30/10/2008

5ª temporada: Um caminhão de rumores bastante curiosos

ATENÇÃO! Este post traz rumores divulgados pelo DarkUfo que descreveriam pelo menos 3 eventos de muito peso da nova temporada. Embora não confirmadas, vale o aviso de que essas informações podem se configurar como spoilers quentíssimos futuramente.

Não sabe se lê ou não? Então fica a dica de que os rumores falam sobre Kate, Hurley e Sayid e uma sequência de acontecimentos da ilha bastante bizarros envolvendo Locke, Alpert...

CLIQUE PARA LER

    Dois eventos fora da ilha:

    Sayid está paranóico. Ele vem derrubando associados de Widmore que por sua vez contratou alguns assassinos para encontrar o iraquiano. Sayid e Hurley estão num carro que é atingido por tiros. Sayid escapa dos atiradores e diz a Hurley que Ben preparou um abrigo para eles nas proximidades. Os dois entram no lugar e lá dão de cara com um casal de contratados de Widmore que já os aguardavam. Sayid parece conhecer a mulher com já teria se envolvido antes. Sayid é baleado por ela, mas consegue imobilizá-la deixando-a inconsciente enquanto Hurley 'cuida' do homem (essa pode ser a parte rapidamente mostrada no vídeo promocional). O dude então ajuda Sayid a sair do local e o iraquiano diz a Hurley para esperar um pouco enquanto pega um pequeno transmissor GPS. Ele então encontra o celular da mulher e substitui a bateria com o transmissor.

    Em Los Angeles, Kate recebe a visita do oficial de justiça responsável por sua condicional. Aparentemente ele recebera uma dica de uma misteriosa fonte que indicava que Kate pretendia sair do estado o que é proibido pela condicional. Ao ver as malas de Kate ele conclui que ela realmente pretendia sair e a algema enquanto Aaron sai de seu quarto observando toda a cena. Ela pede desculpas ao garoto e começa a chorar. O oficial então diz que vai entrar em contato com o Serviço de Proteção à Criança que cuidará de Aaron. Kate então, ainda chorando muito, é levada para fora da casa na direção do veículo. Ouvimos um tiro e o oficial cai. Kate olha ao redor incrédula sem entender o que acontecera, e pega a chave da algema e ao se libertar procura pelas chaves do carro dele. Ela encontra uma carteira de identificação e percebe que o cara não é agente de condicional, e que deve trabalhar para Charles Widmore. Kate e Aaron partem e ela fica pensando sobre quem seria o atirador que a salvara. (Essa cena aparentemente casa com aquela do promo onde Kate, depois de pegar uma arma, diz a Aaron que eles iriam viajar.)

    Acontecimentos na ilha:

    Locke é capturado e atingido por uma flecha. Dentre os elementos antigos que essa temporada irá explorar, está a geração dos habitantes originais da ilha. Eles estão morrendo e seu número é tão reduzido que já dá para contar nas mãos quantos eles são. Esse povo foi acometido por uma doença desde o momento em que um novo grupo de pessoas chegou à ilha e os massacrou. Eles não fazem parte do do grupo de Richard Alpert, cujo grupo está separado. Esses dois grupos no entanto, co-existem pacificamente e tem uma LONGA história. Alpert fazia parte do grupo dos habitantes há muito tempo atrás e meio que acabou formando seu próprio grupo depois. Ao tentar fugir de seus captores, Locke acabou rompendo o período de paz. E pior. Na fuga ele acaba matando Bonami, que era o irmão mais novo de Asim, e termina sendo recapturado. Asim está enfurecido por causa da morte de seu irmão e diz que vai se vingar e leva Locke para seu acampamento. Os habitantes da ilha acham que Locke está juntos dos grupo de 'pessoas ruins' e que ele seria o 'homem mau' que uma mulher via em suas visões. Não se fala quem seria a tal mulher, mas esse grupo tem desenhos antigos em cavernas que mostram a imagem de alguém com uma flecha encravada na coxa e eles acreditam que essa pessoa seja Locke e tem certeza que ele vai causar uma série de distúrbios na vida deles e da ilha. Tendo isso em mente, eles decidem que precisam matar Locke. Alpert observa à distância, tomando cuidado para não ser visto. Quando Asim se prepara para matar Locke, Alpert surge. Asim e os outros agem como se estivessem vendo um deus.

