01/12/2008

Uma teoria sobre John Locke/Jeremy Bentham

Com spoilers para quem prefere se manter longe de qualquer informação referente à 5ª temporada

Como fã, é claro que um dos meus passatempos preferidos é navegar pelos sites, blogs e fóruns dedicados à série e ler as idéias que outros fãs tem sobre determinado personagem ou situação da trama. E foi justamente assim que me deparei com uma teoria assinada por Matt4 e publicada no DarkUfo sobre as duas personalidades de John Locke, um dos personagens mais queridos e importantes de Lost. Quer saber do que se trata?

Leia mais...

    John Locke foi um filósofo do século 17 que acreditava que as pessoas são essencialmente boas e que cada uma nasce com uma mente aberta para crescer. Parecido com sua contraparte do século 17, durante 2 temporadas e meia, o John Lock de Lost personificou esses princípios. Ele acreditou que cada pessoa na ilha era boa, mesmo se a evidência apontasse o oposto. Apesar de Charlie ser um viciado em heróina, Locke viu algo bom nele. Mesmo tomando foras de Charlie, John insistiu em ajudar para que Charlie pudesse se tornar alguém melhor se livrando dos problemas das drogas. Locke estava certo, o lado bom de Charlie prevaleceu e Charlie acabou mais tarde se sacrificando por seus amigos sobreviventes. Contrariando Jack ao entrar na escotilha, Locke ficou sob a mira de Desmond, mas mesmo assim teve fé de que não estava encarando um cara que parecia ser um maníaco. Mais uma vez ele estava certo. Em várias ocasiões, quase todos se precipitavam em acusar outro sobrevivente (geralmente Sawyer) de algum crime. Locke não fazia julgamentos e sempre mantinha fé no lado bom de cada sobrevivente. Locke disse explicitamente diversas vezes que chegar à ilha deu a cada uma daquelas pessoas a chance de se redimirem, ou se preferirem, de renascer. John podia ser visto em quase todos os episódios fazendo alguma coisa boa. Encontrar Vincent e deixar que Michael levasse o crédito, construir um berço para Claire, livrar Jin das algemas e caçar javalis para alimentar todos, são apenas alguns dos muitos atos de bondade que John teve.

    O episódio 5x06 tem o sugestivo título de "The Life and Death of Jeremy Bentham" e acredito que ele será exatamente isso, uma matáfora sobre a morte de Jeremy Bentham.

    Jeremy Bentham foi um filósofo do século 19 e um grande defensor do utilitarismo. Bentham foi um ferrenho defensor da idéia de que 'os fins justificam os meios'. Contrariando as duas primeiras temporadas e meia, Locke se tornou Jeremy Bentham. Ele passou a se importar apenas com a ilha e a sobrevivência dela e de seus segredos. Os episódios "The Brig" e "Through the Looking Glass" são cruciais para entender a evolução de Locke. Em "The Brig" ele se trasnformou na coisa que mais odiava e jurou destruir, seu pai, o golpista. Nesse episódio vimos Locke se tornar um golpista, levando Sawyer a fazer seu trabalho sujo. Essa transformação é refletida em um importante diálogo entre Ben e John, "muito impressionante, John, ele realmente pensa que ficar foi idéia dele." John então respondeu: "Eu não sou você". Na realidade, Locke está se tornando Ben, o manipulador, e a ilha não vai gostar disso. Em "Through the Looking Glass", Locke se compromete totalmente em fazer o que fosse necessário para salvar a ilha. Isso no assassinato de Naomi. o John Locke das duas primeiras temporadas e meia teria fé de que existiria um lado bom em Naomi.

    A ilha quer John Locke como seu líder, um homem que acredita na bondade de cada um de seus habitantes, um homem que vai influenciar cada pessoas a buscar sua redenção. Essa é a diferença chave entre Locke e Jack. Nessa quinta temporada, Locke (Jeremy Bentham) vai se sacrificar pea ilha e pelos sobreviventes do vôo 815. Em troca, Locke vai experimentar um renascimento, mais uma vez se tornando John Locke, que vai se tornar o líder da ilha, e ao mesm otempo assegurar que seus companheiros sobrevivente se tornem o melhor que podem ser, validando uma frase dita por Charlie durante a 1ª temporada: "Se há uma pessoa nessa ilha em quem eu tenho absoluta fé para nos salvar no final, essa pessoa é John Locke."

