21/03/2008

Ep. 4x08 - Easter Eggs, curiosidades, repercussão...

Post com spoilers para quem ainda não viu o ep. 4x08 Meet Kevin Johnson.


Já conferiu meu comentário sobre o episódio aqui? Então chegou a hora de conferir os...

Easter Eggs e curiosidades



1. Fim do 'mistério' sobre a sexualidade de Tom. O outrora temido Mr. Friendly confessa que em suas raras saídas da Ilha gostava de aproveitar os momentos com um, ah... outro.



2. Na foto da casa de Michael um raro registro de um momento feliz dele com o pequeno Walt.



3. Ao o vermos escrevendo um bilhete de suicídio, surge a pergunta: Por que será que ao sair da Ilha Michael repetiu o gesto de Jack, hein? Sentimento de culpa extremada, o peso da vergonha pelo que fez para sair de lá ou a dor de ter que viver uma mentira?



4. Walt de 10 anos na janela? Segundo a produção sim, mas na prática um ator bem diferente de Malcom David Kelley (em menor destaque na imagem).




5. Libby em dois momentos. Primeiro levando os cobertores para Michael (lembra que era isso que ela tinha ido buscar na escotilha antes de ser baleada?) e depois com a mesmíssima roupa do dia de sua morte.




6. E a árvore de Natal enfeitada nos diz alguma coisa? Claro, mais uma evidência de que a reviravolta na vida de Michael pós saída da Ilha (27 de novembro) ocorreu muito rapidamente no início de dezembro, período tradicional para que os enfeites natalinos comecem a aparecer.



7. Cemitério na Tailândia. Segundo o dossiê que Tom mostra a Michael foi dali que saíram os 324 corpos colocados no fundo do oceano índico juntos aos destroços do falso vôo 815.



8. A prova do crime indica que as Indústrias Widmore encomendou ao preçode US$450 mil, o que parece ser a carcaça de um avião 777, mas será mesmo que dá para confiar na autenticidade disso?



9. Meet Kevin Johnson, o sorridente Michael em um passaporte falso entregue por Tom.



10. O relógio dado a Michael por Jin. Lembrança de um passado recente.



11. Bomba e fim de linha para Michael em sua missão no cargueiro?



12. Não. Apenas uma pegadinha de Ben Linus no melhor estilo Sérgio Mallandro. Ráaaa :p



13. Um novo mapa surge através de Ben apontando o caminho para o misterioso Templo ou Santuário. Alguém duvida que é lá que voltaremos a ver Richard Alpert?



14. E aqui a cena que deve ter sido a mais chocante do episódio. Alex entre os corpos baleados de sua mãe, a francesa Danielle Rousseau e o de Karl. Quem morre e quem sobrevive? Karl e Rousseau respectivamente é claro.


Repercutindo o episódio.

"Mesmo não tendo o sido o mais bem-escrito e mais bem-dirigido dos episódios dessa primeira "perna" de temporada, o mid-season finale foi realmente algo de extraordinário. Primeiro, por ter amarrado o enredo da quarta temporada até agora - coisa inédita em Lost, que até o fim da terceira temporada vinha abrindo arcos como se não houvesse amanhã e fechando apenas aqueles que já tinham passado há muito de seu pico de interesse, numa sequência infindável e anti-climática de revelações vencidas. Comparando a temporada a um quebra-cabeças de milhões de peças, podemos dizer que Meet Kevin Johnson foi a última peça do céu ou do canteiro de girassóis - longe de completar a temporada, completa satisfatoriamente o primeiro pedaço do caminho."

Rafael Savastano (Comunidade Lost Brasil do Orkut)

"É a segunda vez que a série “gasta” seu tempo preenchendo lacunas óbvias este ano (já aconteceu com o episódio de Juliet)... Dito isso, é inegável que o episódio trouxe sim importantes fatos para a trama. A batalha Linus x Widmore está ficando cada vez mais interessante com novos dados sobre o mandante da farsa do vôo 815... A missão de Michael no barco também ganhou uma dimensão maior, pois agora sabemos que ele está ali pra fazer muito mais do que sabotar e espionar. Eu realmente não sei em quem confiar."

Bruno Carvalho (Ligado em Série)

"E depois de dois episódios mais fracos, "Lost" se reencontra ao apresentar um Michael torturado por suas ações do passado e mais uma vez afastado do filho que tanto lutou para salvar... Mas o mais interessante foi descobrir uma outra versão para a origem dos destroços do "Oceanic 815" encontrados no fundo do mar - e, desta vez, acompanha de evidências fortes que explicam até mesmo a origem dos mais de 300 corpos usados para substituir os passageiros desaparecidos. Porém, mais uma vez o melhor fica por conta de Benjamin Linus, que continua a surpreender - e aqui ele demonstra (ou parece demonstrar) uma firmeza de caráter que o separa de Widmore, revelando-se tão convincente quanto o momento em que disse para Michael (na conclusão da segunda temporada): "Nós somos os mocinhos" - uma frase que é amarrada aqui com uma repetição elegante do ponto de vista narrativo."

