31/08/2007

Scans da Reportagem da Revista EGM sobre o Jogo Oficial de Lost





Ficaram bastante empolgados com as notícias sobre o jogo né? Se você entende inglês vale muito a pena ler os scans da matéria da revista EGM gentilmente cedidas pelo DarkUfo, mas caso sua afinidade com a língua inglesa seja restrita não tem problema, nosso amigo Carlos Alexandre lá do Lost in Lost fez um excelente post cobrindo essa matéria também.


Lost: Calendário 2008

O calendário 2008 de Lost já está em pré-venda no site da Amazon. As imagens seguem o mesmo layout da caixa de DVD's e do cartaz promocional da terceira temporada.






Fonte: Darkufo

Lost em francês

Pequeno e curioso spoiler. Você sabe como se diz Lost em francês? Bem, segundo o site Spoilerfix, um episódio da 4ª temporada trará uma personagem feminina com cerca de 30 e poucos anos que sabe. Segundo a notinha, essa personagem trabalha em uma universidade com traduções do francês para o inglês.

Hum... Será que com tão pouca informação dá para imaginar que essa personagem terá alguma relação com o tão aguardado episódio centrado em Danielle Rousseau, ou o fato dela trabalhar com francês é apenas uma mera coincidência?

Novas informações sobre o jogo oficial de Lost



Se você assim como eu, está ansioso para por as mãos no jogo oficial de Lost que vém por aí, ótimas e novíssimas informações surgiram para aumentar ainda mais a expectativa. Segundo post do blog DarkUfo, a edição desse mês da revista EGM (Eletronic Gaming Monthly) traz uma entrevista com os produtores de Lost, Damon Lindelof e Carlton Cuse na qual eles falam sobre as diferenças entre a história do jogo e da série. A dupla revela que o jogo vai acompanhar a experiência de um novo personagem chamado Elliot desde a queda do avião até seu encontro com a "resposta" seja lá o que isso signifique. A dupla acrescenta ainda que o jogo vai trazer muitos easter eggs para os fãs, e que pode dar dicas sobre alguns mistérios da série, embora afirmem claramente que nenhuma resposta definitiva sobre eles será dada ali.


Elliot: Um novo lostie a ser descoberto



O jogo deve ter uma duração média que pode corresponder a 7 horas e meia de episódios com direito a cliffhangers (ou ganchos se você preferir), flashbacks interativos, aparições da maioria dos personagens principais, e - o mais interessante de tudo na minha opinião - cobrirá as 3 temporadas exibidas até aqui na perspectiva de Elliot. Outro destaque apontado por Damon e Carlton na entrevista, é que o jogo proporcionará ao jogador a chance de visitar lugares que gostaríamos de ver na série, mas que não veremos mais, e um exemplo disso seria aquela área fortemente cimentada na escotilha Cisne que na série já não existe mais, mas que no jogo poderá ser mais explorada até o ponto de quem sabe, revelar a origem daquela estranha força magnética.

Até agora nenhuma confirmação oficial sobre data de lançamento surgiu, mas o site da revista EGM aponta o dia 15 de março de 2008, que por acaso é dia do meu aniversário, como o dia D do jogo, o que para mim seria um presentaço.

Por Davi Garcia

30/08/2007

Extras da edição em Blu Ray da 3ª temporada

Na semana passada postamos aqui no Dude, a tradução de uma matéria que falava sobre a edição em Blu Ray da 3ª temporada de Lost e naquela ocasião nada se sabia sobre os extras que acompanharão essa preciosidade. Pois bem, o fato é que hoje já podemos ter uma idéia daquilo que os sortudos que comprarem a caixa verão. Segundo notícia publicada no segmento de dvd do site IGN, os extras serão os seguintes:

  • "O mundo dos Outros", que explora o papel crucial dos Outros na 3ª temporada e o que o mundo de Lost reserva para esses personagens no futuro.
  • "Os flashbacks de Lost" - Uma rápida visão nunca antes exibida no passado dos sobreviventes.
  • "Lost em um dia" - Fãs da série terão a chance de ver o que é realmente necessário para criar cada temporada da série.
  • "Lost na locação" - Bastidores do making of de 10 episódios da 3ª temporada.
  • "O clube do livro de Lost" - Descubra o papel da literatura na história de Lost e explore os livros mostrados na série.
  • Cenas deletadas.
  • Erros de gravação.
  • Comentários em aúdio.
  • Uma apresentação exclusiva e interativa - Os fãs vão repensar tudo o que sabem sobre Lost e mudar a maneira como assistem a série. Decifre a verdade usando um painel interativo de controle que desvenda mistérios do mundo de Lost.
  • E mais...
Como você deve ter reparado, à primeira vista parece que são os mesmo extras do dvd convencional que chega às lojas brasileiras no próximo dia 26/09, mas confesso que fiquei intrigado com essa tal 'apresentação exclusiva e interativa' que segundo o IGN tem a função de trazer algumas revelações das 3 temporadas. Será que tem mais coisa inédita ali?

Por Davi Garcia

Lost fatura 8 prêmios no E! e um ‘segredo’ do final da temporada vém à tona

Já ouviram falar no Tater Top Awards ? Não? Pois esse é o nome da premiação organizada pelo E! Online que premia com a votação da audiência os melhores da tv. A lista de indicados segue basicamente o mesmo formato de cerimônias grandes como o Emmy por exemplo, mas tem como atrativo extra categorias diferentes e mais populares como por exemplo as de melhor beijo, química, vilão, diálogo e por aí vai...

A lista dos vencedores ainda não foi oficialmente divulgada, mas o leitor ODI do blog DarkUfo teve a sorte de estar presente na gravação da cerimônia nos estúdios do canal americano E! e acompanhou de perto o anúncio que segundo ele deu a Lost 8 prêmios tais como melhor série de drama, vilão, beijo, química, momento chocante e algumas outras além do Top Tater Award que seria uma espécie de prêmio para quem ganhou mais prêmios. Bacana isso não?

E ainda teve mais coisa bacana desse relato do ODI. Ele conversou com a colunista Kristin Veich, que na ocasião foi a apresentadora do evento e ela contou que recentemente divertiu-se muita na festa de aniversário do ator Daniel Dae Kim (Jin), afirmando entre outras coisas que ele canta muito bem e que a esposa de Josh Holloway (Sawyer) é “louca de uma maneira muito divertida”.

Mistério Revelado?

Mas o que de mais interessante saiu desse relato do papo dele com Kristin, foi mesmo a revelação dela de quem deveria estar originalmente no caixão visto no final da 3ª temporada. SE NÃO QUISER SABER PARE DE LER AGORA. É isso mesmo amigos, segundo ela, a vítima seria mostrada e seria ninguém menos do que um dos personagens mais queridos pelo público... John Locke !

Veich teria afirmado ao ODI que fontes dela ligadas à série apontaram que os produtores tinham a intenção de mostrar a pessoa dentro do caixão, mas que mudaram de idéia por entenderem que manter o mistério sobre essa revelação seria muito mais interessante para a trama, no que concordo absolutamente. A questão que se coloca agora é: Será que a idéia de ter Locke como o morto daquele caixão vai ser mantida tendo sido apenas adiada, ou será que os produtores e roteiristas mudarão de idéia? Hum...

