26/01/2009

Dudecast 23ª Edição

Com muito atraso, mas finalmente no ar, o nosso dudecast comentando tudo (ou quase) sobre a estreia da 5ª temporada de Lost. Tem especulação, desabafo e até participação do nosso dublê do Vincent!

Para baixar clique AQUI

(Clique direto ou com o botão direito do mouse escolha as opções 'Salvar como' ou 'Salvar Link como')

E para participar mandando sua crítica, sugestão ou comentário, escreva exclusivamente (e de forma objetiva) para dudecastlost@gmail.com Quem sabe a sua mensagem não será lida no próximo dudecast?

49 comentários:

Juliana Ramanzini disse...

Tá aí o Dudecast, como direito a mimimi, latidos e tudo mais! hahaha

\o/

Rafa Keeper disse...

Já baixei! \o/

amanda couto disse...

Aeee. Até que enfim, já tava preocupada achando que nao teria dudecast da estreia. Valeu pelo esforço Ju e Davi. Agora deixa eu ir lá ouvir :D

Fga. Aline disse...

Ju e Davi!!! Parabéns por mais um ótimo dudecast!!!
é mtooooooo bom ouvir os comentários de vcs...
E Ju quero dizer que adoreiii o seu "desabafo" sobre as reclamções que o povo tem feito de LOST!! Concordo c/ vc em nº, gênero e grau!!!
Não sei pq esse povo assiste se não tá curtindo...
LOST é ficção galera... está tratando de um assunto ficcional!!!
Um dos filmes clássicos da década de 80 foi " De volta para o futuro", tenho ctz q mtosssssss de vcs assistiram esse filme mil vezes e não ficaram preocupados em como era possivel que o "Marty McFly" (Michael J. Fox) conversasse com seu pai no passado e ainda por cima fosse cupido para que seu pai e sua mãe namorassem!!!!
Enfim assistam LOST, façam suas apostas, teorias mas acima de qq coisa se divirtam!!!!!!!!!!
E se quiser falar mal, entre em outro lugar... tem uma comunidade no orkut ("odeio LOST") só p/ falar mal da série, se vc se diverte com isso passe por lá!!!
e deixem os verdadeiros fãs de LOST se divertindo por aki!!!!!!!!!!!!!!!!!!
pronto falei ahahahhaa

Marília disse...

Desabaaaaaaaaafffffaaaaa Juuuuuuuu!!!!!!!!
Adorei!
Beijos,
Marília Santos, RJ

Oliver Fuchs disse...

Eita, Juliana tô contigo!!!! kkkk, muito bom! parabéns!

Cris McBrain disse...

Acabei de ouvir, este é o primeiro podcast do blog que acompanho e adorei, vou baixar sempre!
Ri muito com a Ju revoltada com os críticos hahaha! E concordo, tem gente que leva tudo muito a serio mesmo, eu hein :D

E que venha o 5x03!

Cris McBrain

João Pedro disse...

ADOREI o desabafo da Juliana! hahahahahahha! Muito bom ;)

Gustavo disse...

eeeeeeeeee

Allan Rolim disse...

Aee dudecast finalmente! tava preocupado também, e sentindo falta de outras opniões sobre lost.

James M. Barrie disse...

Mais um belo dudecast, pessoal, parabéns. Ouvi-lo sempre me ajuda a pensar e a formular teorias.
Alguns pontos interessantes a serem comentados:

- Andei vendo bastante gente por aí se perguntando por que o Desmond é especial, se ele nasceu assim, etc. Bom, o motivo pra isso me parece simples, e já foi mostrado: o Desmond adquiriu propriedades especiais relacionadas à viagem no tempo simplesmente por ter se exposto àquela radiação, eletromagnetismo ou sei lá o quê no final da segunda temporada. Foi justamente depois da explosão da escotilha que ele fez a viagem no tempo de Flashes Before Your Eyes, e a partir daí ele começou a ter flashes do futuro, e tal. Me parece ser por causa disso que, como disse o Faraday, "as regras não se aplicam" ao Desmond.