Pablo Villaça (Cinema em Cena)

"Agora que há uma grande motivação para o personagem e Perrineau tenha evidenciado isso mostrando um Michael tomado pelo desespero, arrependimento, choque, indignação e resignação, pela primeira vez eu realmente me importei com o que fosse acontecer com ele... A performance de Perrineau de fato foi tão marcante, que quase tirou minha atenção de alguns buracos no flashback de seu personagem. Primeiro é claro, fica o fato de que ainda não sabemos o que aconteceu com Michael e Walt entre o período que eles saíram da Ilha - e que de acordo com a cronologia da série ocorreu no final de novembro de 2004 - e chegaram a Nova York. A raiva que a mãe de Michael despejou sobre (sem contar a que ele próprio tinha sobre si mesmo) pode sugerir que ele entregou Walt a ela há pouco tempo, o que faz sentido por causa das decorações de Natal ao redor da casa. Mas isso também significa que a teoria de Doc Jensen de que Michael e Walt tenham viajado ao passado quando saíram da ilha seja improvável. Portanto como é que pai e filho saíram em um barquinho do pacífico sul para encontrar um resgate prometido por Ben até chegar a Manhattan em menos de 10 dias? E se Michael e Walt estão mantendo seus verdadeiros nomes como um segredo, não seria um pouco difícil retornar aos EUA sem identidade? E ainda sobre isso será que o Michael não sabia que seu bilhete suicida para Walt jamais chegaria ao seu filho se ele não estivesse usando uma identidade? Por causa dessas perguntas eu espero que Michael não consiga alcançar seu objetivo de morrer em breve, porque suspeito que algumas das respostas tenham a ver evidentemente com os recursos infindáveis dos participantes da guerra Outros-Widmore. Se é que há mesmo uma guerra."

Adam B. Vary (Entertainment Weekly)

"Toda vez que Benjamin Linus quase te convencer que ele está do lado dos mocinhos e então fizer algo tão desprezível que te faz querer entrar na tela para esmagar seus olhos brilhantes, acalme-se. Esse episódio talvez tenha sido o que mais evidenciou essas ocasiões com as seguintes frases ditas por ele: (1) "Eu não mato pessoas inocentes." (2) "Eu não vou matar pessoas inocentes." (3)"Então Michael, considere-se um dos mocinhos." E então boom! Ficou claro que ele estava por trás da morte de dois dos personagens aparentemente mais inocentes da série (e os únicos que sua filha amava): o namorado Kal e a mamãe Rousseau. É óbvio agora que Ben está simplesmente cultivando histéria e paranóia coletiva para que os losties façam o que ele quer que eles façam. É tudo parte dos seu grande plano para controlar o universo e também uma evidência de que ele não ignorou aquela terrível obsessão do "ela é minha!"

Kristin dos Santos (E! Online)

"Meet Kevin Johnson é sobre a tentativa de Michael de construir esse caminho de reencontro com sua boa essência. Só assim ele pode voltar a se perceber e se entender - e conseqüentemente, fazer com que Walt também o reconheça. Porém, cada passo de Michael é cercado de dúvidas, de fantasmas, de hesitações; e o homem que busca a morte, que se perde de si, que se vê como o peão manipulável de um jogo grandioso, nada mais é do que um único e excelente exemplo do verdadeiro exército de cegos que habita a ilha, esta que é a personagem-mor de nossa saga, percebida em atitude nas fracassadas tentativas de suicídio de um Michael do passado e de um certo doutor Jack no futuro. É preciso confiar em seus desígnios para se reestabelecer o rumo; mas como conseguir decifrá-la uma vez que não se enxerga?"

Carlos Alexandre Monteiro (Lost in Lost)

Por Davi Garcia

55 comentários:

dirTy_DoZen disse...

Vlw Davi! Que rapidez hein! É você mesmo quem tira os sreenshots do episódio? Eu num consigo dar printscreen em vídeo aki =(

Dude! We are Lost! disse...

Sim dirty_dozen, basta usar o bsplayer pois ele tem essa função ;)

Abraço!

Davi Garcia

rodrigo disse...

'10. O relógio dado a Michael por Jin. Lembrança de um passado rescente.'

RECENTE.