    Alpert exige que Locke seja libertado e reitera alguns preceitos da trégua que permanecem inquebrados há MUITO tempo. Alpert começa a falar com os mais velhos sobre a paz, mas Asim diz que não vai aceitar que seu irmão tenha morrido em vão. Ele corre para as cavernas e faz alguma coisa por lá e logo em seguida ouvimos o inconfundível som do monstro de fumaça. Aparentemente o monstro é bem diferente e assusta Locke de uma forma nunca vista antes. Alpert tem algum tipo de controle ou conexão com o monstro de fumaça e é capaz de atenuar o problema. Asim, no entanto, é outra história e ainda quer matar Locke.

    Alpert diz a Locke para seguir na direção da costa para procurar refúgio. Locke segue a orientação e cruza com Sawyer no caminho, que não entende porque Locke está fugindo e diz que não ouviu nada. Locke, porém, diz um misterioso, "Eu vi", e que eles precisam sair da ilha de qualquer forma. Locke e Sawyer correm até Juliet, Charlotte, Miles e Daniel e vão para uma pequena canoa e começam a remar para fora da ilha. Daniel está escrevendo mensagens e equações no ar com as mãos e Locke fica intrigado meio que se perguntando, o que teria acontecido com ele.

    Fora e na água, Sawyer pede para que todos voltem para a ilha. Locke no entanto permanece inflexível e diz que eles não devem ficar na água. À distância eles observam um objeto flutuando. Sawyer assume o controle e coloca Locke de lado. O que eles encontram na água, obviamente é Jin. Juliet cuida dos ferimentos dele que são severos e diz que eles precisam voltar para a ilha para pegar instrumentos médicos capazes de salvá-lo. Locke perde seu argumento e eles voltam à praia. Juliet diz que sabe onde achar medicamentos de primeiros socorros, mas ao chegar no local não encontra nada.

    Vale destacar que durante esse período Faraday não está tendo flashes ou viajando para trás ou para frente no tempo. Ele apenas age de uma forma louca (ainda escrevendo no ar) e não tem idéia de como chegou à ilha. Porém, após olhar para uma página de seu diário, ele sorri e sai correndo. Os outros por estarem cuidando de Jin, não conseguem pará-lo.


E aí, não resitiu à tentação? Particularmente acho que boa parte do que é descrito soa bastante plausível, mas ao mesmo tempo acredito que outras podem ser puras 'sacações' de alguém com criatividade aflorada depois de ter visto o vídeo promocional da 5ª temporada, o que me leva a dizer que embora interessantes, é prudente fica com um pé atrás com relação a tudo isso. Mas e você, o que achou? Verdade ou pura invenção?

Por Davi Garcia

29/10/2008

5ª temporada: Outra reunião curiosíssima pela frente

Com spoiler!


Imagens por Ryan Ozawa

Em mais um relato de bastidores das gravações da 5ª temporada divulgado no Hawaii Blog, descobrimos uma reunião para lá de curiosa envolvendo quatro personagens em alguns sets que reproduziriam localidades de Nova Iorque.

Leia mais...

    Pela informação, a equipe de produção esteva reunida no centro de Honolulu e transformou as esquinas de duas ruas no Upper West Side de Manhattan com direito inclusive à uma entrada para estação de metrô. Mas isso ao que parece eram apenas detalhes da composição da cena, já que a ação deve se concentrar na proximidade de prédio que serve como escola.

    Na cena, uma limosine aguarda próxima à escola e dentro dela ou próximo estariam John Locke, Matthew Abaddon, Ben Linus e Walt! Que reunião, hein? O que será que eles querem com o garoto? Descobriremos em 2009 ou quem sabe num novo relato.

    Por Davi Garcia


Atualização com FOTO SPOILER

    Tá aí a prova de que Walt realmente estava no set. Na imagem (clique para ampliá-la) o vemos conversando com Locke na cadeira de rodas. Sobre o que falam? Mistério.

