16/05/2008

Comentários do ep. 4x12 "There's no Place Like Home" - Parte 1

Eu sei que é chover no molhado, mas como é que essa série consegue ser tão boa, hein? Chega a ser quase inacreditável como uma história sobre pessoas (o cerne de Lost) consegue exprimir de forma tão avassaladora sensações e sentimentos de alegria e tristeza, decepção e satisfação, derrota e conquista aliadas à questões que exploram o aparentemente inexplicável, quer seja com monstro de fumaça, Jacob e afins 'brincando' com os laços que o destino impõe e o livre arbítrio permite mudar. Essa 1ª parte do final da 4ª temporada evidenciou esses aspectos e deixou uma certeza, a desejada volta para casa daquelas 5 pessoas definitivamente não significou o encontro da paz, do alivio, o que torna o título do episódio ainda mais significativo, "Não há lugar como nosso lar," já dizia Dorothy em O Mágico de Oz.

E o que define o nosso lar? Aquele em que nascemos e fomos criados e estamos acostumados (o mundo exterior), ou aquele onde estão as pessoas que mais amamos e onde encontramos conforto de mente e espírito (a ilha)? Pensar nisso é interessante porque deve ser exatamente essa reflexão que que cada um daqueles personagens que saiu dali faz todos os dias. A dúvida do porquê Jack ter liderado a sustentação de uma história irreal e sobretudo sua negativa de que haviam outros sobreviventes está intimamente ligada às motivações que levam alguém aparentemente íntegro a se vender pela chance de resgate apenas para sentir todo o veneno da culpa corroendo-o dia após dia. E no caso de Jack, agora já dá para dizer com 100% de certeza que a maior causa dessa dor que terminará jogando-o no fosso de decadência e depressão tem nome, Claire Littleton, sua irmã. Sun também sente essa mesma dor, mas a traduz de uma forma diferente. E se o destino de Jin ainda permanece incerto para nós, fora da ilha a coreana assume a postura severa e fria que tanto vira no marido antes da chegada àquele lugar, confrontando aquele que julga ser o responsável pela ausência dele ali, seu pai, o Sr. Paik. E se a interpretação mais simples para as palavras, "Você é o responsável por termos entrado naquele avião" parece ser a de que Paik mandara Jin a Los Angeles para entregar um presente, abre-se também a possibilidade de que Sun saiba de algo ainda mais sombrio relacionando a uma possível ligação de seu pai com Widmore, Ben e cia. Será?

Especulação à parte, a idéia que fica é que mesmo para aqueles cuja saída não rendeu imediato sofrimento e dor, o preço foi cobrado mais tarde. Sayid encontrou a paz que sabemos ser temporária ao lado de Nadia só para ser punido (pela ilha?) por ter deixado algo por fazer. Hurley reencontrou o conforto e o carinho de seus pais mas logo descobriu-se assombrado pelo fantasma que começou com os números e transformaria-se em visitas de Charlie. Kate por sua vez, é a única que até agora encontrou a paz plena(?) no futuro. E se o incômodo por ter que viver uma mentira a incomodava inicialmente, a liberdade adquirida em seu julgamento permitiu que ela se desvencilhasse de traumas. Kate está livre, é mãe de Aaron e não quer saber de voltar para a ilha como bem sabemos, mas até quando?

A chegada à estação Orquídea, a descoberta da bomba no cargueiro, a reaparição de Alpert e os Outros na ilha e o plano de Ben são assuntos para o Dudecast # 18 mas ainda hoje pinta o post com easter eggs, curiosidades e a repercussão do episódio. Fique de olho no Dude!

Por Davi Garcia

43 comentários:

Anônimo disse...

Esse episodio foi muito bem feito. Totalmente diferente dos outros dessa temporada..Novamente, é mais um que tira o anterior do topo dos melhores.

EvilMagusTom disse...

A Sun e o Jin nao estavam "fugindo" para LA para comecar uma vida nova, longe do pai dela ?

Pelicano disse...

mais um episódio a encher chouriços até ao final da temporada...agora só nos resta esperar para ver o grande final!

Thiago Crato disse...

Ok, Ok...

