12/01/2009

Jornal fala sobre o que esperar do retorno de Lost

Com pequenos spoilers!



Para quem visita o Dude com regularidade, reviews e spoilers sobre a estreia da 5ª temporada já não são novidades, mas como faltam apenas 9 dias para o retorno da série e sei que tem gente que gosta de ter uma ideia do que vem pela frente sem saber detalhes específicos, traduzi uma matéria do jornal Los Angeles Times assinado por Maria Elena Fernandez que dá uma perspectiva diferente e bem bacana sobre a nova temporada que se aproxima.

Leia mais...

    Viagem no tempo? Resgate? Prepare-se pois as forças criativas da série prometem manter a audiência numa montanha russa durante a penúltima temporada.

    Já se vão oito meses desde que a ilha nos deixou. Sim, sabemos que esse não é o tempo da ilha porque também sabemos que não temos idéia de qual é o tempo da ilha.

    O que nós sabemos é de ter visto Ben girou a roda escondida numa sala abaixo da desconhecida Estação Orquídea, um clarão tomou conta do céu, e a ilha desapareceu. Tudo isso culminou numa viagem do tempo, uma temporada de histórias do passado e do futuro indicada ao Emmy que separou a 'turma' - resgatando algumas pessoas depois de 108 dias, deixando algumas para trás, e matando outras.

    Se nada disso faz sentido para você, sim, é tarde demais para entender. Eé por isso que existe o DVD.

    Por quatro temporadas, o público viu flash backs e flash forwards através de um quebra-cabeças. Quando a penúltima temporada do sucesso da ABC estrear no dia 21 de janeiro, os produtores executivos prometem que as respostas virão, mas que os fãs podem levar um tempinho para perceberem porque a quinta temporada leva os fãs numa nova montanha russa narrativa.

    "Embora a série aconteça no mesmo mundo, nós sempre nos guiamos não por regras, mas pelo que é a melhor forma de se contar as histórias numa determinada temporada", disse o produtor executivo Carlton Cuse. "O público vai ter que se ajustar a um artifício um pouco diferente esse ano, mas acreditamos que nesse desafio também exista a empolgação que torna Lost sempre uma novidade."

    Primeiro tivemos que conhecer os sobreviventes através de eventos mostrados via flashbacks que ocorreram antes do vôo Oceanic 815 cair no Pacífico Sul em 22 de setembro de 2004. Então o público viu pequenos trechos da vida deles no futuro, um futuro que revelou que alguns deles haviam sido resgatados. A narrativa então teve uma outra virada quando o público tomou conhecimento de eventos futuros que precededem o futuro que já havia visto.

    Nessa temporada, os flashbacks e flash forwards ainda vão existir, mas outra linha narrativa vai dominar. E numa clássica tradição de Lost, os produtores não irão explicar o que eles estão fazendo antecipadamente.

    "Estamos realmente felizes com os roteiros que estamos escrevendo, mas ao mesmo tempo, há uma completa sensação de medo e dúvida em termos de saber se o público vai ou não gostar do que estamos fazendo", disse o co-criador e produtor executivo da série, Damon Lindelof. "A série está explorando um novo modelo em termos de como contamos as histórias e encontramos um equilíbrio entre o que está acontecendo fora da ilha e o que acontece na ilha. Será que os personagens estão tendo uma experiência emocional não importando o quão louco isso seja? Isso é parte do que estamos focados."

    Os primeiros sete episódios irão focar os eventos posteriores ao que Ben (Michael Emerson) disse ao Jack (Matthew Fox) na última cena da temporada passada, quando falou que os Oceanic 6 tem que voltar à ilha, incluindo Locke (Terry O'Quinn), que acabara de morrer. O desafio de Jack será o de reunir os Oceanic para voltar, mas isso vai se revelar bastante complicado já que ele e Kate (Evangeline Lilly) se separaram; Sayid (Naveen Andrews) está viajando pelo globo matando pessoas para Ben com Hurley (Jorge Garcia) sob sua custódia; e Sun (Yunjin Kim) desapareceu.

    O público também vai ver o que aconteceu com Penny (Sonya Walger) e Desmond (Henry Ian Cusick) depois que ela o resgatou e descobrir como Locke saiu da ilha e mais tarde morreu. A história de Walt (Malcom David Kelley), que deixou a ilha duas temporadas atrás, vai continuar, embora seu pai, Michael (Harold Perrineau), tenha morrido tentando voltar à ilha no final da temporada passada. Sawyer (Josh Holloway), Juliet ((Elizabeth Mitchell) e Charlotte (Rebecca Mader) sobrevivem na ilha.

    "O pensamento convencional pode ser o de que iremos passar a temporada inteira contando a história de como e se esses personagens serão capazes de retornar à ilha", disse Lindelof. "Não é isso que estamos fazendo."

    E já que a morte em Lost é um termo relativo, como Cuse gosta de dizer, os fãs podem esperar ver mais de Jin (Daniel Dae Kim) quer ele tenha sobrevivido à explosão do cargueiro ou não; o misterioso Christian Shephard (John Terry), cuja morte levou seu filho Jack, a ir parar na amaldiçoada aeronave; e Rousseau (Mira Furlan), que foi baleada e morta. Richard Alpert (Nestor Carbonell), o cara que não envelhece, também irá aparecer de novo. Embora os fãs não saibam o que aconteceu com Claire (Emilie de Ravin) - a atriz não está creditada para o elenco regular nessa temporada - ela aparecerá durante a temporada.

    E para quem queria saber, o mesmo vale para o cão Vincent, o único personagem que os produtores prometeram manter vivo durante toda a série.

6 comentários:

vitor disse...

ai dude eu ganhei a promoçao do dudeNEWS como eu faço p ganhar os premios? p onde eu mando o email?

Davi Garcia disse...

Fique tranquilo, Vitor. Entraremos em contato com você. Parabéns pela vitória :)

Abraço!

lucas disse...

interessante, gostei do vincent ser o único que tem garantia de vida até o fim da série

Thiago Crato disse...

Interessante o comentário.

A morte é relativa na ilha...é, isso já dito várias vezes, acho que agora poderemos entender melhor.

zomb1tch disse...

O Daniel não tá na ilha também?
Oo

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

legal, a claire vai aparecer nessa temporada =]