31/01/2008

Viagens no tempo, universos paralelos... Será que isso explicará Lost?

Só para não deixar ninguém esquecer... É HOJE galera ! \o/

Bem, como alguns de vocês já devem saber, recentemente a rede ABC firmou um contrato com a Marvel e desde então surgiram pequenas referências a Lost e principalmente ao ARG Find 815 nas revistas em quadrinhos da editora como mostram essas imagens.


Uma nave espacial chamada Christiane I !


Propaganda do site do ARG Find 815 no pára-choques do taxi



O misterioso e já amplamente discutido "6" visto em trailers

Interessane, não? Bom, navegando pelo site DocArzt me deparei com o quadrinho que apareceu na edição 553 do Quanterto Fantástico e que embora não faça nenhuma referência direta a Lost, pode ter tudo a ver com o que já vimos e com o que poderemos experimentar dentro da trama que se desenha para a temporada que começa hoje. A imagem é um quadro bem didático que explicaria dentro de uma linguagem puramente ficcional obviamente, que impactos existiriam se fosse realmente possível viajar no tempo. Bem, confiram a imagem abaixo e depois a tradução do que ela diz:

(Clique na imagem para ampliá-la)


Lendo da esquerda para a direita e de cima para baixo , temos a seguinte tradução:

Nos primórdios das viagens no tempo, acreditávamos que as dinâmicas do tempo poderiam ser relativamente simples.

O tempo como conhecíamos, era como um rio, fluindo em um ritmo fixo na direção de uma entropia aumentada. Somos passageiros de um barco nesse rio, movendo-nos inexoravelmente em sincronia com a água.

Contudo uma máquina (ou diríamos anomalia?) do tempo permite que o barco e seus passageiros saiam da água e viajem livremente contra ou a favor da correnteza, ou em outras palavras, para o "passado"ou para o "futuro."

Isso não chega nem perto de ser uma tecnologia recomendável de se usar como alguns poderiam imaginar.

Os primeiros viajantes do tempo descobriram rapidamente que mudar o passado simplesmente cria uma linha do tempo divergente, um novo universo com uma história diferente daquela que lembram, deixando a linha do tempo original sem modificações.

Portanto, para responder à velha questão filosófica: Sim, você pode voltar no tempo antes de nascer e matar o seu avô.

Mas independente do seu ponto de vista, isso simplesmente não importa, você ainda continuará vivo e o seu avô morto.

Esse aparente paradoxo é conhecido como a "Terceira Lei do tempo de Kang", ou mais coloquialmente como "a conservação da casualidade."

Dessa forma, simplesmente voltar ao passado para mudar o futuro seria inútil.

*-*-*-*-*

Humm... Mas e aí, você acha que existe ou não uma ponta de possibilidade nisso para explicar o que a trama da série tende a explorar? E mais, você acredita que os roteiristas da série apostem suas fichas nesse lance de viagem no tempo e universos paralelos agora que a série entra definitivamente no caminho de explorar o futuro ?

Créditos das imagens para Sindol através do site DocArzt.com

Por Davi Garcia

7 comentários:

jp disse...

Davi,
olá,meu nome é joão paulo e eu sou um grande fã de lost e do site.
gostaria de saber se vc vai fazer o download hoje do primeiro episodeo,se sim me mande o site pois eu tanben quero,se vc for assistir por uma outra forma me diga qual

meu email é:abbrum@terra.com.br

desde ja agradeço!

obs:nao encontrei outra forma de me comunicar com vc,por isso fiz o comentario.

Aléxis Kiosia disse...

Exatamente o que o Doutor Brown explica para o McFly no primeiro "Do Volta para o Futuro".

Minwer disse...

Essa teoria é a mesma apresentada em De Volta Para o Futuro 2.

Rubens disse...

Mas em De Volta Para o Futuro, voce nao pode matar o seu avô...

Anônimo disse...

eu não mataria meu avô...daria os numeros da loteria pra ele e voltaria mais rico pro presente....

Anônimo disse...

contudo vc nunca muda o passado e sim muda o passado na sua linha do tempo alternativa.
porem vc passa a existir na linha do tempo alternativa e deixa de existir na linha original.contudo a pergunta q faço é se eu quiser voltar a minha linha original no passado eu criaria problemas pois na minha linha original eu existiria (caso eu voltasse no meu passado) ou seja se eu mudar meu passado eu ferraria com meu futuro. (tomando por base a linha originaL)... [TA DIFICIL DE ENTENDER) IMAGINA UM LOOPING DE AVIÃO)

SamucaBallester disse...

Pô, é óbvio que é a base da filosofia do LOST.
Lembram da véia sinistra que "vendeu" o anel pro desmond?
"- Não, não funciona assim. Você não compra o anel."
"- ...pq se vc não fizer assim, estaremos todos moretr (ou algo assim)."
Dêem uma olhadinha em wormholes (buracos-de minhoca) que é uma teoria interessante sobre viagem entre universos paralelos (como os que a diversidade de escolhas no tempo linear cria).