05/06/2008

Os equívocos da 4ª temporada

Com spoiler para quem ainda NÃO viu toda 4ª temporada.

Como já afirmei antes, para mim, esta foi a melhor temporada da série até aqui. Ao longo dos episódios vimos um arco instigante que não só nos manteve presos à história, mas que também expandiu a trama revelando novas camadas que trouxeram uma complexidade ainda maior e mais atraente à série. Dessa forma, embora seja complicado apontar quais teriam sido os pontos mais fracos e/ou erros da temporada, é justo reconhecer que eles existiram.

Lembremos daquele flashback da Juliet no episódio 4x06 The Other Woman, por exemplo. Embora o episódio em si tenha revelado alguns detalhes importantes sobre os bastidores de funcionamento da ilha através da estação Tempestade, é quase consenso que revisitar a história pregressa da loira na ilha focando basicamente seu envolvimento amoroso com Goodwin, foi uma perda preciosa de tempo àquela altura. Outro ponto crítico atrelado àquele episódio, foi a introdução de Harper, a 'terapeuta' dos Outros, que no início surgiu como um artifício interessante, mas que findada a temporada, revelou-se inócuo já que não voltamos a vê-la (talvez por conta da greve dos roteiristas e um adiamento de planos) em outras situações. Apesar desses exemplos, é fato que mesmo escorregando, aquele episódio ainda ganha de muitos dos melhores episódios de outras séries e a justificativa para isso fica evidente sobretudo se levarmos em conta que vimos ali mais um pequeno show de Michael Emerson, o que por si só ajuda a aliviar qualquer decepção isolada.

Mas afinal, que outros equívocos ocorreram nesta temporada? Para ajudar a responder esta pergunta, recorro a um post feito por Erin Martell do Tv Squad que destacou outros pontos que sem dúvida devem estar na lista de muitos fãs da série.

Confira alguns deles na opinião do Erin:

A apendicite de Jack - Tirando o fato de que ela aproximou o Dr. de Kate, não entendo porque aquilo foi necessário. Os flash-forwards asseguraram que Jack sobreviveria à cirurgia improvisada, portanto não havia nenhuma tensão ali. Ficou parecendo que o único objetivo da doença de Jack era matar de vez qualquer chance de uma relação entre ele e Juliet. A química dos dois nunca me convenceu. Eles se beijaram duas vezes em momentos bem esquecíveis e então Jack basicamente a dispensou logo depois dela ter salvado sua vida. Juliet merecia um 'fora' melhor, tanto de Jack quanto dos roteiristas.

O adeus de Rousseau - Eu tinha grandes esperanças na personagem, afinal ela era uma figura misteriosa na ilha desde a primeira temporada e um dos poucos personagens que ainda não tinham um flashback. Sempre esperei que Rousseau seria responsável por revelar algum segredo bizarro da ilha ou detalhes sobre os Outros. Imagine minha surpresa quando Danielle foi morta ao lado de Karl em uma rápida cena de Meet Kevin Johnson. Eles sequer deram à ela uma despedida digna de Lost com um flashback seguido de morte. Personagens menos intrigantes como Ana Lucia e Shannon tiveram despedidas melhores.

O "surpreendente" retorno de Michael - Todos nós já sabíamos disso, certo? Ben havia dado dicas sobre ter um espião no cargueiro várias vezes e muitos fãs sabiam que Harold Perrineau estava voltando à série de alguma forma. Falta de surpresas de lado, as participações de Michael ao longo da temporada não foram tão marcantes. Ele disse ao Sayid que estava ali para morrer e foi isso ue aconteceu no final da temporada. Eu entendo a frustração de Perrineau sobre terem matado seu personagem tão rápido. A culpa de Michael por ter assassinado Libby e Ana Lucia o levaram a tentar suicídio várias vezes e sua redenção foi breve demais. Quando Christian Shephard o 'liberou' Michael pareceu estar mais confuso do que em paz. Bom, pelo menos ele não gritou 'Waaaaaaaalt' antes de morrer.


Bem, é isso. Agora é sua vez de usar os comentários para dizer se concorda com o que foi dito e/ou apontar outras partes que você considere como equívocos da temporada.

Por Davi Garcia

72 comentários:

Fernandino Neto disse...

Comentários muito interessantes. Concordo em quase todas as colocações com você. Principalmente a respeito da Daniele Rousseau. Eu sempre esperei que ela pudesse ter mais na frente uma participação importantíssima no enredo da trama.
Olha, Lost é uma das melhores coisas que já assisti na TV, mas acredito que os autores ficaram meio que perdidos nesta temporada. Faltou um mix maior, um ligamento entre os fatos. Até porque, nas outras temporadas, mesmo com mistérios sem pé nem cabeça, eu achei tudo mais instigante.
Creio que a mudança no foco da série também causou essa impressão. De repente, passamos a enxergar Lost com outros olhos. No meu caso, eu achava que a história tomaria outros rumos, mas vejo que é bem mais simples, ou menos misteriosa, do que eu imaginava.
Contudo, é algo maravilhoso e excitante de assistir.
Quanto ao Christian Shephard, creio que a ilha o ressuscitou, assim como fará com o Locke na próxima temporada. Ou mesmo que o Jacob possa usar o corpo dele para se manifestar, afinal, ele também estava no 815, porém, dentro de um caixão.
Quanto à Claire, acredito que aquilo que esperávamos de Rousseau, vamos ter na loirinha. Tenho a rápida impressão de que ela será usada para esclarecer todos os mistérios da ilha, por isso que as suas participações serão poucas na próxima temporada.
Um abraço!

LAUTREC disse...

Queria comentar sobre uma coisa...
A operação de apendice do Jack...
Tenho uma teoria sobre isso.
Acho que é coinscidencia demais a Claire sobreviver aquela explosão e o Jack a essa operaçõa sem maiores problemas.
Jack e Claire são filhos do Christian Shephard .... um dos "misteriosos" da ilha.

Talvez eles tenham herdado um pouco da "imortalidade" que o pai parece ter.

E quem sabe O locke tenha alguma coisa disso também.......
ele sobreviveu a queda do prédio e ao tiro ...

Gisele disse...

