19/02/2009

Comentários do ep. 5x06 "316"

Se tivesse que definir a essência desse episódio em poucas palavras, diria o seguinte: "Tudo isso já aconteceu antes, tudo isso vai acontecer de novo", uma frase que qualquer fã de Battlestar Galactica (outra série da qual gosto muito) reconhece facilmente, e que agora encontra ressonância perfeita também dentro do universo de Lost. "316", o sexto episódio dessa excepcional 5ª temporada, se deu ao luxo de praticamente ignorar o personagem principal da série (a ilha) e mesmo assim teve um resultado final perto da perfeição narrativa. Algumas respostas, novos e curiosíssimos mistérios, reuniões inusitadas e, claro, a noção de que a história da trama precisa de um replay que mescla razão e fé no desconhecido e muitas surpresas.

Leia mais...

    Depois desse "316", a ideia mais contundente que fica martelando na minha cabeça é a de que Lost é um complexo jogo de xadrez ocorrendo no espaço/tempo e que constantemente (re)utiliza determinadas peças para movimentos chave de uma partida que parece ou não pode ter fim. Dessa forma, quando Eloise Hawking disse ao Jack que uma tentativa de repetir as circunstâncias ou situações que os levaram à ilha pela primeira vez deveria ser feita, suas palavras não eram vazias. Por algum motivo especial que obviamente ainda não conhecemos, toda vez que o jogo na ilha é interrompido, as peças precisam ser realocadas e dispostas no tabuleiro, o que por tabela pode explicar porque vimos Hurley entrando no avião segurando uma caixa de violão (lembrando o amigo Charlie), Sayid sendo levado preso por uma agente federal (repetindo a situação de Kate na 1ª temporada) e, finalmente, Locke - definido pela Sra. Hawking como a peça substituta da equação digamos assim - recebendo os sapatos de Christian Shephard, um homem que definitivamente tem alguma ligação pregressa com aquele lugar.

    "316" revelou como a ilha poderia ser localizada; evidenciou nas palavras de Desmond a Jack uma suspeita antiga de muitos fãs da série que apontavam os losties como meros peões de um jogo maior; reforçou em Jack a noção de que um conflito entre razão e fé ainda não era um assunto totalmente acabado (ele se eximia de culpa pela morte de Locke, mas sentiu o peso das palavras finais do careca para ele); que Ben continua sendo o manipulador mentiroso que amamos odiar (suas tiradas nesse episódio estavam especialmente inspiradas), e sobretudo que o retorno à ilha pontuado pela excelente cena de abertura com Jack novamente abrindo os olhos no meio de uma mata como vimos no episódio piloto da série, é só a ponta do iceberg de uma trama que ainda tem diversas camadas a serem descobertas e exploradas.

    Agora, sabe aquele sempre divertido jogo de perguntas que surgem com episódios excelente como esse? Pois é, vamos a elas: por que e como a Sra. Hawking sabe de tanta coisa? Por que, segundo ela, o assunto de Desmond com a ilha ainda não estava encerrado? Por que Kate, Sayid e Hurley mudaram tão rapidamente de ideia com relação ao retorno à ilha e o que a sardenta fez com Aaron afinal, que supunha-se também deveria ter retornado? Sobre esses trê aliás, por que pareceram aceitar a situação com tanta serenidade? O fato de termos visto Ben ensanguentado e ferido pouco depois de ter dito a Jack que precisava cumprir uma promessa feita a um antigo amigo significa que ele foi atrás de Penny? E para finalizar, o que diabos aconteceu durante o clarão dentro do vôo Ajira 316 pouco antes de Jack, Kate e Hurley acordarem na ilha e reencontrarem com Jin, agora um antêntico funcionário Dharma no passado?

    Ah como é bom viajar na miríade de possíveis respostas para tantas perguntas, não? É por isso que deixo-as para que você me ajude a especular e teorizar sobre tudo o que vimos no "316", um episódio denso, inteligente e que brinda a paciência dos fãs com a promessa de que a história ainda tem muitas surpresas por revelar e que a jornada continua brilhante e viciante. Que venha "A Vida e a morte de Jeremy Benthan"!

    Outras notas sobre o episódio

    - Uma pequena observação rápida: tenho certeza que mais tarde alguém vai reclamar dizendo que esse lance de mostrar personagens acendendo e/ou apagando velas já cansou.

    - Fim do mistério do porque Christian Shepherd aparecera usando tênis brancos na ilha? Jack só tinha aquilo para calçar o pés do falecido pai quando foi buscar seu corpo na Austrália.

    - Kate não estava em condicional? Como conseguiu embarcar num vôo que saí do país?

    - Embora tenha nos mostrado Ilana (a agente escoltando Sayid) e Caesar (o homem que deu os pêsames a Jack na fila do check in), "316" ainda não revelou quem são esses personagens de verdade, mas se você visita o Dude há tempos, já tem uma ideia de que personagens serão esses que voltaremos a ver na trama, certo?

    - Será que as palavras de Kate de que o fato de 5 dos Oceanic 6 estarem reunidos no mesmo voo não significava que eles estavam juntos indica que ela foi praticamente obrigada a voltar? Acredito que sim.

    - Onde foram parar Ben, Sun, Sayid, Lapidus e os demais passageiros do vôo Ajira 316? Se tivesse que apostar, diria que ao contrário de Jack, Kate e Hurley que foram deslocados para o passado, todos os demais foram para o futuro da ilha, o que pode inclusive explicar aquela garrafinha de água da Ajira vista no episódio 5x04 "The Little Prince".

    - Antes apenas sutilmente sugerido através do anagrama do furgão usado por Ben, o tema da ressurreição surge com cores fortes na trama, o que pode indicar ainda que de forma não literal, tudo o que se relaciona à aparições na ilha. Será?

87 comentários:

Rodrigo Mourão disse...

Humm, só discordo quando vocês falam que uma parte teria ido para o passado e outra para o futuro. Creio mais que tenham caído em lugares diferentes. A garrafinha poderia estar na mão de um dos outros (não Os Outros) ou, quem sabe, tenha ocorrido mesmo a queda do avião e aquilo seja o que conseguiram recuperar. Mas enfim, só os próximos eps vão dizer. Abs

Iuri disse...

Que episódio! Com apenas 5 segundos de episodio comecei a comemorar a volta dos O5 á ilha e já me preparei psicologicamente pra assimilar as informações q estavam por vir.
Acho que nunca comentei aqui, mas conheço o blog há tempos e não o frequentava muito por não gostar de spoilers, com a nova ferramenta de esconde-los passei a visita-los mais vezes. Os comentarios do Davi são excepcionais, já é de praxe acabar de assistir e vir aqui conferir. Ah, claro, também ouço o Podcast assiduamente.
Enfim, parabéns pelo ótimo trabalho!

James M. Barrie disse...

Primeiramente, Davi, parabéns por mais uma vez conseguir fazer o post de comentários com tanta rapidez. Você pode imaginar como é gratificante poder vir aqui falar sobre o episódio imediatamente após tê-lo visto, sem ter que esperar pelo dia seguinte para discuti-lo.

Terminei de ver o episódio há cerca de dez minutos, e devo confessar que minha primeira reação quando ele acabou foi confusa. Fiquei bem dividido entre achá-lo um episódio genial e um episódio mal-acabado, dramaticamente falando.
Mas me parece que esse é um episódio pra ir digerindo com o tempo, e cujas implicações só ficarão mais claras em conjunção com o The Life and Death of Jeremy Bentham.

