17/05/2008

Ep. 4x12 - Easter Eggs, curiosidades, repercussão...

Post com spoilers para quem ainda não viu o ep. 4x12 "There's No Place Like Home" Parte 1


Emocionante, revelador e uma excelente preparação para o desfecho da temporada. Assim foi a 1ª parte de There's No Place Like Home. Reparou todos detalhes do episódio? Não? Então chegou a hora de conferir...

Easter Eggs e curiosidades



1. There's No Place Like Home ou Não há lugar como nosso lar, é o título do episódio mas também uma clássica frase dita por Dorothy, a protagonista do livro O Maravilhoso Mágico de Oz escrito por Lyman Frank Baum em 1900 e que virou filme em 1939. Essa contudo, não é a primeira referência ao livro feita pela série. Ao surgir na 2ª temporada, Ben Linus se apresenta como Henry Gale, que na história do livro era o nome do tio de Dorothy. Outra citação veio com o episódio 20 da 3ª temporada, The Man Behind the Curtain, ou simplesmente O Homem por trás da Cortina, que no livro é a referência ao Mágico de Oz. Se você ainda não leu o livro ou viu o filme vale a pena conferir.


Clique na imagem para aumentá-la

2. Reparou que havia uma pessoa no fundo da cena em que vemos a Relações Públicas da Oceanic Airlines, Karen Decker conversando com os Oceanic 6? Quem seria essa pessoa (veja no detalhe)? Um simples membro da tripulação do avião da Guarda Costeira americana ou um outro personagem que também saiu da ilha escondido? Eu fico com a primeira opção e você?



3. O diário de Daniel Faraday faz referência ao uso das coordenadas de Eddington-Finkelstein, (estudos relacionados à Teoria da Relatividade de Einstein) como forma de remover a singularidade, termo que pode ter a ver com singularidade gravitacional cujo significado segundo a Wikipedia é um ponto no espaçotempo no qual forças gravitacionais fazem com que a matéria tenha densidade infinita e volume zero. O que isso pode ter a ver com a ilha? Não faço idéia, mas é fato que essas anotações indicam ligação com os fenômenos existentes ali. Faraday tem também em seu diário o desenho do logo da estação orquídea, o que reforça a idéia de que tanto ele quanto Charlotte sabem muita coisa sobre a história do lugar e sobretudo da Dharma.



4. O nascimento de uma mentira orquestrada para o mundo exterior. Quais seriam os motivos que levaram à construção de uma farsa tão elaborada? Esconder a ilha de Charles Widmore a todo custo, talvez? E por que Jack teve a iniciativa de liderá-la? Dúvidas e mais dúvidas, mas uma coisa é certa, a culpa gerada pela mentira é um dos catalisadores para o desejo de voltar à ilha.



5. Velhos hábitos não morrem nunca, já dizia o ditado. Mr. Clucks Chicken Shack, o restaurante em que Hurley trabalhou e do qual virou dono depois de ficar rico reaparece na série. O curioso desse detalhe é a revelação de mesmo depois de ter sido destruído por um meteorito no episódio Tricia Tanaka is Dead (na 3ª temporada), o restaurante voltou a funcionar.



6. Viu só quem também marcou presença na festa surpresa de Hurley? A banda Geronimo Jackson e um dos números malditos, o 42.



7. Por falar em números malditos, imagino que todo mundo tenha visto que a sequência voltou para assombrar Hurley, que àquela altura resolvera viver sem usufruir 1 centavo sequer da fortuna de mais de US$15o milhões de dólares ganha na loteria e com a indenização da Oceanic justificando o fato por dizer que aquele dinheiro lhe deu má sorte...


Clique para ver o detalhe

8. Aliás, falando em azar, quem aparece 2 vezes no episódio foi o pé de coelho, símbolo universal da boa sorte.



9. A visita de Sun a seu pai revelou quão forte tornou-se a outrora frágil e submissa coreana. Mais do que o significado da acusação, "Você foi o responsável por termos embarcado naquele avião," vale destacar uma estranha semelhança entre o logo das Indústrias Paik e o da estação Orquídea. Simples coincidência?