    Crédito da imagem: Kanaka via Hawaai Blog

28/10/2008

5ª temporada: Novo relato de bastidores revela um evento chocante!

Com spoiler!

Seguindo a diretriz de não estragar a surpresa para quem visita o blog, mas prefere se manter afastado dos spoilers, coloquei um flagrante dos bastidores das gravações escondida logo abaixo, portanto se você quiser saber que imagem é essa, e que cena foi gravada, clique para seguir a leitura.

Veja a imagem e leia mais...

    A imagem que você vê acima, foi um flagrante disponibilizado pelo Ryan Ozawa do Hawaii Blog que informou que a equipe de produção de Lost esteve hoje no cemitério de Oahu , mesmo local que já foi usado para gravar as cenas do funeral (falso) de Anthony Cooper vistas no episódio 2x17 "Lockdown".

    Na cena (que provavelmente deve fazer parte do ep. 5x06) estavam John Locke e Matthew Abaddon. Pela descrição, os dois conversavam perto de um túmulo não identificado e quando resolvem partir, um chocante evento ocorre: depois de colocar Locke dentro de um sedan azul, Matthew Abaddon é atingido por um tiro!

    Quem deu o tiro? Não se sabe, mas o evento por si só já é capaz de alimentar diversas especulações, como por exemplo a de que Abaddon no fim das contas, pode até estar do lado dos 'mocinhos' da história (ou no mínimo ter resolvido se bandear para o lado deles), e ao fazê-lo, acabou sendo alvo da ira dos que querem manter tudo que envolve a ilha sob grande sigilo. E mais, o que será que acontece com Locke depois disso?

    E para finalizar, que túmulo seria esse que eles visitam? O do verdadeiro Jeremy Benthan, talvez? Como sempre, especulemos...

    Por Davi Garcia

Promoção: O que você espera da 5ª temporada de Lost?

Com a proximidade da estréia da nova temporada de Lost, cresce cada vez mais a nossa expectativa e a nossa ansiedade. Teremos 17 episódios pela frente que prometem muitas revelações, ação, emoção e reviravoltas. Por isso, enquanto 2009 não chega nós queremos saber: o que você espera da 5ª temporada de Lost?

Envie sua resposta para os comentários deste post com nome completo, cidade, estado e e-mail para contato, até o dia 10 de novembro. Escolheremos as 10 melhores respostas, usando como critérios de avaliação a criatividade, a objetividade, a coerência e a correção ortográfica e gramatical. As respostas selecionadas por nós participarão de uma enquete aqui no blog e as 5 mais votadas receberão como prêmio um exemplar do livro Lost e a Filosofia, um oferecimento da Madras Editora, que está apoiando esta promoção. Nossos agradecimentos ao Anderson Rodrigues, da Assessoria de Imprensa da Madras Editora, que gentilmente nos enviou o material de divulgação do livro e possibilitou a realização desta promoção.

    1. Para participar, deixe sua resposta nos comentários deste post com no máximo 80 palavras, junto com seu nome completo, cidade, estado e e-mail para contato, até o dia 10 de novembro.

    2. Os editores do blog escolherão 10 respostas que participarão de uma enquete pública no blog. Usaremos como critérios de avaliação a criatividade, a objetividade, a coerência e a correção ortográfica e gramatical. A enquete ficará disponível até o dia 20 de novembro, quando serão divulgados os vencedores.

    3. As 5 respostas mais votadas pelo público receberão como prêmio um exemplar do livro Lost e a Filosofia.

    4. Só poderão participar os leitores do blog residentes no Brasil.

    5. O prêmio será enviado até 30 dias após a divulgação dos vencedores.

Saiba tudo sobre o livro LOST E A FILOSOFIA

    LOST E A FILOSOFIA 

    por Wagner Veneziani Costa 

    Lost começa com o acidente de um avião que saiu de Sydney com destino a Los Angeles e caiu numa misteriosa ilha tropical em algum lugar do Oceano Pacífico. Os sobreviventes deverão trabalhar juntos contra as cruéis condições climáticas, as dificuldades do terreno e a convivência em grupo se quiserem permanecer vivos.

