29/06/2008

Detalhes do painel de Lost e do recrutamento da Octagon na Comic Con 2008

Via DarkUfo, temos informações compiladas pelo The ODI quentinhas sobre o que acontecerá na Comic Con em San Diego mais especificamente no painel de Lost que acontece no sábado dia 26 de julho.

1) O quiosque de recrutamento da Octagon terá atores se passando por recrutadores da Cia que surge como uma espéie de filial da Dharma.

2) Esses recrutadores vão incentivar quem estiver na Comic Con a se registrarem no 'jogo de recrutamento online' e ficarão próximos a terminais de computadores que estarão conectados ao site da 'empresa' e ajudarão os usuários a criarem seus perfis e a responderem um questionário.

3) Um segundo grupo de atores (3 ou 4) que não serão recrutadores também estarão na Comic Con. Não há confirmação se eles estarão circulando pela área ou se estarão no quiosque da Octagon, mas é mais provável que eles apareçam no painel de Lost.

4) A Octagon fará parte do painel de Lost que deverá ter 4 membros da empresa.

5) Por enquanto não há membros do elenco da série confirmados para aparecerem no painel, mas o certo é que pelo menos os produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse estarão por lá.

6) No painel, os recrutadores da Octagon farão uma 'apresentação' ao vivo para recrutar novos membros para a Dharma.

7) O segundo grupo de atores fará uma aparição em algum ponto da apresentação para tumultuar os planos da Octagon.

Interessante, não? Parece que o painel de 2008 terá algo no mesmo estilo da aparição de Rachel Blake em 2006 e que abriu o Lost Experience (o primeiro ARG da série), como bem lembrou o blogueiro The ODI.

Bom, mesmo impossibilitado de ir à Comic Con (não tenho tanta sorte quanto nosso amigo Carlos Alexandre Monteiro), ficarei de olho nas novidades e relatos que surgirem por lá e dividirei tudo com vocês que nos visitam ;)

Por Davi Garcia

Melhores e Piores da 4ª Temporada II

Mais uma etapa da nossa eleição dos melhores e piores da 4ª temporada! As enquetes de hoje são os melhores e os piores flashbacks e flash forwards. Lembrando que só os votos nas enquetes são válidos. Só use os comentários se a sua opção não estiver contemplada na enquete. Esclarecemos que, apesar da peculiaridade do episódio 4x05 The Constant, optamos por colocá-lo na categoria flashback para não deixá-lo de fora da brincadeira! Clique no link e dê seu voto!



Qual o melhor flashback?

4x02 Confirmed Dead (Charlotte, Miles, Faraday e Lapidus)

4x06 The Other Woman (Juliet)

4x07 Ji Yeon (Jin)

4x08 Meet Kevin Johnson (Michael)

4x11 Cabin Fever (Locke)

4x05 The Constant (Desmond)*


Qual o pior flashback?

4x02 Confirmed Dead (Charlotte, Miles, Faraday e Lapidus)

4x06 The Other Woman (Juliet)

4x07 Ji Yeon (Jin)

4x08 Meet Kevin Johnson (Michael)

4x11 Cabin Fever (Locke)

4x05 The Constant (Desmond)*



Qual o melhor flash forward?

4x01 The Beginning of the End (Hurley)

4x03 The Economist (Sayid)

4x04 Eggtown (Kate)

4x07 Ji Yeon (Sun)

4x09 The Shape of Things to Come (Sayid e Ben)

4x10 Something Nice Back Home (Jack)

There's No Place Like Home- Final de Temporada (Oceanic Six)



Qual o pior flash forward?

4x01 The Beginning of the End (Hurley)

4x03 The Economist (Sayid)

4x04 Eggtown (Kate)

4x07 Ji Yeon (Sun)

4x09 The Shape of Things to Come (Sayid e Ben)

4x10 Something Nice Back Home (Jack)

There's No Place Like Home- Final de Temporada (Oceanic Six)


Veja Kate nos bastidores de propaganda de perfume

Já está com saudades de ver Evangeline "Kate" Lilly na telinha? Então veja agora os batidores da gravação de uma propaganda que a atriz fez para o perfume Cool Water.



Mas para as meninas não ficarem tristes, aí vão 2 outros vídeos com Josh Holloway e Matthew Fox também fazendo propagandas de marcas famosas.

Holloway para o Cool Water



Fox para a Loreal



E aí, gostou?

27/06/2008

Para revista, Lost é o 8º maior clássico da tv

A Entertainmente Weekly, uma das mais importantes publicações sobre entretenimento nos EUA, fez uma lista com os 100 maiores clássicos da televisão. No ranking deles Lost está em 8º lugar no geral, o que não deixa de ser uma posição bem significativa. Para ver a lista completa clique aqui.

26/06/2008

Lost é finalista à indicação no Emmy 2008

Será que dessa vez nossa série favorita fica pelo menos entre as indicadas na categoria de melhor série dramática? Bom, a julgar pelo anúncio de hoje da Academia de Televisão Artes & Ciências as chances são realmente boas, pois Lost está entre as 10 finalistas a indicações ao lado de Boston Legal ; Damages ; Dexter ; Friday Night Lights ; Grey's Anatomy ; House ; Mad Men ; The Tudors e The Wire. Dessas 10 séries, 5 serão confirmadas no dia 17 de julho. O páreo é duro, por isso vamos torcer!

Blog do Leitor do Dude!

Depois de vários pedidos, estamos inaugurando um espaço para que o leitor do Dude, We are Lost! possa se manifestar e dizer tudo o que pensa sobre a nossa série favorita, o Blog do Leitor do Dude! Se você tem uma teoria, gostaria de propor algum debate, quer postar uma foto legal, algum trabalho que você tenha feito ... ou qualquer coisa que você queira compartilhar sobre Lost com a galera, o espaço é seu!

Nós do Dude faremos uma seleção do material enviado e postaremos neste novo espaço. Ao enviar seu e-mail ou texto, tome cuidado pois não vamos corrigir ou fazer alterações. Cada autor é responsável pelo material que enviar e ele será publicado exatamente como nos foi enviado. E também não faremos alterções depois que ele for postado.

Para participar do Blog do Leitor do Dude, basta enviar um e-mail para dudewearelost@yahoo.com.br especificando no assunto "Blog do Leitor do Dude"*.

Aguardamos sua participação!


Equipe Dude, We are Lost!



*Vamos selecionar o material que será publicado. Se você tem interesse em participar, observe estas dicas:

1. Coloque um título para seu post;
2. Não esqueça de colocar seu nome completo e cidade/estado onde mora (se quiser, pode divulgar e-mail para contato);
3. Seja cuidadoso com as regras gramaticais e ortográficas, não use caixa alta ou abreviações;
4. Envie material que seja relevante, interessante, criativo, informativo, divertido, etc.

Exemplos: Fotos, trabalhos artísticos, teorias, comentários sobre o ARG, opinião, resenhas de livros, fanfic, etc. Sem esquecer que todo e qualquer material enviado tem que ter relação direta com Lost ou com o Dude!

Melhores e Piores da 4ª Temporada I

Atenção galera! É hora de elegermos os melhores e os piores da 4ª temporada. A partir de hoje, postaremos uma série de enquetes para saber o que vocês acharam da 4ª temporada. Fique de olho no Dude e participe com o seu voto. No final, gravaremos um podcast especial com a nossa opinião e os resultados das enquetes. Quem quiser, também pode enviar comentários por e-mail (votos somente pelas enquetes, só vamos ler comentários curtos e objetivos). Vamos votar!!!!

