09/05/2008

Comentários do ep. 4x11 "Cabin Fever"

Que temporada, não? Em maior ou menor escala a narrativa da série tem sido generosa conosco até aqui. O ritmo das revelações e o desenvolvimento da trama tem ganhado contornos cada vez mais fortes sem esquecer de dosar suspense, ação e muito mistério de uma forma enlouquecedora. Com um dos episódios mais enigmáticos e surpreendentes da história da série, Cabin Fever entra inegavelmente para a lista dos melhores de Lost colocando luz sobre questões polêmicas mas não menos interessantes. Teria realmente o destino um papel fundamental na história daqueles personagens? E mais, faz sentido agora assumir que existe de fato um conceito maior envolvendo a questão do escolhido, daquele que é especial, algo tão explorado em vários momentos da série? Para (tentar) responder essas perguntas só mesmo falando de John Locke.

Goste dele ou não, uma coisa todo mundo tem que admitir, Locke tem um dos históricos de vida mais significativos e impactantes dentre todos os losties. Do aleijado que ao chegar à ilha se descobre curado, passando pelo homem cuja fé (aparentemente cega) transforma-se em dúvida até o momento em que é apontado como o escolhido pelos Outros, Locke viveu e viu muita coisa. Sua forte conexão com aquele lugar denotava desde o princípio que não haviam simples coinscidências naqueles acontecimentos e que o destino reservara a ele um lugar de destaque dentro daquela jornada. Analisando em retrocesso é fácil perceber que as peças se movimentavam na direção de alçá-lo do papel de coadjuvante ao de principal. Por isso é ainda mais interessante notar que desde jovem mesmo que de forma inconsciente, ele já mostrava forte predileção pela busca de tudo o que a ciência não sabia ou podia explicar. Locke experimentou o sucesso e o fracasso de formas extremadas. Sobreviveu a um parto prematuro seguido por uma série de doenças mas encontrou a negação de sua mãe biológica, foi adotado mas encarou uma criação aparentemente repressora, conheceu seu pai mas por ele foi traído de forma covarde. Sua vida pré-ilha foi uma sucessão de eventos que poderiam jogá-lo no fosso da mediocridade mas que de uma forma ou de outra só lhe deram mais forças e constuíram o caminho que o colocou sob a mira do interesse de Richard Alpert e de Matthew Abaddon, que em diferentes épocas conferiram a evolução daquele que poderia ser o escolhido, o especial, papel que outrora já fora creditado a Ben Linus.

Cabe a Locke agora o papel de rei na tabuleiro. O momento de Ben Linus passou, "Eu estava confuso quando tentei matar Locke. A Ilha me deixou doente e o curou," disse o líder dos Outros pouco antes de se recusar a entrar na cabana. É chegada a hora de salvar a ilha dos invasores e para tal surge a estranha orientação de Jacob (via Christian Shephard!) de que é preciso movimentar a ilha. O que isso significa? Só o tempo (ou o próximo episódio) dirá, mas dessa história toda o que já dá para concluir é que a jornada de Locke inclui todos os elementos de uma história cujo destino final incluirá uma redenção pessoal absolutamente marcante. "Não me diga o que eu não posso fazer." Com erros e acertos, a história de Locke na série, ganha peso novamente provando que o bordão faz muito mais sentido hoje do que fazia antes.

O papel de Richard Alpert e sua ligação com Matthew Abaddon. O significado da aparição de Horace Goodspeed no sonho de Locke. A importância e o que podem indicar as presenças de Christian Shephard e Claire na cabana de Jacob. O segundo protocolo a ser utilizado por Keamy. O médico que morreu antes de ser morto(?) e muito mais no Dudecast # 17. Até lá fica aberto o espaço para que você registre sua opinião sobre Cabin Fever, enquanto espera o post repleto de easter eggs que chega ainda hoje aqui no Dude.



Por Davi Garcia

68 comentários:

Rubens disse...

Achei um episodio fraco, recheado de cenas onde fica parecendo que algo grandioso vai acontecer, mas no fim nao acontece é NADA. Some-se a isso a volta do uso excessivo e cansativo de flashbacks (precisava mesmo de tantos e tomando tanto tempo do episodio?), que acabou derrubando a dinamica do episodio, deixando-o mais lento e com cara de mera preparação para um episodio realmente importante ainda por vir, contendo algo a apresentar.

Enfim, um episodio de cenas esticaaaaaaaadas, só para preencher o tempo regulamentar e pouco a acrescentar. Acho que nao veremos nada de excitante ate o episodio final.

Anônimo disse...

Fraco?
Cara, vc só pode estar louco.
O episódio foi simplesmente FODA !!!!

James M. Barrie disse...

Discordando completamente do de cima, achei o episódio SENSACIONAL.
Junta-se a "The Constant" e "The Shape of Things To Come" no hall dos melhores da temporada.

MOVE THE ISLAND!

Depois comento com mais calma.

L_kinh4s disse...

toh ansioso msmo eh pelo podcast

V!tor disse...

Nooooooooooossa! Que episódio!
Como eu suspeitava, inicia-se o "arco narrativo" que dará rumo ao final da temporada... enquanto isso, nossa cabeça fervilha com perguntas... e essa é uma sensação maravilhosa! rs rs

Anônimo disse...

Que merda de episodio. o lost ta ficando fraco. invençao a mais.

Anônimo disse...

Fraco????? Só se vc lê spoilers... não é possível.

Emerson F. Bezerra disse...

Episódio grandioso!!! Revelações sobre o passado de Locke e como desde nascido ele já era monitorado seja lá por quem for (A Ilha??), predestinado a em algum momento garantir o futuro da Ilha, ou seja lá o que ela esconda ou represente. O que a Clair tem a ver com isso??? E o pai do Jack, está realmente vivo, ressuscitado, também predestinado a interferir no destino de todos? Não ousaria arriscar como essa temporada vai acabar, mas posso apostar que a presença de Christian Shephard está intimamente ligada ao retorno de Jack à ilha. Pelo jeito, a relação entre pai e filho ainda vai se desenvolver muito nas próximas temporadas.