    *-*-*-*-*

    Não sei você, mas eu achei essa leitura sobre o Locke quase perfeita.


Por Davi Garcia

29 comentários:

Brunno disse...

UAU!

Também pudera, foram nas duas temporadas seguintes que a praga do Benjamin Linus deu o ar da graça e começou a interagir com Locke.
Coincidência?
Charles Widmore sabe quem é Linus, sabe O QUE ele é.
51 Dias.

Brunno disse...

Porque Richard entregou o arquivo para Locke? Para que ele visse uma maneira de unir o útil ao agradável. Locke sempre esteve certo - mesmo que não de imediato, e não sucumbiu à uma diferença súbita de comportamento. Ele só descobriu no que acreditar.

Caso não tenham se lembrado, Boone foi um sacrifício que a ilha exigiu. Locke também está pronto para ser. E será.

Bentham disse...

Muito Bom essa teoria Davi e casa totalmente com a morte de John Locke essa teoria nos realmente trais que Locke é um importante personagem para série por que ele é que primeiro influencio agora a volta dos oceanic six e na sexta temporada eu ja pensaria numa ressurreição!!!! muita locura???? eu não duvido o_O

Fagner disse...

Será?

Eu acho que não...

Mas é SÓ a minha opinião

LIA LINUS disse...

"não basta ser líder tem que saber liderar,não basta ser Locke,tem que ser Ben"
LOCKE não tem nenhum perfil de líder ele é só mais um curioso,por isso quando ele entrou na cabana de JACOB não conseguiu vê-lo,aliás ele foi covarde ao matar o pai que quase lhe tirou a vida será que ele também será covarde para defender a ilha?
BEN QUE É O CARA!!! FOI LÁ E DEU A CARA PARA BATER(NOS DOIS SENTIDOS)apanhou do Keamy,para se entregar,e depois passou a viver no mundo exterior porque precisa levar todos de volta,eu fico imaginando como alguém que passou quase a vida inteira na ilha deva está sofrendo agora no mundo exterior,além de tudo isso quando voltar não terá a filha,e ainda vai ter que proteger as pessoas que por pura teimosia de JACK resolveram sair da ilha...como eu sempre disse desde que o Michael Emerson entrou na série quando LOST terminar vocês irão construir uma estátua bem maior que era a de 4dedos em homenagem a Ben Linus esse sim é o maior HERÓI de LOST

Fernando Melo disse...

Gente, ser fã de Ben Linus é uma coisa... Eu também sou fã do personagem, é um dos meus personagens preferidos do Lost. Ele realmente é O CARA.

Mas dizer que ele é um herói????? As pessoas inocentes que ele matou no navio, a forma como ele manipula as pessoas, o que ele fez com a Juliet, o que ele fez com Sayid, o que ele fez com LOCKE(lembra que o Ben tentou matá-lo?), o que pretende fazer com a Panny, enfim... Por tantas coisas que o cara fez de ruim, ele é um vilão! O fato de ele fazer tudo isso pela ilha não justifica a sua forma fria e calculista de agir!!!

Repetindo, eu acho incrível o personagem, mas ele não é o que se pode chamar de herói!

Hallyson disse...

Eu tbm acho que o Ben não é o vilão da História.. mas isso é outro assunto!

Sobre a teoria do John Locke eu acho que cai como uma luva...
perfeita!

Alex disse...

Uma correlação simplista demais de nomes de filósofos com personagens. Acho que e ligação de John Locke (personagem) com o filósofo é mais profunda do que "enxergar bondade", isso é coisa de auto-ajuda ou no máximo filosofia cristã. O Locke, filósofo, acreditava que não havia idéias inatas, ms sim que cada ser humano era uma "tabula rasa"(e tem o episódio!), que desenvolvia-se por meio da experiências, é por isso mesmo que ele foi um dos primeiros filósofos consierados "empiristas". Agora, essa de "ver bondade", isso é coisa de esotérico de 5ª. Acho a teoria simplista demais, e não acho que os autores elaboraram tanto assim a conexão filósofo/personagem. Acho que há uma confiança superestimada no planejamento dos roteiros, acho que há grande parcela de instabilidade que foi deixada pelos roteirista e, por isso, não dá pra falar que personagens são mais do que leves semelhanças das idéias dos filósofos em questão, e não cópias fiéis totalmente planejadas.
Alex
allmadetoyou@yahoo.com.br

Mada disse...

