26/05/2008

Produtores revelam: "Final vai ser sobre rompimentos"

Post com spoilers!

Matéria do jornal americano Los Angeles Times fala sobre o final da temporada e traz as teorias e reações do elenco para os (possíveis) destinos de seus personagens. Outra curiosidade da matéria é a afirmação dos produtores de que a escolha de quem seriam os Oceanic 6 já começara na 2ª temporada. Há, como eu já disse, pequenos spoilers no texto, mas nada que entregue alguma surpresa do final que será exibido esta semana nos EUA. Vale à pena conferir


FINAL DE TEMPORADA DE LOST DEVE RESPONDER QUESTÕES

Uma coisa é certa: a série da ABC recapturou a atenção da audiência.

Por Maria Elena Fernandez, para o Los Angeles Times

Os Oceanic 6 estão divididos fora da ilha, todos em Membata, se a audiência tiver que acreditar que esse é o nome do lugar onde o vôo Oceanic 815 caiu 101 dias atrás. A mesma ilha que Locke (Terry O'Quinn) pensa que quer mover, pode se mover.

Todos os membros do elusivo grupo de sobreviventes, que nós já sabemos que deixam a ilha estão em perigo. Jack, Kate, Hurley, Sun, Sayid e o bebê Aaron estão separados tentando viver, lutando para escapar. Eles não estão perto do helicóptero que pode levá-los para o cargueiro (onde Sun já está) no oceano, a embarcação que poderia salvá-los se não estivesse carregado de bombas.

Mas como eles saem? Quando eles vão se separar do resto dos sobreviventes? Que preço vão pagar?

Quando o final de 2 horas da temporada for exibido na quinta-feira, ele vai por fim não apenas a outro capítulo da saga da ilha. Vai também encerrar uma temporada de uma narrativa agitada que levou a audiência do presente e do passado, a assinatura da série, para o futuro - a ser ilustrado com flashbacks dos flash forwards - que mostra na verdade, trechos que antecedem outros que o público já viu. Essa temporada os roteiristas preencheram os espaços vazios nos mostrando outro pedaço do futuro que ocorreu antes daquele momento para deixar a audiência saber que o "ele" é o Aaron de Claire.

Usar a técnica de flashbacks para desenvolver personagens tornou-se algo tão popular dentre as séries de tv desde a estréia de Lost em 2004, que é provável que o uso de flash forwards como elemento para direcionar a trama ganhe força. Os produtores de Lost usaram esse recurso para empurrar a história adiante e responder alguns dos muitos mistérios da ilha que os fãs amam e odeiam.

"É um desenvolvimento interessante na história que mostremos o mundo pós ilha e que ele seja imperfeito," disse Michael Emerson, que faz Ben Linus, o mestre da manipulação e líder do Outros, que o público já viu fora da ilha também. "O mundo exterior é tão imperfeito como no mundo da ilha e a única forma que Oceanic 6 encontram para viver nele é usando uma grande mentira. Portanto este já é um mundo totalmente comprometido.

"E a ilha pode ser mais importante para os sobreviventes quando eles a deixam do que quando eles estavam nela," continua ele. "A ilha ficou na mente e é um lugar que os incomoda. A ilha nunca perde seu poder."

OLHANDO PARA FRENTE

Evidentemente, isso também ocorre com o público de Lost. O recurso do flash forward devolveu o interesse a muitos fãs que pareciam desencantados duranto a temporada passada, à medida em que mais personagens e mistérios iam sendo introduzidos e personagens favoritos deixados de lado. Com uma média de 14.6 milhões de audiência, Lost está em nono lugar dentre todas as séries assistidas pelo público que tem entre 18 e 49 anos e tem sido a de maior audiência em seu horário ao longo da temporada.

O público respondeu favoravelmente ao ritmo da narrativa, mas alguns tem dito que às vezes organizar a cronologia dos fatos tem sido desafiador. "Ao introduzir os flash forwards, fizemos com que o público suspeitasse profundamente do que viam e eles nào sabem no que acreditar quando você quer que eles acreditem em algo," disse o produtor executivo Carlton Cuse, ciente da influência da internet dentre os fãs.

Com apenas duas horas faltando, os produtores tem muito o que cobrir. No futuro, os fãs já viram Jack (Matthew Fox) e Kate (Evangeline Lilly) como casal criando Aaron sem mencionar o que aconteceu com Claire (Emily de Ravin). Hurley (Jorge Garcia) acaba indo parar em uma clínica psiquiátrica de novo; Sayd (Naveen Andrews) está trabalhando como assassino para Ben; e Sun (Yunjin Kim) teve uma filha e lamentou a perda de seu marido Jin (Daniel Dae Kim), embora o público não tenha visto sua morte.

O que os fãs ainda vão ver é o que acontece depois da revelação de que Jack e Kate haviam saído da ilha e que algo fez com que Jack quisesse voltar. Na quinta-feira, Lost vai levar o público àquele exato momento em que Jack gritava "Nós temos que voltar!"e seguir adiante. Veremos também um dos "grandes mistérios da ilha," de acordo com Emerson.