Episódio 10, louco é quem diz que foi um episódio ruim (seriam os loucos especiais??? Hahaha!)

bandido disse...

Adorei foi a cara de "ai se ele soubesse" da Claire na barraca.

zé das couves disse...

O episódio foi legal, embora tenha criado mais enigmas do que respostas... Mas o que está me deixando quase "cego" é essa insistência em cenas noturnas, com lamparinas em que não dá pra ver nada. Que saco! Mais cenas diurnas, por favor!!!

zé das couves disse...

Ah... e quanto a "mover" a ilha, deve ser no tempo e não no espaço.

Rubens disse...

Interessante o pessoal ainda achar graça em cenas de flashback... Quantas repetitivas cenas só para mostrar que Locke sempre foi um fracassado Lost ainda precisará mostrar ao telespectador? Tá legal, eu já sei disso, vão ficar insistindo nesta historinha como se fosse novela latina até quando, meu deus? Já até imagino, da proxima vez vão mostrar Locke fracassado no baile de final de ano, depois Locke fracassado na universidade. E ainda vai ter o Locke fracassado no dia que tentou praticar esportes, fracassando no dia que foi aprender a andar de bicileta... Putz! Haja saco!... Pura embromação, para repetir ad nauseum algo que a gente ja sabe há séculos...

Anônimo disse...

Adorei o episódio, apesar de estes episódios estarem cada vez mais estranhos... espero que Lost não caia em algo demasiado fantasioso e que arranjem explicação com sentido para coisas como: mover a ilha, falar com mortos, etc...etc...
E que haja respostas decentes no próximo epísódio!!!!
Ainda não acredito que Claire não vai entrar no helicóptero conforme a visão de Desmond!!!

gmoz disse...

Como vão fazer isso eu não sei, mas me parece claro que Locke vai conseguir mover a ilha, pois só assim se explica a incapacidade de Jack, Hurley e Wildmore em encontrar a ilha no presente...

nuvem cigana disse...

Adorei o episódio
inteligente, pouco esclarecedor mas enfim com bastante suspense.

Tenho uma empatia enorme pelo Locke até qdo ele faz merda. rsrsrs

Lembram daquela teoria de que o avião foi programado para cair na ilha?
Estava destinado a tal?
agora enfim certeza absoluta. O Abbadon lá falando do walkabout para Locke esclareceu isso.

Locke estava destinado à ilha desde que nasceu e Richard lá com o mesmo rostinho “psicopático”.

A avó de Locke parecia saber quem era Richard pela expressão dela no hospital ou é impressão minha?

Não acredito que Claire esteja morta. Realmente não acredito nisso. Posso até estar errada, mas em minha opinião existe um outro motivo para ela estar na cabana. Ainda não sei qual, mas tem algo haver com o destino citado por Ben.

Ben sendo usado pela ilha para proteger seus interesses como Ben o foi uma vez. Mais uma vez surgiu a situação da doença na ilha. a Ilha deixa as pessoas adoeceram ou as cura de acordo com as palavras de Ben para John. Ele fala algo como: você é o líder agora ela (a ilha) me deixou adoecer e curou você.

Hurley sendo camarada e dividindo o chocolate com o Ben e ainda mais rsrs ficando com o menor pedaço. Bom menino.

Outra coisa importante: quando o Hurley pergunta a Ben porque ele matou aquelas pessoas ele responde que não o fez, que o chefe delas é quem mandou matar?
(charles wydmore?) ele se refere a essa culpa de CW de forma retórica querendo dizer que eles a DI (dharma initiative) foi posta por CW numa situação em que todos morreriam?

já sentiram que Sayid vai salvar o dia né?
Sayid é o super herói! lol
Desmond não teve coragem de voltar o que será que acontece a ele e aos que ficaram no barco? Pen vai salvá-los?

Keamy é um louco psicopático rsrs a tonelada de armas que ele ta levando para a ilha parece ser capaz de destruir toda ela e não apenas seus pobres habitantes.

Aquele treco no braço dele sei lá o que é … uma forma de controlar lostzilla? muito bem pensado isso… por gisele lá da comunidade lost no orkut

eu a princípio pensei numa espécie de bomba… mas isso não teria muito a ver… com a história em si.

acho que o pozinho no vidro que o pequeno locke reconhece como dele é a mesma coisa que ficava espalhado ao redor da cabana lembram?

Acho que é isso.

a danada da faca tira o richard do sério. se ele pegou a faca é pq ainda não está pronto?
mas, apesar disso, no futuro, qdo locke é apenas um adolescente, ele tenta novamente recrutá-lo.
E de novo não é bem sucedido.

Bem lembrado também da comunidade lost da parte em que a mãe do locke fala de concepção imaculada e tal…

mas nesse caso quem é o pai do locke? todos pensavamos/pensamos que é aquele vigarista do Anthony Cooper, mas um vigarista participando de algo tão especial, tendo um filho predestinado?

será que tem algo por trás dessa história?

Anthony cooper já foi um “outro” e por algum motivo abandonou tudo e virou vigarista?
Anthony cooper não é o pai dele e apenas um vigarista que o usou…por sorte tinha compatibilidade de tecido e de sangue?

tem que ser explicado esse negócio.
vcs estão sentindo que os próximos episódios vão ser cheios de ação né?

Realmente muito bom!

João Batista disse...

Tenho que confessar uma coisa... quando vi o episódio, achei bem meia-boca. Mas, parando para pensar um pouco, devo ter achado isso pq já sabia que o alpert iria aparecer, já sabia que a claire estava na cabana, entre outras coisas. Enfim... os spoilers realmente estragaram o episódio desta vez.

Começo a pensar em não ler mais spoilers. Mas é tão díficil, euhhe...

nuvem cigana disse...

