15/05/2006

Comentários do episódio 2x10 - "The 23rd Psalm"

Image Hosted by ImageShack.us

Enquanto a estréia do Ricardo “Raquete” Henriques continua rendendo discussões calorosas, abro espaço para comentar o 10º episódio dessa 2ª temporada, que críticas à parte nos reservou alguns episódios memoráveis, e nessa categoria não dá para deixar de dizer que The 23rd Psalm ou simplesmente o Salmo 23 foi um episódio caprichadíssimo e que nos brindou com um flashback bacana mas ao mesmo tempo chocante sobre quem era ou melhor quem é o Eko, que sem dúvida nenhuma é um dos personagens mais bacanas do elenco.

Início do episódio, vemos 2 garotos jogando uma inocente pelada num campinho qualquer, quando de repente tem sua diversão interrompida por um grupo de guerrilheiros na Nigéria em busca de nova "mão de obra". O mais novo dos 2 garotos irmãos se vê obrigado a matar um senhor idoso sob as ordens do guerrilheiro chefão mas hesita. O mais velho temendo pela vida do irmão lhe toma a arma e executa o velho. A revelação em seguida é que o garoto em questão era Eko, que acaba sendo levado pela guerrilha e vê o jovem irmão ficando para trás.

O que descobrimos mais tarde é que Eko tornara-se um poderoso guerrilheiro e que seu jovem irmão tornara-se padre. E o que isso tem de chocante? Nada se você não achar surpreendente o fato de que mais à frente vemos que o jovem padre acaba salvando a vida de Eko, quando este estava prestes a embarcar naquele famoso aviãozinho amarelo que conhecíamos desde a 1ª temporada e sobre o qual tanto se especulara. Sim, o avião que caíra na ilha de fato pertencia a traficantes nigerianos disfarçados de padre, e dentre os "passageiros" estava ninguém menos do que o jovem irmão de Eko.

Ok, agora parece que não dá mais pra questionar quais são as intenções dos roteiristas da série né? Pelo menos no que tange às intenções de fazer tudo (ou quase) ter relação. Se não vejamos: temos o Sawyer, que conhecera o pai do Jack antes do acidente, o Hurley que já ‘conhecia’ os bad numbers antes de sequer pisar na ilha, o Jack que já havia encontrado com Desmond antes e por aí vai. Ou os caras estão simplesmente brincando conosco dizendo: "Olhem como tudo é coincidência!", ou então estão de fato construindo uma coisa muito bem amarrada e que sabe-se lá quando irá revelar os porquês de tudo isso.

Mas quais foram as impressões de vocês sobre o encontro do Eko com o SS / Lostzilla? O que dizer sobre o escaneamento da mente do Eko feito pelo SS? As imagens surgem bem rapidamente, mas no meio daquela fumacinha toda, vemos uma cruz, um rosto de mulher e outras coisas. Bizarrice à parte, de qualquer forma confesso que já não sei mais o que pensar sobre o "monstrão". Depois do final da 1ª temporada quando Locke é atacado pela fumacinha negra, surgiram vários boatos e centenas de especulações girando em torno do fato da tal fumacinha que toma a forma do SS, ser na verdade um composto de Nano-robôs, o que acabou sendo de início levemente descartado pelos produtores, mas que depois desse episódio, deixa claro que há uma coisa no mínimo muito próxima da explicação levantada na época. O barulho, a forma e até mesmo a racionalidade do SS, nos dá pistas de que nanotecnologia deve fazer parte da explicação para o que é o SS. Agora, como essa tecnologia está na ilha e até onde isso vai dar não faço a menor idéia e prefiro deixar isso por conta de quem gosta de "viajar" em mil e uma teorias.

O episódio não apenas nos deu algumas resposta sobre o Eko e explicou como ele adquiriu toda aquela devoção religiosa (mesmo que por caminhos tortuosos), mas também trouxe luz ao que toma boa parte da trama pelos próximos episódios. A espiral descendente que deve envolver Charlie depois de perder a confiança de Claire e seu possível retorno às drogas. E digo possível, obviamente baseado na cena final quando vemos que ele estava a algum tempo estocando várias daquelas santinhas recheadas de heroína em algum lugar esmo na floresta. Charlie, Charlie o que te aguarda hein?! Sendo coisa boa ou ruim, pelo menos vai funcionar no meu entendimento como um resgate da importância de personagens que como ele e Claire, por exemplo, estavam meio esquecidos e que até agora eram apenas decoração nos episódios desta 2ª temporada. Michael por sua vez não tem sido objeto de decoração, mas também ainda não conseguiu dizer, ou melhor, mostrar que é um personagem que mereça nossa atenção. Será que depois da nova "conversa" com Walt (ou quem quer que seja) pelo computador as coisas mudam pra ele? Vale à pena esperar para ver.

Por Davi Garcia

8 comentários:

Laurinha sawyer disse...

putzzz mto bom esse episodio!!

Luciana disse...

Perfeito! Mr. Eko é gigante e a cena do avião sendo queimado enquanto ele recita o salmo é emocionante.

v.i.n.i disse...

nossa...nunca tinha ouvido o termo "SS"

SS = Lostzilla?... q significa exatamente? =P

vlwss ^^

Sawyer Junior disse...

Sensacional esse episódio.
Os flashbacks puderam nos mostrar um Mr. Eko que já imaginávamos que fosse. É um personagem com uma profundidade imensa. Chegou abalando nessa temporada!
Realmente essas coincidências na série terão de ser explicadas.
Ótimos comentários como sempre Davi.

Anônimo disse...

SS é de Sistema de Segurança!
:)

DriSelva disse...

Excelente episódio! Trouxe de volta aquela expectativa da primeira temporada.
Terrível pensar que os roteiristas estejam apenas brincando conosco!!!!

GuGaaa disse...

caraca, nem vi nada na fumaça... o.O O.o
abraçow

{-Maiara-} disse...

Realmente um episodio ótima!!
Mas eu também não vi nada na fumaça!!! ¬¬