Por Davi Garcia

Bate-papo sobre Lost em Porto Alegre

Atenção povo do sul! É com imensa satisfação que comunicamos que no dia 27 de setembro vai rolar a primeira edição do "Desvendando Lost" na Saraiva de Porto Alegre. Assim como já aconteceu no Rio e em São Paulo, agora é a vez da capital gaúcha sediar o evento!
Vai rolar o lançamento do box da terceira temporada, além de um bate-papo sobre a mitologia e os enigmas da nossa ilha favorita, com exibição de trechos em um telão. Quem vai comandar a brincadeira é a galera do Dude! We are Lost!
E pode ser que role o famoso sorteio de brindes! :p
Anote aí:
Desvendando Lost
Local: Livraria Saraiva - Shoping Praia de Belas - Porto Alegre
Data: 27 de setembro
Horário: 19 horas
Quem estiver interessado em participar, manda um e-mail: dudewearelost@yahoo.com.br
Esperamos por vocês!
Por Juliana Ramanzini
*Atenção galera do Rio: o evento também vai acontecer novamente por aí. Assim que tivermos confirmação da data avisaremos! ;)

29/08/2007

Inimigos trabalhando juntos na 4ª temporada ?

Imagine a situação. Você está curtindo férias na Disneylândia e resolve parar para almoçar no restaurante inspirado na programação da rede ABC dentro do parque. Até aí nada demais né? Mas eis que de repente você é surpreendido com a exibição de pequenos clips referentes às séries novas e veteranas que serão exibidas no canal e dentre estes clips surge um da aguardadíssima 4ª temporada de Lost. Pois foi exatamente isso que aconteceu com um leitor do blog Lost Spoilers na última quarta-feira. Curioso para saber o que ele viu? Bem, segundo este leitor, o clip não trazia nenhuma imagem inédita, mas a narração dava uma bela idéia da situação que deve se desenhar no início da temporada, que pode ser uma aliança entre losties e Outros. Confiram.

“Eles pensaram que haviam encontrado o mal.” (Cenas com os Outros)
“Eles pensaram que haviam encontrado o segredo.” (Cenas das Estações Dharma)
“Eles pensaram que haviam ganho.” (Cenas da praia no final da 3ª temporada)
“Eles pensaram errado!” (Mostra-se armas sendo carregadas)
“Defenda a Ilha, ainda não acabou.” 2008

Tá roendo as unhas na espera pelo retorno da série e quer ver esse clip? Fique de olho pois em breve ele deve aparecer aqui no “Dude” ;)

Por Davi Garcia

Definido personagem central do episódio 4x01 ?

Pequeno Spoiler abaixo.

Segundo informação do Spoilerfix, várias fontes apontam como verdadeiro o spoiler que indicava Sawyer como o personagem central do episódio (ainda sem título) de estréia da 4ª temporada. Essa nota corrobora o post da última sexta-feira que trazia o relato feito por um morador do Havaí que disse ter visto o ator Josh Holloway participando de algumas gravações. Bem, ainda é um pouco cedo para afirmarmos com 100% de certeza que o episódio será efetivamente do Sawyer, mas como é sempre divertido especular fica aí a notícia. Mas e aí, vocês acham que o bad-good guy ainda tem algo a mostrar do seu passado, ou apostam de cara em um flash-forward?

Por Davi Garcia

28/08/2007

Leitores de jornal esnobam o Emmy e dão "prêmio" a Lost

Que Lost foi ignorado mais uma vez pelo Emmy (o equivalente do Oscar para a tv) que ocorre no próximo mês, ficando de fora da disputa principal de melhor série dramática todo mundo já tá cansado de saber né? Pois é, e como não nos interessa discutir os critérios para lá de esquisitos que são usados pela 'Academia', falemos de coisas boas e óbvias. Se os proclamados "entendidos" não sabem reconhecer a excelência da série, os telespectadores / fãs cumprem seu papel e elegem o que é realmente bom, e se a voz do povo é a voz de Deus...

Movidos pelo puro sentimento de insatisfação com os resultados oficiais ou o mesmo pelo mero desejo de eleger aqueles que são realmente os melhores, os leitores americanos do jornal LosAngeles Times através do site The Envelope (dedicado à cobertura das principais premiações) criaram a cinco anos o GoldDerby Tv Awards, cujo objetivo era 'premiar' as séries, atores e atrizes que eles entendiam serem efetivamente merecedores do reconhecimento. Legal não é mesmo? E será que preciso dizer quem faturou a disputa de melhor série dramática esse ano na opinião deles?

É isso mesmo amigos, Lost desbancou Friday Night Lights, Grey's Anatomy, Heroes, House e Sopranos, sendo que as 4 últimas estão disputando o Emmy. E não foi só isso. Na opinião dos sagazes leitores do jornal /site, Lost também mereceu o reconhecimento de melhor episódio da temporada (com "Through the Looking Glass") e de melhor ator e atriz coadjuvante para Michael Emerson (Ben Linus) e Elizabeth Mitchell (Juliet) respectivamente.

Por Davi Garcia

27/08/2007

Elenco de Lost continua crescendo

Por Jeff Jensen para a Entertainment Weekly
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

A nova temporada de Lost só estréia daqui a cinco meses (arrrrggggh!!!), mas as gravações do primeiro episódio já estão acontecendo, e os cinco novos membros da série já estão em seus postos. Sim, dissemos cinco: Os produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse revelaram à EW que Jeff Fahey - ícone cult famoso pelo filme O Passageiro do Futuro e com participação no recente Grindhouse de Tarantino - é mais uma adesão ao lenco da série juntando-se aos quatro previamente anunciados Jeremy Davies (O Resgate do Soldado Ryan), Lance Reddick (da série The Wire), Ken Leung (Família Soprano), e a britânica Rebecca Mader (Justice).

Os produtores não fizeram comentários sobre que personagem Fahey fará, mas disseram que ele foi a primeira e única opção para o papel. "O Passageiro do Futuro e a série de tv The Marshall, são favoritos pessoais", disse Cuse. "E ele tem os olhos mais intensos dentre todos da área, e eu digo isso sem ser gay". Lindelof acrescenta: "Fahey é um desses atores que que sente-se à vontade no modelo de Lost: Ele é enormemente talentoso e vai ser vagamente reconhecido para algumas pessoas, mas ele vai ser capaz de chegar à ilha sem que a maioria das pessoas diga, 'Oh, eu sei quem esse cara é'. E especialmente para o papel que o escalamos, ele tem a sensibilidade certa".

*-*-*-*-*

Ok, confesso que não vi O Passageiro do Futuro, e que não conheço a qualidade do ator, mas já gostei da aura misteriosa e de importância que deram ao personagem que ele fará. Seria ele o Jacob (que no curto frame visto tinha olhos castanhos)? Quem sabe o tal Minkowski ou ainda um personagem totalmente novo para agitar ainda mais a trama? Palpites?

Orquestra Sinfônica apresenta a trilha de Lost

Que tal deliciar-se com a marcante trilha de Lost composta por Michael Giacchino sendo executada por uma orquestra sinfônica acompanhada da narração de Locke? Pois é isso que os sortudos moradores de Honolulu no Havaí terão o prazer de desfrutar no dia 22 de Setembro. Quem deu a dica foi o Tail Section e o anúncio completo você confere abaixo.

Press Release original no site http://www.honolulusymphony.com/




OUÇA A MÚSICA DE LOST COM A ORQUESTRA SINFÔNICA POPULAR DE HONOLULU



Entre na viagem rumo ao fantástico mundo de Lost com a música que pontua a vida na misteriosa Ilha




ARTISTAS:
Tim Simonec – Maestro
Michael Giacchino – Compositor
Terry O’Quinn – Convidado Especial

DATA DO CONCERTO:
Sábado, 22 de Setembro às 19:30 no Waikiki Shell

INGRESSOS: Entre US$36 e US$94

Aprecie a épica trilha musical da série Lost composta pelo americano ganhador de prêmios Michael Giacchino que leva sua música para o Havaí na estréia mundial da Sinfônica Popular de Honolulu conduzida por Tim Simonec, no sábado 22 de setembro às 19:30 no Waikiki Shell. O ator Terry O’Quinn (Locke), que foi indicado ao Emmy deste ano, irá subir ao palco para narrar passagens à medida que a música trouxer todo o fascínio e paixão daqueles momentos. Filmada em belas locações no Havaí, predominantemente na costa norte de Oahu, Lost é produzida pelos estúdios ABC e conta a história cheia de ação das vidas dos sobreviventes de um acidente aéreo em uma ilha no meio do oceano pacífico.