Mais uma coisa...

as coisas dispostas em frente ao pequeno locke.

ele escolhe: o pózinho, a bússola e a faca... a faca tira richard do sério... deixa de lado o livro das leis (o nome de locke é baseado no nome de um filósofo do direito salvo engano... um contratualista, ele acreditava que as pessoas abriam mão de sua liberdade individual para viver em sociedade, criavam um livro de leis para tal)

mais tarde o jovem locke é estimulado pelo diretor do seu colégio a entrar para um grupo que recruta jovens cientistas, mas ele de novo não quer ser cientista (o livro). Parece que ele prefere a aventura (a faca) e qdo o diretor fala que ele não pode ser um herói ele responde com uma frase já conhecida nossa: Não me diga o que eu não consigo fazer!

É como se locke lutasse contra o seu destino querendo ser algo que ele não nasceu para ser , um herói, um aventureiro... ao invés de ser o cientista a que estava destinado a ser.

viagem...]


srsrsrs

Paulo Filho disse...

Não sei a idadde exata de Locke, mas se ele tiver uns 40 anos, as coisas mudam um pouco de cena:
Sendo que Ben Linus matou todos da iniciativa Dharma a 13 anos(segundo o matemático), e sendo que lock tem aproximadamente 40, Richard Alpert já tinha como entrar e sair da ilha independente do Submarino.
Então, se há como sair da ilha sem o submarino, os losties não deveriam depender apenas do barco de Widmore para se salvarem....

ou estou errado?

nuvem cigana disse...

paulo filho...

pelo qe deu a entender o ben pode se teleportar para fora da ilha... então... richard deve conseguir se teleportar também.

Anônimo disse...

num sei posso estar errado mas o aaron pode ter um grande papel importante daki p frente pq o cristina diz ele esta onde deveria estar

Rond disse...

O melhor episódio da série até agora!

Cibele disse...

Tirando o fato de que a ilha se move e o pai do Jack aparecer, também achei o episódio sem muita graça. Chato e cheio de flashbacks.

Anônimo disse...

-LOCK = Aaron!
-Abbadon: Aparecerá para Kate!
-Sayid vai salvar o dia: Sai de bote inflável em alto mar?...Será que nesse mar não tem tubarão?
-Keamy: Homem bomba!?
-Pozinho no vidro: Acho que Lock é um viciado!
-A faca: Como Lock descascaria as frutas?
-Anthony Cooper = Fumo negro!
-Cristina diz que Aaron está onde deveria estar? Então porque Jack não pode criá-lo?
-Milles morrerá.

Guilherme disse...

Acho que a ilha deixou locke paraplegico para que locke fosse curado na ilha e começasse a ser um homem de fé!

cinthia disse...

Acheio o ep fodrastico. Mas so para constar, no resumo do ep aki no Dude, colocaram que o Locke foi adotado, mas teve, aparentemente uma educacao repressora, certo? ele nao foi adotado e sim criado em um orfanato. Por isso a presenca de outras criancas e tudo mais.
Mas fora isso, adorei o resumo do ep e concordo: Cabin Fever ja desenha o final da serie.

Dude! We are Lost! disse...

Cinthia, o Locke foi de fato adotado. Vale lembrar que na primeira temporada ele conta como sua irmã de criação morreu e que pouco depois um cão apareceu na casa deles o que fez sua mãe adotiva acreditar que o animal tinha o espírito da filha.

Abraço!

Davi Garcia

Anônimo disse...

Desmond é um cara egoista...Nao sei como o Syid nao deu um soco na cara dele..

Mirelle. disse...

Várias coisas interessantes nesse episódio, e não achei fraco não. Pessoas reclamam de flashback, mas Lost teve isso desde o começo.... não ter flashback seria como se tivesse faltando algo a Lost. [E isso inclui flash forward tb]. Nada a ver isso, sério.

Voltando ao episódio, foi legal ver no fb do Locke pessoas como o Alpert e o Abbadon, isso esclarece [e poe mais mistério o/] na história do Locke, achei bem interessante isso.

Christian na cabana tb foi ótimo! Todo akele mistério pra descobrir kem era o Jacob... e ele diz q não eh. Será msm q não? E ele diz q Aaran tah onde ele deve estar... e isso não eh com Claire. Mas, Claire não tinha q criar o Aaron, como o vidente lah disse? Hmm...

Mas tah, tenho q dizer q o melhor momento foi Ben e Hurley dividindo o chocolate!! Eu ri dakela cena, de como Ben ficava olhando pro chocolate... depois pro Hurley com cara de 'me dah um pedaço' huahauhauhua. Priceless!!

Anônimo disse...

O "pózinho" é areia.

Anônimo disse...

Episódio Sensacional!!!

Muitas surpresas e revelações.
Eu gosto qdo en Lost os personagens que apenas apareceram de relance em episodios anteriores e aparentemente sem importancia, voltem a aparecer mais pra frente com um maior destaque, nos fazendo pensar e que nos faz voltar e assistir o capitulo novamenta para ter certeza de que é o mesmo personagen que já vimos anteriormente. Como foi o caso nesse episódio (4x11 - Cabin Fever) do Matemático Horace da DI que agora apareceu no sonho de Lock lhe dizendo para ir procuralo, e que quando fizese isso iria encontra-lo referindo-se ao Jacob e que no passado apareceu no também sensacional capitulo centrado em Lock (3x20 - The Man Behind The Curtain) no dia em que foi morto a 12 anos atras pelos outros com o gas, e está sentado num dos bancos na vila e Ben aparece e fecha seus olhos, mostrando algum respeito se é que isso pode ser dito né?!

Bruno

Livinha disse...

Muita coisa vem sendo explicada nesta 4ª temporada de Lost, mas algo que realmente me preocupa e que nem de longe deram pista sobre o real motivo, é aligação entre os passageiros do vôo. Se Ben não tem nada a ver com a queda do avião, como vimos no inicio da 3º temporada, como explicar uma reunião de tantas pessoas com destinos interligados? Dois irmãos que moravam em continentes distintos e se encontram na Australia, ao mesmo tempo que o pai também estava lá e foi morto? Por que Jack encontrou o caixão do pai vazio na 1ª temporada? Será que alguém o resgatou e assim como Lock que aparentemente estava morto quando Walt o acordou, reotmou a vida e virou "porta-voz" do Jacob?
É... muita coisa ainda está longe de ser respondida e acho que é isso o que mais fascina os fãs desta série incrível. Só resta saber se não vamos nos decepcionar ao fim disso tudo. Aposto minhas fichas que não ;)

amanda couto disse...