Realmente o adeus de Rousseau deixou MUITO a desejar! Minha esperança é que a personagem volta a aparecer em flashbacks, mas não sei se a Mira Furlan topa voltar... pelo que li aqui ela pediu para sair, não?

Os outros tropeços também foram difíceis de engolir, mas a série como um todo perde muito sem a Rousseau.

Abraço!

William Wilson disse...

A "desinteressante" Charlotte Lewis - da equipe recrutada por Abaddon ela foi a que menos empolgou. Tudo que fez foi caras e bocas de que sabe mais do que diz, olhando pro Daniel com cara de "feche a matraca para não dar com a língua nos dentes". Seu breve "flashback" no início da temporada até prometeu, mas deixaram ela no banho-maria, talvez pra próxima temporada. Só que é inegável o fato de que ela não teve espaço nem pra cativar (como Lapidus, ou Faraday) ou pra repudiarmos de forma adorável (como o Miles) - ou mesmo odiarmos veementemente (como o Keamy).

Eric Arantes Corrêa disse...

A roda de gelo foi rudículo. Que idéia lúdica, infantil, não? Fantástico demais. Poderiam ter bolado uma forma mais convincente e moderna de se "mover" a ilha. E a história de levarem o "morto muito Locke" de volta a ilha tb é forçada, demasiadamente... Ou será que vão embalsamá-lo? Como fizeram com a cabeça do verdadeiro Jeremy Bentham?

Murilo 莫力龙 disse...

Bom, concordo com a parte da Russeau e da Juliet. Mas no caso do apêndice do Jack, para mim, ficou claro que a Ilha estava mandando um sinal para ele não sair da ilha, achei bem interessante, claro se como quase tudo em Lost, se prolongou mais do que necessário, por exemplo, foi mais longo que a morte de Russeau. Uma pena.

Tomara que ela volte na 5 temporada, em algum flash-back.

Abs
Murilo Louvise

Malucom disse...

Concordo com os equívocos mostrados nesse post. O Apendicite de Jack me pareceu dispensável mesmo. Assim como o flashback de Juliet, que foi totalmente inútil, afinal ninguém estava interessado em ver a paixonite que Ben tinha por ela.

O retorno de Michael foi tão alardeado pelos produtores da série. Até na Comicon o Harold Perrineau foi. No fim o personagem morreu e a tão falada redenção que ele teria aconteceu, mas de modo bem discreto. Mas mesmo assim discordo do chilique que o Perrineau deu. Mesmo uma participaçãozinha em Lost rende mais que um papel numa série chinfrim dessas que têm aos montes por aí.


Uma última questão que não está no post mas acho relevante: Claire não foi vista no helicóptero como Desmond disse que aconteceria. Como explicar isso???

Martins disse...

Sempre achei a história da Rousseau muito dúbia com relação ao que ela falava sobre como ter chegado à ilha e do rapto de Alex. Quando Ben caiu na armadilha dela e foi entregue aos losties, presumi que havia um conluio dela com o líder dos Outros. Porém, quando os roteiristas afirmaram que Ben caiu realmente na arapuca dela, passei a vê-la de forma diferente. E não tive mais dúvidas sobre a sinceridade dela quando ajudou a Jack no plano das dinamites nas tendas no Season Finale da 3ª temporada.
Ainda é possível ver um flashback que mostre algumas situações dela na ilha a época do naufrágio, do rapto de Alex e da morte de toda sua equipe, mas se ela realmente sempre disse a verdade então não seria tão necessário o ‘fb’ dela. Basta apenas acreditar nela. Além do mais, ela afirmou preferir ficar na ilha. Descanse em paz, Danielle...

Das cenas inúteis, pra mim, ficou a explosão da vila dos Outros e da participação de Minkowski e da Regina. Achei que esses dois teriam mais utilidade na trama.

Abraços, Dudes!!!

Anônimo disse...

Ninguem deveria ficar doente na ilha, mas as vezes isto ocorre quando a ilha "quer dizer algo". Talvez ela estava tentando fazer o Jack ficar.

Anônimo disse...

Discordo do que se disse sobre Jack e Juliet.
Sobre Juliet adorei o seu flashback! A forma como ligaram a sua história a Goodwin a razão da sua morte, a paixoneta de Ben, até mesmo Harper. Achei que foi um ciclo muito bem fechado! Poderiam se calhar ter explicado melhor como funcionavam as coisas nos outros, a relação deles com os raptados, talvez uma aparição de Cindy, e dos meninos.... Isso teria sido perfeito!
Sobre Jack, o que eu mais gostei foi daquela cena da operação, dele pedindo a Kate para ficar e Juliet aos berros a pedir Bernard para drogá-lo. Foi excelente! Valeu pelo episódio! Além de que era necessário para mostar porque Jack foi tão fraco na sua fase final antes de sair da ilha... ele estava fisicamente debilitado! Se não fosse pela apendicite Jack teria reagido de outra forma...

Sobre Danielle e Michael, concordo plenamente... que desperdício de mortes!!! Ambos mereciam mais! Nem parecia Lost, que explora tão bem o humano! Eles mereciam uma boa história antes de morrerem! Mas é o que dá em fazerem temporadas com tão poucos episódios! Espero que isso não prejudique as histórias dos personagens na próxima temporada, que tornou tão marcante esta Série!

Wagner Souza disse...

Concordo com os pontos apontados por Erin e também sobre o episódio The Other Woman. Também sobre a saída do Michael da ilha, digo em relação ao tempo hábil entre sair e, em tão pouco tempo, estar no cargueiro.

Mas, o que tem me deixado intrigado em Lost é o fato de não entender, talvez culpa da minha ignorância, qual a relação entre a ilha e Jacob. Jacob controla a ilha ou vice e versa, ou nenhum nem outro? O que me parece é que Jacob é um “instrumento” da Ilha.
Já vimos que a Ilha tem poder de controle até fora dos seus domínios físicos, por exemplo, as falhas nas tentativas de suicídio do Michael. Se for dessa forma, por que deixou que os Losties saíssem de lá? Por que mover a ilha naquele momento se Keamy já estava lá com sua trupe e, aparentemente, os Others tinham tudo sobre controle com relação a eles.
A Ilha desapareceu um pouco antes do helicóptero poder pousar e, lá não haveria combustível para abastecê-lo assim, ninguém teria ido embora.
A Ilha permitiu que fossem e depois necessita que voltem. Isso ficou meio confuso.
É nessa questão que tenho pesado após assistir essa temporada que, aliás, gostei muito.

