27/03/2008

Especialista confirma que destroços não poderiam ser recuperados

Post com spoiler se você ainda não viu o ep. 4x08 Meet Kevin Johnson.

Com a revelação de que destroços do vôo 815 haviam sido localizados no fundo do mar, muitos fãs perguntam porque as autoridades no mundo exterior não tentaram recuperar a aeronave. O detalhe é que isso pode não ser tão simples quanto parece e para trazer um pouco de luz para essa questão mais uma vez dividimos com vocês uma matéria do site PopularMechanics.com.

Por Erin Scottberg para o Popular Mechanics
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

O episódio "Meet Kevin Johnson" nos deu mais algumas informações sobre os destroços do vôo Oceanic 815. No exato momento em que Michael - recém ressurgido na série - estava pronto para por à prova o que Mr. Friendly lhe dissera sobre a Ilha não deixá-lo morrer, um noticiário na tv o interrompeu: Os destroços do vôo 815 haviam sido localizados "a grande profundidade, com poucas chances de se recuperar o que sobrara ou mesmo a caixa preta." Depois que James Cash, chefe da divisão de registros e gravações do Conselho Nacional de Segurança nos Transportes nos contou como a caixa preta funciona, ficamos um pouco céticos a respeito do que o noticiário classificou como "poucas chances de recuperação" do que acabaria sendo um avião falso.

Cash diz que provavelmente há alguns lugares no oceano onde a recuperação não é possível porque o solo do mar fica em uma profundidade grande demais ou é muito irregular. No segundo episódio dessa temporada, "Confirmed Dead," vimos um outro noticiário dizendo que os destroços do vôo 815 haviam sido encontrados na Fossa de Sunda, próxima à costa de Bali. A Fossa de Sunda fica aproximadamente 7 mil metros abaixo do nível do mar, transformando-a no terceiro ponto mais profundo do planeta (bem atrás do Challenger Deep que tem quase 11 mil metros de profundidade e fica no Oceano Pacífico). Nessas profundidades, acredita-se que nada pudesse ser recuperado dos destroços.

A mais notória recuperação de um avião ocorrida em grandes profundidades da qual Cash se lembra, é a do vôo 295 da South African Airways que caiu no Oceano Índico perto da costa das Ilhas Maurício em 28 de Novembro de 1987. Essa área estava a aproximadamente 3600 metros de profundidade e demandou 6 meses para que o CVR (gravador de voz do cockpit) fosse recuperado; o FDR (gravador de dados do vôo) jamais foi localizado. Sendo assim, se foi Ben ou Charles Widmore (ou quem sabe os dois juntos) que orquestrou aquele teatro com falsos destroços, ele(s) merece(m) crédito já que fez o dever de casa direitinho plantando o falso avião em uma profundidade suficiente para evitar qualquer esforço de recuperação.

7 comentários:

Lili disse...

Ainda assim é meio difícil acreditar que não conseguissem, afinal de contas esse outro avião caiu a mais de 20 anos e desde então os recursos tecnológicos aumentaram muito. E mesmo assim para cair nessa Fossa de Sunda, também não deve ter sido nada fácil colocar um avião desse tamanho lá. Ou foi só chegar e largar o avião na água e ele foi diretinho para a sunda???

Agora me ocorreu outra dúvida:
O avião realmente está na sunda??? ou a notícia que foi plantada???
Tipo assim, pode estar difícil de eu me explicar, mas, se for assim, ele colocou o avião num laguinho no quintal, fez as imagens e mandou pra tv? ou realmente colocou na tal sunda e pessoas que nao tinham nada a ver com a história o encontraram?

Wagner Souza disse...

Olá, Dude! Muito boa essa matéria. Aliás, fico muito grato quando postam matérias de especialistas, seja em qualquer área, que corroboram as idéias da série.
Muito bom!

Dude! We are Lost! disse...

Valeu Wagner :)

Lili, aqueles destroços realmente estão na Fossa de Sunda. Na série vimos essa informação muito rapidamente no início do episódio 4x02 Confirmed Dead, mas para quem jogou ou acompanhou o ARG Find 815, viu o barco Christiane I chegando à área da fossa e localizando os destroços. De fato não deve ter sido um trabalhinho simples plantar aquela aeronave em uma área tão complicada, mas parece plausível dizer que seja muito mais fácil 'jogar' tudo lá do que retirar. De qualquer forma, por enquanto nos resta esperar para ver se isso será mencionado na trama.

Davi Garcia

david. disse...

Pra mim eu estou dando aleluia que tenha sido implantado.
As teorias que tavam surgindo na época do Find 815 de duplicação do avião por conta da viagem no tempo não tavam passando.

E agora com essas confirmações é estou dando graças a deus.
(:

E sobre eles conseguirem a caixa preta acho bem capaz de terem pego.

Anônimo disse...

Tenho uma dúvida, se os destroços do avião realmente não podem ser recuperados, então qual a necessidade de "plantar" os mais de 300 cadáveres no avião? Não bastaria somente o avião?

Marcelo

Guilherme Berriel disse...

capaz de terem pego vc se referem a kem??
ao pessoal do widmore? ah. ai sim! xD

Po eu tava prefirindo a teoria q o avião tivesse se duplicado... seria d+! mas desde o dia q o piloto do helicoptero, falou q o piloto do 815 tava sem a aliança... eu ja desisti! =/

eh mas nessa profundidade eh meio q impossivel mesmo de recuperar algo!

[ÓTIMO POST DUDE!!!]

Débora Domingues disse...

Ok, cai de paraquedas, mas vamos lá...me digam se estou errada.
O avião afundou com tudo dentro? cadeiras de avião são flutuantes! o avião cai inteirinho e lacrado, com os passageiros presos aos bancos?
Falta explicação