[Aliás, só um parêntese sobre o final da segunda temporada e a explosão da escotilha. Eu mandei um e-mail pra vocês, depois do There's No Place Like Home, falando que achava que o clarão ocorrido quando o Desmond girou a chave foi bem parecido com o que ocorreu quando o Ben moveu a ilha. E continuo achando que eles são estranhamente similares, tendo visto esses clarões ocorrerem várias vezes durante a première dessa quinta temporada. Vejam se não se parecem mesmo:
http://br.youtube.com/watch?v=YjATDgn7ynQ
Acho que tem coisa aí]

- Sobre as alucinações do Hurley.
Vocês disseram que acham que as aparições de pessoas mortas pro dude são apenas manifestações do subconsciente dele. Mas me parece que elas têm, de fato, um caráter sobrenatural, e têm estreita relação com a ilha.
Não apenas o Hurley, mas todos tiveram visões, mesmo depois de sair da ilha (Claire apareceu para Kate e o Christian para o Jack). Ainda que eu ache que algumas dessas visões possam estar, em alguma medida, relacionadas a viagens no tempo (eu, particularmente, acho que as aparições do Walt na ilha são frutos de viagens no tempo, o que também é uma explicação dentro da trama pra ele ter crescido tanto), creio que a maioria delas é algum tipo de manifestação da ilha (ou do Lostzilla, ou sei lá). Vejam, por exemplo, numa das visitas que o Jack faz ao manicômio: o Hurley diz para ele que foi visitado por Charlie. E avisa a Jack: "o Charlie disse que você também vai receber uma visita". E quem aparece para o Jack? Seu pai. Como o Hurley poderia saber disso se o Charlie fosse fruto de seu subconsciente?

por Gabriel Ritter Muniz da Silva

Rodrigo Mourão disse...

Esses dois episódios foram realmente sensacionais. A longa espera acabou, mas continua aquela espera sadia de sete dias. Parabéns pelo pod. Mas quem e "quando" são aqueles caras???

James M. Barrie disse...

Continuando, porque o comentário agora é mais complexo e não sei nem se eu consigo entender direito:

- Sobre a movimentação da Ilha - e/ou dos Losties - através do tempo.

1) Acho que ela também se moveu geograficamente. Isso explicaria porque o Widmore e o Ben não sabem onde ela está no momento (não está mais onde estava antes), e também porque ela desapareceu na frente dos Oceanic Six. Tivesse só viajado no tempo, a ilha provavelmente continuaria lá fisicamente.
2) Analisemos como a viagem no tempo se manifestou em Lost nas temporadas anteriores. Em ambos os casos, nos capítulos Flashes Before Your Eyes e The Constant, não houve uma viagem física. Nas duas ocasiões, foi a consciência de Desmond que viajou no tempo, como explica Daniel Faraday em The Constant. Assim, me parece improvável que sejam as pessoas que estejam voltando no tempo, porque só a consciência delas viajaria. Portanto, quando o tempo voltou para antes que o avião caísse na ilha (ex.: quando Locke vê o bimotor de Yemi), a consciência dos losties também voltaria pra essa época, e tanto Locke quanto Sawyer não estavam na ilha ainda.
Acho que isso é um bom indicativo de que é a ilha que está se movendo de fato, não as pessoas.

3) Mas porque só os losties, Juliet, Faraday, Charlotte e Miles estão voltando no tempo? Porque os Outros não voltaram também? Porque Richard Alpert e os que estavam com Locke sumiram? Acho que a resposta tem a ver com o fato de eles, provavelmente, serem nativos da ilha, terem nascido lá. Portanto, eles de certa forma fazem "parte" da ilha, e viajam no tempo com ela. Essas regras não se aplicam a Juliet porque ela não nasceu na ilha.
"Ah, mas e a Charlotte? Há fortes indicativos de que ela nasceu na Ilha". Bom, esse é um ponto obscuro, mas acho que deve ser porque ela saiu da Ilha e passou muito tempo fora dela. Mas acho que o sangramento no nariz dela tem a ver com isso. Mesmo tendo passado tanto tempo fora da Ilha, ela é nativa de lá, e por isso ainda tem alguma ligação com o local. Por causa dessa ambigüidade, ela fica meio deslocada no tempo, e por isso as dores de cabeça e sangramentos característicos dessas bizarrices temporais.
4) Vamos assumir agora que minha teoria está parcialmente errada, e que quem está viajando no tempo são mesmo as pessoas. Afinal de contas, nada impede que o tipo de viagem no tempo provocada pelo giro daquela roda seja diferente das que vimos até aqui, e que portanto as pessoas possam viajar no tempo fisicamente, ao invés de apenas com a consciência.
Mesmo se esse for o caso, acho que o fato de apenas os Losties, Juliet, Faraday, Charlotte e Miles se moverem no tempo têm a ver com o fato de eles não terem nascido na ilha. Os Outros, por serem nativos do local, talvez tenham algum tipo de imunidade eletromagnética à viagem do tempo, ou algo assim. E também acho que continua a ser por essa ambigüidade de ter nascido na Ilha, mas ter ido embora, que causa o sangramento no nariz da Charlotte.

