07/03/2008

Ep. 4x06 - Easter Eggs, curiosidades, repercussão...

Já sabe, né? Se ainda não assistiu o episódio 4x06 The Other Woman, recomendo que deixe a leitura deste post para depois. Já viu e registrou sua opinião? Então vamos ao que interessa.

Easter Eggs e curiosidades




1.
Início de episódio e veja só que bela sacada teve nosso amigo Carlos Alexandre Monteiro do Lost in Lost. Um dos diplomas vistos no 'consultório' de Harper Stanhope mostra o que parece muito com o símbolo da Hanso Foundation, concorda?



2. Aliás falando na terapeuta, quando ela pergunta a Juliet o que ela acha de Ben e esta responde dizendo , "ele tem sido bom comigo", Harper retruca com um simples, "Claro. Você se parece
muito com ela." Hum... mas quem seria essa tal mulher com quem Juliet se parece? Que tal a do quadro na casa de Ben, hein? Sim, já havíamos visto o quadro antes e especulado se a mulher retratada era sua mãe, mas e se ela na verdade for Annie já adulta?




3. Ainda na casa de Ben mas em outra cena, Locke retira do cofre escondido atrás de um quadro, uma fita de vídeo que traz a gravação de uma câmera escondida que mostra Charles Widmore espancando um dos Outros enviados por Ben para fora da Ilha no que podemos supor como uma tentativa de espioná-lo. Ah, e o Red Sox da etiqueta faz referência àquele outro vídeo mostrado por Ben ao Jack no início da temporada passada, lembra?




4. Tempest, a nova estação (pelo menos para nós) que controla a energia que abastece a Ilha segundo Juliet. O que pouca gente sabe no entanto é que aquele cenário (ou pelo menos parte dele) existe de verdade e atende pelo nome de Cooper Battery, um silo remanescente da Segunda Guerra construído dentro do Kualoa Ranch.



5. E para fechar, o joguinho de Sawyer e Hurley com ferraduras, objetos que fazem alusão à sorte do dude. Aliás, lembra que quase ninguém ganha nada que disputa contra o Hurley? Jogo de ping-pong (com Sawyer), um rápido mano a mano no basquete (com Jack no flash forward) e por aí vai... A única exceção à regra fica com Walt que faturou US$83 mil do gordinho em uma partida de gamão.

Repercutindo o episódio

"Depois de 3 semanas onde a trama estava sendo armada, eu queria um episódio que me desse pelo menos algumas recompensas... Bem, tenha cuidado com o que deseja. A melhor coisa que eu posso dizer sobre The Other Woman é que ele tentou muito dar a recompensa que eu queria, talvez tenha tentado com afinco até demais. Tudo pareceu forçado para mim. A súbita transfrmação de Charlotte e Faraday em agentes secretos saídos de Missão Impossível; o melodrama exagerado dos flashbacks de Juliet; o beijo sem sentido e pouco natural entre Jack e Juliet; o cliché do clímax onde uma catástrofe é impedida faltando míseros segundos para ocorrer. A história ficou perdida como se estivesse tentando achar algo para nos prender e felizmente ela conseguiu me ganhar com as cenas de Ben e Locke (sempre ótimas na minha opinião) e com expansão da mitologia dos Outros sob a revelação de que o grande vilão por trás do cargueiro é ninguém menos que o pai de Penelope, Charles Widmore. Isso foi quase suficiente para salvar o primeiro episódio ruim da temporada."

Jeff Jensen (Entertainment Weekly)

"O flashback de Juliet (que se mesclam com a história da ilha), tão esperados por todos os fãs da série depois dos ótimos “Not In Portland” e "One of Us", chegou e não trouxe quase nada de novo sobre a vida da médica. Aliás, nós passamos o episódio inteiro vendo atos e fatos que facilmente poderíamos inferir que aconteceram, sem a necessidade de gastarem o precioso tempo da série com eles (o relacionamento dela com Goodwin, o cárcere forçado por Ben, as experiências genéticas que deram errado etc). Foi como se os produtores estivessem nos dando peças inúteis para montar um quebra-cabeça. Em certo momento Juliet diz para Jack que “sua ficha” não deveria ser vista, fazendo-nos esperar que um chocante fato sobre a loira seria mostrado (eu particularmente imaginei que ela teria uma influência direta na morte de Ana-Lucia através de Michael). A verdade é que, ao contrário do que aconteceu no excelente episódio anterior, este não deixou muito o que repercutir."

Bruno Carvalho (Ligado em Série)

"Só pra começar pelo nome do episódio, temos logo de cara três interpretações para ele. Juliet é "a outra" no relacionamento de Goodwin e Harper, no relacionamento de Jack e Kate, e é também a outra pois pertenceu ao grupo dos Outros. E não venham me dizer que esse foi o pior episódio da temporada. Não foi! Pelo contrário, foi um bom episódio até. Já falei uma vez várias vezes e torno a repetir. Não leiam spoilers, isso torna o episódio muito melhor. Também não queiram ficar comparando sempre com o 4×05, pois já estamos carecas que nem o Locke de saber que nem todos os episódios serão como aquele."

Pedro (Blog Na Tv)

"Típico episódio "filler". Nada de novo (quem não imaginava as intenções de Widmore? E finalmente sabemos algo que Ben desconhece: como Widmore descobriu a ilha.). A subtrama do gás foi besta até dizer chega. Perda de tempo. Bleh."

Pablo Villaça (Cinema em Cena)


"E sim: de fato, este foi um episódio de Ben. Foi ele que enviou Harper a Juliet; que motivou a expedição de Charlotte e Faraday; que revelou Widmore a Locke - e foi nesta comprovação de que estamos em meio a uma guerra de dois vilões que "The Other Woman" encontrou seu melhor momento. "

Carlos Alexandre Monteiro (Lost in Lost)


Por Davi Garcia

15 comentários:

Dudu Maroja disse...