Abraços!!!

Thomas Cavendish disse...

o flashback da Juliet foi tão sem sentido, que o Ben simplesmente "esqueceu" da Juliet o resto da temporada. E parece que esqueceu também fora da ilha...

Diego Caxito disse...

Gostei dos comentários como o da Rousseau... sempre esperei por um flashback dela e ainda espero que aconteça... Agora sou obrigado a discordar quanto ao Michael... sua aparição pra mim foi um dos melhores momentos da temporada, assim como seus flashbacks que foram através deles que descobrimos todo o envolvimento de Charles Widmore.... a participação de Michael foi sim muito marcante e um dos GRANDES acertos da temporada.... além disso sua morte veio também reforçar o fato que todos em Lost estão ali única e exclusivamente para cumprirem uma missão, a qual quando enfim terminada estão liberados para uma suposta "Salvação"...

Anônimo disse...

o monstro faltou tambem droga

Brunno disse...

É, eu concordo em todos os pontos aqui. Única discordância: Talvez a redenção de Michael não tenha sido tão importante pra ele, mas para a ilha com certeza foi. Não fosse ele, a ilha teria sido atacada e todos ali seriam pegos de surpresa, sumariamente mortos pelo Keamy e sua Equipe. Ben estaria lutando contra um inimigo que ele desconhece (e parece que ele subestimou o inimigo...).
Sinceramente, se Michael não dissesse exatamente quem eram e o que aquelas pessoas que estavam no cargueiro iriam fazer, ele não teria nem idéia da dimensão do problema, e não veria necessidade de consultar Jacob. Ele não saberia

Anônimo disse...

concordo com tudo.... achei q a participacao do Michael e sua redençào foram superficiais... os roteiristas, que gostam tanto de Star Wars, deveriam se inspirar pra dar um bom final ao personagem, pois o Michael no fim das contas so queria ajudar e salvar o Walt.
- duas questoes
1. o colega levantou a duvida das visoes do Desmond. Se tudo que ele via aconteceu. pq Claire nao estava no Helicoptero? Será essa uma visào a ser vista numa saida definitiva da ilha?
2. e pq o helicoptero com os Oceanic Six nao enfrentou aquela turbulencia que Desmond e Sayid viram qdo forma pro cargueiro na primeira vez?

Anônimo disse...

assim como ocorreu em "the other woman" achei q perderam tempo demais com a relação jack/kate no episódio "something nice back home"... depois da greve dos roteiristas era de se esperar q eles aproveitassem cada minuto precioso q tinham, mas ao invés diss ficaram perdendo tempo com um relacionamento q todo mundo sabia q não ia pra frente (final da terceira temporada)... além disso, como foi comentado, ainda perderam tempo com a apendicite do jack... foi um epi mtooo fraquinho, não?

klebinho disse...

Uma coisa q eu não vi ninguem comentando e onde foi parar o Faraday e e pessoal q estava com ele no bote ???? Ja q ele estava no meio do caminho para o cargueiro e ele explodiu e a ilha sumiu ele ficou no meio do mar ?????? Oq vcs acham ???

Anônimo disse...

Thomas Cavendish,

Faço de suas palavras, minhas palavras: "o flashback da Juliet foi tão sem sentido, que o Ben simplesmente "esqueceu" da Juliet o resto da temporada. E parece que esqueceu também fora da ilha...".

Claudia Maria
Fpolis/SC

Thiago Crato disse...

O saldo para mim:
Bom, fiquei satisfeito com a história de Desmond, mas ainda espero seu encontro com Widmore.
Jin, ainda é uma dúvida...mas pelo menos ainda dá pra acreditar q esteja vivo.
A francesa foi realmente a grande decepção. Mas espero que os produtores façam algo à altura do personagem na próxima temporada.
Achei a morte de Michael um tanto prematura!
Ah...e os "brasileiros"...dá raiva de ouvir aqueles caras falando...kkkkkkkkk
Mas podemos dar uma colher de chá, afinal a greve dos roteiristas deve ter atrapalhado muito.

valew

V!Ni / MiCoRR!zA disse...

@Wagner Souza
A ilha precisou ser movida, pq mesmo aquela tropa do Keamy já não representar mais perigo, àquela altura o pessoal do cargueiro com certeza já tinha passado a localização da ilha ao Widmore, sendo assim ele não ia parar de mandar tropas pra lá até conseguir oq keria!!

mas agora ele volta pra estaca zero sem saber novamente onde a ilha se encontra!! =]

Tavim disse...

Davi quanto ao apendice do jack acho que ele teve problemas poruqe tentava encontrar um jeito de sair da ilha e a ilha queria que ele ficasse por isso ele "adoeceu" entente deste ponto a frente jack so vai caindo ate chegar ao fundo do poço.

melleka disse...

Eu achei que a Rosseau foi a maior decepção. Eu esperava uma grande revelação da parte dela ou pelo menos um flashback interessante.

Achei também que iam relevar o porque da estátua do pé de quatro dedos. Alguma coisa sobre o monstro de fumaça. Aquele barco que tinha as dinamites, que agora eu acho que estava no meio do mar quando a ilha surgiu embaixo dele após ser movida. Tenho a impressão de que ele não fica nem um pouco perto da praia.

O resgate da Claire visto por Desmond é um grande furo mesmo. Será o final da última temporada? E não gosto do Jack, a série está recheada de momentos inúteis com ele.

Joao Tadeu disse...

Bem, como colocaram acima:
Onde estarao Faraday e o pessoal do bote alem de Jin, claro se o mesmo sobreviveu?

O que acredito: eles se foram com a ilha... Seria possivel? Tudo em Lost e possivel, o que me faz acreditar nisso e um fato simples: caso nao fosse, o bote de Faraday estaria proximo ao bote da galera do helicoptero, uma vez q o mesmo caiu ali proximo, e ainda que nao fosse tao proximo, o navio de Penny teria visto o bote de Faraday.
O que me desabona, Jin estava mais longe, que todos...
-----------------------

Outra coisa, a roda para mover a ilha...PQP, dar meia volta com ela e acionar uma fonte tao grande de energia? Forcou...

