30/05/2008

Veja cena inédita da Conferência de Imprensa dos Oceanic 6

Como muitos já sabem, antes do final da 4ª temporada (cujo comentário você lê aqui) ir ao ar nos EUA, a parte 1 foi reexibida trazendo uma cena inédita da conferência de imprensa dos Oceanic 6 quando retornaram ao mundo exterior. A descrição dessa cena você já leu aqui no Dude e agora pode ver o vídeo que foi disponibilizado no DarkUfo.



Fora da 5ª temporada?

Post com spoiler

Quer saber qual personagem não deve aparecer na 5ª temporada da série só retornando na 6ª e última?


Segundo a Kristin dos Santos do E! Online, Emilie de Ravin só deve reaparecer na pele de Claire na temporada final de Lost que será exibida em 2010. Kristin afirmou que De Ravin deixa de ser regular no próximo ano mas terá um contrato que garante sua presença em 2010, quando veremos o desfecho da história da série.

Diz aí, você acha razável que a trama envolvendo Claire fique de fora da próxima temporada?

Dois Finais Alternativos para There's No Place Like Home

Com spoilers do final da temporada!

Chocados com o final da temporada? Pois é, eu também. Aquela era a última pessoa que eu imaginava ver no caixão. Garanto que muitas pessoas também. O mais curioso é que além da cena que foi ao ar, outras duas foram gravadas, com finais diferentes. Talvez os produtores contassem com a possibilidade da sinopse vazar e se prepararam para causar impacto, ou pelo menos plantar a sementinha da dúvida até mesmo em quem achava que sabia o final. Quer saber quem também poderia estar no caixão? Clique no link e assista o vídeo! Mais comentários sobre o assunto no Dudecast. Fique de olho!

Por Juliana Ramanzini


Comentários dos eps. 4x13/14 'There's No Place Like Home' - Final da 4ª temporada

Embora muitos julguem o contrário, essa 4ª temporada foi para mim a melhor da série até aqui. Erros inegavelmente existiram, mas os acertos felizmente foram infinitamente maiores. A introdução de novos personagens deu-se de forma natural e gradual garantindo uma sensação clara de conexão com a trama, vimos pequenos pedaços das história fora da ilha daqueles que saíram e pudemos entender as razões que levaram Jack a primeiro negar a existência do lugar e posteriormentes a mergulhar na obsessão autodestrutiva de voltar. E foi justamente no lugar onde milagres acontecem que vimos um dos momentos mais surpreendentes da história da série, a literal movimentação da ilha no tempo/espaço, algo que à primeira vista parece impossível mas que está intimamente ligado à mitologia da série desde o início. A ilha se foi e com ela os incertos destinos daqueles que lá permanecem. Fora dela a culpa e o transtorno de Jack vão se transformar em uma verdadeira jornada épica, que ao que tudo indica, caberá a ele liderar. Algo deu muito errado na ilha e todos os Oceanic 6, ao lado de Ben, precisam voltar para consertar o que deu errado e para isso precisarão levar com eles o escolhido, o homem no caixão, John Locke.

A promessa dos produtores de que veríamos rompimentos foi cumprida. Separações físicas e emocionais, sacrifícios e redenções, tudo isso foi explorado neste final de temporada. Ben se separou daquilo que mais se importava (a ilha, obviamente), Sun - em atuação inspirada de Yunjin Kim, diga-se de passagem - perdeu o marido (será que perdeu mesmo? Eu duvido), enquanto Michael enfim, livrou-se do peso que carregava (aliviado por uma estranha absolvição de Christian Shephard que parece ser o mensageiro da ilha e de Jacob). Mas foi Jack quem teve que encarar o maior dos rompimentos ao encontrar o beco sem saída onde a percepção de sua até então inabalável razão cedeu lugar à uma fé incompreenssível para ele mas que é responsável pelo doloroso processo de descobertas recheadas de culpa que provocariam sua obsessão pelo retorno.

O panorama para o que veremos na próxima temporada está desenhado. TODOS os Oceanic 6 precisam voltar mas a reunião de cada um deles será das mais complexas. Ben não sabe onde a ilha está mas diz que sabe como fazer para voltar se todos estiverem juntos. Sun no entanto parece dedicada a um projeto íntimo e pessoal de vingança que a aproximará de Charles Widmore, aquele para quem a mentira foi criada em primeiro lugar. Enquanto isso, Kate, motivada pela misteriosa mensagem de Claire em um sonho, não vai querer voltar à ilha com Aaron. Nesse cenário, não podemos esquecer também de Penny Widmore - cujo reencontro com Desmond rendeu uma das mais emocionates cenas deste final - que será no meu entendimento, peça fundamental para ajudar na difícil missão de voltar à ilha.

Mas e o Locke, onde entra nisso tudo? Por que ele saiu da ilha e por que estava usando o nome falso de Jeremy Bentham? Pode ser prematuro afirmar qualquer coisa, mas acredito que ao sair em busca de orientação para o que fazer na ilha ele acabou sendo descoberto por Widmore - ou seja lá quem estiver por trás de toda a conspiração para localizar o lugar - e ao negar-se a ajudar acabou morto defendendo o segredo que possuía. E se a idéia de que Locke pode estar realmente morto me parece improvável (embora o fato em si tenda a corroborar o que vimos), imagino que é com essa jogada que a trama vai começar a explicar toda a origem do que ou quem é Jacob, o que em uma primeira análise pode abrir possibilidades de paradoxos na trama, mas que ao mesmo tempo indica interpretações diversas sobre a real natureza do escolhido, algo que como sabemos seria o destino de John Locke. A 5ª temporada deve se dedicar não só em explorar toda a história que envolve as motivações da saída de Locke e sua morte como também nos dar uma visão ainda maior de tudo o que envolve a Dharma e os reais interesses de Charles Widmore pelo lugar.

A espera pela nova temporada como todos já sabem será longa, mas os 8 meses que nos separam da continuação da história servirão para organizar todas as novas peças deste complexo quebra-cabeças. O que é certo pelo menos para mim no momento, é que uma nova dinâmica na estrutura narrativa da série deve tomar corpo concentrando-se no nosso presente real e a provável re-introdução de personagens intimamente ligados à Ilha como Walt e Alpert devem catalisar o surgimento de novos elementos que tornarão a história mais criativa e inteligente da tv atual ainda mais irresistível. Eu mergulharei na história de novo quando ela voltar e você?

A repercussão desse impactante final de temporada, os easter eggs e novos detalhes do que vimos mas não foi comentado aqui você confere ao longo deste final de semana aqui no blog e claro no Dudecast # 19. Até lá!

Por Davi Garcia

O início de um novo ARG?




Ainda não deu nem tempo de digerir o final da 4ª temporada e já temos um novo site ligado à série para fazer nossas mentes ferverem de curiosidade. Logo após a exibição do episódio, foi ao ar um vídeo da Octagon Global Recruting. No site há a seguinte mensagem:

Em nome da Dharma Initiative,a Octagon Global Recruiting está atualmente buscando voluntários para contribuir em um importante novo projeto de pesquisas.

O objetivo mais evidente desse site no momento é atrair fãs para o painel de Lost que ocorrerá na Comic Con de San Diego no dia 24 de Julho, mas fora isso, achei que ele tem toda a pinta de ter relação com o recurso que Charles Widmore usará para tentar encontrar a ilha e que pode ser explorado em um novo ARG de Lost para agitar o hiato da série.

Por Davi Garcia

29/05/2008

Surpresa pode estar reservada para o final da temporada

Post com grande spoiler!

Desde a divulgação da suposta sinopse do final de temporada pelo Lostfan108, o blogueiro DocArzt foi um dos que mais se indignou e defendeu a idéia de que boa parte do que está ali era foiler (spoiler falso). Um desses foilers, e talvez o mais polêmico deles seria a revelação de quem está no caixão. Eu li a sinopse, muita gente leu e outras tantas preferiram esperar. Quem se deu bem, afinal? Não dá para apontar, mas hoje o blogueiro deu uma informação que pode render uma grande surpresa para quem, assim como eu, achava que esse mistério já estava resolvido.


Bom, segundo DocArzt, Locke NÃO é a pessoa do caixão como a sinopse apontava. Quem será então? A verdade é que no último mês já tivemos pelos menos 3 personagens apontados como a tal pessoa do caixão, portanto a essa altura e faltando pouquíssimas horas para descobrirmos, o mistério permanece (ou não).

Por Davi Garcia

Produtores dão dicas sobre o "Beijo Espetacular"

Post com spoiler!

Fonte: E!Online
Por Fernanda Reple




Em entrevista para o site E!Online, os produtores dão mais dicas sobre o tão falado "Beijo Espetacular" que acontecerá no episódio final da temporada.



Damon Lindelof: Tudo vai ser mostrado nesse final de temporada. Nós veremos como os “Seis da Oceanic” saíram da ilha, veremos como eles começaram a mentir, quem não saiu da ilha e porque alguns deles resolveram ficar.

