31/10/2006

Matthew Fox fala sobre Lost e filmes

Por Edward Douglas para o ComingSoon.net
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

Mais conhecido como o Dr. Jack Shephard de Lost, o ator Matthew Fox arriscou-se em outros papéis durante sua folga na série, incluindo aí o drama “We Are Marshall” que estréia em dezembro nos EUA. Nesse filme ele faz Red Dawson, assistente de treinador da Universidade Marshall, que perdeu um time inteiro em um acidente aéreo em 1970 e que teve que ajudar o novo treinador (Matthew McConaughey) a montar um time inteiramente novo.

Tendo terminado as filmagens ao longo do verão americano, Fox está de volta ao Havaí onde grava a nova temporada de Lost e durante uma folga, quando ele falou ao site CommingSoon.net sobre o drama de futebol americano, também perguntamos a ele algumas coisas sobre os “Outros” e sua opinião sobre a direção na qual a série está indo. “Eu entendo que o público sente falta daquelas outras dinâmicas, mas a trama agora demanda que olhemos para a história mais da perspectiva dos Outros do que da dos sobreviventes”, ele disse. “Eu penso que isso seja uma coisa realmente incrível que a série está fazendo. Porque Jack agora é parte daqueles Outros – mantido cativo lá – Eu tenho que trabalhar com aqueles novos atores e criar relacionamentos novos e dinâmicos, e isso tem sido realmente excitante para mim. O que está acontecendo entre Jack e Juliet, Jack e Ben e os relacionamentos que meu personagem tem com os Outros, traz um entendimento entre nós como atores que no dia em que trabalhamos, há uma certa dinâmica que abordamos e que é necessária, mas eu estou conhecendo todos como pessoas, e eles são incríveis. Eu os adoro como atores, e estou realmente entusiasmado por trabalhar com todos eles o tempo todo e no quão psicológico o trabalho é”.

Existe alguma preocupação sobre o Jack ser o próximo personagem a ser morto na série? “Eu não ligo muito para isso”, Fox admite. “Eu me sinto realmente sortudo por fazer parte desse projeto e de um ponto bem objetivo, eu entendo que isso é um elemento na série que é importante. Você não pode criar essa ilha onde a vida está sempre na balança e então não ter pessoas morrendo. Eu penso que isso seja apenas parte da série, então sim, isso está sempre no fundo dos meus pensamentos, mas eu não me preocupo muito com isso. Se chegar o momento para o Jack Shephard, é porque isso deveria acontecer na história e eu tenho uma grande fé de que Damon Lindeloff, J.J. Abrams e Carlton Cuse tem isso sob controle”.

Há outros benefícios de se ter mais histórias e um elenco maior na nova temporada. “Isso me deu mais tempo livre, porque estou fazendo todo meu trabalho essencialmente em um único set, então eu tenho 2 ou 3 dias nos quais trabalho 14 horas e então tenho uma semana de folga enquanto eles filmam outras histórias, e isso tem sido incrivelmente bom para mim. Eu trabalhei em dois filmes durante minhas férias. Esse trabalho me tomava 6 dias na semana, então voltar para Lost foi excitante, mas ao mesmo tempo ter essas folgas tem sido um alívio muito bom”.

Obviamente, “We Are Marshall” foi um desses dois filmes, mas Fox também teve tempo para aparecer no thriller político “Vantage Point”, programado para estrear no próximo ano. “Vantage Point” foi um script que eu li 1 ano e meio atrás”, Fox respondeu quando perguntado dos motivos por ter escolhido esse projeto durante suas férias de Lost. “Esse era um filme que de fato eu estava procurando para fazer nas minhas primeiras férias, e então algo deu errado e ele não aconteceu na época, mas aí o projeto voltou e se encaixou nas minhas últimas férias. Eu o vejo como um thriller incrível, inteligente e intenso. Também confio muito no Pete Travis como diretor. Ele dirigiu um filme chamado “Omagh”, que eu considereo sensacional. Nós realmente viamos nos olhos o que era necessário para cada personagem, e esse é um personagem bem diferente do que faço em “We Are Marshall”. É um personagem muito intenso mas intenso em níveis diferentes do de Red Dawson. Fiquei bem satisfeito com esses dois projetos individualmente, e também do quão diferente eles foram, mas a experiência com “Vantage Point” foi diferente de um jeito do qual não posso falar muito sem estragar a surpresa”.

No filme, Fox faz um agente do serviço secreto então perguntamos se ele teve a chance de conversar ou estudar com algum agente de verdade antes de fazer o filme. “Esses caras são realmente reticentes para falar sobre sua profissão, então ter essa oportunidade foi muito bom, e Pete realmente se esforçou para que isso acontecesse e tivemos alguns materiais de pesquisa também os quais estudamos. Então nós tinhamos pessoas no set o tempo todo que eram consultores que asseguravam que aquilo que fazíamos tinha algum senso de realidade”.

Informações e Spoilers direto do E! Online

Abaixo um apanhado do que a colunista do E! Online Kristin Veich disse sobre Lost em seu post mais recente do site. Fica o aviso de que algumas coisas podem revelar SPOILERS do que vém pela frente, portante estejam avisados.

Caso tenham perdido, devo dizer que Damon e Carlton (os chefões de Lost) acabaram de fazer um podcast bem ‘spoilerento’. Eles revelaram/confirmaram que: (a) Jae Lee (o amante de Sun) de fato se suicidou e não foi morto por Sun ou qualquer outra pessoa; (b) que a bebê Clementine bem provavelmente é de fato filha de Sawyer – e até indicaram que ela pode reaparecer em um flashback futuro; (c) Kate ama Sawyer (tentei jogar essa bem rápido para que vocês Jaters não tenham um ataque cardíaco); (d) Há uma boa chance de que um dos personagens seja gay (aposto no Tom/Zeke); (e) Scott está morto, mas os atores que fazem Scott-Steve discutiram sobre quem faz Scott; e (f) o cara morto ao ser engolido pela turbina do avião no episódio piloto era realmente o autor de Bad Twin Gary Troup.

Sobre a comentada morte que vém por aí:

- Não é Hurley a vítima, já que ele terá um flashback no episódio 10.
- Se vocês viram a nova edição da revista Entertainment Weekly, já sabem que Juliet aparentemente atira em alguém de um grupo que está na praia e que inclui Sawyer, Kate e os Outros. Ela faz isso com duas balas de uma Sig Sauer (o mesmo modelo de arma que o agente federal que prendera Kate carregava).
- De acordo com algumas fontes quem morre, não é Jack, Sawyer, Sun, Kate ou Locke.

Sobre o episódio 6 que trará o casamento de Kate:

Fiquei sabendo que o casamento acontece em Miami (um cenário feito em Honolulu); Que o nome de Kate não é Kate. (Vou dar uma pausa enquanto vocês digerem isso) E que alguém da ilha pode aparecer no casamento. Algum palpite? Comentem!

30/10/2006

Novidades do podcast oficial e SPOILERS do episódio "The Cost of Living"

No podcast oficial de Lost dessa semana, os produtores executivos Damon Lindelof e Carlton Cuse discutiram o episódio da última semana, adiantaram alguns pontos do próximo "The Cost of Living" (algo como "o custo de viver”) e responderam algumas perguntas dos fãs. Resumindo:

- Jae-Lee de fato se suicidou;
- O episódio 10 terá um flashback do Hurley;
- Sugeriram que Nikki e Paulo terão um flashback que mostrará o que acontecia enquanto o elenco principal estava em outras partes da ilha;

E falando ainda sobre o episódio da próxima 4ª feira, o Lost Spoilers traz pequenas passagens do que veremos em “The Cost of Living”. Se não quiser saber antes pare de ler agora.

.
.
.

- Locke e Desmond estão na praia conversando com Sayid que acaba de retornar com Jin e Sun. Locke diz a Desmond que ele deve contar a Sayid o que sabe.
- Desmond diz a Sayid que o computador fez muito mais do que apenas resetar o contador.
- Sayid pergunta se o plano é tentar se comunicar com os Outros.
- Jack diz a Ben que ele tem um tumor que vai matá-lo.
- Sayid, Charlie e Hurley tentam apagar um inêndio na cabana onde Eko está.
- Na cabana onde Eko está há um outro padre, seu irmão Yemi.
- Locke repete a famosa frase dita antes por Mr. Eko “Não confunda coincidência com destino”.

Jorge Garcia no lançamento oficial dos bonecos de Lost

Segundo notícia do site IESB.net, A Touchstone Television, divisão do grupo Disney-ABC Television, e a McFarlane Toys vão finalmente lançar os tão esperados bonecos dos personagens da série Lost. Para isso, realizarão um evento exclusivo dia 06 de novembro, na famosa loja de brinquedos Toys "R" Us, em Nova York.

Estarão presentes na loja o ator Jorge Garcia (Hurley) e Todd McFarlane, promovendo e autografando os bonecos. Para participar é necessário fazer uma inscrição prévia, pois as vagas são limitadas.

Serão lançados os bonecos de Jack, Kate, Hurley, Locke, Charlie e Shannon, todos inspirados em passagens da primeira temporada da série, conforme já havíamos postado anteriormente .

Veja mais fotos dos bonecos aqui .

Se você por acaso mora em New York, ou está de viagem marcada, dê uma passadinha por lá e nos conte depois!

Paparazzi...