Clique para conferir os detalhes

10. A caixa escondida revela o estranho modo de comunicação usado pelos Outros e a informação de Ben dizendo que ela estava ali há 15 anos, o que pode indicar(ou não) quando foi a última vez em que o protocolo secundário foi utilizado.



11. Escondidos na ilha desde o final da 3ª temporada, Richard Alpert e vários Outros ressurgem no que deve culminar em um grande confronto com os mercenários liderados por Keamy na estação Orquídea.



12. Fim do mistério. O dispositivo instalado no corpo de Keamy aciona a bomba no cargueiro. Perigo para Desmond, Jin e Michael no final da temporada?




13. O memorial feito para Christian Shephard rendeu declarações sinceras de Jack sobre seu pai e trouxe a revelação chocante para Jack de que Claire é sua irmã. Está aí a primeira causa do início da bancarrota de Jack que transformará em obsessão, o desejo de voltar à ilha.


Repercutindo o episódio

“O nome do episódio não poderia ser mais irônico. O lar não conforta, sequer lhes parece o mesmo. Onde eles deveriam encontrar felicidade e paz, há a infâmia e o embaraço, graças ao atestado de culpa coletiva firmado pelo sexteto. Um acordo cujos laços de comprometimento não se fortalecem em olhares solidários, mas sim no medo de se encarar o outro; e o redator - não necessariamente o autor, percebam - desse acordo atende pelo nome de Jack Shephard... Descobrir a verdade por trás da grande farsa é mais do que encontrar explicações para a festa de sorrisos insossos e para o silêncio que substitui a celebração: é buscar entender por que em "Lost" não estão realmente livres os quem deixam a ilha mas fogem às suas verdades.”

Carlos Alexandre Monteiro (Lost in Lost)


“LOST é hoje uma série que aprendeu a explorar seus méritos narrativos à máxima capacidade, especialmente quando está se aproximando de um final de temporada. Em mais um episódio épico, vimos os caminhos e destinos se convergirem neste “início de fim”. O que importou na primeira parte de There’s no Place Like Home foi a ponte que começou a ser montada para os bombásticos acontecimentos do final, trilhando possibilidades imprevisíveis.... LOST está em seu melhor momento de todos os tempos e, nas palavras de Jack, “nós temos que voltar”! Começo a ficar deprimido porque estamos tão próximos do final, e me refiro ao derradeiro encerramento de daqui a dois anos!”

Bruno Carvalho (Ligado em Série)


“Durante a primeira temporada de "Lost", julguei que só iríamos ver um avião transportando os sobreviventes rumo à civilização no último episódio da última temporada. Como tantas vezes ao longo destes quatro fantásticos anos, porém, eu estava enganado: esta cena foi ao ar hoje, a dois anos do fim previsto para a série... este episódio foi absurdamente forte, dando-se ao luxo de chegar ao fim com uma seqüência envolvendo nada menos do que quatro ações paralelas - o que indica a segurança alcançada pelos roteiristas da série ao longo deste tempo. Mas isso não deveria ser uma surpresa, já que, como Ben diz neste episódio, eles poderiam perfeitamente falar para os fãs: "Quando vocês vão entender que nós sempre temos um plano?".”

Pablo Villaça (Cinema em Cena)


Mais repercussões ainda hoje. Não perca.

Por Davi Garcia

42 comentários:

Everton disse...

Ola!

Demais o episodio, e muito boa a cobertura do site, que eu acompanho sempre.

Apenas senti falta de um pequeno easter-egg:

Quando Ben vai se "entregar" pro grupo do Keamy na estação orquidea,ele da ao John aquele bastão retratil que ele usa no começo do episodio 4x09, quando esta também com o casaco com o logo da orquidea.

Desculpe pela falta de acentos: teclado desconfigurado.

Douglas disse...

Parabéns pelos easter eggs, alguns dos detalhes eu nem havia percebido. O cara no avião, por exemplo.
Agora, me diz um coisa, com quem Ben estava se comunicando com o auxílio do espelho?
Abraços.

Anônimo disse...

O outro passageiro que aparece na cena da conversa com a relações públicas da Oceanic Airlines poderia ser Michael ou Desmond.