Carlton Cuse: E nós veremos um grande beijo, um beijo grande e bem suculento entre dois personagens.

Damon Lindelof: Um beijo espetacular.

Carlton Cuse: E vai ser muito bom para as pessoas envolvidas com o triangulo amoroso entre Jack-Kate-Sawyer. Vocês verão muito mais sobre isso no final.

Damon Lindelof: Então você quer dizer que o beijo vai acontecer entre dois desses personagens. Jack e Sawyer talvez?

Carlton Cuse: Eu digo que não será entre Jack e Sawyer. Vou dizer que você pode escolher dois outros lados desse triangulo.

Damon Lindelof: Então direi algo melhor que “Haverá um beijo espetacular”: Há dois beijos espetaculares...entre quatro pessoas diferentes. Eles acontecerão em diferentes momentos.

Carlton Cuse: E não acontecerá de dois personagens se beijarem mais de uma vez, então será bom.

Damon Lindelof: Beijos separados.

É hoje!

Faltando poucas horas para que a 4ª temporada de Lost termine, não dá para negar que a ansiedade está girando a mil por hora. E digo isso mesmo já sabendo de boa parte dos acontecimentos - isso claro, se a tal sinopse do Lostfan108 for verdadeira - o que por incrível que pareça não diminui nem um pouco minha expectativa. Já a Juliana preferiu não ler ou ver nada sobre o final dessa vez, pois diferente do que aconteceu no final da temporada passada quer ter o máximo de imersão na experiência de descobrir passo a passo o que as mentes por trás de Lost prepararam para todos os fãs da série.



Mas e você como está se preparando para este final? Tem algum ritual planejado? Já está pensando naquela pipoca quentinha ou vai ficar com o que ainda resta das unhas e dos cabelos? Bom, seja lá qual for a sua estratégia, a certeza é uma só: O final da temporada vai bombar e você vai conferir TUDO o que rolar aqui no Dude ;)

Por Davi Garcia

28/05/2008

Mais um Vídeo Promocional do Final da Temporada

Como esperávamos, estão divulgando muitos promos e sneak peeks ao longo da semana. Se você, assim como eu, está tentado assistir o final da temporada sem ter lido nenhum spoiler*... feche os olhos! :D




* Davi leu os spoilers e eu não. Quero comentar no Dudecast do final da temporada sobre a sensação de assistir sem saber o que vai acontecer, fazendo um contraponto! Portanto, não sei dizer se o promo tem cenas novas porque não assisti! Essa tarefa fica por conta de vocês. Deixem seus comentários! :D


Juliana Ramanzini

Mais 6 Sneak peeks do final da temporada!

Com spoilers!

A essa altura dá para imaginar que você já nem tem unha para roer, por isso para aumentar ainda mais a sua ansiedade, aí vão mais Sneak Peeks disponibilizados pelo DocArzt.

Os Outros atacam o bando de Keamy

Locke pede a Jack que minta para proteger a ilha

Michael e o plano para neutralizar a bomba temporariamente

Locke e um novo video de orientação



Vazamento de gasolina no Helicóptero


Por Carlost

Miles faz uma curiosa observação sobre Charlotte e sua ligação com a ilha



Depois de assistir esses vídeos você ainda duvida que esse final de temporada será enlouquecedor?

27/05/2008

Sneak Peek dos episódios "4x13 & 4x14 There's No Place Like Home"



Jack: Sobre o que você queria falar comigo, John?

Locke: Eu quero que você reconsiderasse a idéia de deixar a ilha Jack, eu gostaria que você ficasse.

Jack: Você gostaria que eu ficasse?

Locke: Sim, isso mesmo.

Jack: Você enterrou uma faca na costas de uma mulher desarmada, você levou metade do nosso pessoal para o outro lado da ilha e deixou a maioria ser morto.

Locke: Bom, Jack, você apontou uma arma para a minha cabeça e puxou o gatilho. Eu esperava que pudessemos deixar tudo isso para trás.

Jack: Eu vou te dizer uma coisa, fique aqui na sua pequena estufa, porque o resto de nós vai para casa.

Locke: Você não deve ir para casa.

Jack: Então o que eu devo fazer? Eu acho que me lembro do que você disse no caminho para a escotilha, que cair aqui era nosso destino.

Locke: Você sabe Jack, você sabe que está aqui por alguma razão, você sabe. E se você deixar esse lugar, essa certeza vai te consumir de dentro para fora até que você decida voltar.

Jack: Adeus John.

Por Fernanda Reple
Fonte: E! Online

26/05/2008

Descubra qual o desejo de Yunjim Kim para Sun na 5ª temporada

Com pequenos spoilers do fim da temporada.

Via Lost Spoilers, surgiu um link para uma entrevista dada pela atriz Yunjin Kim ao jornal americano Los Angeles Times onde ela fala sobre o final da temporada e sobre um estranho desejo do que gostaria de ver para sua personagem Sun na próxima temporada.


1) Que aspecto você considera mais desafiador ao fazer as cenas de flash-forwards?

É não saber qual é a história completa. Acabo tendo que imaginar o que existe nos buracos. Por exemplo, o que aconteceu a Sun quando ela finalmente retornou à Coréia? Sabemos que ela teve a Ji Yeon, mas como ela descobriu que seu pai, o Sr. Paik, está aparentemente ligado à Hanso Foundation?

Além disso há muita coisa... Eu sou deixada tendo que adivinhar as coisas por mim mesma e espero que tudo dê certo.

2) Você pode dar alguma dica sobre a saída dos Oceanic 6?

Sem entregar muito... Tenho que dizer que a saída dos Oceanic 6 parece que era inevitável. Muitos eventos ocorrem, alguns sacrifícios heróicos, eventos gerados por sorte, destino, mas o mais importante é dizer que o amor os salvou.


3) Se você pudesse pedir aos roteiristas uma coisa para a sua personagem na 6ª temporada, o que seria?

[Pediria] para que Sun se tornasse uma assassina e se juntasse a Sayid em busca de vingança.


*-*-*-*-*

Belas informações, não acha? A provável conexão de Paik com a Hanso é algo que já vém sendo indicado desde o Lost Experience com eventos que nós aqui do Dude discutimos inclusive no dudecast #18.

Sobre essa história de que o amor salvou os Oceanic 6 e que sacrifícios heróicos ocorrem, sei não, mas começo a achar que Jin está de fato e infelizmente em perigo, sobretudo pelo desejo da atriz (que pode e deve ser uma brincadeira) de ver Sun tornando-se uma assassina em busca de vingança.

Por Davi Garcia

Novo Sky One Promo dos episódios "4x13 & 4x14 There's No Place Like Home"



Por Fernanda Reple

Produtores revelam: "Final vai ser sobre rompimentos"

Post com spoilers!

Matéria do jornal americano Los Angeles Times fala sobre o final da temporada e traz as teorias e reações do elenco para os (possíveis) destinos de seus personagens. Outra curiosidade da matéria é a afirmação dos produtores de que a escolha de quem seriam os Oceanic 6 já começara na 2ª temporada. Há, como eu já disse, pequenos spoilers no texto, mas nada que entregue alguma surpresa do final que será exibido esta semana nos EUA. Vale à pena conferir


FINAL DE TEMPORADA DE LOST DEVE RESPONDER QUESTÕES

Uma coisa é certa: a série da ABC recapturou a atenção da audiência.

Por Maria Elena Fernandez, para o Los Angeles Times

Os Oceanic 6 estão divididos fora da ilha, todos em Membata, se a audiência tiver que acreditar que esse é o nome do lugar onde o vôo Oceanic 815 caiu 101 dias atrás. A mesma ilha que Locke (Terry O'Quinn) pensa que quer mover, pode se mover.

Todos os membros do elusivo grupo de sobreviventes, que nós já sabemos que deixam a ilha estão em perigo. Jack, Kate, Hurley, Sun, Sayid e o bebê Aaron estão separados tentando viver, lutando para escapar. Eles não estão perto do helicóptero que pode levá-los para o cargueiro (onde Sun já está) no oceano, a embarcação que poderia salvá-los se não estivesse carregado de bombas.

Mas como eles saem? Quando eles vão se separar do resto dos sobreviventes? Que preço vão pagar?

Quando o final de 2 horas da temporada for exibido na quinta-feira, ele vai por fim não apenas a outro capítulo da saga da ilha. Vai também encerrar uma temporada de uma narrativa agitada que levou a audiência do presente e do passado, a assinatura da série, para o futuro - a ser ilustrado com flashbacks dos flash forwards - que mostra na verdade, trechos que antecedem outros que o público já viu. Essa temporada os roteiristas preencheram os espaços vazios nos mostrando outro pedaço do futuro que ocorreu antes daquele momento para deixar a audiência saber que o "ele" é o Aaron de Claire.

Usar a técnica de flashbacks para desenvolver personagens tornou-se algo tão popular dentre as séries de tv desde a estréia de Lost em 2004, que é provável que o uso de flash forwards como elemento para direcionar a trama ganhe força. Os produtores de Lost usaram esse recurso para empurrar a história adiante e responder alguns dos muitos mistérios da ilha que os fãs amam e odeiam.

