26/07/2006

Entrevista de Jorge Garcia e Daniel Dae Kim no Comic Con 2006

Tradução por
Luiz Augusto Faria
Os atores Jorge Garcia (Hurley) e Daniel Dae Kim (Jin) deram uma entrevista para a IGN TV durante o Comic-Con 2006. A principal parte da conversa foi, obviamente, sobre a 3ª temporada e o quanto eles sabem sobre ela. No entanto, a única informação importante dada pelo Jorge Garcia foi a data em que o elenco começa a gravar a 3ª temporada. Confira a entrevista na íntegra:

- Vocês já começaram a filmar novamente?
Jorge Garcia: Não, nós voltaremos dia 7 de agosto. É o dia oficial de volta ao trabalho.
- Vocês já viram o script?
Daniel Dae Kim: Não.
-Então, vocês podem nos dizer o que vai acontecer durante a temporada?

Daniel Dae Kim: Do script que nós temos? Não sabemos de nada do que vai acontecer.

Jorge Garcia: O Daniel sabe um pouco mais que eu.

Daniel Dae Kim: Que é o mesmo que nada!

- Quanto tempo vocês gastam especulando sobre a história, igual aos fãs?

Jorge Garcia: Nós fazíamos muito isso no começo da série, mas agora estamos mais parados. Mesmo assim, eu e Daniel gostamos de dar uma navegada na internet e ver o que o pessoal está especulando. Nós compartilhamos informações. O Daniel me apresentou os podcasts que saem e agora nós ouvimos juntos para tentar descobrir as coisas da série que a galera fica excitada ao saber.

- Vocês fizeram o "The Lost Experience"?

Daniel Dae Kim: Não fiz. Ouvi falar que é bem extenso. Ouvi falar sobre algumas dicas que o pessoal encontrou, mas só. É bem profundo!

Jorge Garcia: Nós fizemos uma partezinha dele hoje, aparentemente. É algo que vocês terão que aguardar e ver. Tem uma coisa no painel, e tem uma pista nesse momento à direita dele. Algo sobre Hanso. Eu não sei como é o "The Lost Experience" nesse momento. Tipo, eu tava assistindo isso mais cedo, vendo as mudanças no site e coisas do tipo. Sobre o que vai vir posteriormente, eu não sei.

Daniel Dae Kim [apontando pro pulso de Jorge Garcia]: Mas essa pulseira tem algo a ver.

Jorge Garcia: A única coisa é, eles são todos diferentes. Então o pessoal tem que pegar informações que eles pegam de todos eles. E tem uma surpresa planejada.

[Nota do editor: Garcia estava usando uma pulseira de cor bronze com um desenho ímpar que eu não faço a menor idéia do que era. A surpresa a qual ele se referiu era a interrupção de "Rachel Blake", uma personagem do The Lost Experience, durante o painel Comic-Con Lost] - Têm pessoas aqui na fila desde às 7:00 da manhã pra ver vocês.

-Vocês já fizeram algo parecido por causa de uma série ou alguma coisa?

Daniel Dae Kim: Eu vi os três "Senhor dos Anéis" no dia da abertura, e eu nunca vejo filmes no dia da abertura pois não sou fã de multidões. Então foi uma grande coisa pra mim. E eu acho que já vi cada episódio da série original de Star Trek umas 3 ou 4 vezes.

- Vocês fazem sugestões aos produtores sobre as coisas que querem que seus personagens façam?

Daniel Dae Kim: Eu dou sugestões sobre o personagem do Jorge. Mas ninguém mais, sério.

Jorge Garcia: Isso explica porque eu tive que falar coreano!

Daniel Dae Kim: Exatamente!

Jorge Garcia: Bem, tipo, eu gosto que eles façam a parte deles e eu faço a minha. Eu simplesmente deixo as histórias surgirem na minha frente. Eu acho que eles escrevem o Hurley muito bem... Como eu ainda não tô quebrado, eu deixo eles fazerem a parte deles.