Bom, desculpe a extensão da teoria, galera. Mas achei que ela dá uma base bem interessante pro que está acontecendo. O que acham?

Camilo disse...

Olá! Vocês levantaram a questão sobre o porque Juliet está viajando com os sobreviventes. Bem, eu acredito que isto tem conexão com a vacina (aquela que Desmond tomava de 9 em 9 dias). A idéia é simples: se você toma a vacina você está protegido das deslocações no tempo que eventualmente iriam te matar (a crise começaria com o nariz sangrando...). Desta forma, levando-se em conta que os Outros estavam tomando a vacina, significa que eles não se deslocariam no tempo (lembram que Ethan disse a Claire que não tinha vacina suficiente pra ela e o bebe?). Juliet, uma vez que não estava tomando a vacina, se deslocou com os sobreviventes...

Anônimo disse...

Finalmente!!

Marília disse...

Bom, na minha opinião, Juliet está junto com os sobreviventes porque a ilha está viajando para uma época em que ela ainda não vivia na ilha. Ela está na ilha há pouco mais de 3 anos. Se considerarmos que o avião de Yemi caiu na ilha antes disso, não teria problema de Juliet estar em companhia dos sobreviventes (ela não estaria em 2 lugares da ilha ao mesmo tempo). O que não é o caso do Alpert e os outros, que desaparecem da presença de Locke quando a ilha se moveu no tempo, porque com certeza eles estavam em outro lugar na mesma ilha.

Marília Santos, RJ

Anônimo disse...

E ai gente blz?

Outro motivo tambem que creio que é um dos mais fortes pro Jack querer tanto voltar pra ilha é por causa da irmã dele né, afinal a Claire ainda está lá! =]

Sérgio disse...

Há problemas na sincronização com o Itunes. O link não tá funfando.

rafael r. disse...

@ Marília. Mas se fosse por ela não estar na ilha nas épocas para as quais a ilha viajou, como que ela nao sumiu no momento em que eles estavam perto da estação cisne e ela sabia quem estava lá dentro e o que fazia? Pra mim naquele momento ela já era uma moradora da ilha. Será que tô enganado?

Camilo disse...

Olá James M. Barrie! Com relação a sua teoria, você não acha que Cindy e as crianças, por exemplo, não deveriam ter viajado no tempo também? Não tinha nenhum dos Outros após o clarão, somente Locke. Dá uma olhada no que eu escrevi acima sobre a vacina e me diz o que você acha.

Davi Garcia disse...

Sérgio, esse problema de sincronização seria o que? O arquivo não apareceu, ou apareceu e você não consegue baixar?

Se ele ainda não estiver disponível, o motivo pode ser algum delay do serviço do MyPodcast.

Abraço!

Vinícius disse...

Não estou conseguindo baixar.

Juliana Ramanzini disse...

Vinícius, o que acontece quando vc tenta? Dá detalhes para que possamos tentar ajudar.

Marília disse...

Rafael, não sei se quem chegou à ilha primeiro foi o Desmond ou a Juliet... mas suponho que ele já estava lá apertando o botão quando ela foi trazida para a ilha. É confuso mesmo, né?

Pedro disse...

pois é .. ta dificil d baixar , esta dando erro.. "502 Bad Gateway"

Nana Ribeiro disse...

eu tbm não estou conseguindo baixar.

quando clico no link ele diz Bad Gateway e quando tento "salvar o destino como" ele diz que não pode fazer o download pq o site está indisponível ou não foi encontrado.

diz tbm pra tentar novamente mais tarde. eu tento, mas vejam aí o que pode ser.

Juliana Ramanzini disse...

É o site onde hospedamos que está mega lento. Não consigo nem logar na nossa conta! Acredito que logo mais deva voltar ao normal.

Juliana Ramanzini disse...

É o erro é no site mesmo. Quando consegui logar apareceu o mesmo erro que vcs citaram "Bad Gateway". Infelizmente, temos que esperar eles resolverem por lá! :/

Allan disse...

Ah, mas esse detalhe do tiro no Locke fazendo uma ponte com a primeira temporada realmente faz muito sentido...