Alguns comentários:
- droga, você foi o primeiro que vi que fez menção à guitarra que o Hurley levava e sua referência ao Charlie. Achei que eu tinha tido um insight super sagaz, hahaha.
- Quanto mais eu penso no assunto, mais vejo como é genial essa história de recriação das circunstâncias em que o vôo 815 caiu na Ilha. Faz todo o sentido dentro da série, em relação à dicotomia destino/escolha, às viagens temporais ("whatever happened happened"), "the universe has a way of course-correcting", ao fato de que as coisas parecem que podem ser mudadas, mas só parcialmente ("no matter what I do, you're gonna die, Charlie" - e ele morreu, mas em cirscunstâncias diferentes das que tinham sido originalmente traçadas pra ele); todo um simbolismo interessantíssimo de Eterno Retorno, "torna-te quem tu és"... sensacional.
- Numa visão ampla, esse episódio e o This Place is Death parecem corridos, feitos às pressas pra que as peças do xadrez ficassem logo em seus devidos lugares; pra que os Oceanic Six (ou parte deles) voltasse à Ilha e o show pudesse continuar. Nisso, algumas cenas potencialmente tensas e emotivas foram meio prejudicadas. São inúmeras as possibilidades dramáticas residentes nas dúvidas e na dramática escolha de decidir (ou ser forçado a) voltar pra Ilha que não foram aproveitadas nesse episódio em relação a Kate, Sun, Sayid, Hurley, e até mesmo o Ben. Diria até que o drama do Desmond pareceu meio ridículo, porque ficou corrido e intercalado com uma explicação didática da Mrs. Hawking sobre o que seria a estação Light Post.

Calma, o termo "ridículo" foi exagerado, sim, mas proposital. Porque aí eu penso numa das melhores cenas do episódio: a Mrs. Hawking argumentando contra a descrença do Jack, uma mensagem direta aos espectadores que possam ter achado a coisa toda meio... ridícula.
"Oh, stop thinking how ridiculous it is! And start asking yourself wheter or not you believe it's going to work. That's why it's called a leap of faith, Jack".
Lost se tornou uma leap of faith agora. E só vale a pena continuar se você acreditar que vai dar certo.
Por isso que tenho fé que o Life and Death of Jeremy Bentham vai preencher várias dessas lacunas (narrativas e emocionais) deixadas pelo episódio de hoje, pra que então a história possa seguir adiante.

Eu acredito que vá dar certo.

por Gabriel Ritter Muniz da Silva.

MPMurad disse...

316 é o nome de uma musica do Van Halen. Maneiríssima , como foi o episódio. Com legenda em ingles ficou perfeito.

Show

manel disse...

hoje eu me acabo...

depois comento, qdo assistir

vlw davi

Alexandre disse...

Ótimo comentário.
Só não acho que a idéia dos peões proposta pelo Desmond deva ser levda a sério, pois a própia idéia da recriação das situações para que a "viagem" possa acontecer (as constantes)é oposta a noção de que os Losties são meros peões. Poderiam até ser antes do vôo 815, agora não mais.
E acho que devemos aguardar o careca no fim do próximo episódio, na Ilha, vestido com terno e sapatos e dizendo: "Hello, Jack!"

Alexandre disse...

Ah! Só lembrando que escrevi sobre o Locke antes de ver o promo do próximo capítulo, mas...Locke é demais.

Várias coisas me irritam no Jack: seu mandonismo exagerado na Ilha, sua teimosia e nesse último capítulo foi impressionante, depois de tudo que ele já viu com relação à Ilha, ainda volta a falar que "isso é ridículo". Ele devia meter o rabo entre as pernas e fazer tudo o que lhe dissessem.

Tim disse...

Realmente, essa volta deles em outra época foi algo comentado nos extras dos dvds da quarta temporada. A referencia à Nárnia é citada quando o produtor diz "Quando você volta pra Nárnia nunca sabe em que época ela vai estar e enm quanto tempo se passou".
E o "Lamp post" realmente era um referencial para que encontrassem a passagem entre o mundo real e o mundo de Nárnia. No extra o produtor também confirma que o sobrenome de Charlotte foi uma homenagem direta ao criador do universo de Nárnia.
Bem, é isso, excelente episódio!!!

PC disse...

No promo do Locke da pra ver que ele fica só com 4 dedos!
Será Locke...Jacob?

Gabriela B. disse...

Meu primeiro pensamento: putz, baxei o piloto sem querer.
Meu segundo pensamento: qual o episódio que perdi?

Òtimo episodio, dialogos sensacionais (Jack só tomando aquelas respostas basicas). Mistérios resolvidos, mistérios inseridos. Mas assim é o mundo de Lost e é assim que a gente gosta!!!

Davi, a ilha Guam é territorio americano, assim como o havaii.Por isso o voo é doméstico. Mas a pergunta é de qualquer forma valida, pois Kate nao poderia sair do estado.

Tambem acredito na sua teoria, de que o resto dos sobreviventes teriam ido para o futuro (ou será presente?) da ilha. Acho que o clarao no aviao os mandou para o passado, assim como fazia com o resto dos losties na ilha.

Hey Dudes, essa semana vai ter Dudecast? Nao quero ser chata e se vcs ainda estao sem tempo, no problem. Mas morro de saudades de ouvir vcs!!!

Luiza disse...

Mais uma vez estou passada,ep. maravilhoso,essa temporada está demais.Acabei de ver e vim ver os coments do Dude,como sempre excelentes.Também to achando que houve uma divisão dos 6 no tempo/espaço,se se confirmar a Sun não vai encontrar o Jin tão cedo.Outra coisa que me leva a pensar que parte caiu no passado é para o Maligno Ben, não encontrar consigo pequeno(Penny se foi sniff,gostava dela e ainda deixou um bbzinho...)
Qdo. o Jack encontrou a Kate na casa dele e ela falou do Aaron,me passou uma coisa pela cabeça;o Aaron n. precisa ir para ilha agora,nem ele nem a Jen Yon-assim como Jack também não cresceu lá,mas vai chegar uma hora que ele(aaron e a menina)deverão estar na ilha,ai o destino se encaregarrar de arrumar um voo para eles.Creio de o Charlie apareceu para o Hurley e reforçou sua mensagem,vcs precisam voltar,os outros estão em perigo e a Claire,tenha feito o mesmo com a Kate e ainda mandou-a entregar o Aaron para a avó.

Luiza disse...

Outro dia, li aqui nos comentarios_ alguem falando de um livro com essa estória de mudar o passado,era a estoria de um homem que impediu um menino de ser atropelado e ai começa a confusão,só que não peguei o nome do livro e autor e não sei a data do post,alguem pode me ajudar com essa informação?Fiquei a fim de ler esse livro.Desde já agradeço

Carla disse...