LOST tb é cultura. =9

Diogo disse...

que episódio foi esse!? nossa senhora, agora é morrer até lost voltar a passar :~
só um easter egg que acho que você deixou passar, logo após a libby aparece e dizer para o michael não apertar o botão, a camera volta para a mala e ao fundo da para perceber a movimentação de alguma coisa. acho que foi falha de produção mesmo, talvez um camera andando sei lá.
abraço

Malucom disse...

Ben mostrou mais uma vez como é desprezível, pois fica claro que ele armou pra matar seus desafetos Karl e Rousseau.

Não entendo como algumas pessoas ainda comentam que ele pode ser o "mocinho" da história.

Alias, acho que a história ta ficando cada vez mais focada nele, o que eu não acho muito legal, afinal são os sobreviventes que devem sempre estar em evidência!


E essa coisa de toda hora ele ficar manipulando alguém já ta enchendo o saco!

Hugo disse...

hey davi... você esqueceu de colocar à "caça aos bad numbers" nesse episódio. Eu encontrei duas sequencias:

Bmba do Michael: 7-1-7-7-6

7+1=8
1+7+7=15

O episodio foi muito bom, mas faltou emoçao. A cena final poderia ser impactante, mas por causa das performances e de ter sido mal trabalhado, foi tosca. Essa quarta temporada esta sendo boa por responder muitas coisas, só que não ta me empolgando nem um pouco. Poderia ficar sem assistir lost que nem faria a diferença acho. Ta faltando emoçao, e muito. Lost nao era assim

Anônimo disse...

Naum sei qto a vc mas akele copro no caixão no nome que tava no jornal tinha algo com J certo e poderia ser muito bem o kevin johnson onde ninguem poderia ir ao funeral para naum entregar o disfarce e tbem pelo padre ser negro e o homem encontrado em nova iorque

Dude! We are Lost! disse...

Opa valeu pela contribuição Hugo. Sempre divertido brincar com os números que aparecem no episódio :)

Anônimo das 14:44, concordo que a possibilidade de que o Michael seja a pessoa do caixão. Não citei essa possibilidade no post de comentários nem nesse aqui mas o farei no dudecast#12 ;)

Abraço galera!

Davi Garcia

Phil disse...

EI! SIMBOLOS!
Há símbolos no casco do navio que se parecem com desenhos estranhos...
Acho que é na cena logo após o Michael chegar a Fiji.


Philippe - São Luís

Anônimo disse...

Tomo muito cuidado para nao ler spoilers e, no final do Easter Eggs, a ultima frase eh `Quem morre e quem sobrevive? Karl e Rousseau respectivamente é claro.`

Tomem mais cuidado ai ...

desculpa pela chatice

Dude! We are Lost! disse...

Anônimo das 15:42, o texto começa com a seguinte frase:

Post com spoilers para quem ainda não viu o ep. 4x08 Meet Kevin Johnson.

Sendo assim é um pouco infundada sua reclamação, não?

Davi Garcia

André disse...

É que ele achou que fosse spoiler que vc disse que a Rousseau sobrevive. Mas nao há spoiler nenhum nisso, ja que todo mundo sabia que só ia morrer UMA pessoa nesse episodio, e nem q nao falassem isso, eh meio obvio que a Rousseau nao vai morrer, já que nem flashback dela teve ainda.

Carol Flores disse...

Vai dizer que a cena do Tom e seu amante não foi a mais desnecessária dessa quarta temporada? (tirando todo o episódio da Juliet =p)

Lu disse...

Será q nós vamos ver ainda nessa temporada como Charles Widmore descobriu as coordenadas da ilha? To doida para saber. Parece que Aaron conta como 'oceanic 6' mesmo. E se Rousseau morreu mesmo, acharei um p$%* sacanagem, tenho certeza q ela deve ter um FB bem intrigante.

O que Bruno (ligado em série) fala: "É a segunda vez que a série “gasta” seu tempo preenchendo lacunas óbvias este ano..." eu não concordo, pq não são todos que leem spoilers e ficam em foruns teorizando e deduzindo. Para outros não é tão óbvio assim.

Shender Evil disse...

Nossa, quantas injustiças com um episódio tão surpeendente como esse!!
Em primeiro lugar... não foi mostrado sequer 1 ponto sobre de q formas nem como Michael saiu da ilha.
Já sabemos que existe uma diferença de tempo entre fora e dentro da ilha, e se ele chegou muito antes do imaginado? Sayid saiu da ilha e pros losties parecer q a a demora foi de 1 dia... pq o mesmo n pode ter acontecido a Michael de forma MAIOR?

Marcio Melo disse...

Para mim esse episódio foi sensacional

Shender Evil disse...

E em segundo lugar...

fui só eu que percebi que o homem velho que estava no hospital ao lado de Michael era o pai de Locke???
Lembram-se q ele falouq sofreu um acidente de carro e 'apareceu na ilha'?
E se ele entrou em coma, e teve uma de suas viagens do tempo c a mente? Fato este permitido pelo seu acidente?
Isto talvez possa explicar seu aparecimento misterioso na 3ª temporada na ilha.