- Por que vocês acham que "Os Outros" deixaram o Hurley ir?

Jorge Garcia: Eu não sei, porque é engraçado. Primeiro a pergunta era: "Por que os outros querem o Hurley? Eu não entendo o que eles querem com o Hurley." E então eles deixaram ele ir e todo mundo pergunta "Por que deixaram ele ir?" Então, eu acho que eles não queriam ele. Eu só tenho a informação que vocês tem, que eles querem que o Hurley volte e avise aos sobreviventes pra não irem lá nunca. Eu só me preocupo com que o Hurley consiga voltar ao acampamento, porque ele não sabe onde está. Ficou o tempo todo com aquele saco na cabeça.

- Daniel, você como um grande fã de Star Trek e com o J. J. Abrams trabalhando no novo filme, você vai pedir a ele um papel?

Daniel Dae Kim: Não, mas eu dei a ele conselhos; eu dei a um dos produtores alguns conselhos amigáveis, mas só isso.

Jorge Garcia: Ah, do tipo "Não estraguem!"?

Daniel Dae Kim: Não, o que eu disse pra ele foi "Tenha certeza de que as naves são legais". Porque pra mim é isso o que importa. Eu tinha miniaturas da Enterprise, eu fazia miniaturas da Enterprise, então eu mandei eles se certificarem porque se eles vão fazer todos aqueles efeitos, tenham certeza de que a Enterprise não vai ficar parecendo que foi feita com papel machê. Tipo, quando explode, e coisas assim.

- Vocês gostariam de participar?

Daniel Dae Kim: Sim! Tipo, qualquer projeto decente, especialmente um que eu sou fã, eu adoraria participar. Mas vocês sabem, minha primeira obrigação é com Lost. E eu acho que se você quer dançar, você deve ser convidado.

- Greg Gunberg disse que quer ser um Klingon.

Daniel Dae Kim: Isso é legal!

Jorge Garcia: Porque você pode se esconder na maquiagem de Klingon. É uma grande idéia, mas não é tipo "Ah, e o cara do Lost tá lá!" Não é bem assim.

Daniel Dae Kim: Vamos nós dois fazer Star Trek!

Jorge Garcia: É, vamos ser figurantes, tipo... Talvez eles terão a cena da cantina, estilo Star Wars.

Daniel Dae Kim: Exato!

Jorge Garcia: Eles fazem uma panorâmica e eu sou o cara de orelhas pontudas e aquele cabeção, e você é o cara com barbatanas.

- Tem algum segredo dos seus personagens que ainda não sabemos?

Jorge Garcia: Eu creio que sim.

Daniel Dae Kim: Eu acho que sim, mas não sei de nada específico.


- Quando vocês foram chamados, o quanto da história foi passado a vocês?

Daniel Dae Kim: Eu sabia um pouco. J. J. Abrams, Lindelof, Yunjin Kin (Sun) e eu sentamos e tivemos uma conversa, pois somos o único casal na série. Então tivemos que saber um pouco sobre nosso relacionamento, por isso soubemos um pouco.

- Você acha que de alguma forma você vai conseguir falar inglês na série? Talvez você encontre algo na escotilha e...?

Daniel Dae Kim: Bem, se o Jorge pode falar coreano, eu acho...

Jorge Garcia: Eu não acho que seja mágico; eu acho que de acordo com a necessidade, se aprende naturalmente.

Daniel Dae Kim: É, eu adoraria que o Jin aprendesse inglês pra poder se comunicar melhor em vez de urrar.

Jorge Garcia: Talvez até aprenda rápido, afinal, é televisão.

- O que vocês acham da divisão da série em 6 e depois 16 episódios?

Daniel Dae Kim: Eu acho excelente. Acho que as reprises foram grande parte da frustração do pessoal ano passado, saber exatamente o calendário dos episódios inéditos. Agora fica mais fácil de saber. E eu acho uma boa idéia de ter um mini-gancho ao fim dos primeiros 6 episódios.