Eduardo disse...

DAVI,

lembre-se que Sun coloca o pai dela como um dos responsaveis pela "morte" de Jin quando esta discutindo sobre a empresa... quem seria o outro ? Jack, Ben, Widmore, waaaallt ?? =D

MaximusPM disse...

sobre o comentario 5, o Clucks Chicken Shack pode ser um franchise, e podem haver outros restaurantes, certo?

e sobr eo comentario 10, o qq tem a ver a caixa com o protocolo secundario? isso eu acho q não tem nada a ver, soh que essa caixa foi deixada ali para alguma emergencia, ou simplesmente os outros deixaram ali algum tempo antes pra ben, ou a caixa sempre esteve ali, pra que quem passasse por ali pudesse se comunicar com o templo possivelmente?

o protocolo secundario foi desenvolvido por charles widmore pra essa missão especifica provavelmente.

Marco disse...

Davi ou alguem da equipe, eu sou de Portugal e tenho um site de series. Como grande fã de Lost escrevo semanalmente comentários sobre o episódio e no desta semana encontrei um erro por parte da produção em termos de dublês (Aaron). Podem ver as imagens aqui (http://portal-series.com/series/05/16/lost-theres-no-place-like-home-1-comentarios/#more-320) e se fosse possivel colocar no site para que todos vejam e saber se concordam.

Um abraço, Marco Braga

Parabens pelo blog. Visita orbigatoria everydays

Thiago Crato disse...

Charlotte sobre a parte 2-3: "O script é incrível, completamente louco! Quando li, meu coração acelerou e até fiquei suando... Vai ser sensacional."..."Eu não apareço muito mas, quando falo, digo coisas bem interessantes"

Fonte:
http://pt.lostpedia.com/wiki/Pagina_Principal

Dude, Lost scares...

Guto disse...

Bem.. sobre o comentário 4, não sabemos se tudo ali foi farsa, possivelmente a foto e a chegada na ilha de Sumba pode ter ocorrido, uma vez que não sabemos como vai ser o resgate, e que não será pelo cargueiro. volto a ressaltar o quão brilhante essa série é e a falta que me fará não só depois do próximo grande episódio (grande mesmo 2 horas) e sim daqui a dois anos quando o fim chegar.

Gabriela disse...

Bom eu não acredito q seja o desmond ou Michael no avião, eu tb não tinha percebido, acredito q seja um outro tripulante....
e uma coisa q eu não entendi na hora q a mãe da Claire está falando com Jack ela fala q o motivo de o Cristian está na Australia é por causa da filha dele e talz... e ela fala assim eu nunca o vi, essa parte me deixou confusa, ela quis dizer q não chegou ver ele por causa q obivio ela estava em Coma, ou pq realmente a mãe da Claire nunca teve um contato com ele.
Alguém pode me esclarecer isso!

Gabi Vidal Santos- sp

Alcir Candido disse...

Olá, com certeza alguém já reparou isso, mas vale a pena relembrar. Todos os logos das estações da Dharma tem, em torno de si, uns traços que são idênticos aos que aparecem na bandeira da Coréia do Sul. A diferença é que na bandeira da Coréia aparecem 4 desses desenhos e nos logos da Dharma aparecem 8. Será que isso tem alguma coisa a ver?

até mais

Marina Gurgel disse...

Sobre o easter egg do símbolo das organizações Paik, eu acho que comparar com a logo da estação orquidea é meio que forçar a barra. Aquele "P" do sobrenome da Sun, faz nítida referência ao símbolo das olimpíadas de Seoul, em 1988: http://www.mapsofworld.com/olympic-trivia/images/olympic-emblem/seoul1988.gif

Dude! We are Lost! disse...

Pessoal, quem perceber que seu comentário não foi publicado, pedimos que enviem novamente. Estamos com alguns problemas na aprovação. Este aviso não vale para quem envia palavrões. Estes nós recusamos mesmo!

:)

Felipe Campbell disse...

