29/01/2009

Comentários do ep. 5x03 "Jughead"

Explosivo no significado e ainda mais no conteúdo. Jughead, o terceiro episódio da 5ª temporada reservou momentos absolutamente chocantes, surpreendentes e principalmente empolgantes para quem tava louco por respostas. Sim, eu disse respostas, já que tivemos pelo menos três grandes revelações envolvendo mistérios recentes e até, penso eu, um antigo lá da 2ª temporada.

Leia mais...

    Focado inteiramente no que estava acontecendo na ilha e no esforço de Desmond para atender o pedido de Faraday (encontrar sua mãe), Jughead trouxe desenvolvimentos importantíssimos para a mitologia da série, os quais dividirei em pequenos pontos:

    A ilha 50 anos atrás - Ao vermos a ilha em 1954 - algo que Alpert revela numa cena com Locke -, não só pudemos entender porque Charles Widmore tem tanta obsessão pela ilha, bem como nos surpreendemos com a revelação de que ele era um dos Outros há vários anos atrás, o que por tabela aponta também a explicação da tal guerra travada tempos depois com Ben pela liderança do grupo e de suas ações e que acabou provocando sua provável expulsão do lugar;

    Faraday, um viajante do passado - As palavras da soldado Ellie para Faraday ("Você não conseguiu deixar isso de lado, né?") reforçam uma ideia que levantei no podcast 23 acerca da possibilidade dele ser alguém do passado que viajou para o futuro, mas que por algum motivo ainda obscuro, perdeu a memória. É óbvio que posso me equivocar no raciocínio, mas se descobrimos que Widmore financiara seu projeto de pesquisas com viagem no tempo e etc no futuro, por que não pensar que os dois são contemporâneos da ilha, hein? Pois é, se isso tiver fundamento, outro ponto muito curioso merece menção. Se Faraday foi reconhecido por Ellie no passado, por que ele mantinha a mesma aparência 50 anos depois? Temos aqui um Richard Alpert 2, ou seja, será que o físico também não envelhece, ou na verdade não é nada disso e Faraday é 'simplesmente' alguem que já havia saído do futuro e explorado a ilha no passado?

    Faraday e a bomba - Ainda sobre Faraday, depois da sugestão dada por ele a respeito do que fazer com a Jughead, a bomba de hidrogênio que estava com vazamento, tenho uma forte impressão de que a bomba está enterrada nas proximidades da estação Cisne, local onde vale lembrar, havia uma maciça parede de concreto com forte carga eletromagnética (essa ligada até à uma propriedade da ilha). Será que é viagem demais achar que a rotina de digitar os números tinha relação também com algum controle da bomba, hein?

    O encontro entre Locke e Alpert - Pela reação de Alpert, Jacob é de fato uma influência histórica forte sobre os Outros há muito tempo, não? Porém, o que realmente provocou um choque de surpresa e a constatação de que os roteiristas de lost não dão ponto sem nó, foi a revelação de que Alpert não foi visitar John Locke quando garoto como vimos no ep. 4x11 "Cabin Fever", simplesmente porque estava selecionando-o. Ele foi até lá porque o próprio Locke sugeriu que ele o fizesse sete anos antes (Locke nasceu em 1956, Alpert o visitou quando ele tinha 5 anos), o que explica totalmente o porque da pergunta de Richard ao Locke naquela oportunidade ("Qual destes objetos já lhe pertence?") fazendo referência à mesma bússola que o vimos dar ao carequinha na estreia da temporada. Brilhante, não?

    Dos demais aspectos explorados ao longo de Jughead, não dá para deixar de citar também: (1) O diálogo de Desmond com Widmore, quando este lhe deu a coordenada de onde encontrar a mãe de Faraday em Los Angeles (alguma dúvida de que a Sra. Hawking é a mãe do físico?) e pediu ao genro que se mantivesse fora daquela disputa logo após (numa clara alusão à ameaça feita por Ben no 4x09 "The Shape of Things to Come"); (2) Miles mais uma vez deixando evidente seu lado sensitivo (na cena em que diz ter passado por uma área onde soldados morreram), um aspecto que ainda deverá ser explorado ao longo da temporada; (3) A introdução da personagem Theresa Spencer, a moça em estado catatônico e que foi vítima de Faraday num experimento, o que pode indicar que ele não seja o bom moço que pensamos ser; (4) o agravamento dos efeitos colaterais em Charlotte ao final do episódio, o que pode ter a ver ou não com a tal constante, e finalmente; (5) A singela homenagem feita por Desmond ao homem que salvara sua vida na estação Espelho, batizando seu pequeno filho com Penny, de Charlie. Bacana, não?

    Certamente não falei tudo que devia e tenho certeza que ainda há muito mais a ser discutido sobre esse excepcional episódio, mas é lógico que à essa altura você já sabe que ainda hoje mais tarde pinta aquele post caprichado com easter eggs e curiosidades, mas enquanto ele não chega, tá na hora de você usar e abusar dos comentários desse post e dizer tudo o que achou sobre Jughead. Combinado? Nos 'vemos' mais tarde!

146 comentários:

DeverasPedalavel disse...

O Richard não apareceu no dia do nascimento do Locke também?

André disse...

Será que a Ellie é mãe do Faraday?

Davi Garcia disse...

DeverasPedalavel, sim, ele também estava presente no nascimento do Locke, muito provavelmente por conta da mesma sugestão que Locke fez a ele 2 anos antes ;)

André, eu não acredito que a Ellie seja a mãe do Faraday, pois não me pareceu que ela tenha manifestado nada nesse sentido, mas é óbvio que ainda não dá para descartar, embora para mim, a mãe do Faraday seja efetivamente a Sra. Hawking, que pode até mesmo ter feito parte dos Outros no passado também.

Abraço!

Dandan disse...

Parabéns pelos comentários e a rapidez na transmissão dos pontos principais do episodio!!!

Lost como sempre surpreendendo a cada episodio!!

Canvas disse...

não entendi muito bem, mas houve uma conversa entre Alpert e Locke, e Alpert menciona que anteriormente algumas pessoas haviam "chegado" na ilha e Alpert ainda tentou que eles vivessem ali pacificamente, mas por algum motivo não deu certo e ele teve que "dar um fim " neles.....

foi isso mesmo ou eu ouvi errado??

Será que foi a equipe da Rousseau que apareceu por lá numa dessas movimentações da ilha no tempo?? Porque em 1954 ela ainda não era viva, mas se a ilha se moveu, até pode ser possível....

Sra. Beauvoir disse...

Eu acho que Alpert fez a pergunta errada pro John, e ao perguntar o que era do John, ele acertou indicando a faca.
Ele deveria ter perguntando que objeto pertencia a ele (Richard) mesmo.

Richard disse que eles selecionam líderes quando eles são crianças, Ben foi selecionado sendo confudido com o John, o qual era o real especial. E com certeza, a partir daí, Widmore sentiu-se ameaçado e Ben "roubou" o prestígio e a "ilha" que o megalomaníaco Widmore, já achava que era dele.

Sra. Beauvoir disse...

Já não será muita surpresa sobre quem é a mãe de Faraday. Mas e o pai?
Aliás, quem é a mãe de Penny - mulher de Widmore?

iigor disse...

davi...a ellie nao pode ser a senhora hawking??
ellie pode ser um apelido de eloise .. vai saber né

mas lost cada vez mais sensacional
morde a lingua quem diz que os produtores estavam perdidos!

daniel borgo disse...

Davi, por favor, leiam eu comentário e se possível, responda, estou por fora de spoilers e teorias por opção a umas 3 temporadas, mais após esse episódio conclui algumas coisas....

Sensacional!!!!
Lost nos dá resposta e nos mantém perdidos!

Eu vou ficar louco esperando até o fim da série....sensacional! A menina pelo jeito é a Mãe do Faraday, o o Charles Widmore pode cuidar dela por ter tido uma caso com ela, porque não, e o filho deste caso não pode ser o Daniel? Nesse mesmo raciocínio ele não pode ser do passado, o que acredito ser verdadeiro, penso que quando mostrou o flash dele trabalhando com Marvin, pode ser sido em uma de suas viagens no tempo em que brevemente ele se infiltrou aproveitando o momento em que ele estava, já que ele mesmo disso que pode demorar horas ou até anos para uma mudança de tempo nele, já que pelo jeito, o nome da série tem origem na perda do tempo, com relação ao espaço. [b]Talvez o Faraday trabalhando com Candle tenha sido mais um flash-forward, dele ainda perdido no tempo, chegando aos anos 70 e pouquinhos, e talvez em algum próximo episódio eles nos mostrem novamente eles agora em tempo presente, eles neste momento..." [/b]

Videos. disse...

Devidamente cumprida a promessa dos roteiristas de que essa seria a temporada mais esquisita de todas. Mas, além disso, tá se revelando a mais promissora!

Davi Garcia disse...

Obriado pela visita e pelo elogio DanDan :)

Sra. Beauvoir, faz sentido o que você apontou. Mas, acredito que ele fez aquela pergunta, porque como ficou evidenciado na cena, Locke disse que ele lhe deu a bússola e que aquilo seria uma espécie de senha entre os dois. Sobre o lance dos parentescos, como já vimos na série antes, eles são fundamentais à trama e não tenho dúvidas que ainda teremos novas surpresas nesse sentido ;)

Canvas, na verdade o Alpert fez menção a um grupo militar americano que chegara à ilha para fazer experimentos com a bomba H. Não creio que exista alguma relação com o time da Rousseau.

iigor, como eu disse ali em cima, não creio que a Ellie seja a Sra. Hawking, mas é claro que não descartaria essa hipótes prematuramente. Vai saber se o Faraday não tá dando uma de Marty McFly, também né?

Abraços!

daniel borgo disse...

E para completar, a exposição a radiação no momento que Daniel Faraday, e aquela mulher na cama, se aproximaram da bomba,bem como as pessoas que não envelhecem pode ser explicado por exposição a radiação ou outro fator que agora em 2004 está protegido, em lugar "seguro" na ilha.

Davi Garcia disse...

Daniel, não compro muito essa ideia de que o Widmore esteja pagando as despesas daquela moça porque teve um caso com ela. Tendo mais a acreditar que ele pode, quem sabe, ser pai dela, ou até que ela seja uma meio irmã do Faraday, que tal? Sobre a tua analogia para explicar efetivamente o significado do título da série, achei ótima, sobretudo agora que estamos vendo quão importante o tempo é.

Abraço!

daniel borgo disse...

Pensando um pouco já encontrei falhas na minha própria idéia, ela me parece mais com a mulher na cama do que a mãe dele, contudo a idéia que me deixou mais intrigado mesmo foi a do Faraday com Marvin, e se basta apenas ele calcular com base na atual data, porque nao questionar dia,mês e ano e calcular logo para acabar com as viagens?

Guilherme Peres disse...

"As palavras da soldado Ellie para Faraday ("Você não conseguiu deixar isso de lado, né?") reforçam uma ideia que levantei no podcast 23"

Davi, eu acho que isso que a Ellie falou seria melhor traduzido como "VocêS". No decorrer do episódio, ela não parece reconhecer o Faraday em momento algum.