Episódio maravilhoso, do jeito que eu mais gosto, concentrado na história dos losties e na relação com a ilha. Muito bom.

Anônimo das 14:51, por que você julga o Desmond como egoísta sabendo de tudo o que ele já passou ali e que quando teve uma chance de sair da ilha não conseguiu? Essa seria a oportunidade mais real dele depois de 3 anos, portanto é compreensível que ele não quisesse voltar à ilha com medo de 'viajar' novamente e se perder de vez.

Funhanhos disse...

Uma pergunta e se por faor desse poderiam comentar do dudeCast.

Seria o diretor da escola do Lock quando adolescente o mesmo cara que o Hurley era amigo no Clinica psiquiatra?!

http://img372.imageshack.us/my.php?image=funhanhoslostuu2.jpg

Já estaria alí tentando levar Lock para a ilha e mais...
Seria ele um dos Antecessores do Desmond com amissão de digitar o código?

Isso explicaria porque a paranoia com os números


~Funhanhos

Pedro disse...

Livinha, você se esqueceu que Cristian estava na Austrália justamente por causa da Claire?E morreu no período em que a mesma se encontrava grávida e abandonada pelo pai do filho.Jack, por sua vez, foi buscar o corpo do pai e, por acaso[ou não], pegou o mesmo avião que sua desconhecida irmã.Por isso que os três[Cristian, Jack e Claire] se encontravam no mesmo vôo.

Mr.Ale disse...

A impressão que me dá é que na verdade fica clarividente que os fãs aqui tens perfis tão diferentes quanto os dos vividos pelos personagens, porque como uma película, antes de chegar a nossa razão, passa pelos orgãos perceptíveis de nosso corpo. É fundamental que no final a série assim satisfaça a audiência representada entre a os misteriosos e os shippers, os intimistas dos catatrofistas, da fé e da ciência, enfim, da razão e da emoção...
E o mais impressionante é como uma série de tv consegue mexer tanto com o nosso ego.
Parabéns Lost

Mr. Ale

MaximusPM disse...

não q yenha sido ruim, mas achei q seria bem melhor...

a historia do locke ficou um pouco fraca...

a propria vontade de john ir naquele 'walkabout' não foi dele... sim, qualé a graça nesse negocio de 'destino' dessa forma?

elaiah... agora eh esperar o grande season finalle. Imagino que seja um episodio(ou melhor, 3 episodios) muito bom, mas duvido que vá superar Through the Looking Glass ou Shape of Things to Come.

Essa temporada de lost ta estranha, nao sei... tem umas coisas super legais, mas em compensação tem umas bem chatas :/

milley_santos disse...

eu não suporto o locke, mas devo admitir q esse episódio foi simplesmente SENSACIONAL, FENOMEMAL, pra mim é tão bom quanto o episódio do Ben.

Neto disse...

Eu acho que o Keamy está usando a tecnologia do Predador, e quando ele tiver pra morrer ele vai mexer no negocinho do braço e dar uma risadas e explodir tudo!! (vide predador I e II)

Abrax

Rafa Keeper disse...

- Locke: rejeitado por todos desde o momento em q nasceu. Pela mãe, pela vó, pelos amigos na escola, até mesmo nas
adoções. Qd enfim um Outro q apareceu em seu nascimento, Richard Alpert, q supostamente iria levá-lo a uma "escola"
aparece. E na minha opnião ao dizer q a faca não era dele, foi apenas uma mentira, pois Alpert já o teria
reconhecido, mas ainda era muito cedo para levá-lo à ilha. Que álias, é o local onde Locke já esteve segundo o
Alpert. (Locke qd criança desenhou o monstro de fumaça! O_o)
Tá aí mais uma coisa para especular. Para mim no flashback mostrou Alpert viajando ao passado para
reconhecer o escolhido a cuidar da ilha no futuro. Ele mesmo já disse ao Locke q ele era especial para a ilha.
[Algo como o Exterminador do Futuro] =PpP
Vemos q muitos tinha conhecimento sobre a existência de Locke: Laboratório Mittellos, Alpert e Matthew Abbadon q
incentivou Locke a fazer sua jornada e encontrar a ilha. O_o Não nos resta dúvida q Locke é o homem q comandará a
ilha no futuro. Pra mim isso exclui a possibilidade de ele ser o morto no caixão.
-Resta saber como Hurley vai voltar e ser resgatado tb.

- No cargueiro ficou bem claro a divisão de objetivos entre os tripulantes. O capitão e a equipe da ciência
(Lapidus, Faraday, Miles e Charllote) desconheciam q Keamy iria começar um genocídio ali. A única coisa q todos
pareciam ter em comum era capturar o Ben.
- A arma de Keamy não estava quebrada coisa alguma. Só não disparou matando Michael pelos mesmos motivos de ele
não ter conseguido se matar anteriormente.
- E o resgate já vai começar com Sayid e o singelo bote. Haha ;p Apesar da ré q o Lapidus deu acredito q ele ainda
vai aprontar alguma e não vai permitir q o grupo de Keamy retorne ao cargueiro. Resta saber por quem foi largada
aquela mochila com aquele rádio pedindo para q os Losties o seguissem. Seria Keamy armando seu plano de extermínio?!
Ou Lapidus tentando uma manobra para salvar a todos?! Acredito mais na segunda opção, já q Lapidus estava testando
o rádio no cargueiro. Foda foi a precisão em fazer o rádio cair bem em cima dos LOsties. O_o
- A morte do médico confirmou mais uma vez a diferença de tempo dentro e fora da ilha.