Image Hosted by ImageShack.us

Evangeline Lilly e Dominic Monaghan

Mais Fotos Aqui

29/10/2006

6º Episódio "I do" promete fortes emoções

Mesmo que você não goste de spoilers, fique tranquilo, esse post não estraga nenhuma surpresa e só aumenta nossa expectativa e ansiedade pelo final da mini-temporada (leia-se os 6 primeiros episódios).
Segundo Greg Nations, coodenador de roteiros de Lost que sempre escreve no The Fuselage (Fórum oficial da produção da série), nós devemos nos preparar para o choque que virá por causa do _______ (algo que ele não revelou e deixou para imaginarmos e especularmos) que antecede o final do 6º episódio quando aquele famoso "boom" soa na tela preta trazendo a palavra LOST. Nations afirma ainda que esse final é tudo e muito mais do que se espera de um bom gancho para o retorno da série no dia 7 de fevereiro de 2007.
Intrigados? Digam aí, o que vocês acham que vai acontecer de tão bombástico.

Novo Promo 03x05 "The Cost of Living" - SPOILER


Legendado

28/10/2006

Vídeo Sátira com "fãs" de Lost

Sabe aquela ansiedade que bate quando vai chegando a hora de começar Lost na tv (ou na tela do computador)? Pois é, a dupla Will e Derek do site Nobody's Watching TV, especialista em fazer pequenas sátiras relacionadas a programas de tv, captou com muita criatividade o comportamento de um fã de Lost a poucos instantes de ver mais um episódio da série. Vejam e comentem se não é assim que ficamos...

Fotos Promocionais do episódio 3x05 - "The Cost of Living"


Mais fotos

Primeiras (e talvez únicas) fotos promocionais do episódio desta semana "The Cost of Living". Pois é, parece que Paulo (Rodrigo Santoro) começa a ganhar espaço e brincar de desbravar a floresta...

27/10/2006

Mr. Eko fala no podcast oficial de 25 de Outubro

O podcast oficial de Lost desta semana, não traz nenhum dos produtores, mas sim uma uma pequena entrevista com o ator Adewale Akinnuoye-Agbaje (Mr. Eko) falando sobre seu personagem. Para o ator um dos fatores mais interessantes sobre Eko é que ele não se encaixa em esteriótipos. Ele era um assassino brutal que encontrou a redenção, e isso agradou a audiência. O ator declarou ainda que na Nigéria não ocorrem sequestros e assassinatos como fora retratado no episódio "Salmo 23", mas que ainda assim aquela história foi bem vista em seu país natal. Ele diz também que o que faz de Lost uma série tão interessante, é a dinâmica que surge do fato de que nenhum personagem está a salvo (seria uma dica para o futuro de seu personagem?). O ator inclusive acredita que isso traz ainda mais tensão e uma perspectiva maior para cada personagem. As semanas passam e a sensação de não saber se um personagem vai ser capaz de sobreviver continuam. Finalizando Adewale deu a dica de essa sensação certamente vai ficar ainda mais forte nessa temporada...

26/10/2006

Revelado o mistério de Paulo Santoro

Uma das coisas mais bacanas do blog é poder contar com as colaborações de quem nos visita. Vejam que divertida sátira envolvendo o personagem do Rodrigo Santoro. (Cliquem na imagem para vê-la melhor). Seria esse o grande mistério do passado de Paulo? :p


Créditos da imagem para 100Grana

Detalhes do episódio "Every Man for Himself"

Ainda na esteira do episódio Every Man for Himself, vale a pena dar uma conferida na relação dos easter eggs soltos no episódio reunidos pela colunista Kristin Veich do E! Online, os quais reproduzimos aqui. Claro que há spoilers, portanto se ainda não viu o 4º episódio desta 3ª temporada pare de ler agora.

.
.
.

Os números estão de volta! O número de prisioneiro do Sawyer era 8-4-0. O dinheiro estava armazenado na unidade 23C. E o coelho tinha o número 8 marcado.

Kate e Sawyer tem uma conexão: Química à parte, descobrimos que os dois tem um link relativo a dinheiro. Sawyer colocou dinheiro em um banco do Novo México para sua filha. Kate roubou um banco no Novo México.

Desmond pode ver o futuro: Ou como você explica o fato dele saber o que Locke diria no final do 3º episódio e preveria com precisão quando um raio cairia?

Locke pode ver o futuro: Ou como você explica o fato de que em sua visão/sonho do 3º episódio, ele ouviria Sawyer dizendo, “tire as estrelas dos seus olhos, senhorita”, algo que o golpista de fato disse nesse 4º episódio?

É tudo sobre coelhos! Não esqueçamos que na 1ª temporada, Sawyer estava lendo “Watership Down” e disse, “é tudo sobre coelhos”. Bem, um dos grandes temas naquele livro é que eles não tem muitas fêmeas, e por isso precisam seqüestrar algumas. O que é interessante, uma vez que duas mulheres foram capturadas (Claire e Kate), Claire foi testada e agora surge uma médica especialista em fertilização.

Teoria louca do dia: Seria Desmond pai? Seu resgate visionário de Aaron foi a 2ª vez que ele mostrou interesse no filho de Claire, mas se ele tivesse um filho com Penny e os abandonara, isso poderia explicar o porquê de Charles Widmore (pai de Penny) tê-lo chamado de covarde. E mais importante, será que os roteiristas realmente acham que um triângulo Desmond – Claire – Charlie (que é o que parece que vém pela frente) vai ser bom? Sintam-se à vontade para comentar.

Entrevista com Rodrigo Santoro - Legendada


Entrevista realizada com Rodrigo Santoro por ocasião do lançamento da terceira temporada de Lost!


Comentários do Episódio 3x04: "Every Man for Himself" - Spoiler

Por Davi Garcia


Every Man for Himself... Cada um por si, ou não? Sawyer deu mostras claras mais uma vez de que é um bad boy sim, mas do tipo que gosta de colocar banca dizendo que não liga para nada, que não se importa com ninguém, mas que no fundo sempre pensa em quem lhe apraz. Que surpresa bacana a de que ele tem uma filha chamada Clementine não? E surpresa maior ainda foi vê-lo dizendo que não ligava para ela, para no final depois de obter um tipo de recompensa pelo ‘pequeno’ golpe na prisão, pedir indiretamente que cuidassem da menina, sem que revelassem a identidade do benfeitor. Mais pontos para o Sr. James Sawyer Ford na minha lista de preferências...


Mais uma surpresa no passado de Sawyer: Clementine


Mas e agora José? Os Outros afinal são bons ou maus? Eu confesso que esse jogo constante deles é tão bem armado que consegue ao mesmo tempo nos dar pistas de seus objetivos e nos enganar. Divido essa sensação com vocês? Tomemos a cena inicial do coelho como exemplo. Quem não xingou - mesmo que mentalmente - o Ben (Michael Emerson cada vez mais sensacional) naquele momento? E quem igualmente não sacou que a tal ameaça ao coração do Sawyer, era tão fake quanto uma nota de 3 reais? Naquele momento ficou bem claro para mim mais uma vez que os objetivos específicos dos Outros com a dupla Sawyer e Kate é tão ‘simplesmente’ fazê-los livrarem-se de qualquer casca que os impeça de consumarem uma atração que não apenas a física. Se Kate de fato ama o Sawyer eu não sei dizer (e nem me arrisco). Mas que é fato que as condições a que eles são submetidos, termina por forçá-los a adquirirem uma proximidade maior, já que os fragiliza, não dá para negar. Essa tática aliás, parece ser fundamento de todas as ações dos Outros até agora.

Esse episódio não me agradou no todo, mas sim em algumas de suas pequenas partes. Achei que ausência do pessoal do acampamento (Cadê o Locke?) comprometeu a seqüência que vinha se construindo. Esperava uma dinâmica maior entre os núcleos nesse 4ºepisódio, mas de qualquer forma, foi bem interessante confirmar que: 1) o Desmond de fato ganhou algum tipo de vidência depois da implosão da escotilha e que, 2) Paulo, o personagem de Rodrigo Santoro, ou é um sujeito muito “mascarado” e talvez tão bad boy quanto aquele Sawyer da 1ª temporada, ou revoltou-se por ter ficado isolado por quase 70 dias das ações e acontecimentos principais, e agora resolveu abrir mão de tudo não querendo saber de mais nada... mas isso claro, é pura especulação minha, e teremos que aguardar um desenvolvimento do personagem para avaliarmos melhor.

E quer dizer então que a conexão entre Jack e Juliet, é a medicina hein?! Interessante, sobretudo se levarmos em conta que Juliet se diz especialista em inseminação ou fertilidade, o que pode (ou não) explicar a razão de Kate estar perturbada assim que foi colocada na jaula lembram? Me arrisco a dizer que é bem provável que ela tenha passado pela mesma experiência que a Claire passou na escotilha Staff, portanto torçamos para que isso seja explicado mais a frente. Ainda sobre o Jack, achei bastante inteligente da parte dele fazer o mesmo tipo de jogo mental que o Ben fazia quando prisioneiro na escotilha Cisne. Aquela mesmíssima manipulação psicológica, dizendo que é o outro fulano quem manda, quem decide e etc... Se vai sair algo interessante daí, só o tempo dirá, mas tal qual Sawyer, Jack também ganhou uns pontos nesse episódio.


Outra ilha?


E por último, mas não menos importante, devo comentar sobre a nova visão do lugar que Ben (já disse que o ator está cada vez melhor não?) revelou a Sawyer. Será que da ilha que já conhecíamos e onde estão os losties, não se vê a outra onde estão os Outros que como o próprio Ben disse é duas vezes maior que Alcatraz? Que novo mistério surge dessa descoberta? Ou não há mistério nenhum? Vamos especular...

Promo 03x05 "The Cost of Living" - SPOILER





Promo Americano


(Por enquanto, não há promo canadense!)

25/10/2006

A Sensação de Ver

É com imensa satisfação que publicamos mais uma contribuição dos nossos leitores. Neste caso, um ótimo comentário sobre o filme "A Sensação de Ser" que tem em seu elenco Ian Somerhalder, ator que interpretava Boone em Lost. Nossos agradecimentos à Fabiana pela excelente contribuição. Abaixo, o e-mail na íntegra:
Olá pessoal do Dude!