Como diriam os meus antepassados: puts grilis, foi pra matar...
LOST está cada vez melhor. Esta temporada de revelações é um turbilhão de emoções, uma atrás da outra.
Eu, como eterna (e solitária) defensora da Kate, fui a única que reparou que foi a presença dela que impediu que o Jack se afogasse numa garrafa de pinga, novamente??
Eu imagino que tenham pego o Aron, e obrigado a Kate a voltar pra ilha; mas passar a noite fazendo sexo com o Jack estava incluído no pacote?
Uma das coisas que eu mais gosto em LOST é a relação dúbia que existe entre a Kate e o Jack. Ela deveria ser "a fugitiva", "a perdedora", a parte frágil da história, mas desde que LOST iniciou, a Kate tem sido a fortaleza, a mola propulsora que está sempre amparando o Jack nos momentos em que ele mais precisa. Como ela disse no epi passado, ela sempre esteve com ele. E, aproveitando este momento de discussão da "fé", será que a Kate é o anjo da guarda do Jack?!
E agora, mais uma semana de angústia à espera do próximo...
Ser fã de LOST é alegria e sofrimento.
Davi, vc é nota 10!
Beijos.

Turma 71 disse...

Eu concordo totalmente com o Davi, o que aconteceu com o avião da ajira? provavelmente ele caiu na ilha no tempo presente o que seria 2008 (815 caiu em 2004, passaram se tres anos, 316 caiu em 2008) dai isso tudo explica o fata da garrafa dágua da ajira airways. Outro fato que deverá ser bem explorado nos próximos episodio, será Jack, Kate e Hurley e o resto do pessoal q jah tava na ILha aprisionados no tempo! Mas o que mais me intriga: "Onde está Ben, Sun e Sayd??"

Aßeunescado disse...

Lembrando que Lamppost é um lampião de Nárnia, e a primeira coisa que Lúcia encontra, ao chegar nesse novo mundo atravessando o guarda-roupa.

Cristiano disse...

de imediato, assim que acabou, por volta da meia-noite, não achei assim um abita dum episódio. mas quero rever. e depois de ler vários comentários bacanas aqui, começo a pensar que essa 5ª temporada é um presente para nós, fãs incansáveis de Lost :]

e eu vibrei mais nos momentos finais. mas me emocionei vendo o Jack re-acordar na ilha de forma tão familiar pra gente.

acho que já saberemos no começo do próximo episódio se Locke e Ilana (e mais Su, Sayid e o novo cara?)estão no mesmo tempo que Jack, Kate e Hurley ou não. é o que acho pelo que se vê no promo do próximo.

até!

Lela disse...

To com uma dúvida, se foi tão complicado assim voltar pra ilha de acordo com estudos de longos anos de um amigo da Sra. Hawking, já que a ilha se move pelo tempo e não tem nenhuma coordenada no espaço físico, como é que o Ben ia e vinha da ilha quando ele bem queria?

Adilson Osanar disse...

Caraca!!

Sensacional esse episódio, sem palavras. Certamente tudo que pareceu meio desconexo vai fazer sentido em breve.

Pra mim o melhor momento foi ouvir Frank Lapidus falndo no áudio do avião da Ajira. Acredito numa baita coincidência, como se o destino tivesse sempre levando nosso piloto favorito pra ilha.

Mas não descarto que de alguma forma ele foi posto lá. Eu no lugar dele, vendo a turma barra pesada a bordo, descia o avião na hora.haha

Também duvido que a o grupo se dividiu no tempo. Acho que os entes que não são parte da ilha, oscilam numa mesma faixa temporal. A garrafinha que foi achada foi só um indício da "chegada" do avião na Ilha.

Carlos Frederico disse...

A guitarra: ben pergunta a hurley quem o convenceu a ir no voo... Charlie deve ter aparecido pra ele.

Ben: apanhou feio de novo, mas cada tirada... será que matou penny?

aliás, repararam que ben diz que a mãe dele o ensinou a ler? mas a mãe dele não morreu quando ele nasceu?

E aaron? se Charlie apareceu pra hurley, teria claire aparecido pra kate? aaron ficou com quem?

Mandy_lost disse...

Luiza, concordo com você. Não tinha pensado nisso ainda, mas acho tbm que quem mandou o Hurley foi o Charlie (o violão! hehe) e a Kate foi avisada pela Claire e deixou o Aaron com a Carole. Só falta saber o que houve com o Saiyd para estar lá...
Mas espero sinceramente que o Ben não tenha matado a Penny, isso seria muito horrível!!! Por qnquanto eu ainda amo odiar ele hehehe
Eu revi o episódio agora e notei uma coisa muito louca: a oposição da bondade do Hurley com a maldade do Ben. O Hurley comprou todos os assentos no vôo pra nenhuma pessoa que estivesse no avião e não tivesse nada a ver com a história se machucasse e o Ben responde pro Jack quando ele pergunta sobre o que vai acontecer essas pessoas "quem se importa?".
A propósito, o Ben tá cada vez mais mentiroso né?
Namastê!

Dani disse...

eu sou razoavelmente dispersa mas, me iluminem aqui, por favor: nas fotos das cenas que se passam durante a época da iniciativa dharma, os únicos que vimos usando macacões e trabalhando são sawyer, jin, jack, kate, hurley, juliet, faraday... fui só eu que perdi, ou realmente não tem fotos da sun, ben e saiyd?

SKJ disse...

O Ben pos-se a jeito para levar uma tareia do Sayid e fez com que este fosse preso e assim estivesse no avião.

Como sempre o génio maléfico de Ben a vir ao de cima...

Arthur Salviano disse...

Muito bom o epi,ver jack acordando perto dos bambus como na primeira temporada foi massa!E pela primeira vez assisti ao vivo com o closed caption graças a vocês.Obrigado. :)

Gilbertto disse...

davi, eu acho q naquela noite kate engravidou de jack =P
já q tinha q ser o mais parecido possível, pra mim teve aquela cena pra q kate fosse a grávida desse voo(explicando a necessidade de não ter q levar o aaron, afinal, a grávida já estaria no voo!
q vcs acham?

a__majoire disse...

Olá a todos. Que grande episódio. Eu acho que o o Sayid está no voo também porque foi a maneira do Ben o conseguir levar de volta para a ilha. Ora vejamos: os advogados do Ben tiram o Hugo da cadeia, ele é ilibado de todas as acusações e o Sayid é acusado em vez do Hugo. Assim o Ben consegue levar o Sayid no voo, fazendo com que este fosse "extraditado" para o seu país de origem (Israel). Quanto ao Aaron, na minha opinião a Kate entregou-o à mulher do Sawyer e não à mãe da Claire. Acho que este episódio trouxe algumas respostas, mas também novos mistérios à trama.

Namaste.

Ana - Portugal

ghribacki disse...

Ótimo episódio!
Já estava com saudades de ver o Ben surrado! ;D

E eu acho que o Aaron não deveria voltar mesmo, pois a Claire/Ilha havia dito para Kate que ele não poderia, e Ben pelo jeito sabia disso, pois queria separá-lo de Kate.

Abraço! o/

Tio Ali disse...

Tenho uma Teoria! Acredito que Kate foi ao apartamento de Jack com intuito de engravidar para se assemelhar a Clair, reforçando os fatos semalhantes ao dia da queda do vôo da Oceanic! Pode até não ter sido o intuito dela, mas que ela pode ter grávidado, acredito que sim!
Será????

Ross disse...

A Kate sabia que nao podia deixar o estado, por isso estava toda disfarçada..com ctz arrumou um passaporte falso e embarcou.

Aline disse...

Desculpa... não consegui ler todos os comentários ainda... por isso se repetir o que o pessoal falou... liguem não!