Uma coisa que gostaria de comentar é que Ben diz que os biscoitos têm 15 ANOS. Isso quer dizer que há quinze anos, alguém esteve ali para mover a ilha? Talvez quando Widmore a perdeu...

O episódio foi muito bom, mas eu esperava que terminasse com John já dentro da Orquídea.

Abraços

Anônimo disse...

pelo que eu vi do promo, parece que o sawyer vai pular do elicoptero..

Anônimo disse...

E Pelicano.
Sun e Jin estavam indo de ferias pra LA.
Lá a sun pretendia fugir do Jin e permanecer nos states. Pelo que eu lembro é por ai.

Roberto Gobatto disse...

Caprichado Davi, cada vez melhores estão os teus textos, parabéns.

Anônimo disse...

Estes episódios deviam ser proibidos!!!! Tudo a correr tão bem e de repente... LOST!Não acredito que vou ter de esperar 2 semanas para ver o resto!!!!! aiiiiiiii.... que raiva!

Dudu Maroja disse...

Postei meu comentário via email pra vocês se vcs quiserem ler.. ou podem ler no meu blog tambem!

_Renatabranco disse...

gente, vai ter um break de uma semana antes do final? ;~

Rafa Keeper disse...

Season finale. Começou muito bem essa parte 1 de 3. Típico episódio final de temporada de LOST, todo mundo aparece,
um monte de gente andando. Aquela agonia pra resolver tudo ao mesmo tempo. =PpP

Flashfoward: Vemos o ínicio do resgate e o q aconteceu logo em seguida com os Oceanic Six, no qual Aaron está
incluso. Seja lá quem for o morto do caixão (eu acho q é o Michael), ele nao conta como Oceanic Six.
Vemos q a farsa q envolve o acidente já começou ali bem antes de estarem no helicóptero. Só resta saber quem e quais
motivos convenceram os losties a contar aquele mentira para imprensa. Nada tão surpreendente nos Flashfowards, só
vou destacar Sun enfrentando Mr. Paik, Jack sabendo a verdade sobre sua irmão (não iamginei q seria daquela forma),
e os bad numbers de novo. O_o

Na ilha, no cargueiro: interessante, quero ver como vão juntar os Oceanic Six q estão todos espalhados.
Quero ver como Jin não vai, já q ele já está no cargueiro. ¬¬ E todos aqueles camisas vermelhas ficam de fora
como?! Essa eu quero ver. Tivemos mais uma demonstração das habilidades de rastreamento da Kate. ¬¬ Aquele apêndice
do Jack foi um inchação de lingüiça mesmo. Ben tirando aquele caixa com o cecetete (muito últil fora da ilha :p),
binóculo, espelho me lembrou os Cybercops. Huahauahauahauahua E Alpert e os outros de novo.

Bom, seja lá o q aconteceu q tirou os Oceanic Six da ilha, foi algo bem freak. Mas freak mesmo. Pq daquele mói de
gente, só ficar 6 naquele aviãozinho capemba. A coisa foi punk. Dia 29 a gente fica sabendo. Flw.

Dude! We are Lost! disse...

Roberto Gobatto, obrigado :)


Renata, teremos um intervalo de 1 semana sim. Como o final de Grey's Anatomy (que antecede Lost nas noites de quinta nos EUA) também será de 2 horas, a ABC decidiu jogar o final de Lost para a semana seguinte ;)

Davi Garcia

cristina disse...

Nestas alturas eu gostava de ainda nunca ter visto Lost e só começar a apreciar a série quando todas as temporadas estivessem em dvd!!! Não aguento a espera!!!!!!!!

Anônimo disse...

q episódio excelente!!
bom, não gosto muito de fazer comentários shippers mais, acho q depois do epi de hj ficou claro q o jack voltou com a kate não por amá-la, mas sim pq ele já sabe q é o tio do aaron...ele se aproxima da kate pra poder criar o sobrinho e tentar redimir um pouco de sua culpa...

Balz disse...

Bom demais o episódio... Já deu pra sacar o que é o negócio no braço do Keamy né? (fato da interferência no barco e do Desmond achar os explosivos). Certo que é pra ativar a bomba no navio, e imagino ainda que seja algo do tipo "se eu morrer o barco explode".

