31/12/2008

Mais 4 reviews sobre a estréia da 5ª temporada de Lost

Com spoilers!

E a chuva de reviews sobre a estréia do 5º ano de Lost continua. Agora você pode conferir as opiniões do E! Online, do Ain't It Cool News, do Cinemablend e do The Watcher. Tem pra todos os gostos. A do E! Online é totalmente shipper (que novidade!), a do AICN é mais concentrada em aspectos específicos ainda que não revele nada diretamente, já a do Cinemablend é uma opinião de um fã que se vê mais uma vez envolvido pela paixão de acompanhar a série, enquanto a do The Watcher é a mais equilibrada até falar no Sawyer.

A OPINIÃO DO E! ONLINE

    Tradução do texto de Jennifer Godwin

    Claro, claro, a mitologia de Lost é um milagre a ser contemplado. É grandiosa poderosa, de fazer engasgar e, apesar do que aqueles que odeiam a série tenham feito você acreditar, admitamos: há muito mais em Lost do que a Dharma, os números e a estátua de quatro dedos. Há amor. Sim, amor.

    Vi os dois primeiros episódios da 5ª temporada de Lost, então vamos direto ao assunto do romance e responder as grandes questões: que casais ainda estão com tudo? Quais não estão?

    Descubra quem está fazendo o que com quem na estréia da temporada.

    O casal mais adorável: Penny e Desmond

    Quando a temporada começa, Desmond e Penny estão 'vivendo felizes para sempre', mas no final do primeiro episódio, o conto de fadas deles é interrompido por uma mensagem do outro mundo. Espero que esses dois tenham aproveitado o tempo enquanto puderam...

    O segundo casal mais adorável: Charlotte e Daniel

    Todo mundo pensa que o Professor e Mary Ann (da antiga série A Ilha dos Birutas) era o casal perdido a ser batido, mas o Professor e a 'pimentinha' estão vindo com tudo. O professor Daniel Faraday tem uam queda por Charlotte, e ela definitivamente vai apreciar a afeição dele em breve...

    O mais trágico: Sun e Jin

    Sun acredita que Jin está morto, e ela está, como você pode imaginar, com muita raiva. Na estréia ela faz uma nova aliança questionável designada a ajudá-la a se vingar do jeito que deseja.

    O segundo mais trágico: Kate e Sawyer

    Até onde Sawyer sabe, o cargueiro explodiu com Kate, e isso o deixa ainda mais irracional e com ódio. Ele diz duas coisas marcantes na estréia: "Eu queria ter certeza que ela... Eu queria ter certeza que eles chegariam ao barco. Agora nào importa mais, nào é?" e "Todos por quem eu me importava acabam de explodir na droga do seu barco. Eu sei o que eu nãoo posso mudar." Será que o Sawyer da 5ª temporada é um homem sem nada a perde? (Não assuma uma postura kamikaze, cara! Precisamos de você!)

    O mais estranho: Kate e Jack

    Será que Jack finalmente desistiu de Kate? À certa altura da estréia, Jack anuncia que ele e Kate não são mais sequer amigos, e ele parece bem firme ao dizer isso. Como ele pode esquecer que Jack e Kate são os eternos queridinhos de Lost?

    O mais melancólico: Juliet e Jack

    Não há qualquer desenvolvimento envolvendo 'Jacket' na estréia, mas parece haver uma melancolia extra nos rostos dos dois médicos quando outros personagens mencionam Juliet ou Jack. Ainda há esperança para os bons médicos!


A OPINIÃO DO AICN

    Tradução do texto publicado no AICN

    O screener começa com um aviso: Não revele grandes viradas na trama dos dois primeiros episódios da 5ª temporada de Lost. Isso significa que tenho que me conter.

    Algumas notas:

    - A temporada começa (novamente) com um despertar e um toca-discos. E o nervoso cientista Daniel Faraday vai em muito breve, proporcionar uma grande iluminação sobre porque os produtores gostam de começar as aberturas de temporada com esse recurso.

    - Essa frase é dita no primeiro episódio: "Escavamos até seis níveis de carbono com brocas e a última simplesmente fritou."

    - Os flashbacks e flash forwards se foram e estou achando (e torcendo) que tenham ido para sempre. A série agora caminha livremente entre as peças, para trás e pra frente no tempo, nào mais presa a um personagem particular durante o episódio.

    - O primeiro episódio é um marco, agressivamente avançando a história em todas as direções.

    - De longe o desenvolvimento mais intrigante nos dois primeiros episódios ocorrem na ilha. O segundo episódio traz uma sensação de estar mais focado em criar os obstáculos que impedirão os Oceanic 6 de voltar para a ilha logo.

    - A parte mais interessante do segundo episódio pode ser algo que Ben diz quando ele fala para Jack fazer a mala.