    Mas a ilha também possui muitos segredos, como o constante barulho das misteriosas criaturas na floresta, o que os aterroriza. Felizmente, graças à calma e à inteligência do líder Jack, eles têm esperança de sobreviverem na ilha.

    Sucesso de crítica e público, Lost teve uma média 15,5 milhões de espectadores por episódio durante todo o seu primeiro ano de exibição, garantindo vários prêmios da indústria audiovisual, incluindo o "Award Emmy" para melhor série televisiva na categoria drama em 2005, melhor série americana importada na Academia Britânica de Prêmios Televisivos, também em 2005, e o "Globo de Ouro" por melhor drama em 2006.

    A série foi logo agregada à cultura pop americana, por ser um fenômeno que encanta cada vez mais espectadores e mídias externas, como comerciais, revistas em quadrinhos, webcomics, revistas de humor e canções populares. O universo fictional da série foi explorado também por meio de novelas e de jogos de realidade alternativa, com o Lost Experience e o Find 815.

    Em maio de 2007, foi anunciado que Lost continuará com a quarta, quinta e sexta temporadas, concluindo com o 117º episódio produzido em maio de 2010. As três próximas temporadas se consistirão de apenas 16 episódios, exibidos semanalmente sem interrupções ou reprises. A quarta temporada estreou no dia 31 de janeiro de 2008 nos Estados Unidos e Canadá, movida das quartas para as quintas-feiras, às 21 horas.

    Bem, mas vamos imaginar que você estava naquele avião? O que você faria? Será que você é a pessoa que afirma ser? Como você lidaria com situações diferentes, alteradas, quem você seria agora? Apague a luz, agora. O que você vê? 

    O que estou tentando fazer é trazer à tona o seu caráter, pois as situações colocadas nos seriados são exatamente essas, porque a todos os instantes elas nos convidam a refletir sobre o que faríamos se estivéssemos separados de nosso ambiente cultural. Considerando duas narrativas antigas, cujo cenário é uma ilha, que têm certa relação com Lost: O épico homérico de Odisseu, na ilha de Calipso, e a famosa história do século XVIII de daniel Defoe, sobre um marinheiro sobrevivente de um naufrágio, Robinson Crusoé, e outro sucesso, só que esse bem mais atual, Naufrago, com Tom Hanks, nesse filme uma das cenas que mais me chamam a atenção  é a que mostra como ele trata sua inseparável bola, "Wilson"; é simplesmente fantástico quando "Wilson" se solta da embarcação... 

    No poema de Homero, Odisséia, Odisseu está voltando das ruínas de Tróia em uma viagem que durou dez anos, à sua terra natal, Ítaca, onde sua esposa e seu filho o aguardam. No início da jornada para casa, Odisseu vai para na ilha de Ogígia, onde  Calipso, uma linda ninfa divina, o aprisiona. Sob o encantamento de Calipso, Odisseu torna-se seu amante e escravo por sete anos. Ele é seduzido por sua beleza e promessa de imortalidade (juventude eterna), sendo tentado a esquecer sua família; mas, por fim, acaba convencendo Calipso a libertá-lo e ajudá-lo em sua viagem de volta. 

    Essa história é usada para ilustrar uma escolha que algumas pessoas têm de fazer: ir atrás do sonho do eterno, prazer juvenil (com Eros), ou optar pela domesticidade, ou seja, ter um lar e uma família, aceitar o avanço da idade. Quando Odisseu chega em casa, há uma cena de alegria doméstica, invejável (depois que ele expulsa os rivais e inimigos). Odisseu e sua esposa Penélope passam a primeira noite juntos fazendo três coisas: contando suas histórias nesse tempo em que ficaram separados, fazendo amor e dormindo. O épico de Homero usa eficientemente a narrativa da vida na ilha para que seu principal personagem descubra quem ele ama de verdade (Penélope, não Calipso) e tome a decisão de negar a gratificação imediata e o deslumbramento das aparências para estar ao lado da pessoa amada...

    A vida na ilha oferece um contexto ímpar para o autoconhecimento e autotransformação...

