18/03/2008

Outra teoria sobre como 'ele' se tornou o espião de Ben

Post com spoiler para quem ainda não viu o episódio 4x07 "Ji Yeon".

Você já deve ter visto aqui qual seria a minha idéia para explicar como Michael foi parar no cargueiro, certo? Pois então agora é hora de curtir uma outra idéia que o jornalista Jon Lachonis (aka Doc Arzt) postou no site UGO para essa mesma pergunta.

Por Jon Lachonis para o UGO
Traduzido e adaptado por Davi Garcia


Quando Michael (Harold Perrineau) saiu da série, alguns fãs disseram "Boa Viagem e até nunca mais." Àquela altura, os constantes gritos de "Waaaaaalt" tornaram-se insuportáveis para uns e para outros a irremediável transformação do personagem em um bad guy eram motivos que ajudavam a selar seu destino. Michael havia assassinado Ana Lucia e Libby a sangue frio e sua posterior traição a Jack, Kate, Sawyer e Hurley não ajudaram em nada sua popularidade.

Avancemos para hoje. Diversas coisas aconteceram. Primeiro, a calorosa recepção de Perrineau teve ano passado no painel de Lost na Comic Con, depois a investida de Lost em viagens no tempo e misteriosas insinuações relacionadas a uma bizarra tempestade que circunda a Ilha. Subitamente, a reaparição de Michael parece ser outra revelação do tipo, uma demonstração da mágica da ilha que de alguma forma vai gerar obscuros jogos de viagens no tempo com um certo escocês e estações Dharma ainda desconhecidas para o foco. Percebeu? Michael não pode simplesmente retornar como o espião de Ben no barco sem que exista algo bem bizarro em volta disso.

Michael partiu no final do episódio "Live Together, Die Alone", aproximadamente 1 mês atrás no tempo da Ilha. Esse tempo não é suficiente para que ele tenha chegado ao continente, construído uma história crível para se tornar Kevin Johnson e se candidatado à vaga de servente do cargueiro de Charles Widmore. Com toda a conversa envolvendo viagem no tempo em Lost ultimamente, pode parecer que um acordo de Ben com Michael e um retorno de volta ao passado seria a única explicação razoável. Contudo, isso é o que deveríamos esperar, certo? Será que Lost vai ousar nos dar o que esperamos depois de tanto tempo nos dando exatamente o oposto? Sendo assim, que outra possibilidade existiria?

Voltemos ao painel de Lost na Comic Con. No final da apresentação foi exibido um vídeo de orientação para um estação chamada Orquídea. A Orquídea em questão não era a planta, mas tratava de um estranho campo de energia que cerca a ilha. Com os recentes eventos, alguém poderia sugerir máquina do tempo, mas há uma outra possibilidade também.No vídeo um coelho marcado com o #15 espontaneamente é duplicado. Alguns podem considerar isso um efeito colateral do teletransporte através do tempo e pode ser mesmo, mas há um outro conceito que é bastante sinistro e que tem implicações na trama de Lost.

As orquídeas de fato são flores que dentre outras coisas são capazes de reprodução assexuada. Tire a biologia fora disso e o que sobra? Um objeto com a capacidade de se duplicar. Não que a estação Orquídea em si dê essa habilidade a alguma coisa, mas o nome pode livremente implicar que o objeto de experimento ali seja duplicado.

Já que Michael não poderia voltar no tempo antes do acidente evitando o embarque no vôo 815 e retornar à ilha em dose dupla (a correção de curso impediria isso), a idéia de um Michael duplicado sendo enviado nessa missão torna-se de certa forma possível, ainda que estranho.

Se essa teoria vai se revelar verdadeira ou não descobriremos em breve, mas o certo nessa altura do campeonato é que a última coisa que devemos esperar de Lost é... o esperado.

13 comentários:

EduardoWeb disse...

Teoria Insana! Duplicar do nada? Essa idéia teria que ser muito bem trabalhada, e explicada, será que temos tempo ainda para isso? A não ser que fosse explicada junto com outras dúvidas do mesmo gênero!