Enquetes de hoje: Melhor e pior episódio, melhor e pior ator, melhor e pior atriz.


Qual o melhor episódio da 4ª temporada?

4x01 "The Beginning of the End"

4x02 "Confirmed Dead"

4x03 "The Economist"

4x05: "The Constant"

4x09: "The Shape of Things to Come"

4x11: "Cabin Fever"

"There's no Place Like Home" (Partes 1, 2 e 3)

Outro (Especifique nos comentários)





Qual o pior episódio da 4ª temporada?


4x04 "Eggtown"

4x06 "The Other Woman"

4x07 "Ji Yeon"

4x08 "Meet Kevin Johnson"

4x10:"Something Nice Back Home"

Outro (Especifique nos comentários)



Qual o melhor ator da 4ª temporada?


Naveen Andrews

Matthew Fox

Jorge Garcia

Josh Holloway

Daniel Dae Kim

Terry O'Quinn

Henry Ian Cusick

Michael Emerson




Qual a melhor atriz da 4ª temporada?


Emilie de Ravin

Yujin Kim

Evangeline Lilly

Elizabeth Mitchell




Qual o pior ator da 4ª temporada?


Naveen Andrews

Matthew Fox

Jorge Garcia

Josh Holloway

Daniel Dae Kim

Terry O'Quinn

Henry Ian Cusick

Michael Emerson




Qual a pior atriz da 4ª temporada?


Emilie de Ravin

Yujin Kim

Evangeline Lilly

Elizabeth Mitchell





25/06/2008

Mais prêmios para Lost

Lost foi a grande vencedora do Saturn Awards 2008, premiação realizada ontem. Ganhou em quatro das principais categorias.

Melhor série: Lost
Melhor ator: Matthew Fox
Melhor ator coadjuvante: Michael Emerson
Melhor atriz coadjuvante: Elizabeth Mitchell


Lost concorria na categoria melhor série com Heroes, Pushing Daisies, Terminator, Journeyman e Supernatural. Matthew Fox venceu Matt Dallas, (Kyle XY), Michael C. Hall (Dexter), Kevin Mckidd (Journeyman), Edward James Oloms (Battlestar Galactica) e Lee Pace (Pushing Daisies). A categoria vencida por Michael Emerson era sem dúvida a mais disputada, pelo menos para nós, fãs de Lost, pois concorriam com ele Josh Holloway e Terry O'Quinn (Sawyer e Locke), além de Greg Grunberg (Heroes), Erik King (Dexter) e Masi Oka (Heroes). Elizabeth Mitchell dividiu o prêmio com Summer Glau (Terminator: The Sarah Connor Chronicles), deixando Jaime Alexander (Kyle XY), Jennifer Carpenter (Dexter) , Jaime Murray (Dexter) e Hayden Panettiere (Heroes) comendo poeira!

Parabéns pelo merecido reconhecimento!

Veja a lista completa dos vencedores daqui a pouco no Dude News!

23/06/2008

Atriz de Indiana Jones pode entrar para o elenco

Um novo e curioso rumor surgiu hoje. Segundo um leitor do blog DarkUfo, a atriz irlandesa Alison Doody, pode integrar o elenco da série na 5ª e possivelmente até na 6ª temporada. O papel que Doody poderia fazer ainda é desconhecido já que a informação aponta que ela teria sido considerada para dois papéis importantes, mas há menção ao fato de que a tentativa de tê-la no elenco partiu dos próprios produtores.

Com tão poucas informações é difícil imaginar que personagem a ex- Dra. Elsa Scheneider de Indiana Jones e a Última Cruzada faria, mas já começam a surgir especulações que apontam para o nome mais óbvio de Annie, a namoradinha de Ben na infância. Será? Eu não apostaria nisso, mas sim em Karen De Groot, co-idealizadora da Dharma Initiative ao lado do marido Gerald. Por que acredito nisso? Simples. A promessa de que conheceremos mais detalhes da história da Dharma, é um belo indicativo de que seus primeiros membros apareçam e nisso dá até para voltar a pensar na idéia de que Charlotte tenha uma ligação estreita com eles como sugeri logo após o final da quarta temporada.

Por Davi Garcia

21/06/2008

Informações quentes sobre a 5ª temporada e o ARG

Com spoilers!

Via Lost Spoilers, surge um breve resumo de uma entrevista concedida pelo produtor Carlton Cuse em um fórum sobre tv e cinema na China. Confira.


1) Jack x Locke (Ciência x Fé) - Um dos temas fundamentais da série será reexplorado na 5ª temporada e com uma pequena inversão de papéis. Jack passa a ser um homem de fé e Locke, acreditando que seu destino está ligado à ilha vai se inclinar mais à ciência.

2) Descobriremos o que aconteceu com Locke e os que ficaram para trás. Além disso, a pergunta que será feita é: qual é o destino de Locke agora que ele está no 'comando' da ilha? Será que sua decisão de comprometer seu destino à ilha o levará a uma redenção? Em algum ponto da nova temporada saberemos se ele fez a escolha certa.

3) A história de Locke está longe de acabar e para reforçar essa idéia, Cuse lembra que Jesus Cristo ressuscitou...

4) Cuse afirma que eles (os produtores/roteiristas) já sabem onde querem chegar e disse que muita gente comete erros ao teorizar demais porque a resposta ainda não foi dada e ninguém tem informações suficientes para fazer qualquer conclusão.

5) Mais uma vez confirmando o que já disse em diversas ocasiões, Carlton Cuse falou que Sawyer é seu personagem favorito por ser bonito, charmoso e perigoso, tudo o que ele gostaria de ser.

6) Sobre a aparentemente infindável resolução do triângulo amoroso, ele fala que a Kate eventualmente vai escolher entre Jack e Sawyer.

7) Sobre o novo ARG que vém por aí, Cuse confirmou que ele começará na Comic Con e lembra que quem quiser participar precisa se registrar para se tornar um membro da Dharma Initiative e dependendo de qual for seu resultado no teste, virar um físico, químico ou mesmo um simples empregado.

8) E para finalizar, Cuse revelou que a produção da 5ª temporada começará em agosto e que a exibição da série ocorrerá realmente entre janeiro e maio de 2009.

Animados com as informações?

Por Davi Garcia

19/06/2008

Richard Alpert e a 5ª temporada

Segundo post da seção de rumores do blog DarkUfo, a ABC teria contatado o ator Nestor Carbonell que dá corpo e voz a Richard Alpert com a intenção de negociar um contrato para uma temporada inteira. Até então, Carbonell trabalhara na série apenas como ator convidado em vários episódios, mas por conta de seu envolvimento com a série Cane (já cancelada) da CBS na temporada 2007/2008, ficou fora de boa parte da 4ª temporada só aparecendo na reta final. Ao que tudo indica, a iniciativa da ABC está relacionada ao fato de que Richard Alpert desempenhará um papel maior e mais importante na 5ª temporada, o que claro, exigirá uma presença mais constante nos episódios.

A informação por enquanto é um mero rumor, mas dadas as circuntâncias e a importância que o personagem ganhou dentro da trama com os eventos mais recentes, creio que há grandes fundamentos para que ela se confirme, concorda? Sobre isso aliás, como você intepreta essa idéia de que Alpert ganhará mais destaque?

Atualização de 21/06 - Carbonell confirmou em entrevista ao site LatinoReview em que fala sobre seu papel no filme Batman - O Cavaleiro das Trevas, que de fato volta às gravações da série que recomeçam em agosto no Havaí. Muito mais Richard Alpert pela frente \o/

Por Davi Garcia

16/06/2008

Revelações sobre o capitão Gault e a possível identidade de Annie

Com spoilers!

