30/04/2006

Josh Holloway: Homem 'Lost'... Encontrado

Josh Holloway mostra o que é preciso para construir seu próprio paraíso.

Entrevistado por: Mike Zimmerman para a revista Men's Health (maio de 2006)
Tradução: Davi Garcia
30/04/2006

Você compraria uma casa desse homem?

Apenas 2 anos atrás, os habitantes de Los Angeles estavam à beira de ter Sawyer 'empurrando' propriedades a eles. Josh Holloway - que faz o golpista de língua afiada no megahit Lost - estava bem perto de ter seus rosto em anúncios de vendas de telhas, em vez da telinha como o mais intrigante personagem da série mais intrigante da tv. O ator de 36 anos fez o exame de 'real-estate' em 2004, porque, como ele diz, "não podia viver de atuação."

É engraçado imaginar sua lábia de vendedor com sua confiante voz arrastada da Georgia: "Madame, esse conjugado tem vista para o oceano, e o sistema escolar é ótimo. Eu vou levar 3% de comissão, mas preciso receber adiantado. Contas pequenas, se você entende." Com seu cabelo desgrenhado, sua barba por fazer, e seu olhar dissimulado, você tem que se indagar se alguém confiaria a ele qualquer pagamento. É claro que na verdade Holloway mantém uma distância considerável de sue personagem: Ele é muito mais carismático e engraçado do que seu alter ego da tv.

Mas agora, ninguém vai ouvir seu discurso de vendas de propriedades. Ele chegou a Lost enquanto esperava por sua licença de agente pelo correio. O que ele lembra a seguir é que foi para o Havaí com sua então namorada Yessica Kumala e entrou para a história da televisão. E seu visual beneficia seu novo papel na vida. Ele corre cerca de 8,5 km, está em forma, e tem a presença de uma estrela do rock. O que nos leva a imaginar porquê ele não encontrou o estrelato mais cedo. Mas se ele tivesse, não teria aprendido uma única coisa sobre como construir seu próprio paraíso.

É uma coisa engraçada, já que ter o céu na terra exige muito trabalho duro. Você mesmo tem que construí-lo, seja uma vida solitária em um bangalô de frente para a praia, ou uma esposa e 2 filhos em uma casa do fim da rua, ou com vista de cobertura com um animal de estimação. Verdade para mim e para você, verdade para Holloway.

O ator que agora habita seu nirvana em Oahu - uma esposa, um lar, um belo trabalho - estava preparado para construir uma versão menos glamourosa em L.A. Aquela licença de agente representou um objetivo diferente: uma vida responsável, e provavelmente mais próspera, a julgar pelo carisma de Holloway. Mas, mais importante, seu comprometimento com o trabalho de 'real-estate' era um sinal tangível de uma realização a que ele chegou: que ele não estava retardando o último passo de um grande relacionamento com Kumala.

"Eu estava dando passos para fazer alguma coisa, " ele diz sobre a licença. Depois de tudo, ele tinha chegado aos 30. Atuar dificilmente parecia trabalho, sobretudo porque ele não conseguia nenhum. Ele queria deixar as dívidas. Ele queria uam casa. E, mais ainda, ele queria propor casamento à Yessie, mas sentiu que não podia sem antes se estabelecer co msucesso em alguma coisa.

"Eu fiquei esperando a chance de pedí-la por pelo menos um ano. Mas não podia. Eu não tinha nada a oferecer. Eu queria ser o provedor. Eu queria estar orgulhoso do que eu faço."

A audição de Lost foi a última tentativa de Holloway nessa batalha particular, e ele venceu. Agora ele pôde construir essa nova vida, superar as dívidas, e casar com essa doce moça. "Eu era tipo, 'Ahh!'" ele diz com um largo sorriso. "Agora eu posso olhar nso olhos da mulher que eu amo e dizer, 'Eu te disse que era um ator, maldição!' Estou confiante agora! Essa é uam coisa essencial pra mim. Estou orgulhoso disso."

E essa é parte do porquê Holloway pode olhar para o passado e ver a sorte que o colocou em Lost. Se não fosse isso, teria sido outra coisa. Contanto que você esteja atado em uma tarefa, o paraíso não é onde você termina; é onde você se encontra.

