31/03/2008

Dudecast - 13ª edição

Com atraso, mas finalmente no ar a 13ª edição do Dudecast. Nessa nova edição, fazemos um balanço geral da 1ª parte da 4ª temporada (episódios 4x01 The Beginning of the End ao 4x08 Meet Kevin Johnson) e respondemos vários e-mails enviados ao longo das últimas semanas. Não deixe de ouvir!


Para baixar direto clique AQUI

(Clique direto ou com o botão direito do mouse escolha as opções 'Salvar como' ou 'Salvar Link como')

OU...

Se quiser ouvir sem baixar, basta clicar no player para ouví-lo direto por aqui



Participe também da nossa enquete.



Qual o melhor episódio da 4ª temporada até agora?

The Beginning of the End
Confirmed Dead
The Economist
Eggtown
The Constant
The Other Woman
Ji Yeon
Meet Kevin Johnson












Novas notícias sobre as gravações da 4ª temporada

Post com spoiler!



Sempre atento às gravações da série no Havaí, o blogueiro Ryan do Hawaii Blog, flagrou a equipe da série em uma das dependências da Universidade do Havaí, gravando cenas que devem ser vistas no episódio 4x10 e que mostram a Clínica de Neorologia St. Sebastian onde Jack trabalhou antes (e provavelmente também depois) do acidente. No local segundo relato do Ryan, além do próprio Matthew Fox (Jack) estava o ator John Terry, sim, o próprio Christian Shephard! Ryan cita também que uma cena foi gravada na frente do hospital e outra no que representa o consultório de Jack. Quem também esteve nos sets foi o ator Sam Anderson (Bernard), que no entanto estaria ali apenas visitando os amigos e mostrando os bastidores das gravações à esposa e aos filhos.


Filmagem em progresso. Por favor faça silêncio! Obrigado (Mahalo em havaiano)
Créditos das imagens: Ryan do Hawaii Blog

Até então alguns spoilers e informações davam conta de que esse 10º episódio seria centrado em Kate, mas com essa novidade, parece que já podemos esperar ver um episódio centrado nos Oceanic 6 antes mesmo do fim da temporada. Especulações à parte, o que será que essa cena entre Jack e Christian deve mostrar, hein? Será algum flashback com uma revelação até então desconhecida por nós e por Jack, ou uma aparição no futuro nos mesmos moldes de Charlie e Libby, lembrando ao Jack que ele ainda tem uma missão a cumprir na Ilha? Bom, eu aposto nessa possibilidade, e você?

Por Davi Garcia

29/03/2008

Find 815 pode ganhar continuação!

Uma boa possibilidade surge nesse período de intervalo da série. Segundo dica do blog DarkUfo, o ARG Find 815 pode ganhar continuação em breve. O site oficial do jogo foi atualizado com a seguinte imagem:



A mensagem datada de 23 de fevereiro diz o seguinte:

"De novo não consigo dormir. Algo ainda não está certo.

Os repórteres pararam de ligar. Todos estão seguindo em frente. O caso do Vôo 815 está encerrado para eles. Eles acham que tem todas as respostas que precisam.

Mas eu não...
S.T." (Sam Thomas)

Seria uma boa ter mais um pouco de jogo para suprir esse intervalo, não?

Por Davi Garcia

28/03/2008

Vém aí o "Beijo mais espetacular" já visto na série

Jaters, Skaters e demais shippers da série, preparem-se! O final da quarta temporada mostrará o beijo mais espetacular já visto na série. Quem garante é o produtor executivo Damon Lindelof na edição mais recente da revista oficial de Lost e a informação surgiu no sempre atento blog Lost Spoilers.

A dúvida aqui é saber quem vai protagonizar esse beijo. Jack e Kate no flash forward? Sawyer e Kate antes da saída da sardenta da Ilha ou Desmond e Penny no esperado reencontro do casal? Quem arrisca um palpite?

Por Davi Garcia

Flagrantes de novas gravações

Post com spoilers!

Via HawaiiWeblog, flagrantes de novas gravações mostram que voltaremos a ver o Santa Rosa Mental Institute (onde Hurley está no flash forward visto em The Beginning of the End) ainda nessa 4ª temporada. Ryan, autor do blog e das fotos, conseguiu fotografar o carro de Jack e o próprio ainda sem barba (veja em destaque). Será que temos aqui a confirmação de que devemos ver um episódio centrado nos Oceanic 6? Na minha opinião sim. Mas o que mais me intriga nesse flagrante do Jack por ali é saber o que ele foi fazer lá. Será que veremos o início da mudança que culmina na obsessão para retornar à Ilha? De novo, muito provável.

(Clique nas fotos para ampliá-las)





Por Davi Garcia

Sinopse e fotos promocionais do ep. 4x09

Via Lost Spoilers, foram divulgadas as primeiras imagens promocionais do episódio 4x09, "The Shape of Things to Come," cuja breve sinopse liberada pela ABC é a seguinte:

O acampamento de Locke (aquele local que conhecemos como Vila dos Outros) sofre um ataque e Jack tenta descobrir a identidade de um corpo que surge na praia.

Aliada às fotos que você confere abaixo, essa sucinta mas curiosa sinopse nos permite observar que:
  • Sawyer e Hurley pareciam jogar um jogo de guerra, situação que devem encarar nesse episódio.
  • Ben e Locke usam móveis para bloquear a entrada da casa. Se é certo dizer que isso por si só não evitaria que os invasores entrassem na casa, é plausível imaginar que Ben pode ter uma carta na maga que garanta uma fuga. Quem sabe um tunel subterrâneo escondido ali, hein?
  • Com quem Locke estaria falando ao telefone? Meus palpites: Michael no cargueiro avisando-os que um ataque ocorreria ou o capitão Gault exigindo que Locke entregasse Ben para evitar um massacre.
  • Ben aparentemente sujo de fuligem. Lembra do que o vídeo promo do episódio mostrava Hurley segurando Aaron e dizendo, "Aquela não é casa da Claire?" Bom, e se o líder dos Outros resolver salvá-la ganhando vários pontos com os losties que dessa forma passariam a protegê-lo, hein? Seria uma bela 'jogada' do mestre da manipulação, não?
  • E esse corpo que vai aparecer na praia, quem será? Charlie, improvável mas não impossível. Regina, pulou acorrentada no mar mas como a ilha tem uma certa anomalia eletromagnética...
(Clique nas imagens para ampliá-las)





Por Davi Garcia

27/03/2008

'Richard Alpert' já está no Havaí!


  • Maio de 2007. A 3ª temporada chega ao fim, os produtores da série dão mole e perdem o ator Nestor Carbonell que desliga-se da série ao assinar contrato para fazer Cane da rede CBS. Que fim teria o importante Richard Alpert na trama de Lost?
  • Novembro de 2007. Começa a greve dos roteiristas. Era o início da incerteza sobre a conclusão da 4ª temporada tomando conta da produção e dos fãs.
  • Fevereiro de 2008. Depois de 3 longos meses termina a greve do roteiristas, produção e fãs da série respiram aliviados, a conclusão da 4ª temporada ainda em 2008 estava assegurada. Esse mês marca também o cancelamento de Cane e com ela a possibilidade de que Nestor Carbonell retornasse a Lost.
  • Março. Carlton Cuse, produtor executivo da série rasga elogios a Carbonell dizendo que ele é um grande ator.
  • Hoje. O depoimento no blog Lost Rumors de uma leitora chamada Kristin diz o seguinte: "Na primeira classe de um vôo para o Havaí ontem estava o ator Nestor Carbonell com sua esposa/namorada. Perguntei se ele estava indo gravar Lost de novo. Ele sorriu e disse que não podia falar nada sobre o assunto, mas revelou que não estava indo ao Havaí para passar férias e disse que eu deveria prestar atenção no que vai acontecer nas noites de quinta-feira."
Boa notícia, não? Parece que definitivamente veremos o misterioso Alpert em pelo menos um dos episódios finais da quarta temporada.

Por Davi Garcia

Especialista confirma que destroços não poderiam ser recuperados

Post com spoiler se você ainda não viu o ep. 4x08 Meet Kevin Johnson.

Com a revelação de que destroços do vôo 815 haviam sido localizados no fundo do mar, muitos fãs perguntam porque as autoridades no mundo exterior não tentaram recuperar a aeronave. O detalhe é que isso pode não ser tão simples quanto parece e para trazer um pouco de luz para essa questão mais uma vez dividimos com vocês uma matéria do site PopularMechanics.com.