    - Se você ficou imaginando que o produtor Carlton Cuse estava apenas brincando quando indicou que a ilha poderia ter se movido no tempo, lembre-se disso para uma resposta definitiva. A ilha de fato se moveu no tempo, embora Cuse não tenha revelado um detalhe chave dessa movimentação.

    - Rostos de episódios passados surgem em momentos inesperados. (Tomara que os nomes desses personagens fique de fora da sequência de créditos para preservar a surpresa).

    - Personagens que não vemos durante os dois episódios: Jacob, Christian, Charlie, Claire, boone, Shannon, Michael, Walt e o monstro de fumaça.

    - Um personagem mencionado desde a segunda temporada, mas que nunca aparecera até os mobisódios, tem um papel memorável nesses dois episódios.

    - Os dois sneak peeks que vimos com Jack, Ben, Kate e Aaron estão nos primeiros 15 minutos do primeiro episódio.


A OPINIÃO DO CINEMABLEND

    Tradução do texto de Kelly West

    Aqui vai uma coisa sobre Lost. Desde a 2ª temporada, eu nunca consegui assistir um episódio sem sentir como se tivesse perdido alguma coisa. Ah, não estou falando apenas dos grandes mistérios e outras perguntas não respondidas. Tem mais a ver com a dificuldade de decifrar as coisas que perdi ou esqueci de episódios anteriores e as coisas que ainda não devemos saber. Dito isso, à medida em que embarcamos no quinto ano da série, ainda sou tão fã de Lost quanto era quando o avião caiu na ilha.

    Vou fazer o melhor para evitar qualquer detalhe específico sobre o que está por vir nos dois episódios da 5ª temporada chamados "Because You Left" e "The Lie". Ao mesmo tempo, vale avisar que há alguns spoilers nesse review.

    O mundo de Lost se dividiu em dois, como você já deve saber se acompanho a temporada passada de perto. Temos os Oceanic 6 mais Desmond, Ben e um falecido Locke fora da ilha enquanto o restante e alguns poucos outros, estão na ilha que desapareceu num clarão.

    As coisas estão completamente ruins para os Oceanic 6. Você poderia pensar que saindo da ilha os animaria, mas as vidas deles estão completamente fora dos trilhos. Sun quer vingança por causa da morte de Jin. Kate está tentando fingir que Aaron é seu filho embora pareça que alguém sabe da verdade. Enquanto isso, Sayid tira Hurley da instituição psiquiátrica mas a fuga deles vem com uma pilha de corpos. Com relação a Jack, tenho ótimas notícias. Ele fez a barba. A grande virada para todos eles envolve a tentativa desesperada de Ben de colocar tudo de volta nos devidos lugares. Dito isso, não tenho tanta certeza que a vida está tão melhor para os Oceanic 6 fora da ilha.

    Por falar na ilha, para onde ela foi? Quer dizer, para quando ela foi? Há muita viagem no tempo envolvida na história. Mas não se apavore. Se você é uma das pessoas que ficou frustrada por causa da viradas temporais aleatórias que frequentemente se vê em Heroes, parece que as regras sobre viagem no tempo relacionadas a Lost são mais rígidas. Graças ao conhecimento genial de Daniel Faraday sobre como a viagem no tempo ocorre e o que está acontecendo com a ilha, recebemos boa parte das explicações bem cedo. Quer dizer, mais ou menos. A ilha está viajando pelo tempo, levando seus habitantes do presente com ela. Considerando tudo que aconteceu na ilha, incluindo as pessoas que viveram lá em sua história, os losties não estão em segurança. Bem, eles estão menos seguros que antes. Portanto como você pode imaginar, a situação deles está bem crítica. Embora Sawyer, cuja raiva decorrente de sua tristeza por acreditar que Kate foi morta quando o cargueiro explodiu, passe uma boa parte do tempo da estréia sem camisa.

    A melhor parte sobre o aspecto da viagem no tempo na nova temporada é que vemos muito do passado na estréia da temporada. Não vou revelar qual personagem vocês verão, mas tenha certeza de que se você está assistindo a série desde o início, vai reconhecer essa pessoa imediatamente. E por falar em personagens antigos trazidos de volta à vida (ok, não tecnicamente...), fora da ilha Hurley tem sua própria reunião com um personagem morto.

    Já que falamos em Hurley, preciso dizer isso agora: quero mais Hurley! Os dois primeiros episódios trazem bastante ação para Hurley. Um de seus melhores momentos é quando ele essencialmente recapitula a trama da série em uma conversa que tem com alguém. Ele fala tudo tão bem que eu gostaria que os roteiristas considerassem deixar Hurley fazer o "Previously on Lost" antes de cada episódio em vez de apenas nos mostrar clips aleatórios forçando-nos a tentar lembrar onde as cenas se encaixam na série e como elas serão importantes no episódio que iremos ver.