E, outro fato, não tenho tanta certeza q Ben 'armou' a pegadinha do NOT YET na bomba. Já foi mostrado no episódio tantas armadilhas do destino, impedindo-o de se matar, q não duvido q akela tenha sido outra. E Ben sabe desse 'destino'. Ele nunca admitiu q 'plantou' a pegadinha.

Vlw

Becky disse...

Eu não sei pq, mas estranhei o olhar que a Claire deu para o Miles, assim q o Locke e ele entraram na sala onde todos os esperavam para uma "reunião".
Pode ser q seja apenas um olhar normal, surpreso pela presença dele naquela sala.

Mas me pareceu que algo mais tinha ali... ainda mais se lembrarmos que ela em outro episódio, pediu para o Locke permitir uma conversa entre ela e o Miles, para tentar retirar alguma informação. Como ela faria isso? Muito estranho, né?!

Sei lá, eu posso estar vendo pelo em ovo, mas fica ai minha dúvida... Será q existe alguma relação entre Claire e Miles?

Aproveito para desejar uma Feliz Páscoa!!!

Sds,
Beka.

marimach disse...

Entendo o que o anônimo das 15h42 quis dizer qdo se referiu a spoiler. O que ocorre é que o episódio termina c/ Rousseau e Karl baleados e caídos... afirmar que ela não morre pode ser considerado um spoiler, visto que até o fim do episódio ela não dá "sinais de vida". Caso isso seja apenas um palpite, aí sim realmente não é um spoiler. Discordo do André, que alega que "todo mundo sabia que só ia morrer UMA pessoa nesse episodio"... EU não sabia ehheheh ;p

Juliana Ramanzini disse...

Pessoal, é só a opinião do Davi e não um spoiler. Se fosse spoiler, teríamos feito um post dando a fonte da informação, como é de praxe.

Nada foi dito sobre o episódio nem sobre o futuro desses personagens. Portanto, é mera especulação e opinião do autor do post.

Caso os produtores revelem algo, ou spoilers sejam revelados, avisaremos.

brotha luiz disse...

Sobre a saída do Michael da ilha, tem muita gente fazendo um alovorço só porque não teve a ver com viagens no tempo e etc.
Achei convincente e satisfatória a história do Michael.

Mas se vocês ainda não se contentaram, penso assim. Acho que 2 semanas é o suficiente para ele contar ao Walt que matou Ana Lucia e Libby, ficar se culpando por isso e por ter perdido o filho, tentar se suicidar e adentrar o cargueiro.
Como foi tão fácil adentrar o cargueiro?
Vocês viram o que foi dito nesse episódio né? "Tem gente aí no cargueiro que é inocente."
Aposto que boa parte dos que estão a bordo não fazem idéia da complexidade da missão deles.
Além disso, descarto a possibilidade de viagem no tempo, pois a mãe do Michael fala que ele ficou fora por 2 meses. Esse tempo está correto, não?

Agora, queria ouvir umas opiniões aí. Por que o Widmore deu ordens para "matar" todos na ilha? Será que isso não prova que ele é o responsável verdadeiro pelo avião falso no mar?
Não sei nenhuma outra razão pela qual ele quer ver todo mundo morto. Algum sabe!?

Anônimo disse...

Belo post Davi =)

Mudando de assunto...

Não sei se já é do conhecimento daqui do Dude, mas acabei de ler uma reportagem que saiu no site do series etc dando conta de q a estatua do pé de 4 dedos corre risco de naum ser mais mostrada em Lost. =(

Se isso acontecer será lamentável para nós fãs da série.

Ta aqui o link da noticia.

http://tv.globo.com/ENT/Tv/Seriados/Lost/0,,AA1676250-6258,00.html

Abraço a todos e Namastê

Lene Melo

Anônimo disse...

Davi Garcia

Eu já havia assistido ao episódio, e não falava nada de quem morreria...

Apenas mostrou que os dois levaram bala.

Onde você viu que o Carl morre? não neste episódio ...

Infundado é o que você diz ...

Anônimo disse...

Desculpae,

Não era minha vontade ofender a ninguém,

Tenho muito mais a agradecer a este site, do que apenas reclamar.

É que, desde o final da temporada passada, qdo saiu a sinopse inteira do final da temporada, passo longe de qualquer tipo de spoiler. Até preview.

Abraços!

Dude! We are Lost! disse...

Sem problemas Anônimo (aliás qual teu nome?).