Tenerry disse...

Adorei o Dudecast! ontem a noite tava com uma insônia terrível e joguei ele no iPod e fui escutar enquanto tentava pegar no sono...
Destaque pra revolta da Juliana com o povo que fica reclamando se as viagens no tempo são certas ou não (HAHHAHAHAA EU RI MUITO).
Foi ótimo esse Dudecast, gente!
Parabéns, Dudes!

Dexter disse...

Hahaha, ótimo DudeCast. Parabéns ao casal. Adorei o desabafo da Juliana... Apesar de concordar com tudo que você disse, Juliana, cai na risada no meio da noite, haha.

Enfim, ótimos pontos levantados pelo Podcast. O tiro na perna do Locke, um amigo meu aqui em casa enquanto assistíamos já tinha sacado. Agora, sobre como realmente aconteceu a movimentaçao da Ilha/personagens não consigo nem especular. Apesar do que o Camilo disse faz muito sentido, sobre as vacinas.

É isso, parabéns pelo trabalho excelente!
Abraços

Ramon disse...

Ótimo Dudecast. Ótima visão da série, a mesma que a minha. Tomara que a gente esteja caminhando para o entendimento. Ou será que estamos cada vez mais LOST??? =O

Edgard Cravo disse...

Parabéns pelo Dudecast. acabei de ouvir! É isso aí, Juliana. Adorei o desabafo! Quem não gosta para de assistir. E quem gosta deveria curtir mais a jornada do que ficar pensando no final. Deixa rolar a história!

ale disse...

Acho interessante que vocês assistam de novo (ou assistam pela primeira vez) o Episodio Lost Missing Pieces - King of the castle.
Nele, Ben Linus diz a Jack que ele pode até sair da ilha, mas haverá um dia em que ele irá desejar retornar.
Jack diz: Nunca.
Ben: Eu aprendi a nunca dizer nunca.
Interessante. Foi uma pista do que está acontecendo agora, que os roteiristas nos deram.

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

ah q legal, adorei o podcast, !!! e eu assino em baixo do q a juliana disse , essas pessoas chatas q ficam reclamando e não se diverte com a série, até parece q fica torcendo p q Lost acabe de um jeito ruim,fica jogando praga ,pessoas pessimistas assim quero bem longe.se não tá curtindo Lost então vai ver Desparete Housewives huahuahauahuahu.
Agora tô super ansiosa p ep 3, esse ep promete ainda mais q vai ser focado no Desmond!!

Thiago disse...

O Faraday não mudou o passado, apenas criou uma memória no Desmond que apenas muda o futuro...
em nenhum momento ele mudou 'o que aconteceu'.

Thiago disse...

Tambem nao consegui baixar via iTunes. Será que o endereço .xml mudou???

Davi Garcia disse...

Ale, belíssima lembrança essa do mobisódio. Confesso que tinha esquecido. De fato tem absolutamente tudo a ver com o momento do Jack querendo voltar à ilha e aceitando a ajuda do Ben.

Gabriel Ritter, muito boa a tua sacada para explicar porque a Juliet não teria desaparecido também. Faz todo sentido :)

Camilo, essa da vacina faz sentido, mas ainda não me convenceu. Posso me enganar, é claro, mas actredito que aquelas vacinas da Cisne eram 'simples' placebos.

Thiago, no que se refere ao Desmond, entendo que o Faraday efetivamente mudou algo no passado sim, já que o Desmond não tinha aquela memória antes.


*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

E agora peço licença e desculpa para os 99% dos leitores bacanas que nos visitam e comentam ajudando a criar discussões sadias, só para dar um pequeno aviso ao 1% de desocupados que insiste em mandar comentários ofensivos (que nunca serão aprovados) para o blog: não perca mais seu tempo escrevendo textos que só servem para evidenciar a sua mediocridade e inveja e faça um favor a si mesmo evitando visitar o blog.

Recado dado, mais uma vez peço perdão a todos os leitores amigos e seguimos com a programação normal do Dude :)

Thiago Henrique de Morais disse...

Não sou muito fã de podcast, mas me peguei ouvindo esse... acho que é a falta de Lost.

Juliana, estou contigo e não abro.

Uma teoria a respeito do início da temporada. Me corrijam se eu estiver errado:

A rocha que não poderia ser perfurada, explodida, enfim, obviamente foi explorada como vimos no fim da temporada passada. Não seria ali a causa do tal acidente explicado pelo Dr. Chang na segunda temporada, no vídeo da escotilha?