Os fãs entusiastas de Lost conhecem bem a trilha de Giacchino e já vém curtindo suas composições cativantes por três temporadas. A música de Lost capta não apenas as aventuras, cenários espetaculares e momentos de emoção, mas também dá eco à desafiante e perigosa saga da vida em uma misteriosa ilha.

As melodias de Giacchino estão presentes em todo tipo de entretenimento, incluindo séries de tv, desenhos, video games e sinfonias individuais que temas que vão da melancolia, passando pelo suspense à serenidade. O trabalho mais recente do compositor foi a trilha da animação da Disney-Pixar “Ratatouille”, e seu histórico inclui também as trilhas dos filmes Missão Impossível 3, Os Incríveis, e Family Stone e da tv da série Alias. No campo das trilhas sonoras para video game, o tranalho de Giacchino está presente em Medal of Honor, Call of Duty e Mundo Perdido: Jurassic Park. E engana-se quem pensa que ele vai parar por aqui. Um de seus projetos futuros é novo filme da franquia Star Trek.

Sobre Michael Giacchino

No começo de de 1997, Michael Giacchino foi convidado pelo então recém criado estúdio DreamWorks para fazer a trilha do jogo para Playstation baseado no sucesso “O Mundo Perdido”. O jogo trouxe a primeira participação de uma trilha escrita para um jogo de Playstation e foi gravada por membros da Orquestra Sinfônica de Seattle.

Desde o Mundo Perdido, Giacchino fez várias trilhas para a DreamWorks Interactive, incluindo a série de grande sucesso Medal of Honor, um jogo de simulação da 2ª Guerra Mundial criado por Steven Spielberg. Foi seu trabalho em tais jogos que o levou a se envolver com na série da ABC “Alias”, criada pelo roteirista/diretor J.J. Abrams. Os produtores da série contataram o compositor porque eram fãs dos jogos em que ele trabalhara. Alias, por sua vez, tornou-se o portão de acesso para seu trabalho com a Pixar no filme Os Incríveis.

Aos dez anos, Giacchino passava a maior parte do seu tempo dividido entre idas ao cinema e o porão de sua casa, onde fez vários filmes stop motion em 8mm usando a mesa de ping pong de seu irmão como set. Sua parte favorita dessa brincadeira era encontrar as músicas para colocar nos filmes. Ele lembra ter escutado a trilha de “Star Wars” quando criança e ter ficado completamente impressionado com a maneira com a qual a música contava uma história. Foi um despertar instantâneo causado por tudo que os vários instrumentos de uma orquestra podiam produzir

Sua fascinação infantil com filmes o levaram ao curso de cinema na Escola de Artes Visuais de Nova York, onde ele se graduou em produção de filmes com ênfase em história. Depois da graduação, Giacchino começou a estudar composição na Escola Juilliard do Lincoln Center enquanto trabalhava durante o dia nos escritórios de publicidade da Universal e da Disney em Nova York. Dois anos mais tarde, ele foi transferido para os estúdios da Disney em Burbank para trabalhar no departamento que cuidava da publicidade dos filmes. Durante esse período, o aspirante a compositor aceitou um trabalho na Disney Interactive como produtor assistente, gerenciando e produzindo títulos para a divisão. Seus fins de tarde e fins de semanas eram dedicados à prática e ao estudo de música.




*-*-*-*-*-*



Tá aí um programa que eu adoraria conferir de perto. Orquestra executando a trilha de Lost com narração do O’Quinn? Deve ser muito bacana. Aliás bem que podiam gravar essa ‘brincadeira’ ou quem sabe incluir outras cidades nessa apresentação não acham? E sobre o Michael Giacchino, não dá para dizer nada diferente além do que o cara é brilhante no que faz e consolida-se cada vez mais como um dos compositores mais marcantes da história do entretenimento.

Por Davi Garcia

24/08/2007

Gravações da 4ª temporada começam

Vejam que bacana. Segundo um informante do blog Lost Spoilers que se apresenta como 'Jacob' e diz morar em Kalihi no Havaí, gravações envolvendo a equipe de Lost foram feitas na Rua N King especificamente em uma loja de descontos e em um mercado chamado Tamashiro.

Ainda segundo o relato desse sortudo, Josh Holloway (Sawyer) participava das filmagens o que poderia sugerir que o episódio em questão - não se sabe se será o 1º da nova temporada - trará um flashback ou quem sabe um flash-forward do bad boy do Tennessee. Hum interessante não?

‘Jacob’ relatou também que a gravação envolvia um carro sendo perseguido por outros dois carros de polícia e que terminava com o primeiro saltando uma rampa e batendo.

Mesmo sem fotos, confesso que fiquei mega curioso pra saber do que se trata essa sequência, e vocês?

Por Davi Garcia

23/08/2007

Dois novos atores confirmados na 4ª temporada

Por Jon Lachonis para o BuddyTv
Fonte: E! Online

Traduzido e adaptado por Davi Garcia

Lost pode ter perdido Kristin Bell, mas parece que os fãs ganharam no fim das contas. Novidades sobre elenco foram reportadas hoje e nos dão uma idéia de quem pode ter sido a escolhida para fazer o papel originalmente oferecido a Kristin Bell. Se você esteve acompanhando as últimas adições ao elenco de perto, provavelmente notou que qualidade é o que não vai faltar nos dois extremos opostos de carisma e medo. E essas adições não são exceções. Na notícia há uma boa dose de especulação e fica o aviso de que há pequenos - e inofensivos – spoilers.

A atriz que deve fazer Charlotte segundo o E! Online, é Rebecca Mader. A atriz britânica tem uma pequena mas distinta lista de créditos em filmes desde 2003. Além disso, ela tem a aparência que coincide com os mais sutis e importantes aspectos da personagem Charlotte.

É claro que isso depende muito em como se interpreta as informações sobre escalação de elenco. Lost ficou conhecida por confundir as coisas o bastante para evitar que certas características do personagem traissem o contexto do papel, ou mesmo a que núcleo o personagem pertence. Assim como o personagem Russel, Charlotte é encarada como parte do grupo de Naomi que foi contactado no final da 3ª temporada.

Não há nenhuma palavra oficial sobre isso. Na verdade, algumas pessoas estão comentando que há novos personagens, como o que será feito por Ken Leung, que são tão secretos que apenas os produtores sabem algo sobre eles. Com uma longa espera pela frente até que Lost retorne em fevereiro, espere que os responsáveis por Lost tornem tudo o mais difícil possível no que se refere a notícias sobre elenco e outros assuntos relacionados.

Em outra notícia sobre elenco, o ator Jeremy Davis também vai entrar na série. O envolvimento dele é desconhecido a essa altura, mas muitos assumem que ele vá fazer Russel já esta é a única opção vaga neste momento. Pode ser, contudo, que Leung não esteja sozinho no que tange ter um papel secreto. Davis fez um assustador Charles Manson, no remake de Helter Skelter, portanto não seria tão surpreedente vê-lo como parte de um grupo mais sombrio e violento. Não dá para descartar também a hipótese de que ele seja meramente um personagem de flashback / flashforward.

22/08/2007

Com o que J.J. Abrams está 'brincando' atualmente?


Por Veronica Schmidt para o Times Online
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

Tente entender algo disso: Um filme sem nome, uma bebida chamada Slusho, a palavra código ‘Cloverfield’, e a data de 18 de Janeiro de 2008.

Pronto, vocêacaba de se juntar à lista dos obcecados por filmes, devotos de Lost e nerds da internet na tentativa de descobrir o que o criador de Lost J.J. Abrams está tramando.