Acho que alguns devem ter reparado… a data na foto do exército americano é 23 de setembro de 1954. O voo Oceanic 815 caiu na ilha no dia 22 de setembro de 2004… quaaaase 50 anos depois de terem tirado essa foto. Coincidência!?!? Duvido! Mas ainda não sei o significado ou não formulei uma teoria...

Achei o máximo esse negócio de recriar o mais próximo possível as circunstância da primeira viagem. Sensacional foi a mensagem subliminar dada pelos produtores com o John usando os sapatos do Christian. Como a maioria deve saber, existe uma expressão em inglês que é a seguinte: to wear someone else's shoes ou learn to put someone else's shoes ou ainda walking in someone else's shoes. Essa simbologia nada discreta do roteiro, na minha opinião, é um forte indício de que acontecerá ao Locke exatamente a mesma coisa que aconteceu ao Christian... ressurreição? Porta voz do Jacob? Fantasma? Resposta a serem dadas ainda...
Acho que essa volta do Locke não se resume apenas a funcionar como um mero conector ou substituto para a volta à ilha. Existe algo mais nesta volta e acredito que tenha proporções "épicas", mas não consigo imaginar concretamente o que. Acho que isto está relacionado com aquilo que não é mais segredo pra ninguém, ou seja, o fato de ele ser um homem de fé e estar fortemente ligado à ilha, e também por ser considerado especial pelo Alpert e o líder pelos Outros.

No mais, acho/pergunto que:
1 - Charlie bateu um papinho com Hurley e o convenceu a voltar, levando o violão do rockeiro a tira colo.
2 - Ben levou uma sova do Desmond ao tentar vingar a morte da Alex. Mas fico com medo de ele ter matado a Penny ou o Little Charlie... daí a motivação do Des pra voltar à ilha!?
3 - Teria Ben entregue o Saiyd à polícia, dando provas sobre os assassinatos que o iraquiano cometeu sob encomenda? Os homens de dardo seriam capangas do Ben?
4 - Por que a Mrs. Hawkings fica com olhar intrigado/apreensivo qdo o Desmond revela a todos que Daniel Faraday é filho dela?
5 - Jack está iludido achando que a Kate e ele ainda têm alguma espécie de relação. A Kate só usou o Jack pra afogar as mágoas, como fazia com o Sawyer na ilha. Indicativos disso: o jeito frio dela na manhã após o beijo e o algo mais, além da indireta sobre estar no mesmo avião mas não estarem juntos.
6 - Jack/Kate/Hurley = passado = era Dharma. Sun/Sayid/Ben/Locke e os outros = futuro = apocalipse!?!?! rsrsrsrsrs

E, pra finalizar, uma pergunta que não quer calar desde que vi o episódio: quem é o homem visionário por trás da construção da estação Poste, das conclusões sobre o constante movimento da ilha no tempo e a formulação de uma equação para achar a ilha? Por enquanto, meu único palpite é Daniel Faraday... físico viajante do tempo. Não seria uma mera coincidência a mãe dele estar operando a estação Poste atualmente. E talvez tenha sido o exato motivo que o levou a pedir para Desmond procurar a mãe dele para salvar a todos. O que acham?

Fagner disse...

Davi, sua resenha é TÃO F*DA! que faz até um episódio +/- parecer bom pra kramba!!! Parabéns kra, sincera e honestamente... Você é excelente no que faz aqui no Dude...

-----------------------------

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer ao Dude como um todo por todo o excelente trabalho acerca dos spoilers...semana passada, fui um dos primeiros a criticar terem colocado os spoilers do episódio 5X05 fora dos spoilers... Hoje, gostaria de elogiar, pois pude perceber que todos os spoilers (como os da Russeau e Ben dois posts abaixo) estão dentro do Leia Mais... isso torna o Blog de vocês cada vez mais estruturado e seguro... Fonte segura de informação até pra pessoas como eu, xiitas anti-spoiler XD

----------------------------------

Em segundo lugar:

"PC disse...
No promo do Locke da pra ver que ele fica só com 4 dedos!
Será Locke...Jacob?"


Rapaz..........que observação duk, hein?! Não é que o Locke realmente está com 4 dedos na promo??? Genial kra... Genial...

A estátua é em homenagem ao kra... PQP...

Novamente, excelente trabalho Dude!!!

Parabéns pra vocês!!!

ferds disse...

Existe um lapso no comentário de presente e futuro. A temporada 4 acaba em 2005 (na história). O dia-a-dia fora da ilha se passa em 2008, três anos depois. Na ilha, o pessoal volta ainda mais no tempo, e encontram a garrafa quando saltam um tempo indeterminado para o futuro (dias? semanas? anos?). Portanto, não há como considerar com certeza que a garrafa d´água do ep 5x04 está no futuro em relação aos Oc6. Aliás, o povo da ilha fez vários outros saltos para o futuro até encontrar Jin, por exemplo. São aquelas coisas que dão nó no cérebro, né?

Quéroul disse...

de boa, eu chorei.

Cintia disse...

EU ACHO Q OS DOIS NOVOS PERSONAGENS, ILANA E CEASAR CAIRAM NO PRESENTE DA ILHA E ESTÃO LÁ ENQUANTO OS SIX(FIVE AGORA ) ESTÃO ACOMPANHANDO OS SALTOS NO TEMPO. KATE DEIXOU AARON COM CAROLE, A AVÓ DO MENINO. AGORA UMA CRÍTICA: REENCARNAÇÃO NÃO É O MESMO CONCEITO DE RESSUREIÇÃO ENTÃO PQ FICAM FALANDO COMO SE FOSSE?????
SE LOCKE RESSUSCITAR SIGNIFICA Q SEU CORPO VOLTARÁ A TER VIDA. E É O Q PARECE Q ACONTECERÁ!!!!!!

V!Ni / MiCoRR!zA disse...

Tb tenho a mesma dúvida da Lela... (antes o ben saia e voltava sempre q queria da ilha, agora é tão complicado?) pra mim antes ele saia sempre pq os diretores ainda não tinham essa idéia de que a ilha desde SEMPRE estaria viajando no tempo/espaço (como a Ms. Hawking explicou)

Quanto aos deslocamentos no tempo, eu acredito mais no que o "turma 71" falou... acho q o avião caiu no presente (2008 ou 2007, sei lá), mas SOMENTE os oceanic six que viajaram no tempo (assim como acontecia antes qdo locke e companhia viajavam, mas Os Outros continuavam em seu tempo)

agora quanto a Ben, Sayid e Sun acho q o certo era eles viajarem pra mesma época do q Jack, kate e hurley. (afinal nunca aconteceu dos sobreviventes viajarem pra tempos diferentes qdo a ilha tava saltando no tempo toda hora)


e uma ultima coisa... eu percebi um erro de continuidade: no começo qdo vemos o Jack abrir os olhos na mata, ele arregala os olhos e fica com eles abertos (como no epi. piloto), mas lá no fim do episódio, aos 39:25, ele abre os olhos e já pisca várias vezes imediatamente!! ^^

Hallyson disse...

gente.. a pergunta que nao sai da minha mente é..

AONDE ESTA O AARON?

Vina disse...