A série está em hiato mas isso não impede que notícias quentes surjam. Dois posts de hoje do blog Lost Spoilers trazem informações bem interessantes relacionadas ao falecido capitão Gault e também uma especulação relacionada à identidade de Annie, a menininha do flashback de Ben.


Em um artigo do jornal neo zeolandês NZ Dominion Post, o ator Grant Bowler que fez o falecido capitão Gault, revelou que ele irá gravar novas cenas para Lost no fim do ano. Flashbacks à vista? Creio que sim e vou além imaginando que iremos ver como a tal farsa dos falsos destroços foi elaborada e como aquela caixa preta foi parar nas mãos do capitão.

Sobre Annie, surgiu uma especulação de que Annie seja na verdade a Libby!!! A possibilidade surgiu a partir de uma entrevista feita pela colunista do E! Online, Kristin dos Santos com a atriz Cynthia Watros que em certo momento 'acidentalmente' chamou sua personagem de Annie! Claro que isso pode ter sido apenas um leve lapso da atriz que já interpretou uma Annie em outro trabalho, mas vale dizer que faria sentido já que os produtores sempre nos disseram que a história de Libby não estava totalmente encerrada. O estranho disso é que em momento algum Ben parece ter se interessado por Libby e como sabemos que ele detinha muitas informações sobre os passageiros do vôo 815...

Mas e aí, o que você pensa disso?

Por Davi Garcia

15/06/2008

Dudecast 20ª Edição

Example


No ar a 20ª edição do nosso podcast discutindo as opiniões de vocês que visitam o blog e participam através dos e-mails falando sobre o final da 4ª Temporada e muitos outros temas bacanas. Ouça já!

Para baixar direto clique AQUI

(Clique direto ou com o botão direito do mouse escolha as opções 'Salvar como' ou 'Salvar Link como')


Teremos outro Dudecast ao longo das próximas semanas?

Sim! Por isso vá se preparando desde já para a edição 21 (que chega no final do mês) cujas discussões abordarão os melhores e piores da 4ª Temporada em várias categorias. Gostou? Então fique ligado no blog e participe das enquetes que pintarão por aqui nos próximos dias.

Saiba tudo sobre o episódio piloto de Fringe

Curioso(a) para saber como é o primeiro episódio de Fringe, a nova série do criador de Lost? Eu já vi e convido você a visitar o Dude News para conferir tudo sobre o Piloto da série que promete ser a melhor novidade da temporada 2008/2009 e uma ótima distração para o longo período de férias de Lost.

Aproveite e junte-se a nós também na comunidade sobre Fringe no Orkut onde as discussões sobre a série já estão quentes.

Ah, e aproveitando esse post, fiquem ligados pois teremos mais um dudecast inédito com a participação de vocês através dos e-mails pintando por aqui antes que o domingo se encerre.

Por Davi Garcia

12/06/2008

Jorge Garcia fala sobre Lost

Hurley é sem dúvida um dos personagens que mais ganhou relevância durante a quarta temporada. Ainda que o personagem estivesse sempre no meio dos acontecimentos, acabava não participando das tomadas de decisão mais importantes na Ilha. Sua posição como um dos Oceanic Six mudou radicalmente essa situação. O milionário foi um dos personagens com maior destaque na temporada, como se evidenciou em The Beginning of the End, centrado no seu futuro fora da ilha. Jorge Garcia concedeu uma entrevista ao E!Online durante o Monte Carlo Television Festival 2008, na qual falou sobre a quarta temporada, seu persongem e sobre o futuro da série. Clique no link e confira!


P: Hurley está desequilibrado ou a Ilha o está colocando em provação?

Desequilibrado? Não sei. Não tenho a mínima idéia de como vai se resolver esta situação "eu vejo gente morta". Há muitas coisas interessantes de se representar em Hurley e a loucura é a parte mais difícil. Vou até os diretores e pergunto, "como é possível que se conclua que culpar a comida é a melhor forma de se resolver o problema?" E tudo o que me dizem é, "bem, é um estado psiquiátrico". "Genial, isso ajuda muito". No final, decido acreditar que se Hurley sente que assim deve ser, assim será para ele, e o levo a termo.

P: Quanto tempo você acha que vai demorar para os Oceanic Six voltarem para a Ilha?

Acredito que a quinta temporada será sobre isso e espero que seja possível tratar do assunto em apenas uma temporada.

P: O que convencerá Hurley a voltar para a Ilha?

Ainda não sei. Já sabemos que Sayid vai buscar Hurley no Santa Rosa (instituto psiquiátrico), e tenho curiosidade de saber que tipo de aventuras os dois vão viver juntos até chegarem na Ilha.

P: Tem alguma teoria de como a série vai terminar?

Acredito que haverá uma guerra pela Ilha. Há pelo menos dois grupos disputando e que podem reclamá-la para si e sinto que por isso haverá uma grande batalha.

P: Tem sentido aquela pressão habitual de Hollywood para perder peso, ou te dizem que gostam do jeito que você e seu personagem são?

Ninguém falou nada. Bem, entre os fãs sempre rola a pergunta: por que Hurley não emagrece? E eu dizia, wow, com todas as perguntas que a série oferece, por que se preocupam com isso? Por que ninguém pergunta sobre como as mulheres depilam suas axilas?

P: Como a série mudou sua vida?

Totalmente. Quando chego em um aeroporto, alguém me fotografa no desembarque, na hora de pegar a bagagem, quando estou com minhas malas, quando saio do aeroporto e quando entro no táxi, através dos vidros. As vezes parece demais. Acredito que se não houvesse público para isso, essas situações não aconteceriam. Mas, faz parte do processo.

Por Juliana Ramanzini
Fonte: Todo Series

Jorge Garcia e Naveen Andrews no Monte Carlo Television Festival 2008

Com muito bom-humor, Jorge Garcia e Naveen Andrews compareceram ontem ao Monte Carlo Television Festival 2008, premiação na qual Lost concorre na categoria Série de TV- Drama. Veja mais imagens!






11/06/2008

Possibilidades para a 5ª temporada

Com spoilers para quem ainda NÃO viu o final da 4ª temporada


Uma bela matéria assinada por Oscar Dahl do BuddyTv, levanta a discussão sobre como a tv de hoje está inundada de produções ruins ao mesmo tempo em que nos presenteia com algumas poucas séries de conteúdo e que ao se afastarem de obviedades, construíram fórmulas intrincadas que de uma forma ou de outra revolucionaram nosso modo de ver tv. Nesse cenário, há um destaque óbvio para Lost que inovou a estrutura narrativa com a introdução de flashbacks e que depois se reinventou com os flash forwards garantindo à audiência uma experiência única e um envolvimento muito maior com a trama. Tudo muito bom, mas o que pode acontecer agora que a série promete se reinventar mais uma vez?

A razão da pergunta tem fundamento. Até o final da 4ª temporada, todos os personagens estavam na ilha mas agora ao que tudo indica, devemos ver 2 linhas temporais distintas com pelo menos 2 anos de diferença entre elas (assumindo que a ilha tenha de fato 'saltado' 10 meses no futuro). Há os que ficaram na ilha e os que saíram dela. Como todos sabem, o presente da série sempre aconteceu na ilha, mas pelo que vimos no final de There's No Place Like Home, dá para imaginar que o presente passe a ser centrado nas ações de Jack, Ben e cia tentando voltar à ilha o que colocariam os eventos daquele lugar como o passado. Partindo daí, o colunista Oscar Dahl sugere 5 possibilidades para a 5ª temporada.