Aqui vemos como ele mantém as boas coisas que encontrou.

CASAMENTO: MARQUE E ESQUEÇA

Desde que uma revista de celebridades colocou Holloway como o "cara mais quente da tv", ele agora está numa posição de provocar qualquer mulher no planeta. E ele sabe disso. Ele também sabe que não fará nada nesse sentido. "Há um Hugh Hefner (fundador da playboy e conhecido amante das mulheres) que vive em todo homem," Holloway diz com um largo sorriso dissimulado. "Então quando Lost decolou, parte de mim pensou, eu fujo? Claro que não. Eu estava loucamente apaixonado pela minha mulher, então casei com ela."

Mas ele está feliz que sua esposa possa lidar com a atenção que seu marido tem chamdo ultimamente. "Minha esposa é uma mulher muito confiante. E eu gosto disso. Eu não poderia ter me casado com uma pessoa ciumenta e grudenta. Estou apaixonado. Eu ainda gosto de olhar em volta, mas respeitosamente, e sem segundas intenções. Isso me faz bem. Casado, não enterrado, eu sempre digo."

E desde quando o casamento significou a morte do Hefner interno de algum homem? Com todo o medo do comprometimento e o discurso "Uma vagina pelo resto da sua vida!", nós esquecemos que o casamento é simplesmente mais uma coisa no caminho da vida que queremos. Holloway acredita que se você encontrou uma mulher, você tem uma parceira. Agora você pode ser o playboy dela e deixar todo o resto para trás. Concentre-se em contar o resto da sua história - o trabalho, a casa, o dinheiro - ou, como Holloway coloca, "torne-se genuíno."

VIGOR FÍSICO: USE A VAIDADE COMO VANTAGEM

E se você pudesse ser demitido porque seu corpo não tem uma boa aparência? Essa é a realidade em que Holloway está. "É ridículo o padrão que foi estabelecido," ele diz sobre os manda chuvas de Hollywood. "O que aconteceu com o simples exercício abdominal? Agora tudo é exagero!"

Mesmo feliz por ter sido escolhido para ser a capa da Men's Health, Holloway tenta ser realista sobre seu corpo. "O cara em mim está vivo e bem," ele diz com uam risada. "Eu gosto de beber cerveja. Mas com 36 anos, eu não me importo se você só tem um cocktail à noite; isso quebra o galho! Se eu pudesse mudar uma coisa, seria a auto consciência sobre meu corpo. Eu me sinto como se estivessefora de forma o tempo todo. Finalmente, eu vou apenar ter que desistir de tentar ser Brad Pitt em Clube da Luta. Eu não sou isso, você entende?"

"Mas aqui está o que eu gosto sobre a pressão da vaidade: ela te mantém em forma. Eu gosto de ter que melhorar e representar, porque isso me força a me cuidar."

Assim seu plano de fitness é sobre "manter-se magro, e em forma." Ele acredita firmemente que deve separar a casa da academia. "Quando o tempo vale ouro, a academia é a saída. Você encontra aquela malhação mais rápida, dura e precisa." Isso significa treinamento com pesos 3 dias na semana, mais kickboxing, corda, ou esteira.

Nos fins de semana, quando o tempo não é tão escasso, Holloway usa a geografia local. "Eu tenho um belo caiaque para um belo exercício de braços e abdominais," ele diz. "Também, há montanhas atrás da nossa propriedade com trilhas que nunca terminam, então temos passeios bem duros."

LAR: PROTEJA O QUE VALE

Nenhum paraíso é perfeito. Muitos fãs de Lost sabem que Holloway e sua esposa foram assaltados à mão armada na casa deles às 4 da manhã do dia 12 de outrubro de 2005. Como Holloway conta, "Eu chamo isso do caso de ter a arma errada na sua mão. Eu levantei para ir ao banheiro mijar e estava quase nú. Eu abro a porta do quarto, e tem um cara com uma 9 milímetros. 'Você, arma errada. Cara, eu podia atirar em você , mas talvez eu te mate, certo?' Ele usava uma meia na cabeça, e está gritando, 'Você quer tomar tiro?" O cara estava fora de si, tremendo e essa é a parte mais assustadora. Eu queria que ele se acalmasse, então apenas continuei conversando com ele. Ele vai puxar o gatilho? Não. Eu senti mais e mais que nós o assustamos, e em vez de fugir, ele veio na nossa direção. Ele apenas dizia, 'Onde está o dinheiro, onde está o dinheiro?' "