Sobre a ilha ainda... Aquilo nao e uma ilha! Sim, nao e uma ilha natural! Bem, pensando um pouco aqui, primeiramente, mesmo que fosse possivel viajar no tempo e no espaco, como vc faria para mover uma ilha, cuja a qual sua base e ligada a crosta terrestre? Para melhor pensar: como vc moveria um formigueiro de um local para outro sem desmancha-lo? A ilha e uma formacao geologica fortemente ligada a sua base, logo, dificil de move-la no espaco. Se move-la no tempo, necessariamente ela nao existiria naquele local, nem antes e nem depois da sua existencia conhecida. Outra coisa, imagine move-la no tempo e espaco de forma aleatoria e sem controle, como fazer para que a mesma nao apareca sobre um continente???
-------------------------

Efeito casimir, antimateria e conceitos fisicos... Bem, se a ilha ali onde Ben estava era rica em antimateria ele tinha um problema: a materia ao reagir com sua antimateria causa apenas um efeito,a aniquilacao! Seja qual fosse o tipo de antimateria ali (antiproton, positron, e afins), eles poderiam reagir com o corpo do Ben e simplesmente, sumirem.

Os metais dentro do cofre = metal dentro do forno-microondas

O Efeito Casimir simplesmente nao faria nada ali, seu conceito, sua teoria porem permitiria a criacao de materia exotica, que teoricamente manteria aberto um wormhole, porem, se fosse aberto um, a ilha iria parar onde? Do outro lado do planeta ou em um universo paralelo?

[O efeito Casimir nao trata de viagem no tempo, nem de buracos negros diretamente, mas com ele se pode estudar algumas teorias que funcionam nos buracos negros]

Eu queria explanar mais os conceitos fisicos, mas estou com sono, e nao seria interessante aqui, eu queria criar um post no orkut sobre estas coisas, mas os moderadores nao me aceitaram ainda na comunidade.

------------------------
Sobre Rousseau, sua morte foi esdrúxula, mas creio que ela volte em flashbacks na proxima temporada caso os Outros contem a historia da ilha para Locke, o que deve acontecer, claro... Mas seria um flashback dentro de outro, ja que Locke esta morto...rsrsrs... De qualquer forma, so em flashback dos Outros ou do Ben...

Anônimo disse...

Ainda não percebi com é que têm a ceteza que o Michael morreu, tava no cargueiro e depois não podia ter saltado antes da explosão? O Jin foi do local onde estava a bomba até ao exterior de forma muito rápida, se assim for qual é a missão dele que tanto foi falada ter de cumprir para puder morrer? a missão era atrasar a bomba? isso sim é ridiculo...

Só uma questão, o piloto do voo original chegoua aparecer? não me recordo...

Anônimo disse...

O pior da temporada foi mesmo não dar nenhum lugar importante à mega actriz Elizabeth "Juliet" Mitchell, depois de excelente na 3ª temporada ficou apenas a marcar presença. Outro que tal foi o Josh "Sawyer" Holloway que infelizmente nesta série ficou para segundo plano (dos principais foi o mais esquecido), a rever...

Alynne disse...

Que isso... Dei pulinhos ao ouvir os portuguesinhos falarem!! huahuahauhua

Ficaram ótimos os pontos fracos! Muitíssimo bem observados!

"pelo menos ele não gritou 'Waaaaaaaalt' antes de morrer"
Concordei com o comentário maldoso... :P

huahuahuahua

Beijos aos Dudes! ^^

Lilica disse...

Eu achei essa a melhor temporada ate agora. Afinal já conhecemos muito dos personagens e tudo fica mais interessante.

Acho que a apendice do Jack não foi desinteressante. Temos que parar de olhar para ela como uma simples doença. Logico que usaram isso para romantizar um pouco a série e mostrar que Jack necessita de Kate, que Juliet é carta fora do baralho e principalmente que Kate "pende" e muito para o lado do doutor. Mesmo que soubessemos que ele iria sobreviver, acho que isso mostrou que algo de errado iria acontecer e que Locke, apesar de doido de pedra, tinha uma certa razão em pedir que Jack ficasse na ilha. Rose enfatiza isso, "qdo estamos prestes a sermos resgatados, a pessoa em quem mais confiamos, adoece, numa ilha que cura.". E concordo com alguem ai que disse que o Jack estava frágil demais, talvez ele tivesse tomado outras decisões se estivesse em sua melhor forma fisica.

Qto a SNBH, não achei perda de tempo. Serviu pra mostrar que eles (assim como todos os outros Oceanic's Six) tentaram retomar suas vidas e conseguiram ate certo ponto, mas a ilha deu um jeito de se infiltrar e detonar com tudo.

Aline disse...

Discordo apenas da apendicite do Jack. Ela não foi posta no roteiro para reaproximar o Jack e a Kate e afastar a Juliet. A apendicite do Jack, assim como o tumor do Ben, são recados ou respostas da ilha para aqueles que desvirtuam seu papel e "traem" a ilha. É o que a Rose comenta com o Bernard... "ninguém fica doente nessa ilha!". A apendicite era uma tentativa da ilha de fazer o Jack esquecer a idéia obsessiva de deixar a ilha e ao mesmo tempo colocar um obstáculo físico para que ele tivesse dificuldades pra fazer isso. É... o doutro é cabeça dura e cascudo... deu no que deu!
De resto, acho os equívocos do episódio da Juliet e do retorno nada disfarçado do Michael pequenos se comparados à morte desnecessária da Rousseau. Fiquei totalmente frustrada em não ter respostas sobre essa personagem super intrigante. Mas os produtores prometeram que, mesmo morta, veríamos flashbacks dela... é, agora é aguardar que a promessa seja cumprida...

Rodras disse...

Hei!!!!

Vcs não lembram que o Locke quase ficou paralítico de novo? Como podem dizer que a apêndicite do Jack não tem "nada a ver"?

Vcs estão focando no ponto errado da história. Ben ficou doente pq estava perdendo "prestígio" com a ilha, assim como Locke naquele momento em que ficou quase sem movimentos, assim como o Jack. São avisos que a ilha está dando pra esse pessoal.

O fechamento do "romance" de Juliet e Jack, ainda que morno, era necessário. Mas concordo que aquela coisa dela com o Goldwin não teve mto a ver, a não ser que esse flash back nos forneça algo num futuro próximo...

