08/04/2006

Matthew Fox fala sobre as filmagens de "We Are Marshall"

Por Eric Fossell

The Herald-Dispatch

HUNTINGTON – Mesmo ficando na cidade de Huntington menos de uma semana, o ator Matthew Fox conseguiu sentir-se envolvido pela cordialidade da comunidade da Universidade Marshall.

Fox, que faz o morador local Red Dawson, um assistente técnico do time de futebol de Marshall quando um acidente aéreo aconteceu em 1970, encontrou a imprensa na 6ª feira na grande sala verde do estádio Joan C. Edwards.

“Foi incrível, e todos ao redor deram muito apoio,” disse Fox sobre sua interpretação de Dawson em “We Are Marshall,” filme da Warner Bros Pictures.

Talvez mais reconhecido por seu trabalho como Jack Shepard na série Lost, Fox teve pouco tempo de preparação para fazer Dawson. Ele chegou na última semana e teve logo que fazer uma cena na 2ª feira que refletia a experiência complexa de Dawson depois da tragédia de 1970 que levou as vidas de 75 passageiros de um avião que retornava de um jogo contra a Universidade da Carolina do Leste. Dawson esteve no jogo, mas decidiu voltar de carro em vez de voar com o time.

Fox disse que McG, diretor do filme, o ajudou a encontrar o centro emocional de Dawson. Além disso encontrar o verdadeiro Dawson no último mês no Hawai foi algo imensurável, segundo o ator.

“Nós certamente temos um vínculo,” disse Fox. “Eu realmente o considero um amigo. Ele é um cara incrível. Foi muito valioso para mim conhecer esse homem...ouvir coisas tão sutis dele.”

McG, que falou com a imprensa na 6ª feira, disse que o filme está progredindo tranquilamente. A produção começou em Huntington na última 2ª feira e seguirá até o dia 22 de abril antes de ir para Atlanta.

“Eu não quero entregar muito, mas está tudo indo bem,” McG disse sobre a produção.” Se pudesse, dividiria o diário com todos,” ele acrescentou referindo-se a cada um dos dias de filmagem.

A aparição de McG próximo à Praça Central do Memorial Estudantil de Marshall e a proximidade da produção à livraria Morrow atraiu a curiosidade da multidão, incluindo Robert Hensley, morador de Huntington.

“Sou apenas enxerido,” Hensley disse, falando sobre sua proximidade à coletiva de imprensa. “O diretor nos deixou ver os monitores (em uma filmagem ocorrida mais cedo em outra locação). Eu acho isso tudo fascinante.”

Os moradores de Huntington Crista Hoffman e Heather Richardson também ficaram próximas, na esperança de verem Matthew Fox ou Matthew McConaughey. Enquanto não os viram, puderam ver vários extras vestidos com roupas no melhor estilo ano 70, incluindo gravata larga e paletó xadrez.

“Isso é histérico,” Hoffman disse. “Isso é interessante. É tão legal pensar que os atores e equipe de filmagem estão aqui.”

Vestindo uma jaqueta de algodão e jeans e ainda com o cabelo avermelhado, Fox disse que quis curtir sua folga da semana conhecendo a área de Huntington. Ele está com vôo marcado para domingo (09/04) de volta ao Havaí onde termina as gravações da 2ª temporada de Lost.

“Eu amei, absolutamente amei,” disse Fox sobre Huntington. “Me pareceu muito real. Eu amei as antigas pontes de ferro e os trilhos.”

Fox, que cresceu no rancho de sua família no estado americano de Wyoming, disse ter muitas coisas em coum com Dawson, incluindo uma paixão pela vida ao ar livre. O ator sorriu durante quase toda conferência com a imprensa, principalmente quando contou do quanto Dawson gostou dos talentos de sua esposa cozinhando no Havaí. Fox havia contado antes a história dizendo que sua esposa, que veio da Itália, é uma cozinheira espetacular. “Eu pedi à minha esposa para que fizesse uma lasanha," ele disse. “Minha esposa achou que nem foi a melhor que já fez, mas Red Dawson ainda está falando sobre ela até hoje.”

Fox também falou sobre o quanto apreciou as negociações entre Touchstone Pictures e Warner Bros. Pictures que permitiram que ele estivesse em “We Are Marshall.” Ele disse que acredita no filme, que tem data de lançamento prevista para 8 de dezembro, e que ele possa tocar os corações das pessoas.

“É uma história sobre a força do espírito humano, sobre superação,” ele disse. “Essa é uma história que se traduz incrivelmente bem no formato de um filme. A beleza dela é que essa história realmente aconteceu aqui e tem sido um fator bastante influente para a comunidade por todos esses anos. É uma história que – uma vez contada – é poderosa e vai afetar as pessoas em uma escala bem grande.”

Vejam aqui algumas fotos do ator durante a conferência de imprensa

2 comentários:

Tiger disse...

tah mt bom o blog d vcs, na verdade jah postei comentario parabenizando mas vo posta d novo xD
continuem assim, vlw...

Dude! We are Lost! disse...

Obrigado pela visita tiger. Volte sempre.