Eu também amo o Ben,mas não creio que ele seja um vilão :@ Olha o que ele ja fez com as pessoas,cara.. Foi tudo 'pela ilha',idem ao que Locke fez,matando Naomi..

Aßeunescado disse...

também acho que não é o vilão...

Riure disse...

Pelo que eu sei, John Locke, era um dos filósofos iluministas, sendo que um dos pontos do iluminismo era a vida com razão, e não com religião, e foi isso que influenciou os autores do Arcadismo, tudo isso é o oposto do personagem locke das primeiras temporadas, o locke nas primeiras temporadas foi um "religioso", isso se confirma em muitos episódios, uma de suas frases que ele falou para o jack:
"você acredita mesmo que nós caímos aqui por acaso?"

Marco Aurélio disse...

John Locke irá, assim que voltar a ilha, ressucitar, isso é definitivamente certo. Essa informação é sigilosa. Assim que acontecer vocês lembraram que leram esta mensagem.

Jeff disse...

Faz tdo o sentido... Só não acho que é a cara dos produtores esse tipo de coisa. Digo, não acho que eles mostrariam toda essa teoria em um episódio.

Anônimo disse...

Tambem achei muito simplista essa teoria. Além disso, não acho q locke caçou, desbravou a mata etc por bondade mas, estava na verdade buscando ser o caçador que sempre desejou ser. Relembremos: ele estava no vôo 815 voltando para casa depois de ser rejeitado em uma expedição q faria na Austrália por ser paraplégico. Por isso, não é surpreendente que ele, uma vez na ilha, curado, podendo desbrava-la, tenha dito q aquele é o lugar em que todos tem chance de renascer. Não tem nada de busca da bondade de cada sobrevivente. Locke está na sua própria jornada particular desde que chegou na ilha.

(Rafael)

Lia Linus disse...

como eu disse antes Locke não tem nenhum perfil de líder ele é apenas curioso e muitoooooooooo egoísta...um líder tem que pensar no grupo e não só nele mesmo...

...novamente...

"não basta ser líder tem que saber liderar,não basta ser Locke,tem que ser Ben"

Richard se enganou com ele uma vez e vai se enganar novamente...aguardem e confiem...

já sobre a formação do personagem é óbvio que o nome e algumas características do filósofo eles devem ter usado mas foi só uma base para a criação do personagem mas grande parte das atitudes de Locke não condiz com o filósofo como o próprio Locke diz ele é um homem de fé e não um homem da ciência

Filosofia (do grego Φιλοσοφία: philos - que ama + sophia - sabedoria, « que ama a sabedoria ») é a investigação crítica e racional dos princípios fundamentais.

4815162342 disse...

o próprio Locke disse no final de 'The Brig' a James
eu NÃO ESTOU COM NINGUÉM estou em MINHA PRÓPRIA JORNADA

Anônimo disse...

além de egoísta locke é impaciente tb acho que o alpert errará novamente,o careca vai querer saber td de uma vez e n terá a paciência que ben teve de esperar o melhor momento,acredito q eles terãomuito conflito com relação a esse ponto e esse será um dos motivos q fará locke desistir de td,e voltar p/casa...preferia o locke do começo da série aquele que gostava de entrar no mato descobrir as coisas sozinho,e aquele que sempre aparecia para aconselhar o locke de agora tá uma chatice...rsrsrs

Anônimo disse...

Na minha opnião Locke esta virando o Jack e vice versa
Locke sempre foi um o homem de fé e se tornou um homem da ciência.
Jack era um homem da ciência e virou um homem de fé.

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

Para gente, vcs acham q Ben não é vilãp, pelo amor de Deus,, e no ep final na 4 temporada q ele mata aquel carinha q tá ligado a bomba no carguiero, ai o Locke fala assim tem pessoas no cargueiro, ai o Ben fala mais ou menos assim, e não me importa com isso.
E quanto ao Locke eessa teroria é quase perfeito mesmo.

Malucom disse...