Sei que é pra série acabar na sexta temporada, mas não imagino como eles vão fazer isso fechando a maioria das perguntas relevantes que temos de forma satisfatória.

Abraços! =D

Eu disse...

Eu tenho que dizer que o ponto mais baixo desta série foi o facto de não haver um único episódio do Sawyer...

Teoria disse...

A minha teoria para o final desta série: a ilha não é uma ilha é uma nave extra-terrestre com propriedades próprias desse outro planeta, e há pessoas como Locke, Ben ou Widmore que tem um qualquer gene desses primeiros extre-terrestre que trouxeram a ilha até à terra (Adão e Eva), e que a esconderam criando uma qualquer dilatação espaço-tempora, para ela não ser destruida até o legitimo herdeiro da ilha poder restabelecer o seu poder (Locke), ficando com uma guarda de pessoas que não envelhecem a zelar pela ilha até lá (Richard e os outros).

Wagner Souza disse...

v!ni / micorr!za
Concordo, e entendi isso, quando assisti o episódio. O que eu quis dizer foi que o helicóptero poderia ter pousado e a ilha ser movida depois, até horas depois, que não faria diferença. Mas, também concordo que foi uma boa explicação para apenas aquele pequeno grupo ter saído de lá. Talvez quando souber realmente o é a Ilha ou se é mesmo uma mera ilha será possível entender muitas questões.

Abraço!

Jon disse...

Esta temporada foi execelente, também acredito que tenha sido a melhor até então, mas houveram realmente algum pontos fracos, como os flashbacks de Juliet que não fizeram nem bem nem mal a série, foram quase inúteis. Mas as série está com tudo e estou muito ansioso pela 5ª temporada.
Parabéns pelo execelente site.

Jon
---www.youtube.com/user/rockchannel80---

Rafael disse...

Concordo com os equívocos. Adicionaria o "recrutamento" do Sayid pelo Ben. Apesar de um motivo aceitável, achei tudo meio rápido demais. Faltou um pouco de dinâmica.

Francisco disse...

Olá! Eu tambem gostei muito desta temporada, e acabei de escrever um post sobre a quarta temporada :) Estas interessado numa parceria do meu blog com o dude news e o dude!We are lost? Responde lá. Abraço :)

Anônimo disse...

Como alguns disseram, acho q o caso de Jack nao foi dispensavel nao...alem de aproximar mais Kate e o Dr. ta mais doq claro q a ilha estava mandando um recado para o Jack de q ele tava tomando a decisao errada, só q como um homem cientifico q é, sequer pensou nisso. Como o proprio Ben falou para Locke: a ilha queria q ele ficasse doente e q Locke ficasse curado..logico q tem algum sentido. E é unanime a morte de Daniele...poxa..sem mais nem menos...sem piedade sem nada...ato esperta do jeito q era..sobreviveu 16 anos sozinha naquela ilha...e assim cair como uma jaca madura? aff...sacanagem...Mas Michael Emerson de fato arrasa em qualquer momento q aparece...ate memso sem dizer nada ao lado do hurley comendo a barrinha de chocolate...BEN ROCKS!!!

zé das couves disse...

É por conta desses e outros pequenos "defeitos" que fico preocupado que os caras não tenham realmente uma idéia completa de como terminar a história. Seria absurdamente decepcionante a série terminar com um monte de mistérios não resolvidos e - pior ainda - furos (como o lance da Claire no helicóptero).
Talvez eles tenham certeza apenas da linha central da trama e onde ela acaba, mas foram criadas tantas esquisitices acessórias que é possível que muita coisa fique sem sentido no fim. Tomara que eu esteja errado.

Kebrakoko disse...

os personagens que menos apareceram com certeza serão os principais da próxima, que deve mostrar quem ficou na ilha e os que saíram sem deixar ninguém em 2º plano, como sawyer e juliet. falando nela, o problema de seu episódio não foi a história, mas sim o flashback...se tivesse alguma coisa a mais, como o zack e a emma ou ela com o alpert seria perfeito. ben acabou matando goodwin, algo muito bem pensado dos roteirstas....

a apendicite do jack acabou com um espaço que podia ser de michael e rousseau, não? tudo bem que sua doença foi proposital da ilha, mas não precisa acabar com o tempo ainda mais depois da greve! isso tornou o episódio fraco, um problema que ficou bem claro nessa temporada por não ter um mistériozinho a mais (como o roger na kombi , o black rock, as visões de desmond).

claro que a culpa não é dos roteiristas,pra mim foi culpa da greve: eles disseram na comic con de 2007 o que eles planejaram pro 4º ano (ben na armadilha de rousseau, que teria um flashback; a história de libby, que seria contada) e quase nada aconteceu... essa 5ª temporada que será focada na dharma promete ser mais organizada, e tão boa quanto essa.

nat disse...

Sobre a Claire nao estar no helicoptero, acho q o Desmond mentiu pro Charlie quando falou aquilo. Aí na hora que o Charlie foi mergulhar a culpa bateu e o Desmond queria ir no lugar dele pra salvar ele mais uma vez da morte. Mas o charlie deu uma remada na cabeça dele e mergulhou, pra q o futuro q o Desmond tinha falado acontecesse e ele garantisse a vida da Claire. Mas acho q era mentira pq foi a unica previsão de futuro dele que a gente não viu, ele só narrou. Ou estou enganada?
Gostei dessa teoria de melleka: "Aquele barco que tinha as dinamites, que agora eu acho que estava no meio do mar quando a ilha surgiu embaixo dele após ser movida." Fiz uma busca na lostpedia e nenhuma referencia ao Black Rock feita ate agora revela como ele foi parar no meio da mata!
Faraday e as pessoas do bote: sera q estavam no "raio maritmo de propriedade" da ilha e foram movidos junto com ela? Na verdade tínhamos 4 grupos no momento que foi movida: o pessoal que ficou na ilha, o pessoal do bote, o pessoal do helicoptero e o pessoal do navio. Só temos mesmo certeza do que aconteceu com o pessoal do helicoptero. Os outros grupos ainda sao misterio.
Para teoria: quantas vezes vc assistiu o novo Indiana Jones hein? Pra estar com essas ideias de ets? Hahuiahuiahuiahuiahaui
Faltam tantas perguntas a serem respondidas.... acho q a 5 e 6 temporadas vao ter q responder varios misterios em cada episodio, se inventarem mais historia nao vai dar tempo.... Se eu fosse um dos produtores, faria uma reuniao com os fans e abriria um espaço na internet para q as pessoas expusessem as perguntas ainda nao respondidas, pq eles nao podem deixar ninguem frustrado! Certeza q vai ficar coisa pra tras....