    Quantas vezes ficamos perdidos? Pois, com certeza, você já ficou perdido. O seriado Lost aborda o medo mais profundo: o de ser isolado de tudo o que você conhece e ama, deixado à própria sorte em uma terra estranha. Esse é um medo filosófico porque fala da condição humana. Ele nos compele a confrontar aquelas perguntas profundas acerca de nós mesmos e do mundo.

    E é esse o papel desse livro Lost e a Filosofia, ou seja, fazer com que você se aprofunde em você mesmo...

    Sobre o autor: Por muitos anos, Sharon M. Kaye, Ph.D., ensinou Filosofia para estudantes colegiais por meio do Programa de Filosofia da Carroll-Cleveland, que ganhou, em 2006, o prêmio da Associação Americana de Filosofia para Excelência e Inovação em Programas de Filosofia. Atualmente trabalha como professora de Filosofia na John Carroll University, em Cleveland.

    Este livro faz parte da série coordenada por William Irwin, da qual já foram traduzidos Harry Potter e a Filosofia, coletânea de David Baggett e Shawn E. Klein; Os Simpsons e a Filosofia, coletânea de Aeon J. Skoble e Mark T. Conard; Matrix – Bem-vindo ao Deserto do Real; Star Wars e a Filosofia, coletânea de Jason T. Eberl e Kevin S. Decker; Hip Hop e a Filosofia, coletânea de Derrick Darby e Tommie Shelby; U2 e a Filosofia,  coletânea de  William  Irwin e  Mark  A. Wratall;  Metallica e a Filosofia, coletânea de William Irwin; Os Beatles e a Filosofia, coletânea de Steven e Michael Baur; As Crônicas de Nárnia e a Filosofia, coletânea de Gregory Bassham e Jerry L. Walls; 24 Horas e a Filosofia, coletânea de Richard Davis, Jennifer Hart Weed e Ronald Weed entre outros, todos lançados pela Madras Editora.

    Você pode adquirir o livro direto no site da Madras.

    Título: LOST e a Filosofia
    Subtítulo: A ilha tem suas razões
    Título Original: LOST and the philosophy
    Autor: Coordenação de William Irwin
    Coletânea de Sharon M. Kaye
    Tradutor: Marcos Malvezzi
    Assunto/Gênero: Filosofia/Televisão
    Páginas: 256
    Formato: 16x23 cm
    Editora: Madras Editora Ltda.
    ISBN: 978-85-370-0344-2

5ª temporada: Um encontro revelador no Santa Rosa Mental Health Institute

Com spoiler!

De uma maneira geral, todo mundo concorda que uma das cenas mais impactantes e surpreendentes da estréia da 4ª temporada foi aquela em que no jardim do Santa Rosa Mental Health Institute, Hurley teve uma conversa com o falecido Charlie que lhe disse que ele precisava voltar à ilha pois os que lá ficaram precisavam dele. Pois é, mas eis que agora surgiu um novíssimo relato de uma gravação da 5ª temporada que revela mais um encontro bastante curioso envolvendo Hurley no mesmíssimo local. Quer saber do que se trata? Então clique para continuar a leitura.

Leia mais...

    Pois bem, segundo informação do Hawaii Blog, a equipe de produção da série voltou ao local que serve como cenário para o hospital psiquiátrico onde Hurley passou um certo período antes de chegar à ilha e novamente depois de sair dela. Dessa vez, a cena não envolveu Charlie, mas sim John Locke na cadeira de rodas! É isso mesmo, parece que uma das dúvidas que pairavam sobre o que acontece com Locke logo após sua ainda misteriosa, mas surpreendente saída da ilha acaba de ser desvendada: ele vai realmente voltar a perder os movimentos das pernas.

    Outros detalhes igualmente interessantes apontam que Hurley e Locke conversam, mas não demora muito até que o dude se altere perguntando à sua enfermeira que aparentemente se chama Susie, "eu estou falando com um cara numa cadeira de rodas agora?" E ela confirma que sim.