Quero dizer que acesso o blog diariamente, porque meu inglês é péssimo e só vocês traduzem tudo rapidinho para os fãs de Lost não perderem nada.

Mas hoje não vim falar de Lost e sim do filme “A sensação de ver”, de Aaron J. Wiederspahn, e com Ian Somerhalder, que teve sessão no dia 21/10 durante a 30º Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Confesso que fui ao cinema na vã tentativa de quem sabe, encontrar o Ian promovendo o filme, o que não ocorreu, (o diretor estava lá, disse que estava sendo maravilhoso estar no Brasil e arriscou o básico “obrigadou” no final), mas o filme valeu a pena.

Para os lostmaníacos, a edição da trama soa agradavelmente familiar: o filme começa numa cena de vários minutos em que um caminhão de lixo e uma mulher tangendo 3 cabras passam por um homem caído ao lado de uma estrada, na frente de um galpão antigo. Somente um menino de bicicleta vai parar e tentar acordar o homem, e quando não consegue, vai embora levando consigo algo que estava no chão, e que não é muito claro. É ai que vem a semelhança com Lost...a cena seguinte, em preto e branco nos mostra uma briga de casal, quando o marido avisa que vai embora de casa. E esta cena, saberemos mais a frente, é um FLASHBACK da vida de Mr. Finn (David Strathairn, de Boa noite, Boa Sorte) um ex-professor que agora mora numa pensão e vende enciclopédias.

Durante o filme, que é dividido em 5 partes, cada uma delas iniciada por um verso, numa tela como aquelas de filme mudo, vamos descobrir o que aconteceu para que Mr. Finn saísse de casa, e as relações que ele estabelece com as pessoas com quem convive. Na trama temos ainda uma jovem mãe e sua filha que moram na pensão, um rapaz que cumpre pena de trabalhos alternativos lavando carros de polícia, um menino que está sempre atrasado para a escola e comete um furto, um velho pai e sua filha que também é ex-aluna de Finn, e um ex-músico, que ajuda a lavar as viaturas, sempre acompanhado por um jovem, papel de Ian Somerhalder.

É nesta relação entre os personagens que reside outra das semelhanças com Lost: de uma maneira direta ou não, todos os personagens estão ligados. Exemplo: Mr. Finn mora na pensão, onde também moram Alice e Ruthie (mãe e filha), que é ex-mulher de Dylan (o cara que lava as viaturas), que é ex-aluno de Finn e é filho de Tucker (o velho pai), com quem está brigado. Uma das relações mais importantes,e que envolve o personagem de Ian, é o ponto central do filme, então não posso revelar para não estragar a surpresa.

Mais uma semelhança? Finn termina cada uma das “partes” do filme com uma citação, entre ela uma de Pascal, que dá nome ao filme “é a luz que dá a nós a sensação de ver”, como em Lost, onde sempre temos uma citação de autores clássicos, seja na própria trama, no nome dos episódios ou dos personagens. No caso dos personagens do filme, especialmente de Finn, a sensação de ver virá com a libertação da culpa que o assola e o fez mudar de vida.

Ian faz um trabalho muito bom, comedido, sem sorrisos. A angústia de se ver perseguido por um rapaz que aparentemente ninguém mais vê o consome e sua vida é uma sucessão de dias sem significado nenhum. Apesar de ser difícil dissociá-lo do Boone de Lost, ele fez um papel muito mais carregado dramaticamente, e sua beleza não é explorada intencionalmente (mas, meninas, relaxem: ele tem closes de tirar o fôlego e o figurino, uma calça jeans perigosamente justa revela um “potencial traseiro” que eu nunca havia reparado na ilha).

O filme não é diversão fácil, nem entretenimento de massa, mas não é indecifrável. Leva a pensar nas culpas que carregamos por ai, e que muitas vezes não são nossas. E também vale pelo Ian, por ver que ele pode ir além de Lost com segurança.

É isso, é que fiquei tão animada pelo filme que quis dividir com vocês minha opinião. Espero que anime vocês a assistir o filme também.

Beijos a todos e parabéns pelo Dude!
Fabiana “Jater” Lameirinha, Guarulhos/SP.

Lost já tem data para retornar em 2007

Entre os anúncios que a rede ABC fez ontem sobre mudanças na programação de algumas de suas séries, foi confirmada oficialmente a data de retorno de Lost em 2007. Para aqueles que porventura ainda não saibam, a série ficará fora do ar depois da exibição do 6º episódio "I Do", dando espaço para a série "Day Break", que ocupará 12 semanas na programação da ABC até a volta de Lost no dia 7 de fevereiro de 2007 com o 7º episódio "Not in Portland".
No Brasil a expectativa de estréia para a tv a cabo continua sendo março de 2007, embora não tenhamos qualquer confirmação de datas.

Mais Cenas do Epi 3x04 "Every Man For Himself" SPOILER




Acontecimento bomba marcará o 5º episódio - SPOILER

ATENÇÃO! A nota abaixo contém SPOILER, portanto se você não gosta de saber antes pare de ler agora.

.
.
.

Em sua coluna semanal onde responde dúvidas de fãs de várias séries, Michael Ausiello da TV Guide revelou uma bomba que vai explodir no 5º episódio da temporada, "The Cost of Living" centrado no Eko.
Ao ser indagado se Sawyer ficará bem mesmo depois do que já vimos no promo do episódio desta noite (o 4º episódio "Every Man Himself"), Ausiello disse que não é com ele que devemos nos preocupar, mas sim com um grande personagem (regular na série) e que não é o Sawyer, mas que vai se juntar ao time de Boone, Shannon, Ana Lucia e Libby, ou seja vai morrer! E mais, ele diz que não vamos acreditar quando vermos...
Temos uma semana para especular, mas eu já parto dizendo que duvido que seja o Eko... E vocês? Apostam em quem?

24/10/2006

Cenas do Epi 3x04 "Every Man For Himself" - AOL - SPOILER



Legendado



Legendado

1ª temporada em Blu-Ray

Segundo informações do Tail Section, fontes da ABC revelam que a rede está bem próxima de anunciar o lançamento da 1ª temporada de Lost no formato Blu-Ray. A caixa vai ser o carro chefe de uma linha de lançamentos desenvolvidos em HDTV que a rede planeja lançar no próximo verão americano. A caixa vai trazer mais extras e cenas extendidas não inclusas na bem sucedida caixa original.

O lado ruim da notícia? Rumores dão conta de que o preço estimado vai girar em torno de US$199,99, o que claro pode afastar muitos potenciais compradores. Ainda não há qualquer informação se veremos esse futuro lançamento chegar também ao Brasil.

Foto SPOILER



Direto do Tail Section, uma foto interessante que dá dica do que vém pela frente depois do intervalo de 13 semanas da série... Viu a foto mas não quer saber do que se trata? Pare de ler agora.

.
.
.

A imagem acima surgiu nesta materia (texto em inglês), e mostra uma cena que acontece em um laboratório onde podemos ver Juliet atrás do diretor Stephen Williams que por sua vez orienta o ator William Mapother (Ethan).

É bem provável que a cena aconteça no 7º episódio “Not in Portland” que pode ou não revelar como Juliet se envolveu com a Dharma e consequentemente com os Outros.

Spoilers do episódio 3x04 Every Man for Himself

Mais informações sobre o episódio de amanhã "Every Man For Himself". Como de costume, a jornalista Kristin, do E! online, traz na sua coluna alguns spoilers interessantes sobre Lost, os quais traduzimos abaixo. Se não quiser saber pare de ler agora.
.
.
.

E ooh, mama, é um episódio louco! Você não só vai ver a relação mais dramática entre Kate com um homem na ilha (É um confissão de amor de vida-ou-morte), bem como pode esperar pelos seguintes acontecimentos:

Um animal morre;
Um “Outro” morre;
Sawyer tem uma história de partir o coração;
Sawyer encontra o seu Westmoreland* e alguma outra pessoa muito próxima a ele;
Vamos descobrir que Jack e Juliet tem uma coisa muito grande em comum;
* Pois é também não sabemos o que significa essa palavra. Se alguém souber fique a vontade para nos dizer :-)

23/10/2006

Mais Curiosidades Lost: Cenas Deletadas - SPOILERS

Mesmo depois de quase 1 semana desde a exibição original do 3º episódio Further Instructions, pontos ficaram em dúvidas, mas imagens de cenas cortadas respondem algumas dúvidas, e levantam outras. Confiram...

Nesta sequência, o que mais chama a nossa atenção é vermos o novato Paulo (Rodrigo Santoro) saindo - apressadamente - da barraca com Claire logo atrás... Teria sido este o momento do "flagrante" tão comentado anteriormente?

Aqui além do beijo apaixonado entre Claire e Charlie, vemos a chegada da polícia ao acampamento onde Eddie se infiltrara (Pois é, o cara ficou vivo contrariando algumas especulações que diziam que ele teria sido morto), e a consequente prisão dos líderes do lugar, Mike e Jan. Mas fica uma pergunta: Onde foi parar o Locke hein ?!

UPDATE: Visto que nos comentários alguns ficaram em dúvida se era o Locke ou não sendo preso em uma das cenas, fica aí mais uma imagem para comparação.


Agradecimentos especiais a Erik Trovão Diniz pela contribuição.

Elenco de Lost em Festival de Cinema

Dando mais uma prova de seu sucesso, Lost marcou presença ontem no Festival Internacional de Cinema do Havaí com os atores Henry Ian Cusick, Michael Emerson e Jorge Garcia, que participaram de um debate sobre como a televisão assume cada vez mais o papel da mídia mais criativa da atualidade, e como a ruptura com a estrutura convencional, atraiu milhões de fãs ao redor do mundo.