"É um desenvolvimento interessante na história que mostremos o mundo pós ilha e que ele seja imperfeito," disse Michael Emerson, que faz Ben Linus, o mestre da manipulação e líder do Outros, que o público já viu fora da ilha também. "O mundo exterior é tão imperfeito como no mundo da ilha e a única forma que Oceanic 6 encontram para viver nele é usando uma grande mentira. Portanto este já é um mundo totalmente comprometido.

"E a ilha pode ser mais importante para os sobreviventes quando eles a deixam do que quando eles estavam nela," continua ele. "A ilha ficou na mente e é um lugar que os incomoda. A ilha nunca perde seu poder."

OLHANDO PARA FRENTE

Evidentemente, isso também ocorre com o público de Lost. O recurso do flash forward devolveu o interesse a muitos fãs que pareciam desencantados duranto a temporada passada, à medida em que mais personagens e mistérios iam sendo introduzidos e personagens favoritos deixados de lado. Com uma média de 14.6 milhões de audiência, Lost está em nono lugar dentre todas as séries assistidas pelo público que tem entre 18 e 49 anos e tem sido a de maior audiência em seu horário ao longo da temporada.

O público respondeu favoravelmente ao ritmo da narrativa, mas alguns tem dito que às vezes organizar a cronologia dos fatos tem sido desafiador. "Ao introduzir os flash forwards, fizemos com que o público suspeitasse profundamente do que viam e eles nào sabem no que acreditar quando você quer que eles acreditem em algo," disse o produtor executivo Carlton Cuse, ciente da influência da internet dentre os fãs.

Com apenas duas horas faltando, os produtores tem muito o que cobrir. No futuro, os fãs já viram Jack (Matthew Fox) e Kate (Evangeline Lilly) como casal criando Aaron sem mencionar o que aconteceu com Claire (Emily de Ravin). Hurley (Jorge Garcia) acaba indo parar em uma clínica psiquiátrica de novo; Sayd (Naveen Andrews) está trabalhando como assassino para Ben; e Sun (Yunjin Kim) teve uma filha e lamentou a perda de seu marido Jin (Daniel Dae Kim), embora o público não tenha visto sua morte.

O que os fãs ainda vão ver é o que acontece depois da revelação de que Jack e Kate haviam saído da ilha e que algo fez com que Jack quisesse voltar. Na quinta-feira, Lost vai levar o público àquele exato momento em que Jack gritava "Nós temos que voltar!"e seguir adiante. Veremos também um dos "grandes mistérios da ilha," de acordo com Emerson.

"O final é sobre a idéia de um grupo de pessoas que quer desesperadamente sair da ilha mas que se encontra em uma posição de defender aquilo que querem deixar para trás," disse Cuse.

Mas os produtores não vão revelar o que os fãs estão morrendo de curiosidade para saber. Muitos, como percebido nos fóruns estão convencidos que a próxima temporada vai mostrar a vida pós-ilha como presente e o passado com os que ficaram.

"Tudo o que podemos dizer é que vai ser bem difícil para aquele pessoal voltar à ilha," disse o co-criador e produtor executivo Damon Lindelof. "Mas a vida vai continuar para os que não estiverem com eles. Como vamos contar essa história? Não vamos dizer."De fato, Lindelof disse durante uma entrevista que depois do final desta temporada ele e Cuse vão entrar em 'silêncio de rádio' até a próxima temporada.

Mas emerson, falando do Havaí por telefone, tem uma teoria. "Toda temporada, na narrativa de Lost, as lentes revelam um pedáco maior da imagem, incluindo mais coisas, mais pessoas, outros lugare," disse ele. "Portanto ficarei curioso para saber o que será incluído quando isso ocorrer. Acredito que a história ficará mais fragmentada. A geografia da série como conhecemos será modificada. Todos estarão em um novo lugar."

Daniel Dae Kim que disse que "ocorreriam perdas," foi além: "O final vai mudar a forma como você assiste a série. Vai introduzir nova variáveis que não foram sequer ser consideradas antes."

Quando o público viu os Oceanic 6 pela última vez, Jack e Sawyer (Josh Holloway) deixaram o helicóptero que poderia salvá-los para tentar proteger Hurley.

Hurley estava se escondendo do pessoal do cargueiro que quer matar Ben. Os Outros desceram a montanha para capturar Kate e Sayid. Sun, Jin e Aaron estavam a bordo do cargueiro carregado de bombas.

"Ah, cara, o final é de enlouquecer," disse Garcia. "Vocês definitivamente vão ver como acabamos juntos e voltamos à civilização. Mas é como se tivesse um obstáculo depois do outro na nossa frente e o fato de que saímos é definitivamente um milagre."

ESCOLHENDO OS SOBREVIVENTES

Como apenas meia dúzia de sobreviventes - e não seus companheiros -tornaram-se os Oceanic 6?

Os produtores começaram a fazer suas seleções na segunda temporada mas não escolheram todos os seis até negociarem 2010 como data de encerramento para a série e planejassem o restante da história. O primeiro requisito era o de que eles deveriam ser passageiros do vôo Oceanic 815, que caiu na ilha em 22 de setembro de 2004, e não outro habitante qualquer da ilha.

"Jack sempre vinha dizendo, 'Eu vou tirar todo mundo dessa ilha.' Então pensamos, O que acontece se o herói alcança seu objetivo mas se dá conta que cometeu um erro grave?" perguntou Lindelof. "E só classificaríamos isso como um sucesso se Kate também saísse. Além disso sabíamos que o bebê tinha que ser parte disso. Então perguntamos a nós mesmo, 'Quem são as outras pessoas que tem para o que voltar e o como suas vidas seriam fora da ilha?'"

A resposta era Sayid, Sun e Hurley, mas Lindelof e Cuse não dizem exatamente porque, afirmando que algumas de suas razões estão baseadas em eventos das duas próximas temporadas que até mesmo o elenco desconhece à essa altura.

"Essas escolhas são representações de polos dramáticos dos personagens," disse Cuse. "Jack é o último empiricista. Ele nunca acreditou no mistério e na mitologia da ilha. Ele apenas quer sair daquele lugar cujos mistérios Locke abraçou. Seu objetivo é entender o que é a ilha."

Ninguém ficou mais surpreso de saber que fazia parte do clube exclusivo do que Jorge Garcia. Geralmente o centro emocional da série, Hurley não está no meio da ação.

"Eu sabia que algumas saíriam e outras não e eu achei naquela ocasião que seriam pessoas que estavam próximas ao telefone por satélite," disse Garcia. "Mas tudo acabou se transformando em alguns de nós espalhados por todos os lugares e eu achei muito legal porque se tornou um quebra cabeças a se revelar em como acabamos juntos fora da ilha."

A única exceção à regra de "apenas passageiros do vôo" é o Aaron, que não estava na lista porque nasceu na ilha. O fato de que Kate é sua mãe fora da ilha é um dos componentes da intrincada mentira que os Oceanic 6 disseminaram quando chegaram à civilização. Desde o início os fãs imaginam se Aaron está de alguma forma ligada ao centro da mitologia da série. Os produtores tem repetido seguidamente que a ilha não é o purgatório, mas se Aaron (ou Locke ou Ben ou sei lá quem) é fundamental para a ilha que cura e que tem monstro de fumaça e propriedades eletro-magnéticas permanece um mistério a ser desvendado.

"Pode acontecer qualquer coisa, "disse de Ravin, que faz Claire, que no presente pode estar morta ou não, dependendo de como você olha a questão. "Já que eles revelaram que ele está com Kate, deve haver alguma surpresa a mais ali. Ele é apenas um pequeno bebê, então é difícil dizer se ele tem algum poder. Talvez ele possa ver o futuro também."

O futuro não parece tão promissor para Jin, cuja esposa lamentava sua morte em um túmulo na Coréia. Mas muitos fãs, levando em conta uma dica de sua lápide que apontava o dia do acidente como o dia de sua morte, não acreditam que Jin esteja morto.

"Não me agrada a idéia de que seu destino não esteja resolvido e que sua vida esteja sob ameaça," disse Kim. "Mas acreditando que ele esteja morto, eu vejo diversas pessoas dizendo, 'Ah, por favor não esteja morto.' O que é um bom sinal de uma apreciação pelo personagem que eu não sentia no passado."

O final, Cuse disse, vai ter "momentos românticos espetaculares em meio a monentos de ação espetaculares."

"A história dos Oceanic 6 é ápice do rompimento de uma relação, acrescentou Lindelof. "É sobre isso que é o final - todos se separando. E a série vai ter que seguir dali até o ponto em que descobriremos se eles vão se reunir de novo ou não. Quem ainda estará por ali?"