"O final é sobre a idéia de um grupo de pessoas que quer desesperadamente sair da ilha mas que se encontra em uma posição de defender aquilo que querem deixar para trás," disse Cuse.

Mas os produtores não vão revelar o que os fãs estão morrendo de curiosidade para saber. Muitos, como percebido nos fóruns estão convencidos que a próxima temporada vai mostrar a vida pós-ilha como presente e o passado com os que ficaram.

"Tudo o que podemos dizer é que vai ser bem difícil para aquele pessoal voltar à ilha," disse o co-criador e produtor executivo Damon Lindelof. "Mas a vida vai continuar para os que não estiverem com eles. Como vamos contar essa história? Não vamos dizer."De fato, Lindelof disse durante uma entrevista que depois do final desta temporada ele e Cuse vão entrar em 'silêncio de rádio' até a próxima temporada.

Mas emerson, falando do Havaí por telefone, tem uma teoria. "Toda temporada, na narrativa de Lost, as lentes revelam um pedáco maior da imagem, incluindo mais coisas, mais pessoas, outros lugare," disse ele. "Portanto ficarei curioso para saber o que será incluído quando isso ocorrer. Acredito que a história ficará mais fragmentada. A geografia da série como conhecemos será modificada. Todos estarão em um novo lugar."

Daniel Dae Kim que disse que "ocorreriam perdas," foi além: "O final vai mudar a forma como você assiste a série. Vai introduzir nova variáveis que não foram sequer ser consideradas antes."

Quando o público viu os Oceanic 6 pela última vez, Jack e Sawyer (Josh Holloway) deixaram o helicóptero que poderia salvá-los para tentar proteger Hurley.

Hurley estava se escondendo do pessoal do cargueiro que quer matar Ben. Os Outros desceram a montanha para capturar Kate e Sayid. Sun, Jin e Aaron estavam a bordo do cargueiro carregado de bombas.

"Ah, cara, o final é de enlouquecer," disse Garcia. "Vocês definitivamente vão ver como acabamos juntos e voltamos à civilização. Mas é como se tivesse um obstáculo depois do outro na nossa frente e o fato de que saímos é definitivamente um milagre."

ESCOLHENDO OS SOBREVIVENTES

Como apenas meia dúzia de sobreviventes - e não seus companheiros -tornaram-se os Oceanic 6?

Os produtores começaram a fazer suas seleções na segunda temporada mas não escolheram todos os seis até negociarem 2010 como data de encerramento para a série e planejassem o restante da história. O primeiro requisito era o de que eles deveriam ser passageiros do vôo Oceanic 815, que caiu na ilha em 22 de setembro de 2004, e não outro habitante qualquer da ilha.

"Jack sempre vinha dizendo, 'Eu vou tirar todo mundo dessa ilha.' Então pensamos, O que acontece se o herói alcança seu objetivo mas se dá conta que cometeu um erro grave?" perguntou Lindelof. "E só classificaríamos isso como um sucesso se Kate também saísse. Além disso sabíamos que o bebê tinha que ser parte disso. Então perguntamos a nós mesmo, 'Quem são as outras pessoas que tem para o que voltar e o como suas vidas seriam fora da ilha?'"

A resposta era Sayid, Sun e Hurley, mas Lindelof e Cuse não dizem exatamente porque, afirmando que algumas de suas razões estão baseadas em eventos das duas próximas temporadas que até mesmo o elenco desconhece à essa altura.

"Essas escolhas são representações de polos dramáticos dos personagens," disse Cuse. "Jack é o último empiricista. Ele nunca acreditou no mistério e na mitologia da ilha. Ele apenas quer sair daquele lugar cujos mistérios Locke abraçou. Seu objetivo é entender o que é a ilha."

Ninguém ficou mais surpreso de saber que fazia parte do clube exclusivo do que Jorge Garcia. Geralmente o centro emocional da série, Hurley não está no meio da ação.

"Eu sabia que algumas saíriam e outras não e eu achei naquela ocasião que seriam pessoas que estavam próximas ao telefone por satélite," disse Garcia. "Mas tudo acabou se transformando em alguns de nós espalhados por todos os lugares e eu achei muito legal porque se tornou um quebra cabeças a se revelar em como acabamos juntos fora da ilha."

A única exceção à regra de "apenas passageiros do vôo" é o Aaron, que não estava na lista porque nasceu na ilha. O fato de que Kate é sua mãe fora da ilha é um dos componentes da intrincada mentira que os Oceanic 6 disseminaram quando chegaram à civilização. Desde o início os fãs imaginam se Aaron está de alguma forma ligada ao centro da mitologia da série. Os produtores tem repetido seguidamente que a ilha não é o purgatório, mas se Aaron (ou Locke ou Ben ou sei lá quem) é fundamental para a ilha que cura e que tem monstro de fumaça e propriedades eletro-magnéticas permanece um mistério a ser desvendado.