Opção 1: Três linhas temporais por episódio

Formato: Assim como aconteceu quando os personagens foram separados em diferentes partes da ilha, veríamos cenas dos Oceanic 6 e dos que ficaram entrecortadas embora não ocorressem no mesmo período. Dessa forma, teríamos flashback e/ou flash forward do personagem central do episódio ocorrendo a partir de uma das duas linhas temporais o que resultaria em três linhas distintas por episódio.

Sobre isso Oscar comenta que a alternativa é possível mas lembra que se ela não for bem executada pode confundir o público ao que concordo. Além disso, se assumirmos que a 5ª temporada vai terminar com os Oceanic 6 retornando à ilha, haveria uma necessidade de acelerar demais os acontecimentos do lugar em relação à história dos Oceanic 6.

Opção 2: O presente é o exato ponto onde a 4ª temporada terminou.

Formato: A 6ª temporada começaria exatamente na casa funerária onde a 4ª terminou. Isso permitiria que a história dos Oceanic 6 se tornasse o começo de tudo, o que é bem lógico. Tudo o que veríamos relacionado à ilha ocorreria nesse mesmo período como consequência da saía de Locke.

Estruturalmente, isso poderia fazer sentido. Os personagens da ilha teriam flashbacks para o que deu errado durante o período de Locke como líder dos Outros. Isso adicionaria mais mistérios deixando o público imaginando porque a vida na ilha teria ficado tão ruim. Isso significaria menor presença de Terry O'Quinn nas cenas, mas ele ainda apareceria nos flashbacks. O grande problema aqui é que não faria sentido vermos flash forwards, um recurso que os produtores já disseram que será usado na próxima temporada.

Opção 3: O presente é o da ilha depois que ela se moveu.

Formato: É isso que vai acontecer se Lost tentar manter o mesmo formato das temporadas anteriores. A ilha é o foco principal, e então veríamos flash forwards da jornada dos Oceanic 6.

Isso seria algo bem difícil de fazer. Flash forwards mostrariam personagens bem diferentes das ações principais. Isso também rejeitaria o que eu penso que será o foco principal da 5ª temporada: o retorno dos Oceanic 6 para a ilha. Isso me leva a crer que vamos ver muito menos da ilha do que estamos acostumados na próxima temporada.

Opção 4: Episódios alternados entre os Oceanic 6 e a ilha.

Formato: Lost continuaria sendo como sempre foi. Contudo, em um episódio teríamos o foco na ilha e em outro fora dela.

Essa é uma idéia intrigante, porque permitiria que as duas narrativas lentamente se encontrassem além de manter cada episódio conciso. A preocupação aqui é que ou a história na ilha ou a que ocorre fora dela poderia se tornar mais interessante que a outra, o que poderia provocar desapontamento entre os fãs. Se isso ocorrer, os atores pelo menos teriam bastante tempo livre.

Opção 5: A 5ª temporada começa com os Oceanic 6 voltando à ilha

Formato: O 'presente' salta drasticamente para o retorno dos Oceanic 6 à ilha trazendo uma reunião de todos os personagens imeadiatamente.

Quanto mais penso nisso, mais concluo que essa é uma possibilidade real embora pareça ridícula. A ilha não seria negligenciada, e sabendo que Ben e Jack parecem concordar que todos os Oceanic 6 TEM que retornar, isso afastaria a possibilidade do final da 5ª temporada ser anti-climático. O único problema seria de que os flash forwards nào fariam sentido, embora os flashbacks voltassem a ficar interessantes como eram na 1ª temporada. Além disso, a idéia por si só seria anti-climática por si só já que o público imediatamente saberia que os Oceanic 6 de fato voltaram.


Bom, sem dúvida o Oscar Dahl nos apresentou uma bela variedade de opções que dão muito o que pensar, não é mesmo? Eu particulamente acredito que o presente será centrado nas ações de Jack e cia na tentativa de voltar. Ao mesmo tempo veremos flashbacks através de Locke para o que aconteceu na ilha e mais detalhes da história da Dharma, aliados a alguns poucos flash forwards que surgirão para nos dar pistas e apresentar personagens novos e caminhos que eventualmente levarão os Oceanic 6 + Ben e Locke de volta à ilha no final da temporada.

Bom, agora é a sua vez de dizer se concorda com alguma das opções ou se tem a sua própria teoria para como a 5ª temporada vai funcionar?

Por Davi Garcia

10/06/2008

'Pequena' confirmação sobre a ilha

Com spoiler da 5ª temporada...

... e até para quem ainda NÃO viu o final da 4ª


A colunista Kristin dos Santos do E! Online, confirmou em um de seus programas que a ilha de fato se moveu no tempo além do espaço como muitos de nós já especulávamos.

Mais do que nunca reafirmo a aposta que fiz no dudecast#19 de que a ilha 'saltou' para o futuro. Muito provavelmente a ilha foi para o mesmíssimo dia em que Ben Linus apareceu em pleno deserto do Saara, ou seja, 24 de outubro de 2005. Bom, como teremos alguns meses pela frente até obtermos a resposta para esse pequeno mistério, nos resta especular. Qual é a sua idéia para isso?

Ensaios Fotográficos com os atores de Lost


Fonte: Evangeline Forum e Lost-Forum
Por Fernanda Reple


Image and video hosting by TinyPic


Os atores Josh Holloway e Evangeline Lilly participaram de ensaios fotográficos, Holloway para a revista USA Today e Evangeline para o campanha publicitária do perfume Davidoff Cool Water Woman. As fotos você confere abaixo.



Josh Holloway para USA Today




Evangeline Lilly para Davidoff Cool Water Woman



09/06/2008

Lost e a Cultura Pop

Se existe algo de consenso entre a maioria dos fãs de Lost é o interesse que as referências à cultura pop que a série explora desperta. Em pelo menos um momento ao longo desses 4 anos, cada um de nós já parou e fez associações ou mesmo teorias levando em conta outras criações como filmes, livros e afins. Sendo assim, nada melhor do que trazer para o blog um pequeno apanhado feito pelo jornal Los Angeles Times sobre a relação de Lost com a cultura pop.



O Mágico de Oz

A chegada dos sobreviventes à misteriosa ilha, vindos do céu e caindo em um estranho e bizarro mundo novo, é reminiscente da chegada de Dorothy Gale em Oz. Mais tarde na segunda temporada, Ben Linus, o líder dos Outros se apresentou como Henry Gale e disse ter chegado na ilha em um balão de ar quente. O nome usado fazia referência ao tio de Dorothy e à forma com a qual o próprio mágico deixou Oz no fim do filme.



Stephen King

Vários dos bestsellers dos mestres do horror encontraram lugar na narrativa de Lost, sejam como influência ou como meros objetos de cena. A rivalidade entre os sobreviventes e os Outros é reminiscente daquela dos grupos retratados em The Stand (A Dança da Morte) de Stephen King. Charlie por sua vez, o músico viciado em heroína, se parece muito com Larry Underwood, um músico também viciado desse mesmo livro de King. Outra semelhança é que os Outros usaram Carrie como seleção para o grupo de leitura e que a jovem garota com poderes psiquicos pode ser reminiscente de possíveis poderes de Walt. Adicionalmente, a interconectividade dos personagens principais em suas vidas anteriores à ilha, lembra a coesão que King usou na série Dark Tower (A Torre Negra) para ligar todos os seus trabalhos.