Entrevista com a atriz Evangeline Lilly

Tradução e adaptação por Fernanda Reple
Por Dave Lake
MSN TV


Image and video hosting by TinyPic

Nas vésperas do final da temporada, a atriz Evangeline Lilly que interpreta a Kate, faz revelações sobre a ilha, conta como os fãs de Lost são diferentes dos fãs de Star Trek e seu recém descoberto amor por Björk.




MSN TV: Passar tanto tempo no Hawaii estraga a imagem de um “bom lugar para se estar”?

Evangeline: É verdade, mas você ainda assim reconhece o quão bom um lugar é, e de outro modo você reconhece mais do que um visitante iria. Mas, como qualquer outro lugar no mundo, tem seus maus momentos e frustrações. Ao mesmo tempo em que se é um ótimo lugar para se viver, pode fazer você querer cortar sua garganta. É uma ilha muito pequena onde não se tem muitos lugares aonde ir, não há vida noturna, é bem devagar, tem uma cultura tranqüila, o que é ideal quando se está de férias porque te força a relaxar e parar para sentir o cheiro das rosas. Mas quando se está trabalhando duro e você está muito, muito ocupado, pode começar a ficar frustrante.


MSN TV: O que te deixa mais nervosa quando essa "irritação" com Hawaii ataca?

Evangeline: Quando se é uma pessoa ocupada que está tentando levar sua vida, mas tudo em volta atrapalha, isso eventualmente começa a te cansar.


MSN TV: Os fãs de Lost são incrivelmente apaixonados pela série, e o William Shatner julgou os fãs de “Star Trek” por serem tão devotos por aquele show. Você se cansa de falar sobre Lost?

Evangeline: Não. Eu honestamente posso dizer que fico chocada com muita coisa porque sou um pouco “por fora”, mas quando eu dou de encontro com isso eu não acho tão estranho como a maioria das pessoas. E também acho que há uma noção entre os fãs de agora que não existia lá nos anos 70, porque nós passamos por tempos de grande fanatismo com os fãs de Star Trek. Mas os fãs de Lost têm noção de que não estão lá para causar repulsa nas pessoas da série, eles estão apenas curtindo. As pessoas estão tendo cuidado em serem mais simpáticas em seu espaço e sanidade.


MSN TV: Alguma chance de te encontrar em alguma convenção de Lost que está por vir?

Evangeline: Elas existem! “Losties” é um termo usado para designar os fãs de Lost e eles têm convenções, comunidades online e todo tipo de coisas. Isso tudo é um “buraco” em que tenho medo de entrar.


MSN TV: O Matthew Fox tem se ocupado em fazer filmes durante as ferias de Lost. Você considera isso uma boa coisa?

Evangeline: Com certeza, porque é uma coisa viável e uma opção obvia, mas eu estou muito focada em Lost e dôo toda a minha atenção à série. Eu leio os scripts e estou sempre procurando por algum que me chame atenção ao ponto de perder meu tempo livre com ele. Mas eles não aparecem tão frequentemente. Eu fiz um filme no ultimo verão porque achei o script muito bonito, e eu realmente acredito na história e na mensagem que ele traz. Isso acontece, mas é raro


MSN TV: Já que você terminou de gravar Lost, descobriu o que vai fazer até que as gravações comecem novamente?

Evangeline: Eu estou divulgando a série até a próxima semana, e depois quando tudo isso acabar eu vou relaxar e entrar em férias.


MSN TV: Para onde vai? Já sabe?

Evangeline: Provavelmente Europa e depois quem sabe América Latina.


MSN TV: É correto dizer que você está relutante em aceitar que é um símbolo sexual?

Evangeline: Sim, é correto. Eu acho que “relutante” talvez não seja uma palavra forte o bastante, eu luto fortemente contra isso. Eu sinto que essa cultura em que vivemos na qual as mulheres aspiram um patamar estético é chata porque vive apenas na idéia de beleza, e eu não gosto de alimentar isso. Então luto fortemente contra.


MSN TV: Eu imagino que é difícil quando há um paparazzi se escondendo nos arbustos e você sente que deve colocar alguma maquiagem para sair de casa. Você acha isso um incômodo?

Evangeline: Eu acho os paparazzis um incômodo porque eu aprecio minha privacidade. Mas eu nunca uso maquiagem quando saio de casa por eles. Se eles tirarem uma foto minha quando eu estiver horrível, ótimo.


MSN TV: As pessoas ficam assustadas quando sentam ao seu lado em um avião?

Evangeline: Bem, eles fingem parecer preocupados que algo vá acontecer, mas na maioria das vezes o que eles tentam fazer é encontrar um jeito de iniciar uma conversa.


MSN TV: O que podemos encontrar no seu MP3 Player?

Evangeline: Muita coisa boa. Recentemente eu tenho escutado muito Björk. Eu amo Eisley e Radiohead, e sou uma grande fã de Damien Rice e Postal Service.
Também fiquei fiel as minhas raízes canadenses, Sarah McLachlan é um dos meus artistas preferidos. Escuto também algumas músicas antigas, clássicas e R&B. Se eu tivesse que escolher um gênero seria o estilo “cantor/compositor”.


MSN TV: Lost tem muita coisa para mostrar nesse final. O da ultima temporada foi um dos melhores episódios da série, e eu sei que é importante para os escritores e produtores fazerem do final da série algo memorável. Você acha que o deste ano atinge o mesmo patamar da temporada passada?

Evangeline: Com certeza. O final da terceira temporada foi muito bom, mas eu acho que o desta temporada é um dos mais chocantes que já fizemos, revoluciona completamente a série. Eu não faço idéia de como será a próxima temporada, baseado nesse final e isso é realmente excitante para mim como atriz. Te deixa interessado.

Fonte: Msn.com

25/05/2008

Matthew Fox revela: "Eu sei como a série vai terminar"

Segundo nota do site Digital Spy, Matthew Fox disse em entrevista que ele é o único ator do elenco de Lost que sabe como a série vai terminar. A nota do site diz que Fox é constantemente instigado pelos companheiros de elenco a dar pistas, mas que eles entendem que o intérprete do Dr. Jack não pode revelar nada.

Interessante isso, não acha? Se você fosse amigo ou parente de Fox iria querer saber agora como Lost termina ou iria preferir ser surpreendido em 2010 quando a série termina? Dúvida cruel hein?!

Por Davi Garcia

Vídeo monta sequência dos flash-forwards

Este post contém spoilers para quem acompanha a 4ª temporada pelo AXN

Você já viu quais são os 5 episódios essenciais para assistir antes do final da temporada e qual seria a ordem cronológica dos flash-forwards sugerida pela Tv Guide antes da parte 1 de There's No Place Like Home. Agora chegou a vez de conferir um vídeo que junta todas as peças que temos até o momento para entender a cronologia dos flash-forwards.


Vídeo por Danomano65

O vídeo é sem dúvida uma bela forma de organizar um pouco mais o quebra-cabeças que se construiu com os flash-forwards, mas você concorda com essa ordem, mudaria alguma coisa ou sentiu falta de algum evento?

Por Davi Garcia

Mais sobre o mistério do caixão

Post com possíveis spoilers!

Em um scan retirado da mais recente edição da revista Entertainment Weekly e disponibilizado no Lost Spoilers, o colunista Jeff Jensen lembra que no final da 3ª temporada o abalado Jack foi o único a comparecer naquele misterioso funeral em Los Angeles. Quem é o morto, afinal? A resposta para esse mistério será revelada no final dessa temporada e a EW fez uma cotação (de 1 a 4 caixões) para possíveis vítimas.




Locke: Vivia na área de Los Angeles, portanto se encaixaria no perfil. Fora isso, seu funeral não atrairia o interesse dos Oceanic 6 a quem ele alienou com seu fanatismo. (Quando Jack perguntou a Kate porque ela não foi ao funeral, ela respondeu, "E por que eu iria?") Mas será que a nota de jornal inicando a morte de mais um sobrevivente (do vôo) não atrairia a mídia?

Ben: Jack disse que a tal pessoa não era nem amigo nem parente, o que se encaixa no perfil do vilão. Embora seja improvável que a morte de Ben pudesse inspirar os desejos suicidas de Jack é fato que ela poderia destruir o sonhos do Dr. barbudo em voltar à ilha. Sayid - que como sabemos trabalhava para Ben àquela altura - ficaria longe dali porque o funeral podia ser uma armadilha para matá-lo também.

Michael: Como testemunha da invasão de Widmore à ilha, ele seria um alvo para "silenciamento." O traidor provocaria aquela dor em Jack porque Michael sabia qual era o caminho da ilha. E como ele usava o pseudônimo Kevin Johnson, sua morte não atrairia a atenção da mídia. Vale lembrar contudo que Michael era de Nova York e não Los Angeles, e certamente sua mãe e Walt estariam ali para se despedirem.

Claire: Agora que Jack sabe que ela era sua meio-irmã, a notícia de sua morte iria levá-lo à uma desesperada culpa e renovar seu desejo de ter que salvar os que ficaram para trás. Kate ficaria afastada porque aproximar-se da verdadeira mãe de Aaron levantaria suspeitas. Ah, e já que Claire é parte da posse do fantasma de Jacob, ela pode transcender o tempo, espaço e todas as falhas de lógica. Perfeito, certo?