Sgt Pepper disse...

Caramba! Não sabia que teremos uma semana sem Lost. Que raiva!

Mas gostei do episódio. E, realmente, Davi, seus textos são muito bons!

Só não concordo quando você "[...]uma história sobre pessoas (o cerne de Lost)". É assim que os produtores começaram a descrever Lost de uns tempos para cá, mais especificamente do meio da temporada passada. Ultimamente eles não andam perdendo a oportunidade de dizer "Lost não é sobre a Ilha, mas sim sobre os personagens..." Esse bando de baboseira eles começaram a falar a partir do momento em que eles viram que nem eles mesmos sabiam do que está acontecendo em Lost. E decidiram mudar o foco do "mistério" para os personagens. Acho que fica mais fácil assim para eles não?

Dá para perceber uma diferença sutil no tema "fé X ciência". Até a o final da segunda temporada, nenhuma, mas absolutamente nenhuma questão era 100% explícita fé ou ciência. Lembro-me de quando Locke sonha com a babá de Boone. Quando Locke menciona o nome dela, Boone diz "Devo ter falado isso enquanto dormia...", exatamente para deixar essa dualidade ambigua. O vidente da Claire também é um bom exemplo disso.

Mas hoje dia eles nem dão moral para as dualidades, um tema tão recorrente em Lost. Aparece uma caça-fantasmas e logo de cara já mostram que o paranormal existe no Lost. Já era homem da ciência.

Quando os produtores se deram conta de que Lost realmente está acabando, decidiram cortar tudo isso para explicar coisas que nem eles sabiam. Como fazer isso? Ah! Já sei, viagem no tempo! E daí que não tínhamos pensado nisso antes? Podemos colocar agora e ninguém vai reclamar. Dá para explicar tantas coisas com viagens no tempo. Dá para explicar até mesmo a "doença" que Rousseau tanto falava. Mesmo Rousseau tendo falado que a doença só atingiu sua equipe algumas semanas após terem visitado o Black Rock. E dai? Foi diferente com a equipe dela. Vamos dizer agora que o que algumas pessoas do cargueiro estão sentindo após terem se aproximado da Ilha é a mesma coisa.

Por hora, não reclamo da viagem no tempo. É algo interessante. O que me irrita é o fato de eles basearem toda série nisso agora, e é claro que isso foi algo que eles pensaram depois. Basta analisar que tudo o que era planejado desde o começo tinha algumas dicas. Não há NADA, absolutamente NADA antes de Flashes Before Your Eyes, e mesmo assim, me pareceu que mudaram de idéia ao revisitar a cena em que Charlie encontra Demond em Greatest Hits.

Há algum tempo atrás, quando as pessoas questionavam "Nem mesmo os criadores de Lost sabem aonde estão indo..." eu não me cansava de dizer "Lógico que sabe. Um dia, tudo fará sentido". E agora este papo de que Lost não é sobre a Ilha e sim sobre os personagens me assuta muito. E hoje eu já não acredito que teremos todas as respostas às perguntas que foram deixadas no ar desde o começo.

Balz disse...

sgt pepper, na boa, os caras tem tudo pronto, escrito linha por linha, até o fim da série... eles fazem é um dramalhão em cima disso pra deixar o pessoal mais perturbado... tu acha q uma série dessa magnitude, com uma história complexa assim e incrível assim, está sendo remendada toda hora?

garanto que depois da série terminada, vai ter um ou mais livros sobre toda história, com muitos detalhes, até quem sabe séries paralelas à história principal...

só não vem me dizer que ficam remendando as coisas, acredito ser muito possível que até a participação pitoresca do Santoro tem algum significado... tem muita coisa a ser explicada sim, mas não dá tempo, ponto final.

ana paula disse...

Exelente início de despedida! Foi de arrepiar! Esses episódios onde mostram todos em destaque são os melhores! Teve de um tudo: mistério, suspense, romance, amor, violência, família, mentira, revelações, discóridas, surpresas e reviravoltas! Fiquei de boca aberta do início ao fim!

Para o anônimo acima que falou do lado shipper, eu nem ia comentar sobre esse assunto aqui mas tenho que discordar de você. Jack não ama a Kate? Podem até duvidar do que ELA sente mas nunca do que ELE OU O SAWYER sentem por ela! Recordando o "Porquê eu te amo" do final da S3!

