06/07/2006

O que “O Terceiro Tira” pode nos dizer sobre Lost?


Por Davi Garcia


Desde sua estréia em 2004, uma das coisas que mais me atraem em Lost, é saber de onde vem tamanha inventividade e porque não dizer, ‘viagem’ dos criadores. Assim, dentre as várias declarações que li dos produtores da série ao longo desse período, uma das que mais chamaram minha atenção foi a de que o romance de Flann O’Brien, O Terceiro Tira (que apareceu pela primeira vez na série no 3º episódio da 2ª temporada), poderia ajudar a entender muito do que é a série. E dessa forma lá fui eu caçar o livro para descobrir se uma das fontes usadas pelas mentes por trás de Lost tinha realmente algo a revelar sobre todo aquele universo fantástico da ilha mais comentada dos últimos tempos.

E depois de ler as pouco mais de 170 páginas afinal, dá mesmo para entender mais sobre Lost? Bem, para início de conversa devo dizer que esse foi ums dos livros mais estranhos que li na vida. À primeira vista, o livro parece ser nada mais que um romance normal, mas embarcar na viagem proporcionada por ele é experimentar uma espécie de ‘Alice no País das Maravilhas’ em um tom mais sombrio. A história toma corpo depois que um assassinato é cometido pelo narrador e seu cúmplice, na tentativa de roubar dinheiro de uma caixa pertecente a um senhor rico e recluso. Nessa jornada, o narrador vai parar em uma peculiar delegacia onde estão dois policiais - que segundo a descrição do livro “não concentram suas investigações ou atividades a esse mundo ou a qualquer plano ou dimensão conhecida, e cujos casos mais comuns envolvem uma série de mistérios...” - conhece um lugar chamado eternidade (local misterioso sob a delegacia), e além de começar a conversar com a própria alma, encontra ainda espaço para falar de um filósofo chamado De Selby cujas idéias bizarras são defendidas com extremo afinco por ele. Uau que viagem! E que não pára por aí à medida em que vamos com o narrador explorar um mundo ilógico onde coisas impossíveis acontecem, e onde passamos a entender (ou pelo menos tentar entender) o amor de um homem por... bicicletas. Mas no final dessa imensa salada, dá mesmo para estabelecer uma ligação entre o mundo fantástico do livro e da série?

A revelação final do livro é (SPOILER A SEGUIR) a de que o narrador está morto mas não se deu conta. Assim, isso significaria que aquela especulação inicial de que todos os sobreviventes do vôo 815 na realidade estariam mortos – fazendo da ilha algum tipo de purgatório – estava certa? Os criadores da série negam com veemência que essa seja a explicação definitiva, mas basta dar uma rápida navegada pelos vários fóruns de discussão na internet, para saber que uma analogia entre a teoria do limbo e a tal eternidade subterrânea descrita no livro é possível.

‘O Terceiro Tira’ traz, por exemplo, uma passagem interessante onde um dos policiais mostra 13 caixas exatamente idênticas que ficam umas dentro das outras, e levando em conta o que o livro nos diz sobre dimensões paralelas e coisas do tipo, já poderíamos pensar: Afinal, haveriam outras ilhas dentro da ilha, ou até mesmo narrativas dentro da narrativa? Bom, pode ser que no fim das contas, esse papo dos criadores de que o livro ajudaria a entender mais a série seja apenas uma maneira encontrada por eles para se divertirem em cima das teorias cada vez mais loucas e complicadas criadas pelos fãs.

Misturando absurdos, humor negro e muita criatividade não dá para negar que o livro não esconda uma profundidade interessante. E o que parece ser certo afirmar, é que não importa o quão tênue a conexão entre Lost / O Terceiro Tira vá revelar ser, as editoras responsáveis pela publicação do livro mundo afora certamente agradecem (e muito) pela propaganda gratuita feita em Lost. As vendas dispararam, e novas teorias sobre Lost também...

8 comentários:

Fernanda disse...

Oeee, legal, hein? Gostei de saber... tudo bem misterioso, e confirma as minhas suspeitas, de certa forma! Também sou uma das que acredita que eles estão mortos.
Mas onde você conseguiu o livro? Pela net? Em que site? É isso! Brigada :***

Juliana Ramanzini disse...

Fernanda! Este livro já está disponível nas livrarias! Se não me engano, na Saraiva tava por R$ 15,00!

sonia esteves disse...

tem até em banca de jornal!
por R$14,00
(em sampa)

Marcelo disse...

q tal nao seria um ilha sobre outra ilha e sim corporaçao por cima de outra corporaçao.

Anônimo disse...

sou uma leitora voraz e aficcionada pela série... O Terceiro Tira foi o quinto livro que apareceu na série e eu li... Confesso não gostar muito dessa teoria deles estarem mortos... De teoria baseada em livro prefiro muito mais a do livro Presa, do Michael Crichton, que na minha opinião explica tudo sobre o que é o Lostzilla e ainda explicaria também o que é a tal doença... Outro livro que aparece na série e que trata de "morte" é o Turn of the Screw (A Volta do Parafuso), se não me engano do Henry James (coincidência este nome??), que é o livro que fica na frente do video Orientation da escotilha...

Mas voltando ao Terceiro Tira, eu já li diversos sites falando sobre ele, e metade diz que o Carlton Cuse disse que o livro tem a ver com a série, a outra metade diz que ele nega em absoluto isso... vai saber...

Li Presa (que não apareceu na série mas é de um autor cujo J.J. é super fã) e acho que tem a ver, li O Senhor das Moscas e tem totalmente a ver a parte da influência psicológica que as pessoas sofrem na ilha, li A Ilha Misteriosa de Julio Verne, que não tem nada a ver com a ilha, li A Volta do Parafuso e não achei nenhuma ligação com a série, o terceiro tira já comentei e agora estou lendo o Watership Down (A Longa Jornada) que até então tb não tem ligação alguma... ou seja, ter ou não ligação, é um mistério mesmo...

emerson disse...

olá..estou ancioso em assistir a quarta temporada,mas vou ter que esperar..tv. a cabo é muito caro.tudo bem.estou revisando as outras temporadas e vendo com calma.vendo os detalhes bacanas, e os livros sem dúvida são casos a parte.anotei todos e vou tentar ler.até mesmo alice nos páis das maravilhas.

mas acho que vou começar por ratos e homens,sou músico e confeço quando vi a cena no BEN com SAWYER em que ele menciona trechos do livro, soou como música aquelas frases. muito massa.
sobre a serie é muito bom.quem gosta gosta mesmo e quem não gosta nem se quer para em frente a tv.

abraço monstro a todos.

Jéssica disse...

nunca vi lost, mas ja li o livro, que por acaso é bem legal e engraçado. daria um bom filme nonsence. hehehe no começo ele parece meio chato, mas quando ele "morre pela primeira vez" começa a ficar mais interessante.
tá até dando vontade de ver lost, por que o que eu ouço falar dessa serie que "é inteligente" e tudo mais, realmente desperta interesse. =)

adrift disse...

No final das contas o livro tinha ligação com a jornada do Jack no Flash sideways.
E apareceu na 2ª temporada.
Ainda tem gente que diz ter sido engana por 6 anos pff.