- Claire definitivamente está morta. Todo aquele tempo Sawyer e Miles (esse já sabia!) estavam passeando com um
espírito pela floresta. Só q nem mesmo a Claire se deu conta q estava morta até encontrar o Cristian. O_o
- Como eles vão mover a ilha?! O_o

Gostei bastante do episódio: destaques para a volta do Nestor Carbonell como Alpert e a também a aparição do Abbadon
no Flashback do Locke. Trilha sonora mais uma vez eXcelente e demais as cenas na Cabana. XD

PS: Esse realease veio sem a vinhetazinha "LOST"... =/

Gabriela disse...

Foi muito foda, achei bem interessante a parte q a Claire aparece na cabana com o pai dela, e fiquei mais impressionaad com a tranquilidade dela, passandoq ela está por dentro de tudo o q está acontecendo,mas uam coisa me diz q ela não está morta não sei pq, apesar de isso aparentar né.
Enfim,só vamos saber disso, e de outras revelações nos 3 últimos episódios....
Anciosa p escutar o dudecast =]
Gabi de Santos -Sp

Anônimo disse...

Adorei o episódio, e todas as dúvidas que ele semeou.Lost consegue a cada episódio modificar completamente algo que era dado como certo, como o papel do Christian Shephard, ele não aparenta ser apenas uma visão ao menos dentro da cabana, se ele é um emissário de Jacob o que seriam as outras "visões"?Teriam todas elas um elo com ele?Compreendo que sim pois em "The shape the things to come" Charlie avisa ao Hurley que Jack não deve criar Aaron(ou seja ele devia ter ficado na ilha, como ela tentou mostrar) e que ele seria visatado. (mostrando assim que eles tem uma ligação)E elas são interpretadas como fantasmas e alucinações pois não podem ser vistas por todos, apenas pelos escolhidos. (o Locke não podia ver "Jacob" antes de aceitar sua missão).Resta saber como o destino age em Lost e até onde é apenas o destino que atua, Locke mesmo que sendo conduzido a ilha, já tinha conhecimentos prévios do que o esperava (o desenho do monstro de fumaça e seus objetos escolhidos evidenciam isso).Restam ainda mais incognitas como a ligação dos Shephard com a ilha, do patriarca ao Aaron, incluindo a bastarda (que estava com uma expressão bem interessante e atipica na cabana).Além de dúvidas imediatas como o que acontece com os que ficam no cargueiro, qual é o plano de Lapidus, e comom diabos a ilha será movida.Sintetizando, o episódio foi incrível (tá no meu top 4, com 3 dessa temporada) e além de ser interpretado individualmente (como um episódio do Locke) deve ser visto como parte significativa da série.

eduardo pinheiro disse...

Vimos tantos mortos nesse episodio (matematicos, medicos e "pais") que fico confuso se clair esta ou nao viva. Ainda com o machucado na cabeça do incidente na vila dos outros, ela fala como se estivesse em ambiente familiar, mesmo tendo visto o pai poucas vezes na vida. Tambem me pergunto se ela sabe que o pai morreu na australia, pois ela nao tem cara que ve mortos calmamente. E Aaron ? apos tantas vees que o vidente falou que ele deveria ficar com claire, cristhian apenas diz "ele esta onde deveria estar". Voltando ao passado e rompendo a sequencia de Flash fowards, o que mais me deixou intrigado no episodio foi quando locke estava la pelos seus 6 anos. O desenho infantil do black smoke (matando alguem) e os objetos. Teria richard alpert deixado a faca em um lugar estrategico ? Pois foi o unico objeto que foi colocado sobre outro, ja que a bussula tambem poderia ser colocada. A luva de beisebol representa um futuro no esporte. Mas e aquele "tempero" ? Foi a primeira escolha de locke, que refletiu ate pegar a bussola, que ele cuidadosamente analisou. Novamente voltando a mesa, ele escolhe a faca. Mr.Alpert saiu rapidamente da sala, como se essa fosse a pior das escolhas. Para finalizar, e talvez o que venha a ser o maior erro dos lostie. O piloto do helicoptero enviou o GPS para os sobreviventes seguirem ou fugirem dos "assasinos" ? E para desontrair, você iria num bote do meio do mar para a ilha ? Nao sou tao corajoso como said xD

Avelar Jr. disse...

Espetacular.

Mas por que FEBRE da cabana?

Anônimo disse...

2 perguntas:

1)Emily é também a mãe de Ben? Seriam Ben e Locke irmãos?

2) Horace, que aparece no sonho de Locke, é o mesmo cara que arruma emprego pro pai de Ben na ilha?

Fabi Abrams disse...

Duas coisas que me ocorreram:

*Como o Locke tem um encontro importante com o Alpert quando criança, que deve ter ficado marcado na memória dele, e quando ele reencontra o cara na ilha ele não dá sinal de reconhecimento?! Achei bem estranho.

*Locke tem que chegar na ilha de qualquer jeito, é seu destino. Mas, como o Ben disse, o destino "é uma vadia inconstante". Locke deveria ter chegado a ilha como um homem de ciência, mas primeiro ele escolhe a faca e depois rejeita o summer camp da Mittelos. Então, Locke chega a ilha como homem de fé, depois de ter ficado paraplégico e começar a buscar um "sentido para sua vida". Se ele tivesse ido com Alpert quando criança, sua vida seria outra mas seu destino continuaria o mesmo: chegar a ilha.

Ana Paula disse...

ISSO É LOST!

Caraca, q episódio... q episódio, estou repetindo isso há uns 15 min hehehehe!

Quase todos os episódios do Locke me deixam com uma sensação estranha. Como Locke conseguiu superar TUDO o que aconteceu na vida dele? Sei lá... a psicologia não explica isso, como essas pessoas conseguem reagir e se transformar no que são. Locke é um vencedor. Um grande vencerdor. Um líder... sem dúvidas... o ESCOLHIDO!

Agora, com toda a certeza posso afirmar que aquele avião não caiui ali do nada. Essas pessoas estavam destinadas a parar naquela ilha. Tinham que ir pra lá defender o locoal e tb iniciar uma jornada de autoconhecimento e transformação.