Olá,

Posso estar fazendo confusão, mas eu não entendi a mãe da Claire aparecendo. Ela não tinha morrido num acidente de carro na terceira temporada? Eu lembro dessa loura que aparerceu hoje como sendo a tia dela, se não me engano. E não a mãe. Ou eu fiz confusão???

Alguém me ajuda??

Abs,

Me disse...

Eu já acho q a caixa q o ben abriu para mirar o espelho pra se comunicar foi com o pessoal dele.. do alpert.. avisando quais seriam seus passos daqui por diante.. tipo.. 'estamos indo na orquídea a mando do jacob. Estamos sendo seguidos. Façam alguma coisa.'

Um fato curioso é que a lata dentro da caixa tem o logo da estação cisne. Terá isso algo a ver com o nosso velho e não conhecido Radzinski?

AMEI o episódio..

E sobre o easteregg 3, não acho q a Charlotte soubesse de tal protocolo, apenas o Faraday sabia, pelo menos é o que a reação dela deixa passar para nós.

Beijo!!!

Dude! We are Lost! disse...

Marco, esse lance das aparências diferente do Aaron vém desde a primeira temporada porque eles usam muitos bebês. Nessa parte 1 por exemplo havia cena com Aaron carequinha, outra em que ele tinha um pouco de cabelo e assim vai... Temos que dar um desconto porque achar bebês branquinhos como esses no Havaí deve ser bem complicado, não acha?

Grande abraço para você e todos de Portugal que acessam o Dude :)


Felipe, a mãe da Claire não havia morrido ela "só" estava em coma por conta do acidente ;)

Davi Garcia

Diego Ivan disse...

A foto do avião mostra um homem de estatura baixa, se tivesse que chutar diria que é o Ben Linus, apesar de ser bastante improvável. Estou com aqueles que acham que Ben saiu da ilha e foi parar no deserto como nós já vimos em episódios anteriores.

Felipe disse...

O que será que vai acontecer com a Claire heim?
Pra mim isso é o mais incerto de tudo

Milton do Prado disse...

Sobre o ponto 12:

"12. Fim do mistério. O dispositivo instalado no corpo de Keamy aciona a bomba no cargueiro. Perigo para Desmond, Jin e Michael no final da temporada?"

Será que podemos considerar mesmo "fim do mistério"? Quer dizer, também acho que aquilo no braço do Keamy é um detonador, mas ainda não temos 100% de certeza disso. Tem mais: como ele detona? Quando o coração dele parar de bater? Quando ele se explodir junto à Orquídia?

FERNANDO TCHÊ disse...

HAHAHAH EU SÓ QUERIA SABER QUE É QUE TEM A SANTA PACIÊNCIAS DE PARAR QUADRO POR QUADRO DO LOST EM BUSCA DE PEQUENOS DETALHEZINHOS (COMO O DISCO DO DJ) E COISAS ASSIM...
BOM, EM TODO CASO, AINDA BEM QUE VOCÊS EXISTEM, PQ EU CONFESSO QUE NUNCA TERIA PERCEBI ESSE (E MILHARES DE OUTROS) DETALHES!!!!
ABRAÇOS POVO!!

Jonatas Corteze disse...

A cena que esperamos tanto tempo finalmente aconteceu!
O reencontro *-*

GX disse...

Olá a todos,

Sou fã da série e acompanho tudo aqui no Dude (menos spoilers... hehe). Mas além de fã, sou Dr. em física pela Unicamp e queria explicar o Easter Egg 3. Realmente, as "coordenadas de Eddington-Finkelstein" tem relação com a relatividade geral sim. Como já foi citado (aparentemente através de uma pesquisa na Wikipedia) essas coordenadas têm relação com "remover uma singularidade" no espaço tempo. Ok... muito técnico certo? Aqui vai uma explicação mais "pé-no-chão" (se é que isso é possível). As coordenadas de Eddington-Finkelstein é o que descreve o famoso "buraco-de-minhoca" (worm-hole, em inglês). Segundo a relatividade geral, os buracos-de-minhoca são eventos no espaço-tempo que teriam a capacidade de mover objetos através do espaço e do tempo, mais rápido do que a luz, através de um efeito chamado "dobra" (sim, o mesmo citado em Jornada nas Estrelas). Embora isso tudo seja apenas teórico. Até hoje não se sabe (nem se imagina) como produzir um sistema referencial de Eddington-Finkelstein para se criar um buraco-de-minhoca.
Bem, nem preciso dizer que tenho muita certeza que é assim que Lock e Ben vão mover a ilha. Também é assim que ursos polares e o próprio Ben podem aparecer no meio do deserto.
É isso. Espero que a explicação tenha sido clara (o suficiente).