    Não me considero um grande fã de Lost, já que não lembro do nome de cada personagem ou todo detalhe específico da história anterior de todos os personagens principais. Dito isso, são os personagens na série e suas histórias que fazem a série valer à pena ser vista, especialmente para aqueles de nós que às vezes nos sentimos um pouco perdidos quando estamos assistindo a série. A 5ª temporada parece estar destinada a apresentar mais do que passamos a amar sobre a série, que é o drama pessoal misturado numa história sci-fi sobre uma estranha ilha e um grupo de seres humanos isolados, cuja maioria tem passados carregados de erros, oportunidades perdidas e outros dramas.


A OPINIÃO DO THE WATCHER

    Tradução do texto de Maureen Ryan

    Na segunda-feira à noite assisti a estréia de duas horas da 5ª temporada de Lost, mas aparentemente sou a única comentarista de tv que não fez um post do tipo, "Hey, vi a estréia de Lost" imediatamente depois.

    Não porque ela seja ruim - ela não é, e na verdade é muito boa. Mas teoricamente estou de férias. Ainda assim, como eu poderia deixar de ver a estréia da nova temporada de Lost no dia em que ela ficou disponível no site de imprensa da ABC? Eu poderia estar em Marte e ainda assim encontraria uma forma de assistir.

    Os minutos que abrem a temporada foram realmente excelentes. Não quero dizer o que acontece, mas me senti como se estivesse na Comic Con assistindo um daqueles vídeos especiais que os produtores às vezes liberam para os fãs que vão ao Congresso. O começo da quinta temporada tem o status nerd para o fã mais ferrenho de Lost; é cheio de choques e surpresas que relembram momentos clássicos da série.

    Com relação ao restante, tenho vontade de falar sobre agora, desejando assistir de novo e não dizer uma palavra, porque esses dois episódios só serão exibidos daqui a três semanas, portanto uma parte de mim acha que é melhor parar por aqui. Mas isso é Lost! É difícil.

    Vou deixar o dr. de Dr. Who explicar o que eu penso ser uma das coisas a se manter em mente enquanto se assiste a 5ª temporada:

    Algumas daquelas coisas são difíceis de se pensar. Portanto vou ter que assistir a estréia pelo menos mais duas vezes antes que eu possa realmente refletir sobre ela. Mas há muita coisa a se gostar: muito de Hurley, muito de Faraday e muito de uma coisa que menciono abaixo.

    Para manter minha empolgação com a 5ª temporada em alta, andei lendo impressões de outras pessoas. E percebi que apenas Matt Mitovich mencionou uma das melhores partes da estréia.

    Não considero o que está abaixo um spoiler, mas se você é um purista sobre essas coisas, não leia o que segue.

    Sawyer está sem camisa durante todo o primeiro episódio!

    O que leva você a concluir, se é que isso é necessário, que sou superficial, profundamente superficial.

    Há muitos outros diálogos e momentos memoráveis na estréia (especialmente no primeiro episódio), mas eu tinha que mencionar isso.

7 comentários:

lucas disse...

uau tomara que vaze, pelo visto veremos mais de frogurt até ele morrer, será se conheceremos algo de henry gale e de sua esposa e como ele e seu alao cairam na ilha

Denis disse...

Não estou mais aguentando, esses comentários estão me matando xD
A cada um q leio mais fico com vontade de assistir os episódios X.x
Eu estava conseguindo esperar a nova temporada com calma e paciência, mas isso sumiu a partir do momento q lí o primeiro comentário.
Cada comentário é melhor q o outro, isso pq eles "não podem falar mto", então imagina como deve estar a quinta temporada?
Aaaaaaaaahhhh, dia 21 chega logo X.X
Abraço pessoal do Dude, ótimo trabalho.
FELIZ ANO NOVO

Gabizinha Vidal -Santos -SP disse...

Bom queria desejar a todos od dudes um Feliz Ano Novo!!!!! q todos consigam realizar suas metas!!!!
=]

lucas disse...

Feliz ano novo pra todos!
Que Deus os abençoe e se falmos por aí nos comentários de lost

Marília disse...

Ai, meu Deus
Estou fugindo dos spoilers, mas não podia deixar de passar aqui para desejar um Feliz 2009 pra vocês!!!!
Tudo de bom!!!!!!!!!!!!!!
Beijos!!!

Emmanuelle Maia disse...

Bem primeiro feliz ano novo para todos...e tenho certeza que será bem empolgante com nossa série preferida voltando...

E segundo como eu queria ser da impressa e poder te visto os episódios já...mas amei todas as informações divulgadas neste últimos dias,sempre quando pensamos que já vimos tudo em lost,vem os produtores e nos deixam sem ação,bem por isso amo esta série...

Juliana disse...

Essa do Sawyer sem camisa me fez lembrar dos "comentários que vão mudar o mundo" que a Juliana sempre faz nos fins de Dudecasts, heheheheh... Aliás, saudades dos Dudecasts!