela saúde dele (risos).

    Mas o Matthew não sabe do fim?

    Tenho esse mesmo sentimento. Não sei porque. Matthew é muito ligado aos roteiristas/produtores. Houve algumas situações em que ele sabia mais do que o resto de nós.

    Fiquei assustado vendo você vindo na minha direção agora. O que as pessoas dizem para você nas ruas?

    (Risos) As pessoas ficam fascinadas/aterrorizadas ao me encontrarem. Parte delas sabe que isso é ficção, mas outra parte tem esse terror visceral. Eles tendem a ser muito formais e mantém distância. Quando apertam minha mão, o fazem meio de longe. Quando Hurley anda pela rua, os fãs o seguem e se aproximam. As pessoas me dão mais espaço.

    Você se diverte com isso?

    Para mim tá perfeito porque sou formal por natureza. Eu não sei o que faria se recebesse muitos abraços na rua. Eu gosto do, "Como vai, Sr.?" e "Prazer em conhecê-lo..."

    Como você se sente sobre o Ben?

    Os roteiristas negam minha avaliação do personagem da mesma forma que o público, mas continuo tendo a noção, possivelmente ingênua de que Ben vai surgir no final como defensor da vida desse planeta. Opero na idéia de que ele é um dos mocinhos. Mas então leio os roteiros e fico surpreso com as maldades e a frieza dele.

    Você vai ficar desapontado se Lost terminar e você for apenas um vilão?
    Não, porque terá sido uma ótima viagem. E talvez isso seja uma das resoluções menos esperadas. Não sei. Nessa temporada acotecem coisas que me fazem acreditar que meu personagem no fim é um herói e outras que me fazem vê-lo como o anticristo!

5 comentários:

Rita disse...

Oi, acompanho sempre seu Blog e tenho curtido muito as novidades da 5ª temporada.
Sei que aqui não é local ideal para dúvidas, mas não sei onde recorrer no Blog para pesquisar.
Lembro-me de ter lido sobre o Aaron ser interpretado por irmãos gêmeos na 4ª ou 5ª temporada, mas não encontro o post, poderia me ajudar informando o link ? E se realmente foi em seu Blog ?
Leio tanto sobre Lost que já nem tenho certeza de onde li o comentário, desculpe.

Rodrigo Machado disse...

Agora eu tenho mais certeza de q a bomba JUGHEAD foi enterrada com chumbo e quilos de cimento e a iniciativa DHARMA construindo a estação cisne sem quere perfurou a bomba assim acontecendo o tal "incidente" (de 1984 eu acho) e assim tendo q ser criado o protocolo de apertar o botão a cada 108 minutos para descarregar a pressão eletromagnática causada pela radiaçao do vazamento da bomba com as propriedades eletromagnáticas das ilha.

Oliver Fuchs disse...

Boa Davi. Ótima reportagem. Mas, não querendo ser chato mas sendo, o Jack Bender é produtor executivo..

Érica disse...

Muito boa a matéria! Adoraria ver o Josh de "moicano" como ele disse, hahahaha!!!!! E, na minha opinião, M. Fox sabe sim como Lost vai terminar! Ele apenas se esquivou da pergunta!

Juliana Ramanzini disse...

Jack Bender produziu e co-produziu vários episódios. Não tem erro nenhum chamá-lo de co-produtor no contexto geral da série, considerando que a lista de produtores, nas mais diversas atividades dentro da função, ultrapassa 30 nomes. Co-produzir no caso significa "produzir em conjunto".