Na boa? Nao incomoda ninguém essa constante abertura de arcos e arcos sem encerrar nenhum? Nessa penultima temporada temos que ter mais respostas do que novas perguntas...
O retorno dos Oceanic careceu de drama, ficou meio que jogado... Segundo que até isso está cercado de mistério. Sayid, Kate e Hurley resolveram aparecer... que beleza. Ninguém fala nada pra ninguém, não tenta se explicar e todo mundo acha isso normal? A Kate pede pro Jack nunca perguntar sobre o próprio sobrinho e ele topa! Assim como o Faraday dizia para a Charlote "Tudo vai ficar bem" e a tonta, com visão turva, nariz sangrando (claramente morrendo) só dava um sorrisinho como resposta... O Sawyer vê a kate fazendo o parto da Claire e diz ao Lock que não viu nada...
Por isso que gosto do Desmond... ele pelo menos age como uma pessoa normal, se recusa a cooperar com aquilo que não entende e cuida da vida dele. O Locke viaja, é egoísta e tira da cartola "temos que trazê-los de volta".
No fim, 316 é um episódio que acrescenta mais perguntas e mais mistérios. Respostas? Nada.
To vendo que vão valer mesmo os 5 últimos episódios.
E lá vai minha nota: meia-boca. De novo.
Abraço,
Vinicius

Emílio disse...

Mais uma 'equivalente' entre o 815 da OA e o 316 da Ajira: no primeiro, Sawyer tinha uma carta, escrita por ele mesmo, para ser entregue ao homem que causou a destruição de sua família. No segundo, Jack é quem tem a carta, esta um bilhete suicida, de jeremy Bentham/John Locke.

Raquel disse...

Sobre essas "reconstituições de situação" (Sayid preso igual Kate, Hurley com um violão igual Charlie, Locke com sapato do Chistian) me veio à cabeça que a Kate pode ter ido procurar o Jack na casa dele pra engravidar, recontituindo assim a situação da Claire. Ela tava muuuuuito estranha, não parecia que foi lá só pra passar uma noite com o Jack e relembrara os velhos tempos.
Não gosto muito da hipótese (sou um pouco shipper e acho que ela tem que ficar com o Sawyer, :P) mas é algo a se pensar.
E em relaçõa a isso tb, é saber pq o Huley resolveu levar o violão, como o Sayid foi preso e mesmo assim embarcou no avião... Será que a Mrs. Hawking foi atras deles e falou essas coisas igual ela falou com Jack?

Eee... cadê o Aaron?? Acho que a Kate levou bem a sério o sonho que ela teve com a Claire, mas agora é saber pra onde ela levou a criança... adoção, será? como a Claire ia fazer?

Exelente episódio.

Guizzi disse...

Minhas premonições,

acho que o locke ressuscitou espiritualmente, vai acontecer igual ao que aconteceu com christian shepard , encontraremos o caixão vazio de locke, locke gasparzinho irá conversar com jack , e jack acabará se tornando o novo lider do outros futuramente!que irá se tornar Jacob! O_O

tb acho que BEN foi matar a PENNY, aproveitando a brecha de DESMOND e a razão dele estar perto do cais, acho tb que ele participou ou presenciou o "suicidio" de LOCKE

DESMOND irá tentar vingar a morte de PENNY, tentando voltar a ilha,para matar BEN

KATE deixou Aaron com a mãe de Claire,sua avó

Dani disse...

pensando nesse negócio de ficar saltando no tempo durante três anos, pode ser que o locke tenha dado uma concertadinha nisso quando ele girou a roda, ou travou a roda. Mas é só uma conjectura

thiago disse...

gente mt bom esse epi!oq foi o inicio!!! mt foda!!!
as concidencias!! hurley c a guitarra!!!
ainda bem q eles ja voltaram p ilha!
particuculamente nao acredito q kate tenha engravidado... pensando ateh faz algum sentindo... mas ela nao procurou jack c essa intencao!
gente nem sei se isso jah foi citado antes e num tem nada haver c o epi mas eu tava sem nada p fazer e entrei num site d nomes e me veio:jack-maneira de escrever jacob!! hahahah
mal posso esperar ateh semana q vem!!

Daniela! disse...

A primeira coisa que pensei ao terminer de ver o episódio foi justamente a frase de Battlestar Galactica!

fred disse...

Vendo o Jim trabalhando pra Dharma no passado, fica claro porque a gente viu o Faraday trabalhando pra Dharma no mesmo passqdo, no inicio da temporada.

Gui Temponi disse...

E a Ji Yeon?????

Bagarai! disse...

Fred, não é só o Jin e Faraday trabalhando para a Dharma...

Sawyer irá trabalhar pra Dharma também, provavelmente...


SAWYER É O CAMERA MAN DO PIERRE CHENG !

(eu acho)

Um bom carnaval a todos.

Leandro Freire disse...

Jack - Você sabia desse lugar?
Ben - Não, não sabia.
Jack - Ele está dizendo a verdade?
Eloise - Provavelmente não.

hahaha, ri mt nessa hora

Excelente episódio! \o/
Essa temporada tah d+

Adilson Osanar disse...

SOBRE A REVISTINHA QUE HURLEY ESTAVA LENDO:

É a versão em Espanhol da Revista Y: The Last Man, de Brian Valgan e Pia Guerra, publicada pela Vertigo em 2002.

É uma série de 60 revistas que contam a história de uma praga que afetou a humanidade e matou tudo que tinha o cromossomo Y, restando apenas 1 homem sobre a terra, Yorick.As mulheres não foram afetadas.

A história é contada em blocos, e a que Hurley lia era a nº15, cujo bloco fazia referência a um resgate a 3 astronautas (2 homens e 1 mulher) que ficaram presos na Estação Espacial no dia da praga. Ao final os dois são mortos e se descobre que a mulher estava grávida.

No mesmo bloco, o personagem central se vê como personagem numa peça, sendo que ao fim, o personagem na peça se suicida, e aumenta a depressão de Yorick.

Não sei se tem alguma relação, mas tá aí!

Sidney Michaluate Jr. disse...

A promessa do Ben era matar a filha do Widmore... e o Desmond deu um pau nele?

Sensacional o episódio...

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

Meu, ep exelente, e p mim foi legal ver pq eu não tô lendo mais spoilers, então não tinha idéia do q eu veria nesse ep, a única certeza q eu tinha é q 316 é o número do avião q levou eles de volta a ilha.
e quando vi a primeira cena pensei, será q baixei o ep certo?? heheh
Concordo com davi, acho q ben foi atrás de Penny, será q ele matou ela?? ai espero q não, bom pelo menos ele levou umas belas surras de Desmond ,q dizer isso se realmente ele foi matar a penny.
Sayd sobre os cuidades de uam agente fedral, harley entrando no avião com um violão.. realmente tinha q ser como da primeira vez.
Agora como q de uam hora p outra Harley decidiu voltar p ilha,como li em algum cometários tb acho q ele possa ter recebido uma mensagem de Charlie. e com quem Kate deixou Aaron?? bom primeiramente achava q ela pudesse ter deixado com a mãe de claire mas agora acho q alguém pegou aaron.
E uam coisa q eu queria falar já um tempinho, quando a Claire fala para Kate Don´t you dare bring him back, será q realmente ele está falando de aaron?? eu não sei mas eu acho q ela pode está falando de Ben...
..Enfim super ansiosa para o próximo ep!!!
Saudades do Dudecast!! hehe

RadiOnline disse...

Muito bom!

Só tá faltando o post com EasterEggs e curiosidades ;x

Marília disse...