Abrams, é bom que se diga, está produzindo um filme, mas se recusa a dar detalhes sobre ele. Em vez disso, ele flerta com a maravilha do marketing viral.

Tudo começou com um misterioso trailer que foi exibido nos cinemas antes do filme Transformers. A gravação era amadora, o conteúdo perturbador. Nova Iorquinos de vinte e poucos anos estão no meio de uma festa surpresa quando um rugido gutural de um criatura não identificada rompe o clima de paz. A seguir, a terra treme, e partes famosas da cidade pegam fogo. A cabeça da estátua da liberdade voa em direção ao céu noturno, aterrisando aos pés de civis surpresos e correndo. Nenhum título de filme acompanhou o trailer, apenas uma data: 18.01.08.

A Paramount Pictures, o estúdio que financia o filme, recusou-se a dar maiores detalhes. Mesmo os atores do filme estão no escuro. O processo de seleção de elenco foi tão misterioso que nem mesmo os roteiros foram enviados a potenciais candidatos. Agentes eram simplesmente contatados e deviam responder se seus clientes estavam interessados em um papel ou não. Um monte de atores virtualmente desconhecidos – Michael Stahl-David, Odet Jasmin, Mike Vogel e Lizzy Caplan – aceitaram os estranhos termos.

É claro que os viciados em filme orgulham-se por saber de tudo, os devotos de Lost sentem a necessidade de um novo mistério, e os nerds de internet amam um desafio, e por isso a web ficou repleta de referências enquanto teorias e contra-teorias, pistas e rumores ganharam repercussão.

Aparentemente o projeto é conhecido pelo codenome ‘Cloverfield’. Mas pode ser conhecido também como ‘Slusho’, que por sua vez nos leva ao slusho.jp, um peculiar website de uma bebida japonesa que pode nos dar algumas pistas assim como EthanHaasWasRight.com.

Em outras palavras, ninguém sabe de nada. Mas isso não impede que as pessoas pensem que sabem. Alguns pensam que isso seja apenas Lost na tela grande. Outros antecipam algo no estilo Godzilla.

De fato confuso. Mas poderíamos esperar menos de Abrams? Ele é, no fim das contas, o homem que criou a série de tv mais complexa da tv desde Twin Peaks.

Novo ator confirmado na 4ª temporada

A notícia foi dada por Michael Ausiello e já encontra ressonância nos principais sites de notícias e blogs voltados a Lost. O ator Lance Riddick com participações em renomadas séries como Oz (onde contracenou com Harold “Michael” Perrineau), a franquia Law & Order, CSI: Miami, Numbers e em The Wire, deve fazer o papel do misterioso personagem até então conhecido como Arthur Stevens, que é descrito como um recrutador corporativo impiedoso, alto, magro e com uma presença amedrontadora. Muito se especula que com a ausência de Richard Alpert (em função do comprometimento do ator Nestor Carbonel com a série Cane), Arthur deve assumir o papel que caberia ao misterioso Outro. Certeza sobre isso? Até agora zero, mas é interessante notar que a 4ª temporada a princípio trará muitos rostos novos sobretudo pela necessidade natural de evidenciar novos núcleos e histórias dentro do novo desenho da trama. Enquanto fã torço para que essas entradas sejam mais bem planejadas do que as de Nikki e Paulo, que foram solenemente rejeitadas pelo público.

Falando ainda sobre a escalação de elenco, vale mencionar que Ausiello disse também que o ator Ken Leung não deve fazer o papel de Russel como se suspeitara antes. Nada foi dito sobre o verdadeiro papel que ele fará, mas será que viajariamos muito imaginando o ator fazendo uma versão jovem do enigmático Dr. Marvin Candle como sugere o blogueiro Doc Arzt do Tail Section?

Por Davi Garcia

21/08/2007

Revelada a arte da caixa em Blu Ray de Lost

Por Jon Lachonis para o BuddyTv
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

A arte da caixa no formato Blu Ray da 3ª temporada de Lost finalmente foi revelada. Mesmo não sendo muito diferente da caixa de dvd tradicional, ela essencialmente acrescenta o modelo gradiente que é a assinatura do Blu Ray nas bordas e substitui a maior parte do verde na lateral. Sobre a caixa em si, nada foi dito se a Disney incluiu ou não algum material adicional em alta definição.

Quando falamos com Damon Lindelof e Carlton Cuse alguns meses atrás, o mercado para caixas em alta definição ainda era um terreno desconhecido. Com a proliferação dos equipamentos de leitura desses formatos crescendo graças sobretudo ao padrão HD-DVD da Microsoft adicionado ao XBox 360, e ao Blu Ray da Sony compatível com o Playstation 3, muitos estúdios estão entrando no mercado de alta definição na última hora.

Até agora, nossas perguntas para o departamento de home vídeo da Disney continuam sem respostas. Claro que para os fãs, o simples fato de termos os episódios em 1080 pixels são um atrativo e tanto. A questão é: Será que a Disney dará tratamento novo ao material ou simplesmente vai reutilizar o material em 720 pixels da exibição de tv tradicional? Lost nunca foi exibida em reais 1080 pixels. Algumas retransmissoras da Inglaterra exibiram a série em 1080, mas as cópias estavam em 720, o que acaba significando apenas pixels duplicados.

Outra questão a se confrontar é acerca das cenas extras. Sem prever um lançamento em alta definição, os vídeos de bastidores são geralmente rodados em vídeo de padrão tradicional. Isso pode, mais uma vez, significar que o conteúdo não vai ganhar nenhum benefício mais evidente da transferência para taxas de compressão maiores e resolução no Blu Ray.

Com o retorno de Lost só ocorrendo em fevereiro, a Disney/ABC tem se mantido reservada quando se pretende discutir lançamentos em DVD. Tais eventos geralmente são planejados para coincidir com o lançamento de uma nova temporada. Tendo isso em mente, pode acontecer de a ABC se manifestar com alguma informação referente ao Blu Ray antes disso.

*-*-*-*-*

Ficou curioso para saber se isso chegará ao Brasil? Bem, como ainda estamos engatinhando no mundo dos lançamentos em alta definição, é bem provável que só iremos ver essa caixa em lojas de importados, contudo, se você por acaso é um dos poucos sortudos ($$$) que já possui um aparelho que lê discos no formato Blu Ray, a dica é encomendar a caixa na Amazon, onde ela é vendida a 'módicos' 86,95 dólares :p

À caça de 'Aarons'

Por Mike Gordon para o The Honolulu Advertiser
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

Julie Carlson é normalmente mais agitada do que tímida, mas quando ela vê um bebê loiro de olhos azuis na farmácia ou em um parque público, ela sabe que é melhor deixar seu cartão de apresentação à mostra. Dessa forma ninguém irá confundir Carlson, uma diretora de elenco de extras, com uma potencial sequestradora.

A tática funciona, e isso é bom, porque encontrar bebês para aparecer como Aaron em Lost tornou-se a jornada sem fim de Carlson.

Na última temporada, ele precisou de 30 bebês. Na 2ª foram 27, e ela os encontra em todo lugar.

"Eu gasto muito tempo ligando para consultórios médicos", disse Carlson. "Há clubes das mães e de gêmeos. Há todo tipo de gente para quem eu ligo perguntando sobre esses bebês. É um trabalho difícil. E todos eles tem que ser parecidos".

Ela precisa de muitos deles porque o estrelato é efêmero quando se é uma criança em frente às câmeras. Uma semana ele é um Aaron de colo, crescendo um dia ou pouco mais toda 4ª feira à noite. Na semana seguinte já está literalmente grande demais para o papel.


Josh Holloway e Emilie De Ravin em uma cena da 3ª temporada de Lost, com um dos vários bebês que são usados para aparecer como Aaron na série.