"Pode acontecer qualquer coisa, "disse de Ravin, que faz Claire, que no presente pode estar morta ou não, dependendo de como você olha a questão. "Já que eles revelaram que ele está com Kate, deve haver alguma surpresa a mais ali. Ele é apenas um pequeno bebê, então é difícil dizer se ele tem algum poder. Talvez ele possa ver o futuro também."

O futuro não parece tão promissor para Jin, cuja esposa lamentava sua morte em um túmulo na Coréia. Mas muitos fãs, levando em conta uma dica de sua lápide que apontava o dia do acidente como o dia de sua morte, não acreditam que Jin esteja morto.

"Não me agrada a idéia de que seu destino não esteja resolvido e que sua vida esteja sob ameaça," disse Kim. "Mas acreditando que ele esteja morto, eu vejo diversas pessoas dizendo, 'Ah, por favor não esteja morto.' O que é um bom sinal de uma apreciação pelo personagem que eu não sentia no passado."

O final, Cuse disse, vai ter "momentos românticos espetaculares em meio a monentos de ação espetaculares."

"A história dos Oceanic 6 é ápice do rompimento de uma relação, acrescentou Lindelof. "É sobre isso que é o final - todos se separando. E a série vai ter que seguir dali até o ponto em que descobriremos se eles vão se reunir de novo ou não. Quem ainda estará por ali?"

10 comentários:

Igor disse...

Depois de ler isso tudo só aumenta a vontade de ver o final dessa temporada. Tem como nao gostar de lost ? Digo mais, esses produtores ainda matam um na expectativa ! haueua

Fbethiol disse...

I-N-A-C-R-E-D-I-T-Á-V-E-L

My God, como é excitante ler este documentário, pois aponta e fala, comenta, tudo que os Losties estão pensando...fantástico...é isso ai...4 dias até o DIA D...DIA DE LOST!!!!

abraço amigos DUDE"!"

Thiago Crato disse...

Dude, excelente port.

Meu palpite, lendo que "será dificil para aquelas pessoas voltarem a ilha", que aos poucos, todos os 6 estarão compartilhando do mesmo sentimento: "Nós temos que voltar!". A pergunta pertinente será: "COMO?"

Será que os Oceanic 6 se unirão a Widmore pra achar a ilha, mesmo por motivos distintos?

Dude...quanta incerteza...LOST!!!!!!!!!!!

Abraços

Anônimo disse...

Nada de números, nada de monstro, nada do templo, nada sobre Jacob. É, os produtores querem que o seriado perca cada vez mais fãs, isto sim!

amanda couto disse...

Ótima matéria do jornal :)

Anônimo em nenhum ponto da entrevista os caras disseram que NÃO iria responder essas questões. É claro que os maiores ficam pro final. Que gente apressada....

Wendell Veloso disse...

Meu Pai Eterno ... esse episódio vai ser de matar um. O pior é que eu tenho que estudar pra semana de prova, mas nervoso demais da conta na espera deste episódio! Está com jeito que seráperfeito, não!?

Abraços Davi e Juliana!!!!

Fernanda Ramos disse...

Ate dar sexta-feira as 8 da noite pra mim baixar e assistir...
Abraços aos criadores desse blog que vicia!!

Marko disse...

Awesome, DUDE!!!

Luana disse...

AAAAaaaaahhhhh..... toda equipe de Lost matam os fãs na unha. Quero mais é que chegue sexta, num consigo mais nem me concentrar. Isso é o final da 4ª, imagina o final de Lost?! Tô até vendo a equipe do DUDE fazer um post enorme com todos os fatos da ilha desde a 1ª temporada e agradecendo a Lost e nós por essa "viagem" rs. Espero que da próxima temporada não passe a explicação das crianças raptadas.

Ai meu coraçãozinho sexta.

Ana Paula disse...

Bom... do jeito que eles falam, até dá vontade de assistir esse final. A verdade é que estou bem quietinha, aguardando com muita paciência hehehehe.

Os flashbacks eram muito legais. Aí vieram os FF que foram sensacionais. E agora? O que virá? Minha dúvida persiste e estou pagando pra ver, sinceramente.

O final vai ser emocionante, com certeza. Ação, despedidas, mortes, dúvidas se quem ficou morreu ou não... tudo isso vai ser, de alguma forma, muito forte para os fãs.

Mas, e aí?

Eu já sei quem saiu, já vi o Jack doidão, vi o Hurley pirando novamente, Sayid virando James Bond do Ben! Algo vai ter que ser superior a isso td pra me deixar de boca aberta!

E fica minha dúvida p/ a 5ª temp. Já disseram que eles não vão conseguir voltar tão fácil assim. E aí eu pergunto: vai pegar essa moda de losties divididos? Não sei. Não sei se vou gostar de ver os Oceanic Six fora e o resto do povo na ilha. Pra mim, Lost é a ilha e acabou... não vejo graça numa outra fórmula sabe?

Enfim... ando meio de orelha em pé. Quinta feira essa "gastura" acaba e vou medir meu tesão por Lost novamente. Vai ter que ser bombástico pra aguardar até janeiro do ano que vem hehehehe.