Mas e aí, será mesmo que a revelação de quem é a pessoa no caixão surpreenderá todos nós? Qual sua opinião sobre esses 4 nomes? Teria o Lostfan108 se enganado?

Por Davi Garcia

24/05/2008

Expectativas para o final da temporada. Quais as suas?

O aguardadíssimo final da temporada se aproxima e faltando menos de 1 semana para descobrirmos o que significa mover a ilha, a revelação de quem está no caixão e como acontece a traumática saída dos Oceanic Six da ilha, a ansiedade vai crescendo cada vez mais. Mesmo aqueles que leram a sinopse repleta de spoilers não conseguem ficar indiferentes aos eventos que serão mostrados nas partes 2 e 3 de There's No Place Like Home, afinal sempre fica uma pontinha de dúvida se aquilo era verdade ou não. E para aqueles que passaram longe dos spoilers o suspense, é claro, se torna ainda maior injetando uma carga de adrenalina que só diminuirá (ou não) depois que o episódio for exibido. Sendo assim, nós aqui do Dude gostaríamos de saber qual ou quais são as suas expectativas para este final de temporada. O que você gostaria de ver (ou de não ver), o que não pode faltar em hipótese alguma nesse final e que gancho daria para a 5ª temporada se você fosse um roteirista da série.

Use e abuse dos comentários mas lembre-se de não citar spoilers em seu texto ;)

Por Davi Garcia

23/05/2008

Enquanto você espera pelo final da temporada...

... que tal passar o tempo curtindo alguns vídeos feitos por fãs da série usando músicas conhecidas? A dica é do blog Watch with Kristin, da Kristin dos Santos lá do E! Online e os vídeos foram retirados do fansite LostVideo.



Título do vídeo: Character Connections
Autor: mrspeterpetrelli
Música: "We Used to Be Friends," do Dandy Warhols (Música Tema da série Veronica Mars)




Título: Nerf Herder Does Lost
Autor: Natih1986
Música: "Tema de Buffy the Vampire Slayer," do Nerf Herder




Título do vídeo: This Is Your Life
Autor: charmedcharlie21
Música: "This Is Your Life," do Switchfoot




Título do vídeo: Fever Dream
Autor: Aimee3
Música: "Fever Dream," do Tyler Bates




Título do vídeo: The Gun Show
Autor: Clerks815
Música: "Paper Planes," do M.I.A.




Título do vídeo: Die Another Day
Autor: TrudyLost
Música: "Die Another Day," da Madonna




Título do vídeo: Hit That
Autor: Butterfy202
Música: "Hit That," do Offspring




Título do vídeo: Love Stinks
Autor: astrosgrl41
Música: "Love Stinks," do J. Geils Band




Título do vídeo: Ain't No Mountain High Enough
Autor: SavageAnna
Música: "Ain't No Mountain High Enough," de Marvin Gaye & Tammi Terrell




Títlo do vídeo: Charlie - The Day the Music Died
Autor: Elphiyero10
Música: "American Pie," do Don McLean




Título do vídeo: John Locke - Firestarter
Autor: houseofpolarbear
Música: "Firestarter," do Prodigy




Título do vídeo: Diamonds Are Nikki's Best Friend
Autor: soppysofa
Música: "Sparkling Diamonds," cantada por Nicole Kidman




Título do vídeo: Silent Movie
Autor: FridayN
Música: "Piano Set No. 2," da Alexander's Ragtime Band

E aí, qual deles é o melhor na sua opinião?

21/05/2008

OFF TOPIC - Tudo sobre as estréias da temporada 2008/2009 de séries

Onde? AQUI. Prato cheio para quem já está roendo as unhas pensando no que vai assistir durante o intervalo de Lost.

Michael Emerson fala sobre Ben

Com pequenos spoilers!




O sempre simpático Michael Emerson, deu uma entrevista a um programa da TV Guide e comentou sobre o aguardadíssimo final da temporada e claro, sobre Ben.

O blogueiro The ODI através do Lost Spoilers, gentilmente apontou alguns destaques do vídeo que você pode conferir agora:

1) Segundo Emerson, na percepção dele desde o piloto da série o elenco nunca esteve tão entusiasmado.
2) Ele revelou que a estação Orquídea é uma instalação que fica dentro de uma outra localizada na parte superior.
3) Entregar-se é parte do perigoso plano de Ben que tem uma idéia de como reverter a situação.
4) Não revela como acontece a tal 'movimentação da ilha.'
5) Comenta que a reunião de Locke, Ben e Hurley acabou rendendo um trio engraçado.
6) A morte de Alex tirou Ben de sua zona de conforto e ele ainda não se recuperou do choque.
7) A disputa entre Ben e Widmore envolve altos riscos, mas ele não sabe a natureza ou que riscos são esses. Emerson lembra ainda que até então Ben só jogava com as peças que conhecia e que a mudança nas regras fizeram com que o personagem agisse com raiva.

Curioso para descobrir que riscos são esses? Nós também.

Daniel Dae Kim fala sobre o final da 4ª temporada

Texto com possíveis Spoilers!


Daniel Dae Kim deu uma entrevista para o site Craveonline na qual ele falou um pouco sobre os rumos do seu personagem, Jin. Além do final da 4 ª temporada de Lost, outro grande evento na vida do ator é a estréia da minissérie de ficção científica da A&E, The Andromeda Strain, agora em maio. Nela, Kim interpreta um cientista e tem como desafio encarar um texto cheio de termos técnicos e científicos. Durante o lançamento deste novo trabalho em Los Angeles, o ator falou um pouco mais sobre Lost. É claro que ele não fez nenhuma grande revelação, mas é legal saber o que o ator pensa sobre os enigmas em torno do futuro de seu personagem. E tentar descobrir se há alguma pista em suas respostas! Confira! ;)

O que passou pela sua cabeça quando Lost começou com os flashbacks e com os flashforwards?

Quando o primeiro flashforward aconteceu realmente fiquei muito feliz com idéia, porque é o tipo de coisa que injeta energia na série, imaginei que seria inevitável a combinação de flashbacks com flashforwards. Creio que é genial. Não há muitos shows em que depois de quatro anos ainda se discuta sobre o seu estilo narrativo. Isso diz muito sobre a criatividade dos roteiristas da série.

Há alguma grande descoberta no final desta temporada?

Sim, há várias grandes descobertas. Há muitas coisas acontecendo na ilha. Algumas importantes mudança virão neste final de temporada e vocês as verão rapidamente. E isso é tudo que direi a respeito.

Alguma coisa envolvendo Jin?

Bem, há alguns episódios foi revelado que é possível que Jin esteja morto e se esse for o caso, nós veremos como isso aconteceu, ou se é ou não verdade.

Como você se sente ao trabalhar com algo tão trágico?

Não sei. É um fenômeno interessante conhecer o final, mas não necessariamente conhecer o ponto final. Não sabemos como morre, não sabemos quando morre, não sabemos nem mesmo se ele de fato morre. Ainda há tantas perguntas.

Acredita que Jin vá sair da ilha?

É possível.


Tradução e adaptação por Juliana Ramanzini

Novo Vídeo Promocional das partes 2 e 3 do final da 4ª temporada

Post com spoiler

No curtíssimo novo vídeo promo para o final da temporada dá para ver claramente que é o Jack o responsável por não deixar o helicóptero voltar à ilha...


Vídeo por LylyFord

Narrador: No dia 29 de maio

Locke: Espere até ver o que vou fazer.

Narrador: O final de 2 horas que vai tirar o fôlego...

Lapidus: Há um vazamento de combustível.

Narrador:Está aqui

Jack: Não volte para a ilha!

20/05/2008

Podcast oficial de 20 de maio

No mais recente podcast oficial da série, os produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse fizeram pequenos comentários livres de spoilers e alguns dos pontos destacados pelo Lost Spoilers são:

(1) Para quem Matthew Abaddon trabalha afinal? A dupla não diz, mas revela que ele não está no topo da cadeia de comando. Hum... (2) Jack e Sawyer. Quem ganha a disputa no gosto dos produtores? Para Carlton , Sawyer é o que ele gosta mais. Lindelof no entanto diz preferir o Jack mas ressalta que ele era melhor quando tinha cabelo no peito O_o (3) Depois do final da temporada, os dois vão se isolar e não darão qualquer entrevista, só voltando a se pronunciarem na Comic Con que acontece no final de julho. (4) Existe a possibilidade de rolar podcasts esporádicos no período que antecede a estréia da 5ª temporada.

Considero uma jogada inteligente dos dois isolarem-se depois do dia 29 de maio sobretudo porque acredito que eles devem preparar alguma surpresa para a Comic Con. Será que veremos um novo vídeo orientação ou até quem sabe um teaser da 5ª temporada? Vamos torcer desde já. Fora isso algo me diz que por volta de outubro/novembro +/- (ou até antes quem sabe) devemos ter novidades sobre um possível Lost Experience 3.