Agora, voltando ao episódio de ontem, fiquei de cara com Jack contando tão bem aquelas histórias e vejo que os roteiristas mostraram mais uma vez qual a característica principal da personalidade do personagem: fazer o que for preciso para defender o que acha certo, custe o que custar, seja passando por cima de seus valores e mentindo! Se tiver conseqüências e sabemos que terá, ele será o mais visado por ter tomado a frente! Cada vez mais vejo porque Jack é o meu personagem preferido!

Vou procurar usar essa semana livre para tomar fôlego para o que está por vir! Porque pelo jeito, será mais um sensacional desfecho para uma sensacional temporada da mais sensacional ainda série da televisão!

Anônimo disse...

Esatmos cada vez mais "LOST"

Martins disse...

Cheguei a imaginar que os roteiristas teriam a idéia de transformar os grandes mistérios da ilha (períodos Pré-Dharma envolvendo hostis; e durante a Dharma envolvendo as variadas pesquisas sugeridas) num spin-off de Lost. Eles frisaram bem que aquilo que vimos na Purgação era apenas a ponta do iceberg e que havia uma parte muito grande por contar.

Faltando apenas 2 temporadas, não dá pra acreditar que isso será resumido em alguns poucos episódios, levando em conta que a trama agora aponta para o duelo entre Ben x Widmore e a tentativa de Jack e Cia voltarem à ilha.

Sobre o episódio: alto nível, preparando o Grand Finale, como foram os demais encerramentos de temporada.

Uma observação: Por que a Penny não estava presente no momento em que os O6 desembarcaram do avião, ou na coletiva de imprensa, ou mesmo no velório do Christian??? Ela sabe que o Desmond estava na mesma ilha dos losties e sabe que Charlie estava vivo.

Anônimo disse...

Engraçado dizer que kate é ...
Só que estão esquecendo que tanto Jack, Kate e Sowyer são solteiros!
Além de que, nenhum deles jurou compromisso um com o outro!
E o que dizem da tal Juliet "The Other Woman", que namorou um cara casado!? Sabendo que o mesmo era casado!
Ahahahahah, A Kate está mais do que certa, se eu fosse ela, e tivesse dois homens desses me rodeando, com certeza eu também seria...Ahahahahah

Serei Jate sempre

Gabi Spinola disse...

Eu quase morri de desespero quando a mãe da Claire foi falar com o Jack.Estava parecendo o final do livro 7 do Harry Potter.Minahs entranhas congelaram,eu não me lembrei como respirar,e...Ah,enfim,eu (quase) tive uma taquicardia.Comparando com o já citado final de "Deathly Hallows" (o último livro da saga de Potter,da qual eu sou fã mas não acredito que seja extremamente fundamental para minha existência,tal qual Lost),foi aquele momento "não-tem-mais-volta-a-menos-que-haja-um-milagre".Aliás,como Carol saiu do coma?Davi,Juliana,alguém?

Anônimo disse...

Poxa vai demora muito pra sai os easter eggs? :(

Luiza disse...

Martins,
pelo que me lembro da Penny não sabe que o Charlie é do 815,e sim sabe que ele tá numa ilha e agora num cargueiro sabe-se lá qual e onde.Quase chorei no encontro deles com seus familiares e meu coração ficou apertado de ver a solidão da Kate e do Sayd. O pai adotivo da Kate parecia gostar muito dela e não deu as caras,achei estranho.Ele inclusive conheceu o Sayd qdo. ele caiu na guerra do Golfo.Fiquei com esperanças de que a Juliet não vai morrer,quanto ao Des e ao Sawyer e Jin,torço para que escapem também

Almy Fróes disse...

pra mim o tal do beijo é entre sawyer e claire mesmo....e eles vao s abrigar na caverna...s beijar qdo ligarem a orquidea....dae vao ser os esqueletos na caverna...nessa mudança ae do tempo e espaço...

felipe disse...

bom nao sei se a minha opiniao bate com as demais , mais axei q faltou algo nesse episodio ele apenas deixou mais um ´´q´´ do q estar por vir...
foi bom mais faltou um algo mais , contando tbm o ben sempre com as cartas na manga , sem contar q ha 15ans atras alguem estev ali, e como ele pod ter sempre um plano, sera q os produtores d lost vao conseguir desembaralha todos esses misterios em duas temporadas ... a fumaça, a historia da francesa,a historia da libby etc....