O Richard falou que já tinha aparecido gente antes atrás da bomba e eles tiveram que matar. Daí eu acredito que o que a Ellie falou taria mais relacionado ao grupo do que diretamente ao Daniel.

No mais, episódio GENIAL GENIAL GENIAL. Aconteceu TANTA coisa interessante que eu não sei nem por onde começo a pensar. E os comentários ajudam demais a organizar toda essa informação na cabeça. Brigadão, e que venha o 5x04!

.Miss.Loner. disse...

Foi tanta bomba (ateh literalmente), q episódio foi esse! "Seu nome eh Widmore? Charles Widmore?" - sem mais comentários o.O hauauhauh.

mariamadureira disse...

uma coisa que tem a ver com o episódio: não ficou meio inconsistente o widmore ter dado o endereço da mãe do daniel mesmo não querendo que o desmond fosse atrás dela por medo de que algo pudesse acontecer com penny? achei meio esquisito, no sentido de forçado, de falha no roteiro.

uma coisa nada a ver com o episódio, ou pouco a ver: os outros apareceram em vários momentos, mas principalmente na segunda temporada, vestidos com aquelas roupas de nativos, descalços, maltrapilhos etc. o próprio alpert, quando aparece falando com o ben ainda criança, está vestindo roupas daquelas. acho que foi a única vez em que ele apareceu assim. de qualquer forma, em vários momentos em que os outros apareceram com essas roupas, eles não tavam necessariamente indo falar ou encontrar com os sobrevivente. lembro pelo menos da vez em que eko e michael estavam na selva, escondidos porque os outros estavam por perto. isso fez parecer que eles usavam essas roupas mesmo sem a intenção de enganar os sobreviventes. mas me parece que isso nunca vai ser explicado.

BNHQ disse...

Agora sim! Essa ideia de ser Lost in time, eu ja tinha percebido, pq as dicas estavam lá, flash foward etc... Mas me digam uma coisa, vcs nao tem a sensação de que ja responderam a todas as perguntas... e agente que não conseguiu ver? A cada ep que passa isso fica mais evidente pra mim. Bem, independente disso tb tenho uma teoria: a ilha é uma nave alienigena q caiu no nosso planeta a milhoes de anos atras e foi coberta de planta. Na verdade nao é uma ilha e sim uma nave enorme. Vive em movimento por isso ninguem acha. O lance do tempo só pode ser para ela poder viajar pelo espaço, visto que as distancias sao enormes. E toda essa historia começou quando o primeiro ocidental conseguiu por acidente achar a ilha e toda essa confusão começou (digo que ele deveria ser inteligente tb para entender o que se passava, a ilha existe mais devagar que o resto do planeta). Simples né.

Tiago disse...

"You just coudn't stay away, could you?" = Você(s) não podia(m) ficar longe, podia(m)? - nesse trecho, Ellie se referia não exatamente ao Daniel, mas ao grupo, que ela deduziu que fossem soldados americanos (que vieram, montaram aquele acampamento e instalaram a bomba), aos quais Richard afirma que foram "obrigados" a reagir contra. Ou seja, ali realmente ninguém se conhecia até então.

Tiago disse...

E a bomba? andei olhando umas fotos do episodio "the brig" e vi que o local desse acampamento é muito parecido com o daquele, onde o Ben amarrou o pai do Locke numa coluna. Pode ser viagem minha, mas e se aquela coluna na verdade é a bomba, (depois de ter sido lacrada com chumbo e concreto para conter o vazamento radioativo, como o Daniel sugeriu para Ellie)??

MaximusPM disse...

Na verdade o Locke sugeriu ao Richards ir visita-lo no seu nascimento... Como Locke disse q era o lider do povo do Richards, e Richards disse q o processo comeca 'bem cedo', agora faz bastante sentido a vontade de Richards em recrutar o John, jah desde pequeno...

Eu ainda acho que a producao de Lost sabotou Cane. Ja imagina se Lost nao tivesse mais Nestor Carbonel? Como seria a historia sem Richards?

Java Lee disse...

realmente faz sentido a digitação dakeles numeros no computador... pode ser mesmo que seria para nao deixar akela bomba explodir... faz sentido

Adilson Osanar disse...

Minha cabeça está explodindo sucessivamente!!!

Vejam: Preciso confirmar as fontes e rever alguns episódios, porém, li num site que seria revelado que o verdadeiro nome da Mrs. Hawcking era Eloise e que ela é mesmo mãe de Faraday.
Lembrem-se de que Eloise era o nome da ratinha do Faraday!!!

Se ligaram: Ellie --->> (provável) apelido para Eloise, caras!!

Axo tbm totalmente possível que Faraday seja Dharma e que ele pertença de fato ao passado. Mas ainda estou organizando meus pensamentos e preciso ir trabalhar agora..rsrsr!!

No mais parabéns aí pra o Davi e pra July!! Dude, vida inteligente na pós-madrugada..heh

Felipe disse...

Ellie não era a namoradinha do Ben, quando ele ainda era um Dharma?

Alexandre Wermann disse...

Na minha opinião Faraday não seria um "Richard Alpert 2". Acredito que a primeira cena da quinta temporada, ainda reaparecerá na série, ou seja, o grupo que está viajando no tempo, irá para a época em que Faraday aparece nas construções Dharma.

Só tenho uma coisa para falar de Lost: BRILHANTE!

Michel disse...

Episódio bom e apresenta uma série de respostas discretas para várias questões.

* Keamy iria destruir a ilha explodindo a bomba, que estava concretada.

* Widmore e Ben se encontram no 4x09 e Ben diz que não podem matar Widmore.

- you've come here to kill me, benjamin?
- we both know i can't do that.

Vimos o passado de Widmore, mas de alguma forma Ben sabe que no futuro Widmore estará vivo, portanto ele não pode ser morto.

Ainda veremos um confronto final entre Ben e Widmore.

* Locke tentando sair da Ilha e Jack tentando voltar.

* Latim é um idioma de conhecimento dos Outros. Richard Alpert... Ricardo... Ricardo Alpertus... Alpertus, o monje beneditino também conhecido como Alpertus Metensis, que escreveu um livro chamado De diversitate temporum

Foi nesse livro que Alpertus previu quando o mundo ia acabar. Era um livro de história mas ele falava sobre supernovas, eclipses e o escambau.

* A bússola, Locke e Richard. O ciclo se fecha. Locke envia Richard para visitá-lo no seu nascimento. Locke não escolhe a bússola na infância.

Marília disse...

acabei de ver o episodio e sai com a mesma sensação: Ellie=Eloise=mãe de Daniel e também não me surpreenderia se Ellie e Widmore tivessem tido um rebentinho=Daniel... Mas vai lá saber... Quem sabe até o fim da season 5??? No mais, grande episodio. Melhor parte pra mim com Locke (seu nome é Widmore? Charles Widmore?). Ai, ai... E Locke teve a chance de matá-lo e ainda pensou: he's one of my people...

Marília disse...

Bom, acho mais provável que a Ellie seja a mãe da Charllot. Em uma cena o Faraday está olhando para ela e diz "você me lembra tanto uma pessoa..."
Além disso, o fato dela ter nascido na ilha explicaria os efeitos colaterais que ela está tendo com os deslocamentos no tempo.

Marília Santos, RJ

Luiz Paulo disse...

Gente...
Absuuuurdo de bom ! realmente brilhante sensacional ... lost nao decepciona nunca!
Sem contar que esses comentários de vcs aqui no blog davi, ajudam mtooo! mtas coisas que vcs falam eu só começo a pensar qdo realmente leio! toh meio lerdo ultimamente pra ligar as coisas! Parabens...

Essa parada do tempo eh meio confusa ainda! Se vc for pensar que o richard só foi lá visitar o locke pq o msm pediu ... vão aparecer váaaario poréns! Isso só aconteceu entao pq a ilha se moveu, logo se os oceanic 6 não estivessem saído da ilha o locke nem receberia a tal bussula;;; é meio confuso pensar como, como o richard deu a bussula pro locke dizendo "q ele lembraria" se pra ele se lembrar disso o locke já teria que ter dado a parada pra ele?!!? Sei lá galera... sei lá... toh meio mto enrolado!
E isso é lost né?!! ADORO!

Anderson disse...

bom... o episódio trouxe revelações bombásticas, mas ainda assim achei que seria melhor. xD

Tutor disse...

qm seria o grupo dos militares que invadiram a ilha naquela epoca e como conseguiram isso jah que é tão dificil sair/entrar de lá?

a Theresa Spencer não estaria naquele estado porque, provavelmente, deve estar constantemente viajando no tempo? ela ficou "pulando" no tempo como a ilha pq não encontrou sua constante?

Fernando disse...

Nossa, LOST sempre nos deixando intrigado, né?
Davi, não sei se você já viu, mas provavelmente sim. Mais uma referência real em LOST. A Referência à bomba é real, a bomba realmente existiu e foi testada em 1954.
http://en.wikipedia.org/wiki/Mark_17_nuclear_bomb

Uma dica bem antes do Alpert dizer o ano, em que ano estaríamos.
Interessante isso, porque o Faraday ficou sabendo o ano sem ser tão direto quanto Locke. E o melhor, mesmo sabendo que ela estava vazando ele sabia que era possível fazer com que ela não explodisse. Pois a ilha estava no futuro. :D

Adilson Osanar disse...

eu infelizmente ainda n vi o episódio com legenda e portugues..rsrs! Assiti as 4 da manhã em inglês com legenda em espanhol. mas me lembro da cena com a Theresa e axo que a irmã dela mencionou que ela falava do pai delas quando estava "vegetando", e que ele estava morto a XX anos.

Como indica os sintomas médicos em Lost, este é um caso típico de viagem no tempo..rsrs!

Talvez faraday tenha dito a Desmond que as "regras não se aplicavam a ele por ele ser especial" por já ter tido contato com algm na mesma situação.

sobre a visita de Alpert, o tempo realmente não pode ser mudado. a bússola só pertenceria a Locke 50 anos depois. Naquele momento o que de fato pertencia a ele era a faca. A posse da bússola por Locke aconteceu numa ruptura do tempo, que consequentemente não "cria novas ruas" ou seja, não modifica as linha temporal correta.

sei lá... como só saio do trab as 18hrs, daqui pra lá enlouqueço¬¬'

Michel disse...

Eu não ficaria espantado em saber que Widmore é o pai de Faraday.

Sabendo que os dois se conviveram na Ilha e que Widmore teve um passado glorioso por lá, não é surpreendente pensar que ele tivesse oportunidade de beliscar a Ellie, que por sinal era uma baixinha bem apetitosa.

Lucius disse...

De agora em diante veremos várias cenas/situações em que a viagem no tempo do pessoal da ilha irá "afetar" toda a história, como no caso do Locke.