E para finalizar...

Lost no Emmy 2008

Nesse mesmo podcast, foi revelado que a ABC já selecionou o episódio da atual temporada que tentará uma indicação ao Emmy 2008. Eles não disseram qual é, mas o blogueiro Andy que coordena o DarkUfo disse que uma fonte que trabalha na ABC lhe confidenciou que The Constant, o quinto e elogiado episódio dessa temporada foi o selecionado pela emissora. Gostei da escolha, mas se indicassem o The Shape of Things to Come, também seria ótimo, pois daria a visibilidade que o Michael Emerson (Ben) merece. Mas voltando a falar do The Constant, será que tem chances? Eu acredito que sim e até arrisco as categorias em que ele pode render frutos. O mais óbvio seria o de ator coadjuvante para Henry Ian Cusick, o Desmond, além de melhor episódio de drama. Além dessas, apostaria minhas fichas no roteiro e na direção. E você, acredita que Lost pode faturar um Emmy de novo?

Obs. Embora Henry Ian Cusick tenha sido o personagem central daquele episódio, cabe à emissora sugerir a categoria em que o ator poderia concorrer. Dessa forma, como Desmond é de fato um personagem coadjuvante se ele for indicado muito provavelmente será nesta categoria.

Por Davi Garcia

Reexibição da parte 1 do final da 4ª temporada terá cenas extras

Com pequenos spoilers

Se você assistiu os promos para as partes 2 e 3 de There's No Place Like Home, viu a promessa de que a reexibição da parte 1 que acontecerá também no dia 29 de maio nos EUA e abrirá a noite de 3 horas que finalizará a temporada, mostrará cenas extras que acabaram cortadas da exibição que vimos no último dia 15. Quer saber detalhes de uma das cenas que foram cortadas e que serão mostradas na reprise?


Segundo informação do Ryan no podcast mais recente do blog Transmission, a sequência da conferência de imprensa dos Oceanic 6 mostra uma cena em que os pais de Sun ficam surpresos ao descobrirem que a filha falava inglês fluentemente. Outro ponto curioso mostra Karen Decker (a representante da Oceanic) explicando que a empresa aérea estava prestando suporte jurídico a Kate. Interessante, não? Mas a parte mais significativa é o do momento em que Jack revela que Charlie Pace, Boone Carlyle e Libby seriam os outros 3 passageiros (e não 2 como fora dito anteriormente) que teriam saído do avião mas morrido depois, acrescentando ainda que Libby sofrera um ferimento na cabeça que a fizera perder a memória, razão pela qual ninguém sabia qual era o sobrenome dela.

E aí amigos, surgem as dúvidas: Seria essa sequência a indicação mais clara de que a Oceanic está ciente da mentira e está ajudando o grupo liderado por Jack a corroborá-la, ou o fato da Cia prestar assistência jurídica a Kate é só coincidência? E mais, por que será que Jack escolheu especificamente os nomes de Charlie, Boone e Libby para substanciar a história falsa? A certeza de que estas pessoas estão realmente mortas poderia ser um bom motivo, concorda? O detalhe mais curioso disso é que no caso do Charlie, vale lembrar que ele era um rock star relativamente conhecido, o que por si só poderia gerar vários questionamentos por parte da imprensa. Além disso, nós sabemos que uma eventual aparição de Penny Widmore na mídia jogaria por terra toda credibilidade do que Jack contara se ela simplesmente revelasse que tivera uma conversa com o falecido roqueiro a não ser claro que ela seja uma das incentivadoras desta mentira.... O que você acha disso tudo?

Por Davi Garcia

DVD da 4ª temporada chega mais cedo ao Brasil de novo

A temporada ainda não acabou mas já tem gente com saudade (eu inclusive). Como a espera pela 5ª temporada será um pouco longa (8 meses aproximandamente) a melhor forma para diminuir a abstinência é revendo os episódios, não acha? Pois é, segundo informação do blog Revista TV Séries, a distribuidora Disney confirmou que lançará o box em DVD da 4ª temporada na primeira semana de setembro, repetindo o que fizera em 2007, quando também disponibilizou o produto nas lojas e sites 3 meses antes do lançamento dos EUA que esse ano ocorrerá no dia 9 de dezembro.



Não foi confirmado o dia exato em que o lançamento ocorrerá, mas se eu tivesse que arriscar, diria que o dia 2 de setembro seria uma data bem provável para começar a encontrar a caixinha nas lojas. Ainda não sabemos qual será o preço, mas como o box deve ter no mínimo 5 discos e trará os extras que já mencionamos no outro post, dá para imaginar que o produto não custe menos de R$100. Assim que tivermos confirmação de preço sugerido e data oficial para o lançamento avisaremos aqui, mas é bom ir juntando a graninha desde já ;)

Obs: A Disney já vém lançando os episódios desta temporada a cada 15 dias exclusivamente para locação e sem material extra.

Por Davi Garcia

5 episódios para rever antes do final da 4ª temporada

Post com spoilers para quem não acompanha a 4ª temporada junto da exibição dos EUA.


A edição mais recente da revista TV Guide aponta qual seria a exata ordem dos Flash-Forwards cuja sequência traduzida pelo Dude, você confere agora.

(Clique na imagem para aumentá-la)



E aí, concorda com esta sequência?

Nesta mesma edição, os produtores executivos Damon Lindelof e Carlton Cuse, revelam quais são os 5 episódios essenciais para entendermos o final da 4ª temporada.




Scan por Susan no Lost Spoilers

Mergulhe nos DVDs das temporadas anteriores. Os produtores executivos Damon Lindelof e Carlton Cuse disseram ao TVGuide onde as pistas estão escondidas.


PILOTO (1ª temporada):"Onde tudo começou. Ele apresenta a premissa de como aquelas pessoas foram parar na ilha. No final dessa temporada estamos lidando com como os Oceanic 6 saíram da ilha," diz Carlton Cuse.

WHITE RABBIT (1ª temporada): "Esse foi o nascimento das discussões entre fé versus razão. Ao perseguir o fantasma de seu pai, Jack se depara com Locke. Jack confidencia que ele não pode estar vendo o que ele acha que está vendo e Locke diz, 'Mas e se você estiver?' No final da quarta temporada, há uma cena poderosa entre eles que começou lá atrás em White Rabbit," pondera Lindelof.

LIVE TOGETHER, DIE ALONE (2ª temporada): "A origem do entendimento do público sobre as estranhas propriedades da ilha. O objetivo mostrado no episódio 4x11, Cabin Fever era o de mover a ilha. Já vimos dispositivos capazes de fazer coisas bem estranhas, como derrubar um avião. Talvez seja realmente possível movê-la," sustenta Cuse.

THROUGH THE LOOKING GLASS (3ª temporada): "O episódio que introduziu os flash-forwards. Reveja aquele flash forward de Jack levando em conta tudo o que você já viu nessa temporada - Será bom ter essas informações bem frescas na mente quando o final for exibido, porque esse final pode começar exatamente onde o outro terminou," diz Lindelof.

THE SHAPE OF THINGS TO COME (4ª temporada): "Vimos nossos losties tentando defender a mesma ilha de onde estão tentando escapar. Esse episódio nos deu um senso de que o cargueiro trouxe algumas pessoas cuja missão é matar todo mundo. Você verá ao que isso leva no final dessa temporada," revela Cuse. Já Lindelof diz o seguinte: "A real moral da história é 'Não irrite Benjamin Linus."

Por Davi Garcia

19/05/2008

OFF TOPIC - Legendas podem ser banidas da internet



Se você já visitou os maiores portais brasileiros hoje já deve ter visto a informação de que as legendas feitas para arquivos baixados pela internet estão correndo riscos. A notícia de que a Polícia Federal está prestes à deflagrar uma nova caça aos responsáveis pelos sites de legendas surgiu na Folha de São Paulo de hoje na coluna da jornalista Mônica Bergamo. Se a ameaça se confirmar e a ação perdurar pelos meses que vém pela frente, quem acompanha Lost junto dos EUA por exemplo, pode ter dificuldades para seguir a 5ª temporada em 2009.

Clique aqui e saiba mais sobre o assunto.

Por Davi Garcia

Sinopse das partes 2 e 3 do Final da 4ª Temporada



ATENÇÃO!!! Este post traz a tradução da Sinopse disponibilizada pelo Lostfan108, informante do DarkUfo e revela detalhes das partes 2 e 3 do final da 4ª temporada! Há severos spoilers no texto, portanto clique no "Leia Mais" por sua conta e risco.

Vale lembrar também que o texto exprime a interpretação do Lostfan108 para o que ele viu e que algumas coisas poderão ter uma conotação um pouco diferente quando assistirmos o episódio.