Sgt Pepper disse...

@balz

Cara, sério. Sei como a gente se sente às vezes, tendo que defender Lost à todo custo. Mas dizer que eles têm tudo escrito, linha por linha, até o final é exagero. Nem se eles fossem tão bons assim consiguiriam. Existem vários fatores externos que mudam o rumo de uma série como:
- Aceitação do público (um exemplo disso é o fim trágico que deram à Nikki & Paulo)
- Vontade dos atores (Mira Furlan e Dominic Monaghan)
- E muitos outros fatores como demanda dos patrocinadores e da emissora, etc.

Mas, mesmo tirando estes fatores, eles ainda não tinham idéia nenhuma para onde iriam no começo da série. E nem precisamos ir tão longe assim, ano passado foi nos dito que na quarta temporada teríamos: um flashback da Rousseau, saberíamos o porque daquela estátua ter quadro dedos, descobriríamos mais sobre a Libby, dentre um milhão de coisas mais que eles decidiram pular porque estão com coisas novas na agenda, pois não sabiam que iriam pegar este nova estrada.

E eu digo isso com total certeza porque é muito fácil você saber de coisas que realmente estavam planejadas, como tendo "outras pessoas" na ilha, os outros terem um submarino, Dharma, Rousseau & Alex, os tailes, o avião nigeriano... Tudo isso era planejado desde o começo, e conseguimos comprovar isso assistindo as temporadas passadas. Agora esse negócio de viagem no tempo é algo grande, que eles poderiam ter deixado as "dicas", mesmo que sutis. Mas ela veio do NADA. E essa questão deles quererem explicar a doença com os sintomas do pessoal do cargueiro comprova ainda mais que eles inventaram uma explicação para a doença AGORA.

Se acharem UMA cena na primeira ou na segunda temporada que corrobore com viagem no tempo, por favor, falem-me. Porque eu tentei achar e até agora não consegui.

Luiz Fernando Gimenez (Campinas-SP) disse...

Davi e Juliana:
Não vi o videocast!!!!
Não sabia que iam fazer isso.
Entrei agora há pouco pra ler os comentários seus, Davi, aqui no Dude, e me deparei com esses comentários de que houve o videocast.
Tem como vê-lo agora?
Será que vocês mandaram o abraço pra mim lá?
Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Não posso ter perdido isso.
Abração!!!

brotha luiz disse...

Sobre o cara que perguntou da Penny, não se esqueça que o Ben prometeu que ia matar ela. Quem disse que ele já não o fez?
Se você responder que "não deu tempo" de ele matar ela, não se esqueça que tempo em Lost já virou algo muito relativo.

O que mais me interessa é como os Oceanic vão se juntar. Eles tão muito espalhados. Kate e Sayid levado pelos outros indica que vai haver um confronto entre Outros vs Keamy e pessoal do cargueiro. O Ben provavelmente se comunicou com eles usando o espelho. E uma mensagem do tipo: "ataquem a orquidia, temos inimigos" é algo de se levar em considerção.

Sobre quem já está no cargueiro, meu maior medo é de ver o combo Jin, Michael e Desmond morrendo. Muito improvável, mas vai saber. Quase todo mundo aponta que o Michael vai morrer em algum ponto da série. Jin está sendo considerado morto até pelo Oceanic 6. Mas minha maior preocupação é com o Desmond, meu personagem favorito.

Sobre a fuga dos Oceanic 6, algo me diz que o Lapidus vai ter um papel muito importante.

chasefaster disse...

Adorei seu texto!!!
Adoro esse Blog!!!!!!!

Bruno disse...