Por Erin Scottberg para o Popular Mechanics
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

O episódio "Meet Kevin Johnson" nos deu mais algumas informações sobre os destroços do vôo Oceanic 815. No exato momento em que Michael - recém ressurgido na série - estava pronto para por à prova o que Mr. Friendly lhe dissera sobre a Ilha não deixá-lo morrer, um noticiário na tv o interrompeu: Os destroços do vôo 815 haviam sido localizados "a grande profundidade, com poucas chances de se recuperar o que sobrara ou mesmo a caixa preta." Depois que James Cash, chefe da divisão de registros e gravações do Conselho Nacional de Segurança nos Transportes nos contou como a caixa preta funciona, ficamos um pouco céticos a respeito do que o noticiário classificou como "poucas chances de recuperação" do que acabaria sendo um avião falso.

Cash diz que provavelmente há alguns lugares no oceano onde a recuperação não é possível porque o solo do mar fica em uma profundidade grande demais ou é muito irregular. No segundo episódio dessa temporada, "Confirmed Dead," vimos um outro noticiário dizendo que os destroços do vôo 815 haviam sido encontrados na Fossa de Sunda, próxima à costa de Bali. A Fossa de Sunda fica aproximadamente 7 mil metros abaixo do nível do mar, transformando-a no terceiro ponto mais profundo do planeta (bem atrás do Challenger Deep que tem quase 11 mil metros de profundidade e fica no Oceano Pacífico). Nessas profundidades, acredita-se que nada pudesse ser recuperado dos destroços.

A mais notória recuperação de um avião ocorrida em grandes profundidades da qual Cash se lembra, é a do vôo 295 da South African Airways que caiu no Oceano Índico perto da costa das Ilhas Maurício em 28 de Novembro de 1987. Essa área estava a aproximadamente 3600 metros de profundidade e demandou 6 meses para que o CVR (gravador de voz do cockpit) fosse recuperado; o FDR (gravador de dados do vôo) jamais foi localizado. Sendo assim, se foi Ben ou Charles Widmore (ou quem sabe os dois juntos) que orquestrou aquele teatro com falsos destroços, ele(s) merece(m) crédito já que fez o dever de casa direitinho plantando o falso avião em uma profundidade suficiente para evitar qualquer esforço de recuperação.

26/03/2008

Produtores revelam o que a 4ª temporada ainda mostrará

Post com spoilers!

Oito episódios bombantes foi tudo o que tivemos até aqui. Agora, faltando mais 5 para que a 4ª temporada chegue ao fim, muitos fãs questionam que tipo de respostas e revelações ainda teremos a partir do dia 24 de abril. Por isso, para ajudar a matar um pouco a curiosidade de quem não aguenta esperar para ver o que vai rolar na telinha, temos uma listinha (seguida por breves comentários meus) do que os produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse revelaram na mais recente edição da revista TV Guide, cujo scan (ao lado) feito por Lyly, foi disponibilizado no blog Lost Spoilers.

(1) Vamos descobrir exatamente o que aconteceu com Michael entre o período em que ele saiu da ilha e chegou a Nova York.

Ótima notícia. Esse foi uma das principais reclamações dos fãs que consideraram as revelações do episódio Meet Kevin Johnson apressadas demais. Será que Michael encarou aquela mesma tempestade que o helicóptero enfrentou ou algo ainda mais bizarro ocorreu? Dúvidas à parte, estou muito curioso para saber como essa revelação será feita e imagino que veremos essas cenas no final da temporada porque...

(2) Michael é uma peça chave para o final da temporada e causará um grande impacto em muitos personagens, incluindo Sayid.

Causa de impacto em muitos personagens? Uma indicação de que ele é o morto no caixão, talvez?

(3) Vamos ver como os Oceanic 6 "escaparam da ilha"e o que acontece com aqueles que não saem.

Uma bela promessa que sem dúvida renderá sequências de muita adrenalina e emoção. Será que os que ficam vão se juntar aos Outros na defesa da Ilha ou serão simplesmente subjugados? Um pouco dos dois talvez, não?

(4) Jack x Locke - O debate sobre quem está certo ou errado vai ser "amplificado."

Será que um dos dois dará o braço a torcer ou cada um ganhará evidências a favor de seus argumentos? Eu apostaria nessa última possibilidade e imagino que novas manipulações de Ben e do time de Widmore provoquem desavenças ainda maiores entre os 2 grupos de losties.

(5) Vamos descobrir quem está no caixão.

(6) Vamos ver e descobrir mais detalhes sobre o pessoal do cargueiro.

Minha listinha de desejos: Charlotte revelando o que conhece da história da Ilha e da Dharma, Faraday explorando e mostrando novos fenômenos causados pela anomalia eletromagnética e Miles entrando de cabeça no mundo sobrenatural da Ilha.

(7) Também vamos descobrir quem "aparentemente matou" Karl e Rosseau.

Hum... não sei você mas esse "aparentemente" soa para mim como uma clara dica de que a francesa continua viva. Torçamos.

Por Davi Garcia

25/03/2008

Mais RUMORES sobre os 5 episódios finais da 4ª temporada

Basta a série entrar em recesso e surge uma onda de rumores sobre o que virá pela frente. Hoje no blog Lost Rumours por exemplo, surgiram informações sobre os 5 episódios finais enviados por um sujeito que se identifica apenas como ROC87 e que diz ter informantes dentro da produção da série. Dá para acreditar no sujeito? Bem, há certas coisas que ele diz que poderiam ser deduzidas pelos fãs mais atentos, algumas soam como argumentos realmente interessantes e outras evidenciam uma forçada de barra forte para não dizer que são mentiras. De qualquer forma, vale a pena conferir nem que seja só por curiosidade ou para saber minha opinião sobre cada um deles.


Personagens centrais e o que acontece nos flashes

Episódio 9 - Sayid (Flash Forward) - Encontra Nadia a vê morrer e acompanha seu funeral. É recrutado por Ben e comete seu primeiro assassinato a serviço do líder dos Outros.

Escala de confiabilidade de 0 a 10: 8 levando em conta o que já foi divulgado (fotos das gravações e relatos de extras que participaram de algumas gravações) é bem provável que isso seja confirmado no episódio que vai ao ar no dia 24 de abril nos EUA.

Episódio 10 - Kate (Flash Forward) - Eventos posteriores àqueles de Eggtown mostram Kate criando Aaron e enfrentando os questionamentos do garoto sobre seu pai. Além disso veremos porque ela não quer mais ver o Jack e Matthew Abaddon se aproximando dela perguntando o que realmente aconteceu na Ilha.

Escala de confiabilidade de 0 a 10: 5 porque não vejo muito sentido em vermos Aaron (que no flash forward deve ter no máximo 2 ou 3 anos) questionando onde está seu pai. Outro fator que indica que esse rumor é pouco confiável vém da afirmação de que "veremos porque ela não quer mais ver o Jack", uma vez que isso já está claro ao termos visto que Jack não quer visitar Aaron. Agora sobre essa parte do Abaddon, confesso que gostaria que fosse verdade, afinal o misterioso personagem trouxe uma aura interessante ao impacto que a saída da Ilha trouxe aos Oceanic 6.

Episódio 11- Ben (Flashback) - No mundo exterior a infância de Ben apanhando na escola evidenciando sinais dele ter sido um garoto deprimido antes de chegar à Ilha e de Annie se tornar sua primeira amiga de verdade. Veremos também o desenvolvimento do relacionamento dos dois incluindo a fase em que os pais dela vão exigir que eles se afastem e a posterior morte dela durante a gravidez marcando a primeira do tipo na Ilha além de mostrar Ben organizando o sequestro de Alex então recém nascida de Danielle.

Escala de confiabilidade de 0 a 10: 7 sobretudo porque há tempos esse flashback do Ben mostrando a importância de Annie em sua vida é esperado e especulado por todos os fãs. Será que ganharemos a chance de descobrir mais sobre o passado da Ilha ainda nessa temporada? Torço muito que sim, já que não devemos ver mais nada sobre Jacob e seu misterioso passado nessa quarta temporada.

Episódio(s) 12/13 - Oceanic 6 (Flash Forward) - Centrado principalmente em Jack mas deve mostrar o circo armado em função do retorno dos 6 ao mundo exterior, além de os mostrar corroborando a história criada até que cada um deles tome um rumo diferente. Depois disso os eventos avançam mais um pouco mostrando aquele Jack deprimido e revelando quem está no caixão.