Como a Ju já comentou antes, o que escrevi é uma opiniao pessoal sobre aquele acontecimento. Considero que a morte do Karl é infinitamente mais aceitável e plausivel do que a da Rousseau já que ela parece ainda ter muito a dizer sobre a história da ilha.

Abraço!

Davi Garcia

rafaelbh disse...

Achei o episódio muito bom, mas nem chega aos pés the "The Constant". Acho que poderiam ter mostrado melhor a saída do Michael da ilha. Pelo menos se houve algum tipo de turbulência ou "viagem no tempo" na hora em que ele sai pela coordenada 325 em direção ao suposto "escudo" que envolve a ilha.

Pra quem falou que o sr. ao lado da cama do hospital do Michael seria o pai do Locke, olhe melhor. Eu não vi nenhuma semelhança (repare o cabelo por exemplo).

Quanto à "visão" da Libby no hospital acredito ter sido pura "viagem", diferente da "viagem" do Hurley com o Charlie. Reparem que qdo ela aparece não há árvore de natal ao fundo, mas quando a enfermeira real aparece, a árvore está lá. Pode ser erro de continuidade tb. Vai saber...

A relação da Claire com o Miles talvez tenha algo a ver com as premonições que fizeram parte da vida dela, exploradas ainda na 1ª temporada.

Erro grotesco do episódio: depois de uma porrada daquela contra um container, como o rádio ainda funcionava??? A bateria e a fiação teriam ido parar na ilha!!! Rádio funcionando foi "meio" forçado!!

Só pra finalizar: Alex é gata mesmo, e meu 2º lostie preferido Sayid (atrás do Hurley) fez m... ao entregar o Michael. Isso pode realmente ajudar a explicar o pq dele trabalhar pro Ben.

Abraços!!
Rafael - BH

Rodrigo disse...

Easter EGG

Alguem percebeu que temos uma espécie de ponto eletronico ou algo do genero no ouvido do Karl quando mostra ele caido após ser baleado???
Alguem saberia confirmar se é realemnte um ponto? A cena aparece no minuto 40:25 do episodio!

dirTy_DoZen disse...

Davi vlw pela dica do bsplayer. Aki vai mais um badnumber pra vc: no rádio do carro do Michael o volume fica em 17 (1+7=8)

James disse...

Davi Garcia,

quando mostra Michael e Lapidus Conversando no barco, ai no barco mostra so um Helicoptero, era pra ter dois num era?

ja que Naomi foi a primeira a ir pra ilha, e o helicoptero que ela foi caiu na agua!!!

será que foi erro de gravaçao mesmo???

Dude! We are Lost! disse...

Pois é James, teve muita gente que comentou esse "detalhe". Pode mesmo ter sido um erro porque só vimos 1 helicóptero no deck do cargueiro. Será que deram esse mole? Bom, no dudecast #12 que chega já já comentamos sobre esse ponto também ;)

Abraço!

Davi Garcia

faBRicio disse...

Comentários ótimos, mas nada de Easter Eggs dignos de nome. Culpa do Davi?

Não mesmo. Culpa do episódio: ótimo de conteúdo, mas tecnicamente fraco, corrido, desamarrado. Flashback enorme e de uma vez, resposta sem sal para o que aconteceu com Michael. Amarração ruim com a fuga de Alex, Karl e Rousseau: a coisa surge tosca numa fala de Ben, os 3 aceitam fácil e quebram a cara no final.

Resumo? Das duas uma: ou preguiça de roteiro, ou um compacto feito às pressas por causa das alterações de datas e número de episódios. Prova mais uma vez de que essas bagunças burocráticas (involuntárias, neste ano) afetam sim a série (e todas as séries, aliás).

Raphael Aguiar disse...

Caros amigos e fãs e LOST.
Achei o episódio demais!
Eu não tinha visto nenhum SPOILER pra esse episódio, portanto muitas coisas pra mim foram surpresa.
E justamente esse é um ponto a ser discutido aqui, muitos que ficam lendo SPOILERS feito loucos acabam fazendo algumas críticas não construtivas sem pensar que afinal a série é feita não só pra eles, mas sim pra milhares de outros fãs que simplesmente não sabem nem querem saber o que vai acontecer.
Conversei com um monte de gente que acompanha a série mas não lê SPOILERS e muitos disseram que tiveram várias surpresas no episódio tão criticado da Juliet e nesse.
Isso também entra nas críticas sobre o nível da série, pois durante as primeiras temporadas não haviam tantos nem tão explicitos spoilers, o que nos trazia mais surpresa. Afinal, assistir o 1o ep da 1a temp sabendo que o piloto vai morrer e que vai aparecer um barulho estranho no mato é totalmente brochante.