O Prisioneiro

A enigmática série Sci-fi de Patrick McGoohan feita nos anos 60 tem uma grande influência sobre a ilha embora aquela série nunca tenha sido referenciada explicitamente em Lost. O misterioso monstro de fumaça lembra muito a ameaçadora bolha branca que servia como impedimento às pessoas que tentavam escapar da vila na série inglesa. Além disso, alguns dos experimentos dos Outros lembram as torturas pelas quais passou o número 6 nas mãos de seus captores.



Survivor

Antes de estrear em 2004, muitas pessoas que ouviram falar da premissa de Lost imediatamente pensaram no reality show da CBS (no Brasil o reality ganhou o nome de "No Limite" na Globo). De fato, os executivos da ABC que autorizaram o piloto de Lost, queriam recriar o status de 'série que todos tem que ver' que aquele reality tinha no início. Desde então, Lost ultrapassou o reality show em termos de ambição artística e de objetivos, mas ainda assim a série não deixa de lembrar de momentos icônicos do reality. Será que essa foto foi tirada antes de um confronto com os Outros ou enquanto eles caminhavam para o conselho tribal liderado por Jeff Probst (apresentador do programa)? As similiaridades são gritantes.


Júlio Verne

Dois dos trabalhos de Verne em particular, 20 Mil Léguas Submarinas e A Ilha Misteriosa, foram influências chave para Lost. Apesar do submarino que os Outros usaram para sair e voltar à ilha não ser tão exótico quanto o Nautilus do capitão Nemo, o visual era semelhante o suficiente para lembrar Verne. Porém, a referência mais explícita pode ser encontrada no romance A Ilha Misteriosa, cujos personagens principais chegam a uma ilha em um balão de ar quente.



A seleção de leitura de Sawyer

Embora o nome adotado por James Ford lembre o personagem principal do livro Tom Sawyer de Mark Twain, nunca o vimos lendo esse livro. A seleção de leitura de Sawyer no entanto, dá muitas dicas ao público sobre a filosofia e as influências dos criadores de Lost, Damon Lindelof e J.J. Abrams. Até agora, as leituras de Sawyer incluem A Wrinkle in Time (de Madeleine L'Engle), Watership Down (de Richard Adams), Of Mice and Man - Ratos e Homens (de John Steinbec), Lancelot (de Walker Percy), Hindsight - Observação do Passado (de Peter Wright), The Fountainhead (de Ayn Rand), Evil Under the Sun - Morte na Praia (de Agatha Christie) e Are You There God? It's Me, Margaret (de Judy Blume).



O Terceiro Tira *, de Flann O' Brien

Para quem está tentando decifrar os segredos de Lost, esse pode ser livro mais importante já referenciado na série. Ele aparece em uma estante dentro da estação Cisne no início da segunda temporada e sua aparição provocou mais vendas do cultuado livro nas semanas seguintes do que aos longo dos seis anos anteriores. Mas sobre o que é o livro? A trama gira em torno de um protagonista sem nome em um assassinato e roubo de um homem rico, e uma substância chamada omnium, que fica em uma caixa que pode se tornar qualquer coisa que o usuário deseje.

* Há quase 2 anos atrás quando o Dude, we are Lost ainda engatinhava, escrevi um resenha sobre este livro.



Lewis Carroll

Muitas referências já foram feitas aos trabalhos de Lewis Carroll, incluindo títulos de episódios como White Rabbit e Through the Looking Glass. Até mesmo a estação Dharma chamada Looking Glass escondida sob a água já serviu de referência. Em linhas gerais, o tom de Lost enfatiza o senso de desorientação e surpresa que os livros de Carroll trazem.



Myst

Damon Lindelof já reconheceu a influência do misterioso game cheio de quebra-cabeças como uma das principais influências do universo de Lost. Sem regras ou um objetivo específico, o jogo permitia aos jogadores que explorassem o ambiente e lentamente fossem revelando a verdadeira história. Isso, claro, tem muito a ver com Lost cujos personagens vão gradualmente revelando a verdadeira natureza da ilha e suas histórias.

Tudo muito interessante, não acha? Se você lembra de alguma outra referência que a série já usou divida conosco ;)

Por Davi Garcia

06/06/2008

As frases mais marcantes da 4ª temporada

Com spoiler para quem ainda NÃO viu toda 4ª temporada.


Construir mistérios complexos, explorar eventos aparentemente inexplicáveis e envolver-nos em histórias de redenção com uma narrativa sempre instigante, parecem ser os elementos-chave para explicar a receita de sucesso da série. Contudo, para sermos realmente justos como fãs, ao analisarmos a maturação da série nesse ponto, creio que não possamos deixar de incluir nessa mistura o talento da série em criar frases/falas de impacto e efeito que em algumas situações acabam encontrando eco mesmo muito tempo depois de as termos visto/ouvido.

Exemplos não faltam. Quer seja com o "Don't tell me what i can't do" (Não me diga o que eu não posso fazer) de Locke na 1ª temporada, o "See you in another life" (Vejo você em outra vida) de Desmond na 2ª ou ainda o "We have to go back" (Nós temos que voltar) de Jack do final da 3ª, nós sempre tivemos em cada uma das temporadas várias frases que deixaram marcas significativas na trama. Na 4ª temporada não foi diferente. Mesmo tendo um número reduzido de episódios, foram várias as frases que chamaram nossa atenção e abaixo você confere 23! catalogadas pelo blog Todo Séries.


1. How many times do I have to tell you, John? I always have a plan!

Quantas vezes eu preciso te dizer, John? Eu sempre tenho um plano! (Ben na parte 1 de There's no Place Like Home)

2. Who are we to argue with taller ghost Walt?

Quem somos nós para contrariar o Walt grandão? (Sawyer em Confirmed Dead)

3. I can't believe you're just giving him Australia. Australia's the key to the whole game.

Não acredito que você está entregando a Austrália. Austrália é a chave de tudo. (Hurley em The Shape of Things to Come)

4. Okay, now tell me, John, which of these things belong to you?

Ok, agora me diga John, qual desses objetos te pertence? (Alpert em Cabin Fever)

5. Benjamin... Who's next?

Benjamim... quem é próximo? (Sayid em The Shape of Things to Come)

6. I'm here, Charles, to tell you that I'm going to kill your daughter.

Estou aqui Charles, para te dizer que vou matar sua filha. (Ben em The Shape of Things to Come)

7. We have to move the island.

Temos que mover a ilha (Locke em Cabin Fever)

8. He changed the rules.

Ele mudou as regras. (Ben em The Shape of Things to Come)

9. I'm doing what I always do Kate, surviving.

Estou fazendo o que sempre faço Kate, sobrevivendo. (Sawyer em The Beggining of the End)

10. Daddy!

Papai! (Alex em The Shape of Things to Come)

11. How can you possibly not understand... that you're mine.

Como você pode não entender... que você é minha. (Ben em The Other Woman)

12. If anything goes wrong, Desmond Hume will be my constant.

Se algo der errado, Desmond Hume será minha constante.(Faraday em The Constant)

13. I love you, Penny. I've always loved you. I'm so sorry. I love you!

Eu te amo Penny. Sempre te amei. Lamento tanto. Eu te amo! (Desmond em The Constant)

14. Rescuing you and your people... I can't really say is our primary objective.

Resgatar você e seu pessoal... eu realmente não posso dizer que é nosso objetivo principal. (Faraday em Something Nice Back Home)

15. Hi, Aaron.

Oi, Aaron (Kate em Eggtown)

16. We're lying... because it's the only way to protect everyone that didn't come back.

Estamos mentindo... porque esse é o único jeito de proteger todos os que não voltaram. (Hurley no final da temporada)

17. If you leave this place, that knowledge is gonna eat you alive from the inside out, until you decide to come back.

Se você sair deste lugar, esse conhecimento vai te consumir por dentro até que você decida voltar. (Locke no final da temporada)

18. It's not an island. It's a place where miracles happen. And if you don't believe that, Jack, if you can't believe that, just wait till you see what I'm about to do.