Silvia_05 disse...

Só prá complicar um pouquinho ... mas vocês não acham que o "fator tempo" está em desvantagem em Lost???

Me explico: não é só o problema do Walt que cresceu. Locke tá bem mais envelhecido, Jack já mostra uns fiozinhos brancos, Sawyer tá rareando o cabelo, Kate já mostra uns pés-de-galinha,... Até o Richard Alpert também não é o mesmo.

Como eles vão parecer daqui a 2 anos??? Se a história acompanhesse esse ritmo, tudo bem. Mas parece que a 5a. e 6a. temporadas equivalem a poucos meses.

Acho que deveriam filmar tudo agora e editar e montar + tarde.

Marco disse...

Dude, a questão nao é o varios bebes, mas sim as cenas do boneco vsv bebe real. Passo a explicar: se vires as imagens, percebes q quando nao aparece a cara de Aaron, ele tem um cobertor azul por cima, mas quando aparece, este cobertor ja nao aparece, e são cenas do mesmo minuto.
Cumpz

Paulo disse...

o cara na foto do avião me parece o Miles

Anônimo disse...

Geente! A pessoa no avião é o Ben, com certeza. Dar pra ver pelo jeito de sentar todo engorvado (essa palavra existe?).

Tipo...não pode ser um tripulante do avião...afinal eles falaram alto :"vamos fingir que estamos em choque e blá blá blá", mas o tripulante não ia poder saber disso, certo?!

Então o Ben tá lá, voltando, com algum disfarce...ele sempre tem UM PLANO!

Por favor, falem algo sobre isso!

Fenyang disse...

Nao é o Ben por um motivo. O Sayid nao faria a pergunta "como é que vc saiu da ilha" caso eles tivessem escapado no mesmo aviao.

Ítalo Torres disse...

Vcs não perceberam o led vermelho em uma arvore nas primeiras cenas entre Jack e Kate na mata, antes de acharem Miles e Sawyer?
Fiquei muito encucado com isso, até pq eu não percebi, eu que já assisto os episodios em busca desses easter eggs. Quem me mostrou foi meu irmão, que acompanha superficialmente a se´rie.


Emfima, achei esse post muito reconfortante, pq mostrou qe não só eu, como todos vocês se sentiram angustiados, e até cm a mesma sensação do dever de voltar pra ilha, e olha que nós já até sabemos a situação dos ocenaic 6 após a saída da ilha. Mas pra quem achou o ep. raso ou sem fndamento eu recomendo que "estude mais" sobre Lost, pq aí sim eles sentirão o que os Oceanic 6 estavam sentido e nós não sabiamos o por quê.

Abraços.

Anônimo disse...

É um aviao militar. Então, o passageiro desconhecido só pode ser um mecanico de vôo. Geralmente tem a patente de sargento.

Ítalo disse...

E o barulho de tiro na hora que Hurley entra na casa dele?


Aliás, é um barulho de tiro? Me parece muito suspeito...

Anônimo disse...

Uhuuuu! muito bom! =]

só faltou o fato de que os oceanic 6 ficaram na ilha 108 dias? suspeito né? uahauhauhauah

Marcelo disse...

Ítalo, eu também percebi o barulho de tiro logo antes do Hurley entrar em casa. O mais estranho é que parece que o Hurley não ouve, pq ele nem sequer se assusta ou tem reage a esse som, mto estranho mesmo, talvez seja um erro de edição, sei lá.

Já com relação ao led vermelho, ainda não consegui ver, alguém poderia informar o tempo exato em q aparece?

Pessoal do Dude, o q acham sobre isso?

Aguardando o Dudecast
Abraços
Marcelo

Rafa Bruno disse...