Abraços e namastê

rafinha agostinho disse...

Olá pessoal,
logo após ver os episódios fiquei pensando em algumas coisas, as mesmas q o Gabriel Ritter escreveu ai em cima:

> - Se rola esse deslocamento na linha do tempo, do povo da ilha ficar "pulando" no tempo, pq q a ilha sumiu da visao do pessoal do helicoptero ? (rola tbm uma questao de coordenadas?);
>
> - Faraday disse que não se pode mudar o destino, não há possibilidade de fazer ações como no "Efeito Borboleta" ou "De Volta para o Futuro", mas ele dá uma dica à Desmond para ele agir no futuro. Essa "dica" vira uma lembrança após o sono de Desmond. Porém, em todos os anos q Desmond viveu na Ilha e depois fora dela, onde ficou essa lembrança?
>
> - O deslocamento na linha do tempo serve apenas para algumas pessoas? Pq q as pessoas do voo 815 + Juliet + Faraday e cia "pulam" e Alpert c/ o povo dele não?
>
> Enfim, vamos esperar os próximo episódios...
> Abraços
>
> Rafael Agostinho
> Curitiba, PR

Clamelot disse...

Simplesmente adorei o desabafo explosivo da Juliana! Melhor parte do Dudecast... Concordo plenamente. Abraços.

Thiago disse...

Davi,
Voltando à lembrança do Desmond. A memória criada pelo Faraday, em nada mudou o passado. Tudo o que aconteceu, aconteceu.
O Desmond só se 'lembrou' daquela conversa quando ele ja estava no barco com a Penny. Então, tudo o que tinha acontecido até aquele momento permaneceu da mesma forma, sem alterações.
será que é muita viagem minha esse ponto ou todos estão sempre buscando falhas no roteiro??
abraço

PS: acompanho o blog há muito tempo e ele me ajuda muito com todas as minhas 'teorias' e 'viagens' sobre LOST. Porém, acredito que seja a 1ª vez que estou comentando algum post.
Parabéns pelo Blog!

André Cohen disse...

A Juliana tava mó revoltada! hahahahaha mas ta certa,sempre tem esse povo chato que fica criticando uma coisa só porque eles não gostam! E outra,sera que esqueceram que Lost é uma série de ficção? Quer ver realidade? Vai ver/ler jornal!

Davi Garcia disse...

Thiago Henrique, no meu entendimento a ilha de fato se deslocou fisicamente também, mas não saberia dizer se as coordenadas de entrada e saída também foram alteradas. Acredito que isso será algo que descobriremos com o eventual retorno dos O6 à ilha.

Sobre o que o Faraday fez com o Desmond, eu realmente acredito que embora ele tenha dito aos demais que não dava para criar uma nova rua, isto é, nada do que fosse feito alteraria algo que aconteceu ou iria acontecer, ele efetivamente mudou alterou a memória de Desmond ao se encontrar com ele no passado da ilha, e isso só ocorreu porque o 'brotha' é especial e está imune, digamos assim às regras.

Com relação aos que se deslocam ou não com os clarões, como a Marília argumentou lá em cima, parece que a regra está intimamente ligada ao fato da pessoa ser um nativo da ilha ou não. Isso ainda não é um fato, mas por enquanto é o que mais faz sentido, certo?


Thiago, sobre a ação do Faraday em relação ao Desmond, será que ficou um pouco mais claro o que tentei dizer acima? :p E não se preocupe com o fato de estar 'viajando', já que isso faz parte da diversão e eu vivo fazendo isso. Obrigado pela visita e pelo comentário que é sempre bem vindo :)

Abraço a todos!

Thiago Henrique de Morais disse...

Davi,

Creio que você respondeu a pessoa errada. Minha teoria era sobre o acidente na ilha. Creio que respondeste a 'rafinha agostinho'.
rs.

Abraços e namastê, brotha!

Bernardo disse...

Parece q o link ta off... conserta ai por favor!

Juliana Ramanzini disse...

O site está fora do ar. Já aconteceu antes. É só aguardar que logo volta!

Juliana Ramanzini disse...

Os links voltaram ao normal.

Juliana Ramanzini disse...

Agradecemos quem enviou links opcionais, mas através deles nós não temos como contabilizar os downloads. Caso dê problema novamente, nós mesmos hospedaremos em outro local, onde poderemos contar os downloads. ;)