Escala de confiabilidade de 0 a 10: 8, contudo vale a pena mencionar que esse rumor poderia, como afirmei no início do texto, ser facilmente deduzido ou imaginado pelos fãs mais atentos. Os produtores já prometeram que ao final dessa temporada veremos como a saída/resgate dos Oceanic 6 ocorreu, portanto nada mais plausível do que ver como eles agiram ao voltar para o mundo exterior e ter que confirmar uma história inventada.


Ações gerais que ocorrem na Ilha

  • Foram os mercenários do cargueiro que atiraram em Karl e Danielle.
  • Os que ficaram para trás na Ilha foram: Jin, Claire, Sawyer, Locke, Desmond, Rose e Bernard.
  • A Vila dos Outros vai ser inteiramente incendiada dando fim àquele cenário para a série.
  • Os que ficam para trás na Ilha vão para o Templo com o resto dos outros sobreviventes.
  • Miles morre no fim da temporada.
  • Daniel e Charlotte voltarão na quinta temporada.
  • A última cena da temporada não é um gancho e mostra Jack e Kate (segurando Aaron nos braços) observando a Ilha à medida em que se afastam dentro do helicóptero e Jack dizendo algo como "agora nós nunca poderemos voltar."


Escala de confiabilidade de 0 a 10: 2. Primeiro porque dizer que foram ou não os mercenários do cargueiro que atiraram em Karl e Danielle pode ser puro chute (até porque parece existir só 2 alternativas nesse caso, a outra seriam os Outros). Depois porque apontar quem são os que ficam na Ilha é fácil quando já sabemos quem sai (alô Oceanic 6!)... Outro fator com probabilidade quase zero (na minha opinião) de ocorrer nessa temporada: A morte de Miles. Já disse isso antes e repito que considero esse personagem um elemento importante para que entendamos e conheçamos os mistérios do sobrenatural que envolve a Ilha. E para finalizar que papo é esse de terminar uma temporada sem um gancho? Isso contraria qualquer regra do mundo das séries e ainda mais Lost. E mais, seria que a fala final da temporada vazaria assi mtão cedo? Praticamente impossível.

E você, o que acha desses rumores?

Por Davi Garcia

24/03/2008

O que já sabemos sobre os 5 episódios finais da 4ª temporada

Post com spoilers!

Faltando exatamente 1 mês para que voltemos a curtir a 4ª temporada (o ep. 4x09 The Shape of Things to Come será exibido no dia 24 de abril nos EUA), a curiosidade é grande e a ansiedade maior ainda, por isso para manter a expectativa acesa durante esse período de 'férias' forçadas, que tal curtir um resumão feito pelo BuddyTv (seguido por breves comentários meus) de tudo o que já foi divulgado sobre os 5 episódios que encerrarão a temporada?

Episode 4x09 - “The Shape of Things to Come” (Sayid e/ou Ben) – 24 de Abril

Parece que em vez de fazer episódios centrados nos novos personagens, Lost vai focar os Oceanic 6 de novo na parte final da temporada, indo um pouco mais fundo na conexão Sayid/Ben em flash forwards. Talvez esse seja o episódio que nos mostrará como Sayid acabou trabalhando para Ben. Outro personagem que será apresentado no flash forward é um empresário do oriente médio chamado Bakir (descrito como alguém que causa forte impressão). Uma grande conexão do passado de Sayid ressurge quando ele vai ao funeral de Nadia.

Você já viu aqui, algumas imagens bastante interessantes sobre as gravações desse episódio e nelas um flagra de Ben em pessoa, por isso considero mais do que plausível que descubramos como e porque Sayid aceitou a oferta de Ben, ainda mais agora que vimos o iraquiano entregando e acusando Michael de ser traidor por estar a serviço de Ben no cargueiro.

Episode 4x10 - Ainda sem título (Talvez centrado em Kate) – 1 de Maio

De acordo com Kristin dos Santos do E! Online, o episódi o10 vai mostrar Kate fora da Ilha mais uma vez. Outras informações apontam que esse episódio terá médico psiquiatra e dados os (prováveis) envolvidos, esse pode ser o episódio no qual descobriremos como Kate 'ganhou' a posse de Aaron.

Outra boa possibilidade de ser confirmada. Se a tal saída dos Oceanic 6 será mostrada ainda nessa temporada como prometeu este vídeo promo, é natural que esperemos ver qual foi o impacto na vida de Kate ao ter que assumir a guarda do bebê cujo tio sequer visita. Será que veremos o destino de Claire sendo revelado aqui? Talvez, mas o que mais chama a atenção por enquanto é mesmo a escalação de médicos psiquiatras no episódio, o que pode indicar que Kate tenha sido uma das personagens mais impactadas emocionalmente durante o processo de saída da Ilha. Fora isso, outras informações dão conta que uma invasão à vila dos Outros também pode acontecer neste episódio.

Episode 4x11 - Ainda sem título (Ben ou Locke?) – 8 de Maio

Esse episódio esteve no centro das atenções dos amantes de spoilers porque a seleção de elenco procura por atores de 5 e 16 anos que farão o mesmo personagem, descrito como um garoto de olhos verdes nerd e levemente rebelde. Só isso já seria suficiente para sugerir que iremos ver um pouco da infância de Ben nesse episódio. Contudo, Michael Ausiello da TvGuide diz que esse pode ser um episódio centrado em Locke.

Em uma faixa de comentários do dvd da 3ª temporada, os produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse disseram que de uma forma diferente da de Alex, Annie é a pessoa mais importante na vida de Ben e que ela teria um papel importante no futuro da série. Dito isso, pode ser que nesse episódio descubramos os destinos de Alex e Rousseau.

Mais um episódio de flashback do Locke? Improvável na minha opinião a não ser que descubramos que sua mãe fez parte de experimentos ligados aos primórdios da Dharma o que poderia explicar a forte conexão de Locke com a Ilha. Sendo um episódio de Ben, torço para que vejamos finalmente como Ben se tornou o homem frio e manipulador que conhecemos hoje e uma tragédia envolvendo Annie seria o caminho perfeito na minha opinião para explicar isso. Destinos de Alex e Rousseau apenas no episódio 11? Acho improvável que demore tanto, mas a possibilidade existe já que esse episódio pode marcar o retorno de Richard Alpert à trama.

Episodes 4x12 e 4x13 - Ainda sem título(s) – 15 e 22 de Maio

Por enquanto não sabemos nada sobre o final dessa temporada além da confirmação de que ela será exibida em 2 partes.

Pois é, parece cedo para dizer qualquer coisa sobre o que será visto nesse final de temporada, mas dadas as informações dos produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse que confirmaram que veríamos como Jack tornou-se obcecado para retornar à Ilha, creio que seja seguro imaginar que o episódio mostrará paralelamente como ocorreu a saída de Jack da Ilha e todo o processo depressivo que o transformou no homem que vimos no final da 3ª temporada. Outro detalhe importante sobre esse final: Finalmente descobriremos a identidade do morto no caixão.

Por Davi Garcia

Entrevista com Karl

Post com spoiler para quem ainda não viu o ep. 4x08 Meet Kevin Johnson.

Marcando a saída de seu personagem da série, o ator Blake Bashoff (Karl) deu uma entrevista ao E! Online na última sexta-feira cuja tradução feita pelo leitor Raphael Aguiar você confere abaixo.


E!: Blake Bashoff foi suficientemente gentil para falar comigo essa manhã sobre a morte do personagem Karl de Lost. Ele compartilhou um aperitivo sobre a um trecho deletado da cena final, ele expôs sua opnião sobre o destino de Rousseau e quem estaria por trás dos tiros.

E!: Você está morto?

Blake: Eu acho que fui mortalmente ferido sim.

E!: Como isso aconteceu?

Blake: Era um momento propício. Eu estarei participando de um show da Broadway, Spring Awakening, que estaria me mantendo distante da séries por, pelo menos, seis meses. Ligamos para Carlton e Damon e demos as noticias a eles. Eles conheciam esse espetáculo, pois são grandes fãs dele, e disseram que era uma oportunidade maravilhosa. Então eles voltaram à sala dos escritores e pensaram no assunto. Eu acho que essa era uma idéia que eles acabaram antecipando, pois já que Karl eventualmente bateria as botas, eles decidiram que essa era a hora certa para que isso acontecesse.