Não é uma ilha. É um lugar onde milagres acontecem. E se você não acredita nisso, Jack, se você não consegue acreditar, apenas espere até ver o que estou prestes a fazer. (Locke no final da temporada)

19. Would it make any sense if I told you I was still looking for where I was born?

Faria algum sentido se eu dissesse que ainda estou procurando o lugar onde nasci?(Charlotte no final da temporada)

20. Checkmate, Mr. Eko (Hurley no final da temporada)

21. You can go now, Michael.

Você pode ir agora, Michael.(Christian no final da temporada)

22. I hope you're happy now, Jacob.

Espero que esteja satisfeito agora, Jacob (Ben no final da temporada)

23. Don't bring him back, Kate.

Não o traga de volta, Kate. (Claire no final da temporada)


Lembra de mais alguma?


Por Davi Garcia

05/06/2008

Os equívocos da 4ª temporada

Com spoiler para quem ainda NÃO viu toda 4ª temporada.

Como já afirmei antes, para mim, esta foi a melhor temporada da série até aqui. Ao longo dos episódios vimos um arco instigante que não só nos manteve presos à história, mas que também expandiu a trama revelando novas camadas que trouxeram uma complexidade ainda maior e mais atraente à série. Dessa forma, embora seja complicado apontar quais teriam sido os pontos mais fracos e/ou erros da temporada, é justo reconhecer que eles existiram.

Lembremos daquele flashback da Juliet no episódio 4x06 The Other Woman, por exemplo. Embora o episódio em si tenha revelado alguns detalhes importantes sobre os bastidores de funcionamento da ilha através da estação Tempestade, é quase consenso que revisitar a história pregressa da loira na ilha focando basicamente seu envolvimento amoroso com Goodwin, foi uma perda preciosa de tempo àquela altura. Outro ponto crítico atrelado àquele episódio, foi a introdução de Harper, a 'terapeuta' dos Outros, que no início surgiu como um artifício interessante, mas que findada a temporada, revelou-se inócuo já que não voltamos a vê-la (talvez por conta da greve dos roteiristas e um adiamento de planos) em outras situações. Apesar desses exemplos, é fato que mesmo escorregando, aquele episódio ainda ganha de muitos dos melhores episódios de outras séries e a justificativa para isso fica evidente sobretudo se levarmos em conta que vimos ali mais um pequeno show de Michael Emerson, o que por si só ajuda a aliviar qualquer decepção isolada.

Mas afinal, que outros equívocos ocorreram nesta temporada? Para ajudar a responder esta pergunta, recorro a um post feito por Erin Martell do Tv Squad que destacou outros pontos que sem dúvida devem estar na lista de muitos fãs da série.

Confira alguns deles na opinião do Erin:

A apendicite de Jack - Tirando o fato de que ela aproximou o Dr. de Kate, não entendo porque aquilo foi necessário. Os flash-forwards asseguraram que Jack sobreviveria à cirurgia improvisada, portanto não havia nenhuma tensão ali. Ficou parecendo que o único objetivo da doença de Jack era matar de vez qualquer chance de uma relação entre ele e Juliet. A química dos dois nunca me convenceu. Eles se beijaram duas vezes em momentos bem esquecíveis e então Jack basicamente a dispensou logo depois dela ter salvado sua vida. Juliet merecia um 'fora' melhor, tanto de Jack quanto dos roteiristas.

O adeus de Rousseau - Eu tinha grandes esperanças na personagem, afinal ela era uma figura misteriosa na ilha desde a primeira temporada e um dos poucos personagens que ainda não tinham um flashback. Sempre esperei que Rousseau seria responsável por revelar algum segredo bizarro da ilha ou detalhes sobre os Outros. Imagine minha surpresa quando Danielle foi morta ao lado de Karl em uma rápida cena de Meet Kevin Johnson. Eles sequer deram à ela uma despedida digna de Lost com um flashback seguido de morte. Personagens menos intrigantes como Ana Lucia e Shannon tiveram despedidas melhores.

O "surpreendente" retorno de Michael - Todos nós já sabíamos disso, certo? Ben havia dado dicas sobre ter um espião no cargueiro várias vezes e muitos fãs sabiam que Harold Perrineau estava voltando à série de alguma forma. Falta de surpresas de lado, as participações de Michael ao longo da temporada não foram tão marcantes. Ele disse ao Sayid que estava ali para morrer e foi isso ue aconteceu no final da temporada. Eu entendo a frustração de Perrineau sobre terem matado seu personagem tão rápido. A culpa de Michael por ter assassinado Libby e Ana Lucia o levaram a tentar suicídio várias vezes e sua redenção foi breve demais. Quando Christian Shephard o 'liberou' Michael pareceu estar mais confuso do que em paz. Bom, pelo menos ele não gritou 'Waaaaaaaalt' antes de morrer.


Bem, é isso. Agora é sua vez de usar os comentários para dizer se concorda com o que foi dito e/ou apontar outras partes que você considere como equívocos da temporada.

Por Davi Garcia

04/06/2008

Os 7 momentos mais surpreendentes do final da 4ª Temporada

Com spoilers para quem ainda NÃO viu o final obviamente.


Seguindo uma dica do SeriesBlog da Espanha, você confere abaixo os 7 momentos mais marcantes de There's No Place Like Home.



7. Hurley jogando xadrez com Mr. Eko!



6. A volta de Walt visitando Hurley no Santa Rosa Mental Health Institute.



5. A aparição e a estranha mensagem de Claire no sonho de Kate.



4. Ben movendo a ilha no espaço/tempo.



3. Sawyer abrindo mão da chance de sair em prol dos outros.



2. A continuação da cena final da 3ª temporada e a negativa de Kate em voltar.



1. O esperadíssimo reencontro entre Desmond e Penny Widmore.


E aí, concorda com esses momentos ou incluiria algum outro? Eu particularmente apontaria a aparição de Christian Shephard para Michael, o encontro de Sun com Charles Widmore, Jeremy Bentham...

Por Davi Garcia

03/06/2008

J.J. Abrams fala sobre Fringe em entrevista



Como você já deve saber, Fringe, a nova série c0-criada por J. J. Abrams é a que mais desperta minha atenção para a nova temporada 2008/2009, portanto nada melhor que conferir o que a mente por trás de Alias e claro, Lost tem a dizer sobre seu novo filhote. Visite o Dude News e leia a entrevista com J.J. Abrams onde ele conta como a idéia da série nasceu e indica o que está sendo combinado com Damon Lindelof (produtor de Lost) para a utilização do ator Lance Reddick, o Matthew Abaddon de Lost e que em Fringe fará um personagem regular chamado Philip.

Aproveite e participe também da comunidade dedicada a Fringe no Orkut.

02/06/2008

O destino de Jin

Com spoiler para quem NÃO viu o final da 4ª temporada

Curioso(a) para saber se o coreano estará ou não na próxima temporada?

Segundo a colunista Kristin dos Santos do E! Online, Jin estará na 5ª temporada e vivo! Ela diz não saber como ele pode ter sobrevivido, mas assegura que ele estará no elenco regular da próxima temporada.

Ufa! Boa notícia para os fãs que já estavam se remoendo em dúvidas sobre o destino do personagem, hein?!