Isso irá explicar como o Ben sabia de diversas coisas, inclusive a forma que ele fazia as listas, a ida de Juliet para a Ilha como médica. Possivelmente ela verá alguma coisa no passado que explique o fato das mulheres não poderem dar a luz.

Será como De volta no Futuro, mas sem futuros alternativos...

Rodrigo disse...

Sobre a relação da Estação Cisne/Bomba poderia ser algo diferente. Segundo o vídeo de orientação houve um incidente, será que enquanto escavavam não deram de cara com a bomba instável que acabou por explodir e desestabilizando de alguma forma o equilíbrio magnético (?) naquela área. Sei que pode parecer viagem, mas lost é viagem mesmo hahaha.

Daniela disse...

Ellie é apelido pra Eloise, certo?

Eduarrrdo disse...

Puxa, eu queria assistir com legenda! Arranja pra mim?

Juliana Ramanzini disse...

Eduarrrdo, a legenda já está no site www.legendas.tv

Ricardo Winchester disse...

deixei um selo pra ti no blog

http://webandwings.blogspot.com/


braz

Thiago Vall disse...

Episódio sensacional...

Minha cabeça tá borbulhando com tanta noticia ao mesmo tempo...

comentário do episódio de lost visite:

http://raio-xrj.blogspot.com/2009/01/lost-5×03.html#links

Juliana Ramanzini disse...

Oi Ricardo!
Que legal! Obrigada pela lembrança e pela gentileza! :)

Marília disse...

acho q tive um lapso no tempo mas... por que está acontecendo tantos clarões??? locke com ethan, locke com alpert, locke no acampamento. como mostrado, a ilha parece estar saltando no tempo aleatoria e repetidamente. o acampamento sumiu. pelo visto agora eles já devem estar na era dharma... acho que a descarga gerada por ben ao girar a roda foi grande demais...

Davi Garcia disse...

@ Guilherme Peres, é possível que você tenha razão sobre a interpretação do que a Ellie disse ao Faraday. O "you" no caso realmente podia se referir ao grupo e ao fato de militares terem chegado à ilha antes, mas pode ser pura implicância minha, mas acho que a Ellie parecia conhecer o Faraday efetivamente. Ou é isso, ou o destaque dado à personagem tem a ver com a possibilidade que a galera tá levantando (e que por enquanto resisto) de que ela seja a Sra. Hawking e que seja a mãe do Faraday. Algo que ser for confirmado, descartaria de vez a minha ideia de que o físico é um viajante do passado ;)

@ Maria Madureira, pode ser que o Widmore tenha dado a localização da mãe do Faraday por saber da importância dele para localizar a ilha, mesmo que isso coloque em risco a segurança da Penny. Não vejo isso como inconsistência do roteiro. Widmore deve calcular o que tem a perder e o que tem a ganhar usando Desmond para atingir seu objetivo. Sobre as roupas dos Outros, tenho a mesma impressão que você de que nunca saberemos porque alguns deles usaram maltrapilhos em algumas situações e em outras não. E por mim tudo bem, já que isso não afeta nenhum aspecto da história.

@ BNHQ, que a Juliana não leia sua teoria de que a ilha é uma nave alienígena :p Agora, sobre as respostas, não diria que já tenha respondido tudo (falta o monstro, os números, jacob...), mas depois do Jughead, fica evidente que as respostas serão dadas sem obviedades e que precisaremos interpretá-las juntando as peças e dicas dadas lá atrás ;)

@ Tiago, sua interpretação sobre o real significado do que a Ellie disse é semelhante à do Guilherme e como disse ali em cima, há uma boa chance de que vocês estejam corretos e eu errado :p Sobre o local onde a bomba estava, é exatamente o mesmo onde os Outros montaram aquele acampamento que vimos no The Brig, mas ainda prefiro acreditar que a bomba foi enterrada nas proximidades da estação Cisne onde havia aquela parede de concreto maciço e alta carga magnética.

@ MaximusPM, já me peguei diversas vezes pensando no que você mencionou. Se o Carbonell não voltasse mais para Lost, a história sofreria absurdamente com a ausência dele. Os produtores inclusive já admitiram que tiveram muita sorte em poder contar com o ator novamente, e não foi à toa que assim que Cane não vingou eles(e a ABC, claro) correram para fechar um contrato garantindo a participação dele nessa e na última temporada.

@ Adilson Osanar, obrigado pela visita e pelo comentário. Não dá para descartar a possibilidade de que Ellie seja um diminutivo para Eloise, mas por enquanto só dá mesmo para especular, né?

@ Felipe, o interesse romântico do início da adolescência do Ben, se chamava Annie ;)

@ Alexandre Wermann, o bom em relação ao Faraday é que só há duas alternativas: ou ele é alguém do passado que viajou para o futuro ou vice-versa, né? Vamos ver qual será a verdade disso, mas seja ela qual for, não tenho dúvidas de que será brilhante, como você mesmo destacou.

@ Michel, ótima sacada essa de que o Keamy pudesse usar a bomba para explodir a ilha, mas por outro lado, será que Widmore chegaria ao ponto de acabar totalmente com o lugar levando em conta o poderio da bomba de hidrogênio? Sobre a questão do latim, gostei demais do que você apontou. Aliás vou pedir licença para usar nos easter eggs e curiosidades creditando a dica para você, obviamente ;)

@ Marília, pensei a mesma coisa sobre o Locke não ter atirado no Widmore. Aliás, incrível como o Locke já assumiu totalmente a postura de líder dos Outros, não? É ainda mais fascinante ao levarmos em consideração que ele ainda não entende tudo o que está acontecendo ou como.

@ Luiz Paulo, a sensação que eu tenho agora é que a série é um grande dominó e que as peças estão se encaixando aos poucos com absoluta relação entre si. Aquela coisa do nada é por acaso é muito forte na história, não?

@ Tutor, o grupo que invandiu a ilha era de militares americanos e eles usariam o lugar para testes com bombas H. Agora, como eles entraram é um (novo) mistério, mas pode ser que tenha descoberto o lugar por 'acidente'. Com relação à Theresa Spencer, há de fato uma boa possibilidade de que ela tenha ficado presa nessas viagens da mente, já que as experiências de Faraday tratavam exatamente disso. Resta saber porque ela ainda está viva. Será que Widmore conseguiu uma forma de mantê-la em coma e assim imune aos efeitos colaterais do deslocamento da consciência? Pode ser, não?

@ Fernando, eu tinha visto um documentário sobre a bomba H no Discovery, mas não tinha lido a referência da Wikipedia. Vou usá-la nos easter eggs e curiosidades creditando sua dica, ok? :)

@ Adilson Osanar, incrível como as coisas se casaram bem nessa situação do Alpert e do Locke, né? Fico fascinado com a competência do roteiro em fugir dos paradoxos. Tomara que sigam fazendo isso.

@ Michel, eu também não descartaria essa possibilidade. Pode até ser que o Faraday nem saiba disso, não é mesmo?

@ Lucius, eu adoro De Volta para o Futuro e com a série respeitando a regra de não criar 'ruas novas' a ideia fica ainda mais fascinante :)

@ Rodrigo, acho que o tal incidendte citado pelo vídeo de orientação tem mais a ver com um confronto com os hostis, mas não descartaria a hipótese da bomba.

@ Ricardo Winchester, muito obrigado pela lembrança :)


E por enquanto é só pessoal :p

-Beto disse...

eu não acho que a bomba esteja na estação cisne. afinal, quando Desmond virou a chave, o que aconteceu com ela? uma bomba de hidrogênio é mto mais potente que de uranio, teria feito um belo estrago na ilha..
eu cheguei a pensar que ela estaria dentro da estátua de 4 dedos kkkk

Cristiano disse...

WOW!! eu devo ter ficado uns três minutos absolutamente estupefato quando o nome Widmore saiu da boca do Richard Alpert. Já esperava uma conexão do Widmore com a ilha desde que ele apareceu naquele leilão, mas... PUTZ!! É exatamente por isso que amo LOST :]

mas... li num comentário lá no The Tail Section que com essa coisa da ilha ir e vir e viagens no tempo TUDO pode ser explicado. E fiquei pensando: talvez então fique muito fácil daqui pra frente explicarem alguma coisa, não? Espero de verdade que LOST não perca nada com isso, digo, do quão grande e interessante e muito bem-costurada a série sempre foi.

Ah sim, tbm aposto em Ellie ser a Mrs. Hawking. E o Desmond realmente usa lá o 'next of kin' com o Widmore se referindo ao Faraday, ou seja, parentes eles são sim.

Abraço, Davi! Bjo, Ju!! Gde fã do Dude, sempre ;]

[aqui é o Cris, de SP, q era da I Am LOST 815]

Marília disse...

Pelo visto ninguém comcorda que a Ellie possa ser a mãe da Charlotte.
:(

Gustavo disse...

Com esse encontro do Locke com o Alpert deu pra perceber que o avião não caiu na ilha por acaso e acho que veremos isso até o fim da série. O que os outros farão para que cada personagem entre naquele avião para cair na ilha, como o vidente que mandou claire, a morte do pai do jack e por aí vai. Sugiro que vejam o filme espanhol "Los Cronocrimenes" que trata justamente de viagem no tempo da mesma forma que lost, uma rua única e qualquer coisa que você faça vai resultar no que já aconteceu no futuro. O filme é excelente.

Camilo disse...

Eu gosto da idéia de Ellie ser o diminutivo de Eloise Hawking. Outra possibilidade seria um diminutivo de Elizabeth, a Sheriff que veio julgar Juliet por ter matado Danny e que aparece na terceira temporada... Ellie já parecia Sheriff nos anos 50. Abraços.

LOMBO disse...

pq no uniforme do Widmore dizia "JONES" ??

http://img187.imageshack.us/img187/9303/widmorejoneswm5.jpg

alguem mais reparou ??

Hugo Rafael disse...

Eu não acho que quando a Ellie diz ao Faraday -: "You just couldn't stay away, could you?" ela lembra dele de algum lugar pois antes disso ela pergunta quem esta no comando.

Panthro disse...

Quanto ao Faraday ser um viajante do passado, eu entendi que o "You" fosse "Vocês". Como em "Vocês não conseguem deixar isso de lado". E que ela não estava se referindo especificamente ao Faraday, mas aos invasores da ilha.

Marília disse...

Davi, Ju, fiquei aqui matutando onde já havíamos visto referências em latim na série e acabei me lembrando do mapa desenhado na porta de segurança da escotilha cisne, lembram?
Acho que deveríamos rever esse mapa depois dos acontecimentos da 4ª e 5ª temporada pois acho que ali já existiam informações sobre viagens no tempo. Além disso, há fórmulas físicas/matemáticas que me fizeram desconfiar que o próprio Faraday possa ter rabiscado algumas partes daquele mapa em suas viagens pelo tempo na ilha... ou quem sabe seria obra de sua mãe (Sra. Hawking???).

Marília Santos, RJ

Romulo Cesar disse...