Christian Shepard e as 'outras' visões devem ser formas da ilha se comunicar. Jacob deve usar essas 'imagens' ou 'pessoas' para dar os recados hehehehe. Forma sinistra de dar recados, mas tudo bem.

Dúvida: Claire está morta? Espero que não, pois isso geraria mais um mistério...

Adorei o Christian: O BB ESTÁ ONDE DEVERIA ESTAR...

Sabemos que a ilha muda de lugar e isso responde o pq de ninguém encontrá-la ou pq os Oceanic 6 não conseguem voltar!

Engraçado né? A ilha é sensacional... Ben era o líder dos outros, ficou doente e perdeu seu posto para Locke. Jack era o herói, está decaindo e cedendo lugar ao sawyer. A ilha faz as pessoas mudarem hehehe... ou não, faz apenas emergir o que elas realmente são!

Sayid é macho, de verdade! Pegou o bote e foi. Isso que é coragem e determinação. Fiquei com dó de Desmond coitado... tá certo... não tinha que voltar p/ ilha porcaria nenhuma.

Keamy é foda hahahaha. Eita vilãozinho bom (em todos os sentidos) hahaha. Mas espero que ele morra, ou melhor... não sei se quero que ele morra pq ele virou homem bomba. Adoro pessoas com atitudes extremas hehehehe...

E por fim... claro que o Jack tinha que fazer m né? Tinha... pôxa vida, não consegue ficar quieto e parado; Já está sem apêndice e quer ficar sem cabeça tb. Putz... e o pior é que ainda levará todos os losties pra linha de confronto. Ninguém merece. Depois não querem que eu fale mal, mas não tem como... essa síndrome de herói que ele tem ainda vai matar muita gente, menos ele próprio. :( É sempre assim...

Esse final de temporada vai ser quente hein?

Anônimo disse...

Poisé moçada,
a teoria da máquina do tempo ganha mais força: por isso ninguém envelhece.

Júlio Cezar disse...

Caro Davi Garcia,
Primeiramente parabéns pelo blog.
É ótimo.
Estou aqui para compartilhar uma impressão que tive ao assistir à cena em que o menino Locke escolhe seus pertences a pedido de R. Alpert.
Tive a nítida impressão de que, ao contrário do que Richard Alpert faz parecer, John ESCOLHE OS TRÊS OBJETOS CORRETAMENTE, exatamente como Alpert esperava.
Ocorre que ele não tinha a intencão de levar John naquele momento nem havia de fato a tal escola para superdotados que ele se referiu.
Ele estava lá apenas para fazer aquele teste, mas precisava de uma história convicente.
Resumindo, acho que John ACERTOU os três objetos, e a decepção de Alpert foi uma simulação.
Abraços

Anônimo disse...

Houve um comentário dizendo ser estranho o Locke não lembrar do Alpert, mas pra mim estranho seria o oposto.Ele era apenas um moleque e agora não tem mais um misero fio de cabelo, sem contar que o encontro não durou nem uma hora (que é uma fração infima da vida do careca, que também já sofreu muito pra lembrar de algo aparentemente insignificante).Qualquer um esquece rostos e nomes de quem não vê com frequencia (eu por exemplo não lembro das minhas professoras do Maternal até o C.A)

Dedé disse...

O quebra cabeças de lost cada vez mais aguçado. Cada vez melhor, como vi apenas uma vez o episódio não vou comentar tanto, rs
mas o locke hein? sempre com as escolhas erradas e dele, lógico que semprem tentam lhe ajudar ou influenciar ele, como o pai, o policial(show o eggs da camiseta), o ben.. apesar de o richard nunca sacanea-lo então. Pois no episódio pre morte do seu pai ele lhe deu a ficha do sawyer. Agora me veio na cabeça, pq então o Ben veio com aqueles papos para o Mickael de pegar as fichas se eles podiam voltar no tempo???? falando nisso, adoram tocar um carro ou ônibus sobre as pessoas!!! =)
Outro lance que me veio a mente, oceanic 6 são os 6 já revelados, mas o Michael e o brodá Desmond também saem (eles pilotarão o barco) não tenho dúvidas!!!

QUEM FOI NA ILHA SÓ PODE SER MORTO NA ILHA????


Afú o site como sempre!

Dedé (Porto Alegre)
http://ispicialista.blogspot.com.br

Anônimo disse...

alguem sabe o nome e quem canta a musica da vitrola q a Emily ta dançando no inicio do episodio

Anônimo disse...

Eu gostaria de saber, na verdade, se o revólver do Keamy quebrou ou apenas não funcionou contra Michael?

Gabriel Anderson disse...

Tem gente que fala que é fraco, pq tá acostumado com akelas séries idiotinhas que tem por aí, Lost é algo totalmente diferente, não dá nem pra se chamar de série... só q tem gente que não consegue entrar nesse mundo, é um "série" só para pessoas especiais =)
Já tô até imaginando a Ju comentando no dudecast como pode ter pessoas que reclamaram do episódio, to errado? haha

"Episódio Sensacional!!! Muitas surpresas e revelações."

by Nuvem cigana:
"A avó de Locke parecia saber quem era Richard pela expressão dela no hospital ou é impressão minha?" -tive a msm "impressão"

"Hurley sendo camarada e dividindo o chocolate com o Ben e ainda mais rsrs ficando com o menor pedaço. Bom menino." -hauahuah, adorei essa parte

"acho que o pozinho no vidro que o pequeno locke reconhece como dele é a mesma coisa que ficava espalhado ao redor da cabana lembram?" -pode ser neh!!!

"É como se locke lutasse contra o seu destino querendo ser algo que ele não nasceu para ser , um herói, um aventureiro... ao invés de ser o cientista a que estava destinado a ser." -concordo tbm, mt bom!!!