E!: Agora, para os fãs que querem saber mais de você, nos diga: Como é esse espetáculo que você fazendo?

Blake: Obrigado por perguntar. É o espetáculo Spring Awakening no Eugene O'Neill(Teatro) em Nova York, Broadway. Ele ganhou 8 Tonys (prêmio para as melhores peças de teatro) e é a história de um jovem romance que se passa por volta de 1890 na Alemanha. Eu atuo como Moritz, mas as musicas são rock'n'roll modernos. Eu sempre fiz TV durante anos e isso simplesmente apareceu, foi maravilhoso.

E!: Uma boa notícia é que você teve a frase de Han Solo (Guerra nas Estrelas) antes de morrer: "Eu tenho um mal pressentimento sobre isso". Eu acho que isso foi um pequeno presente dos produtores. O que eles te disseram quando lhe contaram a cena?

Blake: Eu gostaria de saber mais do que vimos na noite passada, mas tudo ficou meio em segredo. Assistindo o episódio na noite passada, percebi que alguma coisa que havíamos filmado não estava lá. No dia das filmagens, as pessoas que estavam atirando em nós eram um grande grupo de snipers (franco atiradores) que emergiam da selva em seus incríveis e elaborados uniformes de selva. E eu não sei se vocês perceberam isso ou não, mas acho que todos vimos somente movimentos nas árvores.
Em termos do que disseram pra mim, eles não contaram muito além de que seria muito excitante e que esperavam me ter de volta em breve, de alguma forma, e que, quando eu voltasse, serviria para algum propósito interessante como o de Mr. Friendly na noite passada.

E!: Obviamente haverá uma cena seguinte à da noite passada. Você acha que Danielle está morta e que veremos novamente o corpo de Karl ou ele será simplesmente abandonado?

Blake: Essa é uma boa pergunta. Se vocês virem novamente o corpo de Karl, acredito que não será realmente o meu. Mas eles já fizeram isso no passado pois eles têm ótimos dubles de corpos que certamente fariam o papel do meu perfeitamente. Sobre Rousseau? Não sei. Ela realmente se deu mal, mas... Eu tenho uma sensação de que não vimos ainda o fim dela.

E!: Essa é uma pergunta sobre o passado da história. Eu não sei se você saberá a resposta para isso, mas eu acho que vimos em algum ponto que Karl era órfão e, de certo modo, Alex também é. Ben obviamente adotou Alex, fez dela sua filha e a criou, mas, por Ben, Karl pode ir para o inferno que ele não estará nem um pouco preocupado. Você tem alguma idéia do porque que a Alex foi favorecida e o Karl não?

Blake: Eu gostaria de saber, porque eu ainda não sei muito sobre o passado de Karl, especialmente com mulheres grávidas na ilha. Não tenho a menor idéia de onde ele foi concebido ou de onde veio, mas eu assumo que ele cresceu na Ilha, já que ele não sabia o que era o Brady Bunch (seriado americano de comédia do fim dos anos 60 ).
No fim, eu acho que basicamente Karl, Alex e Ben convergem em Ben sendo um pai super-protetor sabendo do que acontece à mulheres grávidas na Ilha, que Karl e Alex estavam apaixonados querendo construir uma vida juntos e que tentariam talvez sair da Ilha. E acho também que ele estava fazendo o papel de pai e não queria de forma alguma que Alex ficasse grávida.

E!: Eu acho que isso nos leva então à próxima pergunta: Foi Ben quem causou sua morte? Foi ele quem o matou?

Blake: Uma pergunta muito boa. É difícil saber com certeza, certo? È quase impossível dizer baseado no texto. Eles certamente cogitaram que essa seria uma possibilidade já que Karl era astuto e perguntou "Porque não vamos todos? Porque você está mandando somente nós?". As balas claramente também não acertaram Alex. No entanto, é meu palpite que Ben estava tentando genuinamente proteger Alex e pensou que Rousseau poderia e iria protegê-la caso fosse necessário. É difícil saber disso vindo do Ben, mas eu acho que dessa vez ele não foi o culpado.

E!: E como foi deixar a série e Tania Raymonde(Alex)?

Blake: Eu amo a série. È um grande grupo, sem mencionar que todos são incrivelmente bonitos, e, digo, você tem a chance de filmar no paraíso. E Tania? Tania é maravilhosa. Eu acho que sou mais do tipo introvertido, enquanto ela é mais ligada em festas. Amo trabalhar com ela.

E!: Bom, não vemos a hora de você poder voltar a atuar em Lost, porque Karl e Alex são demais e acho que ainda temos muito para descobrir sobre eles. Muito obrigado.

22/03/2008

Dudecast - 12ª edição




Meet Kevin Johnson, 8º episódio da 4ª temporada revelou o que aconteceu com Michael desde sua saída da Ilha e expandiu um pouco mais o conceito da guerra que se desenha entre Ben Linus e Charles Widmore. Esses e outros assuntos estão na 12ª edição do Dudecast que vem ainda recheada de e-mails.

Já teve seu e-mail lido aqui? Ainda não? Então não perca tempo e escreva para nós no dudewearelost@yahoo.com.br

(Lembre de escrever de forma bem objetiva. Assim, sobra tempo para lermos mais e-mails)



Para baixar direto clique AQUI
(Clique direto ou com o botão direito do mouse escolha as opções 'Salvar como' ou 'Salvar Link como')


OU...

Se quiser ouvir sem baixar, basta clicar no player para ouví-lo direto por aqui




-->: Quer ser informado toda vez que um novo Dudecast estiver no ar? Então assine o nosso feed escolhendo uma das opções abaixo







21/03/2008

Ep. 4x08 - Easter Eggs, curiosidades, repercussão...

Post com spoilers para quem ainda não viu o ep. 4x08 Meet Kevin Johnson.


Já conferiu meu comentário sobre o episódio aqui? Então chegou a hora de conferir os...

Easter Eggs e curiosidades



1. Fim do 'mistério' sobre a sexualidade de Tom. O outrora temido Mr. Friendly confessa que em suas raras saídas da Ilha gostava de aproveitar os momentos com um, ah... outro.



2. Na foto da casa de Michael um raro registro de um momento feliz dele com o pequeno Walt.



3. Ao o vermos escrevendo um bilhete de suicídio, surge a pergunta: Por que será que ao sair da Ilha Michael repetiu o gesto de Jack, hein? Sentimento de culpa extremada, o peso da vergonha pelo que fez para sair de lá ou a dor de ter que viver uma mentira?



4. Walt de 10 anos na janela? Segundo a produção sim, mas na prática um ator bem diferente de Malcom David Kelley (em menor destaque na imagem).




5. Libby em dois momentos. Primeiro levando os cobertores para Michael (lembra que era isso que ela tinha ido buscar na escotilha antes de ser baleada?) e depois com a mesmíssima roupa do dia de sua morte.




6. E a árvore de Natal enfeitada nos diz alguma coisa? Claro, mais uma evidência de que a reviravolta na vida de Michael pós saída da Ilha (27 de novembro) ocorreu muito rapidamente no início de dezembro, período tradicional para que os enfeites natalinos comecem a aparecer.



7. Cemitério na Tailândia. Segundo o dossiê que Tom mostra a Michael foi dali que saíram os 324 corpos colocados no fundo do oceano índico juntos aos destroços do falso vôo 815.



8. A prova do crime indica que as Indústrias Widmore encomendou ao preçode US$450 mil, o que parece ser a carcaça de um avião 777, mas será mesmo que dá para confiar na autenticidade disso?



9. Meet Kevin Johnson, o sorridente Michael em um passaporte falso entregue por Tom.



10. O relógio dado a Michael por Jin. Lembrança de um passado recente.



11. Bomba e fim de linha para Michael em sua missão no cargueiro?



12. Não. Apenas uma pegadinha de Ben Linus no melhor estilo Sérgio Mallandro. Ráaaa :p



13. Um novo mapa surge através de Ben apontando o caminho para o misterioso Templo ou Santuário. Alguém duvida que é lá que voltaremos a ver Richard Alpert?



14. E aqui a cena que deve ter sido a mais chocante do episódio. Alex entre os corpos baleados de sua mãe, a francesa Danielle Rousseau e o de Karl. Quem morre e quem sobrevive? Karl e Rousseau respectivamente é claro.


Repercutindo o episódio.