Olá Davi e pessoal Lostmaniacs do Dude e todos que curtem a série. Primeiramente quero me apresentar. Me chamo Romulo Cesar e aconpanho LOST desde o inicio como muitos aqui, sempre me atualizo com a brilhente cobertura que dá o Dude. Sempre escuto os Dudecast e sempre leio as perguntas e deduções de todos. Cansei de me "esconder" e vou começar a expor minha ideias tmbm.

Davi gostaria de saber sua opinião sobre alguns aspectos da trama:

Ao seu ponto de vista de todos os personagens que já vimos na trama, quem são originários da ilha realmente? Apenas "Jacob" e Richard Alperd? Pq ao meu ver todos os outro (The others) ou foram recrutados ou nasceram na ilha certo? Mas por exemplo acredito que ixistia um civilização antes DHARMA, a da mesma época da estátua de 4 dedos e se isso se confirmar acredito que ainda não vimos ninguém daquela época. Talvez Richard e Jacob, o que acha?


Outras duvidas que me deixam pensativo é a questão de terem sequestrado WALT nom final da 1 temp e depois soltado ele e Michael. Será que era pura e simplesmente "testar" o menino? Acredito que não pois ele tem poderes como vimos ele aparecendo para Shannon e Locke na cova.
A história que parecia interessante sobre Danielle Russeut parece perder a importância com o andar da trama, mas seria legal se vissemos como ela chegou na ilha e a mando de quem (provavelmente Wildmore.

Acho importante a trama mostrar como Wildmore chegou à ilha. E como ele conseguiu construir o império DHARMA, e tmbm não podemos esquecer o pai de SUN. Não sabemos em qual lado ele está na trama né.

Bom é isso a série está cada vez mais empolgante e brilhante, um verdadeiro mosaico de informações e labirinto de conexcões. OBS: E eu que pensei que Devolta para o futuro 1,2,3 era uma trama bem "encaixada" ehehe.... VIVA LOST.

a__majoire disse...

Achei este episódio demais. Na minha opinião a Ellie é Mrs. Hawking, mãe do Daniel Faraday. As minhas suspeitas sobre o Widmore já ter estado na ilha anteriormente confirmaram-se. Estou ansiosa pelos próximos episódios. Davi e Juliana têm um blog fantástico, continuem assim e muita força.

Ana - Portugal

FAP disse...

@Lombo eu levanto outra questão:

Olha os nomes:
JONES
JACOB

Ambas tem 5 letras e:
1ª LETRA = IGUAL
2ª LETRA = AMBAS SÃO VOGAIS
3ª LETRA = AMBAS SÃO CONSOANTES
4ª LETRA = AMBAS SÃO VOGAIS
5ª LETRA = AMBAS SÃO CONSOANTES

manel disse...

como diria platao:

"SÓ SEI QUE NADA SEI"

espero ancioso por mais revelaçoes!!!

e o blog esta de parabens!!!

abraço pro davi e pra juliana.

Aline disse...

Davi, você não acha que tanto quanto Widmore já esteva na ilha (fiquei absolutamente arrepiada com a cena reveladora!), a Sra. Hawking também pode já ter pisado por lá? Eu penso que sim e não vou me surpreender se a moça com o rifle, que leva o Daniel até a bomba não seja exatamente a Sra. Hawking! O nome da moça é Ellie e o nome completo da Sra. Hawking é Eloise Hawking. E acho que aquela sensação do Daniel de que conhece a Ellie de algum lugar é a prova cabal, a pá de cal, em cima da grande pergunta se a Sra. Hawking é a mãe do Daniel Faraday. Já não é nem mensagem subliminar... eles estão jogando na nossa cara!
O que vocês acham?

Arthurzin disse...

no começou alguem comentou que o alpert fez a pergunta errada pro jhon, eu acho que não, que quando o alpert perguntou, jhon escolheu os 3 itens, alpert ficou "puto" porque a historia do jhon se confirmará. eu acho isso,

sobre o faraday, meu deus , nuncative tanta curiosidade para saber tanto de um personagem de lost,

sensacional.

LBL disse...

Não seria fantástico se no BOX de DVD final da série eles lançassem a opção de assistir na ordem cronológica de tempo da série.
Deixaria de ser o mistério descubrir quem é richard, quem é ben, widmore, etc, e passaria a ser um suspense descobrir quem são aqueles John Locke, Daniel, Sawyer que apareceram dizendo ser do futuro, só vendo o avião cair na metade da série e seguindo pro que acontece na frente...seria fantástico e uma experiência que poderia ser curtida pela (especialmente para os que assistem pela primeira vez) tanto na ordem de episódios quanto na cronológica.

Adilson Osanar disse...

bom.. vamos lá:

Darei uma de Davi..hehe!

1- E possível sim que Ellie seja mãe de Charlote. Apesar de achar mais plausível que seja de Faraday. Li que no episódio "This place is Death" saberemos que o nome da mrs. Hawking é Eloise mesmo.(fonte http://jovemnerd.ig.com.br/jovem-nerd-news/tv/lost-spoilers-em-detalhes-mortais/). Eles não mencionam a fonte deles e não há grandes spoilers, leiam sem medo.

2- Ellie nos EUA é realmente diminutivo de Eloise. Podem jogar no google Ellie Eloise. Se fosse Elizabeth, nos EUA é mais comum chamá-las de Liz ou Beth.

3- Hawking pode ser uma referência ao físico Stephen Hawking (n sei se jah disseram isso por aqui) "Os principais campos de pesquisa de Hawking são cosmologia teórica e gravidade quântica. Em 1971, em colaboração com Roger Penrose, ele provou o primeiro de muitos teoremas de singularidade; tais teoremas fornecem um conjunto de condições suficientes para a existência de uma singularidade no espaço-tempo."(wikipédia)

4- As Ilhas Marshal foi o local de teste da Primeira Bomba H na década de 50. O arquipélago em tese está na rota de vôo entre Sidey e Los Angeles. A ilha pode ter estado lá espacilamente falando. E é perto da Indonésia, onde fica a fictícia Membata.

5- Uma Bomba H, bem..rsrs... é forte paca, ninguem que a explodisse viveria pra contar a história. E acho que o que é dito sobres os números é real e não há relação com a bomba. Antes disso tudo a Ilha já possuia suas propriedades magnéticas, e os números servem pra liberar a carga acumulada. Creio que o incidente possa estar relacionado a algo da estação Orquídea, como o que ocorreu ao perfurarem a câmara secreta..rs no episódio 1.

6- Roupas da Dharma são só fantasias e os nomes nelas são irrelavantes nesse caso.

Enfim.. "tiurias"...rsrsr!

LBL disse...

Esqueci...para sustentar a teoria da Juliana de que a ilha é uma nave, é só assistir "O Dia em Que a Terra Parou".
O Monstro de fumaça tá lá...e a ilha sendo uma nave, ao ligar os motores dá o clarão, decolando no final da temporada passada!

eclipse disse...

Perfeito Episódio!!!
o Melhor Da 5ª TEmporada ate agora!!!
Acho Que a Mae do faraday é a Srta.Hawking...
e a maior surpresa mesmo foi ver o Sr.Widmore Jovem...lol

Michelle disse...

LOMBO, Jones era o sobrenome do outro "recruta" q o Widmore matou friamente.

Davi, acho q vc deveria encarar de uma vez q Ellie é a Sra. Hawking, os traços são tão parecidos, até o penteado é o mesmo! Sem contar q ela e Widmore parecem ter a mesma idade, no futuro ambos morarão na Grã Bretanha... Fora q explicaria pq Faraday se interessa e tem tantas informações sobre a Dharma, e ainda mais pq a própria Sra. Hawking sabe sobre como entrar e sair da ilha, ou sobre o papo dela com Desmond em "Flashes before your eyes"... Enfim, os indícios são mto fortes!

joão carlos disse...

o jeito da ellie fala eh meio qe o jeito da hawking de fala ..

Victor S.L. disse...

Foi um belíssimo episódio, como os outros dois desta temporada, pelo visto os roteiristas guardaram o melhor para o final, tenho pena dos que abandonaram a jornada pela metade achando que as respostas nunca chegariam, a cada episódio várias delas são reveladas.Concordo com a idéia que os passageiros do 815 foram selecionados (só os principais, os figurante deram azar de entrar no avião) e creio que ao longo dessa temporada as lista na qual os outros dividiam os passageiros serão explicadas.Como será que o Alpert adquiriu tanto conhecimento sobre a ilha e tudo que ocorre nela com os anos?Em 1954 ele parecia normal e atualmente consegue determinar inclusive para onde ela irá a cada salto temporal.Se a temporada continuar assim não conseguirei esperar tanto por um episódio.

Guilherme Peres disse...

Eu também não acho que o Richard fez a pergunta errada pro Locke no tal recrutamento.

Eu acho que o Locke não pegou o objeto certo porque isso iria alterar o passado (consequentemente, o futuro também), e a gente já sabe que, segundo as regras da viagem no tempo, isso é impossível.

Alenka Das Matas disse...

Isso mesmo... nao podemos esquecer do Richard na janelinha do hospital onde a enfermeira pergunta a Sra. Locke: "Esse é o pai da criança?" e a Sra. Locke responde: "Nunca vi essa pessoa antes..."...

Adilson Osanar disse...

Ah!! Sabem em que Universidade Stephen Hawking ingressou e o nome da cidade em que ele nasceu??rsrs!
Dou uma chance pra vcs advinharem..hhehe!

Imaginem que eu pensei: Poxa... se Desmond chegar em Oxford e achar a tal mãe do Faraday nada disso fará sentido, afinal a sra Hawking está em Los Angeles. Eis que Widmore diz: "Aqui, em Oxford?? Não a coroa do Faraday tá em Los Angeles..."

rsrsrs!

Melhor momento pra mim... me senti um cristão achando o sudário e junto um teste de DNA no me de J. Cristo dando positivo..kkkkk

..:: Katinha disse...

Ah! como é bom ver comentários articulados sobre Lost... =D

Davi, Jú, quero parabenizá-los mais uma vez pelo excelente trabalho que vcs vem desempenhando aqui! Tá cada dia melhor...

LOMBO disse...

Michelle,
o sobrenome no uniforme do Widmore era Jones mesmo, eu até botei o link de um screen q eu tirei em q aparece... o nome do parceiro dele q ele matou parece ser Cunnigham...

Eric Arantes Corrêa disse...

DAVI, LEIA POR FAVOR:

PARADOXO!!!

Não é por nada mas percebi o primeiro paradoxo nessa história de viagem no tempo.

1º Alpert só visitaria Locke porque Lock voltou no tempo e avisou que Alpert o havia visitado e mostrado a bússola. Mas quando Locke recebeu a bússola, ele ainda não havia crescido e nem ido a ilha para voltar no tempo e avisar o Alpert para visitá-lo entendem? Há uma descontinuidade temporal nisso tudo. Fisicamente falando, isto é muito importante pois remete à circularidade do tempo, à força de paradoxos. Notem como isso é grave e fantástico também! Os eventos são, devido ao paradoxo, circulares!
Mas adorei! Fantástico! Lost está cada dia melhor, ao contrário do que disse no final da terceira temporada!
Abraços!