Pode-se levar dois dias para gravar um episódio, mas cada bebê Aaron geralmente aparece pouco na tela. Mas tudo bem para Carlson - os closes é que são uma dor de cabeça.

"Me assusta quando eles fazem isso", disse ela. "Tenho que achar o que aparece na gravação. É aquilo que o público está acostumado a ver".

Por serem inconstantes por natureza, Carlson sempre tenta ter um bebê extra no set.

"Pode acontecer que um esteja muito irratadiço, e eu precise substituí-lo", disse ela. "A sorte tem estado ao nosso lado. Eles balbuciam quando se espera isso deles e choram quando tem que chorar".

Foi esse o caso com a bebê de Courtney Heimowitz, Jade, que apareceu em cinco episódios durante a 2ª temporada. O elenco de Lost a chamou de "o bebê que nunca chora".

"Meu bebê nunca chorou", disse Heimowitz. "Ela adora ser amada e sorri para todos. Ela ainda é assim. Ela é extremamente sociável".


Courtney Heimowitz à esquerda, e sua filha Jade no set de Lost com a atriz Emilie De Ravin durante a 2ª temporada

Com 32 anos, e mãe de dois, ela ficou sabendo sobre a necessidade da série por bebês através de uma amiga. Para sua surpresa, Jade acabou fazendo um menino.

Durante sua curta carreira de atriz, o rosto de Jade cresceu tão rápido quanto um bolo fermentando.


Jade agora com 2 anos, ganhou muita exposição fazendo Aaron

"No primeiro episódio ela era apareceu bem pouco, talvez 10 ou 20 segundos", lembra Heimowitz. "No segundo episódio dela, ela estava em uma cena inteira, por talvez 1 minuto. Então ela fez dois episódios que eram sobre o bebê, e apareceu em quase todas as cenas".

Isso acabou colocando-a na capa da revista People e nos jornais. Alguém escreveu algo comparando Jade ao bebê de Britney Spears. E Jade estava no vídeo promocional da série que foi exibido no intervalo do Super Bowl de 2006.

"As pessoas me ligaram e disseram: 'Era sua filha?'", disse ela. "Era bem estranho".


Emilie de Ravin segura um bebê enquanto ri com Dominic Monaghan em uma cena de Lost. O bebê que deve ser local, pode ser tanto menino quanto menina.

Com as gravações da 4ª temporada de Lost começando essa semana, o nível de stress de Carlson começa a crescer de novo. Ela encontrou seis bebês para o primeiro episódio, mas nenhum para o segundo.

"Eu fico agitada com isso", Carlson disse. "Vou ligar para consultórios de obstetras. Eles já sabem quem sou. Eu digo: 'Oi, sou Julie. Vocês tem algum bebê loiro de olhos azuis que tenha nascido nos últimos meses?"

19/08/2007

Novo personagem de Lost já tem rosto

Lembram do tal Russel, um dos novos personagens que surgirão na 4ª temporada e sobre quem já havíamos contado neste post? Pois é, segundo Michael Ausiello da TvGuide, quem irá interpretar o matemático brilhante capaz de grandes idéias e com um tremendo conhecimento em vários campos científicos, é o ator Ken Leung, com participações em alguns episódios da série Law & Order e mais recentemente na última temporada de Família Sopranos. Além da tv, Leung tem no currículo filmes como Vanilla Sky, Dragão Vermelho, X-Men 3 e Jogos Mortais, suspense que contava com a ilustre participação de outro morador da Ilha, o temido e querido Ben Linus feito pelo brilhante ator Michael Emerson.

Ainda sobre o tal personagem Russel que deve aparecer já na estréia da 4ª temporada, existe a possibilidade de que seu nome mude. A conferir...

Por Davi Garcia

13/08/2007

Veronica Mars diz não a Lost, um novo personagem surge e mais...

Tava torcendo para que Veronica Mars surgisse em Lost? Pois pode parar. A talentosa loirinha Kristen Bell não integrará o elenco da 4ª temporada como informa o colunista Michael Ausiello da Tv Guide. As razões? Primeiro porque ela não estaria interessada em se mudar para o Havaí e segundo porque estaria negociando a entrada em um musical da Broadway. Triste com a notícia? Pois é, eu confesso que gostaria muito de vê-la na série, mas se ela não quer passar uma temporada morando no paraíso e dispensa a oportunidade de dar um upgrade ainda maior na carreira participando da melhor produção da tv na atualidade paciência...

Mas e Arthur Stevens, vocês sabem quem é? Pois preparem-se para conhecer, pois este é o nome de outro personagem que deve surgir na próxima temporada, e que é descrito assim pelo pessoal do Secretagentman: “Arthur Stevens aparecerá nos episódios 4x01 e 4x02, com possibilidade de ser visto em outros. Ele é um recrutador corporativo impiedoso, alto e magro, com uma presença amedrontadora”.

Hum... O blogueiro Darkufo cantou a bola e eu acho que não pra discordar. Essa é ou não é a descrição de um funcionário da Dharma ?

E por último a notícia mais bacana. As gravações da aguardadíssima 4ª temporada começam nesta quinta-feira dia 16 de agosto lá no Havaí, o que claro, deve significar pequenos spoilers e fotos em breve por aqui \o/

UPDATE: Segundo um informante do Darkufo, as gravações foram adiadas em 1 semana em função da previsão de furacões no Havaí. Assim que surgirem novas notícias dividiremos com vocês ;)

Por Davi Garcia

10/08/2007

A volta de Michael Dawson


Fonte: EW.com
Tradução: Carolina Menescal


Agora que a notícia de que ele está voltando para a Ilha é oficial, Harold Perrineau conta para o EW.com o que ele tem feito, se ele tem assistido a série e se ele sabe o que irá acontecer em seguida.

Quando se trata de Lost, nunca é fácil distingüir entre um boato e um fato, e apesar dos fãs alegarem que Michael Dawson estava voltando para a série, isso era mera especulação até o anúncio oficial mês passado. O ator disse que ele sabia que algum dia ele voltaria para a série, mas porque os produtores nunca revelam detalhes da trama - nem mesmo para o elenco - ele não tinha idéia quando exatamente isso aconteceria.

Agora que ele sabe que está voltando para a Ilha para a próxima temporada de Lost, Perrineau conversou com EW.com sobre o nível de segredo na série, quem ele acha que estava no caixão no episódio final da última temporada e como encontrar a fama tão rapidamente uniu de forma intensa o elenco.

ENTERTAINMENT WEEKLY: Você fez um piloto para a série da CBS Demons em vez de voltar para o episódio final da 3ª temporada só que aí a série não decolou. Foi sua escolha fazer isso dessa forma?

HAROLD PERRINEAU: Isso não foi necessariamente minha escolha. Eles não tinham definido o que iria acontecer no final da última temporada nem no próximo ano - não é que eles não sabiam o que eles queriam fazer, mas ainda não tinham scripts definidos. Eu esperaria mais um tempo, mas eu tenho uma família para sustentar então fui para Los Angeles para conseguir um trabalho só por precaução. Então, eu consegui o trabalho, só que Lost me queria para a finale. Eu sempre soube que o personagem iria fazer alguma coisa, mas eu não sabia quando. Então, enquanto eles não podiam responder nenhuma pergunta tão cedo, eu não pude esperar muito. No entanto, Demons não decolou então eu estou disponível para participar da próxima temporada de Lost.

Você sabia desde que saiu que você voltaria?
O plano era trazer o Michael de volta, porque ele não morreu. Ele e o filho entraram em um barco. Então, a dúvida sempre foi como e/ou quando ele voltaria.

Você já havia trabalhado em algum outro projeto com esse nível de segredo?
Nunca. E ao mesmo tempo que era bem divertido no começo, com tempo ficou algo como "Uhh, o quê estou fazendo?" Você tem que ser criativo e atuar imaginando as coisas é bem divertido.