Henry Ian Cusick, Michael Emerson e Jorge Garcia

No período em que a indústria vê diminuir cada vez mais seu público nas salas de Cinema, Lost assume um papel de destaque cada vez maior na vanguarda da nova tendência: Entretenimento inteligente e de qualidade nas casas de milhares de pessoas.
*****************
Trazendo mais detalhes do que rolou no painel realizado no último sábado, uma matéria bacana de um site havaiano.

Por Mike Leidemann para o Honolulu Advertiser
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

No painel de discussão sobre Lost realizado no sábado, ninguém revelou qualquer segredo do que vém pela frente na série, mas ainda assim mais de 300 fãs que estiveram no Regal Dole Cannery Stadium voltaram para casa felizes por terem visto e ouvido três das estrelas da série em pessoa e descoberto alguns detalhes de bastidores da produção de Lost.

Jorge Garcia por exemplo, que faz Hurley, não consegue acreditar que existam pessoas que o confundam com o cara da propaganda local da rede de fast food KFC. Michael Emerson que era Henry Gale mas agora é Ben Linus, acha que os melhores vilões quase sempre despertam simpatia como acontece com seu próprio personagem. Já o ator escocês Henry Ian Cusick que faz o Desmond, já vê o Havaí como seu lar.

"Foi uma bela chance de conhecer mais os atores, vê-los e ouví-los pessoalmente", disse Debra Watson, de Knoxville, que foi para o Havaí assistir a premiere e ficou para acompanhar o painel.
Pete Schiavone, turista da cidade de Ruidoso, trouxe seis familiars depois de ficarem sabendo do seminário através de uma propaganda do Festival.

Por mais de 2 horas e meia, a produtora Jean Higgins e os três atores responderam com bom humor as perguntas do mediador do seminário e da platéia. Em seguida apertaram mãos, deram autógrafos e tiraram fotos com todos que pediam. "Todos eles são muito modestos e pés no chão", disse Ingrid Sabas, uma fã de Waikiki. "Foi muito legal ver que todos eles tem senso de humor também".

Os participantes do painel dividiram seus pensamentos sobre atuação, a mudança de natureza da televisão, os desafios de filmar no Havaí ("Quando filmávamos o piloto à noite, todos os insetos na floresta voavam e paravam no meu cabelo", disse Jorge Garcia), o prazer de ter seus próprios bonecos, e até mesmo sobre a misteriosa natureza da fictícia ilha. Apenas de uma pergunta eles se esquivaram: O que vai acontecer adiante?

"Tudo que posso dizer é: Fique atento", Higgins disse. Eles provavelmente não poderiam dizer nada mesmo que quisessem, ela acrescentou, já que o elenco normalmente recebe os scripts do episódio seguinte poucos dias antes da filmagem começar.

Higgins não descartou a possibilidade de que aconteça um filme de Lost algum dia. "Nossa visão para a série é realmente grande", ela disse.

As estrelas responderam também uma pergunta do público sobre como a série afeta seus personagens e até mesmo o modo como atuam.

"Há muitas histórias sobre a própria ilha que ainda não foram contadas", Garcia disse. E é por isso, Higgins acrescentou, que os produtores da série nunca deixaram que a audiência visse toda a extensão da ilha. "Nos lembramos sempre que essa série ainda é principalmente sobre sobrevivência, e não podemos deixar nenhum dos personagens ficar muito confortável. Ainda há muito perigo lá fora".

22/10/2006

Mais um Promo do Episódio 3x04: "Every Man for Himself" (LOST e The Nine) - Spoiler

Curiosidades Lost

Quem acompanha o blog com freqüência deve ter visto neste post de ontem, a imagem de um suposto tubarão flagrado no 2º episódio desta nova temporada. Pois bem, dando provas de que os fãs realmente estão bem ligados nos detalhes da série, recebemos hoje mais um e-mail com um flagrante bem curioso também retirado do episódio “The Glass Ballerina”, e cuja transcrição segue abaixo:


Porque Jin já está se protegendo antes da queda? Ele já sabia ou só um erro de filmagem? Quem é o homem olhando para cima? O pai de Sun? Deixo os comentários para vocês. Abraço Vitor




Lost Park!

É provável que muitos de vocês que nos visitam já devem conhecer a paródia de Lost com jeitão de South Park, mas para facilitar a vida de quem ainda não viu ou não entende inglês, ta aí a chance de ver essa divertida brincadeira com legendas feitas por Leco Lost da comunidade do orkut Teorias Lost.

Divirtam-se!


21/10/2006

Resumos dos episódios 04, 05 e 06 - SPOILERS

Abaixo, os resumos com SPOILERS dos três últimos episódios desse primeiro bloco da terceira temporada de LOST! Se você não curte spoilers... já sabe! ;)
.
.
.

03x04 "Every Man For Himself"


- Sawyer percebe que os seus captores estão dispostos a tudo para evitar que ele e Kate concretizem seus planos de fuga;
- Jack é chamado para tentar salvar a vida de um dos "Outro”;
- Enquanto isso, o comportamento de Desmond começa a intrigar os sobreviventes quando ele resolve construir um dispositivo desconhecido.


03x05 "The Cost of Living"

- Eko trava uma bastalha com os demônios do seu passado, enquanto Locke e outros losties buscam a "Estação Pérola" esperando achar um computador que possa ser usado para encontrar Jack, Kate e Sawyer;
- Enquanto isso, Jack não sabe em quem confiar quando dois do "Outros” parecem travar uma disputa entre si.


03x06 "I Do"

- Jack toma uma decisão a respeito da proposta de Ben;
- Kate se sente desamparada quando vê como Pickett está indo cumprir a ameaça de matar Sawyer;
- Locke descobre uma mensagem escondida que pode ajudar a desvendar os segredos da ilha.


Tradução e Adaptação por Juliana Ramanzini
Fonte: ABC

Mais um Promo do Episódio 3x04: "Every Man for Himself" - Spoiler


20/10/2006

Hey Dude, que tal visitar os Sets de Lost?

É isso mesmo que o site Hollywood Charity Auction está proporcionando... Mas calma, não é nenhuma promoção cultural ou sorteio. Para ter a chance de visitar os Sets de Lost no Havaí e conhecer parte do elenco levando um acompanhante, você precisa participar de um leilão virtual no próprio site da Charity Auction. Esse leilão começou na última 4ª feira dia 18 e termina já na próxima 2ª feira dia 23 de Outubro. Lance mínimo? US$999,00, e ao vencedor o direito de visitar os Sets no Havaí em 2007 pagando a própria passagem e estadia! Pois é, ainda tem esse detalhe... E aí vocês podem achar que é um preço alto demais não? Evidente que é, mas a causa do site é nobre, uma vez que todo dinheiro arrecadado é direcionado para o Broadcasting, uma organização que dá oportunidades de treinamento a jovens recém formados nas áreas de tv e rádio.
Interessado (ou com dinheiro sobrando)? Então corra para o site, cadastre-se e dê seu lance. A chance de ganhar é grande já que faltando apenas 3 dias para a batida do martelo ninguém deu lance...
Por Davi Garcia

Dude! We Are Lost... e Vocês Também!

Por Juliana Ramanzini

Vocês devem achar que nós do Dude somos malucos por Lost. Engano de vocês. Loucos por Lost são vocês que fazem o sucesso desse blog, não só por nos visitarem diariamente, mas por participarem ativamente comentado nossos textos e nos enviando e-mails com idéias, sugestões, críticas e pedidos. Um desses e-mails nos deixou tão intrigados que resolvemos postá-lo na íntegra e colocar o assunto em discussão aqui no blog. Segue o texto:


Pessoal! no episódio "The Glass Ballerina" (S03E02), lá pelos 07:19 minutos tem uma cena do oceano aberto que vai até o barco de Jin, Sun e Sayd. Eu e meu amigo conseguimos capturar uma imagem de um tubarão no mar próximo ao barco deles. Conforme eles mesmo disseram uns minutos antes (Benjamin Linus e os Others) não tinha problema eles terem o barco porque ficaram andando somente em circulos. Pensei e achei sensato a teoria de que os tubarões devem ser algum tipo de dispositivo para que possa enganar a bússola de navegação de qualquer um ou alguma coisa do tipo.


Resumindo: acho que os Others usam os tubarões da Dharma para enganar bússolas (algum tipo de magnetismo) pois bem sabemos eles faziam experiencias na Hatch Hydra.
Thanks.

André Luiz da Silva



E vocês, o que acham? A aparição foi proposital? Foi somente acaso? Deixe sua opinião nos comentários!


___________________________________________________
* Se você também tem uma dúvida, uma teoria legal, sugestão ou comentário, envie um e-mail para dudewearelost@yahoo.com.br! No final de cada semana responderemos seu e-mail aqui no blog!

Josh Holloway em Command & Conquer3: Tiberium Wars

A série Lost sem dúvida colocou vários artistas, antes desconhecidos, em destaque na mídia e lhes abriu várias portas. Além da participação em filmes, comerciais, capas de revistas, um novo filão começa a ser explorado. A EA Games (The Sims, Sim City) anunciou o nome dos atores que participarão das seqüências do jogo Command & Conquer 3. Entre os atores convidados para representar os personagens das três facções do jogo está Josh Holloway (Sawyer de Lost).

Em resumo, a história do jogo se passa no futuro, no ano de 2047, e é centrada na batalha entre a facção dos GDI que vão tentar eliminar a contaminação da Terra pela substância radioativa Tiberium que está se espalhando e auto-reproduzindo pelo planeta, devido às ações do líder megalomaníaco dos NOD que criou uma seita secreta para tomar o domínio da humanidade e levá-la para a sua própria visão de futuro. Command & Conquer 3 deverá ser lançado no final de 2007.