"Mesmo não tendo o sido o mais bem-escrito e mais bem-dirigido dos episódios dessa primeira "perna" de temporada, o mid-season finale foi realmente algo de extraordinário. Primeiro, por ter amarrado o enredo da quarta temporada até agora - coisa inédita em Lost, que até o fim da terceira temporada vinha abrindo arcos como se não houvesse amanhã e fechando apenas aqueles que já tinham passado há muito de seu pico de interesse, numa sequência infindável e anti-climática de revelações vencidas. Comparando a temporada a um quebra-cabeças de milhões de peças, podemos dizer que Meet Kevin Johnson foi a última peça do céu ou do canteiro de girassóis - longe de completar a temporada, completa satisfatoriamente o primeiro pedaço do caminho."

Rafael Savastano (Comunidade Lost Brasil do Orkut)

"É a segunda vez que a série “gasta” seu tempo preenchendo lacunas óbvias este ano (já aconteceu com o episódio de Juliet)... Dito isso, é inegável que o episódio trouxe sim importantes fatos para a trama. A batalha Linus x Widmore está ficando cada vez mais interessante com novos dados sobre o mandante da farsa do vôo 815... A missão de Michael no barco também ganhou uma dimensão maior, pois agora sabemos que ele está ali pra fazer muito mais do que sabotar e espionar. Eu realmente não sei em quem confiar."

Bruno Carvalho (Ligado em Série)

"E depois de dois episódios mais fracos, "Lost" se reencontra ao apresentar um Michael torturado por suas ações do passado e mais uma vez afastado do filho que tanto lutou para salvar... Mas o mais interessante foi descobrir uma outra versão para a origem dos destroços do "Oceanic 815" encontrados no fundo do mar - e, desta vez, acompanha de evidências fortes que explicam até mesmo a origem dos mais de 300 corpos usados para substituir os passageiros desaparecidos. Porém, mais uma vez o melhor fica por conta de Benjamin Linus, que continua a surpreender - e aqui ele demonstra (ou parece demonstrar) uma firmeza de caráter que o separa de Widmore, revelando-se tão convincente quanto o momento em que disse para Michael (na conclusão da segunda temporada): "Nós somos os mocinhos" - uma frase que é amarrada aqui com uma repetição elegante do ponto de vista narrativo."

Pablo Villaça (Cinema em Cena)

"Agora que há uma grande motivação para o personagem e Perrineau tenha evidenciado isso mostrando um Michael tomado pelo desespero, arrependimento, choque, indignação e resignação, pela primeira vez eu realmente me importei com o que fosse acontecer com ele... A performance de Perrineau de fato foi tão marcante, que quase tirou minha atenção de alguns buracos no flashback de seu personagem. Primeiro é claro, fica o fato de que ainda não sabemos o que aconteceu com Michael e Walt entre o período que eles saíram da Ilha - e que de acordo com a cronologia da série ocorreu no final de novembro de 2004 - e chegaram a Nova York. A raiva que a mãe de Michael despejou sobre (sem contar a que ele próprio tinha sobre si mesmo) pode sugerir que ele entregou Walt a ela há pouco tempo, o que faz sentido por causa das decorações de Natal ao redor da casa. Mas isso também significa que a teoria de Doc Jensen de que Michael e Walt tenham viajado ao passado quando saíram da ilha seja improvável. Portanto como é que pai e filho saíram em um barquinho do pacífico sul para encontrar um resgate prometido por Ben até chegar a Manhattan em menos de 10 dias? E se Michael e Walt estão mantendo seus verdadeiros nomes como um segredo, não seria um pouco difícil retornar aos EUA sem identidade? E ainda sobre isso será que o Michael não sabia que seu bilhete suicida para Walt jamais chegaria ao seu filho se ele não estivesse usando uma identidade? Por causa dessas perguntas eu espero que Michael não consiga alcançar seu objetivo de morrer em breve, porque suspeito que algumas das respostas tenham a ver evidentemente com os recursos infindáveis dos participantes da guerra Outros-Widmore. Se é que há mesmo uma guerra."

Adam B. Vary (Entertainment Weekly)

"Toda vez que Benjamin Linus quase te convencer que ele está do lado dos mocinhos e então fizer algo tão desprezível que te faz querer entrar na tela para esmagar seus olhos brilhantes, acalme-se. Esse episódio talvez tenha sido o que mais evidenciou essas ocasiões com as seguintes frases ditas por ele: (1) "Eu não mato pessoas inocentes." (2) "Eu não vou matar pessoas inocentes." (3)"Então Michael, considere-se um dos mocinhos." E então boom! Ficou claro que ele estava por trás da morte de dois dos personagens aparentemente mais inocentes da série (e os únicos que sua filha amava): o namorado Kal e a mamãe Rousseau. É óbvio agora que Ben está simplesmente cultivando histéria e paranóia coletiva para que os losties façam o que ele quer que eles façam. É tudo parte dos seu grande plano para controlar o universo e também uma evidência de que ele não ignorou aquela terrível obsessão do "ela é minha!"

Kristin dos Santos (E! Online)

"Meet Kevin Johnson é sobre a tentativa de Michael de construir esse caminho de reencontro com sua boa essência. Só assim ele pode voltar a se perceber e se entender - e conseqüentemente, fazer com que Walt também o reconheça. Porém, cada passo de Michael é cercado de dúvidas, de fantasmas, de hesitações; e o homem que busca a morte, que se perde de si, que se vê como o peão manipulável de um jogo grandioso, nada mais é do que um único e excelente exemplo do verdadeiro exército de cegos que habita a ilha, esta que é a personagem-mor de nossa saga, percebida em atitude nas fracassadas tentativas de suicídio de um Michael do passado e de um certo doutor Jack no futuro. É preciso confiar em seus desígnios para se reestabelecer o rumo; mas como conseguir decifrá-la uma vez que não se enxerga?"

Carlos Alexandre Monteiro (Lost in Lost)

Por Davi Garcia

Comentários do episódio 4x08 Meet Kevin Johnson

Em um episódio cheio de surpresas, reaparições sinistras, indicações para respostas importantes, mais uma música de Mama Cass Elliot (It's Getting Better, sucesso contemporâneo da Make your Own Kind of Music da abertura da 2ª temporada) e que encontrou tempo até mesmo para justificar a frase de Tom para Kate na abertura da 3ª temporada ("Você não faz meu tipo"), Meet Kevin Johnson manteve o bom nível da temporada explicando de forma - na minha humilde opinião - razoavelmente satisfatória como Michael foi parar no cargueiro (afinal, como é que em tão pouco tempo desde sua saída da Ilha ele conseguiu se inflitrar no grupo do cargueiro?) e principalmente evidenciou que a Ilha de fato exerce uma forte influência sobre aqueles que deixaram uma missão inacabada para trás, mostrando que seu magnetismo singular não se resume apenas à características físicas e de caráter científico, mas sobretudo a uma viagem pela conexão emocional e espiritual que ela exerce sobre aqueles personagens, afinal parece evidente que a Ilha não 'permite' que Michael se mate pelo mesmo motivo que Jack não conseguiu no flash forward. Ambos precisam voltar.

Sim, foi por água abaixo a hipótese que levantei de que a explicação para o retorno de Michael como o espião de Ben no cargueiro se daria através do uso da viagem no tempo, mas insisto na idéia de que o período decorrido entre a saída da Ilha (27 de novembro de 2004) e o posterior embarque no cargueiro foi muito curto para que tanta coisa acontecesse na vida de Michael. Por que em tão pouco tempo Michael se desesperou tanto a ponto de querer se matar por conta do desprezo de Walt (então ciente do preço que seu pai pagou para que eles saíssem da Ilha) e que sim, apareceu em um rápido frame que infelizmente expôs a falta de cuidado da produção ao usar um outro ator bastante diferente para representar o Walt com 10 anos. Incoerências e escorregadas à parte, estou desde já intrigado e curioso para descobrir como toda essa história do Michael vai se fechar. Mas deixando essa questão um pouco de lado, vale destacar que assim como ocorrera com Hurley no episódio de estréia da temporada, Michael também foi assombrado pelo fantasma de um personagem já morto. E o que dá para dizer de ambas as aparições (Charlie para Hurley e agora Libby), é que podemos associá-las e interpretá-las como uma manifestação da Ilha clamando por ajuda, ou no caso de Michael como um lembrete de que ele tem algo a fazer para se redimir como ilustrou o Tom. Ainda sobre a cena de Libby no hospital, reparou na sutileza da alusão ao evento que antecedeu a morte da loira na escotilha Cisne quando foi buscar justamente cobertores?