Com medo de que informações vazem os produtores não falam muito sobre Lost nem revelam muito dos segredos para o elenco. Eu acho que isso é bom porque você pode falar demais acidentalmente porque você realmente não sabe.
Escuta, no primeiro ano? Pressão, pressão, pressão da minha família e amigos. "O quê está acontecendo?" "Eu realmente não sei" "POR FAVOR!" Eles gritavam. Então, sim, eu estou feliz de não saber porque se eu soubesse eu diria algo como "É um monstro de fumaça preta, OK?!" [risos]

Na Comic-Con, você disse que você achou que existia uma grande chance de que o Michael estava no caixão no final de temporada.
Na verdade eu não disse isso. As pessoas perguntaram "Quem está no caixão?" Então os produtores Carlton Cuse e Damon Lindelof me olharam e disseram, "Bem, Harold, quem você acha que está no caixão?" Então eu brinquei sobre o fato de que todo o tempo na verdade eu pensei que o Michael estava no caixão. Mas minha mulher me disse que ela leu na Internet sobre o artigo no jornal que Jack mostrou para a Kate. Ele dizia que a pessoa que morreu era de Nova Iorque e que essa pessoa só havia deixado um filho adolescente o que me fez acreditar - e acredito que também levou muitas pessoas a acreditar - que era o Michael que havia morrido. Ele é de Nova Iorque e tem um filho adolescente - dependendo de quanto no futuro avançamos. Toda essa estória de flash-forward ainda não entendemos completamente ainda.

Você tem assistido a série desde que você saiu?
Eu vi a finale e alguns episódios mas não a temporada inteira.

Você soube que o público criticou bastante a série durante a primeira metade da última temporada?
Eu soube que as pessoas não estavam tão animadas porque eles tiveram que explorar coisas com os Outros e eles não queriam realmente assistir isso. Eles queriam voltar para o elenco original. Mas é como ler um livro. De vez em quando você pode ler um livro e amar todos os capítulos até o final. Mas muitas vezes você lê um capítulo que considera sem graça ou é indiferente ao que foi contado ali aí quando você chega no próximo capítulo fica melhor. Então como isso está se desenrolando, eles tem que aceitar as críticas, sentir o impacto e seguir em frente. Provavelmente o livro inteiro vai justificar tudo que aconteceu anteriormente.

Quando começam as gravações para a próxima temporada?
Daqui a algumas semanas.

Você vive com a sua mulher e a sua filha em Los Angeles?
Sim. Depois da série ano passado, em vez de voltar para Nova Iorque, onde eu geralmente estou vivendo, nós decidimos que nós deveríamos ficar aqui. Existem muito mais oportunidades de trabalho aqui e agora estamos voltando para o Havaí.

Então você está trazendo sua família com você para o Havaí.
Todo o lugar que eu vou elas vão.

Você tem falado com alguém do elenco da série desde que você concordou em voltar?
Com certeza, eu tenho falado com vários. Eu falei com Daniel Dae Kim que sabe que eu estou voltando e Josh Holloway e eu temos nos falado também. Ontem a noite eu estive com Maggie Grace que já trabalhou na série.

Vocês são unidos como um elenco?
Éramos bastante até as pessoas começarem a se adaptar na ilha. No primeiro ano, nós só tínhamos a nós mesmos, não conhecíamos ninguém então ficamos próximos. A série se tornou um enorme fenômeno - ninguém esperava isso. Foi estranho, mas nós todos entendemos porque estava acontecendo com todos nós e isso fez com que nós nos aproximássemos ainda mais. Nós vivíamos em diferentes partes da ilha e quando nos enturmamos não andávamos tão juntos quanto costumávamos fazer na primeira temporada. Simplesmente se tornou rotineiro, as pessoas vão e vêm o que muda muito as coisas também. Mas nós meio que criamos um vínculo eterno pelo que vivemos durante a época da primeira temporada.

Terry “Locke” O’Quinn em mini-série de ficção


Original por Jon Lachonis para o BuddyTv
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

Terry O’Quinn, que recebeu uma indicação ao Emmy por sua interpretação do místico sobrevivente John Locke, vai aparecer como protagonista do episódio de amanhã da mini-série Masters of Science Fiction. A série apresenta histórias adaptadas de lendários autores da ficção científica, dirigidas por nomes consagrados, contadas com atores veteranos, e é narrada pelo homem mais inteligente do planeta, Stephen Hawkings.

Para os fãs de Lost, o episódio que vai ao ar amanhã à noite nos EUA, chamado “The Awakening” ( O Despertar), vai ser uma rara oportunidade de ver um dos atores mais queridos em ação antes de voltarmos nossos olhos para a Ilha em fevereiro. Nesse episódio, O’Quinn faz um militar que tem que lidar com uma baixa incomum da guerra do Iraque, uma que nem mesmo pode ser identificada como humana.

O episódio também traz outro ator já cult, William B. Davis, o nefasto “Canceroso” da série Arquivo X, como o presidente dos Estados Unidos. E a tal criatura descrita, parece ser o vaso condutor de uma mudança na terra, mas não necessariamente uma boa mudança, como se imagina.

Curioso para ver o resultado do trabalho do sempre excelente O’Quinn? Eu tô.

Scans da Lost Magazine







*Agradecimento ao blog Darkufo pelas imagens.

09/08/2007

Colunista da EW fala sobre Jacob e a estação "Orquídea"

Ontem reproduzimos aqui, informações dadas pelo colunista e lostmaníaco Jeff “Doc” Jensen da Entertainment Weekly sobre os rumores que cercavam a série nos últimos dias, mas o que não reproduzimos foram as sempre interessantes ponderações de Jensen acerca de dois dos principais mistérios mais recentes relacionados à série. Curioso? Confira.

Jacob e “A Mosca”

Na visão de Jensen, Jacob, o misterioso personagem visto em um frame do ep. 3x20, pode ter uma forte relação com um dos maiores clássicos da ficção científica, o filme “A Mosca”, cuja versão original foi lançada em 1958 e refilmada em 1986. Qual o ponto que sustenta a tese do colunista? A única frase dita por Jacob até agora na série, “Me ajude”, que por sua vez é a mesma usada pelo igualmente estranho personagem principal do filme.

.

No filme, um cientista inventa uma máquina de teletransporte e depois que um experimento dá errado, acaba tendo seu DNA fundido ao de uma mosca que entrara na máquina e a partir daí se vê transformado em um ser metade homem e metade mosca. Na sequência final do filme, o irmão da aberração ouve um pequeno barulho vindo de uma teia de aranha e ao aproximar-se escuta a frase “Me Ajude!” para então descobrir uma mosca com cabeça humana presa na teia prestes a ser devorada. Horrorizado com o que vê ele pega uma pedra e esmaga presa e predador num ato de misericórdia bastante bizarro.

Ok, mas o que isso tem a ver com o Jacob de Lost? Para Jensen, Jacob pode ser um cientista da Dharma que acabou vítima de um experimento equivocado envolvendo a ‘manipulação de forças da natureza’ e que podem até mesmo envolver o teletransporte, ou ainda quem sabe, a viagem no tempo. Qualquer que seja a alternativa, Jacob pode ter ficado preso naquele casebre da Ilha e a única coisa que quer agora é que alguém o mate como fez o irmão da “Mosca”.

Delírio demais de Jensen? Pode ser. Faz sentido? Muito, não acham?


O Vídeo Orientação da estação Orquídea

Para começo de discussão, Jensen sugere que talvez seja prematuro considerar o vídeo como um filme de orientação oficial. Vejam o que ele diz a respeito: “Na verdade, eu não ficaria surpreso se descobrissemos que o filme nunca foi finalizado porque o projeto Orquídea foi abandonado em função do ambiente imprevisível e perigoso dentro da estação”.