Sinceramente, muito boa teoria

Lembrando que não teremos paradoxos não é mesmo?
então dá sim pra se aceitar essa teoria, sendo que se eu retirar o coelho do passado e trouxer para o presente, o coelho que já estava aqui também permaneceria aqui, pois a linha do tempo seria a mesma! viajei demais?

Ah e parabéns pelo Blog, só não sei como vc consegue lidar com spoilers, eu não suporto saber de nada concerteza do que vai acontecer :P

Anônimo disse...

É uma boa teoria, mas como dito acima vai ter que ser bem explicada para ser aceita pelo público em geral.

Becky disse...

Dude,
Gostei da teoria... mas fiquei encucada com uma coisa: Isso poderia explicar tb os corpos q foram encontrados junto com o avião, né?!

Sds,
Beka.

Lilica disse...

Nossa! Um Michael gritando Walt já é um saco! Imagina dois?

amanda couto disse...

Becky, Foi isso que eu pensei quando li. Essa teoria de duplicação explicaria perfeitamente os tais corpos no falso aviao, isso claro se o Ben for mesmo o responsavel pelo teatrinho né?

Alessandro disse...

Seria esta estação que "duplica" as coisas a chamada "Caixa Mágica - Magic Box" de Ben? Seria ela que trouxe J. Locke pra ilha?

Quem sabe....

Julio disse...

Quem já viu o filme "O Grande Truque" (The Prestige) com Hugh Jackman deve lembrar que no filme Nicola Tesla tenta fazer uma maquina de teletransporte, só que a maquina acaba duplicando a pessoa além de teletransportá-la. O sprodutores podem ter tido alguma ideia a partir daí...

mariliamsantos disse...

Olá, Dudes!
Concordo que a teoria seja possível, mas não entendo uma coisa: Por que duplicar logo o Michael??? Fala sério, com tantos "Outros" para serem "clonados" e servirem de espião ao Ben no cargueiro, por que usar o Michael?
Por isso acredito que não houve duplicação e que o Michael era apenas o cara certo, no tempo certo e no lugar certo, e na falta de outro nessas condições, Ben optou por coagí-lo e usá-lo como espião.
Beijos!
Marília Santos, RJ.

david. disse...

Louquisse.
Ainda acho que ele foi 'capturado' inventou uma história maluca e está no cargueiro.
(:
David Lacerda

TATAZENY disse...

Não sei nem o q dizer... são tantas teorias q minha cérebro está entrando em parafuso (:
heuheuheuhue!

Vida longa a LOST 8)

Anônimo disse...

acho que nao tem nada haver essa duplicação. e que o espião nao é apenas michael, é tambem o walt!
se nao me falha a memoria, walt pode aparecer em qualquer lugar, como se fosse assombração. com isso, michael descobre as coisas, conta a walt e este ultimo aparece para bem na ilha. assim como apareceu para locke, a pedido de ben ou de jacob.

e eles devem ter parado no cargueiro simplesmente ao sair da ilha naquele barco. so omitiram de onde vieram e disseram estar perdidos, inventando uma historia parecida com o que aconteceu com desmond (estando num barco e do nada foi pra ilha).

tem algum sentido o que eu disse???

abraços!

Malucom disse...

Michael duplicado? isso não faz nenhum sentido!

Tem gente que viaja demais na hora de criar teorias. A que diz que michael é enviado ao passado por conta da anomalia temporal da ilha ao menos é coerente com o que já foi mostrado até aqui.

Duvido que eles apresentem soluções absurdas só pra criar uma surpresa que, no fim das costas, seria gratuita e incoerente e com o único intuito de causar espanto

vini disse...

o michael é só o faxineiro do cargueiro...ele não precisa de uma "história crível" para se tornar isso,

quanto ao walt ser o espião....acho que é possível tb, e acho q era realmente esse o motivo de ben pedir para locke se sentar quando ele revelou o espião do cargueiro, e eu li em algum lugar que aquele bilhete avisando sayid sobre o capitão tinha uma caligrafia muito "infantil",

bom...pra resumir, essa história de duplicação é meio furada, lost já está bem confuso com os temas atuais, pra que complicar mais?