Confirmada data de venda do DVD da 4ª Temporada no Brasil

Ótima notícia para quem já está com saudades da 4ª Temporada. A Buena Vista informou que a data oficial para o lançamento da caixinha é 3 de Setembro (quarta-feira).

Como já havíamos informado aqui, o box em DVD com a 4ª temporada completa, mais uma vez chega às lojas brasileiras 3 meses antes dos EUA o que não deixa de ser uma ironia, já que por aqui a exibição termina oficialmente 2 meses depois da americana. Mas diz aí, já está juntando a grana para comprar este que é um item indispensável na coleção de todo fã da série?

Alguns dos extras que encontraremos no box você confere aqui.

01/06/2008

Dudecast - 19ª Edição (Final da 4ª Temporada)

Example


No ar a 19ª edição do nosso podcast com comentários e opiniões sobre o surpreendente final da 4ª Temporada. Ouça agora!

Para baixar direto clique AQUI

(Clique direto ou com o botão direito do mouse escolha as opções 'Salvar como' ou 'Salvar Link como')

OU...

Se quiser ouvir sem baixar, basta clicar no player para ouví-lo direto por aqui




Enquete final da temporada



Sayid rockeiro?

Enquanto o final da temporada era exibido na noite do dia 29 nos EUA, Naveen Andrews, o Sayid já curtia as férias dando uma canja como guitarrista em um show do Camp Freddy, um grupo de músicos famosos como Dave Navarro ( do Jane's Addiction), Billy Morrison (antigo membro do The Cult), Matt Sorum (bateirista do Velvet Revolver e ex-membro do Guns N' Roses) e outros que se reune de vez em quando para fazer covers de clássicos do rock. No show do dia 29, Naveen Andrews subiu ao palco ao lado do vocalista Mark McGrath (do Sugar Ray) e mandou ver na clássica EMI do Sex Pistols.



E para finalizar...

Lost pode ter entrado oficialmente em hiato mas nós não vamos parar, por isso não deixe de visitar o Dude, we are Lost! diariamente e aproveite também para acompanhar o Dude News, com várias novidades e comentários sobre outras séries e cinema. Visite agora ;)

Final da 4ª Temporada - Easter Eggs, curiosidades e repercussão

Post com spoilers para quem ainda não viu o final da 4ª Temporada.

Surpresas, choques, destinos em jogo e uma certeza: Eles tem que voltar. Tudo isso transformou a final da 4ª Temporada (cujo comentário você lê aqui) em um espetáculo visual repleto de ação e emoção fechando com chave de ouro essa que, como já afirmei antes, foi a melhor temporada da série até aqui. Oito meses de intervalo nos esperam, mas enquanto 2009 não chega vamos aos...

Easter Eggs e curiosidades



1. Jack e Locke revivem a velha discussão sobre razão e fé. Um embate que 3 anos depois transformaria radicalmente o modo de pensar do Dr. agora também ele um homem motivado pela fé e o desejo de voltar ao lugar de onde tanto lutou para sair.



2. O outrora garoto Walt é agora um gigante de voz grossa. A antiga afirmação dos produtores/roteiristas de que o crescimento do ator Malcom David Kelley fora levado em consideração desde o início da série ganha um sentido incontestável. A visita de Walt, suas palavras a Hurley e a necessidade de entendermos porque ele é especial, indicam que o personagem deve voltar ao elenco regular da série participando ativamente da jornada que em algum ponto da trama levará os Oceanic 6 + Locke e Ben de volta à ilha.



3. "Estou surpreso que você queira partir... Depois de tanto tempo tentando voltar aqui." As palavras do sensitivo Miles a Charlotte nos dão pistas ainda mais contundentes de que a ruiva tem de fato uma ligação forte com a ilha e sua história. Minha aposta é a de que a ruiva é filha de Gerald e Karen DeGroot, idealizadores da Iniciativa Dharma. Ela teria nascido na ilha e pouco depois levada de volta ao mundo exterior onde acabou sendo criada por pais adotivos, os já mencionados por Ben, David e Jeanette Lewis.



4. Locke contempla as instalações da estação Orquídea. Um cenário que certamente voltaremos a ver em detalhes na 5ª temporada.



5. Por falar na Orquídea, nada melhor para conhecer uma nova estação do que um vídeo de orientação apresentado Edgard Halliwax (que também já foi Marvin Candle e Mark Wickumd). Este vídeo seria a versão final editada deste outro que mostra os bastidores da gravação que fora interrompida em função do estranhíssimo incidente com o coelho marcado com o # 15. Aliás será que um incidente parecido com este ocorre com Locke justificando assim sua posterior saída da Ilha?



6. Antes de resolver tomar uma atitude drástica e de total altruísmo em prol dos outros no helicóptero, Sawyer cochichou algo no ouvido de Kate. Fica óbvio que foi um pedido, o mesmo que Kate disse ao Jack pouco antes da briga que culminou com o Dr. vociferando que Sawyer havia escolhido ficar para trás. Mas que pedido seria esse afinal? Muitos acreditam que o ex-golpista pediu à sardenta que procurasse por sua filha Clementine (aquela que teve com sua ex-parceira de crimes, Cassidy) e olhasse por ela. Faz sentido? Totalmente, na minha opinião.



7. Depois de eliminar mais um, Sayid encontra Hurley no Santa Rosa Mental Health Institute e diz que precisa levá-lo para "um lugar seguro." Seria esse um dos primeiros passos de um plano arquitetado por Ben para reunir os Oceanic 6 na tentativa de voltar à ilha? Eu acredito que sim. Outro ponto curioso desta cena claro, foi Hurley dando adeus para o Mr. Eko! com quem estaria jogando xadrez.



8. Com a bomba prestes a explodir, Michael ouve novos sussurros a ilha finalmente dá como encerrada sua missão. "Você pode ir agora, Michael," disse Christian Shephard, o interlocutor de Jacob e da ilha. Mas afinal, será que Michael encontrou sua redenção? No entendimento do ator Harold Perrineau não, que disse em entrevista ao TV Guide que estava decepcionado com o rumo dado a seu personagem e que se soubesse que esse seria o fim de Michael não teria aceitado voltar à série. Xii...



9. O cargueiro explode e afunda rapidamente para o desespero de Sun que viu seu marido Jin ser deixado para trás sem que nada pudesse fazer a não ser gritar. Embora a idéia de que Jin esteja morto seja a mais óbvia e infelizmente provável, ainda quero acreditar que ele possa ter pulado no mar antes da explosão e se salvado. E você, acredita que o coreano está morto ou vivo?



10. Dúvidas sobre o destino de Jin à parte, uma coisa é certa: a morte dele é a principal motivação de Sun aliar-se a Charles Widmore de quem tentaria ganhar a confiança com a promessa de o ajudar a encontrar a ilha ao mesmo tempo em que buscaria vingança contra os que contribuíram para deixá-la viúva, incluindo aí, claro o próprio Charles. Outro ponto fundamental desta cena é a evidência de que existe efetivamente uma relação entre Widmore e o Sr. Paik. Que surpresas e revelações teremos desta ligação?



11. "Sinto muito por ter tornado sua vida tão miserável." Pouco depois de receber um pedido de desculpas de Ben, Locke parte para liderar os Outros de quem receberia todas as informações que precisava, segundo Ben. "Bem-vindo ao lar, John," disse Alpert.



12. A chegada de Ben ao subsolo congelado da estação Orquídea põe fim ao mistério de como ele foi parar no deserto do Saara usando um pesado casaco de frio e com um ferimento no braço.


(Clique na imagem para ver os detalhes.)