- Widmore errou feio ao tentar achar a ilha, contando tudo o q seria feito apenas ao Keamy. Agora todos (praticamente sem excessão), são contra o Widmore. Ninguém estava ali para matar ngm, só para achar e "salvar" a ilha, e fazer pesquisas... É por isso que a ilha continua "sumida" e alguns sairam ilesos dela.

- Na minha opinião Aaron é o sucessor de Locke, assim como Locke é o sucessor de Ben.

- Livinha: como 2 pares de irmãos foram parar na ilha neh? tem Jack e Claire, e o Mr. Eko e seu irmão lá...

"A arma de Keamy não estava quebrada coisa alguma. Só não disparou matando Michael pelos mesmos motivos de ele
não ter conseguido se matar anteriormente." concordo plenamente

"Tive a nítida impressão de que, ao contrário do que Richard Alpert faz parecer, John ESCOLHE OS TRÊS OBJETOS CORRETAMENTE, exatamente como Alpert esperava.
Ocorre que ele não tinha a intencão de levar John naquele momento nem havia de fato a tal escola para superdotados que ele se referiu.
Ele estava lá apenas para fazer aquele teste, mas precisava de uma história convicente.
Resumindo, acho que John ACERTOU os três objetos, e a decepção de Alpert foi uma simulação." realmente, tbm entendi isso!!!

"PS: Esse realease veio sem a vinhetazinha "LOST"..." é mesmo neh rafa? nem tinha percebido, que estranho....

1º Cabin Fever
2º The Constant

Gabriela disse...

Poxa cade o dudecast!!! Quero ouvir o q vcs vão comentar Davi e Juliana!!!
Beijos...
Gabi Santos SP

Anônimo disse...

Pireeeeeei com esse episódio! muito bom.
E claire jesuuuuuuus muito sinistra!

Silvia_05 disse...

Eu tive a péssima idéia de assitir o episódio ... comendo. Bom, a tensão foi tanta que comi 3 vêzes mais. Episódio bárbaro. Não vejo nem spoilers, nem promos. Prá mim tudo foi total surpresa. Aliás, foi total cagaço. Só não foi pior porque a gente já viu o Christian na cabana, mas se aparecesse o Jacob, eu teria um ataque.

A "confirmação" de que os Losties são "escolhidos" foi a melhor parte. As motivações prá sair ou ficar na ilha sempre foram de caráter pessoal. Agora finalemnte o Locke sabe que tem um objetivo maior - salvar a ilha. Tenho a impressão de que o câncer do Ben foi uma certa punição por exceder em seu poder. Tudo o que ele quiz até agora foi protegê-la. Mas precisa achar um sucessor. Parece que assim que isso acontecer, ele poderá "morrer".

Só tô encafifada com o que o destino aguarda pro meu querido Desmond, que decidiu não voltar prá ilha. A cena do Hurley dividindo o doce com o Ben eu adorei. Parecia uma "trégua" entre o Bem e o Mal antes do inevitável.

A única coisa que eu ainda acho cedo prá acontecer é o Locke ser promovido a lider. Aquele papo que o Ben tem com ele de que soube manipular o Hurley foi esquisito. Tive a impressão que foi uma uma do meu adorado Ben. Como Jacob não fala mais com ele, ele (Ben) passou essa missão pro Locke. Mas apartir de agora, Ben volta ao comando.

Jeremias disse...

Engraçado ninguém ter comentado algo aqui: O MÉTODO DE ALPERT PARA AVALIAR LOCKE É USADO PELOS BUDISTAS QUANDO PROCURAM A REENCARNAÇÃO DE ANTIGOS LÍDERES ESPIRITUAIS!

Os budistas têm sempre alguns candidatos quando esperam a reencarnação de um antigo líder. Para tirar a dúvida, colocam vários objetos na frente do candidato, e pedem que ele escolha "AQUELE QUE JÁ LHE PERTENCE" (=pertenceu em outra encarnação). Os produtores da série já fizeram comparações entre Alpert e os líderes budistas que se encarregam de apontar qual a reencarnação do líder supremo.

Locke avaliou vários objetos, mas só escolheu a faca!

Provavelmente a função de Alpert deva ter uma explicação não religiosa; no entanto, a analogia parece indicar que Alpert está procurando alguém que vá ter uma função equivalente à de algum líder da história passada da ilha!

Creio que a decepção de Alpert seja verdadeira... Ele parecia esperar que Locke manifestasse um certo tipo de perfil que não o do aventureiro. Creio que Locke ainda não seja o líder principal da ilha. Esse talvez seja Aaron!

Agora, qual seria a analogia com a reencarnação? Será que os líderes da ilha são seres cuja consciência se movimenta no tempo, e que tem funções específicas - o manipulador, o aventureiro, o sábio...?

Abraços!

Nat disse...