Sobre o episódio, os próprios produtores falaram que a Rousseau terá seus flashbacks somente na próxima temporada, o que deixa ainda mais forte a clara hipótese de que ela não estaria morta. Mas que foi loko ver ela tomando um tiro foi sim XD. E que morte bizarra do Karl en?! Morrer depois de um momento de tranquilidade e relax é totalmente esquisito, muito bem colocado pelos produtores.
Pra mim, o fim da temporada vai ser a lá "Jogos Mortais", mostrando que Ben já sabia e tinha certo controle sobre toda essa cadeia de eventos que está acontecendo.
E o Locke com aquele olhar meio perdido? Ta meio brochante! O antigo Locke era mais intrigante.
O flashback do Michael não foi tããão legal, mas se eles tivessem feito diferente ou seguido algumas das sugestões aqui postadas, o epísódio teria que ser de duas horas, o que não seria má idéia.

E espero do fundo do coração que tudo isso que esteja acontecendo seja para que as revelações sobre a Ilha sejam melhores compreendidas, afinal ESSE é o grande foco da série.

E vai ser muuuuuuito foda esperar até dia 24 de abril, mas fazer o que né? Greve é direito dos trabalhadores, mas prejuizo para os que utilizam desse serviço.

Fora isso, meus sinceros parábens ao blog, aos DUDECASTs e principalmente ao David, Juliana e Fernanda.

Abraço a todos e boa páscoa cheia de Easter Eggs!

Anônimo disse...

Anonimo=Flávio

Só havia 1 helicoptero mesmo ... aquele da Naomi o cara conseguiu pousar ... lembra !?

flw

Anônimo disse...

Raphael Aguiar,

Vc falando o que o criador de lost disse sobre o flashback de Rosseau na proxima temporada, é um spoiler.

Dude! We are Lost! disse...

Pessoal, na realidade não há nenhuma confirmação sobre um flashback da Danielle para a próxima temporada, ou continuação dessa. Os produtores só disseram que não descartam essa possibilidade e que gostariam de fazê-lo.

Sobre SPOILERS... o Dude é um blog de spoilers, como bem define seu o título. Ainda assim, NEM TUDO QUE POSTAMOS AQUI É SPOILER. Por isso, sempre AVISAMOS COM DESTAQUE E EM VERMELHO quando vamos comentar algo que vcs realmente devem ter cuidado ao ler.

Aqui no Dude, entendemos que SPOILER é um a palavra usada para definir informações que revelem fatos IMPORTANTES DA TRAMA, DA HISTÓRIA DO EPISÓDIO. Ou seja, o que vai acontecer no episódio. Tipo, contar quem vai morrer, quem vai ficar com quem, que tal cena vai acontecer, que tal pessoa vai revelar tal coisa... e o resto não consideramos spoiler.

Essa é a nossa diretriz! ;)

James Ford disse...

Uma pergunta, pessoal. No episódio passado (04x07) o Jin e o Bernard aparecem conversando e pescando juntos em cima de um barco. DE ONDE APARECEU AQUELE BARCO???

Anônimo disse...

James, foi o barco do Karl.Que se não me engano foi o mesmo usado pelo Charlie e pelo Des na temporada passada.

yurialisson disse...

Foi um bom episodio. Durante o episodio fiquei supreso com a situaçao do Michael querer se matar (assim como o Jack agirá), a mudança do Walt com relaçao ao pai (entre a saida deles da ilha e este episodio), e com a ultima cena do episodio, o qual eh rapida e meio inesperada ("meio inesperada" porque: primeiro o olhar q o Ben lançou para o Karl quando ele estava "grudado" na sua filha, e dps o Karl dizendo q tava com um "mau pressentimento"). Quando acabou o episodio, eu fiquei uns 10 segundos paralizado vendo a tela, esperando q houvesse uma continuaçao! oiahshioashoi :]

Mas realmente tenho q concordar com algumas palavras do fabricio: Karl, Alex e Rousseau aceitando a ideia do odiado Ben sem nem pensar direito na situaçao.. nao achei boa essa parte, apesar de que talvez essa "pressa" possa ter sido influenciada pela greve dos roteiristas.. q atrapalhou esta temporada.

E, na minha opiniao, acho que Ben queria eliminar Karl e Rousseau, e foi ele quem preparou a emboscada. Mas talvez, uma supresa da serie, revele que na verdade quem atirou era realmente alguem que esta na ilha e que eh do cargueiro! Mas enfim.. saberemos essa resposta so quando vier os novos episodios!

E sobre spoilers, olha, obviamente que o pessoal do dude nao vai conseguir controlar 100% as pessoas de revelarem algum spoiler.
Aqui na parte de comentarios alguem acaba dizendo um, so por causa da empolgaçao de comentar sobre fatos do episodio e sobre teorias.
Mas realmente o Davi meio q escorregou dizendo sobre a "certeza" de que Rousseau vai sobreviver.. (logicamente uma teoria dele, e nao um spoiler). Mas o Davi nao merece nada d reclamaçoes, e sim elogios pelo otimo trabalho dele aqui hehe ;]

Bruno Carvalho disse...