FLASH-FORWARDS

Voltamos à cena final da 3ª temporada com Jack no aeroporto gritando à Kate que eles precisam voltar à Ilha à medida em que ela se afasta com o carro. A diferença é que agora vemos a continuação dessa cena. Kate freia forte e volta até onde Jack está – o que o faz acreditar que ela tenha mudado de idéia – dizendo que ele perdeu e que deve ficar longe dela e de Aaron. Ela também faz referência à misteriosa pessoa no caixão – aquela do funeral em que Jack compareceu. Ela diz que “ele” foi vê-la e que repetiu a mesma coisa que Jack disse, mas ela não está ‘comprando’ a história...

Sayid visita Hurley na Clínica psiquiátrica e pergunta se o misterioso “ele” o visitou e conta que essa pessoa agora está morta.

NA ILHA

Alpert e os Outros (com Kate e Sayid) atacam Keamy libertando Ben.

No cargueiro, o pessoal se dá conta que a bomba está ligada ao dispositivo que Keamy está usando. Se ele morrer, a bomba explode. Michel porém usa algum tipo de líquido congelante que desacelera o processo o que faz com que a bomba não exploda imediatamente caso o gatilho que a aciona seja disparado.

Jack chega à estação Orquídea. Ele e Locke tem outra discussão sobre se todos deveriam deixar a ilha ou não. Locke convence Jack que se ele quer sair, precisa mentir sobre a ilha no mundo exterior. Esse é o único jeito de proteger a ilha e os sobreviventes.

Bem mata Keamy vingando-se da morte de sua filha (Keamy havia seguido Locke e ele através do elevador até a estação Orquídea.)

No helicóptero, Jack, Sawyer, Kate, Sayid e Hurley decolam com Lapidus pilotando. O helicóptero porém está danificado e não pode carregar todos eles. Sawyer dá um beijo de despedida em Kate e sai da aeronave para que eles possam chegar ao cargueiro. Esse é o tão comentado beijo que aconteceria no final e segundo o Lostfan108, longe de fazer a terra tremer.

Na Orquídea, Ben explica a Locke uma idéia louca de que a ilha pode se mover não só no espaço, mas também no tempo. Aparentemente há algum tipo de roda que está enterrada no gelo que é responsável por mover a ilha.

O helicóptero volta ao cargueiro e pega Sun e Aaron. A bomba detona matando Michael. Jin é lançado ao mar – parece que ele pode estar morto, mas fica a dúvida. Jack se recusa a voltar por causa de Jin porque ele acha que o helicóptero está pesado demais e isso explica quem é a outra pessoa que Sun culpa pela morte de Jin.

De volta à Orquídea, Ben sabe que ao acionar a ‘roda congelada’ (frozen Wheel), ele também vai se tele-transportar para algum lugar – e pelo casaco que ele veste nós sabemos que ele vai parar no deserto, como fora mostrado no episódio 9.

Ben consegue remover o gelo ao redor da “roda congelada” e consegue gira-la, fazendo assim com que a ilha se mova literalmente!

O último flashforward é a continuação de uma cena do ano passado, quando Jack está em frente ao caixão. Ben se aproxima (Ele tem o seguido). Jack o conta que "Ele" o disse que ele precisava voltar à ilha.

Ben então diz que eles têm que levar "ele" de volta também. Eles olham para baixo, para o caixão, e dentro nós podemos ver o corpo de ninguém mais, ninguém menos que John Locke!

Locke é o "ele" a que todos os flash forwards se referiam. De alguma forma ele voltou para a civilização, mas acabou sendo morto ou se matando.

O plano é levar Locke de volta á ilha e, de alguma maneira, o ressuscitar. Uma idéia que tem a ver com a “roda congelada” e o mover a ilha.

LOST

Tradução por Fernanda Reple e Rômulo Andrade

É amigo(a), se você não sofre de taquicardia é melhor separar o remedinho para assistir esse final de temporada porque a coisa vai ser forte. Eu confesso que jamais apostaria no John Locke como o morto do caixão embora lembre bem de um boato apontando isso ainda em 2007. Como fã, considero a idéia uma jogada de mestre dos roteiristas para alavancar o desenvolvimento da trama que se desenvolverá na 5ª e 6ª temporada e que pode estar intimamente ligada à própria identidade de Jacob. E mais, Locke se matou fora da ilha ou foi morto? A tal pessoa descrita no jornal não tinha um filho? Seria tudo um ardil para despistar a identidade de Locke? Eu acredito que sim e que exista um 'dedinho de Ben nessa história, afinal se Locke sai da Ilha e se torna obcecado pelo desejo de voltar, são grandes as chances de expor a localização do lugar, algo que já sabemos ser a última coisa que Ben quer permitir.

Bom, não dá para ficar especulando muito antes de assistir esse final de temporada, mas antes que alguém se precipite criticando os produtores/roteiristas dizendo que os caras forçaram a barra matando um personagem importante, devo dizer que aposto que Ben e Jack vão não apenas voltar à ilha como também conseguir ressuscitar Locke. Como farão isso não tenho a menor idéia, mas desde já tô louco para saber. Que venha o dia 29 de maio e com ele a chance de curtir cada detalhe desse final bombante.

Pedido especial: Se for mandar e-mail para nós comentando este assunto, por favor indique o assunto da mensagem como "Sinopse do final da temporada."

Observação: Como você deve ter notado, não há menções ao Daniel Faraday, Miles, Charlotte, Walt, Desmond, Charles Widmore, Penny Widmore ou mesmo à Juliet nesta sinopse, portanto dá para imaginar que existam gaps que só serão preenchidas quando assistirmos o episódio no dia 29.

Por Davi Garcia

18/05/2008

Dudecast - 18ª edição

Example


Como diria o o pessoal do Tropa de Elite, "Missão dada é missão cumprida" e no nosso caso promessa feita é realmente cumprida. Piadinha sem graça à parte, aqui estamos nós de volta com o Dudecast #18 que traz nossos comentários sobre a parte 1 de There's No Place Like Home e a participação dos ouvintes/leitores através dos vários e-mails. Será que o seu tá aqui?

Para baixar direto clique AQUI

(Clique direto ou com o botão direito do mouse escolha as opções 'Salvar como' ou 'Salvar Link como')

OU...

Se quiser ouvir sem baixar, basta clicar no player para ouví-lo direto por aqui.




Aproveite também para conhecer o Dude News, nosso mais novo e reformulado espaço para comentários e notícias do maravilhoso mundo das séries e do Cinema. Acesse, assine o feed do novo blog e acompanhe outras atualizações também pelo twitter do blog.

Tem um monte de coisa bacana por lá já e nessa semana faremos uma cobertura especial sobre o lançamento de Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal do qual falarei já na madrugada de 5ª feira 22 de maio, dia da estréia mundial do filme nos cinemas.

Esperamos vocês por lá também :)


Davi Garcia & Juliana Ramanzini

Novos Promos do Final da Temporada

Com spoilers!

**** Atualizado com Screencaps ****

Algumas cenas nós já havíamos visto antes mas há outras novas muito interessantes. Confira!

Promo 1



Narrador: Quinta-feira, 29 de maio, em uma noite dedicada a Lost...

Locke: Você sabe que está aqui por uma razão. Espere até ver o que eu vou fazer.

Narrador: E tudo começa com a reexibição da parte 1 com novas cenas e então às
21 horas, um final poderoso, com duas horas de tirar o fôlego!

Ben: Você precisa ver isso.

Narrador: E então... às 21 horas...

Locke: Esse é o lugar onde milagres acontecem

Narrador: No final de 2 horas...

Jack: Não existem milagres.

Desmond: Tem C4 suficiente aqui para explodir um avião.

Michael: Se aquela lluz ficar vermelha... boom!

Ben: Se eu fosse você, estaria naquele barco em uma hora.

Kate: Então quer dizer o que nós podemos ir? Sair da ilha?

Narrador: Veja...os Ocenic Six...

Hurley: Estamos perdendo combustível!Não volte para ilha!

Narrador: Sendo resgatados... no final de temporada de tirar o fôlego!

Locke: O que você fez!?


Promo 2



Narrador: Quinta-feira, 29 de maio, em uma noite dedicada a Lost

Locke: Esse é o lugar onde milagres acontecem

Narrador: E tudo começa com a reexibição da parte 1 com novas cenas e então às
21 horas, um final poderoso, com duas horas de tirar o fôlego!

Hurley: Estamos perdendo combustível!Não volte para ilha!

Locke: O que você fez!?






Screencaps por Dude, we are Lost!

Locke na Orqúidea, o reencontro dos losties, confronto com os mercenários, a nervosa saída no helicóptero, a bomba no cargueiro, o beijo espetacular... Ufa! Ainda tem alguém duvidando que o final da temporada vai ser realmente de enlouquecer?




17/05/2008

Entrevistas e Talk Shows - Semana (12/05)

*Nossos agradecimentos à leitora Anna Krystal que gentilmente fez a tradução da entrevista de Evangeline Lilly no Jimmy Kimmel Live. Quem quiser ler, basta entrar nos comentários. ;)


Image and video hosting by TinyPic

As estrelas de Lost marcaram presença em diversos talk shows essa semana. Confira os vídeos e fotos.