Li tudo que escreveram, concordo com algumas coisas e outras não, pesquisei muito na Lostpedia pra lembrar de coisas...
Então acho o seguinte...
- Pode ser que algumas pessoas já estão mortas e por isso não podem morrer de novo. Jack, Michael, Locke... Como os mortos são bem "físicos", até carregam bebês, tudo pode acontecer... Acho que Claire tambem morreu na explosão. Talvez mortos com pendencias tenham corpo fisico.
- Acho uma boa idéia q li aí pra cima que a ilha deve ser movida no tempo e não no espaço. Talvez nos dois.
- Acredito que o vidente falou pra Claire que ela tinha que criar o filho dela, somente ela; como ela não gostou dessa idéia, ele previu que o avião ia cair na ilha e mandou ela ir pra Los Angeles, para que ela caisse na ilha e Aaron fosse criado por ela por falta de alternativa. Acho que Aaron é especial porque nasceu na ilha, deve ser algum novo escolhido da ilha.
- Acho que aquele pozinho no vidro que o Locke escolhe é um punhado de areia da ilha, representando a ilha como um todo, e quando ele a escolhe diz q a ilha é dele. Ou seja, Locke foi alguém importante talvez em outra vida passada, pois já conhece até o monstro de fumaça o qual desenhou.
- A revistinha que o Alpert traz fala sobre uma hidden land ("terra perdida")... hum...
- Abaddon e Richard Alpert devem mesmo ter alguma ligação entre si e com a ilha. Devem ser alguma coisa da ilha fazendo contato com pessoas fora da ilha, acredito que nenhum dos dois trabalha nem para Ben nem para Widmore!
- Já que Christian representa a ilha, as visões de Jack no futuro pode ser o que alerta ele que precisa voltar. E agora percebi outra coisa, o nome é Christian, que vem do nome de Jesus Christ. Estranho neh...
- Acho que o "telefone" foi jogado para eles pelo lapidus e eh pra eles monitorarem onde Keamy esta para fugirem! jack burro!
- Horace eh um cara importante. Estava com o pai e mae de Ben quando ele nasceu na beira da estrada. Arrumou o emprego pro pai dele. É com ele que o pai se queixa do emprego. Quando morreu, Ben fechou seus olhos, o que não fez com nenhum outro, mostrando certo respeito (ou sarcasmo)
- As mães de Ben e Locke não são a mesma pessoa. A mãe de Ben morreu no parto e a mãe de Locke apareceu na época da doação do rim.
- Talvez haja alguma premonição ou sei lá o que falando sobre o filho de uma Emily que nasce prematuro ser o escolhido e há uma confusão entre Ben e Locke.....
- Alguém reclamou que a série tem que conseguir explicar tudo de "esquisito" que acontece, como os mortos voltarem e etc, mas acho bom todos esperarem respostas lógicas, embora fantásticas, pois a série tem muita ficção e as respostas devem só ser coerentes, e não realistas.

Dr T disse...

Mais uma vez, o episódio reforça minha teoria: Jacob, de alguma forma, é o Jack. É sóver quem ta na cabine: claire e christian, as melhores pessoas que poderiam representar o Jack.

Jacob, ainda assim, é a forma latinizada de Jack. Ambos querem dizer Jacó.

Pq ngm me leva a serio!!

Gabriel Anderson disse...

mt bom Nat, concordo com quase td.
"- Acho que o "telefone" foi jogado para eles pelo lapidus e eh pra eles monitorarem onde Keamy esta para fugirem! jack burro!"

foi isso msm q aconteceu! (de novo pra bom entendedor meia palavra basta)

e Dr.T eu já ouvi falar q o Jacob é o Locke no futuro... mas Jack? talvez ele tenha sim uma relação forte com Jacob, mas q ele seja o Jacob.

dee disse...

- acho errado culpar o jack. como ele iria saber que o objetivo era exatamente o contrário? Eles não estavam na vila, pra ver como o pessoal já chegou atirando. Vamos torcer pro saywer chegar e avisar a tempo.

- a avo do locke ja conhecia o richard?

- acredito que o descontentamento do richard era real. MAs não se sabe se pelo locke ter mesmo escolhido o objeto errado ou pq p locke escolheu o correto, mas ele queria q o locke errasse.

Silvinha disse...

Gente, prestem atenção!!!!!
Tanto a mãe do Locke, quanto a mãe de Ben se chamam Emily!!!!!!

É só verificar neste último episódio (04x11) e no The Man Behind the Curtain (03x11)!!!

Seriam eles meio-irmãos?????

Ana Paula disse...

Se eles forem meio-irmãos, aí sim vou começar a ficar com medo hehehe.

Como se já não bastasse o Walllllllltttt causar arrepios, vamos ficar de queixo caído com essa revelaçção!!!

Seria legalllll

Luci. disse...

Não são não. A mãe de Ben morre no parto e a mãe de locke reaparece na época da doação do rim.

Se bem que é estranho as duas terem o mesmo nome.

Concordo quando falaram que talvez o escolhido não seja Locke e sim o Aaron, principalmente levando em conta o fato de ter sido o único que nasceu na ilha e o significado do nome dele: "O elevado, o sublime" O homem que ao lado de Moisés guiou os "perdidos" até a terra prometida.

Alessandro disse...

Episódio muito bom! Não tenho muito a acrescentar ao que a galera já disse, mas reforço um ponto: o descontentamento do alpert com o Locke pirralho me parece mais uma situação que que o Lock acerta, mas o Alpert tava torcendo para que ele escolhece outra coisa... De repente o Alpert torcesse que o Locke fosse um homem da ciência e não um guerreiro...
Também acho que a claire bateu as botas na cabana, e o Miles sabia e não falou nada... o sorrisinho dela foi mais sinistro que a samara saindo de dentro da televisão... O_o

Alessandro disse...

Mais uma coisa, olhando o post com os Easter Eggs e revendo o desenho do Locke, me ocorreu que o desenho do sobre o monstro fumaça é mais do que uma noção de algo que ele ainda não conhecia. Me parce com o momento em que ele mesmo foi atacado e arrastado pelo monstro. Seria uma premonição? A ilha já "falava" com ele através de sonhos/qualquercoisaparecida? Então ele já sabia que ficaria careca? hehehehe...
Mais alguém associou aquele episódio do locke com o desenho?

Gabriel Anderson disse...

uma coisa q não vi ngm comentar tbm, e revendo o epi agora eu lembrei...
a cena em que o Locke está procurando o Horace, e o Ben fala que ele atirou no John exatamente onde o Hurley estava, daí ele dá um passinho pra trás com medo, hauhauhauahuahauha

Alessandro disse...

Situação engraçada. Estava olhando a 1 temporada aleatoriamente e coloquei no episódio "Hearts and Minds" exatamente num momento em que jack conversa com o Charlie:

00:32:02,
Jack: Então, confia nele?

Charlie: Confiar nele?
Sem querer ofender, amigo,
mas se há uma pessoa na ilha
que pode realmente nos salvar,
essa pessoa seria John Locke.

É a ilha mandando um sinal aos lost-maniacos, hehehehe...

Esse foi um periodo em que o locke parecia muito ligado à ilha, inclusive prevendo horas exatas das chuvas... havia esquecido que ele parecia mais esperto do que agora nessa fase "faz o que eu mando, por que eu tenho uma faca!"