Lu, eu não leio spoilers, mas muitas coisas que aconteceram no flashback do Michael já tinham sido mostradas! Eles preencheram lacunas que qualquer um que assistiu aos episódios anteriores poderia deduzir. Ao invés de mostrarem o que ele fez pra sair da ilha ou um pouco mais de suas ações no navio, preocuparam-se com o óbvio, dilemas bobos e aquela bomba falsa que, pela ótica prática, não serviu pra porcaria nenhuma e ainda pôs em risco toda a operação só pro Ben fazer um "joguinho" de longe. Michael viu que aquelas pessoas são más quando constatou a quantidade de armamento que carregavam. Não precisava de bomba falsa.

Luana disse...

o pessoal q está no barco está sofrendo (psicologicamente e etc) pq estão perto da ilha, pq não acontece nada com os outros q entram e saiem da ilha?

Anônimo disse...

Oi gente.é a 1vez k falo aki no dude..e em 1lugar kero e mt dar os PARABENS ao david pelos seus comentarios após os episodios.todos eles sao maravilhosos e fascinantes! LOST ta sempre mt à frente e sem duvida p mim a melhor serie d todos os tempos.é tudo mt mt Bom mesmo! agora pk sayid foi xibar michael??ñ vi ninguem comentar isso. uma grd pascoa p todos os losties aki,e 1 mt especial ao david! voce ta d parabens.,pq LOST é DEMAIS!

Anônimo disse...

Davi..este ultimo comentario do anonimo é o ruka d portugal e viciado em Lost e em seu blog.!p.s.- se decidir publicar meus parabens pode colocar o nick.abraços

Ursula disse...

Nossa! Esse episódio foi muitooo legal! e eu parei pra pensar que se eles explicaram um simples comentario do tom pra kate ("vc n faz o meu tipo") acho mesmo q vamos ter todas as respostas sem furos! =] eu queria dormir hoje e acordar dia 22 d abril pra ter um pouquinho só de suspense! xD
adoro demais o blog! vcs estão de parabéns! pra mim é o blog mais compelto de informações importantes, e vc é sim um expert, Davi, ao contrario doq vc disse no dudecast! hahauahhaua
=D
Sucesso pra vcs! =]

peteli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Avelar Jr disse...

IMAGEM INTERESSANTE

Alguém sabe o que é aquela imagem que está na cabine de Ben quando ele liga para Michael? (No ponto 35:26 do vídeo)

Será que é algum deus e se tem alguma relação com o santuário de que Ben havia falado neste mesmo episódio e no último da temporada passada?

Anônimo disse...

Muitos tem reclamado da falta de respostas sobre como Michael e Walt sairam da ilha, mas o motivo para isso é obvio, o garoto que faz o Walt cresceu logo eles não tinham como fazer cenas onde ele aparecesse constantemente e de perto.

Hélio disse...

Tirando a inconsistência temporal, o que realmente me incomodou foram as incoerências no comportamento dos personagens, principalmente porque Lost é uma série que trabalha bastante o aspecto psicológico dos personagens, e os motivos que os levaram a agir de um determinada maneira.Assim:

1-Diante do sacríficio que fez por Walt ao matar duas pessoas, será que Michael realmente arriscaria o seu frágil relacionamento com ele(que uma vez fora cultivado com o achado de Vincent por Locke, que ele não hesitou em assumir como seu)contando a um garoto de 10 anos o que ele tinha feito?Até porque qual a necessidade de colocar Walt irritado com Michael? Não seria muito mais interessante e plausível(considerando-se que Lost enfatiza bastante a mudança dos personagens, como se ilustrou com Jin no episódio anterior) ver o arrependimento de Michael e a sua ida ao cargueiro como algo inerente ao seu caráter e não pelo seu amor a Walt, já que este agora estaria salvo?

2-Totalmente incompreensível o comportamento de Sayid. Não era ele que se caracteriza pela frieza e reflexão ao lidar com problemas emocionais?Qual a justificativa para uma atitude tão impulsiva?

3-Que reflexos mentais a Alex possui, hein? Considerando-se que ela tinha concordado prontamente(o que pareceu, diga-se de passagem, também meio forçado) com que o Ben disse, como ela, num meio de um incidente que havia acarretado no mínimo, ferimentos graves na sua mãe e no seu namorado, pode pensar que em agir da maneira exatamente oposta da que Ben lhe indicou, lhe levaria a ter sucesso?Ação totalmente incomprensível, a não ser que houvesse um componente visual envolvido, indicando que eram os Outros e que Ben os havia enganado.