Achei excelente a cena da entrevista.Os olhares de "revesgueio" como se diz no Rio Grande do Sul,ilustraram muito bem o desconforto de toda a mentira.Durante a cena no avião,tive a sensação de ter sido Jack o inventor da história.
Bacana também a cena do encontro de Michael com o casal coreano.
E a paulada do episódio:A declaração da mãe de Claire.Pro essa eu não esperava mesmo.(é muito bom não ler spoilers!)Desde eggtown e something nice back hone desconfiava que Jack sabia disso,devido a frase:voce nem é parente dele.Mas não imaginva que iria ser respondido como Jack soube disso tão de repente.
Melhor cena do episódio:A breve intro das partes 2 e 3,que mostrou os diversos personagens em situações tão diferentes,como que eles esperassem por algo,e finalizando com o que considero ser a maior espera.A espera de Ben.Quem vai tira-lo dessa?

Namastê!

Gabriela disse...

Oh meu pai chega logo dia 29!!!
Não aguneto mais de tanta anciedade.
=]
Gabi Vidal Santos -sp

Gabriela disse...

ah bruno eu acho q que quem vai tira-lo dessa , vai ser Lokce, com certeza... engraçado aparte q ben explica pra ele como se chega ah estação. desce 20 degraus, vira esquerda direita, sobe, desce heheh =]
Gabi Vidal Santos - sp

Flavio disse...

meu!!!! nem sei pq que eu estou postando... não tem o que dizer... mano, simplismente... ai ai... nao tem mesmo o que dizer!!!
foi "O" maximo!!! estou em choque até hoje!! rsrsrs que que foi aquilo??? eu não conseguia parar de me mexer na cadeira de tanta emoção!!! como o blog mesmo disse... são várias emoções todas colocadas juntas!!!
não tem o que dizer!!! simplismente demasiadamente demais!!!

LOST

Totoro Master disse...

O americano que estava conversando com o pai da Sun, quando ela chega ao escritório; me lembra muito o cientista que a pareceu na Teoria da equação Valenzeti. Será que tem alguma coisa ai?

larissa disse...

a caixa estava naquele lugar ha 15 anos, quase o mesmo tempo que rousseau tinha na ilha e que a tripulacao dela ficou "doente". Será que a ilha foi "movida" naquela época e isso ocasionou o efeito colateral na equipe dela??
O que vocês acham???
Eu amo essa série!!!!

Martins disse...

Luiza e Brotha Luiz:

No contato que teve com Penny, Charlie se apresenta como sobrevivente do Vôo 815 que estava numa ilha e quando ela diz se chamar Penelope logo Charlie chama Desmond. Nesse momento ela faz a ligação dos fatos. Se ela não está em nenhum momento presente após a saída dos O6 algo deve ter acontecido, mas não que seja tão ruim, como a morte dela.

Martins disse...

Sgt Pepper:

Concordo com você quando diz que os mistérios da ilha e o Projeto Dharma estão colocados em 2º plano e, pior ainda, podem ser explicados em 1 ou 2 episódios, quando poderiam ser bem ilustrados em todas as temporadas.

Mas discordo de você quando diz que os roteiristas não haviam pensado no final da trama e em quase tudo que se viu até agora, inclusive o tema Viagens no Tempo, que, particularmente, não gosto muito, mas está bem encaixado em pouquíssimas situações.

Veja o caso do Michael: saiu da ilha com Walt naquele barquinho e foi parar em NY.

Muitos já achavam que ele tinha viajado no tempo, passado por portais, dimensões, teria sido até clonado. Nesse episódio ele, em curtas frases, contou para Sun que, ao seguir a rota dada por Ben, teria chegado a uma ilha onde, sem falar quem era, conseguiu embarcar para os EUA num navio. Simples assim!!!

Dude! We are Lost! disse...

Pessoal, quem perceber que seu comentário não foi publicado, pedimos que enviem novamente. Estamos com alguns problemas na aprovação. Este aviso não vale para quem envia palavrões. Estes nós recusamos mesmo!

:)

Anônimo disse...