Huyley deixava o Walt ganhar...

Sobre o Widmore.. ta na cara que a Regata anual que ele organizava era so uma tentativa de achar a ilha.. aluma hora alguem ia acabar dando de cara com a ilha.. o que aconteceu com o nosso amigo Desmond!

e GPS nos barcos podem indicar mais ou menos a posição que o desmondo estaria antes de "desaparecer"

Não creio que o Diario do Black Rock indique a localização da ilha.. a Hanso foundation não permitiria o vazamento dessa informaçao.. a nao ser que A Widmore seja o socio majoritario atual da Hanso faudantion.. hummm

bom.. mais realmente e mais facil aceitar que o Diario tenha dado a pista e a regata foi para achar uma localização mais precisa. mandnado centenas de barcos na direçao apontada pelo diario!

Anônimo disse...

tem um vulto de uma pessoa atraz do Ben ao assistir o inicio da fita red sox, ou é só impressão minha?

Luana disse...

Estranho é que Juliet diz p/ Jack: "nem queira ler minha ficha". Se ela não quer, talvez há algo bem interessante a ser mostrado no futuro p/ a gente.

Lu disse...

Se for Annie no quadro, deve ter engravidado dele e morreu. Será que vamos ve-la de novo (adulta) em algum FB dele?Fiquei curiosa..... ow novidade. haha

Malucom disse...

Por favor, não mostrem mais comentários de Pablo Vilhaça aqui no Dude. Esse cara é um daqueles "críticos" que nunca estão satisfeitos com nada!

O dude é um blog muito bacana pra acolher comentários desse tipo de chato!

Bob disse...

O momento mais intrigante do episódio foi sem dúvida o diálogo entre Juliet e a terapeuta no meio da selva, saquem só:

- O que faz aqui?
- Trouxe uma mensagem do Ben. As pessoas que procuram, o Faraday e a Lewis, foram em direção à Tempestade. E se eles descobrirem como preparar aquele gás, todos nesta ilha vão morrer.
- Por que não os detém?
- O Ben quer que você faça isso. (Isso não faz sentido algum. Por que a necessidade da Juliet realizar esta tarefa? Não seria mais seguro que os próprios outros fizessem isso?)
- Como o Ben sabe onde estão, se é prisioneiro?
- O Ben está exatamente onde deseja estar. (O que ela quis realmente dizer com isso?)
- E como devo detê-los?
- Apontando uma arma e puxando o gatilho.

Como o diálogo não fosse estranho por si só, as falas da terapeuta ainda soaram muito artificiais, em certos momentos parecia um robô dando instruções.

E por fim ela desaparece do mesmo jeito que surgiu: como num passe de mágica e acompanhada das vozes misteriosas. Muito, muuuuito estranho.

Patrícia disse...

Alguém viu uma pessoa no meio da mata com as mãos na cabeça atrás do Jack enquanto ele falava com a Kate (29:01).

Anônimo disse...

Concordo com o que disse o Bob.
E espero que tenhamos a resposta em episodios futuros.
A conversa da terapeuta com Juliet me lembrou aquela do Yemi com o Eko em "The cost of living". Ou seja, acho que era o "Lostzilla"...

Frederico W disse...

Bom, eu to achando estranho ninguém comentar sobre a fala do Ben para Locke quando ele pergunta sobre o "I have a man on their boat". Ben diz que então é melhor ele se sentar.

Quem será esse misterioso homem. Parece ser algo chocante para Ben recomendar que Locke se sente. Quem poderia ser ? Algum sobrevivente? Alguém dos "The Others" ? Alguém de fora, mas que seja conhecido ?

Eu fiquei bem curioso. Será que falam disto no próximo episódio ?

abraços,
Freddy

Anônimo disse...

Essa demora entre temporadas esta prejudicando Lost, pois as pessoas(eu tb) ficam anciosas quando começa e quer todos episodios TOP´S!!!Então se decepcionam com um normal...na verdade serviu pra mostrar certos detalhes, mas se for detalhar tudo que aconteceu tera que ter mais umas 36 temporadas ainda.....ahh e como surgiu vultos e "pessoas" escondidas neste episodio...heheheh flw abrasss André M.

James disse...

galera, num sei se eh impressao minha, mas eu acho q o cara que esta vendado que foi pego por charles widmore, eu acho q ele se parece muito com Mikail Bakuni, oq vcs acham?

camila alam disse...

Esse foi o pior episódio da 4ª temporada! concordo com Jeff jensen da Entertainment. tudo pareceu muito forçado! :(

Anônimo disse...

cara... ainda temos q sofrer ate 2010???
isso é q é maldade!!!

Anônimo disse...

IVANILDO
a Harper veio realmente a mando do Ben.
mas como o Ben mandou ela se estava preso?
resposta - ela veio do futuro - o Ben de um um pouco a frente mandou ela em uma viagem no tempo para aquele momento a falar com a Juliet. dai o motivo dele saber tudo o que se passava na ilha naquele momento vendo do futuro.
ouviu-se vozes novamente, assim como aconteceu com o encontro do richard quando veio tbm do futuro conversar com Ben ainda menino na floresta

jamagonça disse...

Não concordo que tenha sido Ben quem enviou Harper até Juliet. Porque ele tentaria destruir a ilha (afinal se Juliet tivesse impedido Charlotte e Faraday, isso teria acontecido) se está tentando sobreviver a Lock e ao cargueiro? Para mim há, entre os Outros, alguém tentando insurgir contra todos e contra a ilha.