08/02/2007

Comentários do episódio 3x07 - "Not in Portland"

E aí tava com saudade de fazer vigília na espera por mais um episódio inédito de Lost? Pois é, eu também e digo logo de cara que curti cada momento desse 7º episódio "Not in Portland". Muita ação, momentos dramáticos bem dosados, piadinhas afinadíssimas de Sawyer ("Prazer conhecê-la Sheena", "Não fique chateado porque foi enganado pelo seu prisioneiro Wookie"), e claro mais sobre essa excelente personagem chamada Juliet. Foram 3 meses de espera pelo retorno da série e com o gostinho de quero mais que esse episódio deixa, afirmo que a empolgação voltou e com tudo!

"Not in Portland" ainda não chega a ser "O" episódio perfeito, mas é inevitável considerá-lo um belo ponta-pé inicial para as histórias que completarão essa 3ª temporada. Além disso, vale registrar também que ele está recheado de significados e confirmações interessantes. Em 1º lugar tivemos a oportunidade de enfim conhecer um pouco sobre o passado de um dos Outros, e perceber que Juliet tem um passado tão conturbado quanto qualquer um dos losties, o que confirma as palavras do produtor executivo da série Carlton Cuse, Lost é antes de tudo um drama sobre pessoas que encaram seus fantasmas em um lugar estranho. Juliet como vimos, trabalhava com pesquisas médicas e tem (ou tinha) uma irmã chamada Rachel que sofria de alguma doença grave (câncer talvez?), e a qual ajudava de alguma forma usando não só medicamentos de pesquisa, mas também de maneira anti-ética (pelo menos aos olhos de seu ex-marido e chefe, o Dr. Edmund Burke). Será que a doença de Rachel teria de alguma ligação/semelhança com a mostrada por Alpert (da Mittelos Bioscience) durante a entrevista com Juliet? Bem, como falamos de Lost onde geralmente tudo se liga, é plausível assumir que sim, e que talvez ainda descubramos que o ponto de estudo principal feito pelos Outros na ilha tem a ver diretamente com crescimento acelerado (envelhecimento?) e dificuldades para procriação, algo do que em teoria, vimos Rachel ser curada ao descobrir estar grávida. Ficou confuso? Bem, respire com calma, pois no fundo você vai ver que isso tem sentido.

Agora a questão principal levantada pelo episódio, é saber quais são as ramificações dessa Mittelos Bioscience com a Dharma Initiative. Me parece bastante evidente que Juliet era peça importante para eles, que não pensaram duas vezes sobre o que fazer para tê-la como colaboradora (ou alguém duvida que foram eles os responsáveis pela morte de Edmund Burke?). Como já se suspeitava neste post de ontem, a palavra Mittelos é de fato o tal anagrama que daria uma dica do que vém pela frente, como fora comentado por Carlton Cuse. Se ela representa de fato a palavra Lost Time (Tempo Perdido) ainda não dá para saber, mas é fato que faria todo sentido, sobretudo se levarmos em consideração que nosso 1º contato com um caso analisado por eles, trata exatamente de crescimento/ envelhecimento acelerado, o que claro, pode ser interpretado como Tempo Perdido não acham? Pois é, me parece muito provável que isso vá sim ser explorado nas histórias que vém pela frente, e já digo que devemos ver coisas bem interessantes, o que poderia por exemplo explicar o crescimento de Walt quando ele re-aparecer na série. Enfim, há muito a discutir sobre isso, e tenho certeza que "Not in Portland" foi só a ponta do iceberg que veremos pelas próximas 15 semanas.

Como disse no início, o episódio está recheado de detalhes bacanas, daqueles que agradam em cheio os que gostam de procurar pistas e referências soltas nas cenas. Bem no início do episódio por exemplo, quando Juliet entra no quarto onde está sua irmã Rachel, podemos ver um octôgono com o Yin Yang, em uma clara referência ao símbolo da própria Dharma Initiative. Em outro momento bem legal para quem se liga nos números, vemos o 108 (o somatório dos bad numbers ou o tempo que o relógio da escotilha levava para chegar ao zero) aparecendo no aparelho que registra a frequência cardíaca de Ben Linus na sala de cirurgia. Mas a informação mais interessante para mim, foi mesmo a do tempo que Juliet está na ilha, 3 anos 2 meses e 28 dias. O que tem de especial nisso (se é que tem)? Bem, eu ainda não sei, mas fazendo um cálculo rápido dá para saber que Juliet chegou à ilha +/- próximo ao 11 de Setembro de 2001... Que data não?
Por Davi Garcia

15 comentários:

Flávio disse...

O episodio parece ser mto bom! Mtas novas informações que nos deixam meio tontos e avidos a digerir logo!
Abraços

Anônimo disse...