Nesse ponto, Holloway começa a rir. "A maior parte de mim queria gritar, 'Olhe ao redor! Está tudo em construção! Peça ao meu empreiteiro!' Eu apenas peguei a carteira da minha mulher próxima à cama e joguei para ele. Mas ele estava tão amedrontado que não conseguiu sequer passar pela porta." Holloway ri ainda mais. "Ele disse, 'Você está me sacaneando?' e eu, 'Cara, essa é uma porta corrida!' "

Holloway acha isso tudo muito engraçado agora. Mas levou u mtempo. "Oh, isso é muito chato," ele diz. "Quando você é assaltado, a energia fica. E isso foi na nossa própria casa. Então eu não podia falar com ninguém sobre isso. Nós tinhamos queque recuparar nossa vida primeiro."

Ele tomou algumas atitudes: vigilância com câmeras e um sistema de segurança. Mais uma arma que não deixa o quarto. Se alguém invadir de novo, Holloway e Yessie vão simplesmente se trancar dentro do quarto e esperar a polícia chegar. E se essa pessoa decidir chutar a porta do quarto? "É pra isso que temos a arma," Holloway diz, com um pouco daquele olhar mortal de Sawyer.

Então aqui surge a pergunta que a maioria do homens se faz, mesmo que não enfrentem a situação: Eu devo atacar o atacante? Holloway - cujo personagem se apropriou de todas as armas em Lost - pensou sobre isso.

Não importa o quão tentador, seja o jogo do sacana, ele diz. "Você gosta de pensar que, hey, assim como nos filmes, você poderia tomar a arma da mão do cara e tudo mais. Mas isso funciona assim. Você encara uma arma e sobrevive, você fez algo certo." Ele pausa, e então sorri. "Mas isso ainda me deixa 'p' da vida!

CARREIRA: LIDE COM A REALIDADE, NÃO COM SONHOS

Quando se trata do emprego dos sonhos, ficar rico e ter sucesso, soa lugar comum dar conselho como "persevere, esforce-se, siga o seu sonho," mesmo que isso seja exatamente o que você precisa fazer. Principalmente porque esse conselho em particular viria de um homem que tem mais a dizer da vida agora do que muitas pessoas terão.

Mas Holloway realmente entende o que ele tem, porque ele tem seus momentos de apoio. Então o que ele defende é que apenas sejamos realistas. Você precisa se preparar para o exame de real-estate, mas continuar perseguindo seu sonho ao mesmo tempo. Continuar a ir naquelas audições para qualquer papel na vida em que você estiver depois.

Holloway teve que fazer exatamente isso. Atuar é a única coisa que fez sentido para ele. "Vivo a minha verdade. Há muitos seres humanos bem sucedidos e deprimidos e muitos belos seres humanosque não alcançam o sucesso. Mas é assim que defino o sucesso: estou feliz?"

E juntar uma pilha de dinheiro enquanto você está perseguindo a felicidade não é má idéia, também. "É como um amigo me disse sobre atuar, e se aplica a tudo: Apenas faça um bom trabalho e o dinheiro virá. Isso é tão verdade. Coloque seu coração nisso, ame, divirta-se, e o dinheiro vém. Ou não!" Ele sorri discretamente, talvez por causa do destino cruel que ele cuidadosamente deixou de lado. "E se ele não vier, pelo menos você ainda está sendo verdadeiro. Isso é o suficiente."

Veja aqui os scans da entrevista e as fotos.

4 comentários:

Luciana disse...

Ai que homem mais tudo de bom!

Taciana disse...

Essa Yessica é muito sortuda. Quero achar o meu Josh Holloway também.

Laurinha sawyer disse...

Meus Deus esse homem é real???
^^

Anônimo disse...

O Josh Holloway é um ator em início de carreira que ganhou um ótimo personagem e está atuando belíssimamente! O Sawyer é o personagem mais engraçado e sedutor da série. Além disso Josh...Ah Josh êta homem lindo...
Parabéns a ele!!