06/04/2007

Podcast Oficial de 05/04

ATENÇÃO! Post com SPOILERS para quem ainda não viu o ep. 3x15

.
.
.

Para a alegria de quem curte demais ouvir o Podcast Oficial da série, a edição mais recente já está no ar. Eu sempre me divirto ouvindo a dupla de produtores executivos Carlton Cuse e Damon Lindelof falando sobre os episódios e respondendo as dúvidas de fãs, e tenho que destacar que essa semana eles se superaram em termos de gracejos. Ê duplinha comédia essa... Mas sem enrolações vamos aos destaques deste podcast:

• Daniel Dae Kim (Jin) conta que Dominic Monagham (Charlie) é seu consultor musical para os momentos de descanso na série sendo responsável por ter lhe apresentado diversas boas bandas das quais ele acabou virando fã e especificamente de uma nova iorquina que o faz lembrar de casa. O ator comenta ainda sobre uma história curiosa envolvendo ele, Josh Holloway (Sawyer) e uma pescaria mal sucedida...
• Sobre a tal história, Josh Holloway comenta que em função do tempo no Havaí ser sempre complicado, ele acabara ficando muito tempo sem pescar – lazer o qual, que ele diz adorar – mas que certo dia com o tempo aparentemente firme decidiu que ia pescar e chamou o amigo Daniel Dae Kim que nem é muito fã de mar para acompanhá-lo. Detalhe: os dois estavam no barco às 5 da manhã, e tendo zarpado apenas cerca de 1 km já estavam totalmente molhados em função da chuva mas tentando mostrar confiança no que estava fazendo, Holloway continuou seguindo por mais uns 10 km até a situação ficar bem ‘esquisita’ por causa do mau tempo obrigando-o a retornar. Porém, aí já era tarde e o silêncio já tinha tomado conta do barco e o medo de Dae Kim. Pois é, depois dessa até mesmo Holloway comenta que colocar o amigo de novo em um barco com ele seria bem complicado :p
• No segmento com a participação dos produtores executivos, Carlton Cuse começa tentando dar uma entonação mais grave à voz fazendo uma piadinha de que estava treinando para narrar trailers de filmes já que seria essa sua carreira de verdade quando Lost acabar.
• Falando sério, a dupla confirma que a história envolvendo John Locke só será efetivamente retomada no episódio 3x19 “The Brig”.
• Quanto Juliet sabe sobre o Monstro de Fumaça? Damon Lindelof diz que de fato não dá para confiar no que Juliet diz saber sobre o monstro, já que embora ela afirme não tê-lo visto antes, sabia muito bem como mantê-lo afastado.
• Por que Juliet foi deixada para trás? Carlton Cuse diz que há 2 possibilidades. 1) Ben simplesmente se cansou de Juliet e não a queria mais com o grupo, ou 2) Talvez exista uma razão pessoal mais específica para tal, algo que Cuse inclusive dá a dica que descobriremos já no episódio 3x16 “One of us” que trará flashbacks de Juliet que mostrarão exatamente o que aconteceu depois do que vimos no ep. 3x07 e como ela chegou à ilha.

No segmento destinado às perguntas dos fãs tivemos:

• Por que a série parece ter um aspecto menos ‘cinematográfico’ nessa temporada em relação às 2 primeiras? (Antes as filmagens eram feitas em 35mm) Damon Lindelof diz que as filmagens estão sendo feitas com câmeras betamax e que isso se deve a corte de custos. Pois é, até eles encaram planilhas de orçamento.
• As cenas que mostram o pós acidente e envolvem a fuselagem do avião como as vistas no episódio 3x14 “Exposé” são filmagens novas ou cenas anteriormente gravadas? Carlton Cuse diz que o processo de inserção de Paulo e Nikki naquelas cenas por exemplo, envolveu as já famosas telas verdes, mas também gravações inteiramente novas em meio à fuselagem que ainda permanece guardada no Sets do Havaí desde a 1ª temporada.
• Alguma chance de voltarmos a ver Libby de novo ainda nesta temporada? Por enquanto não, mas Damon Lindelof diz que certamente ainda veremos mais sobre Libby no futuro, talvez explorando o que ela fazia na mesma clínica em que Hurley estava e/ou o que aconteceu com seu marido.
• Por que Paulo e Nikki estavam lendo um jornal datado de 24 de Setembro de 2004 no dia do embarque do vôo 815 se já sabemos que o acidente ocorreu no dia 23? Carlton Cuse meio sem graça diz que deve haver uma explicação técnica para isso, talvez em função da diferença de fuso horário e blá blá... Ops, parece que alguém da equipe técnica deu uma pisadinha de bola nessa não? :p
• Quantos produtores trabalham em Lost? E qual a diferença entre os tipos? São cerca de 14 segundo Cuse e sobre as diferenças, Lindelof diz que são apenas títulos e que nesse ramo as etapas começam com um escritor que se torna editor de histórias, depois co-produtor e então oficialmente produtor e aí pode virar produtor de supervisão, depois co-produtor executivo e finalmente produtor executivo que seria o topo da cadeia. Carlton Cuse acrescenta ainda que há produtores que assumem outras funções na série, como Jack Bender e Stephen Willians que também dirigem episódios.
• E fechando as perguntas, algumas vindas do Brasil: 1) Vocês falavam sério sobre Danielle Rousseau ter um flashback? Lindelof confirma um flashback para a francesa, mas ao mesmo tempo diz achar interessante que mesmo estando na ilha a mais de 16 anos, ela sempre acaba demonstrando surpresa com os descobrimentos que testemunha com os losties. Hum... suspeito isso hein?! 2) Vamos descobrir mais sobre os DeGroots nesta 3ª ou 4ª temporada? Resposta simples e direta de Lindelof: Sim!

E assim terminou o podcast da semana. No próximo a presença do ator M.C. Gainey que faz o Tom contando sobre a experiência de fazer um vilão e como ele conheceu o produtor executivo Carlton Cuse.

Por Davi Garcia

9 comentários:

Anônimo disse...

Câmeras betamax?? Ah, fala sério, né? Só pode ter sido algum sarcasmo dos caras. Betamax é magnético e ninguém usa mais. Os produtores estavam bem humorados mesmo.

Alice disse...

A Juliet foi deixada pra tras pq ela ja fez o tinha q fazer ou entao o Ben ja pegou alguma informaçao util dela, sendo assim ela nao tem mais utilidade pra ele nem pra ninguem dos outros. É só uma pniao pq eu odeio a Juliet. Se eu fosse o Ben ja tinha decepado a cabeça dela a mto tempo. E o Locke... daki a poko ta do lado do Ben...

Anônimo disse...

Bem humorads eu não sei, mas que eles estão gozando da nossa cara isto estão. eps mal feitos ,sem conteudo,. Alias uma terceira temporada de pura encheição de linguiça...

Jhonatas disse...

Alguem devia ter perguntado se eles têm uma explicação de o Lostzilla n conseguir passar por cima da cerca...

Será q terá alguma pergunta sobre a sexualidade do Tom no próx podcast? Será q ele eh??? auhuahauahuahauah

Fred R. disse...

hmmm...tem angu nesse caroço ai..ou seria ao contrario?!?...haha
Alguém ainda duvida que é a Juliet que vai matar o Charlie por ele ter matado o Ethan!!!?!?? EU NÃO!!

Muito boa essa do Jhonatas, pq o monstro não passa por cima da cerca hein, hein!?!?

Anônimo disse...

Fraquíssimo esse podcast... A unica boa revelacao foi sobre a troca de cameras, mais nada...

[ ] Rubens

Anônimo disse...

Sobre as câmeras betamax, não há sarcasmo, há apenas um erro de tradução/reprodução do blog. Os produtores estão usando câmeras Betacam profissionais (que a Globo tambem usa aqui no Brasil). O Betamax é (era)amador.

[ ] Rubens

Mr. Ale disse...

Ué, se o Lostzilla não passa por cima da copa das árvores, vai passar por cima da cerca sônica??? :P
Jornal do dia 24??? Então se considerarmos que o Havaí é 22 horas atrasado de Sidney, é plausível que o jornal do Paulo seja um dia adiantado...hahaha

pergunta para o GAYney...

Rafilsk disse...

Q são DeeGroots?!