Pablo disse...

Não considero a previsibilidade do retorno do Michael um equívoco mas concordo que a (provável, nunca se sabe) saída dele foi muito decepcionante. Esperava muito mais do retorno dele.

Rousseau - Nada a acrecentar, das coisas que não gostei no quarto ano, a morte dela foi a pior.

Os episódios centrados no Jack e na Juliet - Numa temporada regular (20 e tantos episódios) esses 2 passariam meio que desapercebidos mas como o quarto ano já foi uma temporada com menos episódios (e que ainda perdeu 2 por conta da greve), não tem como não ficar meio puto com o desperdício de tempo com 2 episódios que não acrescentaram nada a trama. E mesmo os momentos mais relevantes são muito curtos ou simplesmente não se completam (como por exemplo no episódio do Jack em que ele ve o pai no hospital).

O último episódio - Longe de ser um equívoco, foi pra mim o mais fraco final de temporada até agora e fica abaixo do quarto ano como um todo.

Match&s disse...

Concordo c ks todos, somente o final do Michael achei emericel, dps da sacanagem q eles c todos na ilha.
Sobre a apendicite do Jack espero q expliquem ela na proxm ou na ultima temporada.
E por favor, eles tem q explicar como o barco da Rousseau foi parra no meio da ilha. Ela vai fazer muita falta na serie.

Myllana disse...

Não sei se a greve dos roteiristas tem alguma coisa a ver mas acredito que nesse ponto de vista a série perdeu um pouco. Tipo a morte da Rousseau. personagem chave !

Em contra partida, a série também deu mais complexidade ao teor cultural.
Sabemos existe muito mais Lost além da ilha!

Adoro a série!

Gustavo disse...

Discordo sobre a apendicite de Jack. Mesmo sabendo que ele não iria morrer, fica no ar a questão que a Ilha, que geralmente cura, permitiu tal aflição. A parte mais importante do episódio, com exceção dos flashfowards, foi a conversa de Rose e Bernard, na minha opinião.

Martins disse...

Entre acreditar que o problema de apendicite do Jack foi uma 'obra' da ilha ou um elemento utilizado pelos roteiristas para terminar o quadrado amoroso, afastando-o de Juliet e unindo-o à Kate, prefiro a 2ª opção. Se fosse assim, então a ilha não permitiria a Naomi ter sobrevivido à queda do helicóptero e nem a turma do cargueiro teria colocado os pés na ilha.

Outra coisa: será que é tão difícil aceitar que o Desmond mentiu pro Charlie???

Anônimo disse...

Boas observações,

Mas achei estranho o pessoal da praia conseguir ver a fumaça do cargueiro.
Dá pra ver nitidamente no comeco do episodio que o cargueiro está em movimento, e posteriormente o Lapidus comprova que o cargueiro se moveu... teria o cargueiro entrado na coordenada correta e entrado na "bolha" que envolve a ilha?

Val Linares disse...

Se tivermos em mente que Lost é uma história com final já anunciado, acho difícil julgar como "equivocos" as passagens da 4ª temporada aqui apontadas. Se for para pensar em fatos isolados, a morte do Charlie, do Sr Eko e da Libby foram tão ou mais frustrantes do que a morte da Russeau ou a falta de explicação sobre a participação da Charlotte na história. Que aliás, deu a entender no último episódio que terá muito mais a mostrar na próxima temporada. Eu acredito que tudo que foi visto até agora será amarrado em algum outro ponto da história, até porque esse é o estilo narrativo de Lost.
Por que um episódio como "The Other Woman"? Para mostrar o caso de Juliet com o Goldwin? Introduzir a terapeuta dos outros? Eu acredito que a verdadeira intenção desse episódio era mostrar até onde o Ben pode ir quando quer atingir seus objetivos. Ele é capaz de matar um dos seus, de forma premeditada, sob argumentos infantis e insanos e sem culpa. Serviu para mostrar o lado amoral de Ben, e o que pode-se esperar dele. Assim como a apendicite de Jack, que indicava que ele estava tomando o caminho errado tentando sair da ilha. Quem duvida disso, basta lembrar a conversa entre Rose e Bernard. Aquela conversa não foi aleatória, foi explicativa.
Assim como todos os fãs eu tenho as minhas expectativas e opiniões sobre a série, também acho que a redenção de Michael foi breve demais, também queria ver mais da Russeau, odiei quando Charlie morreu, queria uma explicação para o monstro de fumaça e o pé gigante de 4 dedos. Mas como disse antes, acredito que todos os mistérios serão explicados mais cedo ou mais tarde. Resta-me assistir, torcer e teorizar até lá.
Na minha opinião, o único equívoco da série foram o Paulo e a Nikki, que até o momento poderiam perfeitamente serem deletados da história.
De todos os mistérios da ilha, tem um que me intriga mais do que os hieroglifos: Mikhail é imortal? =)

Wagner Souza disse...

Martins,

Concordo com você e, é mais ou menos nesse ponto que digo que então a ilha não teria desaparecido antes do helicóptero pousar.

Wagner
http://cchmw.blogspot.com/

Anônimo disse...

Quanto ao bote com Daniel F e cia...

SERÁ QUE VOCÊS NÃO ENTENDERAM O QUE LIPIDUS DISSE: NÃO HÁ NADA LÁ EM BAIXO, ALÉM DO MAR! ISSO QUER DIZER QUE TODOS! TIRANDO O PESSOAL QUE ESTAVA NO AR (LIPIDUS, JACK, KATE, SUN, HURLEY, SAYED, DESMOND E AARON)FORAM ENGOLIDOS JUNTO COM A ILHA!!!

melleka disse...

Temo que muitas questões vão sim ficar sem resposta quando a série acabar. E sou capaz de apostar que vai surgir um novo jogo de Lost para tentar amarrar todos esses "pequenos detalhes" no final.