Albano disse...

Olá.
acredito que o fato de Locke poder andar novamente na ilha após o acidente deve ter alguma coisa a ver com as viagens no tempo. Como o tempo na ilha não se pode definir, acredito que com o acidente ele tenha chegado à ilha antes de ficar na cadeira de rodas.

Larissa disse...

Em que momento Elli diz isso?

Faraday, um viajante do passado - As palavras da soldado Ellie para Faraday ("Você não conseguiu deixar isso de lado, né?"

Não vi isso em parte alguma do episódio...

Joana Menezes disse...

Olá pessoal:) Como sempre atenta ao excelente blog do Dude...vcs estão de parabéns.Não quero excluir a hipótese de a Ellie ser a mãe do Faraday, mas se realmente fosse a mãe dele, ele não a reconheceria imediatamente?? Nunca viu fotos dela mais nova ao ponto de identificá-la logo? Só isso é que achei um bocado estranho mas claro que parece apontar que ela seja a mãe dele.

Outra coisa, alguém reparou no escritório do Widmore, enquanto o Desmond falava com ele, que na parede está um quadro de pintura abstracta a dizer "Namaste"? Mais um indício de que Widmore, para além de estar com Os Outros em jovem, também esteve com a Dharma Iniciative.

Beijos e continuação de bom trabalho

Joana - Portugal

João disse...

Acho que Ellie pode ser a Theresa Spencer no passado, visto Faraday a ter reconhecido de algum lado (weird)!

allan disse...

Muito foda esse episodio...

Acredito que a ilha não esteja pulando no tempo aleatoriamente. Acho que ela está indo para alguns pontos especificos que permitam o curso correto da cronologia da ilha. O futuro só acontece porque aconteceu algo no passado. Alpert só foi até o Locke criança porque no passado o proprio foi lá e pediu para que fizesse isso. Ou seja, não tem escapatoria, tudo o que eles vão fazer, mesmo que sem querer, faz parte do curso normal da história. Não duvido que no final das contas ficarmos sabendo que os próprios foram os responsáveis pela queda do avião.

É toda uma questão de destino, um destino estabelecido que faz com que ele aconteça de uma maneira ou de outra, por mais que eles tentem impedir. Só ver a jornada de cada um para entrar no voo... Sempre acontecia algo que fizesse com que eles fossem de qualquer maneira.

Ainda acho que nessa temporada veremos váaaaaaaarias coisas que conhecemos da ilha sendo explicadas como sendo rastros DELES PRÓPRIOS na sua viagem no tempo.

A ilha deve estar pulando porque perdeu os elementos necessarios para algo acontecer, perdeu de uma maneira que não era a planejada. Então o destino está fazendo de tudo, através dessas viagens e de outras coisas, para que todos possam voltar para a ilha e darem continuação ao rumo do destino dela, para a sua salvação, algo do tipo.

Ah mto complicado não sei se consegui me expressar bem, mas estou gostando muito desse novo foco da série.

Até mais.

Rick J. Fox disse...

Essa relação entre a jughead e o cisne é meio conturbada, hidrogênio não tem muito a ver com eletromagnetismo!

Arthurzin disse...

para o eric arantes....
talvez nao seja paradoxo tudo do locke, as vezes os flashbacks que mostram a historia do locke ja estava incluindo tudo que aconteceria na ilha depois - " as viagens temporais"

nao acredito que ellie seja thereza spencer, acho mto absurdo isso,,,

deu para reparar que o jeito meio desconfiante de ellie se parece com a miss hawking msm, " fria e calculista"

Luciano disse...

Alan, acho que os outros não serão os responsáveis pela queda do avião, mas sim pela presença de vários passageiros no vôo 815 da Oceanic, porque Locke ou outro dos losties os informaram anteriormente, num dos pulos no tempo.

Rick, na 2ª temporada, o Sayid, ao investigar a estação Cisne, afirmou para o Jack que só tinha visto paredes de concreto daquela espessura em Chernobyl.

E, só pra completar, também acho que a Ellie é a Sra. Eloise Hawking, que deve ser a mãe do Daniel Faraday.

Equipe Dude, parabéns pela cobertura!!

Gabriel Caldas disse...

A jughead não tem nada haver com a escotilha isso é certo, já que o Faraday e o resto do pessoal se movimentou muito longe do local da escotilha.
A Ellie tem meio jeito que pode vir a ser a mãe do Faraday, mas tudo é possivel. Wildmore que foi demais! E o Desmond É O CARA!! Ainda bem que ele tem papel importante na trama, ele e o Faraday são os meus favoritos.

Alexandre disse...

Não acredito que a Ellie reconheça o Faraday, foi só um jogo de palavras pra causar mais mistério.

Quanto ao Faraday acho que a grande sacada é que pode ser ele + Locke que dão o pontapé inicial na história de viagem no tempo ao comunicar aos Outros (incluindo Alpert e Widmore) a respeito dessa possibilidade. Então surge a cisão do grupo: Widmore quer explorar os potenciais da Ilha e Alpert/Ben querem manter a Ilha intocada.
Não fosse a viagem de no tempo para mandar o pessoal para o passado, ninguém saberia dessa possibilidade. O que Lost explica é como tudo já aconteceu (descoberta das propriedades->Dharma e todo o resto), por isso a jornada é o mais importante.

Alexandre disse...

Pensando bem, a possibilidade de a Ellie ser a Sra. Hawking é bem plausível sim, mas nada tem a ver com a fala dela.

Adilson Osanar disse...

Sabem de uma outra coisa? Ninguém está sentindo falta de Kate, Jack, Ben, Sayd..rsrs

Teria sido este o primeiro episódio em que estes personagens, ora tidos como centrais, nem sequer apareceram??

Quero um spin off: "Lost: the Age of the Others"

kkkkkkkk

Rui disse...

Comecei a assistir Lost a menos de um ano( e por isso mesmo este será meu primeiro comentário), e fui indo alugando e alugando até que cheguei na 4ª temporada e me vi na mesma situação que todos os outros fãs: muito ansioso para a chegada da nova temporada, e encontrei o dude! enquanto procurava por novidades acerca da 5ª temporada.Não comentei no post do primeiro/segundo episodio sabe-se lá por que, mas hoje me senti inspirado a fazê-lo.


O episodio foi realmente espetacular, muitas respostas foram dadas(algumas anda resta algumas duvidas como o destino da bomba que acredito também ser a escotilha , realçada pela frase do Sayid ao ver a proteção a primeira vez que disse que quem colocou aquilo la não queria que fosse retirado de jeito nenhum, o que ainda levanta outras perguntas já que o cisne é uma instalação da Dharma e não dos Outros, ela ja existiria pré-Dharma? Widmore a "guardou" lá ao ser da Dharma? e chega que esse parenteses ja esta imenso)e algumas novas perguntas foram formuladas:
- Ellie seria a mãe de Faraday e ao mesmo tempo a Sra.Hawking?(o que acredito ser bem possível já que quando Daniel foi impedido de dizer o nome de sua mão para des tive certeza que ele diria Eloise, sendo este o nome de sua cobaia mais importante nada melhor do que homenageara a mãe)
-Se a resposta da primeira questão estiver certa, seria o fato de Dan ter citado viagens no tempo o que levou Eloise Hawking a estudar tão a fundo este assunto? já que esta mostrou saber muito sobre o assunto em "Flashes..."

Além destas perguntas um comentário mais geral acerca desta até então fantástica 5ª temporada, acredito que as viagens no tempo vã ajudar em muitos mistérios( como o black rock que ninguém se lembra) e que façam parte da "rua" de cada um dos que ficaram , as viagens são parte do destino deles.
Por último mas não menos importante o quadro já citado da sala de Widmore além de conter a palavra namaste também tem um urso polar desenhado nele mais do que prova da relação de Widmore com a Dharma.




Ps:E a Hanso Foundation onde entrará nessa?

Ana Luísa disse...

Oi Davi, oi Juliana...

Sem palavras para o episódio.. só consegui organizar as ideias depois de ler os comentários aqui no Dude.

Mas algumas coisas não saem da minha cabeça:
1 - Por que a Juliet não abre o jogo? Ela sabe muito sobre o que está acontecendo... a cara dela não engana.
2 - Se eram dois grupos de losties fugindo das flechas incendiárias, onde estão Bernard e Rose?
3 - Por que, raios, o Faraday não arranca aquela gravata?

bjs
Ana Luísa - Floripa

Pedro disse...

Bah Lost tá incrível cara...
Mas não entendi uma coisa ainda, no 2° episódio da quinta aparece o John (com outro nome) em um caixão, e lembrando que no voo original da Oceanic, tinha o pai do Jack no caixão...
Acho quase óbvio a Mrs. Hawcking ser a mãe do Faraday.
E no episódio anterior também, aparecia a Mrs. Hawcking em Los Angeles com Ben. Acho que o pêndulo que ela tentava localizar a ilha, e acho que eles só poderiam entrar na ilha em 70 horas, porque haveria uma abertura no tempo? Ou naquela contagem de horas a ilha estaria naquela localização no espaço e eles seriam movidos pelo tempo até a ilha?

De qualquer formas são teorias, e lost tá cada vez mais incrível... E o Dude também, parabéns Daví e Juliana.

michelecnunes disse...

Essa 5ª temporada está realmente fantástica! Se eu ainda tinha alguma dúvida de que os produtores fossem conseguir explicar toda essa loucura, e que fosse fazer total sentido, isso acabou após o 1° epi da temporada. É uma trama muito bem costurada! E depois desse então! Quase tive um treco qdo acabou, pensei: mas já?!!!

Concordo que seria muito estranho se Ellie fosse mesmo a mãe do Faraday e ele não a reconhecesse de cara, mas acredito nessa possibilidade.
Assim como ela ser a mãe da Charlotte, e pq não?! Charlotte tem uma forte ligação com a ilha e está ali para entender suas origens. Acredito muito na possibilidade da Ellie e do Widmore terem tido um caso na ilha que resultou em um filho. Mas só o que podemos ter certeza é de que Ellie tem um papel importante na trama, principalmente qdo Faraday disse que ela parecia familiar.

Acho que o Widmore não estaria "bancando" a Teresa por bondade, só porque deu alguma coisa errada com o experimento que ele financiava. Algum interesse maior ele deve ter! De repente ela sabe de alguma coisa importante relacionada com as viagens que fez (ou ainda faz!) pelo tempo.

Acho que a Russeau e sua equipe ainda vão ter muita importância na série e sua história pode explicar várias coisas relacionadas com a mitologia da ilha.

Bem, é isso! Esse epi foi tão bom que finalmente criei coragem para deixar um comentário aqui! =D

Davi e Ju, parabéns pelo blog! Tudo o que preciso saber sobre Lost está aqui sempre!

bittersoda disse...

nao sei se já foi comentado acima, pois nao li todos os comentários, mas pensei na hipotese de widmore ter financiado daniel faraday por esse episodio na ilha, pois daniel assume para um dos outros que ele veio do futuro...

talvez seja meio tolo de pensar, mas acho q widmore foi obrigado a girar a roda e por isso ele nao consegue encontrar a ilha, e pois isso richard vive indo e voltando no tempo... vai saber!