Mas e sobre a história que o Tom contou ao Michael, hein? Exatamente igual àquela que o capitão Gault contara a Sayid e Desmond no episódio Ji Yeon, com o único diferencial de que segundo Tom, o verdadeiro responsável pelo teatro criado com os destroços de um falso avião do vôo 815 no fundo do oceano é Charles Widmore o que evidencia o claro jogo de empurra onde ninguém quer assumir a 'paternidade da criança.' E agora, em quem acreditar? No manipulador Benjamin Linus ou no frio e calculista Charles Widmore? A conferir...

Agora o que realmente vai deixar nossa curiosidade nas alturas, é saber o que acontecerá com Alex isolada a caminho do tal 'Santuário' (Templo no mapa), o local onde o restante dos Outros está escondido, e que segundo Ben não é um lugar apropriado para os losties (por que isso, aliás?) E Rousseau, será que morreu como Karl? D U V I D O e cravo a aposta de que tal qual ocorrera com Locke depois de ser baleado, ela também encontrará uma cura milagrosa ao ser resgatada e levada para esse tal misterioso lugar que ao que tudo indica deve ser a fonte da juventude e de todas as 'mágicas' da Ilha.

E assim termina a primeira parte da 4ª temporada, uma leva de episódios que até aqui desenvolveu a trama de forma rica criando possibilidades interessantes e abrindo as portas para novos e instigantes mistérios, a chave do sucesso da série na minha opinião. Faltou alguma coisa para ser comentada? É claro que sim, mas a essa altura você já sabe que vém por aí aquele post caprichado com easter eggs, curiosidades e um pouco mais tarde o dudecast discutindo e repercutindo tudo o que o episódio trouxe de bom. Até lá capriche no comentário e divida conosco sua impressão sobre Meet Kevin Johnson.

Por Davi Garcia

Vídeo Promocional Episódio 4x09




Narrador: 5ª feira, 24 de abril em um novo horário, um novo episódio de Lost.

Todos os 'Oceanic 6' foram revelados e em breve você descobrirá como eles saíram da Ilha.

Locke: Essas pessoas que estão vindo... Você está com medo delas, não é?

Ben: Sim, estou.

Hurley: Hey, aquela é a casa da Claire?

Sawyer: Por que essas pessoas não nos dizem pelo menos o que querem?

Ben: Bem vindo à guerra John.

Hurley: Vamos todos morrer.

Narrador: Um novo episódio de Lost na 5ª feira, 24 de abril.


Tradução: Davi Garcia

20/03/2008

Colunista dá novas dicas sobre o ep. 4x08 Meet Kevin Johnson

Post com spoiler!

Meet Kevin Johnson, episódio que vai ao ar hoje à noite nos EUA e é o último da primeira parte da 4ª temporada, chega cercado de altas expectativas, afinal, todo mundo tá louco de curiosidade para descobrir como e porque o Michael foi parar no cargueiro de Charles Widmore. Já apontamos 2 idéias para isso aqui no Dude, primeiro sugeri a viagem no tempo e depois postei a teoria da duplicação levantada pelo blogueiro DocArzt. Contudo, parece que mesmo antes da exibição do episódio a segunda já está descartada. Vejam o que DocArzt revelou sobre o que veremos/descobriremos no episódio:
  • A razão do retorno de Michael tem a ver com algo que ele pessoalmente quer fazer e que não pode fazer longe da Ilha.
  • Embora DocArzt torcesse e sonhasse com isso, a verdade é que Michael não é um clone/duplicado.
  • Michael não está sendo coagido por Ben para estar lá, mas sim pela própria Ilha!
  • Um rosto conhecido vai reaparecer de uma forma que lembrará a de Charlie na estréia da temporada e deve levantar algumas novas questões sobre a espiritualidade na série.
  • Sim, sim... alguém vai morrer... mas DOIS serão baleados.
Uau! Não sei você que está lendo esse post, mas eu confesso que o termômetro que mede minha ansiedade já explodiu. Que história é essa de que o Michael age por conta própria? Será que com esse papo de que um rosto conhecido (alguém duvida que seja a Libby?) vai ressurgir tal qual Charlie, podemos imaginar que durante a partida de Michael e seu filho, a Ilha encontrou uma forma de capturar Walt (ou pelo menos seu espírito) dada a singularidade do garoto de uma forma totalmente inesperada 'exigindo' que Michael retornasse para consertar os erros cometidos? Bom, falta pouco para descobrir o que aconteceu de fato, mas até lá vale muito a pena especular, não?

Por Davi Garcia

Informações sobre novas gravações da 4ª temporada

Post com spoilers!

Contando com a ajuda de um informante havaiano que se identifica apenas como The Reporter, o blog Lost Spoilers postou hoje informações sobre a gravação de cenas que segundo o DarkUfo devem fazer parte do episódio 4x10 (ainda sem título). Segundo The Reporter, estavam sendo filmadas cenas no set que serve como a Vila dos Outros que envolviam Sawyer, Locke e Hurley. O trio gravava uma cena em que Sawyer estava falando com um grupo de crianças mas a melhor parte segundo ele, é que em outra cena uma das casas da vila está em chamas e vários homens vestidos com uniformes militares e portando armas atacam a vila!

Uau isso promete muito, hein?! De onde vieram esses militares? Será que essa é mais uma carta na manga de Ben ou um trabalho do grupo do cargueiro de Widmore?

Por Davi Garcia

19/03/2008

Especialista fala sobre a caixa preta do vôo 815

Post com spoiler se você ainda não viu o ep. 4x07 Ji Yeon.

Na semana passada começamos a dividir com vocês matérias do site PopularMechanics.com que discutem aspectos científicos e/ou factuais vistos na série. Essa semana o tema foi a caixa-preta que o capitão Gault mostrou a Desmond e Sayid no episódio passado.

Por Erin Scottberg para o Popular Mechanics
Traduzido e adaptado por Davi Garcia


Durante o episódio "Ji Yeon" nós finalmente tivemos a revelação de que alguém que não é o Ben, que Charles Widmore é o homem que dá as ordens ao pessoal do cargueiro. Embora essa revelação não tenha sido muito surpreendente para muitos fãs, o fato de que Widmore atráves de "seus contatos," tem a caixa-preta do vôo 815 sob sua posse é relativamente chocante já que o capitão Gault diz que Ben foi o responsável por armar o teatro com destroços do 815. Portanto por que Widmore quer capturar o Ben? E que trunfo a caixa-preta representa para ele? Será que aquele objeto revelará alguma coisa útil depois de meses perdida em contato com a água salgada? Enquanto não podemos responder a primeira pergunta, conversamos com James Cash, chefe da divisão de registros e gravações do Conselho Nacional de Segurança nos Transportes para obter algumas respostas para aquelas duas últimas perguntas.

Nos aviões mais recentes incluindo aquele que decolou em 2004, há dois componentes que pertencem à caixa-preta virtualmente resistente a acidentes: O gravador de voz do cockpit (CVR na sigla em inglês), que grava diálogos e barulhos do ambiente através de microfones instalados no cockpit, e o gravador de dados do vôo (FDR) que armazena dados como altitude, velocidade e direção do vento. Enquanto as caixas-pretas de aviões antigos armazenavam dados em fitas magnéticas (como naquelas cassetes), as de hoje gravam em discos rígidos, o que permite o FDR a acompanhar milhares de parâmetros e aumentar a duração do tempo que os CVRs podem gravar. Formalmente os CVRs foram feitos para gravar apenas os 15 ou 30 últimos minutos de som do cockpit, mas novos padrões da FAA (Administração Federal de Aviação) anunciados no dia 10 de março vão exigir que as 2 últimas horas estejam registradas (embora os aviões tenham até 2012 para se adequarem). As novas regulações também requerem que o CVR tenha uma fonte de energia reserva que garanta cerca de 9 a 11 minutos caso ocorra algum problema com o sistema elétrico. As circuntâncias do acidente dirão que parte da gravação será mais útil. "Se foi um problema do avião, a gravação daria uma boa idéia de como ele caiu. Se foi um erro da tripulação ou algum erro de procedimento, a gravação evidenciaria isso perfeitamente. Se o avião se choca em uma montanha você terá a gravação de um avião funcionando perfeitamente e que de repente para," diz Cash. É nesse momento que o gravador de voz se torna mais importante. Sayid identificou a caixa como sendo apenas um gravador de dados de vôo (FDR), e se esse fosse o caso não haveria gravação do que aconteceu no cockpit, então se o acidente não fosse resultado de problema mecânico, não haveria informação que indicasse porque ele caiu. Mas de acordo com Cash, a maior parte das caixas-pretas atualmente e aquelas usadas em 2004 combinam os dois gravadores em uma unidade só.