Vídeo Orientação da estação 'Orquídea" (Legendado pela equipe Lostpedia)

Mas por imprevisível e perigoso devemos fazer referência à parte do filme na qual o Dr. Halowax se desespera por causa da misteriosa replicação do coelho? Segundo Jensen sim. Em um certo trecho vemos o Dr. Halowax segurando um Coelho branco com o número 15 marcado – e então, subitamente e de forma totalmente inesperada, um outro coelho com um número 15 aparece atrás dele provocando um pânico que o faz agarrar o coelho ‘original’ junto ao peito, desesperado para ter certeza que os coelhos gêmeos não dividam o mesmo espaço. Ele então exige que o câmeraman pare de filmar e a última coisa que vemos é Halowax já calmo, acariciando o coelho e dizendo, “Como você deve ter percebido, a estação 6, ou ‘Orquídea’, não é uma unidade de pesquisa botânica”.

A teoria de Jensen é que a ‘Orquídea’ pode ter conduzido experimentos de viagem no tempo, ou seja, o coelho com número 15 que apareceu depois é na verdade o mesmo coelho com número 15 visto antes mas enviado do futuro. Isso explicaria porque Halowax teria ficado tão assustado, já que de acordo com o mito sci-fi, seria catastrófico se algo ou alguém tocasse seu par viajante do tempo.

Indo um pouco além, Jensen aponta as possibilidades de que a Orquídea talvez pudesse tratar de clonagem, ou então ela seria um ponto de acesso à realidades alternativas. Talvez aquela estação reunisse cópias idênticas de universos paralelos, ou ainda, talvez esta seja a tal “caixa” mencionada por Ben, o lugar na Ilha onde seus desejos mais profundos se manifestam, sugerindo aí que talvez o que aquele coelho com número 15 mais quisesse era um amigo.

Viagens à parte, o colunista entende que o filme da Orqúidea re-energiza o que talvez seja a questão mais antiga sobre a Iniciativa Dharma: Ela explorava realmente campos da ciência, era apenas um grande experimento psicológico ou um misto das duas coisas? Seja lá o que for, Jensen diz que para ele a estação 6 Orquídea não existe mais na Ilha porque foi implodida, assim como já ocorreu com a estação 3 Cisne.

E como se chega a essa conclusão? Sigam as pistas. Por que Halowax usa um jaleco com o logo da Cisne ao fazer um filme de orientação para a estação Orquídea? Talvez porque a Orquídea faça referência um tipo específico de orquídea- chamado a orquídea cisne, conhecida pela habilidade de maturar rapidamente. Parece ser uma alusão apropriada para um lugar onde coelhos podem magicamente multiplicar-se como... coelhos!

E aí, essa confusão toda conseguiu fundir sua cabeça?

Texto, traduções e adaptações por Davi Garcia

08/08/2007

A verdade sobre os rumores recentes

Dando fim a dois rumores recentes que circularam nos fóruns e blogs dedicados a Lost, o renomado colunista Jeff "Doc" Jensen da Entertainment Weekly, lostmaníaco de carteirinha, trouxe a palavra do produtor executivo Carlton Cuse de que nem Forest Whitaker, nem Peter Stormare chegaram a negociar uma participação na 4ª temporada. Nos dois casos Cuse fala que os rumores são falsos. Até aí tudo bem. O que me causa estranheza é que na semana passada teria surgido uma entrevista dada por Stormare onde ele dizia que tinha recebido a oferta. Alguém mente na história, ou será que foi tudo um mal entendido? Hum...

Outro rumor que se encerra aqui, também com informação de Jensen, é que uma mudança na exibição de Lost nos EUA para as noites de 6ª feira não ocorrerá. "Não posso imaginar em um zilhão de anos que a ABC faria algo assim", disse Damon Lindelof, que reforçou ainda que não se lembra de ter dito qualquer coisa nesse sentido na Comic Con que pudesse justificar esse rumor.

Era bastante óbvio que uma mudança de dia seria improvável já que inegavelmente 6ª feira não é dia para exibição de séries de destaque nos EUA, mas que eu tava na torcida para que as vigílias pelo episódio mudassem de dia, ah isso eu tava :p

Por Davi Garcia

Veronica Mars pode aparecer em Lost

Calma, o título deste post não significa um crossover maluco entre a finada e excelente série Veronica Mars e nossa amada Lost. Lembra que falamos ontem sobre 2 novos personagens que serão vistos na 4ª temporada? Pois é, um desses novos personagens chama-se Charlotte e segundo informação do colunista Michael Ausiello do TV Guide, Veronica Mars em pessoa, ou melhor, a loirinha Kristen Bell estaria sendo considerada pelos produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse para o papel descrito como o de uma jovem de vinte poucos anos que é precoce, falante e engraçada, e que além de ser uma acadêmica de sucesso, sabe muito bem se virar no mundo real. Ausiello chamou a atenção e tenho que concordar. Para aqueles que assistiam Veronica Mars é impossível não associar a jovem dublê de detetive com a descrição de Charlotte.

Mas será que ela entra mesmo para o elenco de Lost? Ainda segundo Ausiello, não se sabe se a atriz teria realmente interesse em assumir compromisso com outra série neste momento – por enquanto ela só está confirmada como a narradora da nova aposta do canal CW, Gossip Girl – e se sim, quais seriam suas exigências salariais, mas independente das respostas para estas dúvidas, eu fico aqui na torcida para que ela seja realmente confirmada na 4ª temporada de Lost, e vocês?

Por Davi Garcia

07/08/2007

Como Lost quase virou 'Nowhere'

O texto abaixo traz um relato interessantíssimo para aqueles que como eu, adoram saber tudo o que cerca os bastidores de Lost.


Por Jon Lachonis para o BuddyTv
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

A Chicago Magazine publicou um artigo interessante sobre os bastidores do passado de Lost que muitos desconhecem. Esse passado contudo, devia ser familiar de todos já que uma parte específica dele aparece nos créditos de todo episódio da série. A tal parte atende pelo nome de ‘Nowhere’ (lugar nenhum ou simplesmente lugar desconhecido em português) e o homem que a escreveu chama-se Jeffrey Lieber. A história de como ‘Nowhere’ morreu antes mesmo de nascer e como Lost tomou seu lugar é algo que a mídia de entretenimento fala com relativa discrição. Como o piloto rejeitado de Jeffrey Lieber para ‘Nowhere’ o permitiu morder uma grande fatia da torta de Lost (leia-se direito a dividendos) além de lhe garantir os créditos de “Criado por”, é algo que muitas pessoas prefeririam não discutir.

A lenda que corre é a de que Lloyd Braun, ex-presidente da ABC, então perto de se aposentar, desafiou um grupo de criação da emissora a entregar uma idéia para uma nova série. O tal grupo tinha a missão de apresentar o ‘próximo mega sucesso’ da tv. A contribuição de Braun teria sido uma série inspirada no filme Náufrago estrelado por Tom Hanks, e cujo conceito foi mostrado a J.J. Abrams, que por sua vez trouxe Damon Lindelof, com quem dividiu o ônus de dar corpo à produção.

No entanto, a realidade não foi bem assim. O time de Braun teria feito de tudo para colocar a série em produção, chegando até mesmo a envolver a produtora do falecido Aaron Spelling no desenvolvimento do piloto. Jeff Lieber por sua vez, foi contratado para criar o conceito inicial, um drama de sobreviventes isolados em um lugar desconhecido recheado de realismo, amarrado com uma narrativa tirada diretamente do clássico ‘Senhor das Moscas’.