Fonte: Outer Space
Veja o trailer do jogo: Uol Games
Site do Jogo: EA Games
Agradecimentos a Ricardo Ferreira
Texto adaptado por Juliana Ramanzini

SPOILERS do episódio 03x04 "Every Man for Himself"

*Sawyer terá um flashback e nós descobriremos algo sobre seu papel neste mundo;
*Sawyer terá um dia duro (como você viu do promo) e Kate vai ficar praticamente sem saber o porquê;
*Jack vai começar a manipular Juliet;
*Niki falará com Desmond; (se isso não for cortado também)
*Ben fará uma revelação bizarra a Sawyer que, se for verdade, mudará tudo o que nós sabemos sobre a ilha de Lost.



Tradução: Juliana Ramanzini e Davi Garcia
Fonte: Kristin do E! Online

19/10/2006

Rodrigo Santoro em Lost (Legendado)- Spoiler

Para aqueles que não tiveram a oportunidade de assistir e estão morrendo de curiosidade, aqui vai um pequeno trecho do episódio "Further Instructions", no qual Santoro fez sua estréia. São apenas 40 segundos, mas já dá pra deixar aquele gostinho de quero mais!





18/10/2006

Vídeo Promocional Episódio 3x04: "Every Man for Himself" - Spoiler

Promo Americano (LEGENDADO)



Promo Canadense (LEGENDADO)


Comentários do episódio 3x03 - "Further Instructions"

Vamos comemorar! O bom e velho Locke está de volta. Mais misterioso, mais desbravador e mais carismático do que nunca! Não tenho como negar que esse foi o primeiríssimo personagem que me fez realmente prestar atenção em Lost, e o responsável pelo meu primeiro momento “Uau! Que série é essa?!” Fui fisgado pelo conceito logo no episódio piloto, mas foi exatamente em “Walkabout”, 4º episódio da 1ª temporada que comecei a entender e imaginar que Lost não seria apenas mais uma série entre tantas, e foi Locke o personagem que deu esse sinal. Quem não ficou chocado ao descobrir que aquele Sr. Carequinha com fisionomia aparentemente inofensiva era um paralítico antes de sobreviver ao acidente aéreo? Quem não virou fã do cara que tinha uma fé quase cega no poder da ilha e sempre nos brindava com frases de efeito que fugiam do clichê? Enfim, naquele temporada Locke representou o elo filosófico mais forte da trama que a série criou, mas aí veio a 2ª temporada e com ela uma mudança de rumo do personagem que não agradou muito os fãs, e até mesmo seu próprio intérprete Terry O’Quinn. Pois bem, chega de reclamação, o Locke que todos gostamos voltou!

"Como senti falta disso!"

“Further Instructions” ou Instruções Posteriores no bom português, foi um belo episódio. Esse início de temporada aliás, na minha humilde opinião está absolutamente perfeito, resgatando tudo de melhor que a série tem, quer seja na capacidade infindável de criar novos mistérios, ou de nos seduzir com a natureza de seus ricos personagens. É bem provável que muitas pessoas digam que o episódio só enrolou, e que o flashback foi inútil, mas devo discordar destes. O flashback pode até não ter sido tão esclarecedor como os anteriores de Locke (continuamos sem saber como ele ficou paralítico), mas é igualmente verdade afirmar que o deste episódio reforça a idéia de que ele é um sujeito cuja sina é/era ser enganado por todos (ou quase todos ) que se aproximam dele. Se antes fora seu pai, dessa vez foi o jovem Eddie, um policial disfarçado que o usou para desmascarar o que parecia ser uma reunião de um grupo de amigos no campo, mas que na verdade revela-se como um bando que cultivava maconha... Pois é, se a temporada traz os podres dos personagens, creio que possamos dizer que Locke, tal qual Charlie, também já se envolvera com produtos digamos pouco lícitos.

De volta à ilha, é mais que necessário comentar sobre toda a seqüência que envolve Locke tendo a alucinação com Boone (parênteses aberto para elogiar o ator Ian Somerhalder que em 3 minutos atuou muito mais do que já fizera em quase toda a 1ª temporada), e seu ‘passeio’ pelo aeroporto, onde viu situações no mínimo bizarras, como Hurley digitando os bad numbers no balcão de atendimento da Oceanic, Desmond surgindo como o piloto do avião!, e até mesmo Ben Linus aparecendo como um guarda de inspeção. Uau! Sensacional não?! E o que dizer sobre o resgate de Eko? Repararam na quantidade de ossadas naquela caverna? Aliás, como o Eko foi parar lá? Estaria o Urso Polar fazendo um estoque de ‘alimentos’ para o rigoroso inverno da ilha? :p

Sei que o episódio foi do Locke, mas achei fantásticas as curtas participações de Hurley. Parece que o simpático gordinho voltou mais afiado do que nunca com suas tiradas engraçadas, tais como: “Urso! É você?!” ao suspeitar de um barulho na mata, ou do “Dude! A escotilha implodiu sua roupa de baixo?” ao questionar Desmond por estar nú no meio da floresta. E digam se é impressão minha ou realmente parece que ele agora adquiriu uma capacidade maior de percepção? O que significa aquele ‘Déja Vu’ dito por ele ao final do episódio depois de ouvir o rápido discurso de Locke assumindo a liderança dos losties enquanto observava um Desmond de comportamento estranho jogando pedrinhas ao mar?

Paulo e Nikki: novatos entram em ação

E para finalizar é claro que não poderia deixar de comentar sobre a (rápida) aparição de Rodrigo Santoro na série. É mais que óbvio que foi uma estréia curta, com pouquíssimas falas, mas que serviu muito bem ao propósito de introduzir o personagem Paulo (em conjunto com a também novata Nikki feita por Kiele Sanchez) de uma forma que não parecesse forçada ou exagerada. A notícia de que ele passaria a integrar o elenco já era conhecida de todos nós, mas poder finalmente ver um dos atores mais talentosos do nosso país aparecendo na série mais quente do momento, e o que é melhor, falando, foi sem dúvida um momento bem bacana do episódio. A expectativa que fica daqui para frente é a de vermos e conhecermos quem é esse personagem, qual é sua história e etc... Lembremo-nos: A temporada está só começando.

Por Davi Garcia

Paparazzi...

Image Hosted by ImageShack.us

Josh Holloway e a esposa Yessica

Fotos Aqui

Ian Somerhalder na 30° Mostra Internacional de Cinema

Ian Somehalder estará em São Paulo participando da 30º Mostra Internacional de Cinema, que começa no dia 20 do mês de outubro. O ator, que interpretava Boone em Lost, virá promover o filme "A Sensação de Ver" (The Sensation of Sight), do diretor Aaron J. Wiederspahn.
Segundo a programação da Mostra, a exibição do filme de Somerhalder está marcada para as 20h30min de sábado, dia 21 de outubro, no Cine Bombril Sala 1.


Fonte: Blog da Mostra

Mais uma Cena do Episódio 03 : "Further Instructions" - Spoiler

1º Flashback dos Outros já tem data marcada

ATENÇÃO! A nota abaixo contém SPOILER. Se não quiser saber antes pare de ler agora.
.
.
.
Uma das perguntas mais intrigantes da nova temporada é o que faziam os Outros antes de chegarem à ilha. Pois bem, segundo informação do colunista Michael Ausiello, o 7º episódio da temporada (que marcará o retorno de Lost à tv depois da interrupção de 13 semanas) trará um flashback de Juliet, personagem da atriz Elizabeth Mitchell, que segundo Ausiello tem contrato para a temporada inteira, embora não vá aparecer em todos os episódios.
Outra informação dá conta de que não veremos Penny (o amor de Desmond) antes da interrupção da temporada, o que claro não descarta uma aparição da moça nos episódios de 2007 (Torçamos por isso), e para finalizar um comentário do próprio Ausiello dizendo que ficaria impressionado se não virmos Libby aparecendo no flashback de alguém ( Hurley, Desmond?) ainda nessa temporada.

Cena do Episódio 03 "Further Instructions" - Spoiler

17/10/2006

Revelado o nome do Episódio 06 - Spoiler

Segundo a grade de programação da ABC, o episódio 06 se chamará "I Do"! O nome não surpreende, uma vez que já vazaram diversos spoilers e fotos que mostram os bastidores da gravação de cenas de um casamento com a atriz Evangeline Lilly (Kate). Para quem não lembra, na primeira temporada, enquanto brincava de "eu nunca" com Sawyer, Kate revelou que já havia se casado uma vez. Não é difícil especularmos que as cenas desse casamento serão mostradas em um flashback da personagem.

Rede ABC discute com Ibope americano

Por John Consoli para a mediaweek
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

A rede de tv ABC está questionando a Nielsen Media Research (o Ibope americano) por ter relacionado o episódio resumo exibido no dia 27 de Setembro – “A Tale of Survivor” - como parte da temporada regular de séries a serem consideradas para medições de audiência.

Oficialmente a ABC considera aquele episódio um especial que foi exibido uma semana antes da premiere da nova temporada, e portanto entende que ele não deveria ser incluído na análise de audiência da temporada regular. “A Tale of Survivor” (não confundam com “A Tale of Two Cities”) teve apenas 9 milhões de audiência, e comparado-o com os dois primeiros episódios da 3ª temporada que tiveram média de 17.8 milhões, nota-se uma boa diferença.

Um representante da Nielsen disse que o episódio do dia 27 de Setembro foi exibido no horário regular de Lost e que as regras do Instituto dizem que episódios especiais só são assim considerados se forem exibidos em outro horário, posssivelmente precedendo um episódio inédito da série na mesma noite.