Oi, queridos Dudes!
Frank Lapidos como o piloto do voo 316 foi de lascar!!!
Foi a típica cena de LOST "como assim???"
Mas sabem, eu fiquei com a sensação de que essa historinha de ter que reconstruir os elementos da queda do voo 815 foi só uma forma de convencer os Losties a embarcarem no avião e voltarem para a ilha. Afinal, Richard Alpert, Ben, Dharmas e afins entravam e saiam da ilha de submarino quando bem entendiam sem ter q reconstruir cena alguma... Sei lá, mas acho que isso foi uma forma que a mami do Faraday usou para que todos resolvessem voltar juntos.
Aguardemos os próximos capitulos...
:)
Marília Santos, RJ

PC disse...

Não estou levando muita fé no que vou escrever a seguir, mas....tudo é possível.
Será que o avião da Ajira caiu na ilha? Ou só os losties, Ben, a agente e o cara de bigode foram parar na ilha?
Explico: Todos vimos o clarão que rolou no voo 316. Foi o mesmo que aconteceu com o pessoal que ficou na ilha, ou seja, quem estava no voo 815 viajou no tempo e os outros passageiros, do voo 316, continuaram a viagem normalmente.
Acho possível. E vocês?

"F£P" disse...

Jack: Como você consegue ler?
Ben: Minha mãe me ensinou!
kkkkkkkkkkkkkk
As tiradas do Ben são as melhores!

Góes disse...

Guam é território americano ('US Overseas territory').

A cena do Jack não é idêntica a uma do Missing Pieces, onde o Christian pede pro Vincent acordar o Jack em uma floresta de bambús?

Marcel disse...

Nao sei se alguem ja postou isso, mas acho que ficou explicado por que a Charlotte fala coreano: ela conheceu o Jin no passado. Sera que tiveram um romance?
[]'s,
Marcel.

rafinha agostinho disse...

provavelmente isso vai estar lá nos "EasterEggs e Curiosidades": o livro que Ben estava lendo, Ulysses. uma obra cheia de neologismos, palavras-valises, citações eruditas, ironias, paródias e trocadilhos (Cfr. revista Istoé nº 1865, de 13/07/2005). Em Odisséia, Homero relata as façanhas de Ulysses em seu retorno à ilha de Ítaca.

na sala do RX, no aeroporto, pouco antes de Jack conversar com Sun, ao fundo aparece a logo da Oceanic...

hmmmm, as 70 horas que a Mrs. Hawking deu a Ben era em função do dia e hora do vôo da Ajira que passaria exatamente pela "janela"...

Rodrigo Mourão disse...

PC, era nisso que eu estava pensando quando escrevi o primeiro comentário desta longa lista. Acredito que essa é uma possibilidade que devemos considerar. Quando viajaram no tempo, estavam no ar, sem avião. Não morrerem em uma queda assim, é coisa da ilha, hehehe.

michelecnunes disse...

Mais um excelente episódio!
Tenho pena dos que desistiram de Lost no meio do caminho...
Não vai ser nada fácil criar uma outra série tão inteligente quanto essa!
Valeu dudes por mais uma cobertura excepcional!

P.s.: Esperando ansiosa os easter eggs!

Pondexter disse...

Sobre a história da Kate ter ido ao apartamento de Jack para engravidar, no começo achei forçado.

Mas depois de ler o comentário sobre a (ótima) revista Y:The Last Man, mas precisamente a edição que "fazia referência a um resgate a 3 astronautas (2 homens e 1 mulher) que ficaram presos na Estação Espacial no dia da praga. Ao final os dois são mortos e se descobre que a mulher estava grávida."... Vejo então que pode fazer algum sentido essa teoria.

Os roteiristas não colocariam isso sem querer.

Quanto a um outro comentário do Thiago, sobre a outra maneira de escrever o nome jack seria Jacob, está nesse site:

http://nomes.netsaber.com.br/ver_nome_c_3283.html

Mas seria tão óbvio assim?

Nunca é! ^^

Talles Brito disse...

Acho que o Aaron não precisava ir no vôo porque a Clarie não estava no mesmo. Acho que o Aaron seria pra Clarie análogo ao violão levado por Hurley.

A explicação da ilha se mover conforme oscilações no tempo tem base científica em teorias de física, relatividade, aquela do espaço X tempo... mas em compensação aquela história dos sapatos do pai do Jack nos pés do Lock... não consigo entender um explicação científica pra isso... Essa não desceu redondo, espero que expliquem nos próximos episódios..

Pondexter disse...

Vários comentários que especulam a respeito do que teria acontecido com Ben.
Se teria matado a Penny e lutado com o Brotha...

Mas temos que lembrar que o pai da Penny - o Sr. Widmore - poderia saber (depois da visita de Desmond), a localização de sua filha e já teria colocado pessoas para lhe proteger... Por isso do ben estar todo quebrado.

Ou não!

mateushgv disse...

Tenho uma hipotese que como no voo da oceanic tinha uma mulher gravida, Claire, nesse voo kate estaria no estagio inicial de uma gravidez de Jack na ultima noite deles em Los Angeles. Nesse caso ela estaria fazendo o papel de Claire no segundo voo.

Rodrigo Weber disse...

Também interpretei que o avião não caiu, mas que Jack, Hurley, Kate (provavelmente Sun e Sayid; talvez Ben) foram "tragados" em uma das viagens no tempo. Ninguém lembra de acidente e o Jack citou a luz branca. Fiquei com essa idéia. Excelente post de comentários.

Outra coisa, acho que o próximo episódio será para preencher lacunas anteriores e que somente avançaremos no "plot" no episódio 8.

Agora, como eles levaram o pai do Locke pra ilha se é tão difícil?? Acho que os produtores mudaram o rumo no meio do caminho...

Peço que spoilers nao sejam comentados nesse tópico, quem não lê é porque não quer saber. E isso inclui fotos de futuros episódios e tal. Obrigado!

a__majoire disse...

A todos os que estão intrigados em relação à volta dos O6. o porquê de já não conseguirem sair e voltar para a ilha quando querem, como fazia o Ben, o Richard, etc. Estão a esquecer-se de um pormenor da 3ª temporada: O Locke explodiu com o submarino, que era a única maneira de sair da ilha. Se pensarmos melhor vemos que o Ben para sair tem que rodar a roda, pois já não tem o meio seguro para poder sair e voltar quando bem entender. Posso estar a viajar, mas é a minha opinião. No meu último comentário escrevi Israel quando, na verdade, queria escrever Iraque (em relação ao Sayid).



Namaste.

Ana - Portugal

lucas disse...

consegui resistir aos spoilers e o episódio ficou muito melhor, acho sim que kate possa tentar ter tomado o lugar de claire, mas acho que essa coisa de eles voltarem ao pasado tenha a ver com não recriar a cena exata, fico pensando o que se sucedeu com o Walt, se o avião caiu termos mais redshirts e será se illana e lapidus vão morrer em breve, parece que a ilha se estabilizou no passado quando locke girou novamente a roda e concordo sim que parte foi ao passado e outra ao futuro e duvido muito que venham com o tema reencarnation, whatever happend, happend, e o bilhete de locke reforça minhas suspeitas de que como christian locke está vivissimo

Diego disse...