Ellen Gibb disse...

Gente, esse foi o melhor episodio de todos os tempos na minha opiniao!

O Faraday dizendo a Ellie: 'Vc me lembra muito uma pessoa', acho que aí temos alguma coisa.
Outra coisa, a Ellie nao achou viagem nenhuma o Faraday dizendo q ele era do futuro, parece q ela acreditou nele de cara, mais alguem percebeu isso?
Nao acho q a bomba estivesse envolvida no concreto da escotilha cisne, afinal, se ela explodisse, a ilha inteira explodiria... entao deve ser em outro lugar.

Putz, agora sabemos que o Widmore foi um dos outros, q deve ter tido ciume do Ben. E agora, a Penny nasceu na ilha ou fora dela?

Agora uma coisa q eu pensei, sera q o Des nao deixou de digitar os numeros de proposito para q o aviao caisse ali, tipo, algum aviso do futuro, tipo da senhora Hawking?

Agora da pra criar teoria q nao acaba mais!!!
MARAVILHA, qria um clarao agora pra chegar logo 4ª feira q vem!!!

Ellen Gibb disse...

E se a Charlotte for filha de Widmore e foi mandada para fora da ilha junto com ele? E fora da ilha ele se livrou dela por algum motivo, por exemplo, a colocou em um orfanato para ela ser adotada por outras pessoas, mas que em algum momento ela descobriu q tinha nascido numa ilha e foi em busca do seu passado???

Q viagem!

manel disse...

Eu tava assistindo o ep.03 agora d novo, e reparei em uma fala entre o Desmond e o Widmore.

O Desmond diz a seguinte frase pro Widmore:

"Então imagino que (você) deva saber de algo a respeito de seu parente mais próximo".

O que será que o Desmond quis dizer??

da uma luz ae Davi

Adilson Osanar disse...

Lembrei de mais uma coisa:

Quando num dos 2 primeiros episódios questionaram Faraday sobre viajem no tempo, ele fez questão de frizar que estudou sobre isso durante "toda a vida adulta." E durante a juventude? Será que ele esteve próximo do assunto assunto de outra forma, como ouvindo histórias ou vendo outra pessoa estudar sobre isso, vindo daí o interesse na vida adulta??

Sobre o concreto, temos que lembrar que em áreas afetadas ou que possuam recipientes de materias radioativos, ele serve pra evitar a exposição a essa radiação. A bomba tinha um vasamento que segundo Faraday não poderia ser contido!!!

Mas tbm enchergo um paradoxo aí: Se nada ia mudar, de que adiantaria Faraday dizer q "ele era a única chance deles para desarmar a bomba"? Pra que faça sentido vou me por a acreditar que ele quis enganar Ellie.
Por essa mesma razão, acho q ele evitou chorar e dizer "MAMÃÃEE!!" Talvez ele soubesse mas tentou ocultar isso... a expressão dele ao encontrá-la pela primeira vez pode indicar isso.

Meu, o cara esbarrou em Marvin Candle/Hlliwax, viu a pré-Orquídea e sabe lá jacob o que mais... Ele já sabe as implicações de viajar no tempo e o que ele pode encontrar lá. Ele tem um caderno cheio de anotações da Dharma...

E Widmore?como enriqueceu assustadoramente?? Ele não é pouco rico, gente. Pra quem era um The Other sem dinheiro... será que ele vendeu terrenos na Ilha enriqueceu e depois saiu??rsrsrs:P

veremos

rafinha disse...

O princípio da viagem no tempo de Lost é igual a tantos outros, como em A Máquina do Tempo, que o protagonista tenta salvar sua mulher, mas ela sempre acaba morrendo de outro jeito. Em Lost é a mesma coisa, caso Sawyer tivesse acertado o tiro e matado Widmore o que aconteceria? A ação que nós conhecemos não aconteceria mais? Acredito que não, acredito que se Widmore tivesse morrido, outra pessoa assumiria o papel de Widmore, como um megalomaníaco impaciente e dominador que teria uma filha que se apaixonaria por um Desmond.
A Sra. Hawking impediu que Desmond pedisse Peny em casamento, mas eles se casaram anos depois, o destino deles era esse, assim como é o de Locke de ser líder dos outros

lucas disse...

Pra mim Ellie é sim a Sra Eloisie Hawking, e tem grandes chances de ser a mãe de faraday, mas também fico pensando em quem é seu pai, seria widmore? acho que não. Acho que widmore financiou faraday porque ele já sabia que faraday iria pra ilha, quem sabe ele não teve boas intenções pois ele sabia que faraday poderia desativar a bomba. Agora quanto a jughead estou relutante em concordar que ela tenha alguma coisa a ver com a estação cisne, faz muito sentido, explicaria o isolamento da escotilha, o concreto que a envolvia, mas porque ela IMPLODIA E NÃO EXPLODIA?

Dagoberto disse...

A ELLIE EH A MS HAWKING
eh o unico jeito de ela ter reconhecido o filho dela Daniel Faraday

Haragutti disse...

Nao sei se alguem levantou essa questão...
Porque que naquele momento da história o Richard tava todo arrumado, com barba feita e cabelo cortado, enquanto anos no futuro quando encontrou o Ben ele estava maltrapilho?
Seria um disfarce, ou a Dharma provocou aquele estado?

Lord Grigoriy disse...

a respeito de Ellie ter falado algo como se conhecese Daniel Faraday, eu nao vi nada indicando isso na fala entre os 2.

Lord Grigoriy disse...

A respeito de um comentario feito no ultimo dude cast

sera que os numeros 4 8 15 16 23 42
que indicam 6 constantes não seriam numeros indicando as constantes q faltam na ilha, os oceanic 6?

Arthurzin disse...

manel... o desmond fala sobre o parente mais proximo de faraday ^^ no caso a mae dele... nao tem nada de especial...

e outra, ellie nao reconheceu fadaray,se tivesse reconhecido ficaria mais claro, aquilo foi soh um jogo de palavras para intrigar.

brenniin disse...

tbm acho q ellie não reconheceu o faraday, e tbm tô nessa q a Sra. Hawking eh a mãe do físico, muita doidera...

Daniel disse...

Será que a Ellie é mãe do Faraday?[2]


Se for comprovado o óbvio, q a Sra. Hawking é mãe do Faraday, então não tem como ele ser um viajante do tempo. Qdo Ben a encontra em L.A, já é "atualmente". Para ela ser mãe do Faraday e o Faraday ser um viajante "ao contrário" (ele é dos anos 50 e viajou pros anos 2000), cronologicamente, não teria como a Sra. Hawking ser mãe dele. Afinal, se ele já aparenta nos anos 50 ter seus 30 e poucos anos, sua mãe hj seria muitoooooo muitooooo velha.

Ou eu to viajando?

James Bronson disse...

Olá, casal!!
Já que a nossa missão é trazer viagens e associações para que vocês, com o brilhantismo de sempre, possam depurá-las, aí vai..

Vejam com carinho...

Nesse momento estou vendo o Jughead, e minha namorada, ao lado vendo "Deus Ex Machina", décimo-nono episódio da primeira jornada dos losties.

Estamos em tempos diferentes da saga, mas um clarão me tirou da tela do PC onde tinha Jughead e me jogou pra uma cena de "Deus.." que me arregalou os olhos..

Nele, o Locke tem uns sonhos, e visões confusas, e nela uma frase louca que ele ouve da própria mãe : "THERESA ESCADA ACIMA, THERESA ESCADA ABAIXO."

Lembra o recente sonho do Brotha com o Daniel na porta da escotilha.

E em Jughead ficou claro que uma tal Theresa Spencer ficou em estado catatônico após experiências físicas-temporais de Faraday, indo e voltando no seu tempo (consciente ou não). Nao se pode afastar a hipótese dela ter viajado pra lá e pra cá, e o nariz dela ter digamos, uma forte capacidade de não sangrar (sic...).

Já deixei de acreditar que qualquer associação dessas em lost, independente da temporada possa de fato ser viagem (das de maionese, no caso, não das de tempo).

O fato é que no episódio "Deus ex machina" o Locke-2004 tem visões de coisas que ele só acabaria de fato vivenciando no "Futuro do pretérito" em que ele vai se meter na quinta temporada. Ele tem também, por exemplo, um flash do avião do Yemi caindo em um sonho, o mesmo em que martela na mente careca a frase "Theresa escada acima, Theresa escada abaixo", que sugere de fato, idas e vindas, ok?

Bom fica aí a viagem!! O resto é com vcs!

Parabéns pelo blog!!

abraços,
Eduardo Magalhães /RIO

Kadú disse...

Chocado!

Sem dúvida um dos melhores episódios de toda a série! Isso servirá pra calar a boca de quem andava dizendo que Lost havia perdido sua "magia" ou que os produtores estavam escrevendo episódios sem rumo.

É até difícil de comentar alguma coisa depois de um choque desta magnitude. Preciso digerir o episódio antes de falar qualquer coisa.

Galera do Dude, mais uma vez parabéns! A descrição do episódio foi perfeita!

allan disse...

rafael, não acho que seria possivel acertar o tiro no Widmore. Sempre aconteceria algo para impedir que isso rolasse. Nem que fosse arma falhando ou outro salto temporal.

Rodolfo disse...

sensacional
lost eh foda !!
pensava que a série não era mais lá essas coisas
mas depois desse último episódio mostrou que realmente eh !!

Jordanna Christina disse...

É impressão minha ou a mulher (em Oxford) que diz a Desmond que "Daniel Faraday" não consta nos registros é bem parecida com uma das aeromoças do vôo 815... aquela que o Hurley abraça quando ela dá um 'jeitinho' dele entrar no avião... sei lá... me lembrou ela...

-Beto disse...

acho que a Bomba não tem nada a ver com a Cisne, hein.
quando o Desmond vira a chave, o que acontece com a bomba? certamente teria causado um belo estrago na ilha..
além de ser meio longe da Vila até a Cisne, e uma bomba daquelas tem q ser transportada com mto cuidado..

Bernardo disse...

ai nem li os comentarios(daqui dessa janela), acabei de ver o episodio, e tenho um palpite

achu que a estatua com 4 dedos pode ser onde eles colocaram a bomba =O

lucas disse...

A DAniel
Não tem nada a ver o fato de alguém ser viajante do tempo não poder envelhecer. Ellie pode ser sim Eloisie, e faraday pode muito bem ter nascido no futuro, não quer dizer que um viajante no futuro não pode envelhecer, pode simplesmente ser que eles apareçam em diferentes épocas, como bem lembrado richard já apareceu com uma aparencia diferente quando bem era criança...
Àquela altura(de jughead) deu a entender que ninguém da ilha sabia das viagens do tempo, pode ser que eles ainda não tenha sido afetados, quem sabe não é consequencia da jughead.