Dizer que o Locke foi um cara bondoso?? Acho que o Davi viu outra série! Ele é um tremendo egoísta desde o início.

Sua obsessão pelos segredos da ilha na primeira temporada levou Bonne a morte. Lembro muito bem de uma cena do último episódio, quando eles estão prestes a explodir a tampa da escotilha. Hurley vê os números gravados nela e corre em direção aos explosivos. Locke, totalmente obsecado em saber o que tinha dentro, ativa os explosivos mesmo assim, se lixando pra vida do Dude. Jack é que o segura pra que ele não vá em direção a explosão.


Jack foi quem sempre se preocupou em ajudar a todos e a mantê-los a salvo. Arriscou a vida várias vezes pra tentar salvar alguém que estivesse em perigo.

Sei que o Locke da primeira temporada cativou muita gente. Mas ele não mudou, como disse o Davi, de bondoso para egoísta. Ele sempre foi egoísta!

O jeito como ele matou a Naomi foi a prova do caráter duvidoso do Locke.

Thiago Crato disse...

Locke é uma pessoa que sempre mostrou ter convicção das coisas que queria, dos caminhos que resolvia seguir. Como o texto sugeri, para ele os fins parecem justificar os meios.
John Locke sempre levou sua crença na ilha até as últimas consequências. Se isso faz dele bom ou ruim, eu não sei. Julgo algumas das suas atitudes, corretas. Outras, um tanto quanto cruéis e extremistas.

Mas não condeno Locke por ter matado Naomi, muito pelo contrário. Parece que vocês esqueceram das ordens que Keamy tinha: matar todos!! Afinal de contas, o avião plantado no fundo do aceano já dava os passageiros como mortos. Ninguém poderia sair da ilha, muito menos vivo.

John Locke ainda é uma incógnita pra mim. Sinceramente não sei o quanto acreditar na sua bondade, na sua disposição em ajudar as pessoas, sinceramente não sei. Se ele ajuda as pessoas para no final de tudo obter algum retorno para si ou para a ilha, então ele será esse egoísta que o Malucom descreveu.

Por enquando não sei bem o que pensar sobre ele.

Dude! We are Lost! disse...

Malucom, não sei se você leu o início do texto, mas como eu deixei bem claro, essa teoria não é minha. Só pra esclarecer...

Egoísmo não tem nada a ver com ser bom ou mau. Se fôssemos limitar a divisão entre mocinhos e vilões apenas com isso, ninguém escapava de ser vilão na história. A diferença é que as ações do Locke sempre ganharam mais peso (a abertura da escotilha, a digitação dos números, a explosão do submarino e por aí vai...)

Vejo a mesma série que todo mundo, e como a maioria, acho que dá para perceber a evolução (ou mudança) dos personagens ao longo da trama. Locke é egoísta? Claro que é, mas fechar os olhos para a importância do personagem na trama e reduzí-lo apenas a isso é besteira.

Abraço!

Davi Garcia

Malucom disse...

Davi,

Eu sei que a teoria não é sua, mas no final você afirmou que a considerava perfeita. Logo, você assinou em baixo sobre tudo que ela diz,inclusive sobre a bondade do Locke das primeiras temporadas, concorda??

"Egoísmo não tem nada a ver com ser bom ou mau." verdade até certo ponto! O egoísmo de Locke é tão alto que já prejudicou a vida de praticamente todos os sobreviventes e algumas ações dele indicam sim falhas de caráter, pelo menos pra mim.

Acho que você não entendeu direito o que eu escrevi. Em nenhum momento diminuí a importântica de Locke na história. Só não vejo essa "evolução" de bonzinho pra egoísta. Se as pessoas deixassem de lado essa adoração que tem pelo personagem e prestassem um pouquinho mais de atenção, veriam que Locke sempre foi o mesmo desde o início. Besteira pra mim é ignorar isso!

Lia Linus disse...