Pra terminar o meu primeiro e infindável post no site, totalmente desnecessária a bomba falsa.Ben é um cara totalmente objetivo, e não parece lhe ser fundamental que seja visto como o bonzinho(desde que os seus objetivos sejam alcançados).Assim aquela situação não exigia tal encenação. Principalmente quando se considera que a atividade teste era muito pior que a ação planejada por Ben.Ora, como comparar matar todas as pessoas do cargueiro, com desativar algumas máquinas e impedir a chegada deste a ilha? Ora, a não realização da primeira, não impediria a da última, sem dúvida; e a realização da primeira não acrescentaria em nada a da segunda; concluindo, Ben tinha arruinado a vida de Michael; será que alguma coisa que Ben fizesse ou falasse a Michael, iria lhe tornar um dos mocinhos?A atuação de Michael, não era, na realidade, motivada pela situação do pessoal da ilha, independe de Ben ser do bem ou não?

Gabriel R disse...

Peteli, o que vc disse realmente não tem nenhum sentido!
Aliás, vc falou, falou e nãi disse nada!
Vc se contradiz e acabou enrolando tudo!
Jin está em um flashback! Acorda!!!
Eles estão no ano do dragão e Jin fazia esse tipo de trabalho sim!
Aff, e me desculpem, mas ainda tem gente que diz que "é realmente aaron parece ser um Oceanic six"!!!
Deus, ele é um Oceanic SIX!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
já sabemos disso desde o episódio 4!!!
A promo do episódio disse e a novo promo confirma!
Ainda tem gente achando mesmo que Aaron não é um Oceanic SIX??????
Vcs assistem a mesma série que eu?

peteli disse...

Não gostei muito desse episódio, afinal, ele não colocou aquele mistério que todos capítulos colocam, só explicou coisas, e não aconteceu nada que nos deixasse com 'cabelo em pé' ;p...como a lápide no capítulo interior, e coisas do tipo...
E só pra ressaltar a coisa da lápide, pois acho que ninguém mais vai ler os comentários do outro capítulo:

"Na minha opinião, Jin se FINGE de morto, inclusive para Sun e Hurley. Afinal, ele aparentemente está na china (Ele diz algo sobre a China quando entrega o panda) e diz que só está casado a dois meses, mas antes mesmo de ele cair na ilha ele ja era casado. E se falarem: aaah, era flashback...Mas Jin trabalhava pro pai de Sun antes de cair na ilha, e nada de seu trabalho envolvia relações como essas..."

Anônimo disse...

Achei bem preconceituoso o primeiro comentário. O cara não pode ser Gay e temido? Não entendi...

Igor disse...

O Easter Egg mais estranho pra mim é o Sayid dormir de bota....

My name is Luka disse...

Reparei um erro de gravação no final do episódio:

Quando Ben chama Alex para que ela vá ao Templo, Rousseau aparece ao fundo.

Alguns segundos depois, na continuação desse mesmo diálogo, ela é mostrada novamente e, do nada, surgem uma mochila e uma metralhadora, como se ela estivesse pronta para sair.

Alguém reparou?

Tharcy disse...

Finalmente alguém soltou uma dentro a respeito do tamanho do Walt! É ÓBVIO que o ator, que passou de criança para adolescente, cresceu de verdade. A série já está há tempo suficiente rodando, para ser perceptível uma mudança de tamanho em um menino. O que eles iam fazer com o ator?! Incorporar esse "crescimento" na trama, claro. E o menino que está na janela tinha que ser outro, já que o ator está grandão. E pra constar, é parecidinho sim com o Walt. Fora que, a cena foi tão rápida, meio na sombra e de longe, que só quem está realmente procurando achar cabelo em ovo iria notar a diferença de atores. Não foi erro de gravação ou fora da produção. O problema é que nós, fãs de lost, vemos todos os detalhes microscópicos para achar alguma pista. Um telespectador comum não veria esse problema.

rafael r. disse...

Tharcy, aí é que está o detalhe eu não me considero um telespectador comum e portanto esperava que a produção usasse o mesmo ator que faz o Walt disfarçando sua idade com algum efeito de camera ou sei lá o que. Não se trata de procurar pêlo em ovo mas sim de perceber os detalhes. Seria a mesma coisa que pegar um outro ator coreano e começar a dizer que ele é o Jin...

Wesley disse...

BEN estava fora da ilha???? Se ele tivesse falando da ilha quando ligou pra MICHAEL passando-se por WALT iriam localizá-lo, não? Além do que, o carinha do navio disse que a ligação vinha do continente. Essa ligação ocorreu em algum momento da 3ª temporada, mas nela vimos BEN o tempo todo. AJUDEM-ME a entender.