Essa 4ª temporada é sem dúvidas a melhor. Muito empolgante e ao mesmo tempo deixa uma dor no coração, pq já está acabando...rs

Eu não acho que o Ben esteja no avião. Nós já vimos que ele tem outros meios de sair da ilha.

Quanto ao baurulho de tiro acho que é apenas uma bexiga estourando.

Cade o Dudecast#18????
Ou não teremos por causa do videocast?

Ítalo Torres disse...

Marcelo,

aos 07:47. No canto superior da tela.

Priscila disse...

Nossa, achei estranho ninguém ter ficado completamente chocado como eu fiquei, ao ver a mãe da Claire, inteirinha e muito bem acordada, no memorial de Christian Shephard. A última vez que a vimos, ela estava em coma, e a Claire estava em estado avançado de gravidez.

nat disse...

Na cena que o Marco apontou, a manta esta do lado direito de Aaron, entre ele e Sun, na bochecha e no ombro dele. Mas quando Kate entregou Aaron para Sun não tinha manta azul escuro assim. Realmente um erro de continuidade. O que achei mais errado nessa cena foi na hora que o bote cai na água e começa a balançar, a Sun tira o braço ao redor do pescoço do bebê e coloca a mão no bote, nos segundos a partir do 20:15, segurando Aaron-boneco só pelas pernas, e ele lá durinho...
Sobre o led vermelho, acho q nao eh nada, talvez um defeito do arquivo q baixamos, sei la.
Quero registrar tb q nao gostei das musicas desse episodio.
E eu nao sei desde quando o Alpert aparece, mas pra mim ele viaja no tempo e por isso nao envelhece, e ele viaja no tempo desde episodios bastante antigos, ja evidenciando que o fator viagem no tempo estava planejado. E temos cada vez mais confirmações que se trata do tal buraco de minhoca que ate agora eu nao entendi direito o q se trata. E talvez nem chegue a entender, pq essas coisas de fisica ja sao complexas e abstratas demais, dependendo muito mais de acreditar em teorias do q de entender a prova matematica hehehe

Marcelo disse...

Valeu Ítalo, agora sim deu pra ver o led vermelho, acredito q seja um reflexo de luz na hora da filmagem.

E revendo o episódio, percebi q na verdade há 2 barulhos de tiro, o 1° no momento que o Hurley pára o carro e daí sim o 2º logo q ele chega perto da porta. Mas mesmo que fossem bexigas estourando, não seria normal o Hurley pelo menos se assustar ou ter alguma reação? Bom, pode até ser falha do arquivo baixado mesmo...

Marcelo

nat disse...

Outra evidencia de que as viagens no tempo estavam planejadas (acho q o cara q questionou isso escreveu um comentario em outro post, espero q ele leia) sao os coelhos numerados q apareceram. Um coelho 8 morre, depois aparece vivo....
http://lostpedia.com/wiki/Bunny

Daniel disse...

O Hurley ficou apavorado com os números no carro dele... mais foi só nesse epsódio né.... tanto é que aparece ele fugindo da policia e detonando com esse mesmo carro no primeiro epsódio !!!

Luana disse...

Como eles sabem sobre a ilha??? (Charlotte e Daniel) Ao que parece então a ilha foi criada (talvez achada uma vez) por Widmore e quem sabe Paik tb e Ben a roubou. Notem que quando Sun chega p/ falar com o pai no FF ele tá resolvendo um problema relacionado a banco, será que Ben conseguiu tirar dinheiro da empresa escondido?

Dude! We are Lost! disse...

Luana, a discussão do Sr. Paik tinah a ver justamente com o fato de 1 única pessoa ter adquirido 50% de sua empresa. Aqueles homens explicam naquele momento que a operação fora feita usando vários bancos o que maquiou a jogada que Sun revelou pouco depois ser a autora ;)

Davi Garcia

Felipe Campbell disse...

A mãe da Claire morreu. Ela desligou o aparelho, nao foi isso??? Ela nao estava em coma mais, pelo menos é o que tinha ficado claro, que ela tinha "matado" a mãe.

Marlon disse...

O sujeito no avião parece realmente o Charlie.