O episódio foi incrivel, mantendo a temporada (com raras exceções), e por mais que tenha sido planejado para engatilhar a segunda parte e que não tenha dado respostas incriveis não deixou de ser emocionante.Fiquei extremamente arrepiado e euforico na cena do resgate, senti a dor de Jack ao saber que sua irmã ficou para trás, e temi até pelo que não ocorreu.(e como Lost sempre tem uma reviravolta não deve ocorrer)Fiquei extremamente preocupado com a explosão do cargueiro, porque levaria pro Hall de fantasmas de Lost 3 personagens, dos quais ao menos o Des tem que sobreviver.Eu nãso lembrava desse infeliz hiato para a parte 2, mas de qualquer forma a temporada está prestes a ser encerrada em um episódio digno de fechar esse ciclo.

Ana Paula disse...

Jack mto insensível logo no início do episódio. Todo mundo em choque e ele lá, todo engomadinho dando lições de como todos deveriam agir. Na boa... isso é insuportável. Adorei a Sun jogar na cara dele “ESTAMOS EM CHOQUE, JACK” hehehehe.

Nossa gente, podem me chamar de manteiga derretida, mas o que foi o reencontro dos losties com as famílias? Nossa, chorei muuuuuiiiiiiitooo. Eu não senti pena da Kate não viu? Foi triste, mas parece que estou vendo o Sawyer falar pra ela que ela tb não tinha motivos pra querer voltar. Gostei de vê-la ali, sozinha, com o Aaron nos braços. Ok, sei que sou meio má hehehe.

Ok... sempre soube que o Sawyer era herói, mas estão caprichando nisso hehehe. Herói e não perde a piada... “disco arranhado” entrou para as top 10 piadinhas do Sawyer kkkkkk.

Genteeeeeeeeeeeee... a Sun... é de+. Os olhares dela pro Jack foram tenebrosos. Mas eu fiquei mais chocada quando ela disse que o Jin não conseguiu sair do avião. Pra mim, ele não morreu, tenho certeza disso. Eu hein? Que coletiva macabraaaaaa...

Que lindo o reencontro do Sayid com a Nadia!!! Muito engraçado o Hurley comendo biscoitinhos de 15 anos hahahaha. E adoroooooo as cenas da Kate com o Sayid, ação é com eles.

Gente... a Sun detonou no episódio inteiro. Comprou a empresa do pai, enfrentou ele e ainda o responsabilizou pela morte do Jin. E depois vcs homens não entendem que nós mulheres somos perigosas hahahaha. Gostei... só acho bom ela ter cuidado pq o pai dela é um assassino e não duvidaria se ele desse cabo da vida da Sun. E continuo dizendo: Jin não deve estar morto...

Hurley tb mandou bem... q festa foi aquela gente? Ilha como tema? O pai não teve a menor noção das piadinhas q fez e ainda por cima reformou o carro com os bad numbers hahahaha. Isso é que é pai hein? Coitado do Hurley... eu entendo pq ele foi o 1º a ficar pinel, tadinho. Só uma obs: vcs ouviram as vozes enquanto ele caminhava pela casa? Todos serão assombrados assim? MEDO...

Nossa, foi muito significativa a cena que a mãe da Claire contou pro Jack que eles eram irmãos. Q coisa macabra hehehehe. A cara de de interrogação olhando pro Aaron, acho que ele nem queria acreditar né? O pior foi a mãe da Claire dizendo pra Kate que o filho dela era lindo e nem poderia passar pela cabeça dela que o lindinho era, na verdade, seu neto. Muito boa a cena... adoro a forma como LOST amarra as coisas...

E o que foi aquele final? Não entendi nadaaaaaaaa! Todo mundo ta indo pra Orquídea? Finalmente todos vão defender a ilha ou morrer? Hehehehe. Ben realmente se entregou? Parece que não, pois “ELE SEMPRE TEM UM PLANO”! Poxa vida, o Desmond só se ferra, qdo ele vai ter um pouquinho de paz? Me deu uma sensação mto ruim quando a porta do navio foi fechando e a Sun olhando... to achando que vamos perder Desmond, Jin e Michael de uma vez só. Bom, o Michael pode ir pq já foi tarde né?
Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii o episódio...

Gabriel Anderson disse...

afffffffffffeeeeeee

não sabia tbm q tinha uma semana sem Lost, pensei q acaba agora... q droga hein... tava moh empolgado já, desanimei agora...

nat disse...

sgt pepper,
nos comentarios sobre os easter eggs coloquei algumas evidencias de q as viagens no tempo ja estavam planejadas.