Não sei se alguém tem a mesma idéia maluca que eu, mas crei que Kate também teve de fazer a sua parte em reproduzir algo do voo antigo no novo voo. Por que Kate procurou Jack na noite anterior e depois demonstrou grande descaso por Jack no avião? No primeiro voo Claire estava grávida, então precisariamos de uma grávida neste voo para reproduzir um dos elementos. Será que algo ou alguém incumbiu a Kate esta missão de ficar grávida de Jack para que o retorno a ilha desse certo?

zé das couves disse...

Tá... o episódio foi legal, mas tem uma coisa que não deu pra engolir:

O Faraday achava que aquele recadinho chinfrim do Desmond ia resolver o problema da Charlotte??? Fala serio!!!
Tipo "a senhora precisa ajudar os que estão na ilha" ou algo assim. Isso vai resolver o quê???

É tão ridículo que até no próprio roteiro isso fica evidente quando a Eloise responde algo como "mas eu já tô fazendo isso, meu fio..."! rsrsrs

Pra mim foi o maior furo!

Luiza disse...

Não creio q. a Kate tenha ficado com o Jack para engravidar de propósito,acho que ela simplesmente foi lá dizer a ele que iria voltar com ele para ilha,porque a Claire apareceu para ela e disse que era p entregar o Aaron para a avó e voltar para ilha,a Kate,claro ficou arrasada,entregar o menino que tanto ama,só que a ficha caiu e ele viu que não pode ter essa vida"normal e feliz"(não é esse o seu destino)então o jeito foi fazer o que lhe fora ordenado e ai bateu aquele vazio,a dor,ela tem uma estória com o Jack e foi buscar um colinho(O Jack é mala,mas ela gosta dele e tava carente.)

Adilson Osanar disse...

Galera... se ela está grávida é por acaso, pois ela não sabia dessa história de recriar elementos do voo 815. E não faz sentido... já pararam pra pensar que ela sabe dos problemas de fertilidade da Ilha?? e teria que se virar pra cuidar de outro bebê??
meu palpite é de que tenha outra grávida no avião.

Outra coisa: sobre Others, Ben, Richard voltarem quando quiserem a ilha, imagino que quando eles saem, já tem a exata noção (coordenadas) de onde a janela pra Ilha estará e por qunto tempo ela poderá ser acessada.

Esse é o link da revista em quadrinhos q Hurley estava lendo. Está completa e em português:D
Ressalto a importância das revistinhas como referências pra série... lembram da Mistery Tales?
http://rapidshare.com/files/200356387/Last_man_15.rar.html

PS:O link tá disponível só pra 10 downloads, se alguem puder, peço que faça o upload em outro servidor.

lulu disse...

UAU!! Será que temos uma segura resposta de que as pessoas do Oceanic 815 não foram recrutadas? E sim tiveram a "sorte" de passar pela tal janela que dá acesso à ilha?
Onde será que ficam essas outras porções de energia que Ms Hawking menciona? A ilha deve dotar de maior energia, já que todos querem ela.
Mas ainda me pergunto... como eles sabem onde a ilha poderá estar? Tipo, que dados eles usam?
E o olhar do avô do JAck em relação o sapato, aquilo me pareceu que Ray sabia o que estava fazendo, foi proposital.
Achei a kate super estranha, mas não creio que ela deixou o Aaron com a avô não... sei lá... ter que explicar q a filha dela tá viva, que tudo que disseram era mentira e tal... será que ela deixou com a mãe de Sun? Entregou a mãe dela? Deixou com a ms Hawking(:p viajei)?
Bem, quanro ao resto do pessoal ainda não ter aparecido é pq devem estar espalhados (:p)... e não deu tempo de mostrar no ep.
By the way, fiquei surpresa com o resto do pessoal ter aparecido no avião, e acho que Ben tava surrado pq ele foi atras de Sayid e fez toda uma armadilha.
Agora.. me pareceu que só alguns foram puxados p/ ilha e não o avião todo... mas não pode ser, pq o oceanic 815 foi o avião completo.
Bem, no mais... adorei o episódio e o coment do DUDE.

Thiago Crato disse...

O episódio foi, realmente, fantástico! Gostei das questões levantadas pelo Davi no final do post.
Acredido que Kate e Sayid estão ali contra vontade deles. Quando Jack entra no voo, Sayid parece querer dizer algo a ele. Já Kate, acho alguém(Ben) usou o Aaron para obriga-la a estar no voo.
E, uma coisa que me chamou a atenção: pq Hurley nao poderia "ser apenas ele"? Pq teria que reproduzir Charlie? Jack não reproduziu ninguém.

lulu disse...

Essa estória dos sapatos do Cristian me parece os lances da ilha de resolver as coisas (1ª e 2ª temporadas), lembram do javali aparecendo ao Sawyer? Do cavalo aparecendo p/ kate? etc. Talvez chegou a vez do Jack. Claro não deve ser só isso, visto que Jacob parece ser/estar Cristian e ter mais contato com locke.

lucas disse...

Me pergunto, porque hurley, kate e jack, além é claro de serem "os principais" dos six. Será se alguém os obrigou a estar ali ou foi o destino que deu um jeito de unir as pontas como é o caso de lapidus no avião, que aliás era para estar pilotando o primeiro. Acho que essa separação se deve ao fato de els não conseguirem reproduzir a situação exata do primeiro avião, como por exemplo a falta do walt ou de demais representantes. E pelo visto os 3/4 anos se passaram na ilha também pois o jin já estava trabalhando como um dharma e parece que as viagens no tempo já tinham sido estabilizadas.Será se eles se lembraram das poltronas? e o que aconteceu com eles se parece o mesmo que se passou com a turma da ilha e os clarões.

Gustavo Thor disse...

Uma coisa que ando pensando são as circunstâncias de Locke e o Pai do Jack !! Ambos "retornaram" a ilha em um caixão, quem sabe o pai do jack "precisou morrer" naquela época para que o filho fosse até ele e fosse parar na ilha !!?? Será que pode ter alguma relação ??

Talvez por isto os o dr. shepard tem tanta ligação com locke ! Seriam eles os "messias" ??

michelecnunes disse...

Várias pessoas estão falando de possíveis "furos" nesse epi, mas eu ainda acho que tudo isso será bem explicado no(s) próximo(s). Lost não tem dado ponto sem nó...

E a pergunta que não quer calar pra mim: onde está o Aaron?! Não acho que Kate o tenha devolvido para a avó.

Também achei que Ray sabia exatamente o que estava fazendo em relação aos sapatos. Colocou-os na mala por engano? Tá bom... e desde quando existem coincidências em Lost?!

maninha disse...

Eu nao vejo que o Ben antes saía da ilha quando bem entendesse...se voces pararem pra pensar nós só vimos o Ben fora da ilha depois que ele girou a roda e foi parar la no deserto da tunisia..ali nos deu a impressao que ele poderia fazer isso: sair e voltart para a ilha qdo bem entendesse..mas a partir do ultimo episódio é q podemos ver q ele realmente saiu da ilha e nao estava "indo e voltando"...oq temos que questionar é sobre o Alpert e sobre o Tom...Acho q Ben como o líder nao poderia usufruir dessa artimanha de sair e voltar a ilha...

Kadú disse...