Lilica disse...

Eu tenho a impressão que a relação de Daniel com Charlotte é bem diferente do que estavamos pensando.

Pra mim Faraday é pai de Charlotte.

Qdo ele diz que é apaixonado por ela , me pareceu bem fraternal. E em nenhum momento ele tentou algo com ela.

Numa dessas expedições à ilha, ele se envolveu com a mãe de Charlote , que provavelmente seria uma descendente da soldado.

Sei lá se tô pirando, mas isso me pareceu bem provavel.

Renato disse...

Pessoal,só uma correção.....se Locke pediu a Richard ir visita-lo,isso não ocorreu 2 anos depois dele conversar com Richard,até porque Locke tinha acabado de nascer,e como o Richard iria fazer uma pergunta a um bebe.Entao essa visita de Richard a Locke ainda crianca deve ter ocorrido depois de uns 5 ou mais anos.

Ana Luísa disse...

Acabei de rever o episódio e notei algo que não tinha percebido antes...
Qdo o Faraday está falando para a Ellie sobre ser do futuro, um pouco antes do Sawyer aparecer e interromper a conversa ele falou o seguinte:
"daqui a 50 anos a Ilha ainda existirá, estará tudo bem, e você..."

O que será que ele ia falar sobre a Ellie? Depois disso comecei a achar que realmente ela pode ser a Sra. Eloise Hawking...

bjs

-Beto disse...

pensando bem, a bomba podia sim estar na Cisne.

mas ela não era realmente uma bomba de hidrogenio, por isso não explodiu.
era na verdade uma ferramenta de busca.
com algum chip rastreador, que enviava as coordenadas da ilha à quem a enviou.

como foi colocada na Cisne, com aquele magnetismo todo, pode ser que seu 'efeito' tenha sido anulado, e não era possivel encontrar a ilha.

com o Desmond virando a chave, implodindo a estação, ele, Locke e Ecko sairam de lá vivos, mesa de pingue-pongue praticamente inteira, porque a bomba também não escapou?

sem o magnetismo atuando, agora ela funcionava, e a ilha como o Ben disse se tornou visível ao mundo exterior. Widmore quando jovem certamente sabia da onde aqueles soldados eram, e quando saiu da ilha e se tornou mais poderoso e influente, se aliou àquele exercito e conseguiu a localização exata da ilha, o resto todo mundo sabe..

hehe, só minha teoria.

Rafa Keeper disse...

U-A-U! Agora sim um episódio digno de receber um voto "EXCELENTE". Esse episódio colocou o Because You Left e o The Lie no chinelo. PQP!

- Widmore é um Outro!
- O filho de Desmond Penny recebeu o nome de Charlie.
- Jughead era a bomba.
- Sawyer teve ótimas tiradas nesse, haha: "Cidade maluca", "procurar o nerd".
- E Miles obersando Daniel precoupado com a Charlotte: "Eu estou ótimo Também". Huahsuahsuahushauahua

O melhor dos 3 até então: 5x03!

maninha disse...

Esse negocio de militares..lembrei do canivete q a ana lucia usou para cortar a manga com o goodwin...eu nao lembro exatamente oq ela falou...mas ela disse q aquele canivete deveria ter sido fabricado uns 20 anos...será q os militares nao estiveram apenas uma vez ali?

Rodrigo disse...

Eu não vi a Ellie falando aquilo pro Faraday não! Até procurei de novo mas não achei. Que horas foi isso?
Obriado.
Muito bom os comentarios.

GABRIEL disse...

Quando foi publicada a lista de atores convidados do ep 5 "This place is dead" foi revelado o nome da sr Hawking , q é Eloise certo ?
Eu desconfio q Ellie é nada mais nada menos q Eloise Hawking qndo era mais jovem , e q ela possa sim ser a mae de Faraday .
Por isso uma hr q estao os dois , ele disse q Ellie é lhe parece familiar...

Isso é só uma teoria , mais acho q faz sentido...

Marcelo disse...

Acho que a roupa que Widmore (e alguns dos outros) está usando na ilha é um uniforme do exército, pertencente aos soldados mortos. Percebam que eles carregam rifles do exército americano provavelmente tomados dos mesmos soldados.

Sabrina disse...

O mais intrigante pra mim é que Richar deu a bússola pro Locke, pra ser um sinal de que Richard conhecia Locke.
Mas não adiantou nada, Locke mostrou a bússola, explicou tudo pro Richard e ele continuou não acreditando, tanto que não explicou ao Locke como sair da ilha.
Acho que Locke foi extremamente burro de não ter pego a bússola da mão do Richard na hora do clarão, ele pode precisar dela depois.

Outra coisa muito legal, é como alguém já comentou, que o Locke se sente líder dos Outros, mas não sabe lhufas a respeito da ilha, rs. Já reparam que é sempre ele que faz as perguntas que nós espectadore vivemos fazendo?? [o que é o monstro de fumaça? quantos anos tem o Richard? etc.]

Aliás, melhor momento pra mim foi Locke perguntando pra Juliet a idade do Richard, rsss.

Realmente parece que tá na cara que a Ellie é a mãe do Faraday que é a Mrs. Hawking... mas ainda tô com a pulga atrás da orelha, pq Lost não costuma deixar a gente concluir nada, surpreende e pronto. Se a Mrs. Hawking for a mãe do Faraday e a Ellie, vai ser até sem graça. [pelo menos eu gosto muito mais quando penso "caralho, por essa eu não esperava" do que quando penso "rá, eu sabia!".

Agora, sobre paradoxos. Os produtores vivem falando que planejam tudo certinho pra não criar paradoxo e tals, mas pra mim teve paradoxo desde "The Constant", quando Faraday mostra a experiência com a ratinha [eloise, hehe].
Pensem comigo: a ratinha tá lá de boa, ainda não aprendeu o caminho do labirinto e o Faraday manda ela pro futuro. Ela vai pro futuro e quando volta já sabe o caminho do labirinto pq o Faraday teria ensinado, faz o caminho direitinho. Até aí, ok. Mas se ela já sabe o caminho o Faraday não ia perder tempo ensinando certo? E se ele não ensinou então a rata do futuro não aprendeu o caminho e não poderia ter voltado ao passado sabendo o caminho. Isso é paradoxo gente, é o mesmíssimo que tentar matar o seu avô.

Danilo disse...

Caraca que ep. Ainda estou atonito com tudo que vi e ansiso pelo que virá!!! Cada ep. comprova que o Faraday é um personagem essencial a Lost(os nerds salvarão o mundo). É legal ver que os trocadilhos e apelidos do James ainda me rendem boas risadas! Tadinho do Locke, sempre querendo ser líder, e agora um líder sem ninguem pra segui-lo kkkk, ele poderia ter feito algo de útil e ter atirado no Wildmore. E o Richard(Matusalém) mais velho que ele só o Jacob rs. Este ep. encaixa perfeitamente com o ep. do nascimento do Locke, vou até reve-lo. E o Des, realmente ele é especial e necessário tbm para a qualidade da série. Só acho que tá faltando mais respostas sobre o Walt, cade ele?? Acho que já tá claro que Ellie=Mrs. Hawking=mãe do Faraday
O lance da bússola com o Alpert, tem have com a dúvida que pode ter existido nele sobre o Lock dizer que era líder dele, por isso foi tirar suas conclusões com o jovem(bem jovem) Locke e para ele, a bússola realmente parece ser um objeto do Locke, já que o mesmo o entregou. acho que agora fica bem claro que com estas viagens no tempo, muitas das coisas que vimos durante todas as temporadas podem ter sido obra dos próprios Losties, tipo algo que sempre me chamou muita atenção, código para desativação da estação Dharma(Espelho) ter sido criada por um músico e ter usado uma música que o próprio Charlie conhecia, será que não foi ele mesmo quem programou aquela estação??? Caraca quanta coisa!!! Vamos expor idéias!!
E vamos mais pra dentro da ilha!!!

Polenguiño disse...

O que não se pode esquecer é que o momento que o Ben conversa com a Srta. Hawkins se passa 3 anos depois do começo das viagens temporais dos losties na ilha.
Será que todo esse tempo que os Oceanic 6 ficaram de fora da ilha, na verdade não vão contar nada para os que ficaram lá? Talvez quando eles pararem com a viagem do tempo eles parem nos 3 anos depois do começo da viagem.

Só uma idéia que tive.

uilhao disse...

Os clarões respondem muito mais coisas...

Quando o avião caiu na ilha houve um clarão também? Ou não? se sim isso explica porquê John Locke voltou a andar e o pai do Jack "ressuscitou".

Quando a estação Cisne explodu pode ter havido um salto temporal para um futuro distante, pois também houve o clarão. Isso pode corroborar a tese de que a bomba estaria atrás da grossa parede na escotilha. O salto temporal seria uma forma de fazer com que os losties e Des não morressem com a explosão e explica também a cratera que aparece após o clarão.

=]

Hugo disse...

È impressão minha ou não passou a parte da promo em que a Charlotte diz "this place is dead" ?

Vina disse...

Na boa, mas esse episódio foi bem meia-boca. Dos 3 que saíram é o pior. Temos novos detalhes da vida e dos relacionamentos de cada um mas a história não andou pra nenhum lado. To vendo que vai rolar um embromation a exemplo da temporada 3.
ViniciusSS

Bernardo disse...

ai to com uma grande duvida, o faraday diz pro sawyer que o Desmond nao pode atender pq eles já se conheceram no futuro, certo tudo bem intendi isso..

Mas vamos aos fatos, se esse tipo de coisa nao pode acontecer, como o Richard Alpert pode conhecer o Locke la em 61 qnd ele tinha 5 anos???

Para o Richard Alpert tudo vem conheceu o Locke la em 54
Mas e para o Locke ele conheçe o Richard com 5 anos e depois com 48??

O que importa intao na verdade nao é a pessoa conhecer na sua idade, o que importa é na Linha do Tempo, porque se levarmos para a linha do tempo faz sentido os 2 se conhecem em 54 e depois se reencontram em 61.

Espero que seja assim porque se nao for eles vao se contradizer..

LOLLLL

se alguem concordar comigo ou tiver outras ideias postem ai =D

ursaminor disse...

De acordo com as informações do Ben
(S04E02 "Confirmed Dead") Charlotte nasceu em Essex, Inglaterra em 1979, pais: David e Jannette. E Charlotte não questionou esta informações do Ben. Então Ellie não deve ser mãe de Charlotte.
Então por que só a Charlotte está sofrendo efeitos da ilha?
Qual a ligação dela com a ilha?

André disse...

Muito bom episódio, os fatos principais já foram comentados..mas uma idéia me veio aqui..

E se Lost acabar como começou? nessas idas e vindas eles acabam causando a entrada das pessoas especificas no 815, para todos voltarem e a ilha voltar ao normal...e toda a série é um graaande ciclo!

Não impossivel!


Abraços e que quarta chegue logo *-*..rs!

Davih disse...