    Em seguida, a descrição da cena revela que Hurley continua a conversa, mas ainda num tom anormal até que Locke chama por alguém que pode estar próximo ou dentro de um carro preto com placa da Califórnia. Quem seria essa pessoa? Muito provavelmente Matthew Abaddon. E é nesse instante que Hurley se altera ainda mais e depois de falar, "O que? Você não sabe que ele é mau?!" fecha os ouvidos da mesma forma que fizera durante sua 'conversa' com Charlie e começa a dizer, "Não estou ouvindo isso! Isso não está acontecendo" e imediatamente chama por Susie que o leva de volta para dentro do hospital deixando Locke para trás.

    Fantástico, não? Alguém aí muito curioso(a) para saber qual será o teor da conversa entre Locke e Hurley? E o Abaddon? Mocinho ou vilão? Vamos especular!

    Por Davi Garcia

24/10/2008

5ª temporada: Revelados os títulos do 6 primeiros episódios

Via Lost Spoilers, foram revelados os títulos dos seis primeiros episódios da 5ª temporada. Embora não considere que sejam spoilers propriamente ditos, resolvi deixá-los escondidos no post, portanto se quiser saber (e ler meus breve comentários sobre eles) clique abaixo.

OS TÍTULOS DOS 6 PRIMEIROS EPISÓDIOS

    Episódio 5x01 - Because You Left
    Episódio 5x02 - The Lie
    Episódio 5x03 - Jughead
    Episódio 5x04 - The Little Prince
    Episódio 5x05 - This Place is Death
    Episódio 5x06 - The Life and Death of Jeremy Bentham

    O título do primeiro episódio já havia sido revelado no início de agosto mas é inegável que os dos demais abre espaço para muita especulação, concorda? Temos A Mentira no 5x02 (Que mentira seria essa? Não tenho a menor idéia), Jughead no 5x03 (não sei o que significa esse nome mas acredito que ela possa fazer referência ou não a um novo personagem da série. Há inclusive um personagem de quadrinhos com esse nome. Veja a nota abaixo), O Pequeno Príncipe no 5x03 (alguma relação com Aaron, talvez?), Esse Lugar é a/de Morte no 5x05 (Seria alguma parte desconhecida da ilha ou a tão comentada escotilha que existe fora dela?) e finalmente o título que mais despertou minha curiosidade: A Vida e a Morte de Jeremy Bentham no 5x06 que obviamente deverá mostrar todas as cirscunstâncias que envolveram a saída de Locke da ilha e sua posterior morte(?).

    Nota sobre Jughead: Na referência que encontrei na Wikipedia para este nome, é dito que o personagem de quadrinhos é extremamente inteligente e que quase sempre surpreende seus amigos mais céticos ao demonstrar um vasto conhecimento sobre uma extensa variedade de assuntos, incluindo história, artes, esportes e ciência... Pode até ser que no fim das contas o título do episódio 3 não tenha nada a ver com isso, mas que parece a descrição de um personagem de Lost, ah isso parece.

    Agora confessa aí. Dá uma vontade enorme de viajar para o futuro e ver isso tudo logo, não?

    Por Davi Garcia

Novidades da 5ª temporada: Sabe quem andou gravando recentemente no Havaí?

Com spoilers!

Ryan Ozawa, o homem por trás do Hawaii Blog revelou em seu mais novo podcast no The Transmission novos spoilers dos bastidores das gravações da 5ª temporada. E pelo menos um deles traz uma confirmação surpreendente e que vai deixar muita gente que é fã de uma certa francesa bastante intrigado.

Clique se quiser saber

    (1) Para quem já dava como certa a morte de Jin é melhor esperar um pouco mais. Segundo Ryan, Daniel Dae Kim (Jin) foi visto recentemente no set com uma atriz que faz uma versão mais jovem de Danielle Rousseau! É isso mesmo, ao que parece o marido de Sun não só está vivo, como ainda vai dar de cara com a francesa. Mais uma evidência forte de que a ilha de fato voltou para o passado e a indicação de que a promessa de que veríamos mais coisas da história de Rousseau na ilha é de fato real.

    (2) Confirmando em parte o que já fora dito aqui, outro que também foi visto nos sets da série recentemente é o ator Lance Reddick (Matthew Abaddon). Ryan revela que ele estava gravando uma cena em um hospital com ninguém mais ninguém menos que Charles Widmore. Será que a tal cena tem a ver com essa de Sun que aparentemente também está num hospital? Um encontro entre os três, talvez? Se você viu o promo da 5ª temporada, deve ter percebido que na rápida cena em que Sun aparece, ela está numa sala e pede que a deixem sair. E pensando nisso, imagino se Abaddon não lhe dirá (de forma muito marcante) que seu marido continua vivo na ilha. Hum...