- E sobre a gravidez da Sun? Se continuarmos nessa linha de tempo, ela só vai ter o filho na 8ª temporada.

Daniel Dae Kim: (risos) Certo, certo. Conveniente pra ela, não ter que usar barriga postiça por muito tempo, e isso é bom!

- O quão exaustivo é gravar a série?

Jorge Garcia: Não é tão pesado, mas têm uns dias que são mais pesados que outros. Quando Daniel e eu fizemos a cena em que o Hurley pisa num ouriço-do-mar...

Daniel Dae Kim: Ah, sim!

Jorge Garcia: Foram dois dias, e estávamos exaustos no fim. Foi tipo, ele tentando me carregar e coisa do tipo... Foi um dia em que merecemos o salário que ganhamos.

Daniel Dae Kim: Esse foi o dia das moréias também, hein?

Jorge Garcia: Sim, o primeiro dia que foi cancelado. Pois Jin é um grande pescador, e eles colocaram peixe de verdade na rede, então ele teria que, tipo, puxar uma rede gigante cheia de peixe. E algumas moréias sentiram o cheiro e começaram a nadar onde estávamos. Então tivemos que parar de gravar naquele dia, pois não podíamos entrar na água com as moréias lá. Elas poderiam nos morder.

Daniel Dae Kim: Os dentes da moréia quando entram na pele se curvam pra dentro e não dá pra tirá-los. Nos avisaram que era bastante doloroso!

- Vocês estão voltando pro Havaí? Quando irão?

Jorge Garcia: Eu estava lá ontem, vim de lá. Mas já vou voltar. Eu gosto muito de lá.

Daniel Dae Kim: Considero o Havaí como minha casa. Fiquei fora todo o verão, mas volto segunda.

- Vocês fizeram algum projeto durante a pausa?

Daniel Dae Kim: Você fez um, né?

Jorge Garcia: É, eu fiz um chamado Deck the Halls. É um tipo de comédia natalina, com o Danny DeVito e o Matthew Broderick.

- Os fãs são aficcionados na série. Eles já chegaram pra vocês perguntando ou explicando o que eles acham que a série é?

Daniel Dae Kim: Não quando eu estou com o Jorge.

Jorge Garcia: Eu sou a diversão do Daniel quando a gente sai. Ele fica completamente invisível quando sai comigo, por que eu saio que nem doido.

- Jorge, você se tornou um dos sex symbols da série. O que você acha disso?(...)

Jorge Garcia: Hey, você sabe... se você estiver dentro...

- Então vocês dois estão competindo pra ver quem entra na lista dos 50 mais sexies?

Jorge Garcia: Nós já entramos!

Daniel Dae Kim: Você sabe, são tipos diferentes pra públicos diferentes. Eu acho.

- Vocês se preocupam em a série ser tão espetacular e as expectativas serem tão grandes que nada que seja feito poderá superá-las?

Jorge Garcia: Eu não me preocupo com isso. Nóssos escritores são muito fortes. A criatividade do Damon e do Carlton... Eles acertam a parede, sobem nela e brincam no teto!

Daniel Dae Kim: Eu sempre quis que a série fosse a melhor possível, mas concordo com o Jorge. Ela está em boas mãos.[Todos na mesam começam a rir, assim que Daniel vê os produtores se aproximando - Damon Lindelof, Carlton Cuse e Bryan Burk - como ele falou acima]

Jorge Garcia [pros produtores]: Nós estavamos puxando o saco de vocês!

Daniel Dae Kim: É sério! Volta essas fitas aí cara!
Fonte: The Tail Section

Um comentário:

V.i.N.i disse...

huahaUhAUAHuaH....gostei!!!

mto engraçados os 2!!! =D

q q eles são um do outro....apenas grandes amigos?!

Vlw Dude!! T++..