À medida que o desenvolvimento corria, Lieber sentiu-se confiante que o projeto seria levado adiante até o dia em que recebeu a notícia que tanto ele quanto a produtora Speling estavam sendo ‘desligados’ da produção. O conceito simplesmente não era o que a ABC procurava. Essencialmente, eles (da ABC) encararam ‘Nowhere’ como um conto rasteiro de pessoas isoladas, e chegaram à conclusão de que precisavam de algo que pudesse se revitalizar conceitualmente e manter a audiência ligada nas temporadas que viessem pela frente. E foi aí que J.J. Abrams e Damon Lindelof entraram na história.

Lieber claro, não ficou nada contente e reclamou à Writer’s Guild ( uma espécie de Conselho arbitral de roteiristas) o direito de receber o crédito de criação e uma parte igual da divisão da torta por sua contribuição. O rumor é que a ABC não concordou com isso, afinal, o que ele tinha escrito era essencialmente uma releitura das histórias de Robinson Crusoé, do autor Daniel Defoe. Ele havia declarado abertamente que o arco central da narrativa era inspirado no ‘Senhor das Moscas’. A única coisa que Lieber não havia feito era pegar clichês batidos a dar a eles um instrumento auto-sustentável.

Apesar disso, o Writer’s Guild decidiu a favor de Lieber e exigiu que a ABC o creditasse como ‘criador’ de Lost, bem como lhe pagasse os royalties apropriados para cada episódio exibido.

O que torna a história ainda mais curiosa é que Lieber além de não aceitar a resolução do caso, ainda refere-se à sua vitória como ‘insuficiente’. A razão para isso pode não estar em seu desapontamento de ser ejetado da série. Lieber reclama que, “se alguém tivesse me dito, 'o Lloyd acha que o conceito está real demais, e talvez precisemos de um monstro ou um outro elemento estranho’, eu teria dito, OK, sem problemas. Mas eu nunca tive essa chance”. O que ele não consegue entender, aparentemente, é que ninguém teve que dizer isso a J.J. Abrams ou Damon Lindelof. O crédito de Lieber como criador de Lost e as circunstâncias sob as quais ele o ganhou, são o ponto triste de sua própria declaração. Ele insiste em dizer que ninguém deu a ele o que J.J. Abrams e Damon Lindelof não precisaram pedir, a habilidade de criar algo interessante e com uma idéia arrebatadora que transcende as armadilhas de um conceito clichê.

Ator ganhador do Oscar e ex-detento em Lost?

Se você frequenta os fóruns e blogs especializados na série, deve estar sabendo que há um burburinho envolvendo a possibilidade de vermos 2 nomes famosos do circuito de Hollywood participando de alguma forma da 4ª temporada. O que se comenta nos bastidores é que o ganhador do Oscar 2007 de melhor ator, o já veternado Forest Whitaker (Platoon, Por um Fio, O Último Rei da Escócia) e o também veterano Peter Stormare ( o detento John Abruzzi de Prison Break) poderiam aparecer em Lost.

Muita gente acha que Whitaker seria um nome conhecido demais para aceitar um papel em uma série de tv, mas vale lembrar que o ator fez 2 participações recentes e brilhantes nas séries ER e The Shield, o que demonstra que o ator não discrimina as produções da telinha, embora seja evidente apostar que depois de faturar o Oscar, ela tenha assumido uma postura mais seletiva de papéis, o que me leva a fazer a seguinte pergunta: Se for mesmo verdade que a produção de Lost está atrás do ator, será que lhe ofereceriam qualquer papel na trama? Aposto que não.

O caso de Peter Stormare não é muito diferente. Embora seja mais reconhecido atualmente como o mafioso Abruzzi da série Prison Break, ele tem um currículo respeitável com filmes elogiados e/ou de sucesso, como Fargo, O Mundo Perdido: Jurassic Park, Chocolate, Minority Report e tantos outros. Mas e aí, será que os veremos de fato na nova temporada? Parece cedo para dizer, mas ontem o E! Online publicou uma nota interessante sobre o assunto, informando que ao indagarem a agência que gerencia a carreira de ambos – e que por sinal é a mesma – sobre a existência ou não de uma negociação, obtiveram a seguinte resposta: “Não que nós saibamos”, o que contudo não significa a inexistência de uma negociação para a entrada de um ou mesmo dos dois para o elenco de Lost, como apontaram os colunistas Korbi Ghosh e Jennifer Godwin do E! online.

Incertezas à parte, estou desde já na torcida para que pelo menos um deles apareça na série, afinal, bons atores nunca são demais para se contar uma boa história, não é mesmo? Aliás, se Forest Whitaker vier mesmo a aparecer em Lost, ele poderá dividir cenas com Matthew Fox (o Jack), seu recente colega de elenco do ainda inédito filme Ponto de Vista (Vantage Point).

Por Davi Garcia

4ª temporada trará novos personagens

A 4ª temporada como todos já sabem, só será exibida a partir de fevereiro de 2008 nos EUA, mas nos bastidores a agitação já come solta. Se antes da 3ª temporada a expectativa em termos de novidade no elenco ficava em torno dos personagens Paulo e Nikki (Rodrigo Santoro e Kiele Sanchez), dessa vez os misteriosos novatos atenderão pelos nomes de Russell e Charlotte. O Lost Spoilers já havia adiantado alguns detalhes sobre a dupla na última semana, mas uma nova fonte deu ontem uma descrição ainda mais completa sobre eles, embora seus intérpretes ainda sejam desconhecidos.


Russell

Quase 40 anos, um matemático brilhante e profundo pensador que é capaz de ter idéias brilhantes e tem um tremendo conhecimento em vários campos científicos. Algumas vezes ele enfrenta problemas de convivência social por ser direto demais e desconectado de suas relações interpessoais. Mesmo sendo um empirista por natureza ele se sente atraído e fascinado pela mágica e pelo mistério de tudo nesse mundo que não pode ser explicado pela ciência.

Quando será visto? No episódio 4x01

Status do personagem: Recorrente mas com a possibilidade de ser integrado ao elenco regular.


Charlotte

Vinte e poucos anos. Muito atraente de uma forma natural e atlética, sua aparência é apenas uma pequena parte de seu charme. Precoce, falante e engraçada, Charlotte é uma acadêmica de sucesso que também sabe se virar no mundo real. No nível pessoal é difícil quebrar a dura concha de estabilidade e certeza que a cerca, mas quando essa concha se quebra, o efeito é por completo; muita emoção reprimida vém à tona.

Quando será vista? No episódio 4x02

Status da personagem: Recorrente mas com a possibilidade de ser integrada ao elenco regular.


Bem, no mínimo interessantes essas descrições gerais não? Apostas sobre onde eles entrarão ou em que contexto? Bom, por enquanto só dá para imaginar algum envolvimento de ambos ou com a Dharma ou com a equipe de Penny Widmore ou ainda como membros do tal navio que deve chegar à Ilha não acham?


E para finalizar, vale mencionar que a mesma fonte do Lost Spoilers aponta o dia 19 de agosto como início das gravações do aguardadíssimo 1º episódio da 4ª temporada.


Por Davi Garcia

06/08/2007

Fim de Lost no AXN significa...

... fim das férias do Dude \o/

É isso aí galerinha, agora que a série mais fantástica da tv terminou sua 3ª temporada também no AXN, nós aqui do Dude voltaremos com força total, com muitos posts bacanas trazendo notícias fresquinhas, comentários e opiniões de tudo que cerca a produção da série e seus envolvidos.

E não paramos por aí. Uma novíssima edição do nosso "Dudecast" vai aparecer por aqui em breve e se isso for pouco, aguardem também uma surpresinha relacionada ao visual do Dude. Sim, sim. ele vai mudar de roupa :p

E para quem quiser rever o que foi discutido no final da temporada, aí vão os links com comentários e com os sempre divertidos e misteriosos easter eggs do último episódio.

Comentários

Easter Eggs

Por Davi Garcia