Cash diz também que é absolutamente possível que a caixa-preta de um avião ainda estaria funcionando mesmo depois de quatro meses no fundo do oceano. Recentemente foi descoberta uma gravação que estava registrada em um dispositivo que mesmo depois de nove anos no fundo do mediterrâneo estava funcionando. "A água em geral não danifica a caixa-preta,"disse Cash. "É o oxigênio que as danifica uma vez que elas estão úmidas. Ele começa o processo de corrosão." Quando uma caixa-preta é encontrada em um local de acidente, ela é transferida para um laboratório para que os dados sejam recuperado e copiados. Portanto embora saibamos que Widmore tem a caixa-preta, ainda não temos certeza que ele tem uma cópia dos dados que estão gravados. Segundo Cash, são necessários poucos dias para que o equipamento comece a corroer. O exato número de dias necessário para tornar a recuperação dos dados é desconhecido. "Eu diria que alguns poucos dias, diz Cash acrescentando que um mês fora da água é suficiente para tornar a caixa-preta inútil. "Nós não tentamos fazer experiências com isso portanto não sei se tenho uma boa resposta. Mas se você deixar a caixa secar por um curto período de tempo, vai ser bem mais difícil de recuperar os dados. "

Há um outro elemento importante para essa história. A maioria das aeronaves tem duas caixas-pretas: uma na parte da frente e outra na traseira do avião. "Se ocorre um incêndio dentro da nave ou alguma falha estrutural, o cabeamento entre o gravador do cockpit e o da cauda do avião fica comprometido e a gravação seria interropida antes que o avião parasse de voar,"explica cash. "Então eles colocam um gravador na frente para minimizar isso sabendo que se um avião se choca com uma montanha, a parte da frente provavelmente não resistirá. Então eles colocam uma na cauda para assegurar a segurança dos dados em caso de um choque assim, mas se ocorre um incêndio dentro da aeronave, a gravação da cauda provavelmente será interrompida em função da perda de energia antes daquela da parte frontal."

Antes do Oceanic 815 cair, ele se partiu em dois pedaços. A fuselagem e o cockipit cairam na ilha e a cauda afundou no oceano, mas o avião recuperado em "Confirmed Dead" incluia o cockpit. Não queremos adiantar conclusões, mas não é muito exagero especular que se Ben realmente orquestrou aquele teatro com os destroços, ele também possa ter plantado aquela caixa-preta que vimos no cargueiro em Ji Yeon. A pergunta que fica no entanto é: Essa caixa veio do s destroços originais do vôo 815, ou ele a retirou de outro lugar? Pelo menos sabemos que é provável que exista uma segunda caixa-preta em algum lugar da ilha ou sob a posse de Widmore. Portanto enquanto os fatos que cercam a caixa-preta se adequem à realidade, a história que foi contada a Sayid e Desmond pode não ser tão sólida.

Produtores (não) falam sobre os 'Oceanic 6'

Post com spoiler para quem ainda não viu o ep. 4x07 Ji Yeon.


Ao fim do episódio 7 dessa 4ª temporada, muitos de nós ficamos pensando sobre o que o capitão Gault disse a Sayid e Desmond, sobre a dúvida se Jin está morto ou não e etc, mas um dos maiores questionamentos que o episódio Ji Yeon deixou resume-se nisso: Quem são os Oceanic 6 afinal? Minha opinião pessoal sobre isso é simples e coloca o Aaron na lista que já tinha Jack, Kate, Hurley e Sayid e foi completada por Sun. Sim, eu sei que muita gente argumenta que o Aaron jamais poderia ser considerado um 'Oceanic 6' porque ele simplesmente não estava na lista de passageiros do vôo 815. Contudo, repito o que já disse no dudecast#11. O detalhe que muita gente parece ter deixado passar em branco é que esse termo 'Oceanic 6' pode e/ou deve ter sido um rótulo criado pela imprensa dentro da trama da série para designar aqueles que sobreviveram ao acidente e nisso não haveria uma regra estabelecendo que para ser um 'Oceanic 6' a pessoa tinha que necessariamente estar na lista de passageiros. Sendo assim, o Aaron pode sim ser perfeitamente encaixado nesse grupo uma vez que ele não deixa de ser um sobrevivente do acidente, concorda?

Bom, para trazer (ou não) um pouco mais de luz sobre essa questão, o colunista do Tv Guide, Michael Ausiello disse o seguinte hoje ao ser questionado que o Aaron não é um Oceanic 6.

"Quem disse que Aaron não pode fazer parte do grupo? Certamente não fui..."

Ausiello disse ainda que não devemos esperar nenhuma resposta definitiva sobre os Oceanic 6 vindo da dupla Darlton (os produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse), pois Carlton teria lhe dito que eles "não irão a público com qualquer esclarecimento sobre isso no momento." E aí ele lembra daquele vídeo promo que a ABC exibiu prometendo ao público que ele descobriria a identidade de todos os Oceanic 6 no final do episódio da semana passada. E sobre isso, Carlton disse que, "Nós não determinamos como a ABC promove a série, mas o que Damon e eu podemos dizer é que vocês viram todos os Oceanic 6 nos episódios exibidos até aqui."

Por Davi Garcia

Site fala sobre o episódio Meet Kevin Johnson

Post com spoilers!

O site UGO disponibilizou um breve texto do que o episódio Meet Kevin Johnson nos reserva cuja tradução você confere abaixo.


Bem, agora que sabemos que Kevin Johnson é o Michael nosso velho conhecido e assassino de Ana Lucia/Libby, a questão não está mais no quem, mas no como. Michael saiu no tempo da ilha, mais ou menos 1 mês atrás; período nem de perto suficiente para que ele convincentemente se transformasse em Kevin Johnson e se infiltrasse com sucesso na equipe do cargueiro de Charles Widmore. Então o que podemos esperar descobrir no episódio dessa semana?

O que aconteceu com Michael e Walt?

Se você pensou em viagem no tempo, parabéns Comandante Óbvio. A viagem no tempo pode explicar como Michael teria esse tempo adicional, não é? Lembra do vídeo da estação Orqúidea e que nele vimos dois coelhos marcados com o número 15? Será que podem existir dois Michaels por aí? Não estou dizendo que essa seja a explicação, mas também não estou dizendo que não é.

Sobre o Walt.

Sim, você o verá. Mas não aquele Walt fantasma mais alto, embora seja razoavelmente óbvio para os que gostam de teorizar porque existe um fantasma mais alto de Walt.

A Orquídea

Na Comic Con [do ano passado], Damon e Carlton lançaram um vídeo apresentado pelo Dr. Marvin Candle. Nesse vídeo ele nos revela uma estação ultra secreta chamada Orquídea. Nós nunca realmente descobrimos sobre o que era aquilo, mas permita-me perguntar isso a você: O que coelhos e ursos polares tem em comum?

Sobre um certo Linus...

Esse episódio mostrará Ben revelando que o objetivo do pessoal do cargueiro é capturá-lo e matar todo o restante da Ilha. Será que isso é verdade? Prepare-se para ver o grupo do cargueiro com armas e uma morte chocante(?) que deixa uma coisa bem clara: eles definitivamente querem muito o Ben.

O que mais podemos contar a você? Que tal isso: Tom / Mr. Friendly aparecerá em Nova York e há um rumor apontando que ele morre, de novo. Libby reaparece de uma forma bem interessante. Michael diz a Sayid e Desmond que ele voltou à ilha para... morrer.