Eu ainda me impressiono com a capacidade do Richard de prever para quando o "clarão" vai levar os viajantes do tempo, sendo que para o proprio Faraday, perito (até onde se pode alcançar o status dessa palavra nos seus estudos e vivencia na ilha)as mudancas de tempo eram aleatorias...

Rodrigo disse...

Tenho certeza que Jacob é um desses três:

Jack
Vincent
John Locke

Não riam !! Siplesmente assistam a série e se lembrem deste comentário.

Rodrigo

Adilson Osanar disse...

caraca.. de forma geral isso vale pra todo mundo mundo que achou ruim esse episódio:

Sim! Temos o direito de não gostar de qualquer coisa, por mais que seja unanimidade que determinada coisa foi boa.

falando de Lost, imaginem vcs, escrever um roteiro em que tudo (até o momento) faz algum sentido, determinar isto com uma antecedência de 4 ou 5 anos, escapar dos obstáculos, crises e evasão de elenco e oscilações de audiência e conseguir manter a qualidade e um eixo lógico na história....

Numa série como Prison Break, por exemplo, existe uma trama clara, que ao se fechar a série morre. Mas em Lost, a diversidade de tramas inseridas num mote principal aumenta o desafio e a dificuldade de manter a qualidade.

Enfim... houveram as partes ruins ao longo da série, mas que Jacob tenha piedade daqueles que não enxergaram a magnitude das revelações dessa 5ª Temp. Sejamos racionais, mas também menos exigentes.

Lost, ame-o ou deixe-o..rsrs!

lcattapreta disse...

Faraday pode ser o nome de solteira da sra. Hawking, aí ela teria outro nome em Oxford quando o Desmond foi procurá-la.

Douglas disse...

noossa, episódio excelente!!!!!
e parabens ao blog, muito bom por sinal.

E sobre o episódio, creio q a Sra. Hawking é a mão de Faraday, pois somente ela sabe sobre mudanças na ilha e consequentimente sobre viajens no temp, msm area do nosso físico. E sobre Sra. Hawking e Ellie serem a mesma pessoa tenho minhas dúvidas, mas não descarto essa hipótese.

Poliana disse...

Adilson Osanar e GABRIEL: sem spoilers, por favor!

Auad disse...

Locke viaja para 1954, encontra Richard, lhe entrega a bússula e diz que é líder deles e vai nascer em 56. Richard, vai em 56 e 61 visitar o seu "futuro" líder e fica frustrado com isso.

Com base nesse acontecimento, vocês não acreditam que Locke virou líder dos Outros por acaso? Assim como o Daniel inseriu uma nova lembrança na cabeça do Desmond, Locke fez o mesmo com o Richard, mudando toda a vida de Locke e o transformando em líder dos outros...

Tá, tá, eu sei, falar de viagem no tempo de dá abertura para muitas coisas, mas me parece que o Locke não é especial o suficiente para ser líder, ele apenas se fez líder...

griin disse...

quero ler todos esses comentários quando tiver um tempo de folga

mas o primeiro comentário: esse episódio foi sensacional!! A 4a temporada foi mto boa, mas esse episodio pode ter sido o melhor desde o final da 3a temporada...

adoro quando Lost conta a história da ilha, das pessoas envolvidas, sempre aparece algo surpreendente

griin disse...

acredito que a ilha, além de viajar no tempo, de certa forma ela muda de localização varias vezes.

Se a ilha começou a ser usada para pesquisas, ela pode ter sido mudada de lugar justamente para proteger as pesquisas. Assim, Wildmore, depois que saiu da ilha, não tinha como encontrá-la, pois ela se move. Outra coisa: após Ben girar a roda, a ilha começou a pular no tempo. O primeiro clarão que gerou, o pessoal do helicoptero já não viu mais a ilha. Ou seja, já no primeiro clarão a ilha se moveu no tempo, em alguma data que a ilha estava em outra localização, por isso ela sumiu do local onde estava visível ao helicoptero e por isso Sawyer e Juliet não viram mais o navio pegando fogo... E com certeza a ilha se moveu para o passado, pois Faraday logo disse que o acampamento nao teria sumido, ele nao teria sido construido ainda...

Diogo Griin
Curitiba-PR

SUYANE disse...

Episódio esclarecedor! Como já comentado, realmente ninguém sentiu falta de Jack & Cia.

Fiquei boquiaberta e muito feliz ao ouvir "Your name is Widmore? Charles Widmore?" Isso confirma o que sempre pensei sobre ele, pois há bastante tempo tenho a teoria de que ele quer encontrar a ilha para voltar para lá, vide 4x09 - The Shape of Things to Come.

Quanto ao motivo de sua saída, tenho algumas teorias e até já comentei que achava que ele havia saído por ter “movido” a ilha em algum momento no passado e assim como Ben falou, quem mover a ilha não poderá voltar. Davi e Juliana, por favor analisem. Vejamos:

1.Os acontecimentos deste episódio mostram um Widmore jovem e muito arrogante. Ele provavelmente foi, por um período, líder dos outros e talvez, por algum “incidente” teve que mover a ilha deixando seu lar e a liderança com Ben e por isso, está tentando voltar a todo custo. Isso faz sentido diante de suas palavras em 4x09, quando diz que tudo o que Ben tem, Ben tirou dele, e ainda quando grita que a ilha é dele, sempre foi, e será de novo; e então Ben diz que ele nunca vai encontrá-la, ao que Widmore responde que “a caçada começou... para ambos”, já que Ben também quer voltar para a ilha.

2.Uma outra possibilidade seria Widmore não ter sido líder, mas ter perdido uma provável liderança que almejava para o DHARMA Ben (terá sido quando Ben ajudou a exterminar os DHARMA, incluindo seu pai, assim como Locke teria que fazer?), e com raiva, provocou alguma atitude que o levou a sair da ilha com ódio de todos, principalmente Ben (afinal, tudo o que Ben tem, Ben tirou dele), por isso quer voltar para a ilha para recuperá-la, mas quer matar a todos que lá estão.

3. Sempre achei que Widmore, Sr. Paik e Christian Sheppard estavam relacionados e a semelhança entre Locke ter que voltar, dentro de um caixão, e o pai de Jack ter ido (ou voltado) para a ilha (e estar “muito bem, obrigado” por lá) dentro de um caixão são muito sugestivas! Será que o papel de Widmore no passado foi semelhante ao do Ben (sendo líder dos outros, movendo a ilha, saindo, querendo voltar) numa época em que Paik e Sheppard estiveram por lá e conseguiram sair (assim como seus filhos Sun e Jack) e depois quiseram ou precisam voltar (será por isso que Christian também bebia tanto?), todos eles, nem que seja com um deles em um caixão?

E quanto à Charlotte, desisto da idéia dos efeitos serem por ela ter nascido por lá (será que as grávidas morriam nesta época?) e estar simultaneamente na ilha como criança e como adulta, já que, como agora sabemos que era 1954, eles voltaram muito no passado e ela é bem mais jovem que isso. Penso agora que pode ser porque sua mãe Ellie, saiu de lá tempos depois, juntamente com Widmore& Cia, grávida, para não morrer e conseguir ter o bebê fora da ilha. Agora que Charlotte está na ilha, os efeitos de sua gravidez incompatível com o local estão se manifestando. Seria Widmore seu pai? Seria Faraday seu irmão? Viajei na maionese ou pode fazer sentido?

regis disse...

eu acho q theresa é a menina que deu um boneco ao Ben menino e ela ficou com a boneca,,

Rodrigo disse...

O ultimo episodio de Lost será o primeiro. Anotem.

gutoBack disse...

Me veio em mente agora que Faraday nao pode ser alguem que veio do futuro, pois o lugar onde ele fazia as experiencias estava abandonado, significando que ele esteve ali em um passado.. Posso estar errado mas é uma teoria :P

Morris disse...

Sobre visita de Richard na casa do pimpolho Locke:

A pergunta foi "qual desses objetos já lhe pertence?" obviamente Locke não pegou a bússola... ela é do Richard e não dele...

Sobre memórias de interferências no tempo:

Já que quando o Faraday falou com Desmond no passado, esse último só obteve a memória disso naquele momento específico, isso não deveria acontecer com Widmore, Richard e qualquer outro que receba interferência no passado? Tipo, quando Locke se apresentou ao Widmore, seguindo a lógica do caso Faraday/Desmond, nesse mesmo instante Widmore deveria se lembrar de um fato novo também...

Acho que eu preciso de mais espaço pra me explicar... anyway, parabéns pelo trabalho incrível da galera do Dude!

lucas disse...

Pra min Ellie, tem q ser sra.Hawking, e é a mãe de Faraday..

Vitor disse...

Excelente episódio!!A parte que mais gostei foi a explicação que deram ao fato de Richard Alpert ter ido visitar Locke quando garoto. Sensacional!!

Obs: Sei que não tem nada ver, mas ontem estava vendo um especial de Lost na AXN, que mostrava um resumo das três primeiras temporadas. Aí apareceu aquela cena em que a mãe de Benjamin morre no parto do filho.
Logo lembrei do filme "O Curioso Caso de Benjamin Button". A mãe do estranho menino morre no parto e mais tarde é dado o nome de Benjamin para ele.

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

Poxa só consegui ver o ep hj, pq meu pc tava bichado foi horrivl esses dias q fiquei sem pc heheh.
mas então eu achei muito bom esse ep!!!!!Achei q a mãe do faraday iria se revelar nesse ep, mas é bom assim cria mais suspense embora eu tenha certeza q a mãe de faraday é a Sr Howking!! =]

Andre disse...

Galera, posso estar viajando na maionese, mas alguém ai já pensou na possibilidade da nossa querida ilha ser Atlântida??
.
- Os "nativos" falam latim. (a mesma lingua em que foram escritos os primeiros textos sobre ela)
- Ela apresenta tecnologia desconhecida (como aquela roda que ativa o deslocamento temporal e o monstro de fumaça).
- A lenda original diz que ela desapareceu no mar (da mesma maneira que vimos a ilha sumir no final da quarta temporada).
- Em diferentes mitologias é atribuida à Atlântida a capacidade de viajar, sendo até mesmo chamada de A Ilha Voadora.
- Atlântida também era famosa por suas defesas, como um muro de água que defenderia a cidade. Aqui eu posso estar viajando MUITO, mas podemos até comparar essa descrição com a daquele muro sônico que protege a vila dos outros.
- O templo e aquela estátua de 4 dedos (será que ainda vamos ouvir falar dela outra vez??) poderiam ser restos da Atlântida original.
- As mitologias de Atlântida sempre a colocam como um lugar de muitos recursos e cobiçado e que ao mesmo tempo vivia se envolvendo em guerra com outros povos. Será que a nossa guerra Outros X Dharma X sei lá mais quem também não poderia ser algo beeeem mais antigo? (aqui acho que posso estar viajando pesado de novo)
.
Quanto mais penso na idéia, mais acho ela plausível.
O que vocês acham??
.
Abraço e continuem com o ótimo trabalho!!