Anônimo disse...

Peço vênia p/ falar do Michael. Realmente sua aparição e morte foi um tanto intrigante.

Não conseguir o suicídio e até mesmo não ser morto quando Kayme tenta atirar nele, (no cargueiro)e a arma trava, são provas que ele só poderia morrer dps de realizar sua missão (e prova tb q cada um ali tem uma missão sim!).

Por isso sua morte se encaixa com as palavras do pai de Jack antes antes da explosão... q a partir dakele momento ele poderia ir.

Qt aos comentários posteriores do ator...q sentiu-se discriminado por ser negro. Realmente seu papel mesclou-se entre herói e vilão na série, mas foi jus às atitudes de mau pai e traidor dos losties. Não concordo q o papel de traidor ou de indesejado foi por ser negro... até pq os piores vilões da série são brancos... (wildmore, kayme, "Ben"...). Fica aberta a discussão...

David Oliveira
davidpontocom@yahoo.com

AsakuraHao disse...

Soh acho q a apendicite do Jack foi para mostrar q ele nao tinha mais uma ligação com a ilha, e portanto, adoeceu o_o

Mauro disse...

o bilhete que charlie deu para Desmond entregar para Claire (greatest hits)... cade!? nenhuma citação!? um episodio bom pra caramba como aquele, todo voltado para Charlie escrevendo o bilhete e os caras somem com ele!? nem para mostrar que ele foi destruido quando desmond caiu na água indo para a estação espelho!? nem para ele dizer nada para Claire!?nada!!! que revolta!

Anônimo disse...

Da-le querer ressucitar os mortos... ahahahah
Gente só está faltando dois anos(que se ressumirão em um) pra acabar essa serie...Daonde vocês querem voltar com a estória do charllie??? O cara morreu afogado!!! Clair é especial por causa de Aaron e por ser irmã de Jack!Ela não estava no helicóptero! O que vocês querem que os produtores digam? Que Clair foi fecundada no dia tal...no momento tal...etc e tal.
Com certeza os produtores estão procurando achar uma forma de responder aos telespectadores, o que é a Ilha!? Qual a importância da Ilha!? Porque Jack é fundamental pra Ilha!? Porque Kate, Sayed, Sun, Hurley, Aaron foram os escolhidos para deixar e ter que retornar a Ilha!?

Por falar nisso! Acho que o fracasso todo, se deu por conta de Desmond ter pego uma carona na saída dos six!!!

Marko disse...

Com esse ano cheio de furos espero no ano que vem pela conclusão da saga: Um Morto muito Locke.

Hilário de Gouveia

melleka disse...

Val Linares, acho que já estava bem claro o que Ben era capaz de fazer quando ele matou todos do Dharma e em outros momentos. Para mim foi um episódio bacana, mas sem utilidade nesse momento da trama. Já tivemos muitos episódios que não revelavam mistério algum, mas isso nas outras temporadas era aceitável. Agora que estamos chegando no final, queremos mais respostas do que enrolação, acredito que seja disso que as pessoas estejam reclamando. Eu gostei da morte do Charlie... Queria que a Ana Lucia e a Rosseau tivessem ficado mais...

guilherme disse...

Bom, pelo menos ele não gritou 'Waaaaaaaalt' antes de morrer.

André Bacil disse...

Eu gostei da morte da Rousseau, justamente por isso, se tivesse sido como a Shannon (três temporadas depois é quase difícil lembrar dela) ou a Ana Lucia seria meio evidente. A morte dela pegou todo mundo de surpresa.
Obviamente, assim como todos vocês, eu esperava que ela fosse desempenhar um papel chave na hora da verdade sobre a ilha aparecer. Mas por outro lado, po, ela não tinha motivos pra esconder o que ela sabia sobre a ilha. diferente do Ben ou do Daniel. A conclusão é que ela não sabia nada.
A única coisa que realmente fez falta foi um pouquinho sobre o passado dela, mas acredito que isso vai eventualmente se cruzar com o passado do Ben.

Super Nani disse...

Posso estar redondamente engana, mas e se o Michael não morreu? Afinal de contas, quando o Walt vai procurar o Hurley no Santa Rosa, ele diz que tá mentindo pra salvar os que ficaram na ilha e deixa bem claro pro menino que o Michael tá lá. Ou tudo mundo tá mentindo pro Walt ou o Michael não morreu [sem esquecer que ele já teve várias tentavias frustadas de se matar... vai que essa é mais uma...]

cec disse...

Puts a morte da Rossseu foi triste.. fiquei muito decepcionada com isso..

Val Linares disse...

Melleka
Até agora ninguém deu uma explicativa plausível para a dizimação dos funcionários da DHARMA. Os "hostis" poderiam ter convencido o Benjamin que seria melhor pra ilha tirar aquelas pessoas de lá, que eles não estariam na lista de Jacob, que o signo deles não combinava com as vibrações da ilha, enfim, um motivo qualquer que justificasse uma ação tão radical e aparentemente cruel. Gostaria de lembrar que em certo momento dessa temporada questionou-se se o vilão seria na verdade Widmore, e não Ben e os outros. Até o "The other woman", nós sabiávamos que ele era frio e manipulador com os losties, mas depois desse episódio deu pra ter uma clara noção de que ele é psicótico. Uma coisa é defender a ilha (não que eu ache que isso justifica matar várias pessoas, mas aparentemente ele estava fazendo isso por um bem maior) e outra coisa é planejar de forma cruel a morte de um homem, aliado seu, por que ele acha que a Juliet é dele. Não estou sendo paga para defender esse episódio, apenas estou dizendo que ele não foi inútil. Assim como os episódios de outras temporadas que não revelaram mistério algum, fazem algum sentido depois. Lembra de quando eles encontraram o Black Rock? Nada foi explicado, ninguém sabia o que um navio estava fazendo no meio de uma ilha, no entando conforme a série avançou, descobrimos que ele era um navio de tráfico de escravos, que tinha dinamite dentro, que pertenceu a um ancestral do sr Widmore, e acredito que ainda veremos como ele foi parar no meio da ilha...
Tenho certeza que os produtores tem plena consciência de que estão no fim da série e que tiveram uma greve de roteiristas para atrapalhar mais ainda. Se ainda assim, eles mantiveram esse episódio, algum motivo há.
Anônimo do dia 07/06 01:15
Vc tem tecla SAP?