13. Neste mesmo lugar existem inscrições que podem ter relação com as vistas em The Shape of Things to Come na parede do túnel que levara Ben a invocar o Monstro de Fumaça. Seriam essas algumas instruções deixadas pelos antigos habitantes da ilha? Acredito que sim.





14. Momento de ruptura. Ben assume a tarefa de proteger a ilha movendo-a literalmente no espaço/tempo para o choque de todos que nela ficaram e sobretudo para aqueles que estavam no helicóptero e a viram desaparecer. Para onde/quando a ilha foi? É essa a pergunta que vai martelar nossas cabeças pelos próximos meses. Alguém arrisca um palpite?



15. 3 anos depois da saída da ilha Kate recebe uma estranha ligação no meio da noite. Incompreenssível, certo? Bom, se ouvirmos no áudio original sim...



... mas no revertido...



"The island needs you. You have to go back before it's too late." ou traduzindo, "A Ilha precisa de você. Você tem que voltar antes que seja tarde demais." Sinistro, não? De quem parece ser aquela voz? Do próprio Locke talvez? Creio que sim e você?



16. Assustada com a ligação e por ouvir um barulho, Kate corre armada para o quarto de Aaron cuja porta é decorada com uma ilustração retirada do clássico Alice no País das Maravilhas livro de Lewis Carrol que na essência narra justamente o sonho de uma menina...



17. E por falar no sonho, antes de acordar, Kate recebeu uma estranha visita de Claire cuja mensagem deixa um mistério no ar. Qual é o sentido do "não ouse trazê-lo de volta" dito pela loirinha? De volta à ilha ou à civilização? Bem, essa é uma resposta que eu acredito que só será dada na última temporada.


(Clique na imagem para aumentá-la.)

18. Lembram do Henrik, aquele português/brasileiro que apareceu no final da 2ª temporada na instalação de monitoramento coordenado por Penny Widmore?




19. Por falar em Penny, que bela cena a do reencontro com Desmond, não? Certamente um dos momentos mais emocionantes deste final de temporada. Ou vai dizer que você não segurou as lágrimas?



20. Uma semana depois e com a mentira já totalmente arquitetada para proteger aqueles que ficaram para trás, Jack se despedia de Desmond - pedindo-o que não deixasse que Widmore o encontrasse - com o bordão que o próprio escocês usara em uma de suas primeiras aparições na série. "See you in another life" ou em português, "Vejo você em outra vida." Que papel estará reservado a Desmond e Penny na próxima temporada, hein?



21. Revisitando a casa funerária Hoffs Drawler, e tomado pelo desespero, Jack recebe a visita de Ben que lhe pergunta se Locke o procurara antes. Jack responde que sim, afirmando ainda que Locke/Bentham revelara que coisas muito ruins aconteceram na ilha depois de sua saída culpando-o e dizendo que ele precisava voltar, o que segundo Ben, seria possível se todos fossem juntos.




22. E o todos neste caso, inclui também John Locke, o morto do caixão e que após sair da ilha passou a identificar-se como Jeremy Bentham, mesmo nome do filósofo difusor do utilitarismo, teoria que prega a idéia de que o valor moral de uma ação só pode ser determinado por sua contribuição à ultilidade geral em maximizar a felicidade e o prazer na coletividade. Um sugestivo nome para alguém que até bem pouco tempo só parecia se preocupar com seus próprios interesses e claro, aos da ilha, não acha? Questionamentos à parte, vale destacar que dentre outros utilitaristas famosos destaca-se David Hume, outro filósofo que inspirou o nome de Desmond.

A resposta para o porque de Locke ter saído da Ilha e como isso teria ocorrido, será na minha opinião, um dos temas centrais da 5ª temporada, mas uma coisa me parece certa. Ele não se matou como sugeria a nota de jornal lida por Jack ainda no final da temporada passada. Qual a sua teoria para o que ocorreu e como acha que isso será explorado daqui para frente?


Repercutindo o episódio


"O que não foi este quarto ano da série senão um imenso e explicativo aposto para nos retratar a via crucis assumida e trilhada por Jack? Se imperou a boa intenção em cada gesto do doutor, ela estava mal acompanhada de um cego abraço na lógica, adotando-a como única referência em um local em que milagres se sobrepõem diante dos olhos de quem se dispõe a enxergar. O resultado da escolha errada de Jack: desgraças e pesadelos coletivos e individuais, frutos diretos e indiretos da incapacidade do médico em perceber que, focado no objetivo de sua promessa de resgatar os companheiros, ele deveria na verdade apenas ter deixado de mentir para si mesmo... Não há dúvidas de que a quarta temporada de "Lost" foi tão brilhante e excepcional quanto sombria e nebulosa. Pelo relato de Locke no futuro, a ilha não foi defendida; e de acordo com o roteiro prescrito por Jack em suas escolhas, não houve resgate algum."

Carlos Alexandre Monteiro (Lost in Lost)

"Se levarmos em consideração o fator "surpresa", o último episódio da temporada passada derrota estas duas últimas horas da quarta de maneira incontestável. A simples revelação de que estávamos vendo eventos do futuro de Jack serviu para mudar completamente a maneira com que assistíamos a "Lost", influenciando profundamente a arquitetura narrativa desta temporada... esta é a primeira vez, ao longo da série, em que mais perguntas foram respondidas do que criadas - e é perfeitamente possível dizer que a primeira fase de "Lost" foi definitivamente concluída."

Pablo Villaça (Cinema em Cena)


"... após mais um incrível ano, era perfeitamente aceitável que todos nós estivéssemos ávidos por algumas migalhas de informações sobre a natureza da ilha, seus habitantes originais e sua curiosa mitologia. Sob esse prisma, exclusivamente, não posso ignorar que o final deixou muito, mas muito a desejar. Os produtores falam demais, muito hype é gerado em convenções, fóruns e afins e pouca coisa é efetivamente materializada... Contudo, vários elementos característicos de um final de temporada foram mantidos... Ainda é cedo para avaliar tudo que vimos (principalmente a controversa cena do desaparecimento da ínsula), mas reitero que este não foi um final que fez jus à 4ª temporada, apesar dos episódios em si terem sido ótimos. Felizmente o chamado de Jack deverá se concretizar e daqui a 8 longos meses estaremos todos (necessariamente) de volta à ilha."

Bruno Carvalho (Ligado em Série)


"Season Finale de LOST sempre tem algo a mais e dessa vez esse "algo a mais" se mostrou em forma de "milagres". Milagres místicos e milagres científicos, mantendo LOST com sua chama de discussão entre ciência e fé mais acesa que nunca... Esperar o impossível tem se tornado comum em LOST mas, no roteiro, nada acontece por acaso. Um Season Finale que fechou com perfeição uma temporada sensacional...Será que veremos uma 5ª temporada começando com os "6" em um avião, o corpo de Locke entre as cargas e um novo acidente!? Não digo que a Ilha ressuscitaria Locke, mas os mortos, de alguma forma, tomam "vida" na Ilha..."

Leco Leite (Teorias Lost)


"Todos os finais de temporada da série foram excelentes, e este não fugiu à regra... Agora é hora de discutir e elaborar teorias. Afinal, este é o grande trunfo de Lost: os episódios vão muito além daqueles minutos que nos são apresentados na telinha. Eles alcançam as mesas de bar, os escritórios e qualquer outro lugar imaginável onde dois (ou mais) lostmaníacos possam se encontrar."

Pedro Araujo (Blog Na Tv)


E atenção, ainda hoje, pinta aqui no blog o Dudecast #19 com mais detalhes e opiniões sobre este ótimo final de temporada. Fique de olho no blog e até mais tarde!

Por Davi Garcia