Excelente site!!! Sou meio novo no mundo LOST... não conhecia o site! Gostaria de saber onde encontro as legendas p/ a 3a. temporada..... inclusive a deste episódio 7. Caso saiba, favor colocar um link neste próprio site ou então me responder pelo e-mail edbraca@yahoo.com.br, ok!
Abraços, Edinho.

Anônimo disse...

Só uma dúvida: Não puderam sair da ilha depois que o céu ficou roxo? Por isso só o Jack poderia operar o Ben?
Não entendi: o céu não ficou roxo quando os três já estavam capturados?
Faz sentido isso não...

Tércio Stardust disse...

Alguém lembra há quanto tempo a mensagem da 'Francesa' estava sendo transmitida?????? POis se pensarmos que Alex foi sequestrada logo que nasceu, e ela já aparenta ter entre 16 e 18 anos podemos fazer um cálculo se foi acelerado o crescimento dela.
Quanto ao amadurecimento, muito forte a lobotomia de Carl, me lembrou Laranja Mecânica.

Rafaella disse...

Acho que esse novo episódio reforçou bastante a teoria de que o site não é fake não, mas se for, quem o construiu anda mto bem informado... hehehehehehe :D

cristiano disse...

grande episódio de retorno!!!! e essa da Mitellos... sei não, mas tá fa´cil demais. claro que Lost Time faz sentido, mas não sei. Davi!!! Ju!!! passem na acomunidade e deixem suas opiniões qdo tiverem tempo, valeu?!

Losted disse...

Pessoal o Mittelos Bioscience está fora do ar O_O
Depois que assisti o Epi não acho que aquilo é falso, as informações bateram muito bem... se for falso foi um dos fakes mais perfeitos que já vi

Judson da Cruz disse...

Será que só eu percebi que o livro que o Aldo (vigia do prédio onde estava o Carl) estava lendo era o "Uma breve Hitória no Tempo" de Stephen Walking? A parte que ele estava lendo era justamente a que fala sobre os "wormholes" (buracos de minhoca) que são dobras no espaço que podem (em tese) ser usadas para viagens no tempo.
Será uma falsa pista ou algo concreto? O que vocês acham?

diego disse...

seria a rachel, irmã de juliet, a rachel blake de lost experience?????

Anônimo disse...

Alguém conseguiu fazer a leitura labial do Ben, na hora que ele está falando a sós com a Juliet, e dá por duas vezes um close nele?

Tenho certeza que essas cenas foram feitas pra gente tentar entender oq ele disse, só que pegando uma frase ao meio, e não vendo o verdadeiro sentido que ele deu!!!

Alguém???

Anônimo disse...

Só para reforçar o comentário do céu roxo... se eles não conseguem sair de lá desde q ficou roxo o céu o Ben mentiu para Juliet falando q a deixaria ir embora. P/ Juliet, para o Jack, etc, etc!

E sera q só o Ben tem a "chave" para ir embora da ilha, como ele consegue prender a Juliet?

Gisele disse...

E o namorado da Alex estava no quarto 23...

Anônimo disse...

Muito bom o episódio...
Me fez ter mais simpatia pela Juliet, pois aparenta que ela não está ali por que quer, foi coagida a estar ali. Imaginem o Jack, capturado, sendo oferecida liberdade em troca de colaboração nas pesquisas. E imaginem que caísse outro avião, com outros sobreviventes, e etc... Iam considerar Jack um "outro", inimigo como eles. É, somente uma visão diferente.
Abraços

Anônimo disse...

O céu roxo e a saída da ilha resumem uma intrigante questão:
Para que os Outros queriam Kate, Sawyer e Jack se não para a cirurgia do Ben?
Pois quando o céu ficou roxo, os três já estavam capturados e acho que o Ben se arriscou como falso Henry Gale para tentar contato com os três e não com o Lock, como ele disse. Aí apareceu a Rosseau e o pegou, além do Sayd estar p da vida com a morte da Shanon e os losties desconfiados da própria sombra.

E aproveitando que a estória da fertilidade está em voga, principalmente despois do ocorrido com a irmã da Juliet... eu acho sim que tentaram engravidar a Kate.
(relendo aquela teoria que apareceu no Dude há alguns meses, ela passou até a fazer sentido).

Anônimo disse...

O céu roxo e a saída da ilha resumem uma intrigante questão:
Para que os Outros queriam Kate, Sawyer e Jack se não para a cirurgia do Ben?
Pois quando o céu ficou roxo, os três já estavam capturados e acho que o Ben se arriscou como falso Henry Gale para tentar contato com os três e não com o Lock, como ele disse. Aí apareceu a Rosseau e o pegou, além do Sayd estar p da vida com a morte da Shanon e os losties desconfiados da própria sombra.

E aproveitando que a estória da fertilidade está em voga, principalmente despois do ocorrido com a irmã da Juliet... eu acho sim que tentaram engravidar a Kate.
(relendo aquela teoria que apareceu no Dude há alguns meses, ela passou até a fazer sentido).