Evangeline Lilly no Tonight Show - 13/05

Image and video hosting by TinyPic

Vídeo: Parte 1 / Parte 2
Fotos: Aqui



Evangeline Lilly no Jimmy Kimmel Live - 14/05

Image and video hosting by TinyPic

Vídeo: Aqui


Josh Holloway no Jimmy Kimmel Live - 15/05

Image and video hosting by TinyPic

Vídeo: Aqui


Matthew Fox no Tonight Show - 16/05

Image and video hosting by TinyPic

Vídeo: Aqui



Obs: Infelizmente os vídeos estão em inglês e sem legenda.
Por Fernanda Reple

Mais sobre FRINGE, a nova série do criador de Lost



Se você visita o Dude diariamente, deve ter lido o post sobre a nova série de J.J. Abrams, co-criador de Lost, certo? Pois bem, quem acompanha fóruns e sites de entretenimento deve ter percebido que Fringe está tendo uma campanha de marketing e divulgação bastante agressiva, mas aí surge a dúvida, será que a série é isso tudo mesmo?

Bom, seria leviano dar qualquer parecer antes de assistí-la, mas levando em conta o que já li e vi, particularmente acredito que Fringe será a produção mais comentada da nova temporada de séries que começa no finalzinho de agosto nos EUA. Lá no Dude News - nosso reformulado espaço para notícias e comentários sobre outras séries e cinema - já postamos o 1º trailer da série, 2 sneak peeks com as transcrições dos diálogos e alguns pôsters e fotos promocionais, por isso se você ainda não os viu, corra lá no Dude News e depois nos diga o que achou do aperitivo que a série dá.

Por Davi Garcia

Ep. 4x12 - Easter Eggs, curiosidades, repercussão...

Post com spoilers para quem ainda não viu o ep. 4x12 "There's No Place Like Home" Parte 1


Emocionante, revelador e uma excelente preparação para o desfecho da temporada. Assim foi a 1ª parte de There's No Place Like Home. Reparou todos detalhes do episódio? Não? Então chegou a hora de conferir...

Easter Eggs e curiosidades



1. There's No Place Like Home ou Não há lugar como nosso lar, é o título do episódio mas também uma clássica frase dita por Dorothy, a protagonista do livro O Maravilhoso Mágico de Oz escrito por Lyman Frank Baum em 1900 e que virou filme em 1939. Essa contudo, não é a primeira referência ao livro feita pela série. Ao surgir na 2ª temporada, Ben Linus se apresenta como Henry Gale, que na história do livro era o nome do tio de Dorothy. Outra citação veio com o episódio 20 da 3ª temporada, The Man Behind the Curtain, ou simplesmente O Homem por trás da Cortina, que no livro é a referência ao Mágico de Oz. Se você ainda não leu o livro ou viu o filme vale a pena conferir.


Clique na imagem para aumentá-la

2. Reparou que havia uma pessoa no fundo da cena em que vemos a Relações Públicas da Oceanic Airlines, Karen Decker conversando com os Oceanic 6? Quem seria essa pessoa (veja no detalhe)? Um simples membro da tripulação do avião da Guarda Costeira americana ou um outro personagem que também saiu da ilha escondido? Eu fico com a primeira opção e você?



3. O diário de Daniel Faraday faz referência ao uso das coordenadas de Eddington-Finkelstein, (estudos relacionados à Teoria da Relatividade de Einstein) como forma de remover a singularidade, termo que pode ter a ver com singularidade gravitacional cujo significado segundo a Wikipedia é um ponto no espaçotempo no qual forças gravitacionais fazem com que a matéria tenha densidade infinita e volume zero. O que isso pode ter a ver com a ilha? Não faço idéia, mas é fato que essas anotações indicam ligação com os fenômenos existentes ali. Faraday tem também em seu diário o desenho do logo da estação orquídea, o que reforça a idéia de que tanto ele quanto Charlotte sabem muita coisa sobre a história do lugar e sobretudo da Dharma.



4. O nascimento de uma mentira orquestrada para o mundo exterior. Quais seriam os motivos que levaram à construção de uma farsa tão elaborada? Esconder a ilha de Charles Widmore a todo custo, talvez? E por que Jack teve a iniciativa de liderá-la? Dúvidas e mais dúvidas, mas uma coisa é certa, a culpa gerada pela mentira é um dos catalisadores para o desejo de voltar à ilha.



5. Velhos hábitos não morrem nunca, já dizia o ditado. Mr. Clucks Chicken Shack, o restaurante em que Hurley trabalhou e do qual virou dono depois de ficar rico reaparece na série. O curioso desse detalhe é a revelação de mesmo depois de ter sido destruído por um meteorito no episódio Tricia Tanaka is Dead (na 3ª temporada), o restaurante voltou a funcionar.



6. Viu só quem também marcou presença na festa surpresa de Hurley? A banda Geronimo Jackson e um dos números malditos, o 42.



7. Por falar em números malditos, imagino que todo mundo tenha visto que a sequência voltou para assombrar Hurley, que àquela altura resolvera viver sem usufruir 1 centavo sequer da fortuna de mais de US$15o milhões de dólares ganha na loteria e com a indenização da Oceanic justificando o fato por dizer que aquele dinheiro lhe deu má sorte...


Clique para ver o detalhe

8. Aliás, falando em azar, quem aparece 2 vezes no episódio foi o pé de coelho, símbolo universal da boa sorte.



9. A visita de Sun a seu pai revelou quão forte tornou-se a outrora frágil e submissa coreana. Mais do que o significado da acusação, "Você foi o responsável por termos embarcado naquele avião," vale destacar uma estranha semelhança entre o logo das Indústrias Paik e o da estação Orquídea. Simples coincidência?


Clique para conferir os detalhes

10. A caixa escondida revela o estranho modo de comunicação usado pelos Outros e a informação de Ben dizendo que ela estava ali há 15 anos, o que pode indicar(ou não) quando foi a última vez em que o protocolo secundário foi utilizado.



11. Escondidos na ilha desde o final da 3ª temporada, Richard Alpert e vários Outros ressurgem no que deve culminar em um grande confronto com os mercenários liderados por Keamy na estação Orquídea.



12. Fim do mistério. O dispositivo instalado no corpo de Keamy aciona a bomba no cargueiro. Perigo para Desmond, Jin e Michael no final da temporada?




13. O memorial feito para Christian Shephard rendeu declarações sinceras de Jack sobre seu pai e trouxe a revelação chocante para Jack de que Claire é sua irmã. Está aí a primeira causa do início da bancarrota de Jack que transformará em obsessão, o desejo de voltar à ilha.


Repercutindo o episódio

“O nome do episódio não poderia ser mais irônico. O lar não conforta, sequer lhes parece o mesmo. Onde eles deveriam encontrar felicidade e paz, há a infâmia e o embaraço, graças ao atestado de culpa coletiva firmado pelo sexteto. Um acordo cujos laços de comprometimento não se fortalecem em olhares solidários, mas sim no medo de se encarar o outro; e o redator - não necessariamente o autor, percebam - desse acordo atende pelo nome de Jack Shephard... Descobrir a verdade por trás da grande farsa é mais do que encontrar explicações para a festa de sorrisos insossos e para o silêncio que substitui a celebração: é buscar entender por que em "Lost" não estão realmente livres os quem deixam a ilha mas fogem às suas verdades.”

Carlos Alexandre Monteiro (Lost in Lost)


“LOST é hoje uma série que aprendeu a explorar seus méritos narrativos à máxima capacidade, especialmente quando está se aproximando de um final de temporada. Em mais um episódio épico, vimos os caminhos e destinos se convergirem neste “início de fim”. O que importou na primeira parte de There’s no Place Like Home foi a ponte que começou a ser montada para os bombásticos acontecimentos do final, trilhando possibilidades imprevisíveis.... LOST está em seu melhor momento de todos os tempos e, nas palavras de Jack, “nós temos que voltar”! Começo a ficar deprimido porque estamos tão próximos do final, e me refiro ao derradeiro encerramento de daqui a dois anos!”

Bruno Carvalho (Ligado em Série)


“Durante a primeira temporada de "Lost", julguei que só iríamos ver um avião transportando os sobreviventes rumo à civilização no último episódio da última temporada. Como tantas vezes ao longo destes quatro fantásticos anos, porém, eu estava enganado: esta cena foi ao ar hoje, a dois anos do fim previsto para a série... este episódio foi absurdamente forte, dando-se ao luxo de chegar ao fim com uma seqüência envolvendo nada menos do que quatro ações paralelas - o que indica a segurança alcançada pelos roteiristas da série ao longo deste tempo. Mas isso não deveria ser uma surpresa, já que, como Ben diz neste episódio, eles poderiam perfeitamente falar para os fãs: "Quando vocês vão entender que nós sempre temos um plano?".”

Pablo Villaça (Cinema em Cena)


Mais repercussões ainda hoje. Não perca.

Por Davi Garcia