A decisão da Nielsen pode crier dores de cabeça para as agências de mídia, que terão que filtrar os índices de audiência no momento de determinar se o pacote de anúncios e propagadas veículadas pela ABC estão de acordo com o público alvo.

*-*-*-*

Pois é, quando o assunto envolve dinheiro, discussões sobre índices de audiência deixam de ser mero orgulho para se transformarem em negócios bem sérios...

Dominic Monaghan acha que conversa sobre dinheiro é vulgar

Da people.monstersandcritics.com
Traduzido e adaptado por Davi Garcia

Em declarações recentes Dominic Monaghan reclamou dos atores bem pagos de Hollywood que ficam comentando/reclamando sobre os salários.

O ator de Lost, que está noivo de Evangeline Lilly também atriz da série, disse que quando atores falam sobre dinheiro publicamente causam situações desconfortáveis para quem está envolvido nos bastidores das produções.

“Não acho uma boa que atores fiquem falando sobre dinheiro”, ele disse à World Entertainment News Network. “Penso que deveriam deixar esse assunto nas mãos de seus agentes pois não fazer isso só traz complicações ao assunto, e aí você acaba vendo pessoas se aborrecendo porque alguém falou em vez de fazê-lo pelos canais corretos”.

Monaghan ganhou a atenção mundial depois de aparecer na trilogia O Senhor dos Anéis, o que lhe abriu caminho para Lost. Ambos os trabalhos contam com elencos afinados onde cada ator tem a grosso modo, um mesmo grau de importância. “Há 14 atores em Lost, e é claro que isso custa mais dinheiro”, ele complementou, dizendo também que prefere deixar nas mãos de seu agente qualquer discussão relacionada a dinheiro entre ele e a ABC.

Se os rumores recentes são verdadeiros, Monaghan de fato parece ter pouco tempo para falar sobre salário dos colegas, já que parece que ele e Evangeline estão ocupados planejando seu casamento para o próximo ano....

As últimas informações do Podcast oficial da série...

Com o retorno da série na tv americana, voltaram também os podcasts oficiais e com eles claro, discussões sobre episódios exibidos, informações e spoilers do que vém pela frente. Na edição de hoje do podcast alguns pontos bem bacanas e um que certamente vai desagradar muita gente. Já sabe né? Se não quiser saber antes não leia o que está abaixo...

.
.
.

  • Charlie e Claire vão estar envolvidos em mais um triângulo amoroso na série.
  • A Estação Chama (Flame) será encontrada nesta temporada.
  • Shannon retornará em flashbacks.
  • O episódio "Further Instructions" (a ser exibido amanhã nos EUA) não vai revelar a causa do acidente de Locke.

16/10/2006

O Lado Negro de Sun

Abaixo um texto bacana para aprofundarmos as reflexões sobre os acontecimentos do episódio "The Glass Ballerina" e uma estranha teoria sobre o propósito dos Outros com o sequestro do trio Jack, Sawyer e Kate. Se você ainda não está acompanhando a nova temporada e/ou não gosta de spoilers já sabe, fuja deste post.
.
.
.
Por Christine Fenno para a Entertainment Weekly
Traduzido e adaptado por Davi Garcia
Quando vimos os tailes pela primeira vez em Lost cheguei a pensar, “Uau, é muita gente nova para acompanhar”. Se vários deles não tivessem sido mortos, eu não teria espaço no meu cérebro para pensar em Juliet, Carl, Colleen, Danny e Ben. Essa temporada trouxe uma chuva de Outros, mas a pergunta é: o que todos eles estão fazendo?

Estamos definitivamente conhecendo vários tipos de “quem” quando o que realmente precisamos é de mais “porquês”. Há um local de construção funcionando com trabalho forçado, Alex escondida nos arbustos para perguntar sobre Carl, e Ben em sua rotina voyer na Hidra. E por que ainda não vimos a Outra chamada Ms. Klugh desde o final da temporada passada? Ela libertou Hurley e caiu do pier?

Mas é claro que eu não faço perguntas só sobre os Outros. Por que Sayid, um experiente soldado, faz um plano elaborado e decide levar uma mulher grávida selva adentro? Quando é que isso se tornou uma idéia inteligente? Com toda certeza nosso soldado deseja mais a vingança do que salvar o dia. Eu procuro um herói, mas vou depositar minhas esperanças em outro – talvez Hurley, ou Locke, ou Rose (pode acontecer. Ela é mágica).

Esse episódio, “A Bailarina de Vidro”, foi sobre Sun e seus flashbacks. Ainda menina e com uma infância privilegiada, ela não teve problemas em contar mentiras. (Culpou a empregada por quebrar uma bailarina de vidro mesmo depois de seu pai avisá-la de que teria que demitir a empregada caso fosse verdade.) Talvez o cultivo de um talento para enganar tenha lhe dado um senso de poder para manipular o ambiente. Eu imagino se Sun foi seguindo sua vida enterrando culpas ou simplesmente ignorando-as. Foi a bela abertura da bailarina caindo no chão que me deu uma idéia triste sobre a vida de Sun: uma dançarina como qualquer outra pessoa, precisa de liberdade para movimentar-se. Mas a bailarina de vidro está congelada, manipulada por um artista até atingir uma posição perfeita – destinada a ser nada mais que um objeto bonito cuja única possibilidade de mudança é ser quebrada.

A grande revelação de Sun é a identidade do pai de seu bebê. Um flashback anterior já nos dissera que Jin era estéril, e agora, um novo flashback de Sun na cama com Jae Lee nos leva a conclusão de que o bebê é de Jae. Yunjin Kim foi fantástica nessa cena onde o pai de Sun a encontra na cama do amante e bruscamente parte em busca de uma solução à sua maneira manipuladora e assassina. Adoraria saber se Jae de fato pulou (do quarto 1516, você notou?) e se Sun culpa Jin pela morte de Jae - embora saibamos que ele tenha mostrado compaixão por ele - ou se ela seguiu o marido até o hotel e incentivou o suicídio de Jae rejeitando-o, o que pode-se inquirir com base no colar de pérolas que dera a ela e que segurava já morto.

No barco de Desmond, a confiança crescente de Sun resultou em violência quando ela foi confrontada pela durona dos Outros chamada Colleen. Antes de tomar um tiro, Colleen encarou Sun chamando-a por seu nome completo e dizendo que haviam mais cinco Outros a bordo e ainda acrescentando, “Não somos o inimigo”. Acuada contudo, ela atirou de qualquer forma, e em seguida vimos Jin e Sayid correrem em direção ao som dos tiros, o que nos faz voltar ao comportamento questionável anteriormente mecionado. E, para nos lembrar do final da 1ª temporada quando tudo de ruim aconteceu na jangada, Jin mergulhou no oceano novamente, só que dessa vez à procura da esposa. O encontro dos dois foi sensível, mas assim que os vimos em terra, percebi que o toque de Jin pareceu ser mais para aborrecer do que para confortar Sun.

As vidas dos três cativos cotinuou miseravelmente opressiva. Kate e Sawyer foram levados para uma área de construção (os Outros estão realmente cosntruindo algo ou é apenas mais um teatrinho?) para cavar e quebrar pedras. Por impulso ou para provocar seus guardas, Sawyer quebra a regra do “sem contato físico” dando um beijo apaixonado em Kate. Infelizmente isso não parece ter empolgado Kate ou avançado o relacionamento deles; mas sim causado uma pequena confusão armada com os Outros. Ainda assim, dá para perceber que estar perto de Kate ultimamente parece ser algo intoxicante para Sawyer. Quando ela perguntou como queriam que ela trabalhasse usando um vestido, Sawyer com todo sarcamo que lhe é conveniente silenciosamnte concordou com a resposta de Danny, “Você pode tirá-lo se quiser”, pelo menos até dar por si e mandar a hilária indagação “Como você se atreve?!”

Diferente do 1º episódio, nesse último os choques relacionados a Ben ficaram para os minutos finais. O contínuo silêncio de Jack, prontamente levou Ben a se apresentar formalmente com a presunção de que o Dr. falaria com ele. “Meu nome é Benjamin Linus”, ele calmamente falou, além de dizer que vive na ilha desde que nasceu. E em um esforço para provar que estava em contato com o mundo exterior, Ben colocou uma gravação da conquista do campeonato pelo Red Sox, para em seguida fazer uma promessa: “Você coopera conosco, eu te levo para casa”. Jack não é a Dorohty, então é de se esperar que a isca não funcione, embora ele esteja emocionalmente enfraquecido. Ah, e naturalmente, Ben não definiu que cooperação ele desejava.

Uma especulação: eu suspeito que os Outros estão interessados de fato em apenas um dos três capturados. Pode ser que Jack, o prisioneiro isolado, não seja o alvo e que na verdade os homens sejam apenas parte do jogo. E aqui lembro da teoria supersinistra de um amigo: é possível que o comentário de Ben sobre as tais “duas semanas” feita a Kate naquele café da manhã, seja uma indicação de que os Outros sabem de seu ciclo de ovulação e querem inseminá-la, talvez com um mini-Ben! Sequestrar Aaron não deu certo; portanto o novo plano pode ser engravidar a saudável fugitiva.

O que vocês acham? Por que os Outros separam os capturados isolando Jack e forçando uma aproximação entre Kate e Sawyer? Ben está falando a verdade sobre sua identidade? Alex é uma rebelde, ou está armando uma cilada? E Jack vai trair seus amigos para poder voltar a assistir a ESPN?