Cara, nem sei o que dizer... A cada episódio acho que acabei de ver o melhor episódio da temporada! A primeira cena, com o Jack acordando na ilha, me deixou de boca aberta e assim fiquei até o final. Mais uma vez o poder de síntese do David reinou hein! Também não concordo com o fato de que alguns foram parar no passado e outros no futuro. Acho que ainda os veremos na ilha, no mesmo espaço-tempo, em breve.

V!Ni / MiCoRR!zA disse...

Também não concordo com o fato de que alguns foram parar no passado e outros no futuro. Acho que ainda os veremos na ilha, no mesmo espaço-tempo, em breve. [²]

e digo mais, como na hora q deu o clarão o avião já estava balançando beeeemmm além do normal, acho q as pessoas "normais" do avião cairam com ele na ilha do presente (2008)...

isso reforça mais ainda a idéia de que: "isso já aconteceu, e acontecerá de novo"

Emmanuelle Maia disse...

Se quem estava no primeiro voo tinha que estar novamente,e o Lapidus não estava mas deveria estar,acham que os personagens novos como a que está com o Sayid,era para terem estado no primeiro voo?

Emmanuelle Maia disse...

Se quem estava no primeiro voo tinha que estar novamente,e o Lapidus não estava mas deveria estar,acham que os personagens novos como a que está com o Sayid,era para terem estado no primeiro voo?

Lucius disse...

Aaron não foi para a ilha pela mesma razão que Walt sumiu do seriado: são crianças. Não há como permanecerem numa série que terminará daqui a duas temporadas e que o tempo deverá passar de forma mais lenta, agora que as viagens no tempo devem parar.

Acredito que ambos só voltarão na última temporada.

Andrea disse...

Sou fanática por Lost e estou amando esta 5 temporada, mas tem algumas coisa na série que me deixam chateada...rsrrsrss

O sumiço de personagens que inicialmente eram considerados importantes e peças chave no seriado: cadê o Walt??? Anteriormente ele foi capturado pelos Outros, pois tinha poderes, mas agora está desaparecido da série...até nos mobisódios ele apareceu numa cena que se prestava a mostrar seus poderes mentais...mas e ai? cadê ele??
Ele foi procurado pelo Locke/Bentham, mas nada mais alem disso??

Outra coisa irritante: a passividade de como os personagens "aceitam" os fatos.

Ben aparece todo esfolado, machucado, e NINGUÉM sequer pergunta o que houve com ele.

Kate toma uma decisão importante em relação à Aaron e Jack, que é seu parente, seu tio, seu sangue e que teoricamente tem todo o direito de saber o que lhe aconteceu, simplesmente aceita e nada questiona pelo simples fato de que Kate assim o quer.

Hurley sai da prisão(????)e NINGUÉM pergunta como e o que fez ele mudar de ideia...

Excetuando Sun, que tem um motivo plausível de querer voltar à Ilha (reencontrar Jin) os outros são movidos por especulações de uma velha que ninguém conhece direito, a não ser Desmond, que tb nem sequer perguntou o que significava tudo isso...

Ninguém pergunta a mais importante questão: Por que todos estão envolvidos nisso tudo? Nessa questão da Ilha?? Será que por azar e pelo erro do Desmond, eles foram parar lá e por isso agora tem que fazer parte da "vida" da Ilha?? Mas por que?? Qual a razão??


Ninguém pergunta o que é essa Ilha...

O único que se importa com ela é Locke, que acredita nos seus poderes e que por ela se sacrificou.

Glayne . disse...

Todos reproduziram algo, exceto Sun. Vou ver de novo.
Achei sutil o Ben reproduzindo o atraso de Hurley. A negação deste ao ver o Ben, indicando pelo micro diálogo travado entre os dois que não foi o Ben q o convenceu. Charlie talvez?
E Aaron?!?!?! Que Claire tanto pediu a Kate para não levá-lo de volta, em sonho. Pq não? Obviamente ele não poderia retornar a um passado que sequer havia nascido, por isso Charlotte morreu?
Desmond vai ter q voltar de barco, mas por vingança? Sai totalmente da 'covardia' dele, que não mata ninguém...
Muito bom esse suspense e a solução de tantos outros mistérios.

ana paula disse...

Acredito nessa possível gravidez da Kate pq eles tiveram que recriar o que aconteceu no vôo 815 e Kate tomaria o lugar da Claire mas não concordo que ela tenha ido procurar o Jack PARA engravidar. Basta lembrar que ela achou que estava grávida do Sawyer e não estava. E eles dormiram juntos pelo menos umas 3 vezes. Fica meio forçado se ela tivesse procurado o Jack noites antes de voltarem pra ilha, pra engravidar.
Ela tinha acabado de se separar do Aaron e estava sofrendo mto. Qdo Jack pergunta sobre o menino ela pede p não falarem disso e ele concorda. Kate agradece e então, olha pro doc e pula nele! Aquilo foi o desespero de alguém que acabou de fazer a pior coisa que poderia fazer na vida e procura a pessoa que mais confia e por quem tem sentimentos profundos: Jack! Isso está claríssimo pra mim! Kate tinha a chave do apê do Jack (ela já estava lá qdo ele chegou e não tinha indícios de arrombamento), qdo Jack visita o avô, este fala da moça bonita com sardas. Tudo isso mostra o qto o relacionamento deles foi sério. Então, Kate buscou refúgio nos braços do Jack. Na manhã seguinte ela está totalmente sem jeito pq racionalmente, ela NÃO QUERIA ter ido atrás do doc (assim como exitou em ligar p ele no carro e acabou não ligando antes). Ela olha pro Jack, ele todo carinhoso, fazendo o café da manhã do jeito que ela gosta e ela se dá conta de que aquilo não podia ter acontecido. Ela não queria voltar com o Jack. AINDA!!!!
E agora, vem uma possível gravidez desse encontro e eu estou torcendo p que isso se confirme e mal posso esperar para ver a felicidade dela por estar grávida. E agora, de um filho do JACK, que terá tudo a ver com a mitologia da série! Mais um Shephard e possivelmente sendo um bebê que nascerá na ilha!

ミッシェル disse...

Gostei do episódio, apesar de achar que foi muito corrido. Espero que nos outros episódios eles comentem mais sobre o que ocorreu antes de chegarem novamente na ilha.
Quanto à possibilidade de Ben ter matado Penny... eu sei lá, acredito que ele tenha tentado, mas conseguido tirar a vida do filho deles... isso também faria o Desmond ficar enfurecido e querer voltar pra ilha pra acabar de vez com o Ben.
Ótimos comentários do post principal e dos posts de comentários. Parabéns pessoal!

Paulo de Tarso Duarte disse...

Jack não chega a beber em nenhuma das duas ocasiões em 316.
De alguma forma o Destino/Ilha não deixaram que levasse o copo a boca.
Quando chega ao sreu apartamento, procura, acha a bebida e vai começara beber, Kate faz barulho, e o impede.
No aeroporto, quando está com o copo na sua frente, cheio, e vai começar a beber, e aparecem os closes dele e do copo cheio, ele vai tomar o primeiro gole, os alto falantes chamam o embarque do vôo 316, impedindo-o de beber.

De cetra forma é a intervenção da ilha ( que não deixará que nada aconteça sem o consentimento dela) intervindo.

Giovanna disse...

Kate não estava em condicional? Como conseguiu embarcar num vôo que saí do país?


GENTE, GUAM É UMA ILHA QUE É TERRITÓRIO AMERICANO!!!!!!!