*-*-*-*-*

Ótima maneira de aguçar nossa curiosidade, não? E o mais legal do texto na minha opinião é que caímos de novo nas duas hipóteses até agora mais plausíveis (em função da trama, claro) para explicar como Michael infiltrou-se no cargueiro. Viagem no tempo ou duplicação? Será que uma dessas situações explicará o mistério do retorno de Michael ou seremos surpreendidos de outra forma? Bom, devo confessar que adoraria ver o elemento viagem no tempo como resposta por mais incongruente e paradoxal que ele possa parecer. E digo isso porque ele criaria situações bizarras. Já pensou se ao usar esse artifício os roteiristas resolvem 'brincar' conosco mostrando Michael atropelando a si próprio usando aquele Pontiac dourado visto no Special, o 14º episódio da 1ª temporada? Ou ainda talvez, que a própria Libby o tenha atropelado. Não gosta dessa idéia de viagem ao passado? Então pensemos na questão da duplicação pois com ela já dá para imaginar também que existe/existiu um outro Tom e uma outra Libby que ressurgiria como integrante do grupo de fachada dos Outros ou talvez daquele de Widmore. Bem, antes que a mente comece a fundir vou parar por aqui convidando você a dividir conosco qual é sua expectativa para o episódio Meet Kevin Johnson, mas antes disso vale lembrar que...

Uma morte ocorrerá nesse episódio.

Pois é, como o vídeo promo da ABC já adiantara, um personagem vai morrer nesse episódio. Quem será ele? Segundo informação do site UGO, os ameaçados são: Claire, Miles e Karl. Simples e direto, meu palpite é que Karl morre em um tiroteiro salvando Alex quando o pessoal do cargueiro chega para tentar tomar a Ilha de vez e capturar Ben. Descarto Claire mais uma vez porque ainda existe uma história importante envolvendo sua personagem e o Miles porque aparentemente tem capacidade de se comunicar com o mundo sobrenatural da Ilha, o que pode ser um trunfo para o que a trama vá explorar. E você, arrisca um palpite?

Por Davi Garcia

18/03/2008

Outra teoria sobre como 'ele' se tornou o espião de Ben

Post com spoiler para quem ainda não viu o episódio 4x07 "Ji Yeon".

Você já deve ter visto aqui qual seria a minha idéia para explicar como Michael foi parar no cargueiro, certo? Pois então agora é hora de curtir uma outra idéia que o jornalista Jon Lachonis (aka Doc Arzt) postou no site UGO para essa mesma pergunta.

Por Jon Lachonis para o UGO
Traduzido e adaptado por Davi Garcia


Quando Michael (Harold Perrineau) saiu da série, alguns fãs disseram "Boa Viagem e até nunca mais." Àquela altura, os constantes gritos de "Waaaaaalt" tornaram-se insuportáveis para uns e para outros a irremediável transformação do personagem em um bad guy eram motivos que ajudavam a selar seu destino. Michael havia assassinado Ana Lucia e Libby a sangue frio e sua posterior traição a Jack, Kate, Sawyer e Hurley não ajudaram em nada sua popularidade.

Avancemos para hoje. Diversas coisas aconteceram. Primeiro, a calorosa recepção de Perrineau teve ano passado no painel de Lost na Comic Con, depois a investida de Lost em viagens no tempo e misteriosas insinuações relacionadas a uma bizarra tempestade que circunda a Ilha. Subitamente, a reaparição de Michael parece ser outra revelação do tipo, uma demonstração da mágica da ilha que de alguma forma vai gerar obscuros jogos de viagens no tempo com um certo escocês e estações Dharma ainda desconhecidas para o foco. Percebeu? Michael não pode simplesmente retornar como o espião de Ben no barco sem que exista algo bem bizarro em volta disso.

Michael partiu no final do episódio "Live Together, Die Alone", aproximadamente 1 mês atrás no tempo da Ilha. Esse tempo não é suficiente para que ele tenha chegado ao continente, construído uma história crível para se tornar Kevin Johnson e se candidatado à vaga de servente do cargueiro de Charles Widmore. Com toda a conversa envolvendo viagem no tempo em Lost ultimamente, pode parecer que um acordo de Ben com Michael e um retorno de volta ao passado seria a única explicação razoável. Contudo, isso é o que deveríamos esperar, certo? Será que Lost vai ousar nos dar o que esperamos depois de tanto tempo nos dando exatamente o oposto? Sendo assim, que outra possibilidade existiria?

Voltemos ao painel de Lost na Comic Con. No final da apresentação foi exibido um vídeo de orientação para um estação chamada Orquídea. A Orquídea em questão não era a planta, mas tratava de um estranho campo de energia que cerca a ilha. Com os recentes eventos, alguém poderia sugerir máquina do tempo, mas há uma outra possibilidade também.No vídeo um coelho marcado com o #15 espontaneamente é duplicado. Alguns podem considerar isso um efeito colateral do teletransporte através do tempo e pode ser mesmo, mas há um outro conceito que é bastante sinistro e que tem implicações na trama de Lost.

As orquídeas de fato são flores que dentre outras coisas são capazes de reprodução assexuada. Tire a biologia fora disso e o que sobra? Um objeto com a capacidade de se duplicar. Não que a estação Orquídea em si dê essa habilidade a alguma coisa, mas o nome pode livremente implicar que o objeto de experimento ali seja duplicado.

Já que Michael não poderia voltar no tempo antes do acidente evitando o embarque no vôo 815 e retornar à ilha em dose dupla (a correção de curso impediria isso), a idéia de um Michael duplicado sendo enviado nessa missão torna-se de certa forma possível, ainda que estranho.

Se essa teoria vai se revelar verdadeira ou não descobriremos em breve, mas o certo nessa altura do campeonato é que a última coisa que devemos esperar de Lost é... o esperado.

O que veremos no ep. 4x08 'Meet Kevin Johnson'

Post com spoilers!

Foram publicados no blog Lost Spoilers, 2 scans de uma matéria da revista Tv Guide onde vemos Harold Perrineau falando sobre seu retorno à série e sobre algumas coisas que serão vistas no episódio 4x08 Meet Kevin Johnson.

(Clique para aumentar)


Dentre tudo o que é dito na matéria, destaco o que o produtor executivo Carlton Cuse disse sobre o que aconteceu na saída de Michael da Ilha, "É seguro dizer que o retorno de Michael para o mundo exterior não ocorreu do jeito que ele esperava ou planejava." Enigmática a frase, não? Bem, para saber outros detalhes mega 'spoilerentos' deste 8º episódio use o mouse para selecionar a área em branco que está depois da seta --> (1) Sayid vai exigir que Michael (Kevin Johnson) explique como e porque estava ali. (2) Veremos um flashback de Michael depois de sua saída da Ilha em que ele estará em Manhattan (Nova York). (3) Ouviremos mais uma música de Mama Cass Elliot (Lembra de Make your own kind of music?). (4) Michael vai se encontrar com Tom/Mr. Friendly [no flashback]. (5) Veremos Walt em uma cena muito rápida. (6) 4 personagens mortos reaparecerão (Um deles já sabemos que é o Tom, mas os outros 3 provavelmente devem ser Libby, Minkowski, Regina ou Naomi).

Bom isso, hein?!

Por Davi Garcia

17/03/2008

Informações sobre as filmagens do ep. 4x09

Post com spoilers

Conforme já postamos aqui, as gravações dos 5 episódios que encerrarão a temporada a partir do dia 24 de abril já estão a todo vapor no Havaí e alguns rumores apontam até o que veremos. E para aumentar ainda mais a expectativa, vamos dividir com vocês uma matéria que saiu hoje no site UGO.



Por Jon Lachonis para o UGO
Traduzido por Davi Garcia


Fãs no Havaí flagraram a equipe de Lost filmando o nono e primeiro episódio a ser produzido depois do fim da greve dos roteiristas.

A equipe da série criou um elaborado set externo considerado um dos maiores já feitos [pela série] de acordo com moradores de Oahu, a ilha havaiana que serve como base da produção de Lost. O set é o de uma cidade iraquiana e se você imaginou que o episódio envolve Sayid provavelmente acertou.

Duas possibilidades surgem com isso. A primeira é que o episódio mostra Sayid retornando ao Iraque para o funeral de sua amada Nadia e lá Ben (reparem no homem de colete verde da foto abaixo com uma máquina fotográfica) vai se aproximar dele e recrutá-lo para se tornar seu assassino.

(Clique para ampliar)


A segunda possibilidade sugere que esse cenário será parte de um episódio de múltiplos flashbacks [e/ou forwards] e dessa forma o episódio não seria inteiramente centrado em Sayid ou Ben, mas mostraria um angulo de um evento que impacta diversos personagens. Isso faria mais sentido por uma série de razões. Primeiro porque Damon e Carlton admitiram que teriam que comprimir histórias para compensar os 3 episódios que não conseguirão filmar. Além disso não faria sentido vermos mais um episódio centrado exclusivamente em Sayid em uma curta temporada como essa.

Fonte das imagens: Hawaii Blog