14/10/2006

Com quem será? (Spoiler)

Conforme adiantamos no início da semana, foram filmadas cenas de um casamento para um flashback da Kate . O material gravado deve ser exibido no 6º episódio da temporada, cujo título ainda é desconhecido. O episódio será exibido no dia 08 de Novembro nos EUA. Mas, conseguimos algumas imagens dos bastidores, com a atriz Evangeline Lilly vestida de noiva.


Novo Promo Epi 03x03: "Further Instructions" (SPOILER)

12/10/2006

Comentários do episódio 3x02 - "The Glass Ballerina"

Pois é Dude!, que episódio sensacional não?! Dá até para imaginar os olhos de quem assistiu brilhando a cada nova revelação bombástica e a adrenalina subindo com as excelentes sequências de ação que pontuam o episódio. Por outro lado, também é inevitável não imaginar os produtores e roteiristas da série sentados confortavelmente nos sofás de suas casas dizendo: "Aham, se são respostas e ação que vocês querem, respostas grandes e muita ação daremos!". Pois é, e quem ousaria confrontar a realidade dessa vez? Se um dos principais pontos de reclamação de alguns que acompanham a série é o fato de que Lost lança mais perguntas do que respostas, esse 2º episódio já respondeu a grande questão que surgira na estréia da temporada. Afinal, os Outros tem contato com o mundo externo? A resposta (e que bela resposta) foi dada por ninguém menos que Benjamin Linus, ou simplesmente Ben, o líder dos Outros brilhantemente interpretado (de novo) por Michael Emerson (aliás, atenção Globo de Ouro, Emmy e afins... UM PRÊMIO URGENTE PARA ESSE CARA!!!)

Olá, meu nome é Benjamin e sempre morei na ilha.

"The Glass Ballerina" tem tudo, TUDO mesmo que nos faz amar essa série. Reviravoltas, mistério, suspense, drama, ação e claro, surpresas vindo à tona. Quem em sã consciência poderia pensar que a doce e pacata Sun, também já andou pulando a cerca no casamento? Pois é amigos, Lost mais uma vez dá uma prova inconteste de que é uma série diferenciada e muito acima da média. Não satisfeita em desenvolver uma trama recheada de elementos ricos que demandem reflexões, e uma narrativa viciante, a série ainda é capaz de nos presentear com personagens que não apenas são carismáticos, mas sobretudo falhos. Ninguém naquela ilha é apenas bom ou mau, todos são humanos, como eu e você, e por isso mesmo passíveis de escolhas acertadas e outras erradas. E é exatamente nesse quesito que Sun agora também se enquadra. Seu caráter é/era tão frágil quanto o do golpista Sawyer por exemplo, mas é ao mesmo tempo uma personagem com camadas bem construídas e absolutamente distante de qualquer superficialidade. A experiência de assitir Lost se assim pudessemos comparar, seria um contínuo exercício de restauração de uma parede de um velho casarão tombado pelo patrimônio histórico, onde o artesão precisa trabalhar cada camada da tinta da parede até enfim conseguir chegar à cor original da obra. Viajo demais ou é ou não é esse o exercício que fazemos ao conhecer mais e mais cada personagem daquela ilha?

Sim, eu também não sou santa.

E afinal, os Outros são bons ou não? A julgarmos pelo tratamento dispensado a Sawyer e Kate, poderíamos dizer que eles são no mínimo aprendizes de carrascos de um campo de concentração. Mas isso claro, se analisarmos apenas o plano menor e descartarmos a dúvida dos porquês... Por que estão obrigando a dupla a trabalhar naquelas condições? Por que parecem a todo instante querer instigar em Sawyer esse desejo por Kate? Qual o propósito afinal? Desgastá-los física e emocionalmente a tal ponto que seja mais fácil e simples moldá-los em algum tipo de comportamento? Perguntas ainda sem respostas, que certamente levantarão debates e aumentarão nossa expectativa pelos episódios que vém pela frente.
E já que falo em expectativas, devo falar também do meu sentimento de satisfação, e quase até de alma lavada (sim, eu me empolgo). Como foi bom ver a revelação final do episódio quando Ben faz a proposta a Jack mostrando com fatos e imagens, que os Outros tem sim todo tipo de acesso ao mundo exterior. Citando a reeleição de George Bush em 2004 e até mesmo a morte do saudoso Christopher Reeve, o roteiro privilegia e aproxima absurdamente a trama à nossa realidade, o que claro é mais um salto gigantesco na série e uma mostra evidente de que muito mais vém pela frente. Episódio nota 10!
Por Davi Garcia

Imagens capturadas do Vídeo Promocional do ep. 3x03 Further Instructions

ATENÇÃO! SPOILERS ABAIXO. SE NÃO QUISER SABER FUJA DESTE POST.

.

.

.

Viram o promo canadense do episódio 3x03 Further Instructions e notaram algo estranho? Pois é, nós também e passando a imagem quadro a quadro nos deparamos com o que segue abaixo...


Primeiro, algo que parece um quadro, e depois Boone de volta e todo arrebentado... Um fantasma nas lembranças de Locke ou alucinação da ilha? O que acham?

Vídeos Promocionais - Epi 3x03 "Further Instructions" - Spoiler

Americano



Canadense

10/10/2006

Cena do Epi 3x02 "The Glass Ballerina" - SPOILER

Casamento à vista?

Não, não falar sobre o futuro enlace entre os atores Evageline Lilly e Dominic Monaghan, mas sim sobre um relato que surgiu hoje relativo a uma filmagem de um flashback da Kate que devemos ver em breve... Ah, não gosta de saber antes? Então é melhor parar de ler agora.
.
.
.
Segundo o relato postado no Lost-Forum, uma equipe da série filmava em uma igreja e na locação em questão, Evangeline usava um vestido branco de casamento. Haviam cerca de 12 extras fazendo as testemunhas do casamento, todos brancos e a maioria deles na faixa dos 60 anos com exceção de uma jovem mulher. Ainda segundo este relato, ocorreram também filmagens envolvendo um carro de polícia estacionado ao lado da igreja e dentro carro estaria alguém que lembraria o Ethan (o anunciado ator Nathan Fillon?).
As cenas em questão provavelmente devem ser vistas no 6º episódio da temporada, cujo título ainda é desconhecido e será exibido no dia 08 de Novembro nos EUA.

09/10/2006

Paparazzi...

Image Hosted by ImageShack.us

Evangeline Lilly e Dominic Monaghan em clima de romance

Revelada sinopse do ep. 3x02 “The Glass Ballerina” ?

Como sempre acontece nos dias que antecedem a exibição de um episódio inédito na tv americana, começam a pipocar nos diversos sites e fóruns dedicados a Lost, supostas sinopses que contam detalhes do episódio. Se você não tiver nada contra possíveis spoilers, continue lendo a sinopse que surgiu no LostRumors e tire sua conclusão... O que dá para adiantar é que algumas coisas de fato fazem sentido, frente o que já vimos no vídeo promocional, o que claro, ajuda a aumentar nossa expectativa.
.
.
.

O episódio “The Glass Ballerina” é centrado no casal Sun & Jin e traz um flashback mais focado na coreana e seu suposto romance com Jae Lee (o carequinha presente em flashbacks anteriores). Parece que no fim das contas o bebê pode realmente não ser de Jin. Jae Lee acaba morto no final por uma dupla de mafiosos que trabalham para o pai de Sun, e veremos a viúva culpando Sun pela morte do marido. A tal Glass Ballerina (bailarina de vidro) do título é um presente que o pai de Sun lhe deu quando ela era criança, e os flashbacks dão um olhar mais próximo da relação entre eles.

Na ilha Sayid planeja uma missão de resgate com Jin e Sun. Ele diz que eles precisam continuar circulando a costa da ilha para encontrar o verdadeiro acampamento dos Outros, que deve ser no interior da ilha e não tão distante do local onde estão. Sayid mostra bastante ansiedade para resgatar Jack, Kate e Sawyer, enquanto Sun protesta dizendo que eles não podem simplesmente correr floresta adentro tentando salvá-los, sabendo tão pouco daquele lugar e acusando-o de colocar suas vidas em risco por estar obcecado em se vingar dos Outros. Fica óbvio que no fundo Sun deseja partir com o barco enquanto podem, mas Jin, assim como Sayid, está determinado a ajudar seus amigos. Diante disso, Sun desiste e pergunta o que pode fazer para ajudar, e Jin a pede para apenas manter-se segura.

Alguns dos Outros aparentemente os acompanhavam e voltam para estação Hidra, onde Alex conta sobre o barco a Ben que lhes diz para fazerem algo, já que ele o quer. Mais tarde Ben faz uma oferta a Jack que está completamente esgotado. Ele lhe diz para desistir de Kate e Sawyer, que eles não são seus amigos e etc, e completa oferecendo um barco ao Dr. Para que ele volte para casa se ele ele lhe der algo em troca. Eles precisam de seus serviços como médico, mas Jack contudo recusa. Fica claro que Ben não vai desistir da oferta.

Enquanto isso Kate e Sawyer são retirados de suas celas e levados para uma clareira na floresta onde são colocado para cavar. Isso mesmo, cavar. O Outro no comando aqui os imtimida e trata Sawyer com rigor. Este por sua vez não coopera no início e quase tem o maxilar quebrado pela novata Colleen, à qual não havíamos visto antes. Quando perguntam por que estão cavando, só recebem um “Sem perguntas e sem hesitação, trabalhem”.

À noite, Sun, Jin e Sayid chegam à doca onde Michael e Walt foram libertados e são surpreendidos por Zeke/Tom e alguns dos Outros. Acontece um tiroteio. Sun quase é atingida no barco e cai na água. Quando ela volta à superfície, vemos que Sayid matou um dos Outros, e que o resto recuou em direção à selva. Sayid diz que eles tem que seguí-los, mas Sun conversa com Jin e no fim eles decidem que precisam voltar ao acampamento da praia para se reagruparem com o restante dos losties.