Não condeno Locke por ter matado Naomi afinal como todos os passageiros estavm mortos(para as pessoas que viviam no continente)com certeza Keamy sabendo disso não ia precisar resgatar ninguém,só fiquei com raiva pq Locke poderia ter atirado na mão de Jack e quebrado o rádio(mas essa falha dos produtores eu perdôo afinal se os caras não chegassem a ilha eles não teriam histórias para contar),tb n condeno o Ben por ter matado o Keamy e conseqüentemente ter explodido o barco se qualquer outro personagem visse a(o) filha(o) ser morta(o) da maneira como Alex foi,com certeza faria o mesmo,LEMBRE-SE QUE BEN TEVE A OPORTUNIDADE DE TER FEITO O MESMO QUANDO O BARCO ESTAVA LONGE DA ILHA,MAS NÃO FEZ PORQUE NÃO QUERIA MATAR INOCENTES A PARTIR DO MOMENTO QUE WIDMORE MUDOU AS REGRAS BEN TAMBÉM NÃO PENSOU DUAS VEZES...se Ben fosse Locke diria que os inocentes foram sacrifícios que a ilha pediu,mas ele não colocou a 'culpa' na ilha essa é a diferença entre Ben e Locke

ex:Charlie ele não pensou quando matou Ethan simplesmente a raiva tomou conta e queria vê-lo longe de Claire e Aaron,ele não pensou que Sayid poderia arrancar algo do cirurgião dos outros,ele só queria vingança.

Na prx temporada os produtores disseram que Locke que era o homem de fé ficará totalmente incrédulo tornando-se o homem da ciência,e Jack passará a ter fé na ilha oculpando o lugar de Locke.

Já essa história de ser líder Locke nunca disse que queria ser o novo líder dos outros portanto a culpa é de Richard:
"errar uma vez é aceitável,mas persistir no erro é burrice não é ser Richard Alpert"

em Lost todos tem o seu lado bom e lado negro porque todos os personagens são seres-humanos e todos temos defeitos e qualidades,o bom de Lost é esse você pode enxergar um Locke,Ben,Jack,Kate...em qualquer ser humano...e que atire a primeira pedra quem em algum momento da vida não perdeu a fé em algo,ou desejou vingar-se de alguém...

Marília disse...

só dando uma pequena contribuição. como cientista política já havia atentado para essa ligação dos nomes desde o início da série (o que até me motivou a vê-la) e até postei um tópico sobre isso no site lost portugal (há muito tempo). Mas o que penso é que a comparação foi um pouco simplista, apesar de interessante. Lembro que Locke, como contratualista, prega que todos são livres na medida que nascem racionais. Assim, o indivíduo pode fazer o que quiser, contanto que não fira o bem estar do outro. Para manter a ordem, a sociedade faria um "contrato". Já Bentham é contrário ao contratualismo de Locke. Apesar de também pregar a felicidade comum a todos ele não aceita que isso tenha ocorrido por um "contrato". Enfim, são alguns dos pontos correlatos que eu vejo... É mais complexo mas fica dificil falar só aqui. Também há outros filósofos mencionados na série como: Rousseau (contratualista contrário às idéias de Locke) e "Desmond" David Hume (que fala bastante sobre conexão dos eventos e livre-arbítrio - muito interessante, vocês deviam ver!). Enfim, muito pano pra manga... Se quiserem posso tentar colocar tudo mais detalhadamente depois porque é muita coisa para um post só (desculpem o tamanho!!!)

Daniel disse...

concordo realmente com isso
exatamente uma descriçao de locke

Thiago Crato disse...

Malucom e Davi,

Nenhum dos pontos de vista apresentados por vocês é besteira. Concordo em parte com cada um.
Locke não é tão bonzinho e seu egoísmo é, muitas vezes, prejudicial. Mas Locke tbm teve seus atos de "bondade" e contribuiu muito para que os losties permanecessem vivos.
Eu gosto do personagem, mas sempre tive o pé atrás com ele.
Locke é um dos personagens mais importantes da série e ainda tem muito a dar. A evolução aconteceu realmente.
De bonzinho pra egoísta, de egoísta pra mais egoísta...acho que um pouco dos dois. Afinal, quem nunca foi egoísta naquela Ilha?

Karafath disse...

Ja havia lido sobre esta teoria, engraçado que foi em uma aula de historia, na qual tive de fazer um trabalho sobre o filosofo Locke!

Góes disse...

Só tem um problema: Jeremy Bentham não dizia que os fins justificam os meios.

Ele perseguia o "Grande Princípio da Felicidade". Isto é, acreditava que a busca individual pela felicidade levaria à felicidade geral.