Taato disse...

Olha, concordo PLENAMENTE em relação a frnacesa, acho que ela seria sensacional para a série, e foi sem dar nenhuma explicação! apendicite do jack foi sem sal e sem açucar, não fez muita diferença, mais nao imagino a historia sem, mais eu gostei sim da aparição do michael, tem haver com a historia!

Rômulo disse...

Vi os primeiros comentários e muitas pessos disseram que o Sheppard pai simplesmente ressucitou.
Gente, se o cara tava simplesmente vivo, como ele apareceria do nada numa sala fechada com uma única saída num navio no meio do Oceano? E isso só pra falar rpo Michael q ele já podia ir pro quinto dos infernos e depois explodir pra morrer dinovo? Não, ele não simplesmente ressucitou, e oq aconteceu é um mistério pra mim, já me falaram q talvez ele seja uma personificação do Lostzilla, mas como ele, q eu acredito q seja uma espécie de "anomalia Magnética, poderia deixar o suposto polo da ilha? Também acho q não

Outra coisa q eu quero ressaltar é um ponto q eles deixaram em aberto e que creio q vai ser difícil retomar na 5ª temporada, não sei se alguem já comentou aki, mas o cara q no Beginning of the end fala rpo Hurley q tem um cara observando ele a um tempão (que no caso é o Charlie) é o mesmo que é vizinho de cama no quartel do Desmond no The Constant, ele não deve ser qualquer um, aliás, ele tbm viu o Charlie, q já tá comendo capim pela raiz a m tempo, acho q eles poderiam dar mais pistas sobre esse cara na 4ª temporada, pq ele só teve duas aparições rápidas (mas q são suficientes para gerar perguntas) e uma fala

Espero a 5ª ansiosamente!

Anônimo disse...

Humm...Achei o episódio do Jack meio dispensável...Aquele papo de : ''ele nao pode andar,senão morre''...POR FAVOR!
Mas mostrou que a 'conecção de Jack' com a ilha diminuiu e mostrou como não aprendeu a 'deixar pra lá'(To 'let it go') Como o pai dele tanto falava e como ainda quer controlar tudo...Não esqueceu o próprio pai...E mostrou também que Jules pode liderar muito bem.

Eu gostei de The Other Woman...Mostgrou um pouco mais de Juliet,mas ela com certeza deveria ter tido mais destaque.

um dos maiores erros foi não ter um episódio do Sawyer,que cresceu muito,mas só a cena da finale compensou
Michael morreu muito injustamente pra mim...Só participou de nem metade da temporada
Russeal nao deveria ter morrido tbm

Anônimo disse...

Humm...Achei o episódio do Jack meio dispensável...Aquele papo de : ''ele nao pode andar,senão morre''...POR FAVOR!
Mas mostrou que a 'conecção de Jack' com a ilha diminuiu e mostrou como não aprendeu a 'deixar pra lá'(To 'let it go') Como o pai dele tanto falava e como ainda quer controlar tudo...Não esqueceu o próprio pai...E mostrou também que Jules pode liderar muito bem.

Eu gostei de The Other Woman...Mostgrou um pouco mais de Juliet,mas ela com certeza deveria ter tido mais destaque.

um dos maiores erros foi não ter um episódio do Sawyer,que cresceu muito,mas só a cena da finale compensou
Michael morreu muito injustamente pra mim...Só participou de nem metade da temporada
Russeal nao deveria ter morrido tbm

Anônimo disse...

rodar aquele mecanismo la muito tosco e sumir com a ilha? esperava muito mais de lost...

sanguinete disse...

acho que o apendice de jack ter suturado nao foi uma falha, e sim mais uma tentativa de mostra dos roteiristas que a ilha cura as pessoas que fazem boas escolhas e a ajudam e "pune" as pessoas que estao fazendo escolhas ruins(no ultimo episodio foi visto que era um erro de jack lutar tanto por sair da ilha/ vide tambem tumor nas costas de ben). e tambem seria mais uma prova de que a ilha tenta fazer de tudo pra uma pessoa a "ajudar"(neste caso seria jack nao sair da ilha, mesmo q fosse por nao conseguir andar) mas nem sempre é possivel.

Anônimo disse...

Waaaaaaaaaaaaaaaaaalt

Mr. Ale disse...

Como Russeau já dizia lá no Exodus. "Correr, se esconder ou morrer"

Mas pensem pelo lado positivo, depois de rever o último ep da 1a temporada, há conexões diretas com o andamento de cada personagem já no exodus, como o instinto de sobrevivência alcançado pelo Saywer. A convicção de Locke sobre a fé oculta de Jack. O próprio ceticismo de Jack, a separação de Claire e o Bebê, os envolvimentos afetivos de Sayid que acabam em tragédia num futuro próximo após experientar algo de felicidade. A ligação de Hurley com os números e a sua relação de culpa e por último, a separação de Jin e Sun e o descontinuidade do destino dos mesmos. Desmond encontrou a sua constante, mas será que os outros encontrarão a sua respectiva cara-metade?

Abraços

Talita disse...

Bom qto ao assunto da claire acho que a visão não se concluiu porque o Charlie não morreu.
Todo mundo ta esquecendo da Claire que é importantíssima, jah que apareceu lah na cabana com seu pai e provavelmente tem ligações com o jacob e....

o mais importante aquele bebe doo capeta!!
Porque uma mãe deixaria seu bebe a merce p da um role na floresta a noite??
Porque o Aron não pode voltar p ilha?
Por que o Hurley enfatiza que Jack não pode criá lo?





Outra coisa suuuper importante a fumaça?? Por que a fumaça matou o mster Eko e não matou os caras lah?

Talita disse...

Nooooossa o q vcs queriam?



Que a ilha fosse mudada atraves de uma bomba nuclear?
Nada ve achei da hora mesmo porque ainda vai explicar como ele foi parar lah no deserto do saahra.

BLOGDOED disse...

Achei confuso o epi com o Jin indo entregar um presente na maternidade.

Aquilo não ficou bem exolicado. Era um flashback? Tá de sacanagem...

Não curti aquele epi naum