Zeke/Tom diz a Ben que eles não conseguiram tomar o barco e que perderam um deles. Pela primeira vez vemos um Ben enfurecido dizendo a Tom que não permitirá outra falha. No fim os Outros dizem a Sawyer e Kate que o trabalho está terminado por aquele dia e ambos são reconduzidos de volta às jaulas completamente exaustos.

Pois é, acreditar ou não é a questão. Mas o que dá para concluir pela suposta sinopse é que ação não vai faltar...

Paparazzi...

Photobucket - Video and Image Hosting

Dominic Monaghan e Evangeline Lilly surfando - 07/10

Fotos Aqui

06/10/2006

Fotos

Image Hosted by ImageShack.us

Henry Ian Cusick correndo e Dominic Monaghan em Soho

Fotos Aqui

Image Hosted by ImageShack.us

Ensaio Fotografico com Elizabeth Michell

Fotos Aqui

J.J. Abrams sobre Lost: Muita coisa boa vém pela frente


Essa é uma boa notícia se você faz parte daqueles que estão preocupados com a possibilidade de Lost ter literalmente se perdido na temporada passsada. O produtor executivo e co-criador da série, J.J. Abrams, prometeu em uma teleconferência com a imprensa americana, que nós iremos ver que muito mais acontece em cada episódio desta temporada do que em todos da anterior.

Abrams que consegue a façanha de produzir séries em três fusos horários (Lost no Havaí, What About Brian? em Los Angeles e Six Degrees em Nova York), diz que a 3ª temporada dará mais atenção à narrativa. E aproveitou para dizer que conheceremos um grupo de pessoas que acrescentarão muita coisa boa na receita da série.

Na teleconferência Abrams falou também sobre a quantidade de séries dramáticas com tramas continuadas que surgiram nessa temporada ( Jericho, Heroes e a própria Six Degrees) e que se somam à outras como 24 Horas e Prison Break, e lembrou de sua batalha com a ABC para convencê-los da idéia de inserir continuidade à narrativa de Alias. “Nos últimos anos temos visto que muito de uma certa coisa não é bom”, ele disse, embora tenha fé de que as boas séries vão sobreviver defendendo a idéia de que se Lost tiver que ter um impacto na TV, que ela tenha mais a ver com a escolha de um elenco interracial do que com continuidade narrativa.

Por Davi Garcia

Os Outros. São simples como a gente

Por Craig Berman
Para o MSNBC
Tradução por Davi Garcia


Essa foi a primeira revelação da premiere de Lost. Os desconhecidos inimigos de Jack, Sawyer, Kate e companhia na verdade tem vidas diárias normais, com clubes do livro e problemas no encanamento, como qualquer pessoa. A única diferença é que em um certo dia quando um avião cai do céu, a reação deles não é “oh não, que coisa terrível”, mas sim “ah ótimo, podem existir sobreviventes que podemos usar em nossos experimentos psicológicos”.

Como até os que não acompanham a série com tanto afinco sabem, aqueles sobreviventes foram localizados e estudados ao longo das duas primeiras temporadas. A segunda terminou com Jack (Matthew Fox), Kate (Evangeline Lilly) e Sawyer (Josh Holloway) sendo capturados pelo misterioso Henry Gale (Michael Emerson). E essa temporada começa nesse exato ponto, com os três sob a mercê do que os Outros tem reservado para eles.

Embora Henry Gale – cujo nome verdadeiro é aparentemente Ben – tenha oferecido um bom café da manhã a Kate, não parece que os três possam se sentir de férias. Essa parte da ilha parece mais com a baía de Guantanamo, com estudantes de psicologia tentando executar experimentos em cobaias humanas.

Muita informação?
Um fato é claro: Os Outros tem bastante informação sobre seus vizinhos da ilha.

Parte disso pode ser explicado por dados obtidos clandestinamente. No flashback de abertura, Henry Gale ordena que Ethan e Goodwin devem se dirigir aos locais das quedas e se misturarem com os sobreviventes. Ambos acabaram morrendo antes que pudessem mandar bastante informação para os habitantes daquela vila, mas os Outros demosntraram que sabem exatamente com quem estão mexendo.

Isso fica evidente no tratamento dado a Sawyer. O mais rebelde dos três prisioneiros, foi imediatamente colocado em uma jaula feita para ursos. Depois de levar choque e voltar para a jaula após uma rápida tentativa de fuga, ele sente uma leve satisfação quando descobre o segredo da caixa de Skinner e ganha a recompensa – água, grãos e um biscoito de peixe.

Kate teve um pouco mais de sorte. Ganhou banho e um vestido novo antes do café da manhã à beira mar com Henry/Ben, que só não foi perfeito por causa da insistência dele para que ela usasse algemas e por um aviso.

“Eu fiz tudo isso,” Henry/Ben disse, “para que você tenha algo a que se segurar. Porque as duas próximas semanas serão bem desagradáveis”. Por enquanto, esses momentos desagradáveis consistem em ficar presa em uma jaula de urso bem em frente a de Sawyer, para que os dois possam trocar olhares apaixonados quando não estiverem mordiscando biscoitos de peixe.

Jogando o pai na bebida
Saber o melhor jeito de tratar Sawyer e Kate é uma informação que poderia ser obtida por observações, ou qualquer monitoramente secreto de como aquele grupo reagiu à ilha. Mas claramente a ilha não é tão distante do resto do mundo como antes se pensara, porque os Outros também tem meios de conseguir informação do mundo exterior.

Isso ficou evidente durante o diálogo de Jack com Juliet (Elizabeth Mitchell), um novo rosto dentre os Outros que gosta de analisar psicologicamente novos visitante quando não está queimando muffins ou debatendo com membros do clube que não mostram tanta afeição a livros de Stephen King. O flashback da semana foi de Jack, e nele vimos suas tentantivas desesperadas para descobrir o nome do homem por quem sua esposa Sarah o estava deixando.

As cenas pareciam sair de um filme onde um ex-marido louco não deixa a protagonista em paz e coisas ruins acabam acontecendo. Talvez Jack tenha assistido muitos desses filmes em casa, porque sua suspeita voltou-se até para o próprio pai imaginando que ele e sua esposa estivessem se encontrando em hotéis.

É claro que quando ele segue seu pai, acaba encontrando-o em uma reunião de Alcóolicos Anônimos. Mas ainda assim não foi capaz de esquecer o que o atormentava e seguir a vida, chegando a atacá-lo, indo parar em uma delegacia e por consequência jogando o pai de volta à bebida.

Tudo arquivado Dr. Jack
Isso é algo que Juliet não deveria saber... mas que ela provavelmente sabe. Enquanto Jack estava em sua sala de reclusão, ela mostrou um grande dossiê com tudo relacionado à vida dele – incluindo o relatório de autópsia de seu pai. E indica ter ainda informações sobre a esposa dele.

Como alguém em um lugar remoto consegue esse tipo de informação? As conexões de internet chegam àquele local tão afastado?

Entretanto ela chega, e é convincente o bastante já que vemos no flashback uma cena em que sua esposa paga sua fiança e lhe diz adeus. Quando Jack faz uma última tentativa de descobrir o nome do novo homem na vida de Sarah, ela lhe diz emocionada “ Não importa quem ele é, o que importa é o que você não é”.

Essa informação Juliet presumivelmente tem. Mas quando ela pergunta o que ele gostaria de saber sobre sua ex, tudo o que ele consegue finalmente perguntar e se ela estava bem.

Mais cedo durante a conversa/interrogátorio deles, Juliet diz a Jack que na ilha, “Não importa quem você foi, importa quem você é”. Quem são os Outros, e o que eles fazem ali, parece ser a questão central da trama na 3ª temporada.

Baseado na premiere, eles são estranhamente normais mas guiados pelo mistério. E o que os guia e por que estão na ilha, é por enquanto mais um mistério de Lost.

Lost retorna com boa audiência na tv americana

A estréia da 3ª temporada de Lost nos EUA, rendeu à série a liderança no horário nobre da tv americana. Segundo dados do Nielsen Media Research (uma espécie de Ibope dos americanos) , o episódio "A Tale of Two Cities" alcançou a marca de pouco mais de 18,8 milhões de telespectadores, passando o 2º colocado em quase 4 milhões, mas resgistrando uma queda de cerca de 23% em relação à estréia da 2ª temporada, que alcançou 23,5 milhões de telespectadores.
A queda é considerável, mas temos que levar em conta que grande parte dos lares americanos conta hoje com o TIVO, e opta por não ver as exibições em seus horários regulares, já que com o aparelho podem gravar a programação para assistí-la posteriormente. No fim das contas, se uma pesquisa mais elaborada fosse feita, certamente chegariam à conclusão de que a (grande) base de fãs da série continua fiel, o que claro a distancia de qualquer risco de cancelamento.
Agora uma pequena certeza... se existissem medições de downloads feitos na rede, Lost estaria no topo irrefutavelmente. Ou alguém duvida?
Por Davi Garcia

Fotos Promocionais Epi 3x02 "The Glass Ballerina"


05/10/2006

Novo ator em Lost


Segundo informações de Kristin Veich do E! Online, o ator Nathan Fillion (de Firefly e Buffy) acaba de ser escalado para fazer Lost. Segundo ela, o ator começa a gravar na próxima semana e vai participar de pelo menos dois episódios nessa temporada.
SE quiser saber o que ele fará continue lendo, mas cuidado, pois a informação contém SPOILER.
.
.
.
Nathan fará alguém ligado ao passado de Kate de quem era muito próximo através de laços legais e não genéticos... Pois é, digam olá para o (ex?) marido de Kate.