    E aí, o que pensam sobre essas novidades? Surpresos?

    Por Davi Garcia

22/10/2008

Primeiro Vídeo Promocional com Cenas Inéditas da 5ª Temporada de Lost (Legendado)

Via Lost Spoilers, foi divulgado o primeiríssimo vídeo promocional oficial com cenas inéditas da 5ª temporada. Dê play e confira com legenda (ative esta opção na própria janelinha do youtube).



CLIQUE PARA VER OS SCREENCAPS
    (Clique nas imagens para vê-las em tamanho maior)


    Todos os screencaps acima foram feitos e disponibilizados pelo DarkUfo


E depois do vídeo, algumas observações bem curiosas (e com spoilers!) que vão dar o que falar. Duvida?

Clique para ler

    É inegável que ver um vídeo promo da nova temporada à essa altura do ano, já seria uma grande surpresa (presente?) para todo fã que está ansioso para voltar a curtir a saga de Jack e cia, certo? Com cenas inéditas então, melhor ainda. E se só isso já era bom, o que dizer das diversas rápidas cenas que são verdadeiros convites para teorias e especulações? Não reparou? Bom, de primeira já digo que aquela forte suspeita /idéia de que a ilha voltou para o passado ficou ainda mais forte para mim depois desse vídeo e as justificativas são várias. Vamos a algumas delas:

    (1) Pode ser pura coincidência, mas tenho a leve impressão de que o que Juliet acha no chão da floresta é a escotilha Cisne! Sim, aquela mesma que foi implodida entre o final da 2ª e início da 3ª temporada. Por que acho isso? 'Só' por causa dessa imagem envolvendo Daniel Faraday e uma pessoa vestida com o que parece ser aquela mesma roupa amarela que já vimos antes com o Kelvin, lembra? Aliás, duvido muito que seja Kelvin que confronte Faraday, e apostaria minhas fichas no misterioso e desconhecido (por nós) Radzinsky, antigo parceiro de Kelvin na escotilha e que antes de cometer suicídio, foi o responsável pelo desenho do mapa na porta de segurança. Será que tô viajando demais nessa?

    (2) Lembra do avião amarelo de Yemi, o irmão do Mr. Eko? Difícil dizer com 100% de certeza que este que vimos no vídeo é o mesmo, mas é inegável que parece, concorda? Se for o mesmo, será que veremos como ele chegou à ilha depois de sair da Nigéria? E mais, será que com essa história da ilha sumir e tal, dá para imaginar que o avião possa ter sido sugado/atraído por conta de uma movimentação anterior dela? Ou quem sabe o avião teria sobrevoado uma espécie de portal ou passagem indo enfim cair ali. Quem tá comigo nessas viagens?

    Obs: Ainda sobre o avião, o leitor Ricardo Bauch do blog Vôo815, fez uma comparação entre cenas do episódio 1x19 quando Boone chegou à cabine da pequena aeronave e essa rápida cena do promo. É ou não é o mesmo?

    Outras observações:

    - Que lugar será esse que o Faraday aparece explorando? Seriam ossadas, o que ele observa? Se sim, de que ou quem?

    - E o Locke sob a mira de uma arma, hein? Acredito que essa cena tenha tudo a ver com a descrição dessas gravações envolvendo o carequinha e Alpert sendo perseguidos. Agora, embora não dê para dizer de quem é a mão ensanguentada que segura a bússula, suspeito fortemente que seja de Locke mesmo, e você?

    - E por falar em cenas cujas gravações já haviam sido descritas anteriormente, que tal finalmente ver o Hurley segurando uma arma e o Sayid brigando com um estranho dentro de um apartamento?

    Pois é amigos, parece que mesmo ainda faltando pouco mais de 3 meses para o início da 5ª temporada, temos muita coisa sobre o que discutir. E como isso é bom, não acham?

    Por Davi Garcia